Polícia Civil resgata criança de 1 ano e 8 meses que se afogava em uma caixa d’água na Zona Rural de Mossoró

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa de Mossoró (DHM) em diligências, na noite dessa segunda-feira (27), realizadas no Assentamento Maísa, na Zona Rural de Mossoró, efetuaram o resgate de uma criança de 1 ano e 8 meses, que estava se afogando em uma caixa d’água, que se encontrava no chão do local.

Na ocasião, os policiais precisaram realizar também os primeiros socorros na criança que havia se afogado, para que a respiração dela retornasse. Em seguida, buscaram ajuda médica em um hospital no município de Tibau, onde a criança recebeu estabilização e, posteriormente, foi transferida para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, para os exames necessários.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Criança de um ano morre afogada depois de cair em viveiro de criação de peixes na Grande Natal

O portal G1-RN destaca uma tragédia que vitimou uma criança de um ano e quatro meses, que morreu afogada depois de cair em um viveiro de criação de peixes na zona rural de Ceará-Mirim, na Grande Natal, na tarde dessa quinta-feira (23). De acordo com a reportagem, a mãe disse que o menino sumiu e depois de procurado em todos os cômodos da casa, foi encontrado dentro de um poço onde o vizinho cria peixes. Depois de encontrado, ainda houve uma tentativa de reanimação, sem êxito. Matéria completa aqui.

VÍDEO: Criança atravessa parapeito do quinto andar de prédio e imagem causa aflição mundial

Um vídeo mostra o momento em que uma criança atravessa o parapeito de um prédio em Tenerife, Espanha. Nas imagens, é possível ver que o menor pula a janela e caminha até a varanda. Como não consegue pular no local, ela volta e entra de novo na janela.

O vídeo foi postado em um grupo de Facebook da cidade na última segunda-feira (06/01/2020). Segundo o jornal Metro, a família, que é da Finlândia, estava passando férias e alugou esse flat em Playa Paraíso.

De acordo com a emissora de TV Antena3, a mãe da criança estava no banho quando o menor pulou a janela. O vizinho que registrou a cena ficou aliviado que nada aconteceu. “Por sorte não estava ventando forte”, disse. A polícia investiga o caso.

Metrópoles

TRAGÉDIA FAMILIAR: Criança de 1 ano e 8 meses morre afogada em piscina de granja na Grande Natal

O portal G1-RN destaca nesta sexta-feira(03) uma tragédia familiar que vitimou uma menina de 1 ano e 8 meses, morta por afogamento em uma granja na zona rural de Vera Cruz, na região metropolitana de Natal. O caso aconteceu por volta de meio-dia dessa quinta-feira (2) na comunidade de Areias.

Segundo a reportagem, familiares preparavam o almoço e quatro crianças, entre elas Maria Valentina brincavam dentro de casa. Porém, um adolescente teria entrado e, em um descuido, deixou a porta aberta. Nesse momento, a menina teria saído da casa, sem ninguém perceber, e caído na piscina. A menina foi encontrada na água pelos familiares, que a tiraram da piscina e tentaram reanimá-la, mas ela não resistiu. Leia matéria na íntegra aqui.

TODO CUIDADO É POUCO: Corpo de Bombeiros encontra criança que estava perdida na Praia do Forte; outros casos foram notificados neste início de ano

Foto: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), através da equipe de guarda-vidas, encontrou mais uma pessoa, no feriado dessa quarta – feira (01), na Praia do Forte, em Natal. Uma criança de 10 anos de idade estava perdida e os familiares solicitaram socorro no Posto de Resgate dos Bombeiros, localizado na Praia do Meio.

Foi por volta das 13:30h que o garoto Felipe, de 10 anos, desapareceu dos olhares dos pais, que são do Estado da Paraíba. Após a solicitação, os militares intensificaram as buscas e encontraram o garoto.

No primeiro feriado do ano, na Praia do Forte e Praia do Meio, foram notificadas 5 crianças perdidas e 3 ocorrências de princípio de afogamento. Todas as buscas foram realizadas com sucesso pelos guarda-vidas e nada de grave aconteceu.

Nas praias da Redinha, Praia do Meio e Búzios, o trabalho está sendo feito por meio de Plataforma de observação em madeira e guarda-sol, nas praias de Areia Preta e Ponta Negra, por meio de guarda-sol. Com isso, a nossa equipe continua no trabalho preventivo de forma efetiva na busca de salvar vidas e diminuir o número de afogamentos em todo o Rio Grande do Norte.

Criança de 3 anos arranha 10 Audis à venda e rende prejuízo de R$ 40 mil

Foto: Divulgação

A filha de um casal chinês acabou dando um belo prejuízo para uma concessionária da Audi após uma visita. Segundo o canal australiano 7News, a menina aproveitou a desatenção de seus pais, encontrou uma pedra e fez desenhos em nada menos que dez carros diferentes em exposição.

Entre as vítimas da pequena artista estiveram veículos como os SUVs Q3 e Q8. Para se ter uma ideia, o Q8 pode custar mais de R$ 500 mil no Brasil.

A concessionária acabou por processar o pai da criança. Grande prejudicado, o estabelecimento teve que repintar os carros e coloca-los novamente à venda como seminovos, já que este trabalho de retificação descaracteriza o modelo como sendo novo, de acordo com o comerciante.

Assim, mesmo com a pintura pouco danificada, todos os carros serão vendidos com valor abaixo do que deveriam apesar de serem novos.

A concessionária pediu 200 mil renmimbis (moeda chinesa), cerca de R$ 116 mil, para cobrir os prejuízos. Entretanto, depois de conversas, um acordo foi firmado em “apenas” 70 mil renmimbis, aproximadamente R$ 40 mil.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

UOL

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Emílio disse:

    Se eu fosse responsável pelo Marketing da Áudio já estaria pensando em um comercial explorando essa travessura da criança
    Kkkkk

Criança enfiada no celular: a inércia é um perigo e precisa ser evitada – em tempos que a “interação familiar está sendo substituída pelas babás do mundo virtual”

Imagem: iStock

Educar um filho é difícil, você sabe. E a falta de tempo é inimiga da qualidade de vida dos pais e, consequentemente, das crianças. Nessa rotina desenfreada, os pequenos se tornam cada vez passivos: não brincam, mas veem vídeos de crianças brincando; não jogam videogames, mas ficam vidrados com youtubers que testam os jogos na internet. Tamanha inércia pode trazer consequências ruins na adolescência e vida adulta.

“A interação familiar está sendo substituída pelas babás do mundo virtual, o que traz distanciamento e isolamento na primeira infância (nos seis primeiros anos de vida), gerando consequências para o desenvolvimento infantil que podem chegar à vida adulta”, alerta a psicóloga familiar Danielle Trabuco.

Thaís Ribas, psicóloga especializada em infância, afirma que diversos motivos levam as crianças a serem passivas. Mas, segundo ela, a falta de disponibilidade dos pais para com os filhos é o que realmente culmina no uso exagerado da internet. Além disso, as atividades lúdicas diminuíram e, até por questões de segurança, o isolamento e a falta de espaços coletivos vêm impactando nas brincadeiras. “No entanto, pais, profissionais e educadores não podem enxergar a situação com normalidade”, afirma a profissional.

Quem faz diferente

É fato que a violência inibe os pais de liberar as brincadeiras na rua como era comum para as gerações anteriores. Mas driblar a inércia é possível. Sempre que pode, a administradora Ana Kishino, criadora do perfil @seliganamae, inventa maneiras criativas de se divertir com os filhos Felipe, 6 anos, e Rafaela, 2 anos 11 meses.

Já fez pescaria com tampinhas de garrafa, improvisou uma rampa de madeira para brincar com carrinhos, coloca colchões na escada que se transformam em escorregador e sempre que pode cria maneiras de incentivar a alimentação saudável de forma lúdica. “Esses passatempos fizeram parte da minha infância. Sempre quis mostrar ao Felipe e à Rafa que é fácil se divertir de forma simples. Nem sempre são necessários recursos tecnológicos ou brinquedos caros”, ressalta Ana, que ainda não limitou o uso da internet para os pequenos por não sentir necessidade. “Sei que terei que controlar um dia, pois as crianças realmente gostam do mundo virtual.”

É preciso que os pais participem

Fugir da passividade é um esforço coletivo da família. E para isso os pais precisam dar o exemplo. Proibir a internet e a TV não é a solução, mas se houver um equilíbrio mesclando jogos ou uma atividade física que proporcione prazer, todos saem ganhando.

Deborah Russo e sua família. Imagem: Acervo pessoal

Para a empresária Deborah Zanon Russo, 35 anos, de Curitiba, a preocupação com que os filhos fiquem muito parados é real. Mãe de Cauã, 8 anos, e Lara, 5 anos, ela procura estimular atividades como andar de bicicleta ou brincadeiras no parquinho do condomínio. Livros de pinturas, jogos, peças de montar também fazem parte da dinâmica. “Eles só podem usar a internet às terças, quintas e sábados, e mesmo assim, apenas se tiverem um bom comportamento. Caso contrário, perdem o acesso. O melhor é fazer um cartaz com uma rotina dos dias que são ou não permitidos. Também não deixo eles assistirem aos vídeos no YouTube, permito apenas aplicativos infantis próprios para a idade”, afirma.

Mais do que lazer, brincar é imprescindível para que as crianças construam suas identidades no futuro. Por meio da observação, expandem a criatividade, interação e constroem memórias positivas que serão pontes para lidar com as adversidades da vida. “Elas aprendem e internalizam regras, fortalecem noção de causa e consequências lógicas, que serão prósperas nas próximas etapas do desenvolvimento”, afirma Danielle Trabuco.

Os pais têm papel fundamental, pois precisam se conectar emocionalmente e fisicamente com os filhos. É preciso por algum momento abandonar os equipamentos eletrônicos e olhar para o que realmente importa. Caso contrário, as crianças de sentem deixadas de lado.

“É comum os pais chegarem ao consultório dizendo que não sabem o que se passa com as crianças, e ressaltarem que elas têm tudo. Eu pergunto: o que é tudo para você? As respostas são tablet, celular, boas escolas e cursos. Devolvo o questionamento: você já perguntou o que ele quer de você? Muitos ficam em silêncio. A maioria das famílias não oferece tempo de qualidade com as crianças”, ressalta Danielle. “É preciso aprender novas formas de educar, ser mais presente e praticar o diálogo. Ter um olhar cuidadoso para a saúde emocional e garantir o desenvolvimento nas próximas fases de forma mais tranquila”, completa.

Reflexos na vida adulta

A inércia na infância pode causar a chamada síndrome da passividade, ou seja, dificuldade em tomar atitudes, reforçando o comportamento submisso. “É um adulto que não luta pelos seus direitos porque tem medo de ser rejeitado ou repreendido; precisa de aprovação. Em vez de refletir a respeito da solução de um problema, fica nervoso e culpa os outros. Em casos mais severos, costuma reagir de forma agressiva diante às adversidades”, afirma Thaís Ribas.

Universa – UOL

Em vídeo, MC Gui ri de criança na Disney e é acusado de bullying

MC Gui foi alvo de críticas nas redes sociais por vídeo postado em sua conta do Instagram (Reprodução Instagram/Divulgação)

MC Gui causou polêmica com um post no Instagram. O cantor, que está viajando por Orlando, nos Estados Unidos, foi nesta segunda (21) para um parque da Disney.

O rapaz colocou nos stories um vídeo, dentro de um trem que leva os visitantes aos complexos, em que ele mostra uma garotinha sentada no fundo do vagão. “Mano, olha isso“, diz ele, para em seguida dar zoom para o rosto da menina, que percebe o ato e desvia o olhar.

“Parece filme de terror“, é possível ouvir um rapaz dizendo ao fundo sobre a aparência da garota, e em seguida risadas de uma mulher. “Para de dar risada”, diz o MC, em tom jocoso.

A postagem foi alvo de várias críticas nas redes sociais, inclusive de conhecidos como os comediantes Maurício Meirelles e Lucas Salles. O músico acabou apagando a postagem, e deu explicações em seguida. “Eu assisto a muitos filmes no Brasil, que nos EUA quando eu chego eu vejo pessoas que são muito iguais aos personagens que têm nos filmes”, disse.

“Eu postei a menina que tava como personagem da Boo (personagem do filme da Disney Monstros S.A). Eu achei impressionante porque tava muito parecido e acabei postando“, afirmou. “A internet tá cheia de gente chata, eu não fiz bullying com a menina. Não preciso ficar me explicando por algo que eu não fiz.”

Confira reações a postagem do cantor:

Veja SP

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José aldomar disse:

    Ainda dizem que no puke só tem gente de bem tirar sarro de uma criança veja que tipo de pessoa ele eh

  2. Cristian disse:

    Ai chega o pai, dando um tivuco nesse arremedo de gente, e é processado pelos caríssimos advogados.

Cabo da PM de Mossoró salva a vida de criança vítima de afogamento no Ceará

Foto: reproduzido via O Câmera

O blog O Câmera, de Mossoró, destaca nesta segunda-feira(30) que uma ação rápida e eficaz do cano Silva Júnior, do Grupo Tático Operacional da Policia Militar do Rio Grande do Norte, salvou a vida de uma criança no Estado do Ceará.

Segundo conta, o militar que é lotado no 2º Batalhão de Policia em Mossoró, estava no seu momento de folga na cidade de Aracati e quando percebeu a aflição da família com uma criança desfalecendo, vítima de afogamento num clube da cidade, resolveu intervir. O Câmera ainda destaca que as habilidades do militar foram de fundamental importância para a reanimação e os primeiros socorros da criancinha, que foi conduzida para uma unidade de saúde da cidade.

“Esse tipo de ocorrência não é muito comum, mas acredito que a satisfação é enorme e deve ser uma ação muito melhor e mais gratificante do que prender alguém”.

Leia matéria na íntegra aqui.

Criminosos invadem prédio no centro de São Paulo e furtam aparelho que ajuda criança respirar

Foto: Record

Um apartamento localizado na Rua Augusta, centro de São Paulo, foi furtado na última quinta-feira (15). As câmeras de segurança flagraram o momento em que dois homens arrombam a porta do prédio e saem carregados de objetos do local. Entre os itens roubados, estava o aparelho que auxiliava uma criança respirar. As informações são da Record TV.

A dupla gastou pouco mais de um minuto para passar pela porta do prédio, que não possui portaria. Dos quatro apartamentos do prédio, somente um foi arrombado. No recinto, outros objetos foram furtados além do aparelho de respiração: joias, uma televisão e até mesmo brinquedos.

Os suspeitos não levaram todo equipamento. Segundo o pai da criança, Otávio Corrêa, a estrutura levada é inútil. Eles deixaram para trás a mangueira de ar e a máscara de oxigênio, essenciais para o funcionamento do aparelho. O jovem, que tem Síndrome de Down, também teve sua coleção de brinquedos furtada.

As câmeras de segurança também registraram as mochilas e os sacos de lixo utlizado para levar os bens, assim como a placa do carro usado pela dupla para sair do local.

Importância do aparelho

Para a família, apesar da variedade de itens roubados, o aparelho de respiração é de longe o objeto mais valioso. O CPAP (Pressão aérea contínua positiva, traduzido do inglês) custa em tonro de R$ 3.000.

“O mais importante é o aparelho do meu filho. Super heróis a gente compra aos poucos, notebook a gente compra aos poucos, a televisão também”, afirmou o professor.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Aylmer Bolzan disse:

    Olá, boa noite.

    Trabalho com uma empresa de equipamentos para terapia do sono e, estou buscando contato com o senhor Otávio Corrêa, pai da criança, para que possamos disponibilizar um equipamento e que assim seu filho possa dar continuidade à terapia respiratória.

    Caso tenham alguma informação sobre o mesmo, me coloco à disposição.

  2. flavio Martins carlos disse:

    tenho fotos deles

  3. flavio Martins carlos disse:

    esses dois ladrões roubaram meu apartamento dus semanas atrás

Primeiro caso de sarampo em criança no RN em 2019 é confirmado, apontam exames iniciais

Foto: Ilustrativa

A Secretaria Estadual de Saúde Pública informou nesta quarta-feira(14) que um exame confirmou o primeiro caso de sarampo em criança, de 1 ano e 6 meses, no Rio Grande do Norte em 2019. A paciente, que veio do município de Tibau do Sul, foi internada no Hospital Maria Alice Fernandes, Zona Norte de Natal, no domingo (11). O resultado exame que confirmou a doença saiu na noite desta terça-feira (13). Informações dão conta que a criança estaria com a vacinação atrasada.

Segundo a Sesap, a criança deu entrada no hospital com erupções vermelhas na pele, febre e tosse. Para evitar a proliferação da doença, todos os profissionais que tiveram contato com a criança passaram pelo “bloqueio vacinal” – que consiste na imunização de pessoas que tiveram ou poderiam ter algum tipo de contato com o paciente.

Vale lembrar que no final de julho um homem foi diagnosticado com sarampo em Natal. Na ocasião, a Secretaria Municipal de Saúde na capital potiguar informou que ele teria sido contaminado em viagem a São Paulo. Antes desse caso, a cidade não registrava a doença há 19 anos.

Recomendação

A Secretaria Estadual de Saúde Pública recomenda que crianças de seis a onze meses de idade que vão viajar para estados com casos confirmados de sarampo devem tomar a vacina Tríplice Viral, ao menos 15 dias antes da viagem.

Companhia área é condenada a indenizar casal após impedir embarque de criança no RN

Foto: reprodução internet

O portal Justiça Potiguar destaca nesta segunda-feira(12). Os desembargadores da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, à unanimidade de votos, reformaram uma sentença proferida pela 14ª Vara Cível de Natal que julgou improcedentes os pedidos de indenização por danos materiais e morais feitos por um casal contra a Companhia Aérea TAM.

A ação judicial se deu em razão da impossibilidade de embarque do filho dos autores, menor de idade, diante da ausência de informação necessária sobre documento imprescindível para a efetivação do serviço.

Com a reforma da sentença, a TAM foi condenada à restituição dos danos materiais referentes à diferença entre o valor pago nas novas passagens a outra companhia aérea e a quantia paga nas primeiras passagens contratadas com a TAM, bem como a indenização por danos morais na importância de R$ 6 mil, sendo R$ 3 mil para cada um dos autores.

Veja todos os detalhes aqui.

Mãe quer mudar sexo de filho de 6 anos, pai discorda, entra na Justiça, e corre risco de perder a guarda da criança

Foto: Ilustrativa

Um pai iniciou uma batalha judicial nos Estados Unidos para impedir que sua ex-mulher mude o sexo do filho James, de seis anos. O processo tramita em Dallas, no Texas. A mãe veste o menino com roupas de menina desde quando ele tinha três anos de idade e o matriculou na escola com nome de “Luna”.

No processo de divórcio, a mãe que é pediatra, acusou o pai de abuso infantil por não “admitir que James era transgênero” e luta para que o ex-marido perca a guarda compartilhada. Ela quer que ele seja condenado a pagar as consultas do filho para a mudança de sexo o que inclui, além de um terapeuta, a esterilização hormonal a partir dos oito anos.

E a mulher já conseguiu algumas vitórias. O pai foi legalmente impedido de falar com seu filho sobre sexualidade e gênero, tanto do ponto de vista científico quanto religioso, e foi obrigado a oferecer roupas unissex para o filho.

Diagnóstico

O menino foi diagnosticado com “disforia de gênero” por especialista escolhido pela mãe. O termo caracteriza um “transtorno psicológico de identidade de gênero” e quer dizer que a criança se sente desconfortável com o sexo de nascimento. Termos como estes vêm sendo muito utilizados pelas militâncias do movimento LGBT.

O terapeuta confirmou que quando James está só com a mãe, prefere roupas de menina e quer ser chamado de Luna, mas quando está com o pai, só atende por James e escolhe roupas de menino.

Processo judicial

O Tribunal decidirá se a mãe poderá seguir com plano de “castração química” a partir dos 8 anos e se o pai terá o direito de continuar a ver o filho. A castração consiste em tentar bloquear a testosterona, diminuindo drasticamente o desejo sexual e até a ereção. É um procedimento que usa métodos hormonais.

O pai reuniu testemunhos de amigos para tentar convencer a justiça que o filho é um menino, e assim, evitar esse procedimento. Pessoas preocupadas com a decisão final e a repercussão do caso, criaram um site para tentar persuadir a corte de que é preciso esperar e não seguir perigosamente o diagnóstico precoce.

Com informações da Gazeta do Povo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Conceição disse:

    É UMA FRUSRATA POR NÃO TER DADO À LUZ À UMA MENINA E INFLUENCIOU A CRIANÇA DESDE OS TRÊS ANOS DE IDADE, QUANDO ELA NÃO TINHA DISCERNIMENTO PARA NADA. PORTANTO, A DEFESA DO PAI DEVE ALEGAR QUE O FILHO NÃO PODE SER ANALISADO SÓ PELO COMPORTAMENTO ATUAL, DEVIDO À LAVAGEM CEREBRAL SOFRIDA DESDE TENRA IDADE. SE A CASTRAÇÃO QUÍMICA DETÉM A TESTOSTERONA, QUE PROVOCA O DESEJO SEXUAL E A EREÇÃO, É SINAL QUE ISSO EXISTIA DE FORMA INTENSA E PORTANTO ISSO, POR SI SÓ, JÁ DERRUBA A ALEGAÇÃO DE QUE A PESSOA NASCEU TRANSGENERO, JÁ QUE É CAPAZ DE SENTIR DESEJO PELO SEXO OPOSTO. UMA LOUCA QUE PRECISA SER TRATADA.

  2. Katia Benatti disse:

    Pelo amor de Deus, o que está mãe está fazendo é muito grave, ele é só uma criança não entendi e não sabe o que está fazendo. Ele está confuso, se ele quer se vestir como mulher ok, mas trocar de sexo agora ele é muito novo. E se ele crescer e quiser voltar a ser menino?

  3. Maria disse:

    Estamos na era do apocalipse …Jesus disse.:aí daquele que escandalizar um só pequenino.

  4. Joseivandesouzarabelo disse:

    Fim de mundo, a mãe quer se vingar do ex-marido, trocando o sexo masculino para feminino.
    É uma aberração.

  5. João Bustos Moreno Neto disse:

    Em hipótese alguma. Nasceu homem e pronto. Se ela influencia o menino como usar roupas femininas ou bonecas ou se mostrando, é preciso um acompanhamento psiquiátrico para o menor e não impor vontades suas ao garoto. O problema é ela. Psiquiatria nela.

  6. Francisca disse:

    Isso não existe, pois como há medicação para a castração química, há também cura da criança se tornar mais propensa ao sexo de nascença, no caso é de gênero masculino e não feminino.

  7. Ems disse:

    De onde uma criança de 6 anos tem condições de decidir algo de tamanha importância ? O mundo pirou !

  8. Nelson disse:

    Isso é tão absurdo que custo a crer que não seja fakenews

    • Ed tigrão disse:

      O Jean willis tem um projeto igualzinho…onde diz que uma criança de 7 anos pode fazer cirurgia de mudança de sexo…vagabundagem isso…onde uma criança de 6 anos pode decidir?? E nesse caso acima,é visível que a criança está confusa! Com a louca da mãe quer ser menina e com o pai quer ser menino…deixa a criança crescer e escolher!

    • Rute disse:

      Senhor!! Esas mae ja esta com os dois pes no quinto…?
      Que absurdo!!!Induzir o proprio filho a uma "distorcao" de genero e comportamento desea maneira!! Ela odeia esse menino, se ela o amasse nao faria tal coisa!☹

Polícia prende homem suspeito por estuprar criança de dois anos em Assú

A Polícia Civil de Assú prendeu, na quinta-feira (10), um homem suspeito pelo crime de estupro de vulnerável. A prisão foi em decorrência de informações viabilizadas à Polícia Civil por meio de uma denúncia. A informação recebida, foi que uma criança de 02 anos de idade teria dado entrada no Hospital Regional com suspeita de ser vítima do crime.

Uma equipe policial diligenciou para o local e ouviu os responsáveis da menor, sendo identificado como suspeito do crime o tio da criança. A vítima, foi encaminhada ao Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP/Mossoró) assistida por familiares e acompanha pelo conselho tutelar. O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional e aguarda a decisão da Justiça.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte salienta a importância do Disque Denúncia anônimo 181. Informações de ocorrências ou denúncias, na cidade de Assú, também podem ser repassadas pelos números (84) 9 9992-2122 e (84) 9 8155-2956.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Haroldo disse:

    Para quê deixar um homem deste preso?
    Isso é um monstro,tem que ser eliminado,o estado não pode desembolsar um dinheiro grande para deixar esse mostro guardado e usufruindo das regalias da prisão.

  2. ALERTA disse:

    Quem estupra criança merece ser estuprado na prisão e capado. Sem perdão.

REVOLTANTE: menina de 6 anos é baleada na cabeça durante tentativa de roubo de veículo em Parnamirim

Mais uma criança foi vítima da ação e bandidos no RN. Na noite dessa terça-feira (25), uma menina de SEIS anos foi baleada na região da cabeça durante uma tentativa de roubo de um veículo na cidade de Parnamirim, na Avenida Perimetral, no conjunto Vida Nova. De acordo com a Polícia Militar, a menor estava na companhia dos pais, quando houve a abordagem dos suspeitos. Na ocasião, o pai empreendeu fuga e os marginais atiraram.

Segundo a PM, através o 3º Batalhão, a menina foi socorrida para o Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim.  Não se tem informação de seu estado de saúde. Os pais passam bem.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CLÁUDIO DAVID disse:

    Cadê o DIREITOS DOS MANOS?

REVOLTANTE: criança sai para comprar pão em Macaíba, vira escudo humano em confronto entre bandidos e morre em tiroteio

O fim da picada para a cidade de Macaíba. É com pesar que o blog confirma a morte de um garoto de apenas 10 anos, assassinado a tiros na noite dessa quinta-feira(12), por volta de 18h30, após ter sido feito de escudo durante um tiroteio. De acordo com a Polícia e informações de populares, em “estado de choque”, Cleiton Osório Mendes dos Santos foi agarrado por um marginal na rua Valdir Azevedo, no bairro Campo de Santa Cruz, quando voltava de um padaria durante um encontro com a sua mãe.

Segundo informações de populares, após sair da padaria, a criança saiu por uma rua diferente da mãe e foi surpreendida por um tiroteio. Durante os disparos, ele foi covardemente agarrado para servir como escudo, enquanto o atirador, em uma motocicleta, ignorou a presença do menor e efetuou disparos, e o desfecho foi trágico: enquanto o alvo do assassino foi apenas atingido na região da axila, o garoto foi atingido no peito e morreu na hora, segurando um saco de pão e açúcar.

Depois dos disparos, o assassino fugiu com destino ignorado, enquanto o homem baleado, identificado como José Carlos Lopes Jerônimo, de 24 anos, que por pouco não foi linchado, foi socorrido para o Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim, atendido, liberado, e preso. Ainda que não sido responsável pelo tirou que matou o menor, ele foi autuado por homicídio, por ter provocado a morte.

Detalhe: o corpo da criança permaneceu por mais de uma hora no chão, segurando as mercadorias da parada até a chegada do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP). Os pais estão em estado de choque.