Acusado de omissão, Bispo diz: "Estou com minha consciência limpa"

O vereador Bispo Francisco de Assis, relator do criticado relatório de Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investigou os contratos firmados pela Prefeitura de Natal, foi acusado pela vereador Júlia Arruda de ser omisso na elaboração do documento.

O Bisco reconheceu que pode até ter havido alguma falha na elaboração do documento, mas negou ter sido omisso.

“Omissão é crime e eu não sou criminoso. Estou com a minha consciência limpa. Se alguém tem culpa no cartório, estou encaminhando para que os órgãos competentes tomem suas decisões”, contou.

O Bispo disse que para elaborar o relatório perdeu o carnaval, cancelou shows e perdeu momentos de lazer. Resta saber: o Bispo estava fazendo um favor ou estava fazendo o que é de sua obrigação? Ele ainda disse que fez das tripas, corações.

Júlia Arruda lembrou que vários documentos considerados importantes, sequer foram incluídos no relatório.

“Vou encaminhar os contratos que foram importantes, que foram elencados para apreciação, mas que simplesmente não foram colocados no relatório. Em nenhum momento falo de crime. No meu entendimento são relevantes, mas que merecem ser colocados no relatório”, contou.

Documentos importantes vereador. A gente esquece coisas simples e não coisas importantes. Ainda mais como relator de uma CEI tão importante para a transparência do Poder Público.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. caio fábio disse:

    Depois ainda usa o nome de Deus.