VÍDEO: Prefeito do Rio quer que Globo devolva, via Fundação Roberto Marinho, R$ 214 milhões aos cofres públicos

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, 25, o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), afirmou que toda a transparência cobrada pela Rede Globo de Televisão à prefeitura será dada, começando pela análise de mais de uma dúzia de contratos com suspeitas de fraude e sem licitação.

Segundo Crivella, os contratos são voltados para as áreas de arquitetura e acompanhamento de obras – todas destinadas à Fundação Roberto Marinho. Na avaliação do prefeito, uma investigação rigorosa será feita porque ele acredita que a fundação não tem a “expertise” para executar as obras. Todos estes contratos dão um somatório de R$ 214,5 milhões. Além disso, há mais R$ 150 milhões pagos em publicidade, totalizando R$ 354,5 milhões.

O prefeito disse, ainda, que estes recursos foram pagos em 2016 – exatamente um ano antes de iniciar sua gestão. “Toda a transparência exigida pela Globo será aplicada com empenho. Não se tratam de suspeitas, mas de indícios suspeitíssimos”, disse o prefeito, que vem enfrentando um noticiário agressivo pela emissora na capital fluminense. Crivella esclareceu que, até 2016, a Globo recebia – da Prefeitura do Rio – dez vezes mais em publicidade na comparação com as concorrentes da tevê aberta.

Posicionamento do Grupo Globo

O atual prefeito do Rio, mais uma vez, mente e manipula fatos para esconder as graves denúncias que atingem a sua gestão. A tentativa do prefeito de equiparar a Fundação Roberto Marinho ao pacote de verbas que a sua administração na Prefeitura aprova sem licitação, é, no mínimo, irresponsável.

O Grupo Globo repudia com veemência as declarações do prefeito e reafirma que os contratos assinados pela Fundação Roberto Marinho com o município do Rio de Janeiro estão em perfeita conformidade com a legislação aplicável, em especial a Lei 8.666/1993. Passaram por todos os estágios de aprovação necessários e foram executados dentro dos princípios da transparência, moralidade, legalidade e eficiência. Todas as ações da Fundação Roberto Marinho podem ser acompanhadas por qualquer cidadão pelo site http://frm.org.br/acoes/

Vale destacar ainda que a Fundação Roberto Marinho é permanentemente fiscalizada pelo Ministério Público, sendo uma instituição sem fins lucrativos, que há quase meio século dedica sua expertise única no país exclusivamente a projetos de interesse público, inclusive na área museológica. Foi responsável pela criação e implementação de alguns dos museus mais visitados do Brasil, entre eles o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio.

Esses ataques inconsequentes do atual Prefeito do Rio reforçam a necessidade de uma imprensa atenta e vigilante, que leve ao cidadão carioca a real situação de sua cidade, trabalho que o jornalismo do Grupo Globo tem feito e continuará a fazer, independentemente das retaliações do prefeito.

Sorte teria o cidadão carioca se a criatividade e a competência que o prefeito demonstra para inventar denúncias pudessem ser aplicadas à sua gestão.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Roberto disse:

    Globo quebrada.

Conselho Tutelar investiga mãe suspeita de emprestar bebê para homem pedir esmola em Maceió

Bebê vai ficar aos cuidados de um abrigo em Maceió até que os conselheiros tutelares localiza a mãe e decidam se ela tem condições de criar o filho — Foto: Marcos Melquíades/TV Gazeta

Denúncias sobre uma mulher suspeita de emprestar o filho de 6 meses para um homem, que o usava para convencer pessoas a lhe dar esmolas, estão sendo apuradas pelo Conselho Tutelar da 8ª Região, no Graciliano Ramos, parte alta de Maceió. O órgão acredita que essa mãe fazia isso com outros filhos também.

De acordo com o conselheiro tutelar Everton Alves, informações passadas pelo Conselho que atua no bairro do Farol levaram à identificação do homem.

“Os conselheiros do Farol já vinham recebendo denúncias de que esse rapaz tem o hábito de estar nos coletivos com a criança, pedindo dinheiro. Mas relatos dão conta de que ele fazia isso com outra também”, explica Alves.

As primeiras informações levantadas pelos conselheiros são de que o homem “alugava” a criança da mãe, repassando para ela parte do dinheiro recebido das esmolas durante o dia. O suspeito, no entanto, nega a acusação e diz que a mãe apenas emprestava o menino.

“Ele confirma que pedia esmola e deixa claro que é amigo da mãe e que ela tinha ciência desses fatos. Ele também nega que pagasse alguma coisa e diz que só pegava a criança emprestada, e depois devolvia”, diz o conselheiro.

O homem também negou que usasse mais de uma criança e garantiu que ele e o menino só saíram para pedir esmola duas vezes. Moradores da região ouvidos pelos conselheiros dizem que o suspeito já foi visto várias vezes e com crianças diferentes.

“O que sabemos sobre a mãe é que ela mora no Gama Lins e era acostumada a fazer isso com os outros filhos também. Estamos tentando localizar a mãe para fazer a advertência dela. Vamos também comunicar a polícia e o Ministério Público, para que tomem as providências”, conclui Alves.

O homem que estava com o menino foi levado para a Central de Flagrante I, onde vai prestar esclarecimentos. A polícia vai definir se houve crime e se o suspeito ficará preso ou será solto.

G1 – Alagoas

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anti-Comunista disse:

    PRIMEIRA PARCELA DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO DE SERVIDORES DO ESTADO DO CEARÁ SERÁ PAGA EM JULHO( G1-CEARÁ). NO RN NINGUÉM SABE. O RN ESTÁ PARADO….

Fernando Mineiro suspeita de “plano colombiano para destruir a educação brasileira”

É destaque no Grande Ponto, em torno da orientação do Ministério da Educação para que as escolas brasileiras filmem, de forma voluntária, seus alunos cantando o hino nacional.

O secretário de Gestão de Projetos e Metas do Governo, Fernando Mineiro, através do microblog Twitter, levantou a suspeita de um plano colombiano para destruir a educação brasileira. Explica-se, o atual ministro Ricardo Vélez nasceu na Colômbia.

“Cadê as/os defensoras/es da “escola sem partido” diante da ordem para que se leia a carta com o slogan da campanha de Bolsonaro em todas as escolas? É tanto absurdo no MEC que só pode ter um plano colombiano para destruir a educação brasileira”, disse Mineiro por meio de sua conta pessoal no Twitter.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo martins disse:

    Que se saiba, não existe viv'alma em todo o RN a quem o "Professor Mineiro" tenha ministrado sequer uma aula completa. A militância educacional deste dublê de político não passa de mera cortina de fumaça.

  2. Marcel disse:

    O tal professor quis fazer um textão defendo o PT se dizendo “pasmo com a ignorância e a estupidez de boa parcela dos brasileiros” , mas infelizmente não parece saber a diferença entre MAS e MAIS. Tomara que não tenha sido professor de português.

  3. Oliveira disse:

    Essa turma do PT falido, fica falando essas coisas é pra ter mídia, pra não cair no esquecimento, ficam falando m… não dêem ouvidos a esses sem futuro o tempo deles já passou fizeram nada, a não ser acabar com nosso país. Xau petralhas.

  4. Cláudio disse:

    Amanhã, quinta-feira dia 28/02/2019, vou filmar minha filha cantando o Hino Nacional no colégio e enviar o vídeo para o meu presidente, JAIR BOLSONARO, com a devida autorização para publicação.

  5. Eudes Gurgel disse:

    Li aqui tanto desconhecimento sobre a escola pública, nada que não fique mais pasmo com a ignorância e estupidez de uma boa parcela de brasileiros neste último tempo. Sou professor da Rede Pública desde 1981, neste tempo lecionei em diversas escolas, entre elas particulares. Entre 1981 a 2003 não tínhamos, em termos de rede pública , estrutura suficiente para funcionar. Foram tempos bastante difíceis em termos de sala de aula, crianças que chegavam com fome e com mais fome saiam, evasão em razão de busca de bicos para levarem comida para casa, após 2003 o quadro veio a melhorar com financiamentos públicos que iam direto para a escola, fazendo com que diretores conhecessem o mercado local e a agricultura familiar não só introduzindo uma merenda melhor como aperfeiçoando o sistema de gestão escolar. As escolas passaram a contar com livros didáticos, já iniciado no governo anterior mais não levado adiante. A educação pública teve sua melhora, passou a receber mais crianças do 1º ao 9º ano, as salas estavam sempre lotadas, foi uma transformação, a estrutura começou a mudar com a recepção de salas de multimeios entre outras. Falar que o governo de Lula e Dilma provocaram a hecatombe na escola pública é a demonstração de uma falta de pensar, de ler o que está a frente. Alunos saem sem as condições que deveriam conforme as que lhes foram dadas, saem, e como saem, mais não é exclusivo do ensino público. Aliás hoje, dia 27/02, o RNTV apresentando uma matéria sobre redação dos correios mostrou a jovem que ganhou em 2018, uma jovem da escola pública. Pensem bem o que falam, o que escrevem, procurem informar-se melhor.

    • Ceará-Mundão disse:

      A realidade fala por si própria. Todos os indicadores (nacionais e internacionais, incluindo o famoso Pisa) mostram que a educação brasileira continua de péssima qualidade, apesar das enormes quantias gastas com o setor. E nem precisa ir atrás desses índices. A simples observação empírica nos mostrará o mesmo resultado. Universidades públicas caríssimas estão formando uma legião de graduados semi-analfabetos, que escrevem errado, não sabem fazer cálculos básicos e são incapazes de ler e interpretar um texto simples. Os exemplos pululam por ai. Quantidade nunca será sinônimo de qualidade, mesmo que ainda tenhamos um séquito de crianças e jovens afastados do ensino e outra horda de analfabetos (e não estou falando dos analfabetos funcionais, que citei acima). Busque apenas os índices oficiais e confira o que digo. O que realmente prosperou nos governos do PT (no setor de educação) foi a doutrinação ideológica. E o Brasil não merece isso.

    • Mauro Filho disse:

      Então, se houve melhora nas escolas públicas na gestão do PT , só resta creditar essa piora na educação dos alunos ao baixo nível dos professores. Ou vai querer tirar o corpo fora também?

  6. Waldemir disse:

    Diz aí Fernando como está a secretaria que foi criada para lhe dar um emprego pela governadora “GOPI”

  7. Ana disse:

    Nosso vizinho, pense numa figura desprezível.

  8. Luiz eduardo farias disse:

    Distruir o que não existe,sem comentários.

  9. Sérgio disse:

    Esse dito senhor é um dos culpados por fazer parte da PÁTRIA EDUCADORA, que enfiou o Brasil nesse caos educacional.

  10. Henrique disse:

    No Brasil os alunos estão saindo do ensino médio analfabetos funcionais, quer ter certeza disso? faça uma redação com todos os alunos egressos do 3º ano das escolas estaduais e pasmem.

  11. Marcel disse:

    A educação brasileira se encontra na UTI graças aos 14 anos de governo do partido desse senhor. Foi o PT que tentou, e quase conseguiu, destruir a educação, portanto Mineiro deveria ficar calado. Agora esse episódio do atual ministro da educação foi realmente uma bola fora.

  12. Jose disse:

    O PT passou 14 anos dando GÔPI !!!!!!……..rsssssssssssssssssssss

  13. Antônio José disse:

    Meu Deus, Fernando Mineiro do PT reclamando de doutrinação. PQP! Cala a boca aí!!

  14. Antonio Lopes disse:

    Esse senhor perdeu o senso do ridículo. Até o povo já mostrou isso a ele é ele não se toca.

  15. flavio disse:

    Incluir o slogan após o hino é um absurdo e se torna partidário, mas o comentário partindo deste Sr. Me faz lembrar esta música" A inveja mata, cuidado para não se contaminar…….haja hipocrisia

  16. Jório disse:

    Isso é uma Piada é? Destruir o que? a Educação Brasileira já é uma das piores do Mundo. O PT já se encarregou disso. Em termos de qualidade, os indicativos mostram que a Edução está igual ou pior que a 20 anos atrás.

  17. Victorino disse:

    E cantar o hino Nacional agora é crime??? Cartar o hino do MST nos acentamentos do MST pode, aceitem que dói menos. Acorda Brasil

    • João Bolsonaro disse:

      Filmar crianças cantando o hino nacional nas escolas e crime ditadura mas filmar crianças passando a mão em um homem nu e cultura um Brasil veio lixo das coisas invertidas

  18. Aprígio Soares disse:

    Qual a razão de mudar a acusação dos EUA para a Colômbia? Qual o gopi está arquitetando?
    O PT ficou 20 anos na oposição prometendo uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE. Chegou ao poder e deixou o país como o 95 PIOR ENSINO DO MUNDO entre 100 países. Esse ex deputado está vomitando o quê?
    Qual o fio de moral que o PT tem para falar sobre educação?
    Não fizeram nada que se possa aproveitar, além de criar cotas irracionais que levam alunos despreparados ao ensino superior, onde metade desiste dos cursos e a outra metade se forma de maneira MEDÍOCRE, com NÍVEL PROFISSIONAL LASTIMÁVEL.
    Sabem a razão do PT ser contra os símbolos cívicos nacionais e dá apoio público as ditaduras sanguinárias da Venezuela e Cuba? Alguém tem alguma dúvida?

  19. Brasil é verde e amarelo disse:

    Quem é Fernando Mineiro ??? sim um ex- deputado que arrumou um cabide de emprego no governo da MUIE DO GOPI !!!
    Esse Mineiro irá cair em esquecimento, está do querendo APARECER nas mídias , em 4 anos NAO IREMOS saber quem é ou foi Mineiro

FOTO: Polícia Civil indiciará dupla suspeita por diversos roubos em Nova Parnamirim, Cidade Verde e Cajupiranga

A 2ª Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim indiciará Edson dos Santos Medeiros Júnior, conhecido como “Júnior Catinga”, e Klivert Sanderson da Silva Lima, por diversos roubos nos bairros de Nova Parnamirim, Cidade Verde e Cajupiranga, todos na cidade de Parnamirim.

Os dois suspeitos, que cumprem pena no regime semiaberto, foram presos em flagrante, neste sábado (16), após um roubo a um estabelecimento comercial na praia de Pirangi, em Parnamirim. Na ocasião, fugiram do local em um veículo Hyundai HB20, com dinheiro, celulares e bebidas, sendo pegos no bairro de Ponta Negra, em Natal.

A 2ª DP de Parnamirim dará continuidade às investigações, no intuito de identificar e prender os outros suspeitos de participarem dos roubos em Parnamirim, junto a dupla presa. Para auxiliar a Polícia Civil, a população pode enviar denúncias anônimas por meio do disque-denúncia 181, com garantia de sigilo absoluto.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Atento disse:

    Atento à foto dessas figuras, pessoal da segurança pública.

Herbalife é investigada por suspeita de pirâmide

HerbalifeSabe a Herbalife, a gigante de vendas diretas de suplementos alimentares e shakes, que tem aquele slogan “Quer perder peso, pergunte-me como”? Está sendo investigada nos Estados Unidos por suspeita de formação de pirâmide financeira. Pois é. A investigação está sendo feita pela Comissão Federal do Comércio  (FTC, na sigla em inglês).

A suspeita é de que os lucros da multinacional não viriam das vendas diretas dos produtos, mas das adesões de novas pessoas à rede de distribuidores. É esse mesmo o tipo de acusação que aqui no Brasil é feito contra empresas como a TelexFree, BBom e Priples.

Confirmada pela própria Herbalife, a investigação foi iniciada depois das acusações de William Ackerman, fundador do fundo de investimento Pershing Square Capital Management. Há mais de um ano ele acusa abertamente a empresa de ganhar dinheiro de forma ilegal. Segundo ele, o grosso do faturamento seria mesmo a grana das novas adesões.

Neste ano, a pressão pela investigação aumentou. Em janeiro, o senador de Massachusetts Edward Markey enviou uma carta ao FTC. Ele recomendou que as práticas comerciais da companhia fossem examinadas. No mês seguinte foi a vez de uma associação da comunidade hispânica Lulac e de outros grupos de proteção a minorias pedirem ao Congresso a adoção de medidas.

A Herbalife, que é apoiada por outros grandes investidores, sempre negou as acusações. Depois da confirmação da investigação, a empresa divulgou um comunicado garantindo que estava que age em conformidade com as leis. “A Herbalife dá as boas-vindas à investigação dada a tremenda quantidade de desinformação existente no mercado, e cooperará totalmente com a FTC.”

A briga promete ser longa e pesada. De acordo com o jornal Financial Times, a investigação aos esquemas em pirâmide costuma demorar entre 12 e 18 meses. Em 2013, a Herbalife registrou vendas de US$ 4,8 bilhões. Um crescimento de 17% na comparação com a receita de 2012. Tem distribuidores em mais de 70 países.

Detalhe: apesar da sede do grupo ficar em Los Angeles, a Herbalife está registrada nas Ilhas Cayman, um paraíso fiscal. No mínimo, interessante. O que vocês acham?

Tatiana Nascimento – Diário de Pernambuco, com informações dos jornais Financial Times e Público

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Natanael disse:

    Caro Bruno, exemplo maior de pirâmide é a NNEX a mais de seis meses sem pagar nem um centavo aos investidores. Líder em reclamações no site reclameaqui.com, é o ministério publico não faz nada.

    • Rafael disse:

      realmente a NNEX também deveria se investigada, absurdo!! estão sem responder, sem publicar, sem pagar.. apenas o iste ta ativo pq nem o dono "TONY ROCHA " aparece mais!

    • Henrique disse:

      E não eram os próprios "associados" que eram contra o MP quando foi decretada que essas empresa de facilidades eram pirâmides, agora eles cobram ação do MP, não entendo mais nada!!!

Justiça absolve Kassab de suspeita de favorecer a Controlar em SP

kassabcontrolarevelson-1024x715A Justiça absolveu o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab e o empresário Ivan Pio de Azevedo em ação penal sobre supostas irregularidades no caso Controlar – concessão para inspeção veicular na maior cidade do País.

A sentença, datada desta quinta feira, 16, é do juiz Luiz Raphael Nardy Lencioni Valdez, da 7.ª Vara Criminal da Capital. No mesmo dia, como revelou o Estado, uma testemunha protegida da investigação da Máfia do ISS na capital paulista afirmou que Kassab teria recebido uma “fortuna” da Controlar, que teria ficado em seu apartamento até o início das investigações

O Ministério Público havia proposto a ação contra Kassab por suposta violação ao artigo 92 da Lei de Licitações, atribuindo ao ex-prefeito “concessão de vantagem indevida” à Controlar.

O contrato de concessão foi assinado em 1997, mas sucessivamente suspenso por decisões judiciais (liminares em ações civis públicas e ações populares), políticas (revisões e auditorias promovidas pelos sucessivos governos) e técnicas (questionamentos oriundos dos órgãos da Prefeitura, ligados à Secretaria do Verde e Meio Ambiente).

O juiz destacou que em 2005, quando da posse de Jose Serra (PSDB), “determinou-se que todos os secretários revisassem os contratos vigentes em busca de eventuais irregularidades, prática corriqueira no Brasil, por motivos de várias ordens que não vem ao caso aqui analisar”.

Ex-prefeito era acusado de favorecer empresa, mas foi absolvido pela Justiça nessa quinta. Foto: Evelson de Freitas/Estadão

“Na época, a Secretaria do Verde, de forma contrária ao entendimento das gestões anteriores, verificou duas supostas falhas na capacitação técnica e financeira da Controlar, concessionária do serviço até então ainda não executado: a) ausência de técnico especializado nos quadros da empresa; e b) ausência de capital social de no mínimo de R$ 30 milhões”, observa o juiz Valdez.

Diz a sentença. “O Ministério Público afirma que o réu Kassab conferiu à empresa vantagem indevida ao decidir manter o contrato, mesmo sabedor de que a Controlar não preenchia três requisitos para habilitação na licitação. Contudo, dos três problemas apontados pela acusação, dois deles não foram levados oficialmente ao conhecimento do prefeito e não são tratados no despacho tido como ilegal (disponibilidade dos terrenos e capital social). Ou seja, a acusação presume, sem elemento de prova que o autorize, que o réu Gilberto Kassab era conhecedor de todos os detalhes da concessão cuja licitação datava de 1996 e que há dez anos vinha suspensa por motivos variados. Tal presunção é inadmissível em sede criminal. Mais uma vez, não se está aqui no campo da improbidade administrativa ou da responsabilização política, mas na seara processual penal, onde ninguém pode ser responsabilizado por fato que foge ao seu conhecimento.”

“Em suma, após detalhada instrução e análise detida de toda a documentação juntada pelas partes, é certo que a decisão do ex-prefeito, o réu Gilberto Kassab, contestada pelo Ministério Público, não violou o disposto no artigo 92 da Lei de Licitações”, assinala o juiz. “Como consequência lógica, não há que se falar em concorrência dolosa do réu Ivan Pio de Azevedo.”

Defesa. O criminalista Pierpaolo Bottini, que defende Kassab no caso Controlar, disse que “a decisão foi correta e desfaz um mito que foi construído e repetido de que havia qualquer irregularidade nesse contrato, enfim, foi feita Justiça”.

Os advogados José Luís Oliveira Lima e Jaqueline Furrier, que defendem Pio Azevedo, consideram que o empresário “foi vítima de uma acusação manifestamente infundada”. “A absolvição do dr. Ivan Pio restabelece a Justiça. Felizmente, o Judiciário corrigiu o erro”, disse Oliveira Lima.

Estadão

Mulher de 42 e filha de 19 são presas por suspeita de estuprar e violentar criança de sete anos

Uma mulher de 42 anos e a filha dela, de 19, foram presas nesta segunda-feira por policiais da Delegacia de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes(PE), suspeitas de maus tratos, estupro e tortura contra uma menina de sete anos. Levadas para a Gerência de Proteção à Criança e ao Adolescente (GPCA) de Jaboatão, elas serão encaminhadas para a Colônia Penal Feminina do Recife, no bairro do Engenho do Meio, depois de prestarem depoimento.

De acordo com o delegado Carlos Barbosa, os crimes foram denunciados em abril deste ano, mas o resultado do laudo que confirmou lesões na vagina e o rompimento do hímen da criança foi liberado na semana passada. A vítima era criada pela suspeita desde os sete meses de vida depois de ser entregue pela mãe, que alegou falta de condições de sustentar a criança. A menina falou sobre as agressões à mãe biológica, que não permitiu mais que ela voltasse para a casa onde morava e denunciou o caso à polícia.

Diário de Pernambuco

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sandra disse:

    02 monstras!!! Como pode um ser humano pegar uma criança para criar, onde deveria lhe dar amor e proteção e fazer uma monstruosidade dessas? Cadeia é pouco para ambas…

Ossada encontrada em mata no RN pode ser de sanfoneiro

Uma ossada encontrada nesse domingo (22), na zona rural da cidade de Almino Afonso (339 km de Natal), região Oeste do RN, infelizmente, pode ser do sanfoneiro Francisco Ivanildo Alves, de 46 anos, desaparecido há três meses.

Segundo a Polícia Militar, a ossada humana foi encontrada por um caçador que caminhava nas proximidades do sitio Alívio, área de mata.

Na ocasião foram encontradas roupas semelhantes ao do sanfoneiro. Familiares, inclusive, teriam dito que era dele. Contudo, somente após perícia do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) que o DNA da vítima, natural do município de João Dias (372 km de Natal), poderá ser desvendado, assim como causa da morte.

Dupla loira assalta joalheria no Midway; Bope descarta bomba em caixa deixada

Duas jovens loiras, aparentando menos de 20 anos, assaltaram a joalheria Drusa, no Midway Mall, levando várias peças do estabelecimento, entre elas joias e relógios. Não bastasse à ousadia da dupla, do sexo aparentemente mais frágil, ainda foi deixada uma caixa que se dizia uma bomba, obrigando o Batalhão de Operações Especiais da Policia Militar do RN (Bope) a se deslocar ao local e evacuar um trecho, por precaução.

Para o alivio de todos, não era uma bomba. Segundo os policiais militares, na caixa foram encontrados canos com fios. Até o momento as acusadas estão foragidas. Diligências estão sendo realizadas por toda a área na busca pelas acusadas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano Coêlho disse:

    É imprecionante como a criminalidade tem crescido de maneira galopante aqui no nosso estado e mais imprecionante ainda como nao se ver absolutamente nada sendo feito a respeito pelo poder público, restando apenas a omissão e o descaso. Enquanto isso a sociedade é quem paga o preço. Situação inaceitável e revoltante.

  2. Pablo Diego disse:

    Por que o site da g1.combern não diz qual foi a LOJA é o nome do SHOPPING, quando as assaltantes forem presas a primeira coisa que eles vão divulgar é o nome do BAIRRO!!!!!!!

  3. Márcia disse:

    Estouraram a mafia do tráfico nas favelas, os bandidos partiram pra outra! culoa dos políticos que dão mal exemplo!

Diretor-geral do Dnit comandou obra suspeita no RN

A edição de hoje do jornal Folha de São Paulo revela que o novo diretor-geral do Dnit, o general do Exército Jorge Fraxe comandou, quando esteve à frente, da Diretoria Obras de Cooperação do Exército,  uma obra que está sob investigação do TCU por irregularidades. E foi em nosso Rio Grande do Norte.

Segue o texto:

 

O TCU (Tribunal de Contas da União) apontou irregularidades em obras comandadas pelo general escolhido pelo governo para sanear o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes), Jorge Fraxe.
Antes de ser nomeado para a diretoria do Dnit em julho, após uma série de escândalos no Ministério dos Transportes, Fraxe estava à frente da Diretoria Obras de Cooperação do Exército.
Auditoria do TCU concluiu que o Exército comprou mais material do que o necessário e gastou em excesso com a manutenção de máquinas.
A investigação cita a compra de cimento, areia e brita (pedras usadas na obra) em uma quantidade maior do que a que era prevista.
O prejuízo pode superar R$ 40 milhões, segundo relatório do TCU aprovado na última quarta-feira.
O documento pede que o general Fraxe se manifeste no prazo de 15 dias sobre as ocorrências nas obras. E afirma que há “falhas graves e recorrentes na supervisão, fiscalização e controle de sua unidade subordinada”.

INVESTIGAÇÃO


As obras de duplicação da BR-101 -entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte- estão divididas em nove lotes, sendo três de responsabilidade do Exército. No início deste ano, foram investigados pelo TCU dois desses lotes, construídos pelo 2º Batalhão.
Esta foi a primeira vez que Fraxe foi citado em um relatório do TCU. No Dnit, ele substituiu Luiz Antônio Pagot. Seu trabalho à frente da BR-101 foi apontado como credencial em sua escolha.
A empresa fornecedora da brita para as obras investigadas é a Pedreira Potiguar.
Investigação da Polícia Federal, revelada pela Folha, em julho, apontava indícios de desvios em outra obra do Exército, de outro batalhão.
O caso envolvia a construção de pistas do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN), que beneficiaram a Potiguar. Na época, o Exército não comentou o assunto, alvo de inquérito militar. A Potiguar negou irregularidades.
Fiscalizações do TCU em outros lotes da BR-101 sob responsabilidade do Exército relatam alta participação da pedreira em contratos.