Saúde

São Gonçalo já vacina contra a Covid adolescentes de 14 anos sem comorbidades

Fotos: Isaias Carlos

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN iniciou, nesta quarta-feira (15), a vacinação contra a covid-19 para adolescentes de 14 anos ou mais, com e sem comorbidades. A imunização está acontecendo nos ginásios do Amarante e Santo Antônio do Potengi, em horário estendido, das 8h às 12h, e das 16h às 20h.

É necessário que o responsável faça o cadastro do adolescente na plataforma do RN Mais Vacina, e o acompanhe durante a vacinação. Também é preciso levar cópia do documento oficial com foto do responsável e do adolescente, além do comprovante de residência.

Já as gestantes, puérperas e lactantes de 12 a 17 anos estão sendo vacinadas nas unidades de saúde de Santo Antônio e Mangueirão, das 8h às 12h.

População adulta

O município segue vacinando, com a primeira dose, toda população acima de 18 anos. E a segunda dose, para quem tomou a Oxford/AstraZeneca e Pfizer até dia 20 de julho, e Coronavac, há 28 dias.

Os pontos de vacinação são os mesmos, ginásios do Amarante e Santo Antônio, das 8h às 12h, e das 16h às 20h.

Para a D1 é necessário o comprovante de residência no nome, e documento oficial com foto. Se estiver no nome de algum familiar, comprovar grau de parentesco. Já para D2, cartão de vacina e documento oficial com foto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Anitta revela ter sido vítima de estupro aos 14 anos

Foto: Reprodução

Anitta revelou ter sido vítima de estupro quando tinha apenas 14 anos. A revelação foi feita no primeiro episódio da série “Anitta: Made In Honório, que estreou na madrugada desta quarta-feira na Netflix.

“Nunca expus isso em público. Sempre me coloquei numas relações meio abusivas. Quando eu tinha 14 para 15 anos, conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele, ele era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu era diferente quando eu era adolescente, não era como eu sou hoje em dia”, conta.

“Ele estava muito nervoso, muito estressado. Eu estava com bastante medo das reações dele e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois. Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Eu falei que sim. Mas hoje eu tenho plena certeza que eu falei que sim, porque eu tinha muito medo do estresse dele”, desabafou a cantora.

Chorando, ela deu detalhes do ocorrido: “Quando eu cheguei lá, eu realizei que não era certo fazer aquilo por medo e eu falei que não queria mais. Mas ele não ouviu. Ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que ele queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja e eu fiquei olhando para a cama cheia de sangue”.

No desbafo, ela afirma que durante anos conviveu com a dor de achar que a culpa era dela: “Faz muito pouco tempo que eu parei de achar que isso é culpa minha, que eu causei isso pra mim. Eu sempre tive medo do que as pessoas iam falar: como ela pode ter sofrido isso e hoje ser tão sexual, ser tão aberta, fazer tanta coisa’. Eu não sei. O que eu sei é que eu peguei isso que eu vivi e transformei em uma coisa pra me fazer sair por cima, sair melhor”.

A cantora explica que foi buscando forças para superar o abuso que criou a personagem Anitta (seu nome de batismo é Larissa). “Para todos vocês que se perguntam de onde nasceu a Anitta. Nasceu daí. Da minha vontade e necessidade de ser uma mulher corajosa, que nunca ninguém pudesse machucar, que nunca ninguém pudesse fazer chorar, magoar. Que sempre tivesse uma saída para tudo. Foi daí. Eu criei essa personagem aí”.

A mãe da cantora e o irmã da cantora também deram depoimentos sobre o ocorrido com Anitta, afirmando que souberam do abuso. “Eu via ela triste de vez em quando, via chateada mas, pra mim, era as coisas que ela não conseguia”, disse Miriam Macdeo.

“Faz muito pouco tempo. Ela chamou eu, meu pai e minha mãe pra conversar. Ela pediu que a gente nem olhasse pra ela. Estava começando a se boicotar, não comer, não estar feliz, criar defesas dentro dela pra suportar esse segredo. Resolveu botar isso pra fora, nos contar”, relembra Renan.

O Globo

Opinião dos leitores

    1. Quando um comentário assim parte de uma mulher, fica ainda mais absurdo!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Sinônimo de orgulho do torcedor do ABC, estádio Frasqueirão completa 14 anos

Foto: Divulgação/site do ABC

Nessa quarta-feira, 22 de janeiro, o ABC Futebol Clube comemorou uma data mais que especial. Há 14 anos, no dia 22 de janeiro de 2006, era inaugurado o Estádio Maria Lamas Farache, o Frasqueirão, um sonho daqueles que faziam o clube e de sua imensa torcida, a apaixonada Frasqueira.

Depois de seis anos de obras, uma grande festa foi promovida para celebrar a chegada da casa dos abecedistas. Um amistoso diante do Alecrim marcou o primeiro jogo no novo palco, confronto que terminou empatado em 1 a 1. Kel marcou o gol abecedista, enquanto Da Cunha anotou para os alecrinenses.

Construído em módulos, quatro ao todo, foi inaugurado com apenas dois deles concluídos, exatamente os dois maiores, o módulo I, que abriga o setor de cadeiras, camarotes, cabines de imprensa, praça de alimentação e loja de produtos do clube, contando ainda com dois elevadores, e o módulo II, que também conta com uma área com bares e lanchonetes e abriga a grande parte da Frasqueira nos dias de jogos.

Um pouco mais de um ano depois, no dia 29 de janeiro de 2007, foi inaugurado o módulo III, em um amistoso interestadual diante do Campinense/PB, que acabou 1 a 1. Por fim, a conclusão do estádio aconteceu com a construção do módulo IV, chamado de “Módulo Wallyson”, já que foi viabilizado com o dinheiro da venda do atacante Wallyson para o Atlético/PR. Na inauguração, no dia 5 de março de 2008, empate em 1 a 1 contra o Madureira/RJ, pela Copa do Brasil.

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. O ABC não Perde Para o ameriDa a 5 anos no Frasqueirão, e tome peia;
    ABC 5 x 2, ABC 4 x 2, ABC 7 x 0,
    ABC 4 x 0, e ABC 4 x 1, chora mequinha!.

  2. O site do clube deu todos os detalhes. A exceção de quem era o presidente à época. Devia ter mencionado, por dever de justiça.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

FOTO: Atleta potiguar de 14 anos e 1,84 de altura é convidado para seletiva das equipes de vôlei do Minas Tênis e Sada/Cruzeiro

Foto: Divulgação

O Aero Clube, através da parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes, levou uma equipe de vôlei masculino sub-15, composta de 12 atletas e 02 membros da equipe técnica, (Dally treinadora e Matheus coordenador técnico), para o torneio Brasileiro interclubes em Belo Horizonte/MG, sediado no Minas Tênis. Durante o campeonato, o atleta Gabriel Almeida foi convidado a participar de um treinamento para a seletiva das equipes de vôlei do Minas Tenis e Sada/Cruzeiro. O atleta tem 14 anos, 1.84 de altura, atualmente faz parte da equipe de vôlei do CEI Mirassol, tendo como técnico o professor Jairo Tinôco.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *