Crusoé, exclusivo: reportagem revela o que Marcelo Odebrecht disse à PGR sobre Dias Toffoli

Foto: Divulgação

A Crusoé traz na edição desta semana uma reportagem explosiva e exclusiva, com depoimentos em vídeo de Marcelo Odebrecht à PGR e cópias de emails trocados entre ele e executivos da Odebrecht encarregados de cooptar políticos e personagens do governo. Os depoimentos e as mensagens giram em torno de Dias Toffoli, quando o ministro do STF ainda era Advogado-Geral da União.

O relato de Rodrigo Rangel e Luiz Vassalo é uma sequência da matéria “O amigo do amigo de meu pai”, censurada em abril de 2019, no âmbito do inquérito do fim do mundo. Eles tiveram acesso à integra da apuração da Procuradoria-Geral da República sobre a relação de Toffoli não apenas com a Odebrecht, mas com a OAS.

Eis um trecho:

“Em abril do ano passado, uma reportagem de Crusoé revelou o teor de um documento de nove páginas enviado por Marcelo Odebrecht à Operação Lava Jato. Respondendo a dúvidas dos investigadores surgidas durante a análise de uma leva de e-mails até então inéditos trocados por ele com outros executivos da companhia, o empreiteiro-delator revelava a identidade de um personagem ao qual se referia como “o amigo do amigo de meu pai”. Era José Antonio Dias Toffoli, hoje ministro do Supremo Tribunal Federal, que à altura da troca de mensagens ocupava o posto de advogado-geral da União. “Afinal vocês fecharam com o amigo do amigo de meu pai?”, perguntou Marcelo a dois altos executivos da empreiteira. “Em curso”, respondeu Adriano Sá de Seixas Maia, um dos chefes da área jurídica do grupo. Os investigadores queriam saber quem era o misterioso personagem e qual era a tratativa em curso. Além de revelar que se referia a Toffoli, Marcelo Odebrecht contou que a conversa se referia a “tratativas que Adriano Maia tinha com a AGU sobre temas envolvendo as hidrelétricas do rio Madeira”.

A reportagem acabou censurada por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Atendendo a um pedido feito por Dias Toffoli por meio de uma mensagem de texto, ele ordenou que o texto fosse retirado do ar. A decisão foi expedida nos autos do rumoroso inquérito do fim do mundo, que investiga fake news, ameaças e ofensas à corte. Em seu despacho, Moraes chegou a sustentar que se tratava de uma notícia falsa. Era um falso argumento, obviamente. A insólita ordem de censura expedida sob o timbre de um tribunal cuja missão principal é zelar pelo bom cumprimento da Constituição, que protege a liberdade de imprensa e a liberdade de expressão, ganhou contornos de escândalo. Dias depois, ao se dar conta de que, sim, o documento publicado por Crusoéexistia, e de que não havia qualquer excesso na reportagem, Moraes revogou a decisão.

Aquele e-mail, porém, era apenas um de um acervo monumental com o qual delegados e procuradores da Lava Jato ainda deparariam. Uma parte o próprio Marcelo Odebrecht entregou espontaneamente como parte de seu acordo. Outra, mais extensa, foi encontrada quando os investigadores finalmente conseguiram, depois de muitas tentativas, quebrar as várias camadas de criptografia do notebook do empreiteiro, apreendido ainda na 14ª fase da Lava Jato, em junho de 2015. Como continha menção a autoridades com foro privilegiado, o material reunido pela força-tarefa da operação em Curitiba foi transferido para um HD de 1 terabite e enviado para o relator da operação no Supremo Tribunal Federal, o ministro Edson Fachin. A quantidade de informações era oceânica: 1.888.621 arquivos, entre eles mais de 700 mil e-mails, muitas planilhas e textos diversos.”

Para ler a reportagem e assistir aos depoimentos de Marcelo Odebrecht, clique aqui. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Essa PGR e Lava Jato é uma bênção. Para escolher quem deve investigar.

  2. Manoel disse:

    Nao a toa o ministro virou amigo de Bozo.

    • Dulce disse:

      Antes, porém, foi o principal advogado do pt, mas diante da visível "sabedoria jurídica", o mais honesto homem do universo "luladrão", o nomeou ministro do STF. Rsrsrs.

  3. Véio de Rui disse:

    O mínimo que o ministro Dias Tóffoli poderia fazer é pedir renúncia, não condiz com vida de um ministro do STF

Poliamor: Ex-BBB revela que ela e o marido têm namorada

Foto: undefined

Clara Aguilar, camgirl e ex-participante do “BBB”, agradeceu por ela e o marido, Giu Daga, terem uma namorada para mimar. “Obrigada, Deus, por ser casada com o homem dos meus sonhos e ainda poder ter uma namoradinha para a gente mimar juntos”, disse em seu Twitter na noite da última quinta-feira (24).

Muitos seguidores responderam Clara, afirmando que este é o sonho de todo homem, mas que se ela quisesse colocar um homem a mais na relação, o marido não aceitaria. “Mas eu não quero. Se eu quisesse, eu tinha relação aberta e dava pra quem eu quisesse”, rebateu.

Recentemente, a modelo falou sobre o seu trabalho como camgirl no programa “Conversa com Bial”. “Agora, na quarentena, tem gente que está pagando para ter companhia até na hora de comer; para almoçar e jantar junto”, disse.

IG

VÍDEO: Atriz Fernanda Nobre revela relacionamento aberto com o marido, e diz que “traição não é uma questão”

Fernanda Nobre conversou com seus seguidores e abriu o jogo sobre sua relação aberta com o marido, José Roberto Jardim.

“Buscando minhas verdadeiras trocas. Abrindo o jogo para vocês sobre o nosso pacto. Sem medo, mas morrendo de medo porque nossa sociedade é cheia de moralidade. Obrigada por estar nesse caminho comigo, meu @joserobertojardim”, escreveu na legenda.

No início do vídeo, Fernanda afirmou que resolveu expor o assunto, porque muita gente pergunta como ela mantém uma relação, se a monogamia não é algo que ela acredite.

“A gente tá aqui conversando e eu liguei a câmera na proposta da gente contar juntos sobre o nosso pacto. E como a gente chegou no nosso pacto. Eu fiz dois vídeos sobre monogamia. Minha proposta é falar sobre a liberdade da mulher, a escolha, o que está sendo imposto para ela e ela questionar se é isso mesmo que ela quer. Já que eu trouxe esse assunto, todo mundo me pergunta como eu lido, se a monogamia não é algo que eu acredito. Eu vou expor aqui”, disse.

José Roberto, então, falou o que achava disso. “Eu adoro ver você falar, me ajuda a pensar sobre isso e eu aprendo cada vez mais”, afirmou. “Ele é muito especial e é só por isso que dá para falar sobre isso. Não são todos os casos. Existem homens, e mulheres também, que não compartilham da lealdade, desse momento de pensar na união e acabam te traindo onde não existe traição. Cada caso é um caso.”, apontou a atriz.

Fernanda Nobre, então, explicou como funciona o relacionamento aberto para eles. “No nosso caso, o que eu quis tirar foi a traição, quis que a traição não existisse. Ela não é uma questão, não vai ser o que vai me fazer me separar. O que vai me fazer me separar serão outras coisas, principalmente, a quebra da lealdade. O que é lealdade? É não compartilhar comigo certas coisas, me deixar fora de assuntos que resvalam na minha vida, na nossa intimidade. Mas não é que os dois estejam na arena. Estejam à procura e vamos sair com todo mundo. É como se estivesse vivendo na monogamia, mas sem hipocrisia”, disse.

(Fotos: Instagram/Reprodução)

“A gente não está procurando nada, nem ninguém, mas se alguém se interessar por alguém, se alguém tiver um impulso sexual por alguém, isso não é uma traição, isso não é um crime horrível, ninguém está sacaneando ninguém. Pra chegar nisso, foi difícil, principalmente pra mim, porque eu sou mais ciumenta. Pra ele foi mais fácil, por incrível que pareça, porque os homens demoram a topar isso. Eu vejo muito isso”, continuou.

A atriz disse que se sentiu mais segura com esse pacto. “A gente tem regras para isso dar certo, regras que eu impus para sobreviver a isso. Cara, o que é mais incrível? Eu estou me sentindo muito mais segura, porque tem um lado meu controlado, que eu sei o que tá acontecendo, sei o que tá fazendo parte da vida dele, mas a gente se relacionou durante muitos anos entre Rio e São Paulo. Então, não tem como controlar ninguém. Nesse nosso pacto, eu me sentia muito segura. Porque tudo pode. Se a gente está junto, é porque a gente realmente quer’, contou.

“É claro que a gente tem medo que o outro se apaixone por alguém. Mas a gente também não tem medo disso quando está em uma monogamia? Você vai trabalhar com alguém, seu marido mudou de emprego. Tem um monte de gente interessante. É claro que você está muito mais aberta. Mas ao mesmo tempo está muito mais ligado no outro, porque tudo pode. Então, se você está com o outro, é porque você realmente quer e isso é o que me deixa muito segura. Eu não sou trouxa, sabe? É partir do princípio disso. Uma das regras que a gente tem: sempre contar para terceira pessoa que a gente é casado e que nosso parceiro vai saber o que está acontecendo. Isso não serve para todo mundo e não quer dizer que é o caminho da felicidade certa. Isso é que deu certo pra mim na relação com ele”, finalizou.

Nos comentários, Fernanda Nobre ainda respondeu alguns seguidores sobre o assunto. Uma quis saber se ela poderia contar quais são as regras do casal. “São bobas, tenho vergonha”, respondeu.

Outra seguidora, disse que “lealdade não pode ser atrelada a um relacionamento aberto”. “Sinceramente não acredito que num mundo onde o que prevalecerá são os reais sentimentos, pois o corpo físico se acaba com os anos e no acumulado, o que nos resta são valores e pessoas que possamos olhar e respeitar”, afirmou a seguidora.

“Exatamente. O objetivo é você reafirmar o que te deixa feliz. Eu estou pensando como você para além da carne. Mas cada um vê como quer. Reafirme sua escolha e seja plena nela”, sugeriu Fernanda.

“Desejo imensamente plenitude na sua escolha, mas senti carência e condição para vivê-la. Senti algo imposto, uma mulher madura quer somente viver essa plenitude, ser amada, ser real e estar ali, com ele, sempre. Eu vivo na simplicidade e de forma plena. E isso já vale todos os meus dias. Obrigada pela atenção. Chame o rapaz para falar conosco também”, respondeu a mesma fã.

Fernanda, novamente, respondeu. “Você tá tirando essas ideias a partir de você e da sua realidade. Sou outra pessoa, penso e vivo diferente. Ninguém é melhor ou pior, mas temos que ser respeitadas cada uma por suas escolhas. Vc quer ver um desconforto onde não tem. Boa sorte e felicidades!”, afirmou.

Outra fã falou que o que Fernanda Nobre tem parece uma relação abusiva. “Além do que acredito sim ser um tipo de relação abusiva. @fenobre mas me parece muito mais um tipo de relação abusiva, do ponto de vista emocional do que o contrário e embora em palavras se afirme felicidade e plenitude, a linguagem não verbal e os olhos, possivelmente o próprio transfundo da questão não me parece revelar e sustentar tal afirmativa. Mas desejo-te felicidades”, disse.

“Abusiva? Interessante você olhar por este prisma quando essa escolha é exatamente para fugir da verticalidade de uma relação hetero”, rebateu a atriz.

Globo, via Revista Glamour

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Daniel disse:

    Isso é Gaia com consentimento.

  2. ELEITOR disse:

    Vale tudo pra aparecer 🤮🤮

  3. PAULO disse:

    É o Famoso "Mói de Xifi"……..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Josmari disse:

    O chifre rola souto…

  5. Lourdes Siqueira disse:

    E eu que pensei que a notícia mais importante dos últimos tempos seria a vacina do Covard19. Me enganei. Essa superou. 👏👏👏👏👏👏👏👏🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

  6. Zanoni disse:

    Tá dando de tudo nessa pandemia.

  7. natal sofrida disse:

    NÃO CONFUNDA RAPARIGAL COM MORALISMO POR FAVOR.

  8. Carmen disse:

    Quem????nunca ouvi falar.Necessidade de aparecer?

Confiança da indústria mantém recuperação, revela CNI

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) voltou a se recuperar em julho, após atingir seu menor patamar em abril, quando a crise da pandemia do novo coronavírus mostrou-se mais aguda, informou nesta sexta-feira (10) a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O indicador teve a terceira alta seguida e chegou aos 47,6 pontos, 6,4 pontos acima do registrado em junho. Ainda assim, o indicador situa-se abaixo de 50 pontos, refletindo falta de confiança. O Icei varia de 0 a 100 e valores abaixo de 50 denotam falta de confiança.

Segundo a CNI, o Icei se recuperou principalmente devido às expectativas para os próximos seis meses. O Índice de Expectativas, componente do Icei, subiu 6,2 pontos e alcançou 54,1 pontos, ou seja acima dos 50 pontos, o que divide expectativas pessimistas e otimistas.

Situação da economia

Já a situação econômica atual, segundo a percepção dos empresários industriais, continua pior que a dos últimos seis meses, o que já era esperado. O Índice de Condições Atuais chegou a 34,5 pontos. A alta de 6,8 pontos ante a última pesquisa mostra uma percepção menos negativa com o cenário atual dos negócios.

“O início da reabertura das atividades econômicas na maioria das cidades brasileiras alimenta as expectativas de recuperação da economia, embora a atividade industrial continue desacelerada”, disse o gerente-executivo de Economia da CNI, Renato da Fonseca.

Agência Brasil

Kelly Key revela câncer de pele: “Vou ganhar uma cicatriz maior”

Foto: Reprodução/Instagram

Kelly Key publilcou vídeos no Instagram Stories nesta terça-feira (12) para falar sobre um câncer de pele. A influenciadora de 37 anos de idade tem feito procedimentos para retirar pintas desde o final do ano passado.

“Estou para falar disso há muito tempo. No final do ano passado, eu descobri um câncer de pele quando eu estava em Portugal. Tirei e pediram para tirar um pouco mais. Junto com um pouco mais, tirei outras pintas que suspeitavam”, disse ela. “O resultado era que eram pré-cancerígenas. Hoje vou tirar um pouco mais. Vou ganhar uma cicatriz maior.”

“Deixo vocês avisados que vou ter um curativo [acima da boca]. Vou preparar um material para falar disso, porque acho super útil, as pessoas precisam se informar sobre isso”, completou Kelly, mostrando outra cicatriz na região da clavícula. Ela também retirou pintas das costas.

A cantora é mãe de Suzanna Freitas, de 19 anos, sua filha com o cantor Latino, e Jaime Vitor, 15, e Artur, 3, seus filhos com o atual marido, Mico Freitas.

Globo, via Revista Quem

 

Pesquisa do PPGSE/UFRN revela descoberta sobre novas espécies de fungo

Foto: Divulgação

Programa de Pós-graduação em Sistemática da Evolução (PPGSE), do Centro de Biociências da UFRN,  informa a publicação de artigo de autoria da Mestra Gislaine Cristina de Souza Melanda, intitulado Diversidade presa em gaiolas: Revisão de Blumenavia Möller (Clathraceae, Basidiomycota) revela três espécies escondidas,  na  PLOS ONE, revista científica de acesso online, publicada pela Public Livrary of Science.

artigo é uma compilação dos resultados da pesquisa de dissertação de mestrado, realizada sob orientação do professor Dr. Iuri Goulart Baseia, do Laboratório de Biologia de Fungos  do  CB/UFRN,  com o objetivo de fazer a revisão na taxonomia de um grupo de cogumelos gasteroides. Os cogumelos gasteroides formam um gênero de fungos que possuem uma diversidade de formas e cores e que necessitam de agentes externos para sua dispersão.

O gênero estudado, Blumenavia, pertence à família Clathraceae e, na descrição do artigo “apenas duas espécies são reconhecidas atualmente: B. rhacodes e B. angolensis”. Contudo, ainda segundo o artigo,  “os caracteres morfológicos adotados nas delimitações de espécies dentro deste gênero são inconsistentes, e os dados moleculares são escassos”, de modo que a pesquisa propôs rever e identificar caracteres informativos de modo a contribuir para a delimitação das espécies de Blumenavia.

O estudo da pesquisadora Gislaine Cristina de Souza Melanda, realizado por meio de análises morfológicas e moleculares, resultou na descrição de três espécies novas: uma do Rio Grande do Sul, uma do Ceará e uma com distribuição no México.  Com a descoberta, o gênero estudado aumentou o número de espécies para 7.

Segundo o artigo “De acordo com nossos estudos, sete espécies podem ser consideradas no gênero: B. rhacodes e B. angolensis são mantidos, B. usambarensis e B. toribiotalpaensis são reavaliados, e três novas espécies são propostas”. O artigo tem como co-orientadora e co-autora a Dra. María Paz Martín, do Real Jardin Botânico de Madrid, da Espanha.

Com informações da UFRN

Uber revela objetos curiosos esquecidos em carros no Brasil

Uber revela objetos curiosos esquecidos por passageiros — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

O Uber revelou, nesta terça-feira (10), os objetos esquecidos com mais frequência por brasileiros em veículos após viagens. Itens como carteira e bolsa, roupas e celular são os mais recorrentes. A cidade “mais esquecida” do Brasil é Petrolina, em Pernambuco. O levantamento também traz os objetos mais curiosos esquecidos em carros, como fita de monitor cardíaco, convite de casamento e aparelho ortodôntico.

O aplicativo de mobilidade, disponível para celulares Android e iPhone (iOS), também divulgou os horários mais recorrentes dos casos de extravio de objetos. O usuário pode entrar em contato com o Uber para reaver quaisquer itens esquecidos, mas vale lembrar que a empresa cobra taxa de devolução.

Segundo levantamento do Uber, passageiros costumam esquecer dinheiro com maior frequência nas segundas-feiras. Fones de ouvido e caixas de som são os objetos mais abandonados em carros nas terças-feiras, e malas e mochilas ficam em primeiro lugar de itens esquecidos nas quartas. Já mais para o final da semana, na sexta, sábado e domingo, são esquecidas garrafas, roupas e celulares, respectivamente.

O ranking de objetos mais esquecidos por brasileiros coincide com o de americanos, exceto pelo último lugar: joia, relógio e maquiagem. Além disso, os itens costumam ser perdidos na parte da noite, no período das 21h às 23h, e ocorrem geralmente às sextas-feiras ou aos sábados.

Para recuperar um objeto esquecido no Uber, é preciso acessar o serviço e informar à empresa o item perdido. O Uber, então, auxiliará no processo para entrar em contato com o motorista da viagem em questão e encontrá-lo para buscar o objeto. Vale lembrar que o Uber cobra uma taxa de devolução para compensar o deslocamento do motorista até o passageiro ao entregar o item de volta.

Itens mais esquecidos:

Carteira e bolsa
Roupas
Celular
Mochilas e malas
Chave
Óculos
Fone de ouvido e caixa de som
Dinheiro
Garrafas
Joia, relógio e maquiagem

De acordo com pesquisa feita pela empresa do aplicativo de mobilidade durante o Carnaval, os foliões chegaram a esquecer até mesmo fantasia e carne para churrasco nos automóveis. Parece que os brasileiros continuam perdendo itens curiosos no Uber mesmo com o fim do feriado, já que, entre os objetos inusitados da vez, estão remédio para cachorro, controle de videogame e quadro de arte.

Itens curiosos esquecidos no Brasil:

Fita de monitor cardíaco
Convite de casamento
Aparelho ortodôntico
Quadro de arte
Remédio para cachorro
Controle de videogame

Cidades mais “esquecidas”:

1 – Petrolina, Pernambuco
2 – Governador Valadares, Minas Gerais
3 – São Paulo, São Paulo
4 – Porto Velho, Rondônia
5 – Santa Maria, Rio Grande do Sul
6 – Itajaí, Santa Catarina
7 – Parauapebas, Pará
8 – Imperatriz, Maranhão
9 – Uberlândia, Minas Gerais
10 – Brasília, Distrito Federal

O Uber também divulgou uma lista com objetos inusitados esquecidos em viagens no Estados Unidos, país natal do aplicativo. Americanos chegaram a esquecer ratos e tanque de oxigênio no carro.

Itens curiosos esquecidos nos Estados Unidos:

Ratos para alimentação de cobra de estimação
Leite materno
Véu de noiva
Cartas de Tarot
Tanque de oxigênio
Pedras

Globo, via Techtudo

VÍDEOS: PM youtuber Gabriel Monteiro(RJ) perde porte de arma, enfrenta processo de expulsão da corporação, revela ameaças e risco iminente de morte

Foto: Reprodução

O policial militar Gabriel Monteiro, que é youtuber e um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL) no Rio de Janeiro, disse, por meio das redes sociais, que foi informado nesta quinta-feira (05/03) que perdeu o porte de armas. Além disso, ele deve ser expulso da corporação.

“Acabo de ser informado que não tenho mais porte de armas, estou no processo da expulsão da PM porque questionei o Coronel Ibis, ex-comandante-geral da PM, por ter forte contato nas áreas do Comando Vermelho“, escreveu.

O policial ainda reclamou da atitude da corporação: “É chocante lutar contra a corrupção, está me expulsando da PMERJ”, tuitou Monteiro, compartilhando imagem do processo.

O youtuber ainda divulgou um vídeo dizendo que está sendo ameaçado pelo Comando Vermelho e corre risco de ser morto.

https://www.youtube.com/watch?v=lDh_Rzhl-wA&feature=emb_logo

https://www.youtube.com/watch?v=sJNfAbhYcX8&feature=emb_logo

Com acréscimo de informações do Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Osvaldo disse:

    Vc é um amor. Deus te proteja e saia do Rio.

  2. HILTON VIEIRA disse:

    Com o devido pedido de licença ao Sr. Gabriel Monteiro, vez que minha manifestação pode contrariar parte da lógica das condutas pública dele, não poderia me abster de ressaltar que alguns dos seus atos públicos, postados em redes sociais, foram arriscados, já que aparentemente desprovidos de uma reserva de defesa.
    Em introito, cabe ressaltar que as gravações realizadas em público, não ofendem direitos individuais dos entrevistados que, inclusive, participam consensualmente, já que poderiam não participar apenas se afastando. O direito a liberdade de expressão e manifestação de opinião é inalienável, vez que prescrito na Constituição Federal/88 (Arts. 5, IV e 220). Logo, não há ilicitude nas reveladas práticas de entrevistas realizadas pelo Sr. Gabriel. Neste diapasão, acertivamente externar seus pontos de vistas confrontantes com as declarações do entrevistado, não caracteriza constrangimento, vez que ausentes os pressupostos, desde que se abstenha de fazer acusações públicas.
    Por óbvio que congregar 4 milhões de seguidores, apesar de tal fato possuir uma considerável força a uma candidatura legislativa, não reflete garantias a sua integridade física ou jurídica.
    Igualmente cediço, que milhares de brasileiros admiram sua coragem e se fartam ao assistirem as suas publicações de vídeos em que ele promove um "auto esmurrar" da cara desprovida de conhecimentos elementares dos ignóbeis esquerdistas que entrevista.
    Ocorre que o Sr. Gabriel Monteiro, talvez movido pelo singelismo da tenra idade, descuidou-se de associar-se a uma legião de nacionalistas defensores do anti-terror e se expôs "sem colete", a descortinar as mais variadas práticas dos serviçais da Mafia Brasileira, o quinto escalão.
    Diante dos atos em que expôs a integridade da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, não deixou outra alternativa às autoridades, senão instaurar procedimento disciplinar. É razoável destacar que qualquer critica que se apresente emoldurada com declarada emoção, sucumbe no descrédito, por evidente parcialidade. Alerto.
    Em semelhante circunstância parece recomendável buscar imunidade no centro do "ninho de serpentes", através de candidatura parlamentar. Ambiente que inadmite concorrência na prática de atrocidades. E, agora, adotar ações preventivas antes de desafiar comparsas dos integrantes da máfia brasileira (que agoniza, mas ainda não está neutralizada).

    Se puder digite no google: artigos hilton vieira falcão

  3. Carlos Bastos disse:

    Vc é policial, deixe de falar besteira no Youtube .

  4. Leo disse:

    Vai reclamar com a familícia. Quem sabe eles dão um "jeito" em vc.

  5. TUTU disse:

    Vai conversar merda lascou se, vai ser expulso da PM e ainda ter que se esconder do CV. Quer um conselho? Aproveite e fuja do País.

  6. Carlos disse:

    Isso é o que ganha quem põe bandido de alto escalão pra se explicar perante a sociedade.
    Esse rapaz corre sério risco de morte.
    Eu sendo ele entraria logo pra política a fim de se resguardar.

    • Euja sabia disse:

      Aproveitar para realizar seu maior desejo quenunca foi se policial e sempre quis ser político, adimita!

Pesquisa revela quais fetiches e fantasias os “infiéis” mais querem praticar fora de casa

Foto: Reprodução/Pinterest/osignificadodastatuagens

Quando os fetiches e fantasias sexuais não podem ser pedidos dentro do casamento, tanto por receio quanto por uma recusa anterior do parceiro, a infidelidade é a maior saída para realizá-los. É isso que afirma uma pesquisa realizada por usuários do Ashley Madison, site de relacionamentos extraconjugais.

De acordo com o site, esses fetiches e fantasias podem melhorar muito a experiência sexual. Alguns deles envolvem sadomasoquismo, a encenação de agir como um estranho total, entre outros.

Dados da pesquisa apontam que 52% dos “infiéis” consideram que explorar sua sexualidade com alguém mais aventureiro do que o cônjuge é um dos principais benefícios de se ter um caso. Outro benefício, citado por 46% dos membros, é conseguir fazer com outras pessoas as fantasias sexuais que seu cônjuge não faria.

Segundo Isabella Mise, diretora de comunicações da Ashley Madison, “nossos membros vêm ao nosso site para explorar um desejo que não podem realizar no casamento”, explica.

“Muitas vezes nos preocupamos que, ao compartilhar nossas fantasias, nosso parceiro nos olhe diferente”, diz a Dra. Tammy Nelson, autora do livro “When You’re the One Who Cheats” (em tradução literal ‘Quando é você quem trai’). “Podemos ter medo de perder o respeito ou o carinho deles. Muitas vezes, as pessoas deixam de correr o risco de se abrir, especialmente quando as fantasias são estranhas”, afirma ela.

Confira a lista de fetiches e fantasias mais procuradas de acordo com a pesquisa:

Top 5 Fetiches/Taras

Sexo Anal – 28%

Teatrinho – 17%

Controle de orgasmo – 15%

Exibicionismo – 11%

Voyeurismo – 10%

Top 5 Fantasias

Sexo com múltiplos parceiros – 30%

Sexo com alguém que conheço (Exemplo babá, amigo(a), colega, etc.) – 26%

Um estranho/caso de uma noite -17%

Paixão/Romance – 14%

Dominância – 5%

Segundo a Dra. Nelson, há três coisas a serem consideradas quando vamos ter uma conversa sobre fetiches e fantasias. “Primeiro, essa fantasia é apenas algo que você está curioso? Informar o seu parceiro que você está curioso sobre uma fantasia pode aliviar a pressão.”

E continua dizendo “Depois, se essa é uma fantasia que realmente te excita, compartilhe o que é mais interessante sobre isso. Seu parceiro pode não ter o que chamo de ‘empatia sexual’ se não entender o que é interessante nela”.

“Em terceiro lugar, se você tem um fetiche que deseja realmente colocar em ação, seja claro. Fazer acontecer é diferente de apenas ter curiosidade sobre isso. Deixe-os saber como, o que e quando”, conclui a autora. Com essas dicas, você já pode propôr esses fetiches e fantasias ao seu próprio parceiro.

IG

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro Melo disse:

    Só faz fora porque não tem em casa !
    De-lhe uma pisa de **** todo dia, duvido ele procurar fora.
    Faça as fantasias, deixa de frescura , deixa de mimimi que duvido ele trair.

Taxa de desemprego cai em 16 estados em 2019, revela IBGE

FOTO: WILSON DIAS-ABR

A taxa média de desemprego fechou 2019 em queda em 16 estados, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios–Contínua (PNAD-Contínua), divulgada nesta sexta-feira(14), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A menor taxa média anual de desemprego ficou com Santa Catarina: 6,1%.

Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso aparecem em seguida, todos com 8%. Já os maiores percentuais foram observados no Amapá (17,4%) e na Bahia (17,2%).

A população ocupada cresceu em 23 unidades da federação. Apesar da queda da taxa de desemprego e da ocupação, 20 estados tiveram taxa recorde de informalidade, isto é, os empregados sem carteiras, os trabalhadores por conta própria sem CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) e os familiares auxiliares. A maior taxa foi anotada no Pará (62,4%), bem acima da média brasileira (41,1%). Atualmente, há no país 12,6 milhões de desempregados.

Informalidade cresce

Segundo a pesquisadora do IBGE Adriana Beringuy, o aumento do emprego no país tem sido puxado pelo crescimento da informalidade. “Em vários estados a gente observa que a taxa de informalidade é superior ao crescimento da população ocupada. No Brasil, do acréscimo de 1,819 milhão de pessoas ocupadas, um milhão é de pessoas na condição de trabalhador informal”, afirmou.

Na passagem do terceiro para o quarto trimestre de 2019, a taxa de desemprego caiu em nove unidades da federação, com destaque para Maranhão (que recuou de 14,1% para 12,1%) e Pará (caiu de 11,2% para 9,2%). Nos demais estados, manteve-se estável.

Já na comparação com o quarto trimestre de 2018, houve queda em sete estados, com destaque para o Amapá (recuo de 19,6% para 15,6%). Apenas Goiás teve alta na taxa de desemprego neste tipo de comparação. Passou de 8,2% para 10,4%.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cesar Bomone disse:

    É o Brasil entrando nos trilhos com o novo governo do Brasil.

Polícia Civil do Rio revela identidade de acusado do atentado ao Porta dos Fundos

Em coletiva, o delegado Marco Aurélio de Paula Ribeiro acaba de revelar a identidade do acusado de participar do atentado à produtora do Porta dos Fundos: trata-se do presidente da Frente Integralista Brasileira no Rio de Janeiro, Eduardo Fauzi Richard Cerquise.

Há um mandado de prisão, ainda não cumprido, expedido contra ele.

“Hoje estivemos em quatro endereços: dois residenciais e dois comerciais. O suspeito foi identificado como Eduardo Fauzi Richard Cerquise. Nós monitoramos os veículos usados durante o ataque”, disse Ribeiro, responsável pelas investigações.

Segundo o delegado, por imagens de câmeras de segurança, foi possível identificar o acusado, na noite do atentado, saindo de um dos veículos durante a fuga e pegando um táxi.

“Nenhuma linha de investigação está sendo descartada. Estamos apurando se é um ato isolado ou se há ligação com alguma entidade. As peças periciais estão sendo produzidas.”

Ribeiro acrescentou que as investigações continuam para “localizar e identificar os outros autores do crime”.

“Na coleta de todas as informações, se chegará aos outros nomes e à motivação.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Franco disse:

    O Presidente que diz que é Cristão em um país que é cristão, majoritariamente cristão, e que deve agir dentro dos princípios dos fundamentos cristãos, que é a fraternidade, a solidariedade e o amor entre as pessoas, só vive espalhando mensagens de intrigas, críticas, agressões e ataques a torto e a direito.
    Que tipo de Cristianismo essa turma alimenta?
    Silas Malafaia, Edir Macedo, Silvio Santos, Marcos Feliciano e tantos outros que vivem explorando pessoas no mercado da fé, tem muito a explicar sobre seguir alguém tão contraditório e divergente da mensagem de paz e amor de Jesus Cristo.
    A mensagem deles me parece muito mais com a do capeta e seus seguidores. Prestem bem atenção e tirem suas próprias conclusões e deixem de ser massa de manobra, sendo enganados que esse povo é do bem e quer instalar o reino de Deus na terra. Lembrem-se que o Velho Testamento já foi revogado pela vinda do Mestre Jesus, que trouxe o perdão e caridade para acolher os excluídos da sociedade.

  2. Everton disse:

    Bolsominion filiado ao PSL. Que merda fizeram c o Brasil viu

  3. Minion alienado disse:

    Olha a turma da arminha aparecendo.

“Goal machine”, Gabigol revela vontade de jogar na Premier League e se diz mais maduro

Gabigol, entrevista ao The Sun — Foto: Reprodução

Artilheiro e campeão do Brasil e da América do Sul, o sucesso de Gabigol faz eco na Europa. O atacante, que tem vínculo com o Flamengo até o fim do mês, conversou com o jornal inglês “The Sun” e garantiu que seu futuro será definido somente após o Mundial de Clubes. No entanto, elogiou a Premier League e disse que gostaria de jogar no país.

– Gosto muito da Premier League. Combina técnica, força e velocidade. Sempre acompanho os jogos do Brasil. Realmente é um lugar que eu gostaria de jogar. É uma das melhores ligas do mundo. Todo jogador sonha em ser campeão e ganhar a Premier League deve ser indescritível.

– Mas ainda tenho contrato com a Inter de Milão e com o Flamengo até o fim de 2019. Temos um torneio muito importante para frente e meu foco está totalmente nele. Vou pensar no futuro depois desta competição – disse Gabigol, que teve proposta do West Ham antes de acertar com o Flamengo.

O brasileiro ainda elogiou o compatriota Roberto Firmino e o Liverpool, possível adversário em uma eventual decisão no Mundial de Clubes.

– Ele (Firmino) é um grande atacante e tem sido ótimo na Seleção. É uma pessoa em que eu me inspiro. Seria um prazer jogar com ele. Talvez a gente possa jogar juntos pelo Brasil no futuro e o Liverpool é um time que todo mundo quer jogar. Mas é difícil falar sobre isso no momento. Meu foco é totalmente no Mundial de Clubes.

A passagem sem sucesso pela Europa também foi tema na entrevista ao tabloide inglês. O atacante apontou a imaturidade na época com uma possível causa e se disse mais experiente para retornar ao futebol europeu.

– São tempos diferentes. Quando fui para a Europa eu era jovem e tinha muitas coisas a aprender. Agora estou muito mais experiente e maduro, vivendo a melhor fase da minha vida. 2019 tem sido um ano mágico. Me sinto como um novo jogador.

– A Europa é o lugar natural para todos os jogadores que se destacam no Brasil, mas as coisas não saíram como imaginei na minha primeira passagem. Adaptação nunca é fácil, apesar de estar com a minha família lá. É uma nova cultura, novo país, novo jeito de jogar. Tudo isso, querendo ou não, acaba mexendo com você. Mas não me arrependo de ter ido. Nunca me curvei diante das dificuldades e sempre dei o meu máximo porque acredito no meu potencial e sei o quanto posso aprender e melhorar.

Gabigol é protagonista no Flamengo em 2019. O atacante foi campeão e artilheiro do Campeonato Brasileiro e da Libertadores. No ano, foram 43 gols com a camisa rubro-negra. O Rubro-Negro tem um acerto com a Inter de Milão para comprá-lo e aguarda a decisão do jogador. A resposta, no entanto, só deve acontecer após o Mundial de Clubes.

Globo Esporte

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Deixa de ser idiota cidadão indignado, esse seu comentário é burro e preconceituoso.

  2. Cidadão Indignado disse:

    Sem chance! Só faz sucesso no medíocre futebol brasileiro. Puro baixo nível…

Caso Marielle: chefe do MP revela que porteiro mentiu sobre ida de suspeito a casa de Bolsonaro

Nome do presidente Jair Bolsonaro foi envolvido no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco (Isac Nóbrega/ PR/ Divulgação / Mídia Ninja/Reprodução)

A procuradora do Ministério Público Simone Sibilio, chefe do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO), confirmou que o porteiro que envolveu o nome do presidente Jair Bolsonaro na morte da vereadora Marielle Franco mentiu em depoimento à Polícia Civil. De acordo com Simone, quem autorizou a entrada de Élcio de Queiroz no condomínio do presidente é Ronnie Lessa, suspeito de ter feito os disparos.

Mais cedo, um investigador relatou a suspeita da mentira à VEJA. Foram prestados dois depoimentos. No primeiro, relatou que ligou para casa de Bolsonaro. No segundo, confrontado com o áudio de sua conversa, manteve a versão, mas deixou dúvidas nos investigações em relação a veracidade das informações prestadas.

Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Existe o áudio gravado do dia da ação dos milicianos, no sistema do condomínio onde, por mera coincidência, mora o presidente e, se aqui fosse um lugar sério, essa gravação chegaria ao MP, mas vai desaparecer, assim, igual ao Queiroz.

  2. Rafael disse:

    Essa novela está apenas no começo. no final termina tudo bem, para todos os envolvidos.

  3. Amadeu disse:

    Será que botaram o porteiro numa panela de pressão? Quem será que pressionou o pobre?

  4. Ivan disse:

    Logo irá ser elucidada uma ligação desse caso com o Adélio…Merda grande vem por aí…Já q não conseguem matar o presidente, querem incrimina-lo a todo custo…A bandidagem q comandava esse pais não descança…Imprensa envolvida tb, quer derruba-lo em troca de promessa de verbas…

  5. Paulo disse:

    BG
    Personalidade e caráter não é para qualquer um, essa rede boba tem que ser fechada. CNN Brasil já.

  6. Rodrigo Maker disse:

    Agora, cabe saber quem induziu o porteiro a mentir. Talvez, assim, cheguem ao mandante de Adélio Bispo, também.😉

  7. joão disse:

    Agora não diga que mentiu pra ver o que ia acontecer…ele não é doido não…ainda assim deve levar um corretivo dos irmãos metralhas!

  8. Tarcísio Eimar disse:

    Esse se Fu. perdeu o emprego e ganhou um processo

Novo estudo revela risco maior em regiões costeiras devido à elevação no nível dos mares

Foto: maria.adjuto

Um novo estudo revelou que o aumento esperado no nível do mar, causado pelas mudanças climáticas, poderia colocar em risco três vezes mais pessoas em regiões costeiras do que as estimativas anteriores.

O periódico britânico Nature Communications publicou nessa terça-feira (29) o estudo, coordenado por cientistas do Climate Central, um grupo de pesquisa americano sem fins lucrativos.

O estudo utilizou um novo modelo digital de elevação, baseado em inteligência artificial, para examinar dados de 135 países.

Ele revela que até 340 milhões de pessoas vivem em locais cujas projeções indicam vulnerabilidade a inundações anuais até 2050.

Estima-se que, na Ásia, 237 milhões de pessoas que vivem em regiões costeiras poderiam estar expostas a inundações crônicas mesmo se emissões de carbono forem reduzidas aos níveis definidos pelo Acordo de Paris.

O número inclui 5,3 milhões de pessoas que residem na costa do Japão, e representa 700 mil pessoas a mais do que o estimado anteriormente.

*Emissora pública de televisão do Japão

Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Verdade disse:

    Lorata nada. Apesar de vermos com certa frequência debates sobre o aquecimento global, com pessoas que negam as mudanças climáticas, argumentando que o fenômeno trata-se de uma farsa, o consenso de que o Homem é o principal responsável pelas mudanças climáticas é cada vez maior no meio científico. Quem afirma isso é o pesquisador John Cook, principal autor de um estudo de 2013 publicado na Environmental Research Letters. Olha aqui https://canaltech.com.br/meio-ambiente/99-dos-cientistas-concordam-que-mudancas-climaticas-sao-causadas-pelo-homem-144917/

  2. Emerson disse:

    Lorota.

Vibrador inteligente revela que maconha dá orgasmos mais intensos

Foto: shutterstock

Descobrir como ter orgasmos intensos é o sonho de muitas mulheres. Um estudo produzido pela Lioness, marca de vibrador inteligente, revelou que aquelas que usaram maconha experimentam um tipo de orgasmo diferente, considerado mais forte.

Estudo mediu contrações vaginais e identificou que consumir maconha pode dar orgasmos mais intensos
O vibrador inteligente é capaz de medir as contrações vaginais e transformar o orgasmo em um gráfico. Os sensores presentes no brinquedo sexual medem a tensão na vagina.

Dessa forma, foi possível comparar diferentes orgasmos e observar que muitas mulheres que usaram o vibrador tiveram picos maiores de prazer após terem consumido Cannabis .

Liz Klinger, CEO da marca, fez o teste e relata que consumiu um produto comestível de maconha antes de se masturbar e sentiu um orgasmo mais longos, o que a surpreendeu com as intensidades variadas. Segundo ela, seus orgasmos geralmente são como uma onda, mas, dessa vez, eles não foram diminuindo a intensidade. Foram orgasmos fortes até o final.

Delas – IG

Pesquisa revela ‘raio x’ dos nossos filhos na internet

Foto: Nicola Giordano – Pixabay

A chegada da internet abriu um mundo de possibilidades que nós fomos aprendendo a explorar aos poucos, tateando e experimentando. Nossos filhos, ao contrário de nós, ainda usavam fraldas quando conheceram o primeiro tablete ou assistiram ao vídeo da Galinha Pintadinha no celular. Lembro do Samuca sentado no meu colo, chupeta na boca, pegando o mouse e fechando um pop-up que atravancou meu caminho enquanto eu tentava ler uma notícia. Aquele movimento para ele tão natural ainda me demandava alguns comandos mentais que muitas vezes demoravam a se realizar, confesso.

Essa naturalidade que eles lidam com as novas tecnologias (e eu dou risada quando vejo que usei o adjetivo ‘novas’ para falar de algo que começou a se popularizar há quase 30 anos) nos assusta, claro. É como se as crianças tivessem nascido com as chaves de um labirinto onde muitos de nós ainda se perde. Mas a gente, ao contrário delas, sabe que o Minotauro se esconde entre essas paredes. Há alguns anos li um artigo da psicóloga e agora colega de Estadão, Rosely Sayão, em que ela dizia que permitir que as crianças naveguem na internet sem supervisão seria o equivalente a “deixá-las sozinhas na praça da Sé”. Não poderia concordar mais e acho que a maioria dos pais já entendeu esse conceito, e vem agindo para educar digitalmente seus filhos.

Pesquisa TIC Kids online Brasil divulgada na última terça-feira nos ajuda a entender um pouco mais o que os nossos filhos fazem nas redes, quais são os riscos e as oportunidades que essa conexão tem trazido às suas vidas e me fez crer que a maioria de nós está no caminho certo. Esse estudo, realizado desde 2014 no Brasil (e que está alinhado com a rede europeia EU Kids Online, liderada pela London School of Economics, e com o projeto Global Kids Online, coordenado pelo Unicef) entrevistou 2964 crianças e adolescentes de 9 a 17 anos de todas as regiões do Brasil entre outubro do ano passado a março desse ano. Uma das perguntas feitas foi: o que mais gostam de fazer quando estão conectados?

A atividade digital preferida de 83% das crianças e adolescentes é assistir a vídeos, séries ou programas online. Ouvir música (82%), jogar sem estar conectado com outros jogadores (60%) e conectado com outros parceiros (55%) também foram citadas por eles.E qual a participação desses jovens em redes sociais como Whats App, Facebook e Instagram? Cerca de 82% já estão nessas plataformas.

“É um número bem expressivo, são cerca de 22 milhões de crianças e adolescentes”, revelou Luísa Adib, responsável pela pesquisa, durante coletiva de imprensa. E a rede queridinha dos jovens mudou, conta. “Pela primeira vez na nossa série histórica o número de crianças e adolescentes que estão no Whats App supera os que possuem perfil no Facebook.”. Adib, contudo, afirmou que a participação dos jovens na rede social de Mark Zuckeberg não pode ser desprezada. Já o Instagram, embora apareça em terceiro lugar, é o que teve o crescimento mais expressivo entre as crianças e os adolescentes (36% em 2016 para 45% em 2018) e já é a terceira plataforma com mais engajamento.

A boa notícia é que é possível ver que crianças e adolescentes têm divulgado menos informações privadas ou sensíveis nas redes se comparado aos estudos anteriores, destacou Luísa. Em 2013, quando os pesquisadores saíram a campo pela primeira vez, 93% dos jovens entrevistados afirmaram que haviam compartilhado fotos mostrando o rosto, 73% o sobrenome, 52% o nome da escola onde estudavam e 21% o número de seu telefone. Em 2018 houve uma queda significativa no fornecimento dessas informações pessoais. Quando o recorte é feito para os dados do último estudo, ‘apenas’ 15% dos adolescentes de 15 a 17 afirmaram terem enviado um vídeo ou uma foto para alguém que não conheciam pessoalmente e 6% dados pessoais para pessoas que não conhecem na vida off-line.

“Uma coisa que é importante destacar é que, embora (os pais) tenham que estar atentos aos riscos, eles não necessariamente incorrem em danos”, ressalvou Luísa. Ela acrescentou, ainda, que a “parte boa” das redes sociais tem prevalecido: 62% dos adolescentes de 15 a 17 anos revelou que usou essas plataformas “para fazer novos amigos”. Ainda bem. (Quer ter acesso à íntegra da pesquisa? Clique aqui.)

RITA LISAUSKAS – Emais – Estadão