Política

Para parlamentares, projeto de Bolsonaro é tornar Moro inelegível

Parlamentares que acompanham o duelo entre Jair Bolsonaro e Sergio Moro avaliaram nesta quarta-feira (3) ao blog que o projeto do governo é inviabilizar a carreira política do ex-ministro da Justiça, com foco na eleição presidencial de 2022.

Moro, diferentemente de um adversário de esquerda, racha a base de Bolsonaro — por isso, o presidente prefere antagonizar com Lula, por exemplo.

Porém, desde que saiu do governo e passou para o lado de inimigos de Bolsonaro, Moro virou pré-candidato à Presidência em 2022. O Planalto tem certeza de que o ex-ministro quer suceder Bolsonaro no Planalto e, por isso, quer desidratar o adversário.

O próprio entorno de Moro acredita que há uma “vingança” de Bolsonaro.

Chamou atenção de aliados de Moro a retomada de negociação pela procuradoria-geral da República (PGR) de delação premiada de Tecla Duran, como publicou o jornal “O Globo” nesta quarta. A PGR é órgão autônomo, mas a coincidência, para os aliados de Moro, não é gratuita. A delação havia sido arquivada em 2018. Segundo o jornal, no início de maio, após a saída de Moro do governo, foi assinado um termo de confidencialidade para formalizar a fase preliminar das tratativas de acordo.

Em nota divulgada nesta quarta, após a reportagem de “O Globo”, Moro disse que os relatos de Duran sobre a “suposta extorsão que teria sofrido” na Lava Jato, com envolvimento de um amigo pessoal seu, Carlos Zucolotto Jr., já foram investigados na PGR e arquivados. Moro afirma que o relato “não verdadeiro” prestado por acusado foragido teve destino “apropriado”: o arquivamento.

O ex-ministro da Justiça diz na nota que lhe causou “perplexidade e indignação” que a investigação arquivada tenha sido retomada pela gestão atual da PGR, que é comandada por Augusto Aras.

Segundo o blog apurou junto a fontes da PGR, há 90 dias as conversas entre a PGR e Duran foram retomadas. Nos bastidores, Aras rechaça insinuações de que o Ministério Público estaria à disposição de Bolsonaro para se vingar de Moro — e que jamais permitiria o uso político da instituição.

Já interlocutores de Moro não descartam, inclusive, que ele vire alvo de buscas, o que classificam como uma operação para desconstruir a sua imagem de símbolo de combate à corrupção.

Por isso, senadores que acompanham os lances e avanços da guerra entre Bolsonaro e Moro avaliam que o projeto Bolsonaro é tornar Moro inelegível em 2022.

Para isso, por exemplo, Moro precisaria ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Ou seja, condenado por órgão colegiado.

Andréia Sadi – G1

Opinião dos leitores

  1. Duelo ? Kkkkkkkk, que ironia. Hoje no país não tem político para enfrentar Jair Bolsonaro para Presidente em 2022. A ficha limpa do nosso Presidente está garantida até 2026, no mínimo , se Deus quiser será renovada para 2030

  2. Ninguém se engane: Moro não elege ninguém, mas é ótimo para deseleger que é uma beleza.

  3. O país numa situação dessa e o estúpido só pensarem eleição. E o pior é que os ignorantes acham certo.
    É muito atraso.

  4. Pelo que o presidente está provocando durante a pandemia qdo reiteradamente icentiva as pessoas a descumprirem as medidas de distanciamento social, quem está correndo o risco de ficar inelegível é ele.

  5. Moro tem meu voto e tenho visto muitas pessoas defendendo o nome dele para presidente em 2022. É notório que a direita e a esquerda estão trabalhando para fragilizar o nome de Moro.

  6. Ahhhhhhhhh, agora eu entendi porque é que os bolsominions e os petralhas se amam tanto, kkkkkkkk…..

    1. Toim, onde será o proximo show de humor? Suas piadas são excelentes.

    2. Se ele não tivesse voto pra concorrer pra presidência, o MITOmaníaco não teria medo de Moro…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

O TUDO OU NADA de Rafael Motta vale até fragilizar Fátima Bezerra

Foto: reprodução

Só cegos não percebem a estratégia do deputado Rafael Motta para tentar ser indicado candidato ao Senado na aliança com o PT.

Vale tudo nesta estratégia para rifar a pré-candidatura do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves.

Vale orquestrar veículos de comunicação aliados para divulgar quase de imediato e simultaneamente o resultado de pesquisas em que o pré-candidato do PSB aparece bem na fita, onde Carlos Eduardo perde terreno e até já se configura tendência de segundo turno na eleição de governador.

Vale até arregimentar adversários de Fátima Bezerra e mobilizar alas do PT descontentes com a governadora para se fazerem presentes à reunião marcada para sábado, quando o partido tomará decisões sobre a próxima campanha.

Vale até enviar ofício ao PT reafirmando a indicação do próprio Rafael Motta para disputar o Senado, cobrando o “reconhecimento da parceria” firmada em 2018.

O problema dessa estratégia é que isso não só beneficia Rogério Marinho quanto fragiliza a própria campanha da governadora à reeleição.

Em pouco tempo, a estratégia de Rafael e do PSB conseguiu expor as fragilidades e contradições da aliança do PT com Carlos Eduardo.

Mesmo diante das pressões, Fátima Bezerra e o comando político do PT já sinalizaram que não haverá mudanças e que está mantida a aliança com Carlos Eduardo.

Uma coisa certa: a estratégia de Motta tem causado estragos suficientes e que podem até ameaçar o projeto recondução de Fátima ao governo.

Conclusão: só menino besta não vê que a estratégia de Rafael Motta está minando a autoridade e a liderança da governadora Fátima Bezerra. Dentro do PT e entre os aliados.

Quem precisa de adversários tendo aliados como esse, já se perguntam alguns petistas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Moraes revoga decisão e Câmara dos Deputados fará nova eleição para cargos da Mesa Diretora

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O ministro Alexandre de Moraes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu, nesta segunda-feira (23), revogar a decisão que impedia o PL de retirar o deputado Marcelo Ramos (PSD-AM) da vice-presidência da Câmara.

No entendimento do ministro, eventual ilegalidade sobre a troca na Mesa Diretora da Câmara deve ser submetida ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“A liminar concedida garantiu o pleno exercício do mandato parlamentar até a solução sobre o reconhecimento de justa causa para a desfiliação partidária, tendo, a partir da presente decisão, esgotado seus efeitos, uma vez que, eventual ilegalidade na futura interpretação e aplicação do artigo 26 da Lei 9096 (‘Perde automaticamente a função ou cargo que exerça, na respectiva Casa Legislativa, em virtude da proporção partidária, o parlamentar que deixar o partido sob cuja legenda tenha sido eleito’) pela Mesa da Câmara dos Deputados será de competência do Supremo Tribunal Federal”, disse.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Consulta ao 1º lote de restituição do Imposto de Renda será liberada nesta terça (24); saiba como fazer

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Receita Federal liberará a partir das 10h desta terça, 24, a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2022, que chegará a 3,4 milhões de clientes prioritários: idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos, contribuintes com deficiência mental ou física grave ou doença grave e profissionais cuja maior fonte de renda seja o magistério.

O dinheiro da restituição chegará às contas desses contribuintes no dia 31 deste mês, o mesmo em que se encerra o prazo para a declaração. A consulta poderá ser feita por meio do site da Receita Federal e do portal e-CAC, o Centro de Atendimento Virtual do fisco.

Como consultar

Pelo e-CAC, é necessário ter senha no gov.br, o sistema de sites do governo. Caso tenha, acesse o Portal e-CAC e vá em “Entrar com gov.br”. Logo depois, informe o CPF e vá em “Continuar” na página seguinte. Depois, digite a senha e vá em “Entrar”, e, em “Serviços em destaque”, vá em “Meu Imposto de Renda (Extrato da Dirpf)”.

Pelo site da Receita Federal, o contribuinte deve acessar a página, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. Também será possível ver se há pendências, ou seja, se o contribuinte caiu na ‘malha fina’, e, se necessário, corrigir a declaração. O cliente terá a opção de informar a agência e conta bancárias em que receberá o dinheiro; também existe a alternativa de receber por pix, caso o contribuinte tenha uma chave com seu CPF.

Jovem Pan

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

ARMA “SECRETA”: Lasers russos cegam satélites e queimam drones em 5 segundos

Imagem: Reprodução / Ministério da Defesa da Rússia

A Rússia testou um novo laser capaz de queimar drones e outros equipamentos a uma distância de cinco quilômetros em apenas cinco segundos. Segundo o vice-primeiro-ministro Yuri Borisov, o veículo não-tripulado “foi simplesmente queimado e deixou de existir”.

Ele ainda confirmou que o laser está sendo usado no confronto com a Ucrânia, sob o nome de “Zadira” —embora os EUA e a Ucrânia digam que não viram nenhuma evidência disso e tratam como propaganda.

Pouco se sabe sobre as especificidades das novas armas, que são consideradas secretas pelo governo russo, mas, segundo Borisov, o novo modelo é mais poderoso que o laser Peresvet, anunciado pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, em 2018.

“Se o Peresvet cega, então a nova geração de armas a laser leva à destruição física do alvo —destruição térmica, eles queimam”, contou, em entrevista à televisão estatal russa.

Os lasers são armas consideradas eficientes e de baixo custo, quando comparadas às outras usadas na guerra. Eles funcionam enviando um feixe de luz infravermelha que aquece seu alvo até que entre em combustão.

Ao contrário das armas clássicas, que exigem munição, o laser de combate nunca fica sem “cartuchos” e seus feixes atingem o alvo com incrível precisão na velocidade da luz.

O Peresvet, já usado pelas tropas russas desde 2019, é capaz de retirar satélites de reconhecimento em órbitas de até 1.500 km e pode ser usado com sucesso contra drones, disse o especialista militar Igor Korotchenko, diretor do Centro de Análise do Comércio Mundial de Armas.

Isso é especialmente importante para ofuscar os sistemas de reconhecimento. Inutilizar satélites capazes de monitorar mísseis balísticos intercontinentais, que carregam armas nucleares, é uma medida estratégica.

A Rússia também poderia usar lasers no campo de batalha para cegar soldados ucranianos, conforme afirmou o general de brigada aposentado do exército australiano Mick Ryan ao jornal americano Washington Post, embora isso seja proibido de acordo com um protocolo de 1995 adicionado ao tratado da ONU que proíbe armas que causem ferimentos excessivos ou tenham impacto indiscriminado.

A eficácia do laser, no entanto, depende das condições ambientais: com bom tempo, funciona perfeitamente, mas nevoeiro, chuva, neve e outros eventos climáticos adversos podem interferir na passagem do feixe de laser.

Nova geração de armas

Borisov aproveitou o lançamento dos novos modelos para defender que as armas convencionais serão substituídas por armas a laser e eletromagnéticas nas próximas décadas.

A Rússia, disse ele, está investindo na criação de armamento baseado em novos princípios físicos.

Em 2017, a mídia russa afirmou que a Rosatom, agência nuclear estatal, encabeçava essa parte e trabalhava no laser Zadira.

No mês passado, Israel divulgou um vídeo mostrando um sistema de laser parecido, que derrubou foguetes e drones. O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, disse que poderia derrubar drones, morteiros e foguetes por apenas US$ 3,50 por disparo.

“Pode parecer ficção científica, mas é real”, afirmou.

Putin já revelou uma série de novidades nesse sentido: novo míssil balístico intercontinental, drones nucleares submarinos e uma arma supersônica.

Já a Ucrânia anunciou novas aeronaves não tripuladas adquiridas em março. Fabricados na Turquia pela Baykar Technology, os drones são capazes de destruir tanques de guerra.

O modelo Bayraktar TB2 utiliza bombas e mísseis ar-terra a laser, projetados para serem lançados por uma aeronave militar contra objetivos de superfície com ainda mais precisão. Ele foi desenvolvido a pedido do exército turco, após a experiência positiva com o Bayraktar TB1, e o primeiro voo ocorreu em 2014.

UOL com BBC Brasil

Opinião dos leitores

  1. primeiro, laser não é infravermelho, segundo, não tem como travar o alvo num drone pq os sistemas antiaéreos de valem do calor também o laser é em feixe, não é espalhado como o taser, logo, isso é mera propaganda.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Para Augusto Aras, falas de Bolsonaro sobre sistema eleitoral são “retórica política”

Foto: Antonio Augusto/Secom/PGR

O procurador-geral da República, Augusto Aras, minimizou as falas do presidente Jair Bolsonaro sobre as urnas eletrônicas no Brasil, em entrevista à agência Reuters. Indagado sobre supostas “reiteradas falas de Bolsonaro colocando em xeque o sistema eleitoral”, o PGR classificou as críticas do presidente da República como “retórica política”. Para Aras, a linguagem política é outra, e a jurídica é a da lei.

O procurador-geral também citou o exemplo do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, que fez o mesmo discurso, segundo ele mesmo classificou: “Alguém disse que o Trump não podia dizer a mesma coisa que se ele perdesse ninguém tomaria posse, que não ia sair da Casa Branca?”.

“Nós temos que ter essa compreensão de que, se nós começarmos a exigir da política e de todos os seus acólitos, todos os exercentes de mandato, comunicações politicamente corretas, nós estamos rompendo com o ideal da liberdade de expressão, que é o primeiro princípio de uma democracia”, disse.

Aras fez questão de diferenciar o discurso dos atos preparatórios. “Nós todos precisamos ter essa percepção. Se o presidente acha, como fez o Trump, que tem dificuldades tal, tal e tal, essas falas dele só arranham o sistema jurídico quando isso tem um potencial de interferir no processo democrático. A mera fala não induz o crime, explicou. “Atos preparatórios não induzem ao crime”, avisa o PGR.

Diário do Poder

Opinião dos leitores

  1. Atenção boiada, Viram? Ouviram? O procurador está dizendo que tudo que o homi fala não passa de retórica política, ou seja , conversa de político pra convencer eleitor, só vcs , é claro. Oh vergonha kkkkkk

  2. Esse é o procurador? Não é o advogado geral da uniao? Ele está sempre na defesa do governo e do parasita.

  3. Nada do bolsolão do lixo por aqui? E se fosse da Fátima, também não sairia? Mais um escândalo de roubalheira que os bichos de chifres não podem saber.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Celebridades

[VÍDEO] SUSTO: Xand Avião é atingido por chamas no rosto durante show em SP

O cantor Xand Avião passou por um susto enorme durante uma de suas apresentações em São Paulo, no último sábado (21). Ele se apresentava quando foi surpreendido por uma chama de fogo [que fazia parte dos efeitos pirotécnicos da apresentação] no rosto e nos braços, mas não se feriu com gravidade.

Após o show, Xand se manifestou no Instagram, mostrando que estava bem. “Valeu, SP! O Viiixe! Forró e Piseiro pegou fogo aqui. Acho que São Paulo chegou aos 50 graus com esse show. Botamos para ferver, né não?!!”, postou ele. Um seguidor do cantor comentou: “Ô, Xand, cuidado com esses braços no fogo!” Xand, então, respondeu: “(risos) Juntou fogo com gasolina. Estou bem, macho!”, garantiu o artista.

Nesta segunda (23), a assessoria de comunicação do artista divulgou uma nota sobre o caso: “No último sábado (21), durante um show em São Paulo, o cantor Xand Avião foi atingido no braço, acidentalmente, por uma labareda de fogo (recurso cenográfico da apresentação). Ele sofreu queimadura leve, foi atendido no local, medicado e passa bem. Tanto que o show não foi interrompido, mantendo sua duração prevista; e, no mesmo dia, seguiu para Brasília e se apresentou ao lado do cantor Gusttavo Lima.”

Quem

Opinião dos leitores

  1. IRRESPONSÁVEIS!!!!!
    Acharam pouco as mais de 200 vítimas na Boate Kiss e ainda acham bonito esse tipo de pirotecnia. Precisa morrer mais quantos, pelo amor de Deus!
    Se ele tivesse se queimado não estaria “rindo” nem um pouco.
    IRRESPONSÁVEIS!!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Forte chuva causa transtornos em Natal nesta segunda-feira (23); veja pontos de alagamento

Com chuvas constantes em Natal nesta segunda-feira (23), a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) alertou os motoristas sobre os pontos de alagamentos transitáveis na capital.

Um dos trechos alagado é o cruzamento das avenidas Prudente de Morais com a Almirante Alexandrino de Alencar, na altura do Corpo de Bombeiros. Outro ponto de alagamento transitável foi registrado na avenida Rio Branco, por trás do Teatro Alberto Maranhão.

Pontos de alagamento transitáveis:

Cruzamento das avenidas Prudente de Morais com a Alexandrino de Alencar, na altura do Corpo de Bombeiros;

Avenida do Contorno, por trás da Capitania das Artes.

Avenida Rio Branco, por trás do Teatro Alberto Maranhão.

Avenida Nevaldo Rocha, sentido norte, em frente a SEMTAS.

Rua Dr. Mário Negócio com a Pres. Sarmento.

Avenida Pres. Leão Veloso com a Rua dos Paiatis.

Avenida Coronel Estevam com a Av. Alexandrino de Alencar

Avenida Presidente Bandeira com a Rua dos Canindés (Av. 06)

Avenida Jerônimo Câmara, entre a rua Jaguarari e rua dos Potiguares

Rua Mossoró com a rua Rodrigues Alves.

Rua Almino Afonso, próximo à Igreja Bom Jesus, na Ribeira

Avenidas Interventor Mário Câmara, entre a Av. Jerônimo Câmara e a Av. Cap. Mor Gouveia.

Avenida Solange Nunes, (Cidade Nova), logo após a Av. Perimetral Sul

Portal da 98 FM

Opinião dos leitores

  1. Estive na via costeira na hora do temporal às 17h30. Infelizmente há muitos condutores irresponsáveis. Chuva torrencial e a turma em alta velocidade. Incrível!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Governo Federal anuncia novo corte de 10% no imposto de importação de arroz, feijão, carne, materiais de construção e outros itens

Foto: Sergio Lima/Poder 360

O Ministério da Economia anunciou nesta segunda-feira (23) um novo corte de 10% no imposto de importação cobrado sobre bens como feijão, carne, massas, biscoitos, arroz e materiais de construção.

Em novembro do ano passado, o governo havia feito uma redução da mesma magnitude no imposto.

Segundo o Ministério da Economia, as duas reduções somadas afetam mais de 87% dos produtos sujeitos a essa tributação. Nesse conjunto de bens, de acordo com a pasta, as alíquotas foram reduzidas a zero ou sofreram um corte total de 20%.

O ministro Paulo Guedes vinha defendendo novas reduções de tarifas cobradas no comércio exterior como maneira de combater a escalada de preços na economia. Ao cortar o imposto, o governo tenta baratear a compra de produtos trazidos do exterior – o que pode ter impacto também nos preços da produção interna.

De acordo com a pasta, a nova redução foi aprovada pelo Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) nesta segunda, com prazo até 31 de dezembro de 2023. A resolução que oficializa a medida, segundo o ministério, será publicada no “Diário Oficial da União” de terça-feira (24).

De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior do ministério, as duas reduções somadas provocarão, “no longo prazo” (até 2040), um aumento de R$ 533,1 bilhões no PIB do Brasil, um incremento de R$ 376,8 bilhões em investimentos, uma elevação de R$ 758,4 bilhões nas importações e um acréscimo de R$ 676,1 bilhões nas exportações.

Cortes de imposto

Em meados de maio, o governo também reduziu o imposto de importação cobrado sobre 11 produtos – a exemplo de alimentos e do vergalhão de aço, usado na construção civil para reforçar a resistência do concreto.

Em março, o governo também havia reduzido a alíquota do Imposto de Importação de seis itens da cesta básica: café, margarina, queijo, macarrão, açúcar cristal e óleo de soja.

Na mesma ocasião, cortou em 10% a alíquota cobrada sobre máquinas e equipamentos, importados para intensificar a produção de bens no Brasil. Como uma redução da mesma magnitude já havia sido feita em 2021 na alíquota de bens de capital, o corte total nas tarifas desses produtos chegou a 20%.

Em fevereiro, o governo ainda reduziu em até 25% as alíquotas do Imposto Sobre Produtos Industrializados para a maioria dos produtos e, no fim de abril, ampliou o corte para 35%.

Entretanto, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal Federal (STF), suspendeu na semana passada a redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para produtos de todo o país que também são produzidos pela Zona Franca de Manaus.

Em outubro do ano passado, os governos do Brasil e da Argentina entraram em acordo para reduzir em 10% a Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul – bloco econômico que também inclui os vizinhos Paraguai e Uruguai. A redução atingiria 87% dos produtos tarifados.

g1

Opinião dos leitores

  1. O Governo Federal sempre fazendo sua parte, reduzindo impostos, investindo em infraestrutura e socorrendo empresários, agricultores e falta contra-partida dos governos estaduais e municipais.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro ironiza desistência de Doria de concorrer à Presidência: “Estou abrindo mão da disputa do cinturão no UFC”

Foto: Sergio Lima/Poder 360

O presidente Jair Bolsonaro (PL) debochou nesta segunda-feira (23) do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) por desistir de concorrer à Presidência da República. Sem citar o tucano, o chefe do Executivo afirmou no Twitter que está “abrindo mão” de disputar o cinturão dos pesos médios do UFC (Ultimate Fighting Championship) –em referência à modalidade esportiva de luta.

Comunico que estou abrindo mão da disputa do cinturão dos pesos médios no UFC. Boa tarde a todos!”, escreveu.

VEJA MAIS: João Doria anuncia desistência da pré-candidatura à Presidência

Aliados do presidente também debocharam da desistência de Doria. Ao citar o tucano, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) disse que “calcinha não desistiu, desistiram ele”.

LEIA TAMBÉM: Doria gastou R$ 700 mil do fundo partidário durante pré-campanha

Poder 360

Opinião dos leitores

  1. Ôôô tapaz!!!
    Era pra ter ido pra disputa.
    Não era pra ter arregado.
    Ele ia afundar junto com ele o PSDB.
    Perdemos a oportunidade de destruir os dois.
    Mas, tem nada não.
    O cachaceiro ladrão condenado, vai levar a missão de se lascar e acabar com o PT.
    Tenha coragem ladrão, não vá cagar fino, não arregue igual a João Calça Acochada, Moro, João Amoedo…
    Aguenta aí pinguço de nove dedos, estamos coçando as mãos pra acabar de vez com essa quadrilha que assaltou o nosso país.
    Tenho dito.
    O povo não vota em bandido condenado.
    Quem estiver vivo, verá!!!

  2. Não existe segunda e nem tampouco terceira via kkkk. A via é Bolsonaro 22. Hô Véio macho é Bolsonaro.

  3. Falta o ciro fazer a sua parte para o Lula, definitivamente, ganhar no primeiro turno e de goleada. Mas o porra louca trabalha para o parasita.

    1. Lula deus me livre,saqueou o Brasil, socialismo mais nunca!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

[VÍDEO] ARRASTÃO EM PONTA NEGRA: Mais de 10 celulares são levados por dupla armada que fugiu em carro roubado

Um restaurante foi alvo de arrastão, na tarde desta segunda-feira (23), em Ponta Negra, na Zona Sul de Natal. A dupla armada invadiu o local e obrigou os clientes a ficarem deitados, enquanto recolhiam os equipamentos. As informações são do Portal da 96 FM Natal.

Os bandidos causaram momentos de terror às vítimas, que ficaram apavoradas com a truculência durante da dupla durante o crime. Pelo menos 10 celulares foram levados, além de outros pertences.

Os criminosos ainda utilizaram um carro roubado para efetuar o crime, que foi abandonado e recuperado pela polícia momentos após o crime.

A Polícia Militar fez buscas, mas até o momento, não conseguiu prender os bandidos.

Portal 96 FM Natal

Opinião dos leitores

  1. Isto é uma vergonha para Natal.
    Nem ir a um restaurante podemos mais.
    Cadê a segurança desse estado?
    Não venham p o RN turistas. Essa é uma situação comum em nossa cidade.

  2. CONTINUEM VOTANDO NO PT, ISSO SÓ VAI PIORAR. LULA DISSE QUE POLICIAL NAO É GENTE. POR AÍ VOCÊ TIRA…

  3. Deixe pra lá, foi só pra tomar umas cachaças, só isso, os bichinhos ….
    Kkkkkkkkkkkkkkk

  4. Segundo o maior Ladrão da nação o verme Lulaladrão, eles roubam só pra tomar uma cervejinha e quem perdeu o celular vai ter que trabalhar pra comprar outro, é esse o pensamento dos jumentos imundos.
    Volto a repetir, essa esquerda não vale um supositório usado.

  5. Eles só querem roubar um celular pra tomar uma cervejinha e tirar uma onda no final de semana.
    Lula

    1. Respeita os programas sociais de Lula , tem que ajudar ao pobre pra não virar um bandido. Fica com tua família toda com fome , sem condições , muitos vão roubar , cadê Bolsonaro ? Ele fez o que de programas sociais ?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *