Polícia

FOTOS: PM encontra 8 ovelhas dentro de carro e prende quadrilha suspeita de roubos em propriedades rurais no RN

Fotos: PM/Divulgação

A Polícia Militar encontrou oito ovelhas dentro de um carro de passeio e prendeu oito homens suspeitos de furtos e roubos em granjas, sítios e fazendas na região metropolitana de Natal, durante uma ação policial na madrugada desta quarta-feira (21) na comunidade Rio dos Índios, em Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal. De acordo com a polícia, os presos são suspeitos de assaltos em outros municípios da região, como Macaíba e São José de Mipibu.

Segundo a PM, ação policial se iniciou quando dois carros foram abordados pela equipe da Companhia Independente de Operações e Patrulhamento Rural (Ciopar). Com os suspeitos, além dos animais, os policiais encontraram armas e produtos como roupas e até alimentos roubados de propriedades rurais. Os oito suspeitos foram conduzidos para a Delegacia de Plantão da Zona Norte.

A polícia ainda orientou que pessoas que tenham sido vítimas de roubos em propriedades rurais nos últimos dias procurem a delegacia para tentar reconhecer os suspeitos e os objetos apreendidos.

A notícia tem acréscimo de informações do G1-RN.

 

Opinião dos leitores

  1. Criava as ovelhas/bodes dentro do carro ou estava levando para dá um passeio ???
    Esse dai rouba um de cada vez.
    Político corrupto,rouba todo mundo ao mesmo tempo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher é presa suspeita de ter pago R$ 5 mil para mandar matar marido no interior do RN

O portal G1-RN destaca em reportagem nesta sexta-feira(16) que uma mulher apontada como mandante da morte do próprio marido foi presa nesta quarta-feira (14) em Baraúna, no Oeste potiguar. Agentes da Delegacia Municipal de Baraúna cumpriram um mandado de prisão preventiva contra ela no centro do município.

Segundo a Polícia Civil, a mulher foi apontada como mandante do assassinato de José Ivan Ângelo da Silva, que aconteceu em 13 de agosto de 2020. Ela teria pagado R$ 5 mil, pela morte da vítima. A suspeita já tinha sido presa temporariamente no ano passado, mas estava em liberdade. Ela foi conduzida à delegacia e, em seguida, encaminhada ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

Entenda o crime AQUI em reportagem no G1-RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende em Mossoró suspeita por estelionato e extorsão em decorrência do “golpe do amor” que provocou prejuízo de mais de R$ 100 mil em vítima

Policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher de Mossoró (DEAM), em ação conjunta à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres/MT (DEDM Cáceres/MT), Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) e Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), prenderam, nesta quarta-feira (07), Camila Alessandra Souza Albuquerque, 30 anos. Ela foi detida em Mossoró.

Em desfavor de Camila Alessandra, existia um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça de Cáceres/MT, em decorrência da prática do “golpe do amor”, que consiste em crimes de estelionato e extorsão por meio cibernético.

Investigações realizadas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres/MT, ao longo de seis meses, apontaram que a vítima, além da violência psicológica, teve um prejuízo financeiro de mais de 100 mil reais. Após a prisão, a investigada foi interrogada na DEAM/Mossoró.

Ela foi conduzida à delegacia e, em seguida, foi encaminhada ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população envie informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Empresária é presa em bairro nobre de São Paulo suspeita de mandar matar o namorado por R$ 200 mil; polícia diz que mulher teria descoberto uma traição

Anne Frigo e Vitor Lúcio Jacinto Foto: Reprodução

Uma empresária foi presa, nesta terça-feira, em um prédio em Vila Nova Conceição, bairro nobre de São Paulo, por policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Anne Cipriano Frigo é suspeita de ter mandado matar o namorado, Vitor Lúcio Jacinto, de 42. De acordo com o depoimento do corretor de imóveis Carlos Lex Ribeiro de Souza, que está preso acusado de ser o executor do crime, ela lhe pagaria R$ 200 mil.

O crime aconteceu no último dia 17. De acordo com as investigações, Carlos — que já havia prestado serviços para o casal — foi à casa de Vitor e o convenceu a ver um terreno. No trajeto, porém, ele atirou na vítima. O disparo, feito pelas costas, acertou o coração.

O corpo de Vitor foi localizado no dia seguinte, numa região de mata fechada perto da Represa Guarapiranga, Zona Sul de São Paulo. Ele tinha marcas de queimaduras na cabeça e na canela direita, o que indica que o suspeito tenha tentado dificultar a identificação da vítima.

O depoimento de Anne, que teve a prisão temporária por 30 dias decretada pela Justiça e passou a noite no 89º DP (Portal do Morumbi), será nesta quarta-feira. O GLOBO não conseguiu contato com as defesas dela e de Carlos.

Motivação passional

De acordo com a investigação da DHPP, a motivação do crime seria passional. Anne, que os agentes descobriram ser muito ciumenta, teria descoberto uma traição de Vitor. Os dois teriam se conhecido há quatro anos, por meio de um aplicativo.

Após a morte de Vitor, ainda segundo a polícia, Anne teria ficado com o celular dele e passava mensagens para parentes e amigos. Ela teria, inclusive, mandado parabéns para si mesma, no dia de seu aniversário.

Extra – O Globo

Opinião dos leitores

  1. O cara deve ser de direita, pra ter uma pi$@ gostosa igual a minha, pra ela querer exclusividade kkk. Chega de violência contra os homens.
    Cadê a lei do João da Penha.

    1. Todo mundo sabe que tu é um canequeiro frustrado que não tem outra ocupação.

  2. Com esses 200 mil poderia ter feito tanta coisa… Agora vai gastar bem mais para contratar um advogado e defender no júri…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende dupla suspeita de latrocínio contra policial paraibano em Natal

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por meio do Núcleo de Investigação Policial de Mortes de Agentes de Segurança Pública (NIMAS), prendeu, nesta terça-feira (15), Marcos Antônio dos Santos Camilo, conhecido como “Maquinista”, de 19 anos e, Márcio Taniedson dos Santos, conhecido como “Tonny Márcio”, de 26 anos, na cidade. Marcos Antônio já se encontrava no sistema prisional, enquanto que Márcio Santos foi preso em sua residência, no bairro Felipe Camarão, em Natal.

Em desfavor dos suspeitos, existiam mandados de busca e apreensão e de prisão temporária, expedidos pela 9ª Vara Criminal da Comarca de Natal, pelo crime de latrocínio contra o agente da Polícia Civil da Paraíba, Cleverson Luis Fontes, ocorrido em abril de 2021, no bairro de Pitimbu, em Natal. Na ocasião, acompanhados de mais um homem ainda não identificado, eles teriam efetuado disparos de arma de fogo contra o policial, na frente da esposa e dos filhos, na tentativa de cometer um assalto. A vítima, que não chegou a reagir à ação, faleceu no local.

Marco Antônio, que já se encontrava preso desde maio de 2021 pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, tomou ciência do mandado de prisão temporária. Márcio Santos foi encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

  1. Só gente boa, uns diabos desses ainda tem direito a visitas íntimas, votar, auxílio reclusão, progressão da pena e regime e prioridade pra se vacinarem, só na gestão petista acontece isso.

    1. Acho um acinte também. Mas o MINTO prometeu endurecer penas e até agora não apresentou nenhum projeto de lei para endurecer o CPP nem nada para fazer valer a prisão em segunda instância… Até agora só sancionou projetos que abrandam punição de corruptos, como o juiz de garantias, penas maiores para abuso de autoridade e delação premiada mais restrita… É a nova política do MINTO das rachadinhas?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Bolsonaro cita ‘equívoco’ e diz que errou ao citar TCU, reafirma que vê indícios de distorção dos dados da covid e fala em investigação pela CGU

O presidente Jair Bolsonaro admitiu hoje que errou ao atribuir ao Tribunal de Contas da União (TCU) um relatório que apontaria supernotificação de mortes por covid. Ontem, a fala do presidente a apoiadores foi desmentida pelo órgão. Apesar da retratação, o presidente insistiu que vê indícios de distorção dos dados e que há inúmeros “vídeos de Whatsapp” demonstrando isso. Também prometeu mobilizar a Controladoria-Geral da União (CGU) para analisar o caso.

Ao tentar justificar as informações que atribuiu ao TCU, Bolsonaro alegou que gostaria de fazer menção a um acórdão do tribunal que alertava para a possibilidade de Estados inflarem números sobre a covid como forma de receberem mais recursos do governo federal.

“Tem uma lei complementar do ano passado que diz que a distribuição de verba do governo federal para Estados levava em conta alguns critérios, o mais importante era a incidência de covid. O próprio TCU dizia que esta lei poderia incentivar prática não desejável da supernotificação de covid”, afirmou o presidente. “A tabela quem fez fui eu, não foi o TCU”.

Ontem, o presidente não usou o termo “tabela”, mas afirmou que um relatório do TCU mostrava que “em torno de 50% dos óbitos por covid no ano passado não foram por covid”.

“Via CGU, vamos fazer uma investigação em cima disso. É um indício fortíssimo, vocês devem ter visto muitos vídeos no Whatsapp dizendo ‘meu pai, meu tio, meu avô, não morreu de covid'”, argumentou.

O presidente também acusou governadores de utilizarem estes números para “justificar toque de recolher e lockdown”. As medidas de isolamento, adotadas nos países desenvolvidos como forma de frear a doença, são criticadas pelo presidente, que reiteradamente descumpre as principais recomendações sanitárias ao não usar máscara e incentivar aglomerações.

Confira abaixo o esclarecimento e questionamento do presidente:

Com Foco do Brasil e Valor Investe

Opinião dos leitores

  1. um presidente que não rouba e só tem isso de qualidade, p/ mim, é um presidente muito do fajuto. Ja pensou eu querer resumir um presidente bom a tão-somente pelo fato de ele nao roubar?! E o povo ganha onde nessa historia toda? que nao consegue nem comprar comida? esse presidente não consegue e nao vai conseguir fazer os brasileiros de classe média e baixa ficarem ricos. Adianta de que?! Nos paises ricos da Europa nao tem mendigo na rua. Aqui Bolsonaro consegue tirar os mendigos da rua? Ele nao conseguiu (e nesse estilo dele de governar, fazendo motociata, kkkk, jamais vai conseguir). Agora ele tem é que passar a vez dele p/ outro. Mas o omi resiste porque o poder é bom demais. Dê poder a um homem, e vc vai conhecer como é esse homem de verdade. Foi o que acontece com Bolsonaro. Ainda me lembro do dia que ele disse que nao iria se re-eleger. Até esse dia eu gostava dele, votei nele. Mas depois desse dia aí me arrependi: o omi so quer usufruir mesmo das mega-regalias da vida de um presidente (os filhotes dele claro que aproveitam bastante tambem esse mega vidão de regalias). Enquanto isso o brasileiro de classe media e baixa leva fumo, mesmo o PIB subindo.

    1. Felipe, só tem um detalhe:ATÉ AGORA, o MINTO é um presidente “honesto”! Mas veja bem, rachadinha ele fez até demais (crime de peculato comprovado – basta pesquisar no Google), mas como é presidente, não pode ser processado por crimes que cometeu antes do mandato… Lulaladrão com apenas dois anos de mandato também era um “santo” que não sabia de nada das falcatruas que aconteciam ao redor dele… O presidente inepto só está na presidência há dois anos… Esperemos…

  2. BG, você não colocou nenhuma matéria falando sobre a indicação de Marcelo Crivela para se embaixador na África do Sul. Isso mesmo o ex-prefeito do Rio, afastado por um escândalo de corrupção, foi indicado pelo presidente. Logo ele que não gosta de corrupção.

    1. O inquérito que levou o Ex Prefeito e Bispo Marcelo Crivela à prisao, foi arquivado.

    2. É a nova política talkei! Quando Lula rouba é ladrão (e é mesmo) mas quando um Crivella ou um Roberto Jefferson apoia o governo do MINTO já viram homens de deus (deus da ganância e bandidagem mesmo)! E rachadinha não é crime talkei! Deixem a família do messias em paz ! (Texto com ironias)

  3. A coisa não é tão simples como o irresponsável fala, nem como o blog tenta mostrar. Ele confessa, no vídeo, ter criado uma tabela. Entendem a gravidade? Claro que os bichos de chifres (gado) não entenderão e não querem, pois já andam divulgando a tabela mentirosa, criada pelo genocida, e pasmen, desmentindo o TCU, que se viu obrigado a fazer uma nova nota dizendo que essa tabela do bolsonaro era mentirosa. Vcs (não os bichos de chifres (gado) têm noção do que está acontecendo no país? É esse o nível de presidente, é esse o nível de governo, é esse o nível de apoiadores, é esse o nível de mídia que apoiam essas mentiras, é esse o futuro do país com essa gente. Uma mentira, desgraçadamente não tem presented e nem futuro, um país miliciano.

  4. Tudo que o Véio Bolsonaro fala, vira discussão.
    Por isso eu voto no Véio Bolsonaro, pq ele é duro.

  5. Esse senhor não cansa de passar vergonha não? Ao invés de ficar falando besteira, traga as provas, simples.

    1. Caligula , Bolsonaro erra e é ladrao . Ladrao safado há mais de 30 anos desviando recursos de seus gabinetes . Bolsonaro e Ladrao do rabo fino

    1. TCU desmente TCU, o mito é foda, chora esquerdalha.

    1. Cadê Calígula? Foge com o rabo entre as pernas nessas horas.kkkkkkkk

  6. Não, errou não. É totalmente proposital esse compromisso com a desinformação e pulverização de fake news que os seus seguidores se agarram como verdade absoluta!

    1. Manoel, por trás de um grito de gado, tem um burro frustrado Kkkķ

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Morre no RN paciente com suspeita de infecção pela cepa indiana; Sesap detalha

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – RN (CIEVS-RN), informa que, apenas um paciente suspeito de estar infectado pela Cepa B.1.617, conhecida popularmente como Cepa indiana teve a mostra enviada para análise.

Trata-se de um indivíduo do sexo masculino, 29 anos. Procedente do estado do Maranhão e com RT-PCR confirmado para Covid-19, o paciente foi hospitalizado, e encontrava-se internado em isolamento em terapia intensiva, instável e com suporte ventilatório, recebendo toda assistência que o caso requer, porém foi a óbito na segunda-feira (31/05/2021).

A amostra do paciente entrou nos critérios do Ministério da Saúde para a realização do sequenciamento genético que está sendo providenciado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do RN (LACEN-RN) e foi enviada para o Instituto Evandro Chagas no Pará. O resultado deverá sair em breve.

A SESAP também monitora 1 comunicante de voo com caso confirmado para variante indiana. voo, Guarulhos-Rio de janeiro. Durante a investigação, foi verificado que o paciente tem uma linha de celular com o código de área do Rio Grande do Norte, mas que se encontrava no Rio de Janeiro desde o desembarque do voo em que teve contato com o caso confirmado, sendo repassado o monitoramento para a vigilância do outro estado.

A SESAP continua seguindo as orientações do Ministério da Saúde, neste momento monitora 2 pessoas procedente de voos internacionais, que devem ficar em isolamento domiciliar por 15 após o desembarque em solo brasileiro.

 

Opinião dos leitores

  1. BG você pode ser acusado pela esquerda de estar praticando xenofobia. A cepa, segundo a esquerda, não pode ser chamada de “indiana”, já batizaram-na de “delta”. É muita frescura. Esse povo não tem o que fazer.

  2. ESTA COPA É PARA IDOSOS OU GEMTE COM COMODIDADE, POIS OS PAISES PARTICIPANTES AINDA ESTÃO VACINANDO O PESSOAL ACIMA DE 50 ANOS. OU BOLSONARO TEM VACINA INSTATANEA.

  3. Morre um com essa cepa aqui no estado e ainda querem a copa américa!!! Santa paciência!!! Precisamos de seres vivos. Turismo, entretenimento, jogos, podemos até ter, mas com todos os cuidados. Coisa que muitos não fazem, não fizeram e não vão fazer. Taí as consequências!! Muda Brasil!!!

    1. Então tem que suspender todos os tipos de campeonatos.
      Se a Sra não sabe , são apenas 10 competidores, onde todos terão que está vacinados e antes dos jogos todos farão teste do Covid.

  4. Mas o (des)governo do RN rejeitou a Copa América para evitar as novas CEPAS. Acho que a nossa (des)Governadora deveria mandar fechar também o aeroporto e a rodoviária.

    1. A Copa América será realizada sem público, com delegações reduzidas e seus membros vacinados. Está em curso a Taça Libertadores, com clubes brasileiros e transmissão pela Globo, e ninguém reclama. Na próxima sexta, haverá Brasil e Equador pelas Eliminatórias da Copa. Também estão sendo disputados o Campeonato Brasileiro e campeonatos estaduais. Precisamos deixar de hipocrisia e de politicagem e encarar a realidade.

    2. Infelizmente somente quem tem esse poder de fechar as fronteiras é a presidência, mas o nosso presidente inepto só impediu a entrada de voos da Índia dez dias depois da ANVISA fazer essa recomendação! Pra completar, ele acha pouco e está abrindo nossas fronteiras novamente para um torneio de futebol para garantir o “pão e circo”: a “Cepa América”!

    3. Engraçado como as pessoas não entendem que quanto maior a exposição , mais risco, sem contar que nessas delegações vem gente de vários países,se tivesse um presidente cordenando a pandemia e trazendo soluções, mais esse que ra no Alvorada so atrapalha

    4. Manoel F, se o governo federal fechar às fronteiras, os “vermelhos” irão ao STF para abrir tudo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Após contato com assessores diagnosticados com covid, Pazuello diz que não pode ir à CPI da Pandemia nesta semana

Foto: Anderson Riedel / PR

Sob a justificativa de ter tido contato com dois assessores que foram diagnosticados com covid-19, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello informou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que não poderá comparecer ao Senado amanhã (5) para prestar esclarecimentos. A informação foi dada nesta terça-feira (4) pelo vice-presidente do colegiado, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Como ministro que mais tempo ficou na pasta durante a pandemia do novo coronavírus – 10 meses – o depoimento de Pazuello, aprovado na semana passada pela CPI, é um dos mais aguardados, por isso, foi o único da semana que a comissão reservou um dia inteiro.

O ex-ministro que estava no comando da pasta no auge da crise da covid-19, deve ser questionado, entre outros assuntos, sobre a falta de oxigênio em Manaus, o número de mortes e infectados pela doença e demora na compra de vacinas.

Com o impedimento de Pazuello, uma nova data deve ser marcada para a ida do ex-ministro ao Senado, visto que muitos senadores resistem à possibilidade de depoimentos remotos. Senadores querem evitar que os convocados recebam orientações sobre como responder às perguntas, em depoimentos remotos.

Por decisão do presidente do colegiado, senador Omar Aziz (PSD-AM), o depoimento do antecessor dele, o médico Nelson Teich, que seria na tarde hoje foi adiado para amanhã.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

  1. O País enfrentando a pior crise da sua história, tanto em termos de saúde, segurança, educação, economia, quanto em relação à falta de empatia com o próximo, e um bando de IDIOTAS discutindo se Bolsonaro é melhor do que Lula, ou o contrário. ACORDEM, e façam alguma coisa que não seja xingar aquele que pensa diferente, nos comentários dos blogs. Aliás, acho que ser comentarista em blogs virou profissão, dado o grande número de adeptos! Ou então é só falta do que fazer mesmo… Orar pelo fim da pandemia, e nos unir em prol dessa causa, como fizeram inúmeros países, parece impossível, mas plenamente normal, considerando o tipo de gente e a cultura que aqui existe.

    1. Esse espaço é mesmo para comentar as notícias postadas no blog, meu caro. Outras ações terão seus espaços próprios. Aqui, por exemplo, não parece ser o espaço mais adequado para orações.

  2. Que desculpa mais esfarrapada. Uma pessoa que só vive sem máscara está se lixando pra covid: tanto nega qdo pega, quanto transmite para todos.

  3. O Exército Brasileiro tem de rever urgentemente a formação e promoção em seus quadros. Um homem desses envergonha as Forças Armadas e a Nação. Lastimável!

  4. Essa CPI parece com uma raposa cuidando do galinheiro. Corruptos como juízes, incompetentes investigando possíveis “falhas”. E ainda tem a questão da suspeição de dois de seus mais notórios membros (Renan Calheiros e Jader Barbalho), cujos filhos são governadores e precisam prestar contas do dinheiro que receberam do governo federal. No Para, inclusive, já foi preso um bocado de gente. Essa CPI não é séria.

  5. A vídeo conferência é para esses casos desde o início da pandemia: o ex-ministro lá no local de sua insignificância e a comissão da CPI idem. Agora não comparecer pq manteve contato com um suspeito de Covid19, soa como assumir a culpa no cartório. Indo de astronauta garanto que não transmitirá a covid-19, ao contrário, sem máscara como foi ao shopping em Manaus, o bicho pega…

  6. CPI política, dominada por corruptos, não pode ser levada a sério. Um sujeito que defende e se alia a elementos como Renan Calheiros, Jader Barbalho ou até mesmo desse Aziz, que presidente a comissão e responde a processos de corrupção NA SAUDE do seu estado (AM), deve compartilhar do seu mesmo caráter. Um homem sério como o general Pazuello não pode se misturar com essa laia.

    1. E um sujeito que se alia a Roberto Jefferson merece o que?
      Hipócrita de butiquim.
      Não sabe nem o que fala.

    2. Quem lida na política não pode dispensar apoio, dependendo do “preço”. E coisa muito diferente de fazer uma aliança com corruptos para investigar pseudas irregularidades. Um corrupto famoso não pode agir como “juiz”. A maioria dos senadores dessa CPI deveria estar presa ao invés de tentar prejudicar o país. Mas, vc sabe disso. É impossível um debate construtivo com quem só pensa em recuperar suas “boquinhas” e não age de boa fé.

    3. Você se perde nos proprios “argumentos”. Se ser de direita honesta é ter funcionário fantasma com rachadinha e se aliar a corruptos, entao bolsonaro ta no caminho certo.

    4. Direita “Honesta” acho que entendi sua lógica: quando o corrupto for a favor do MINTO é política, mas quando o corrupto for contra o MINTO aí ele vira só um corrupto sem credibilidade… Ah tá!

    5. Não. Ele é honesto até que seja PROVADO o contrário. E não será sua opinião nem a perseguição da grande mídia militante que farão isso. Apoio de graça, sem contrapartida de corrupção, pode ser até o seu. Em 2022, vote no Bolsonaro, “cumpanhero”, que ninguém irá reclamar. Entendeu agora?

  7. Tá arregando??? O filho teu não foge à luta… Mas toma Cloroquina do tio Bolso… Passa na hora…

  8. Mais, vcs choram viu kkk calma meninos,. começou agora com renovação em 2022 , pode vim com o nove dedo , vitória será mais bonita ainda….chora naaao bbbbb chora não bbbbb

  9. Kkkkkkkkk
    Andou sem máscara em Manaus e agora vem com essa!
    General cagão ! Não vale uma estrela do uniforme!

  10. É, a desculpa que sobra é sempre essa: Botar a culpa nos outros e chamar os outros de corrupto.

    Típico de quem está afundando, querer se salvar puxando os outros.

    Bora gaaaaaaaadoooooooo

    O berrante tá tocando. Bora defender o homem.

  11. Com a defesa, o direita que se acha “honesta”.
    Esse infeliz estava desfilando no shopping sem máscara, facínora!
    Governo desastroso, das trevas.

  12. Quem tem, tem medo. Pazu deve estar com medo e a casa de vidro com mais medo ainda. Vão colocar a culpa no petê.

  13. Esse povo de Bolsonaro é tudo assim, são tudo brabo na Internet. Sara Winter, Daniel Silveira, Queiroz…

    É igual a cachorro MOLE, ladra, ladra, ladra…

  14. Eita, mas passear em um shopping em Manaus sem fazer o uso da mascara, pode né? vai tentar se esconder de todas as formas, mas não escapa não! …hahaha…tem um ditado lá no meu Seridó que diz a seguinte: “Bittencout tem medo”…hahaha

  15. Ihhhhhhhh… Arregou. Que coisa feia… Fugindo da raia, general ?
    Típico de bolsominion: fala fala e na hora de agir NADA!

    1. Essa CPI com esse presidente, Renan Calheiro como relator é a maior imoralidade já vista. O Relator Renan responde a mais de 40 processos na justiça.

    2. Maurício, mas eu pensei que o governo do MINTOmaníaco era amigo dos corruptos, afinal apoiou Lira pra presidência da Câmara, se juntou a Roberto Jefferson, Valdemar da Costa Neto, Ciro Nogueira, o próprio filho Flávio Bolsonaro que responde processo pro peculato, além de diversos outros condenados e investigados pela Lava Jato… Vc não entendeu ainda pq foi no governo do MINTOmaníaco que a lava jato foi enfraquecida e até perseguida? Ou vc só gosta de corrupto quando ele está apoiando o governo do MINTOmaníaco?

    3. Maurício, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Bolsonarista é de uma laia especializada em mudar o foco do que se trata. Quando acuados já culpam tudo e a todos para desviar o foco. Cara, isso só funciona com quem é gado mesmo.

    4. Verdade, Mauricio, essa CPI não pode ser levada a sério por gente séria. Tem que dar uma canseira nesses vagabundos e deixa-los espernear. O presidente tem o apoio do povo de verdade e estáxaginfo de forma correta, pelo bem do país. E isso é o que importa. Deixa chorarem, é só o que lhes resta.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PT afasta vereador de Minas que abriu caixão lacrado de idoso que morreu com suspeita de Covid-19

Foto: Reprodução/G1

O Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu afastar o vereador de Santa Bárbara do Leste (MG) investigado por ter quebrado o protocolo sanitário de prevenção à Covid-19. Wlliam Faria aparece em um vídeo abrindo o caixão de um idoso, de 92 anos, para mostrar que ele não teria morrido pela doença.

Em nota, a direção executiva do PT de Minas Gerais informou que o vereador foi afastado imediatamente e responderá no Conselho de Ética do partido em um processo que poderá “culminar com a sua expulsão”. (Confira a nota na íntegra mais abaixo)

“Num dos momentos mais delicados vividos por toda a população mineira e brasileira em função da pandemia do novo coronavírus, a atitude do vereador representa uma ação violenta e desnecessária, além de ser uma grave ameaça à segurança sanitária”, diz a nota.

Procurado pelo G1, o vereador Wlliam Faria disse que ainda não foi informado sobre a decisão do partido e só vai se pronunciar após ser comunicado do afastamento.

Entenda o caso

O vereador foi chamado no cemitério por familiares que questionavam o protocolo e queriam velar o idoso. Ele abriu o caixão, que estava lacrado, com um facão e tocou na sacola que envolvia o corpo do idoso, quebrando todos os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19.

Segundo o Hospital Irmã Denise (Casu), José Vieira do Carmo morreu com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e com sintomas de Covid-19.

De acordo com a família do idoso, ele fez o teste rápido e deu negativo. O homem fez um segundo teste PCR, que ainda não saiu o resultado. Por ser diagnosticado com suspeita de Covid-19, o corpo do idoso foi levado para a funerária e depois encaminhado ao cemitério.

“Nós não podemos enterrar um cidadão com dúvida. Não é simplesmente pegar um cidadão e empacotar ele e falar que é Covid. A gente tem que ter certeza do que está fazendo”, afirmou o vereador em entrevista ao MG1 nesta segunda-feira (26).

A Polícia Civil informou que foi instaurado um inquérito e o parlamentar está sendo investigado por crime de infração de medida sanitária preventiva e por violação de urna funerária. O presidente da Câmara de Santa Bárbara do Leste disse que a conduta do vereador também será apurada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito.

Confira na íntegra a nota divulgada pelo PT

A direção executiva do PT de Minas Gerais decidiu afastar imediatamente o vereador William Faria, de Santa Bárbara do Leste, em razão do lamentável fato ocorrido no último domingo (24/5), quando o parlamentar violou um caixão lacrado durante o funeral de um homem que faleceu com suspeita de Covid-19. O procedimento de lacre é uma determinação sanitária do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde.

Num dos momentos mais delicados vividos por toda a população mineira e brasileira em função da pandemia do novo coronavírus, a atitude do vereador representa uma ação violenta e desnecessária, além de ser uma grave ameaça à segurança sanitária.

Após o afastamento, o vereador responderá no Conselho de Ética do PT-MG, como determina o estatuto partidário, em um processo que poderá culminar com a sua expulsão.

G1

Opinião dos leitores

  1. kkkkk foi porque ele não fez a coisa certa, era para ter roubado o caixão primeiro ai depois que poderia abrir, isso é norma do PT.

  2. lula fez pior ainda…. dizendo que esse virusss foi uma benção para derrubar BOLSoNARo e nada foi feito. Como acreditar nesse partido???

  3. Não há dúvidas que o Grande vereador foi inconsequente, mais abrir procedimento !!! Para que? Quais são as penalidades previstas? Nesse partido, tantos já roubaram, mentiram, vandalizaram e nada ocorreu, sinceramente, como é difícil ser pequeno, mesmo no PT.

  4. Roubar dinheiro público pode né pt. Desvio de dinheiro, superfaturamento nas dispensa de licitação e omissão na contrução de hospital de campanha e uti pode também

  5. Os moradores dessa cidade tem que afastar esse IDIOTA de vez de lá! O retardado fica falando em respeitar o morto quando ele mesmo vai abrindo o caixão ! Um jumento desses queria o que fazendo isso? Exumar o defunto na frente de todos para descobrir o motivo da morte é isso?

    1. errou quem desviou o dinheiro que veio do Governo Federal para combater o COVID; ou fez compras superfaturadas ou comprou aparelhos danificados, que nunca funcionaram.

  6. O mais curioso nesse caso, é que essa atitude insana desse petista é muito semelhante ao comportamento de alguns bolsonaristas. Esse é o resultado de tanta loucura e fanatismo, dos dois lados.
    Seria cômico se não fosse trágico.

    1. O vereador é do PT. Acho até que ele errou de partido. Rsrsrs

    2. O que Bolsonaro tem com isso? Procure sua turma do PT e vá abraçar seu líder condenado

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Blogueira é presa em MG por suspeita de vender cosméticos falsificados para todo país

Blogueira é presa na Grande BH por suspeita de vender cosméticos falsificados para todo país — Foto: Polícia Civil/Divulgação/ Foto: Reprodução/Redes sociais

Quatro pessoas de uma família foram presas em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por suspeita de falsificar cosméticos e vender os produtos adulterados para todo o Brasil. Segundo a Polícia Civil, a principal suspeita, uma blogueira com milhares de seguidores nas redes sociais, passava-se por estudante de biomedicina e dizia ter criado métodos exclusivos, principalmente para tratamento de melasmas.

Só em um dos perfis, Rafaela Braga é seguida por cerca de 70 mil pessoas. De acordo com a delegada Andrea Pochmann, a jovem, o pai, a mãe e o marido foram detidos em flagrante na semana passada durante cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos suspeitos.

“É uma menina, de 21 anos, muito bonita e chamava a atenção pela questão luxuosa, pela ostentação. Ela viaja, tirava fotos, já estava com um carro de luxo e já estava residindo em uma casa também luxuosa em um condomínio de Contagem de alto padrão”, afirmou a delegada.

O esquema passou a ser investigado há cerca de 1 mês e, de acordo com a polícia, além de consumidores, empresas estão entre as vítimas. O nome dos presos não foi divulgado pela polícia.

Segundo a polícia, a jovem era dona de uma clínica de estética na cidade da Região Metropolitana. As investigações apontam que os produtos falsificados eram vendidos no estabelecimento, pela internet e também durante cursos que a suspeita ministrava de forma presencial e online.

Pelas aulas, a jovem chegava a cobrar até de R$ 5 mil. Já os kits de produtos eram vendidos por cerca de R$ 1,5 mil.

Falsificação

De acordo com a delegada, a blogueira, que atuava no ramo de estética desde os 15 anos, e os familiares agiam de várias formas na falsificação dos produtos. Em um dos endereços em que polícia esteve na semana passada, foi encontrado um laboratório clandestino.

Segundo Andrea, a jovem chegou a ter uma linha de cosméticos licenciada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas até mesmo esses produtos seriam alvo de adulteração.

“Ela tinha diversos métodos de falsificação. Ela adulterava, em si, o produto, colocando no produto original o rótulo dela e colocando outro cosmético lá dentro. Como ela também pegava o produto original de uma outra empresa e colocava somente o rótulo dela”, disse a delegada.

Segundo Andrea, há inclusive produtos adicionados aos cosméticos originais que ainda são desconhecidos da polícia. O material foi encaminhado para a vigilância sanitária, mas, de acordo com a polícia, há relatos de vítimas que sofreram danos com o uso dos cosméticos, como queimaduras no rosto.

Ainda conforme a delegada, para divulgar os métodos de tratamento, a blogueira postava fotos de antes depois das pessoas, mas há informações de que, muitas vezes, ela teria usado programas de edição de imagem.

Durante as investigações, segundo Andrea, a jovem negou as suspeitas e disse que tinha todas as autorizações. Após a prisão, os detidos ficaram em silêncio.

G1

 

 

Opinião dos leitores

  1. OU PAÍS para ter LADRÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO. ENRAIZOU e ninguém acaba mais essa RAÇA.

  2. Quem é a blogueira, qual é o produto, qual é a empresa???
    Como se proteger e parar de usar um produto que faz mal a saúde, sem saber do que se trata?

    1. Rico nesse país não tem nome nem sobrenome quando é flagrado com a mão no roubo,Sr. Luís. Se fosse pobre tinha até o fator RH exposto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Televisão

Suspeita de envenenamento: familiares de Tom Veiga, “o Louro José”, querem exumar corpo

Foto: Reprodução/Facebook

Há alguns meses esta coluna recebeu informações que mudariam a perspectiva a respeito da morte de Tom Veiga, artista que deu vida ao boneco de Louro José.

Segundo pessoas próximas a Tom, sua família pensa em mandar exumar o corpo, pois suspeitam que o verdadeiro motivo de sua morte seria envenenamento.

De acordo com as fontes, Cybelle Hemínio da Costa Veiga, ex-mulher de Tom, teria conseguido que ele fizesse um testamento e a incluísse, tendo direito, inclusive, a uma pensão de 18 mil reais por um ano.

Ainda de acordo com informações enviadas a coluna, Tom Veiga teria tentado retirar o nome de Cybelle do inventário e vinte dias depois ele apareceu morto. Com isso, a família está pensando na possibilidade de exumar o corpo e, ainda, de tirá-la do testamento.

Coluna Léo Dias – Metrópoles

 

Opinião dos leitores

  1. Coisas do vil metal.
    O que a sede por dinheiro não fizer! E isso vale pra ambos os lados: o da família e da ex-mulher.
    Lamentável o barraco!
    O pior é que não deixam nem o morto descansar em paz!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher que matou companheira em João Pessoa é suspeita de ter assassinado duas pessoas no RN, noticia imprensa na PB

Foto: Reprodução/TV Correio

A mulher que matou a companheira em um apartamento no bairro de Gramame, na Zona Sul de João Pessoa, no dia 20 de março , pode ter cometido outros dois assassinatos no Rio Grande do Norte. A apuração é resultado do trabalho de investigação da Polícia Civil da Paraíba, divulgado nesta segunda-feira (29). O inquérito do crime em João Pessoa foi concluído. Além do homicídio, ela tentou matar por envenenamento o sobrinho e a mãe da vítima.

De acordo com as investigações, a mulher teria matado, em 2011, José Edilson dos Santos, depois de dopar a vítima e deixar o corpo queimado dentro de um carro. Ela pode ter recebido a ajuda de outro homem. Em razão desse crime, foi expedido mandado pela Comarca de Santo Antônio, no Rio Grande do Norte.

Em 2014, na cidade de Natal (RN), ela teria matado esse comparsa, provavelmente envenenado, segundo informações colhidas junto à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Quem explica é a delegada da Paraíba, Emília Ferraz.

“Os crimes cometidos não param por aí. Em 2021, em João Pessoa (PB), ela matou Gilmara Santos da Costa e atentou contra as vidas de duas pessoas fazendo uso de tranquilizante e carrapaticida”, concluiu a delegada, da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (DCCPES) de João Pessoa.

A mulher foi presa em Campina Grande, dois dias após o crime. Segundo a Polícia Civil, a suspeita estava escondida no bairro Vila Cabral.

Portal Correio

https://portalcorreio.com.br/mulher-que-matou-companheira-em-joao-pessoa-e-suspeita-de-ter-assassinado-duas-pessoas-no-rn/

Opinião dos leitores

  1. Ai é o cão em figura de gente, pena de morte para essa ai seria pouco. Lembrando que ela ainda vai matar na cadeia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mãe denuncia estupro de filha internada com suspeita de covid-19 em Mato Grosso do Sul

FOTO: DIVULGAÇÃO

Uma mulher de 36, internada com suspeita de covid-19 no HRMS (Hospital Regional do Mato Grosso do Sul), alega ter sido estuprada por enfermeiro na madrugada de quarta-feira (3).

A mãe dela registrou um B.O. (Boletim de Ocorrência) na Delegacia da Mulher com base em um áudio enviado pela filha por mensagem de celular. No áudio, a vítima descreve em detalhes o ato. Ofegante, em vários momentos, a paciente faz uma pausa para tentar respirar. Ela conta que tentou parar a ação do suspeito, mas estava sem forças.

A vítima descreve o autor como um enfermeiro que estava de serviço naquela madrugada. Ao receber a mensagem, a mãe, Míriam Motta, disse que procurou imediatamente a direção do hospital e a polícia.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável – quando praticado com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para oferecer resistência. Segundo Míriam, a filha estava com medo de denunciar, mas uma de suas motivações para fazer o registro é que outras mulheres não passem pela mesma situação da filha.

O HRMS não se manifestará a respeito. Em nota, o hospital afirma: “Reiteramos que todos os casos de supostas infrações nos diversos campos, administrativo e assistencial, o HRMS pauta-se nos ditames éticos e legais vigentes para tomada de providências.”

R7

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PF investiga suspeita de tráfico internacional de drogas em aviões da FAB

Foto: Guarda Civil de Sevilla

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (2), a operação Quinta Coluna, para investigar uma associação criminosa que usou aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) para traficar drogas para a Espanha. As investigações também apuram um esquema de lavagem de dinheiro.

Ao todo, estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e dois mandados que restringem a comunicação dos investigados. Os alvos também foram impedidos de deixar o Distrito Federal, por determinação judicial.

Até a publicação desta reportagem, a PF não havia divulgado a identidade dos envolvidos.

Durante a operação, os agentes apreenderam drogas na casa de um dos suspeitos. O G1 tenta confirmar o endereço onde o entorpecente foi encontrado e se houve prisões em flagrante.

A Justiça Federal de Brasília ainda determinou o sequestro de imóveis e de veículos dos suspeitos de integrar o esquema criminoso. Militares da FAB também participam do cumprimento das medidas. A reportagem tenta contato com a corporação.

Investigação

Segundo a PF, as investigações demonstram que, além do sargento brasileiro Manoel Silva Rodrigues, flagrado com 37 kg de cocaína em um avião da comitiva presidencial (relembre abaixo), em junho de 2019, na Espanha, outros suspeitos se associaram ao militar, “de forma estável e permanente, para a prática do crime de tráfico ilícito de drogas”.

À época, Jair Bolsonaro (sem partido), não estava na aeronave. A TV Globo apurou que o avião onde estava o militar, que atua como comissário de bordo em voos da FAB, costuma fazer a rota presidencial antes do avião do presidente em viagens longas, e, por isso, fica à disposição do Executivo para quando ele pousar no destino.

O G1 tenta contato com a defesa de Manoel Silva Rodrigues, detido na Espanha, para saber se ele é alvo da operação nesta terça-feira. O militar cumpre pena no país europeu e, em setembro do ano passado, a Justiça espanhola negou o pedido de transferência do sargento para o Brasil.

Em relação à lavagem de dinheiro, as investigações apontam “diversas estratégias do grupo criminoso” para ocultar os bens obtidos por meio do tráfico de drogas, “especialmente a aquisição de veículos e imóveis com pagamentos de altos valores em espécie”, disse a PF.

As penas previstas para os crimes de associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro vão de 3 a 10 anos de prisão.

Droga apreendida

Em junho de 2019, o sargento da Aeronáutica brasileira foi detido no aeroporto de Sevilha por transportar 37 kg de cocaína na bagagem de mão. A droga estava em pacotes de um pouco mais de 1kg. O entorpecente foi detectado por agentes espanhóis.

No ano passado, o militar fez um acordo com a promotoria espanhola e cumpre pena de seis anos e um dia de prisão. O tempo de pena é menor do que o da condenação anterior, de oito anos. Rodrigues também foi condenado a pagar uma multa de 2 milhões de euros.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Falaram que tinha plantação de maconha nas universidades e o gado acreditou. Acharam farinha no avião do presidente mas… nas universidades não acharam nada. Aliás, acharam a vacina do Covid, mesmo o Bozo fazendo de tudo pra esconder.

  2. Nossas forças armadas são caras e praticamente inúteis. São responsáveis pelas fronteiras; é mais fácil entrar e sair do Brasil do que da Rocinha no Rio. Responsáveis pelos explosivos, e mais fácil um bandido com dinamite que um de nós com um chiclete. Responsáveis pelo armamento; preciso falar? São atribuições constitucionais da referida instituição.

    1. Dinheiro jogado no lixo, se desse devia privatizar. Ia ser mais barato e mais eficaz. So nao dava pra privatizar a guarda da fronteira, mas o resto…..

  3. Lembro sim, inicialmente, para o seu conhecimento, a família do PRESIDENTE, não estava nem próximo do avião. O meliante que conduzia a droga foi capturado e está preso na Espanha, não tendo havido nenhuma condescendência com o seu ato. Agora vamos lá, quantas vezes foram pegas cargas desse tipo nos governos do PT? Muito foi praticado do nosso dinheiro para a conta de ditadores estrangeiros, principalmente da África; nossas fronteiras virou uma babel com a Bolívia, Venezuela, Cuba, grandes produtores e entrepostos do tráfico internacional. Vcs são seletivos e burros, agora não tem boquinha como antes, vai procurar sol no teu chiqueiro fedorento mala.

    1. Chola não Minion, fica tite não. Laranja, chocolate e leite condensado aliviam a sua ansiedade. Taokey!?

    2. Esse tem ciúmes da mulher de Lula, se pudesse, estaria no lugar DELA.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde apura mortes de crianças Yanomami em Roraima com sintomas de Covid, segundo ‘Conselho indígena’

Foto: Júnior Hekurari Yanomami/Condisi-YY/Divulgação

Um ofício do Conselho de Saúde Indígena Yanomami e Ye’kuanna (Condisi-YY) aponta que nove crianças morreram com sintomas de Covid-19 em duas comunidades na Terra Indígena (TI) Yanomami, em Roraima. O documento, assinado pelo presidente do órgão, Júnior Hekurari Yanomami, pede ajuda para o envio de profissionais de saúde à região.

Em nota, o Ministério da Saúde informou que recebeu do Condisi-YY a comunicação das mortes e que “está verificando junto ao Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Yanomami a veracidade das informações. O Dsei encaminhou uma equipe aos locais para averiguar a situação, mas ressalta que, até o momento, os óbitos não foram confirmados para Covid-19.” (Leia a nota na íntegra abaixo)

O relato, segundo o presidente do Condisi-YY, é de que foram registradas quatro mortes na comunidade Waphuta, duas delas no último dia 25, e outras cinco em Kataroa, região do Surucucu, em Alto Alegre, Norte de Roraima.

Os postos de saúde da região estão fechados há cerca de dois meses, ainda de acordo com o presidente. No mesmo ofício em que ele solicitou providências à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e ao Dsei-Y sobre as mortes, Hekurari também cobrou, com urgência, o envio de profissionais de saúde para a região.

A Terra Indígena Yanomami é a maior do Brasil e também a mais vulnerável à Covid-19 na Amazônia. Em três meses, o vírus avançou 250% nas comunidades, segundo relatório produzido por uma rede de pesquisadores e líderes Yanomami e Ye’kwana. As crianças, segundo Herkurari, tinham entre um e cinco anos e não há como precisar a data exata de todas as mortes. Ele diz, contudo, que todas ocorreram no mês de janeiro.

A informação sobre a morte chegou até o presidente do Conselho na terça-feira (26) via radiofonia, por meio de relato de um agente de saúde da comunidade Waphuta e de um professor de comunidade Kataroa.

“Ontem, dia 26, fui chamado pelo rádio onde o agente de saúde [de Waphuta] me informou que tinham morrido quatro crianças, duas crianças anteontem, dia 25. Perguntei o motivo, ele me informou que na comunidade está tendo surto de coronavírus, que essas crianças estavam com 39 graus de febre e com dificuldade de respirar. ‘Então, tenho certeza que morreram de coronavírus, essa ‘xawara’ [doença] que está aí na cidade’, foi isso que ele me disse”, contou Hekurari.

Diante da situação, Hekurari enviou ofício, ainda na noite de terça-feira, ao secretario da Sesai, Robson Santos da Silva, e ao coordenador Dsei-Y, Rômulo Pinheiro, relatando as informações que recebeu. O documento também cita que há “ao menos vinte e cinco (25) crianças com os mesmos sintomas e em estado grave.”

“No mesmo tempo, o professor [de Kataroa] me informou que lá morreram cinco crianças e disse que a situação era a mesma, sem equipe, que estava tendo surto de coronavírus na comunidade, pessoas com muita tosse, febre. Então, ele disse que as cinco também morreram de coronavírus. Disse que o povo está doente, pedindo socorro, pois o posto está fechado”, afirmou o presidente.

No ofício à Sesai, o presidente relatou que as unidades básicas de saúde das duas comunidades estão fechadas por falta de helicóptero para enviar profissionais de saúde aos locais. “Pedi que envie profissionais urgente para essas comunidades, que estão sem atendimento há cerca de dois meses”, reforçou Hekurari.

Hekurari espera apuração do que ele classificou como “falta de assistência ao povo Yanomami.” Em Boa Vista, o coordenador do Dsei-Y, confirmou o recebimento do relatos e disse que enviaria equipes “para verificar a situação in loco”.

“O que aconteceu na Terra Indígena Yanonami tem que ser apurado, investigado. As comunidades ficaram sem assistência por mais de dois meses. Então, a responsabilidade do Dsei-Yanomami, da Sesai, governo federal, é dar assistência. Não deixar isso acontecer. Nove vidas morreram e não têm como voltar, mas mãe estão morrendo, não há justificativa”, disse Hekurari.

O presidente do Condisi-YY também disse ter informado a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Ministério Público Federal (MPF) sobre as mortes das crianças. As duas instituições também foram contatadas, mas ainda não enviaram resposta.

Região de difícil acesso

As duas comunidades, de acordo com Hekurari, ficam no meio da floresta amazônica, em região de difícil acesso. Para chegar até as duas é necessário viajar de avião de Boa Vista a Surucucu, e de lá pegar um helicóptero. “Do contrário, leva de três a quatro dias andando na mata”, disse.

Vivem em Kataroa cerca de 412 indígenas Yanomami e em Waputha são 816. O Dsei-Yanomami atende 28.141 indígenas distribuídos em 371 aldeias.

Maior reserva indígena do Brasil, a Terra Yanomami fica entre os estados de Roraima e Amazonas, e em boa parte da fronteira com a Venezuela. Desde o ano passado, indígenas denunciam o avanço da Covid-19 entre as comunidades, causado, principalmente, pelo garimpo ilegal em algumas regiões.

Contaminação por coronavírus entre indígenas

De acordo com boletim epidemiológico da Sesai, desde o começo da pandemia, o país registrou 41.251 casos e 541 óbitos por Covid-19 entre indígenas até a última quarta-feira (27). Entre yanomami atendidos pela Sesai na área do Dsei-Y, foram computados 1.256 diagnósticos e 10 mortes causadas pela doença no mesmo período. Já segundo a Articulação de Povos Indígenas do Brasil (Apib), até quarta-feira foram computados 47.148 casos e 940 mortes causadas por Covid-19 entre indígenas em todo o país.

O boletim da Sesai contabiliza apenas os casos de Covid-19 verificados em indígenas assistidos pelo Subsistema de Atenção à Saúde Indígena, não considerando aqueles que buscam atendimento em outros sistemas de saúde. Os dados da Apib, por sua vez, incluem tanto casos ocorridos entre indígenas que vivem nos territórios tradicionais quanto aqueles diagnosticados entre pessoas que vivem em contexto urbano e se autodeclaram indígenas.

Nota do Ministério da Saúde sobre o relato do Conselho

O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), informa que recebeu a comunicação do Conselho Distrital de Saúde Indígena (CONDISI) Yanomami e está verificando junto ao Distrito Sanitário Especial indígena (DSEI) Yanomami a veracidade das informações. O DSEI encaminhou uma equipe aos locais para averiguar a situação, mas ressalta que, até o momento, os óbitos não foram confirmados para covid-19.

A pasta esclarece ainda que, todos os óbitos em área indígena com suspeita de covid-19 são investigados. Esses processos seguem as diretrizes de vigilância epidemiológica estabelecidas pelo Ministério da Saúde:

● LABORATORIAL: caso suspeito com resultado positivo em teste RT-PCR e/ou teste rápido para covid-19.

● CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICO: caso suspeito com histórico de contato próximo ou domiciliar com caso confirmado laboratorialmente para covid-19, que apresente febre ou pelo menos um dos sinais ou sintomas respiratórios, nos últimos 14 dias após o contato, e para o qual não foi possível realizar a investigação laboratorial específica.

Os dados são lançados no Subsistema de Atenção à Saúde Indígena do Sistema Único de Saúde (SASI/SUS) e passam por processos criteriosos de qualificação dos Distritos e da SESAI, garantindo a consistência da informação sobre a infecção por covid-19 em povos indígenas. Já os indígenas que residem nas cidades são atendidos pelas Secretarias Municipais de Saúde, desta forma os números referenciados entram nos cálculos gerais da população brasileira do Sistema Único de Saúde (SUS).

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Pesquisem "médica do programa mais médico foi agredida e teve os braços quebrados pela tribo Yanomami". Isso nenhuma grande imprensa noticiou. Agora dizer que estão sem médico noticiam rapidinho…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Covid-19: Polícia faz ação em Madureira-RJ por suposta venda de vacina e suspeita de ‘fake news’

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio abriu um inquérito para investigar a informação sobre a suposta venda de falsas vacinas da Covid-19 em Madureira, na Zona Norte do Rio. Postagens relatando o caso se tornaram virais nas redes sociais nesta semana.

Agentes da Delegacia do Consumidor (Decon) realizaram diligências na região em busca da suposta mercadoria, que não foi encontrada. Os investigadores suspeitam que o conteúdo veiculado nas redes é enganoso, tratando-se de um caso de “fake news”.

Uma postagem sobre a comercialização do imunizante dava conta de que ele estaria sendo ofertado por cerca de R$ 50, com R$ 10 adicionais para aplicação. O autor de uma das publicações, identificado como Jones MFjay, admitiu, contudo, ter feito o post “mais para brincar com algo inusitado que teria testemunhado do que realmente levantar suspeitas de um crime”.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Polícia Federal (PF) também apuram o caso. Em nota, a Anvisa informou que não poderia dar mais detalhes da investigação, mas ressaltou que qualquer comercialização ou aplicação de vacina de Covid-19 no país atualmente é uma atividade irregular e oriunda de falsificação, já que não há vacinas autorizadas no Brasil ainda.

“As vacinas que foram importadas estão com as instituições de pesquisa e somente os voluntários selecionados para as pesquisa puderam ser vacinados. Ainda assim, a vacina da Sinopharm não tem pesquisa no Brasil e por isso não entrou no país”, ressaltou a Agência.

Procurada, a Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano do Rio alertou que “descaminho, contrabando e venda de mercadorias sem nota fiscal são crimes que devem ser combatidos pelas forças policiais. O Instituto de Vigilância Sanitária reforça que, até este momento, não há vacina contra Covid-19 oficialmente liberada no Brasil”.

De acordo com a Guarda Municipal, até o momento, agentes não constataram a comercialização da falsa vacina duarante patrulhamento de rotina em Madureira.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Essa vacina era boa pra minha manada também, baratinha e com certificado de burrologia…

  2. Essa foto foi tirada de uma campanha de vacinação promovida por uma empresa privada dos Emirados Árabes Unidos. Existe uma comunidade de mais de 400 brasileiros que trabalham nessa empresa e que ja tomaram a vacina. Vcs podem conferir a ação no Instagram @palmssporsuae.
    Enquanto no Brasil se discute quem é o pai da vacina, nos EAU ja tem vacina na iniciativa privada, disponível para todos os funcionários.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *