PMDB está incomodado com articulação do Governo para criar o PL

Em conversas reservadas nesta segunda-feira (28), integrantes da cúpula do PMDB demonstraram contrariedade com a estratégia do ministro Gilberto Kassab de criar um novo partido, o Partido Liberal, para dar sustentação ao governo Dilma.

Peemedebistas estão incomodados com o aval do Palácio do Planalto para essa estratégia, já que não foi publicado no Diário Oficial de hoje a sanção de projeto da reforma eleitoral, o que dá tempo para a estratégia de Kassab de lançar o partido e conseguir filiações.

Caciques do PMDB já alertaram integrantes do Planalto de que essa parceria com Kassab pode gerar sequelas não só no PMDB, mas em outros partidos da base aliada, numa semana em que o Congresso vai votar vetos presidenciais.

A reação de peemedebistas já preocupa auxiliares próximos da presidente Dilma Rousseff, que agora tentam consertar o estrago da mobilização nos bastidores feito por Kassab. Para o PMDB, Dilma avalizou toda a operação quando adiou a publicação no Diário Oficial. A pedido do próprio Gilberto Kassab.

Partidos aliados como o PMDB temem perder parlamentares para a nova legenda, que pode ser fundida no futuro ao PSD.

Fonte: G1