Segurança

Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN repudia o silêncio e a inércia do governo ante as mortes violentas de policiais

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACS-PM/RN vem a público repudiar a forma como as autoridades do nosso Estado têm lidado com a série de ocorrências que têm vitimado agentes de segurança pública.

No período de seis dias, foram cinco policiais baleados, sendo que três deles, um APC e dois PMs, foram a óbito em consequência da ocorrência, e até o presente momento nada foi feito de forma concreta por parte dos gestores do Estado.

Quantos policiais militares mais terão que morrer para que o Estado adote uma postura mais objetiva direcionada a buscar evitar esse tipo de situação, bem como, dar uma resposta à altura nos casos já ocorridos, com a identificação e prisão dos envolvidos?

O silêncio e a inércia do Governo têm incomodado a categoria, pois mais parece que as mortes dos policiais militares são tratadas apenas como números em estatísticas, desconsiderando que por trás de cada vida policial ceifada existe uma família que foi destruída.

Em decorrência desta situação, a ACS-PM/RN iniciará neste mês de Abril uma campanha de valorização da vida dos Policiais Militares.

Opinião dos leitores

  1. Isso tudo é fruto da política desastrosa da esquerda durante esses 20 anos em defender bandido. Enquanto eu puder votar NUNCA votarei em qualquer partido de esquerda.

  2. Lamento pela perda de pessoas de todas as profissões. Médico, policial, comerciário, comerciante, enfim todos os cidadãos. Não sei porque esse mimimi extra quando se trata de policial.

  3. Esperando uma nota da Associação de Cabos e Soldados, Polícia Militar ou do Ministério Público acerca da legalidade da contratação por empresa privada de serviços policiais. Será que os nobres policiais estão sendo vítimas apenas dos bandidos ou também da omissão das entidades representativas, da própria instituição e dos órgãos de controle por fecharem os olhos para uma situação que além de ilegal só aumenta o risco de morte?

  4. A governadora já se pronunciou…”o cabo estava em atividade extra”, o famoso bico. Essa foi a nota de lamento da governadora.

    1. Realmente uma das genocidas do Brasil a Governadora, já que o STF deixou Governadores e Prefeitos se responsabilizarem.

  5. Não quero desmerecer as vidas perdidas pela violência abominável desses bandidos homicidas ou latrocidas que deveriam mofar na cadeia, mas pelo que vi nas matérias e até nas imagens dos homicídios dos policiais militares, os policiais foram mortos não por serem policiais (sequer estavam fardados) mas sim por estarem armados e tentarem reagir, ou seja, qualquer cidadão naquela situação que estivesse armado provavelmente teria o mesmo fim. Todos os dias morrem vítimas de assalto, INFELIZMENTE, sejam eles professores, comerciários, desempregados, serventes de pedreiro, dentre outros que, da mesma forma que os policiais mortos, são vítimas desses infames bandidos. Mas não vejo motivos para diferenciar os mortos pela profissão, mesmo porque, sequer esses policiais estavam fardados e pelo que vi não foram identificados como policiais para serem mortos… Percebo sim uma inércia dos governos, em especial no estadual, em lamentar as mortes pela violência ou tentar combater com mais afinco esse tipo de ocorrência. Infelizmente, tanto o policial como o cidadão civil estão a mercê desses bandidos !

    1. Vc pode não saber identificar um policial, mas esses vagabundos sabem, já vão sabendo que são policiais. Excetuando o caso de Mossoró, lá não sabiam que se tratava de policial, os demais sabiam sim e fizeram questão de matar por que eram policiais, inclusive uma chácara foi invadida na grande Natal e ao verem uma farda os marginais passaram a torturar o proprietário.
      Se um dia, que Deus o livre, você for assaltado, não reaja, diga apenas que é um policial pra vc ver se o tratamento é diferente.

    2. Você é parasita. Seu comentário é típico de um esquerdopata. Onde esses policiais reagiram? Eles foram sumariamente exercitados só pelo fato de serem policiais. Agora se você um dia receber a visita de um marginal, vá procurar o direito dos manos para lhe ajudar. Esqueça a polícia. Polícia essa que infelizmente hoje está apenas obedecendo ordem para perseguir e prender trabalhador e empresários. A conta está chegando…. E está vindo com juros e correções monetárias.

    3. Brasil acima de todos: vá se tratar! Eu não sou esquerdopata e muito menos defendi o bandido! Vc sabe ler? Se vc só consegue enxergar “esquerdista, comunista, petista,
      lulista ” nos outros tem que procurar tratamento urgentemente! Assim como não diferencio bandido ou corrupto de esquerda ou de direita, Tb não acho certo diferenciar vítimas da violência por ser policial, médico, juiz, desempregado! Todos são vítimas de bandidos ! Mas a lei traz previsões expressas e se algum desses bandidos matou sabendo que se tratava de um policial eles já terão sua pena agravada conforme previsto na lei 13.142/2015.

    4. Não amigo eles foram identificados como policiais, talvez só o caso de Mossoró que não mais os outros foi.

  6. Essa governadora trabalha apenas para atrapalhar e falar mau do governo federal.
    Seus subordinados estão morrendo, professora Fátima. Tenha um pouco de vergonha e trabalhe com afinco. Votei na senhora, mas estás me decepcionando muito. Nosso estado figura entre os piores do Brasil, sem empregos, falido e agora com seus trabalhadores sendo abatidos.

  7. A desvalorização da polícia não é de agora. Faz muito tempo. Esse secretário de segurança tem uma boa conversa, só isso, esse comandante geral está omisso, muito fraco.
    Casos como esses seriam resolvidos rapidamente se dependesse apenas da vontade dos colegas de farda, mas a própria população adora meter o pau na polícia, filmam ações, interferem no trabalho, criticam e por aí vai. Deixando os policiais com medo não de arriscar a vida e sim de perder o emprego e a própria liberdade.
    Vale lembrar que fazemos parte de uma nação apodrecida, que elegem e idolatram políticos curuptos e que não valoriza quem sai de casa para tentar garantir a segurança da sociedade.

    1. Polícia tem salário bom ganhavam igual a um vigilante e hoje ganham 6x mais. Agora a segurança é que só piora. Anda da Prudente de Morais em Candelária, até o Hospital Januário Cicco, se vc encontrar um PM para dar um bom dia tirou a sorte grande. Eu não sei onde esse povo anda. Em São Paulo, na região do centro expandido, em toda esquina a gente encontra duplas de PMs circulando. Aqui não existe isso. Estranhei muito quando cheguei aqui.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *