Justiça Eleitoral mantém eleição de prefeito que não terá vice em Passa e Fica-RN

Foto: Reprodução

O juiz eleitoral Ricardo Farias proferiu sentença inédita no atual pleito municipal em que por não haver feito a substituição do candidato em tempo hábil, o prefeito eleito do município de Passa e Fica, Flaviano Correia Lisboa não terá vice-prefeito duranre a sua gestão.

No caso julgado, o então candidato a você da chapa, Jackson Soares anunciou desistência após o prazo de registro de candidatura já ter sido deferido. Houve o pedido para substituição para ser incluído Ronildo de Souza na vaga, o que foi indeferido.

“Não houve qualquer registro de problema no CANDex no dia 26 de outubro de 2020. Na verdade, não se escolheu a alternativa correta quando se tentou inscrever o substituto do vice anterior que renunciou, qual seja, “requerimento de registro de candidatura – RRC – Tipo: Substituição”.

Leia  matéria completa AQUI no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    Isso é inédito um prefeito sem vice, só em Passa e Fica e a justiça informar que está tudo normal isso pode do no país de PASSA E FICA

  2. Samyra disse:

    Prezada, está cidade tem mais que 10 mil habitantes. E sim se faz necessário ter um vice-prefeito em qualquer cidade.

  3. joao disse:

    teste

  4. Luciana Morais Gama disse:

    Quase 40 anos a mesma família no poder. Isso pode Arnaldo??

  5. Calígula disse:

    Na verdade eu acho que cidades com menos de 10 mil habitantes não deveriam ter vice prefeito, no caso de improbidade administrativa do prefeito ou qualquer outro impedimento, assumiria o presidente da Câmara Municipal ou o vereador mais votado.
    Outro ponto de vista é que tem vereadores demais, nessas pequenas cidades, deveriam diminuir o número para no máximo 5 vereadores. Mas vai mexer nisso. Hô Brasil pra sustentar saúvas.

    • Samyra disse:

      Prezada, está cidade tem mais que 10 mil habitantes. E sim há uma necessidade de ter um vice-prefeito em qualquer cidade!

COMENTE AQUI