Mulher de 42 e filha de 19 são presas por suspeita de estuprar e violentar criança de sete anos

Uma mulher de 42 anos e a filha dela, de 19, foram presas nesta segunda-feira por policiais da Delegacia de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes(PE), suspeitas de maus tratos, estupro e tortura contra uma menina de sete anos. Levadas para a Gerência de Proteção à Criança e ao Adolescente (GPCA) de Jaboatão, elas serão encaminhadas para a Colônia Penal Feminina do Recife, no bairro do Engenho do Meio, depois de prestarem depoimento.

De acordo com o delegado Carlos Barbosa, os crimes foram denunciados em abril deste ano, mas o resultado do laudo que confirmou lesões na vagina e o rompimento do hímen da criança foi liberado na semana passada. A vítima era criada pela suspeita desde os sete meses de vida depois de ser entregue pela mãe, que alegou falta de condições de sustentar a criança. A menina falou sobre as agressões à mãe biológica, que não permitiu mais que ela voltasse para a casa onde morava e denunciou o caso à polícia.

Diário de Pernambuco