Governo do RN amplia número de escolas estaduais em tempo integral

FOTO: ASSECOM/SEEC

A Rede Estadual de Educação contará, em 2020, com 15 novas unidades de ensino médio em tempo integral. Com esse crescimento, o estado chegará a marca de 74 unidades de ensino em tempo integral. As escolas estaduais que migrarão para essa modalidade de ensino estão espalhadas por todo o RN e atenderão uma demanda que vem crescendo na rede.

No último ano, 59 unidades de ensino ofertaram tempo integral, sendo 39 no ensino médio e 20 no ensino fundamental, atendendo a 13.845 jovens estudando em tempo integral.  Com as novas escolas, a expectativa é que esse número supere a marca de 15 mil alunos matriculados.

Mesmo diante de dificuldades financeiras, o Governo do RN tem investido no ensino potiguar. “Dentre as principais metas da gestão da governadora Fátima Bezerra está a que eleva o número de escolas estaduais em tempo integral, que deve chegar a 50% da rede até 2024. Então, essas novas escolas, demonstram o interesse da gestão em tornar a Educação cada vez mais forte. Trata-se da efetivação do Plano Estadual de Educação, que prevê essa ampliação e está dentro do nosso planejamento estratégico”, explica Getúlio Marques, professor e titular da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC).

Para a expansão, a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) dialogou com cada comunidade escolar envolvida neste processo, para que a migração ocorresse de maneira dialogada com todos os segmentos da escola. “Trata-se de respeitar a decisão da escola. Damos todo o suporte e informações sobre o formato que o ‘Integral’ requer e a comunidade decide a migração da escola”, pontua Getúlio Marques.

As escolas estaduais Con. Luiz Wanderley, Dinarte Mariz, Josino Macedo, todas em Natal, Rui Barbosa (Rui Barbosa), Monsenhor Honório (Pendências), Instituto Vivaldo Pereira (Currais Novos), Dr. Mauro Medeiros (Parelhas), Felinto Elísio (Jardim do Seridó), Leomar Batista de Araújo (Serra Negra do Norte), Juscelino Kubistchek (Assu), Gov. Dix-Sep-Rosado (Mossoró), Francisco de Assis Pinheiro (Itaú), Cláudio Alves (Taboleiro Grande), Almiro de França Silva (Caraúbas) e o Centro Estadual de Educação Profissional Djanira Brasilino de Souza (Natal) foram o grupo de novas escolas de ensino médio em tempo integral.

Planejamento Pedagógico

Para acolher as equipes gestoras, pedagógicas e administrativas das novas unidades em tempo integral, a SEEC realiza, nos próximos dias 17 a 21 de fevereiro, o encontro formativo que terá como objetivo qualificá-las para as situações, experiências e novidades que a modalidade de ensino requer em sua execução.

“A formação dos profissionais que vão atuar com as novas escolas de tempo integral é um momento importante pois marca o início de um novo trabalho, em uma nova perspectiva, com uma configuração da organização do trabalho pedagógico diferente do ensino regular. E a necessidade que esses professores construam um fazer pedagógico que atenda aos pré-requisitos e aos princípios da educação integral em tempo integral leva a SEEC a realizar uma semana de formação”, aponta a secretária adjunta de Educação do RN, professora Márcia Gurgel.

Para as novas escolas de ensino médio em tempo integral o ano letivo começará mais tarde. A Rede Estadual de Educação retorna as aulas no dia 17 de fevereiro, já o conjunto de novas escola darão início ao ano letivo no dia 2 de março. “Esse tempo de preparação é necessário para trabalhar a própria concepção da educação integral, a articulação necessária entre os próprios conteúdos com a cultura, o esporte, as atividades das comunidades, o cotidiano da vida desse estudante no contexto onde ele mora e o com o protagonismo de cada projeto de vida desses alunos que chegam no tempo integral”, conclui Márcia Gurgel.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. lampejao disse:

    E cade a estatística das Escolas Estaduais que estão caíndo aos pedaços,so falta desabarem sobre os alunos por falta de manutenção????….Perguntar não ofende!!!

  2. Bento disse:

    Vejo uma Unidade Escolar muito bem cuidada.
    Será que nossos alunos e funcionários estarão devidamente educados e preparados para receber e
    manter a Unidade Limpa e Bem Cuidada.
    Tem Unidade Escolar por aí que o mato dá no meio da canela, fora a pichação e as carteiras quebradas.
    Isso tudo herdada da Educação implantada de 2003 a 2018 com a falta de bons modos e boas maneiras que não eram cobrados pelos funcionários e Diretores aos seus alunos, entregando uma educação sem qualidade aos seus alunos
    Espero que este panorama mude e atinja o nível de excelência.

Termina domingo período de matrículas para as escolas estaduais

Termina no próximo domingo (22), o período de solicitação de matrículas para os estudantes que pretendem ingressar na rede estadual de ensino. Os interessados devem acessar o www.sigeduc.rn.gov.br, selecionar duas opções de escolas e solicitar a matrícula. A seleção dos estudantes por escola se dá através de critérios definidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação – LDB, como proximidade com a escola, se já possui irmão estudando na unidade e se o aluno está na faixa etária escolar adequada. O resultado do processamento será divulgado no dia 30 de dezembro.

Até o momento, 130 mil estudantes solicitaram suas matrículas por meio do SIGEduc. Do total, 33 mil é o número de novos alunos, que irão ingressar na rede. Os demais correspondem a renovações. A secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho, destaca que as renovações devem ser feitas de forma automática, pela equipe das secretarias das escolas. “Isso significa dizer que todos os alunos que já estão na rede tem suas vagas garantidas nas unidades em que estudam hoje. Eles apenas precisam manifestar esse desejo na secretaria da escola”.

A secretária ressalta ainda que todas as escolas estaduais estão abertas para auxiliar os pais e alunos que não tem computador em casa e precisam acessar a internet para solicitar a matrícula.”Para isso realizamos um treinamento com os técnicos dessas unidades, em todas as regiões, no período que antecedeu a matrícula. Por ser o primeiro ano que o sistema está sendo utilizado em todo o Estado, estamos vivendo um período de experiência e adaptação. Embora, até o momento, as solicitações venham ocorrendo com tranqüilidade.”

O coordenador das diretorias regionais de Educação, Eduardo Colin, lembra aos pais e alunos que uma das exigências na hora de solicitar a matrícula é a utilização do CPF. “Foi necessária a utilização do CPF para evitarmos a duplicidade de matrículas. Quando isso acontece, um estudante que realiza mais de uma solicitação acaba tomando a vaga que poderia ser de outro. Portanto, os interessados que ainda não possuem CPF devem procurar uma das 16 Diretorias Regionais de Educação – DIRED, em todo o Estado, para fazer o seu cadastramento de forma mais rápida. O cadastro do documento também pode ser feito nas Centrais do Cidadão.”

Governo divulga calendário de matrículas 2014 para escolas estaduais

Os estudantes com deficiência já podem solicitar a sua matrícula na rede estadual, para o ano letivo 2014. As inscrições devem ser feitas até o dia 15 de novembro, através do site www.sigeduc.rn.gov.br. Logo após, entre os dias 18 de novembro e 22 de dezembro, estará aberto o período de solicitação de matrículas para os demais interessados em ingressar nas escolas estaduais. Os alunos que pretendem permanecer nas unidades em que estudam também devem solicitar a renovação automática nesse período. Esse ano, na capital e no interior, todas as matrículas da rede estadual serão realizadas exclusivamente pela internet.

“A partir de agora, os pais e alunos do interior vão viver uma experiência que o público de Natal já conhece. Costumo dizer que o SIGEduc chegou para causar um grande impacto na cultura de gestão da secretaria e, principalmente, das escolas. Estamos saindo da era do papel e da caneta, para a era digital. Somos pioneiros na área da Educação Básica, tanto que o Ministério da Educação está apostando nessa ideia para levar o sistema que implantamos aqui aos outros estados do país”, ressaltou a secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho.

No dia 30 de dezembro, o Governo do Estado divulgará o resultado da matrícula, com o nome dos alunos e das escolas para as quais eles foram matriculados. A partir daí, entre os dias 2 e 17 de janeiro de 2014, os interessados devem procurar as escolas para efetivarem a matrícula munidos de Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência, histórico escolar, documento de identificação do responsável, foto 3 x 4 e comprovante de solicitação de matrícula emitido pelo SIGEduc. As aulas estão previstas para iniciar no dia 22 de janeiro.

CADASTRAMENTO DE CPF

Outra novidade para esse ano é a obrigatoriedade do CPF na hora da solicitação. Com o objetivo de facilitar o acesso do estudante ao documento, a Secretaria de Estado da Educação montou uma força tarefa com a Secretaria de Justiça e Cidadania, para oferecer aos interessados pontos de cadastramento em todo o Estado, além das Centrais do Cidadão. “No interior, técnicos do Governo estão percorrendo as escolas cadastrando os estudantes que ainda não possuem CPF. Em Natal, esse trabalho foi iniciado na última sexta-feira, 1º”, informou a coordenadora do SIGEduc, Jaqueline Cordeiro.

Segundo Jaqueline, o trabalho de cadastramento na capital está sendo feito por polos. Na última sexta (1º), os alunos das escolas Walter Duarte, Rômulo Wanderley, Potyguassu, Josino Macêdo e Ana Júlia puderam retirar seu CPF no polo instalado na Escola Estadual Peregrino Júnior. Nesta segunda-feira (04), a equipe da secretaria estará no Colégio Atheneu, polo que irá receber durante todo o dia os alunos das escolas estaduais Anísio Teixeira, Augusto Severo, Felipe Guerra, Alberto Torres, CENEP, Passo da Pátria, Ary Parreiras e Padre Monte.

Na terça-feira (05), os estudantes das escolas Josefa Sampaio, Olda Marinho, Isabel Gondim, Pedro Mendes, Monsenhor Walfredo Pegado, Dinarte Mariz, Selva Capistrano, e Severino Bezerra de Melo deverão cadastrar retirar o seu CPF na Escola Estadual Café Filho. Em seguida, na quarta-feira (06), será a vez dos alunos das escolas Jerônimo Gueiros, Tiradentes, Newton Braga, Mascarenhas Homem, Manoel Dantas e Santos Rocha se cadastrarem na Escola Estadual Sebastião Fernandes.

O cadastramento por polo será concluído na quinta-feira (07), quando o Instituto Padre Miguelinho servirá de polo para os estudantes das escolas Ulisses de Góes, Wiston Churchill, João Tibúrcio, Calazans Pinheiro, Felizardo Moura, Casa do Menor Trabalhador e Stela Gonçalves. Para retirar o CPF, os alunos devem levar Certidão de Nascimento e Comprovante de Residência. Aqueles que perderem o prazo de cadastramento nos polos poderão retirar o CPF nas Centrais do Cidadão.