Homem que colocou esperma na água de colega terá que pagar R$ 44 mil de indenização

O americano que colocou seu próprio sêmen duas vezes na garrafa de água de uma colega de trabalho em Santa Ana, no estado da Califórnia (EUA), terá que pagar para a vítima US$ 27.410,80 (cerca de R$ 44,5 mil), segundo a emissora de “KTLA”. 

Michael Kevin Lallana, de 32 anos, já havia sido condenado a seis meses de cadeia. Além disso, Lallana foi proibido de ter contato com a vítima, e ficará três anos em liberdade condicional.

O caso ocorreu em 14 de janeiro de 2010, no banco Northwestern Mutual Financial Network, na cidade californiana de Newport Beach, segundo a promotoria do condado de Orange.

A mulher, que foi identificada apenas como Jane Doe, inadvertidamente bebeu a água, mas a jogou fora ao perceber que ela estava contaminada.

O caso se repetiu em 6 de abril do mesmo ano. A mulher achou o gosto da água suspeito, e mandou o material para ser testado em laboratório privado.

Um teste de DNA confirmou a presença do sêmen. A polícia foi acionada, e Lallana foi processado.

O Imparcial / Diario de Natal