Morador de flat do bairro de Petrópolis é condenado por injúria racial ao ofender funcionária em virtude da cor de sua pele

Uma atitude condenável levou um morador de um flat do bairro de Petrópolis a responder a uma ação penal: a prática do crime de injúria racial. Segundo apurado no processo, o réu se sentiu incomodado com a presença de uma funcionária em algumas áreas do edifício em função de sua profissão e da cor da sua pele. Ele também fez reclamações para o síndico e para o recepcionista do prédio por este motivo.

Em virtude disto, foi denunciado pelo Ministério Público Estadual e condenado às penas do artigo 140, §3º, do Código Penal, diante da comprovação da autoria e materialidade delitivas. Como pena, foi condenado a um ano de reclusão, em regime inicialmente aberto. A juíza Tathiana Freitas de Paiva Macedo, em processo da 16ª Vara Criminal de Natal, substituiu a pena privativa de liberdade aplicada por uma pena restritiva de direitos, consistente no pagamento em dinheiro à vítima equivalente a três salários-mínimos.

O caso

O Ministério Público ofereceu Denúncia contra o morador imputando-lhe a prática do crime de injúria racial, previsto no art. 140, §3°, do Código Penal. O Ministério Público narrou que, no dia 18 de maio de 2017, por volta das 10h, no Condomínio Potengi Flat, situado no bairro Petrópolis, em Natal, a vítima, faxineira no edifício, tomou conhecimento através do síndico que o condômino havia reclamado de seu trânsito no hall social em razão da cor de sua pele, o que deveria ser limitado à área de serviço, fato ocorrido por volta das 14h do dia 20 de maio de 2017.

O réu ainda teria reclamado ao síndico que a vítima não poderia andar no elevador social, tendo esfregado o próprio braço em referência à pele negra da ofendida. No mesmo sentido, o recepcionista do flat narrou outro episódio, quando foi interpelado pelo réu, após a vítima passar pelo hall de entrada, quando teria dito: “essa empregadinha não é para ficar aqui não. Ela tem que andar pela área de serviço que é a área dela. Essa negrinha está muito por aqui”. O réu negou os fatos, bem como manifestou não ter interesse na proposta de Sursis processual.

Decisão

A magistrada observou que, no caso analisado, a materialidade e a autoria do delito ficaram devidamente comprovadas no processo. Isso porque, segundo constatou, a prova obtida em instrução criminal, sob o crivo do contraditório e ampla defesa, ratificou os termos da petição inicial acusatória, deixando clara a conduta do réu de ofender a dignidade da vítima a partir de expressões discriminatórias relacionadas à cor de sua pele.

A juíza Tathiana Freitas de Paiva Macedo ressaltou que a vítima confirmou as reclamações do réu quanto ao seu trânsito por áreas comuns do condomínio, como o hall de entrada (recepção) e o elevador social, dirigidas ao síndico e ao recepcionista, motivadas pelo fato de ser negra. Estas pessoas teriam lhe reportado tais indagações do réu, o que a fez sentir-se ofendida. As pessoas referidas pela vítima, para quem foram direcionadas as reclamações do réu, foram ouvidas em juízo e confirmaram os termos da petição inicial acusatória.

Segundo a magistrada, o síndico do flat relatou ter sido chamado pelo réu para reclamar da permanência da vítima na recepção e o uso do elevador social. Apesar de não mencionar diretamente o nome da vítima, fez-se entender que tratava dela ao fazer um gesto com o dedo na própria pele, para indicar que era devido à sua cor. Também referiu a reclamação do réu dirigida ao recepcionista, quanto ao uso do elevador social pela vítima, para quem a identificou como “negrinha”. A testemunha ressaltou o quanto a ofendida ficou emocionalmente abalada, chegando a chorar muito no momento em que soube do fato.

O recepcionista do flat narrou a ocasião em que foi interpelado pelo réu, bem como o episódio ocorrido com o síndico, ressaltando as reclamações quanto à circulação da vítima por certas áreas sociais do condomínio. Ressaltou que percebia o incômodo e a insatisfação do réu quando passava pela vítima e, especificamente, quando lhe disse que não deveria usar o elevador social, explicou que seria por ela ser “empregada e negrinha”.

“No presente caso, entendo plenamente configurada a ação livre e consciente voltada a ofender a vítima, não diretamente mas a partir de atos tendentes a limitar ou abolir o seu acesso a determinadas áreas do condomínio, conduta motivada pela cor de sua pele. Além disso, e mais importante, a vítima tomou conhecimento desses fatos, o que provocou abalo emocional, certamente por se sentir afetada em sua dignidade em razão da depreciação de uma característica que lhe inerente, intrínseca, posto que constitui porção integrante de sua essência”, assinalou a juíza Tathiana Freitas.

(Processo nº 0107278-35.2017.8.20.0001)
TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CADÊ O QUEIROZ? disse:

    Na era Bolsonaro, esse absurdo que é o preconceitos, virou piadinha de internet. Virou crime menor, daí a mixuruca indenizatória. Se fosse contra um branco era de milhão e prisão perpétua. Agora o preconceito é da "justça" menos de 3mil reais. Isso é uma piada. É dizer que o réu estava certo.

    • Tião disse:

      Será por isso que a esquerda tá defendendo o STF? É porquê ao longo do tempo eles tem lutado contra os opressores? Acho que vc não tá sendo coerente com seus comparsas.

  2. Marcelo disse:

    Também achei o valor baixíssimos.

  3. Potiguar disse:

    Três salários mínimos de "condenação" isso é justiça?

FOTO: Grande quantidade de lixo entope a rede de drenagem da rua Mipibu, no bairro de Petrópolis

Depois de um dia intenso de trabalho, as equipes da Operação tapa buracos, da Prefeitura do Natal, conseguiram liberar as galerias de drenagem que, nos períodos chuvosos, entopem e provocam o alagamento, de uma forma grandiosa, a rua Mipibu, no bairro de Petrópolis. O problema encontrado? Uma infinidade de garrafas pets, sacos plásticos e copos descartáveis.

De acordo com o secretário Tomaz Neto, titular da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), pasta responsável pela Operação tapa buracos, as galerias da rua Mipibu estavam praticamente estranguladas. “Elas estavam com a sua capacidade de trabalho extremamente comprometidas. O resultado são os alagamentos que observamos nesse período de chuvas e que prejudicam a vida de todos os moradores e comerciantes da região”, ressaltou Tomaz Neto.

As equipes do setor de Conservação, que tocam os serviços da Operação, passaram toda a quarta-feira na via. “Além dos trabalhos realizados em outros bairros, passamos todo o dia na Mipibu. A tubulação estava toda comprometida, entupida de lixo. Conseguimos liberar uma grande parte da rede. Faremos agora um poço de visita (PV) para facilitar ainda mais a retirada desses dejetos. Até o final da semana, acredito, terminaremos os serviços no local e acabaremos com aqueles alagamentos que tanto trazem problemas a comunidade. Aproveito para pedir aos moradores e comerciantes da região que não descartem copos, garrafas, sacos plásticos e qualquer tipo de lixo na rede de drenagem. É com gestos de boa educação que deixaremos o setor protegido”,finalizou o secretário Tomaz Neto.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. cristina silva disse:

    Povinho seboso. E ainda acha que tem direito de entupir as galerias só porque paga imposto.
    Imagina o tratamento em casa com as secretárias do lar.

    • Gilberto Neto disse:

      Não tenho secretarias do lar, tenho 2 diaristas que recebem muito felizes 130 reais por semana cada uma graças a reforma trabalhista nem elas ficam presas ao emprego nem eu fico preso à CLT.

  2. Gilberto Neto disse:

    Eu transfiro a responsabilidade da limpeza urbana para o poder público através dos impostos contidos no IPTU (limpeza pública) e na conta da companhia de águas e esgotos. E quem me criticar, sou cidadão de bem e tenho direito de fazer o que a lei me permite e tenho pleno direito de me defender, se é que vcs petralhas me entendem.

  3. Avante Brasil disse:

    Gilberto Neto, se é que você paga impostos, não é para jogar lixo em galerias de drenagem ou esgoto, os sistemas são para água pluvial ou dejetos, a coleta de lixo é feita através serviço específico, procure se educar, se todos assim o fizer, teremos um Brasil mais desenvolvido.

  4. Gilberto Neto disse:

    Joguei. jogo e continuarei jogando. Pago imposto pra isso.

  5. João B disse:

    É a farra dos plásticos, população imunda recebendo de volta sua má educação.

Linha 35 muda de itinerário no bairro de Petrópolis

Foto: Josenilson Rodrigues/Busão de Natal

A a linha 35 (Soledade I/Candelária) mudou de itinerário. É o que informa a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU).

De acordo com a pasta, a mudança ocorre no bairro de Petrópolis, na volta da linha para Zona Norte. Em vez da linha entrar na Rua Otávio Lamartine, pegar a Av. Campos Sales à esquerda e a Rua Trairí à esquerda; ela agora entrará na Rua Potengi à direita, em seguida na Av. Campos Sales e Rua Trairí também à direita.

Com a mudança, a parada de ônibus que fica na Rua Otávio Lamartine será desativada e a linha 35 passará a parar na parada da Av. Prudente de Morais, na esquina com a Rua Trairí, junto com as demais linhas da Zona Norte. Isso evitará que o usuário tenha que ficar andando de uma parada para outra, segundo a STTU.

Em caso de dúvidas os usuários podem ligar para o Alô STTU, no telefone 156, ou perguntar pelo Twitter oficial, o @156Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JEAN CARLOS disse:

    Finalmente alguém pensou na STTU, os passageiros tinham que ficar na esquina da Rua pra não perder o 35 ou ter outra opção pra pegar, sem falar que o veículo não tinha lugar para parar e os passageiros tinha que subir no meio da rua mesmo(ERA UM OLHO NO PEIXE E O OUTRO NO GATO).

    • Flauberto Wagner disse:

      Há muito tempo já era para ocorrido esta modificação.
      Lucidez e canja de galinha não faz mal a ninguém.

Bandidos rendem vigilante e arrombam loja de roupas no bairro de Petrópolis, em Natal

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(18), que quatro homens armados renderam um dos vigilantes do Centro Comercial Aluízio Bezerra, no bairro de Petrópolis, na Zona Leste de Natal, e arrombaram a loja da Lacoste, em crime cometido durante esta madrugada. Na ocasião, levaram várias mercadorias. Com a ação criminosa,  o estabelecimento, em três meses, foi roubado duas vezes.

Segundo a Polícia Militar, com um alicate grande, eles quebraram a vidraça e saquearam a loja. Após o crime, os assaltantes fugiram em um carro que havia sido roubado na Praia do Meio, e depois abandonaram o veículo. Diligências foram realizadas na região, mas nenhum suspeito foi encontrado,

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rosane disse:

    Olá!! A casa dos meus pais foi assaltada ontem (15/01/18) or volta das 19hs. Os bandidos ficaram quase 3 horas dentro da casa. Levaram diversos objetos de valor. Graças a Deus meus pais estão bem! Como pode?! Entram na casa de um cidadão às 19hs! Dia claro!! O assalto foi na rua Divino Espírito Santo, no bairro Carangola.

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Isso só vai resolver quando tiver uma lei que o empresário possa abater esse prejuízo no ICMS a pagar. A nota fiscal eletrônica o governo sabe em tempo real o estoque da loja.

Bandidos realizam arrastão em drogaria no bairro de Petrópolis

Por volta das 20h dessa terça-feira(03), três homens armados realizaram um arrastão na farmácia Drogasil da rua coronel Joaquim Manoel, em frente à praça das Flores, no bairro de Petrópolis, na Zona Leste de Natal. De acordo com as vítimas, três homens armados renderam todos os clientes e funcionários e realizaram o arrastão. Felizmente, não houve violência física.

Durante a ação criminosa, os bandidos obrigaram as vítimas a deitarem no chão e, tranquilamente, roubaram dinheiro dos caixas e os pertences dos clientes, como celulares, anéis, joias e carteiras. Logo após, fugiram com destino ignorado com apoio de um quarto bandido, que dava apoio em um veículo.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ANTONIO FELIX NETO disse:

    A VIOLENCIA É GRANDE.

  2. Roberto disse:

    Drogarias hoje em dia, só dentro de supermercado, ou shopping, infelizmente é essa a realidade..

PM captura foragido no bairro de Petrópolis

BOPE (2)Policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) capturaram na manhã desta quinta-feira (11), na Avenida Floriano Peixoto, no Bairro Petrópolis, na zona Leste de Natal, Everton Cleybson Sérgio da Costa, de 22 anos, que tinha um mandado de prisão em aberto.

O infrator foi detido quando os policiais realizavam um patrulhamento de rotina e visualizaram Everton Cleybson, em atitude suspeita, trafegando pela avenida.

Foi feita a revista pessoal e a consulta no sistema Sinesp, sendo constatada a existência da pendência na Justiça. O foragido foi encaminhado à Delegacia de Capturas (DECAP) para o registro da ocorrência, ficando à disposição da Polícia Judiciária.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. haroldo disse:

    Vamos ver quanto tempo este anjinho vai ficar recolhido.

Ronda Cidadã prende acusados de assalto a posto de combustível no bairro de Petrópolis

vtr-ronda cidadãPoliciais do Ronda Cidadã efetuaram a prisão de uma dupla acusada de praticar um assalto a um posto de combustível no bairro Petrópolis, na noite dessa terça-feira (22).

Os militares estaduais receberam o chamado e se deslocaram ao estabelecimento comercial para averiguar a ocorrência. No local, os policiais receberam as informações sobre as características dos suspeitos e iniciaram o patrulhamento tático móvel a fim de localizá-los.

Após patrulhamento, os policiais do Ronda Cidadã conseguiram localizar os suspeitos do assalto no bairro das Rocas, quando, ao realizar a abordagem pessoal na dupla, os PM’s encontraram um revólver calibre .32, além de seis munições do mesmo calibre, e todo o material roubado do estabelecimento.

Os acusados foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil para a lavratura do auto de prisão em flagrante.

VÍDEO: Câmera filma rosto de assaltante de padaria no bairro de Petrópolis, em Natal

Um assalto foi registrado na noite desta segunda-feira (17) em uma padaria na Rua Floriano Peixoto, no Bairro de Petrópolis, na zona Leste de Natal.

Nas imagens é possível ver o suspeito tentando esconder o rosto com um boné, mas o que ele não esperava é que outra câmera instalada próximo ao caixa estivesse posicionada diretamente para o seu rosto possibilitando a sua identificação. Ele chega e anuncia o assalto, levando o dinheiro do caixa e pertence dos clientes.

As imagens estão sendo divulgadas em todos os meios de comunicação e poderão ajudar na identificação do suspeito que ainda está foragido.

http://190rn.com/natal/2015/08/video-camera-filma-rosto-de-assaltante-de-padaria-no-bairro-de-petropolis/

FOTO: Casal é preso na zona Norte após realizar arrastões no bairro de Petrópolis

Presos-Zona-NorteA Polícia Militar (PM) prendeu um casal acusado de assaltos na noite desta segunda-feira (27) no bairro da Redinha, zona Norte de Natal. A dupla é suspeita de diversos arrastões no bairro de Petrópolis.

Com o casal foram encontrados diversos itens originados de furtos dentre eles celulares, dinheiro, joias e outros itens, além de uma moto Honda Titan vermelha com queixa de roubo.

Eles foram conduzidos a Delegacia de Plantão da Zona Norte (DPZN) para identificação e estão no aguardo de vítimas para fazer o reconhecimento da dupla.

Com informações do 190 RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. marcão disse:

    algemas da paixão… o amor é lindo !

Circuito Nordeste vai alterar o trânsito no bairro de Petrópolis neste sábado; confira

As vias no entorno da Praça Cívica, no bairro Petrópolis, serão interditadas pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) neste sábado (20), entre 16h30 e 19h00, para realização do Circuito Nordeste 10 km, da Caixa Qualidade de Vida. As linhas de ônibus terão o percurso alterado em função da interdição e os usuários, devem ficar atentos para as mudanças.

Durante a realização do circuito, a Avenida Prudente de Morais estará fechada a partir da Avenida Alexandrino de Alencar até a Rua Doutor Manoel Dantas. As ruas Trairi e Potengi serão interditadas a partir da Avenida Campos Sales até a Avenida Floriano Peixoto. Agentes de Mobilidade e batedores estarão no local orientando o fluxo de veículos.

Já o Sistema de Transporte Público que opera na região terá desvios conforme informações abaixo:

TRANSPORTE PÚBLICO

As linhas 05, 15/16, 17/78, 61/62, 64, 67, 81, 84 e 85 seguem, no sentido bairro/centro, seu itinerário normal até a Rua Ulisses Caldas, onde terão acesso a Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua General Gustavo Cordeiro de Farias de onde seguem o itinerário normal. Já no sentido centro/bairro, as linhas não sofrem alterações.

As linhas 24, 35, 41 e 41A, no sentido bairro/centro, seguem o itinerário normal até a Avenida Prudente de Morais, onde acessam a Avenida Alexandrino de Alencar, Rua Régulo Tinoco, Rua José de Alencar, Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua General Gustavo Cordeiro de Farias de onde seguem o itinerário normal. Já no sentido centro/bairro, o desvio começa na Rua Ulisses Caldas, onde acessa a Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Olinto Meira, Avenida Alexandrino de Alencar, Av. Prudente de Morais de onde seguem o itinerário normal.

A linha 33 iniciará seu desvio, no sentido Mãe Luíza, na Avenida Prudente de Morais, onde acessa Avenida Alexandrino de Alencar, Rua Régulo Tinoco, Rua José de Alencar, Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua General Gustavo Cordeiro de Farias de onde segue o itinerário normal até Mãe Luíza. Já no sentido Planalto, a linha retornará de Mãe Luíza pela Avenida Nilo Peçanha, Rua Manoel Dantas, Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Olinto Meira, Avenida Alexandrino de Alencar, Avenida Prudente de Morais de onde segue o itinerário normal.

A linha 33A, no sentido Mãe Luíza, não sofre alterações. Já no sentido Planalto, a linha segue normalmente até a Avenida Duque de Caxias, onde acessa a Avenida Câmara Cascudo, Rua Padre Pinto, Rua Ulisses Caldas, Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua General Cordeiro de Farias, Rua Coronel Joaquim Manoel, Avenida Hermes da Fonseca de onde segue o itinerário normal.

As linhas 37, 39, 51 e 78A/47, no sentido bairro/centro, seguem seu itinerário normal até a Avenida Nilo Peçanha, onde acessam a Rua Manoel Dantas, Avenida Deodoro da Fonseca de onde segue o itinerário normal. Já no sentido centro/bairro, linha segue pela Rua Ulisses Caldas, Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua General Gustavo Cordeiro de Farias, Rua Coronel Joaquim Manoel de onde segue o itinerário normal.

A linha 40 segue normalmente até a Avenida Deodoro da Fonseca, onde acessa a Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua Miramar, Rua Pedro Afonso, Rua Rodrigues Dias, Avenida 25 de dezembro, Avenida Governador Silvio Pedroza, seguido até Mãe Luíza. Já no sentido Planalto, a linha não sofre alterações.

A linha 56 segue normalmente até a Rua Ulisses Caldas, onde acessa a Avenida Deodoro da Fonseca, Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua General Gustavo Cordeiro de Farias, Avenida Nilo Peçanha de onde segue o itinerário normal. Já no sentido bairro/centro, a linha segue pela Avenida Nilo Peçanha, Rua Manoel Dantas, Avenida Deodoro da Fonseca de onde segue o itinerário normal.

As linhas 65 e 68 seguem o itinerário normal, no sentido bairro/centro, seu itinerário normal até a Avenida Nilo Peçanha, Rua Manoel Dantas, Avenida Deodoro da Fonseca de onde seguem o itinerário normal. Já no sentido centro/bairro, as linhas não sofrem alterações.

A linha 71 segue, no sentido centro/bairro, normalmente até a Avenida Deodoro da Fonseca, de onde acessa a Rua Manoel Dantas, Avenida Floriano Peixoto, Rua General Gustavo Cordeiro de Farias de onde segue o itinerário normal. Já no sentido bairro/centro, a linha não sofre as alterações.

Trecho no bairro de Petrópolis será interditado para obras da CAERN

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que nesta terça-feira (25), o trecho da Rua Joaquim Manoel, na altura do ITORN, no bairro de Petrópolis, será interditado para serviço de obras de saneamento da Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte.

A intervenção, explica a Semob, será nos dois sentidos da via (bairro/centro e centro/bairro) e os ônibus e opcionais terão as opções de trânsito no sentido região Sul/Cidade Alta normal até a Av. Hermes da Fonseca, onde serão desviados pela Rua Potengi (Via Praça), Nilo Peçanha e Cordeiro Farias (Via Ribeira).

No sentido Cidade Alta/região Sul, o itinerário dos ônibus e opcionais será normal até a Rua João Manoel, onde trafegarão pela Rua Joaquim Fabrício, seguindo pela Rua Seridó até acessar a Av. Hermes da Fonseca, onde o itinerário seguirá normal.

A Secretaria de Mobilidade Urbana pede aos motoristas de veículos particulares que evitem o local e de preferência utilizem o corredor da Apodi com destino ao Centro, onde o trânsito estará normal. Agentes de mobilidade estarão no local da intervenção orientando os motoristas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tales disse:

    A CAERN é um câncer do serviço público potiguar. Presta serviços péssimos, é perniciosa para as vias públicas de Natal e, por ser mal fiscalizada, é alvo de interesses inconfessáveis dos políticos. Ainda veremos um escândalo de grandes proporções naquele antro…

  2. Carvalho disse:

    Acho que estão querendo impedir que haja trânsito de carros na cidade.
    São várias vias interditadas simultaneamente.
    E os agentes de trânsito para controlar o caos? eles existem?

  3. Carlos disse:

    Obras da CAERN? Mais ruas destruídas e mal recuperadas! Privatizar, pra o dinheiro que pagamos seja usado nos serviços e poder ser fiscalizado e cobrado, porque ladrão fiscalizando ladrão, da nisso!