Homem é morto pelo próprio pai no mesmo dia em que deixou a prisão

Mais um absurdo provocado por bebida, segue post do UOL

O furto de um boi pode ter sido a causa de um homicídio ocorrido no interior da Paraíba, no qual autor e vítima são pai e filho respectivamente. O fato foi registrado na noite da terça-feira (6), na zona rural do município de Juazeirinho, a cerca de 190 quilômetros da capital paraibana, João Pessoa.

Após uma discussão em um bar, o agricultor Antônio Calixto Clementino de Oliveira, 57 anos, atirou à queima-roupa com uma espingarda contra o filho de 26 anos, José Ronaldo Pereira. A vítima tinha saído da prisão horas antes, conforme informou a polícia da cidade.

Testemunhas disseram à polícia que pai e filho pareciam ter discussões corriqueiras, por isso ninguém interviu.

A polícia ainda não confirmou o motivo do assassinato, mas conseguiu prender o acusado, que disse que estava embrigado no momento do crime.

Logo após disparar um tiro contra o filho, o agricultor fugiu e tentou se esconder um um sítio de familiares, mas foi descoberto pelos policiais que atenderam a ocorrência. A vítima morreu no hospital, após ser submetido a uma cirurgia.

Secretário Benito Gama baixou o nível no Twitter. Que desenvolvimento é esse?

Uma declaração da jornalista Eliana Lima foi suficiente para Benito Gama, secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, se blindar contra um questionamento que tem a obrigação de deixar transparente.

“O baiano Benito Gama é secretário do Governo Rosa(do), mas vive País afora em eventos políticos-partidários…”, postou Eliana em sua conta do Twitter.

Benito se indignou.

“Está preocupada com minha vida particular? Seguramente quem paga minhas contas não é a mesma que paga as suas!”

Além da insinuação sobre quem paga o salário da jornalista, o secretário foi intransigente. Pago com meu dinheiro e o seu, deve explicar porque vive em “evento políticos-partidários”. Ainda não explicou.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juan disse:

    Bem feito.
    Quem tem telhado de vidro não pode querer jogar pedras.

  2. tercio disse:

    OLha, todo cuidado é pouco.
    Nem conhe;co esse cara pessoalmente, mas jornalistas tb adoram falar mal das pessoas sem provas. Botam o veneno no ar e depois nao provam.

  3. Romeiro disse:

    Não êh a toa que esse cidadão sempre foi conhecido como Benito "G?ana".

  4. esdras disse:

    Bruno, queria entender: como o Benito veio parar aqui? Como o Rodrigo Cintra vem para cá? Esses caras não conseguem emprego em suas cidades aí são contratados pelos nossos políticos…

Discussão de trânsito banal resulta em morte na Grande Natal

Dn Online:
Uma discussão de trânsito entre motociclistas resultou na morte de Marcos Rosendo Feitosa, 30 anos, no início da noite desse domingo (15), por volta das 18h30, na comunidade Cana Brava, situada na zona rural do município de Macaíba, na Grande Natal. De acordo com o tenente Gentile, oficial em serviço da Polícia Militar, o crime ocorreu após uma motocicleta não identificada com dois homens cruzar pela vítima e o seu “garupa”, onde foi iniciada uma reclamação por conta do farol alto.

 

Segundo o tenente Gentile, o homicídio cometido de forma banal foi ainda motivada por uma discussão com palavras de baixo calão entre os envolvidos, o que levou a um dos homens a efetuar dois disparos nas costas de Marcos Rosendo, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A polícia foi chamada a cena do crime, mas o responsável pelos disparos e o seu companheiro de motocicleta fugiram com destino ignorado, apesar de diligências realizadas pelos policiais por toda a região. O Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep) esteve presente ao local e encaminhou corpo de Marcos Rosendo Feitosa para a realização da perícia.