Segurança

Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN repudia o silêncio e a inércia do governo ante as mortes violentas de policiais

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACS-PM/RN vem a público repudiar a forma como as autoridades do nosso Estado têm lidado com a série de ocorrências que têm vitimado agentes de segurança pública.

No período de seis dias, foram cinco policiais baleados, sendo que três deles, um APC e dois PMs, foram a óbito em consequência da ocorrência, e até o presente momento nada foi feito de forma concreta por parte dos gestores do Estado.

Quantos policiais militares mais terão que morrer para que o Estado adote uma postura mais objetiva direcionada a buscar evitar esse tipo de situação, bem como, dar uma resposta à altura nos casos já ocorridos, com a identificação e prisão dos envolvidos?

O silêncio e a inércia do Governo têm incomodado a categoria, pois mais parece que as mortes dos policiais militares são tratadas apenas como números em estatísticas, desconsiderando que por trás de cada vida policial ceifada existe uma família que foi destruída.

Em decorrência desta situação, a ACS-PM/RN iniciará neste mês de Abril uma campanha de valorização da vida dos Policiais Militares.

Opinião dos leitores

  1. Isso tudo é fruto da política desastrosa da esquerda durante esses 20 anos em defender bandido. Enquanto eu puder votar NUNCA votarei em qualquer partido de esquerda.

  2. Lamento pela perda de pessoas de todas as profissões. Médico, policial, comerciário, comerciante, enfim todos os cidadãos. Não sei porque esse mimimi extra quando se trata de policial.

  3. Esperando uma nota da Associação de Cabos e Soldados, Polícia Militar ou do Ministério Público acerca da legalidade da contratação por empresa privada de serviços policiais. Será que os nobres policiais estão sendo vítimas apenas dos bandidos ou também da omissão das entidades representativas, da própria instituição e dos órgãos de controle por fecharem os olhos para uma situação que além de ilegal só aumenta o risco de morte?

  4. A governadora já se pronunciou…”o cabo estava em atividade extra”, o famoso bico. Essa foi a nota de lamento da governadora.

    1. Realmente uma das genocidas do Brasil a Governadora, já que o STF deixou Governadores e Prefeitos se responsabilizarem.

  5. Não quero desmerecer as vidas perdidas pela violência abominável desses bandidos homicidas ou latrocidas que deveriam mofar na cadeia, mas pelo que vi nas matérias e até nas imagens dos homicídios dos policiais militares, os policiais foram mortos não por serem policiais (sequer estavam fardados) mas sim por estarem armados e tentarem reagir, ou seja, qualquer cidadão naquela situação que estivesse armado provavelmente teria o mesmo fim. Todos os dias morrem vítimas de assalto, INFELIZMENTE, sejam eles professores, comerciários, desempregados, serventes de pedreiro, dentre outros que, da mesma forma que os policiais mortos, são vítimas desses infames bandidos. Mas não vejo motivos para diferenciar os mortos pela profissão, mesmo porque, sequer esses policiais estavam fardados e pelo que vi não foram identificados como policiais para serem mortos… Percebo sim uma inércia dos governos, em especial no estadual, em lamentar as mortes pela violência ou tentar combater com mais afinco esse tipo de ocorrência. Infelizmente, tanto o policial como o cidadão civil estão a mercê desses bandidos !

    1. Vc pode não saber identificar um policial, mas esses vagabundos sabem, já vão sabendo que são policiais. Excetuando o caso de Mossoró, lá não sabiam que se tratava de policial, os demais sabiam sim e fizeram questão de matar por que eram policiais, inclusive uma chácara foi invadida na grande Natal e ao verem uma farda os marginais passaram a torturar o proprietário.
      Se um dia, que Deus o livre, você for assaltado, não reaja, diga apenas que é um policial pra vc ver se o tratamento é diferente.

    2. Você é parasita. Seu comentário é típico de um esquerdopata. Onde esses policiais reagiram? Eles foram sumariamente exercitados só pelo fato de serem policiais. Agora se você um dia receber a visita de um marginal, vá procurar o direito dos manos para lhe ajudar. Esqueça a polícia. Polícia essa que infelizmente hoje está apenas obedecendo ordem para perseguir e prender trabalhador e empresários. A conta está chegando…. E está vindo com juros e correções monetárias.

    3. Brasil acima de todos: vá se tratar! Eu não sou esquerdopata e muito menos defendi o bandido! Vc sabe ler? Se vc só consegue enxergar “esquerdista, comunista, petista,
      lulista ” nos outros tem que procurar tratamento urgentemente! Assim como não diferencio bandido ou corrupto de esquerda ou de direita, Tb não acho certo diferenciar vítimas da violência por ser policial, médico, juiz, desempregado! Todos são vítimas de bandidos ! Mas a lei traz previsões expressas e se algum desses bandidos matou sabendo que se tratava de um policial eles já terão sua pena agravada conforme previsto na lei 13.142/2015.

    4. Não amigo eles foram identificados como policiais, talvez só o caso de Mossoró que não mais os outros foi.

  6. Essa governadora trabalha apenas para atrapalhar e falar mau do governo federal.
    Seus subordinados estão morrendo, professora Fátima. Tenha um pouco de vergonha e trabalhe com afinco. Votei na senhora, mas estás me decepcionando muito. Nosso estado figura entre os piores do Brasil, sem empregos, falido e agora com seus trabalhadores sendo abatidos.

  7. A desvalorização da polícia não é de agora. Faz muito tempo. Esse secretário de segurança tem uma boa conversa, só isso, esse comandante geral está omisso, muito fraco.
    Casos como esses seriam resolvidos rapidamente se dependesse apenas da vontade dos colegas de farda, mas a própria população adora meter o pau na polícia, filmam ações, interferem no trabalho, criticam e por aí vai. Deixando os policiais com medo não de arriscar a vida e sim de perder o emprego e a própria liberdade.
    Vale lembrar que fazemos parte de uma nação apodrecida, que elegem e idolatram políticos curuptos e que não valoriza quem sai de casa para tentar garantir a segurança da sociedade.

    1. Polícia tem salário bom ganhavam igual a um vigilante e hoje ganham 6x mais. Agora a segurança é que só piora. Anda da Prudente de Morais em Candelária, até o Hospital Januário Cicco, se vc encontrar um PM para dar um bom dia tirou a sorte grande. Eu não sei onde esse povo anda. Em São Paulo, na região do centro expandido, em toda esquina a gente encontra duplas de PMs circulando. Aqui não existe isso. Estranhei muito quando cheguei aqui.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do RN emite nota de repúdio por ação policial em hotel em Natal

Nota de repúdio

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN) vem, por meio desta, repudiar as situações ocorridas ontem em um restaurante e em um hotel da Capital, onde empregadores, empregados, consumidores e hóspedes foram constrangidos com uma ação policial – tendo como base o decreto estadual que determina o chamado “toque de recolher”.

Entendemos a necessidade de preservação da vida diante do momento vivido, mas é necessário que o trabalho das forças de segurança seja pautado na “lógica do razoável”, tendo como premissas a correção e o diálogo.

LEIA MAIS EM: PM invade Hotel Esmeralda para encerrar música ao vivo durante jantar e pede que hóspedes voltem aos seus quartos

Longe do espírito buscado com a norma estadual, impedir o serviço de entrega (ou de retirada) em um restaurante, por um lado, e a presença de hóspedes no restaurante do próprio hotel em que hospedados, de outro, não passa de um ato de intimidação e de truculência.

Este Sindicato não pode compactuar com esse tipo de conduta!

É necessário que aqueles que pregam o (louvável) trabalho de prevenção também trabalhem com respeito para com os empresários e com os empregados do setor de hospedagem e de alimentação – que, com fiel respeito às normas sanitárias, estão apenas buscando formas de garantir sua sobrevivência, especialmente diante da falta de qualquer medida governamental concreta para dar suporte ao segmento do turismo de nosso estado.

Habib Chalita
Presidente SHRBS-RN

Opinião dos leitores

  1. Para matar a sede ditatorial de dona Fátima Bezerra, nenhum oceano da terra seria suficiente para saciá-la. Claro, se as águas destes fossem potáveis.

  2. Fátima bezerra a pior governadora do estado do RN , enquanto isso o prefeito Álvaro Dias está dando um show de competência e gestão . Fora Fátima Bezerra ..

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do RN emite nota de repúdio contra atos ocorridos em evento para o novo Plano Diretor de Natal

NOTA DE REPÚDIO SHRBS-RN

Com cenas lamentáveis e um comportamento antidemocrático por parte de alguns grupos, o Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN) repudia com veemência os atos ocorridos durante uma das etapas de revisão do Plano Diretor de Natal, que foi impedida de realização por parte daqueles que, por certo, não querem ver o desenvolvimento de nossa cidade.

Os atos cometidos na manhã da segunda-feira (25) vão na contramão da democracia e liberdade de expressão tão defendidas em nossa sociedade. Infelizmente, a pré-conferência para escolha de parte dos delegados que irão votar a minuta do novo Plano Diretor de Natal se transformou em local de baderna e desordem.

Pessoas sérias e comprometidas se viram acuadas e amedrontadas em verdadeiro desrespeito ao trabalho sério que vem sendo realizado há quase dois anos em torno deste Plano Diretor.

A quem interessa esse tipo de comportamento de intimidação? A quem interessa o não desenvolvimento de Natal?

Os debates em torno do novo Plano Diretor envolvem vários segmentos da sociedade e isso não pode ser prejudicado pela baderna provocada por aqueles que não se interessam pelo progresso e desenvolvimento da nossa capital.

Que as discussões sejam retomadas e possam trazer, sim, melhoria à nossa cidade e ao povo de Natal. Tudo dentro da ordem e que prevaleça a democracia e transparência das decisões.

SINDICATO DE HOTÉIS, RESTAURANTES, BARES E SIMILARES DO RIO GRANDE DO NORTE (SHRBS-RN)

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

‘Frase de Bolsonaro é um ataque direto e gravíssimo ao TSE’, diz Maia, que sugere que partidos acionem Justiça para que presidente se explique

Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e outros parlamentares reagiram ao questionamento do presidente Jair Bolsonaro à lisura do processo eleitoral brasileiro. Maia considerou a fala de Bolsonaro “um ataque direto e gravíssimo” ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nesta quinta-feira, o PT também acionou o Ministério Público Federal (MPF) e o TSE para que as declarações recentes do presidente da República sobre o assunto sejam investigadas.

Pela manhã, horas após o Congresso dos Estados Unidos oficializar a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais, Bolsonaro insistiu em dizer que houve fraude na disputa, alegação falsa que vem sendo feita por Donald Trump desde sua derrota. O presidente disse ainda que o Brasil terá um “problema pior que os Estados Unidos” se não houver voto impresso nas eleições de 2022.

“A frase do presidente Bolsonaro é um ataque direto e gravíssimo ao TSE e seus juízes. Os partidos políticos deveriam acionar a Justiça para que o presidente se explique. Bolsonaro consegue superar os delírios e os devaneios de Trump”, escreveu Rodrigo Maia nas redes sociais.

Ao TSE e ao MPF, o PT pediu que Bolsonaro seja ouvido formalmente e apresente provas de uma possível fraude no pleito de 2018, como já denunciou mais de uma vez. Caso não forneça evidências das acusações, a legenda pede que o presidente seja responsabilizado por improbidade administrativa e penalmente.

Nas representações, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e outros líderes da legenda registram que Bolsonaro “volta a atacar o processo eleitoral brasileiro de 2018 e agora faz ameaças em relação às futuras eleições de 2022”. Para o PT, “trata-se de grave e séria manifestação que precisa ser apurada. Ele vem repetindo acintosamente essa acusação, sem que os órgãos de controle e de Estado atuem para apurar o que vem afirmando explicitamente”.

Na quarta-feira, a apoiadores, Bolsonaro também insistiu no assunto.

— Pode ser que alguma reclamação não proceda, mas são demais. Na minha eleição, em 2018, só entendo que fui eleito porque tive muito, mas muito voto. Agora, tinha reclamações que o cara ia votar 17 e não conseguia votar, mas votava no 13 — declarou Bolsonaro.

Segundo o PT, “ao se falar em fraude no processo do eleitoral, está-se a suscitar uma prática no Brasil que em tese configura crime, que pode ter diversas tipificações”. Procurados pelo GLOBO, os candidatos à sucessão de Maia para a presidência da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e Baleia Rossi (MDB-SP), ainda não se manifestaram.

No Senado, o líder do PSD, Otto Alencar (BA), disse que Bolsonaro erra ao tentar copiar o exemplo de Donald Trump, que “foi renegado por todos os líderes mundiais de regimes democráticos”. O senador lamentou que o presidente dê declarações deste tipo, que, na visão dele, “não condizem com a democracia e são próprias apenas de poucos espíritos ditatoriais que ainda restam no mundo”.

— Acho que Bolsonaro não se deu conta ainda de que a democracia do Brasil, embora jovem, está muito consolidada e fortalecida pelas instituições. Não vejo por que ele achar que pode ter fraude em um sistema tão seguro quanto esse — declarou Alencar.

— Se tem um líder mundial que ele (Bolsonaro) não deveria imitar é o Donald Trump, que sai pela porta dos fundos da Casa Branca, renegado até pelos próprios integrantes do partido dele — acrescentou.

O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que a situação no Brasil poderia ser mais grave do que nos Estados Unidos por considerar que Bolsonaro tem “respaldo” de segmentos armados da sociedade.

— Isso nunca deixou de estar na conta política dele (Bolsonaro), ele sempre imaginou algo assim. Diante desse episódio dos EUA ele vai buscando os pretextos para numa eventual derrota querer agir da mesma forma. O grave é que, hoje, dentro de vários segmentos armados da sociedade, polícias civis, militares, a base das Forças Armadas, ele tem respaldo, diferentemente do Trump — afirmou Costa.

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES), considera que as instituições brasileiras precisam se preparar para “o maior dos seus testes” na eleição de 2022, que será “resistir aos atentados dos detratores da República”.

“Ninguém assumirá a Presidência sem votos. É preciso repelir, DESDE JÁ, qualquer manobra golpista: a Democracia prevalecerá”, escreveu Contarato no Twitter.

Por meio de sua assessoria, Contarato também frisou que “Bolsonaro, antevendo sua derrota em 2022, após uma gestão desastrosa, já ameaça não respeitar o resultado das urnas”:

“Atentar contra a democracia não o manterá na Presidência da República sem votos. Os Estados Unidos já deram o recado soberano da derrota para o desastre populista que nós vivemos aqui. O Brasil tem uma Lei de Segurança Nacional para quem descumpre a Constituição”, disse em nota.

O Globo

 

Opinião dos leitores

  1. Ou véi macho só esse tal de Bolsonaro. Eu fico aqui lendo este bando de otários comentarem suas baboseiras. O povo sem ter o que fazer só é este. O veio Bolsonaro é igual a Cascavel do deserto.

  2. Não tem ninguém que tenha aquilo ROXO ou que não esteja com o rabo preso pra enxotar este zé ruela ?
    Que ele volte pra sua nsignificância !!!!
    Sem saco mais….. !
    Todo dia me deparo com uma imbecilidade desse idiota!!!
    Não passa de um moleque!

  3. Ele não respeita ninguém, até seus apoiadores ele não respeira.
    Lembro do que o presidente falou dos policiais que estavam na operação que culminou com a morte dp ex capitão da PM e amigo do presidente lá no interior da Bahia.

  4. Ele tem a grande mídia para espalhar as merdas que fala. Está desesperado. A hora dele vai chegar.

  5. Bolsonaristas, que doença é essa onde vocês endossam simplesmente tudo que o presidente fala? Ficaram iguais aos petistas que sempre defenderam cegamente Lula e Dilma. Lamentável!

  6. O MST, E OS PETRALHAS, INVADIRAM MINISTERIO, IVADIRAM O STF, IVADIRAM PROPRIEDADE PRIVADA E PRODUTIVA, BLOQUEARAM DIVERSAS RODOVIAS FEDERAIS E A IMPRENSA NÃO FALARAM NADA, PORQUE?

    1. Se a imprensa não falou nada, então como você sabe disso? O oráculo te falou?

    1. E você é o ícone das fale news. O DEM é o PFL que já foi PDS que já foi ARENA, partido dos milicos golpistas que o teu bandido de estimação tanto ama. Informe-se antes de passar recibo de burro.

  7. É lamentável. Os líderes de todo mundo lamentando o episódio ao Capitol e Bolsonaro vem falar de fraude, roubo, mortos que votaram, etc. Isso não é postura de chefe de Estado. Sinceramente tem que aparecer alguém para fechar a boca desse cara.

  8. Por que o nhonho não explica o pseudônimo de Botafogo? Esse canalha não quer perder a teta, como a Globo perdeu. Chora, nhonho!

  9. Pelas caridade, omi, um safado desse querendo dar um de bom samaritano. Deixa o homem trabalhar.
    #bolsonaro2022

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Senado aprova voto de repúdio e senadora vai pedir anulação de sentença em caso Mari Ferrer

Foto: Reprodução/Intercept Brasil

O Senado decidiu também tomar providências em relação ao caso envolvendo a jovem Mariana Ferrer. Em uma decisão unânime, os senadores aprovaram nesta terça-feira, 3, um voto de repúdio contra o advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, defensor do empresário acusado de estuprar a jovem, o promotor Tiago Carriço de Oliveira, e o juiz Rudson Marcos, que absolveu o réu. A procuradora da Mulher do Senado, senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), informou ainda que pedirá a anulação da sentença.

A influenciadora digital Mariana Ferrer, de 23 anos, alega ter sido dopada e estuprada no camarote VIP de um beach club em Jurerê Internacional em dezembro de 2018. O empresário chegou a ser denunciado pelo Ministério Público e teve pedido de prisão temporária aceito pela Justiça, mas que acabou suspenso em segunda instância. Na prática, o voto de repúdio funciona como forma de pressão para que os órgãos responsáveis pelo caso tomem providências em relação aos três.

A iniciativa dos senadores ocorre paralelamente a outras medidas tomadas pelo Conselho Nacional de Justiça, que vai apurar a conduta do juiz, e do Conselho Nacional do Ministério Público, que ainda avalia uma representação contra o promotor de Justiça.

A decisão da 3ª Vara Criminal de Florianópolis que inocentou o empresário André Aranha da denúncia de estupro é de 9 de setembro, e o caso ganhou repercussão ontem após o site The Intercept Brasil divulgar detalhes da sessão de audiência onde o advogado Gastão insultou a jovem.

Com o argumento de que a relação foi consensual, a defesa do empresário exibiu, na audiência, fotos sensuais feitas pela jovem antes do episódio, e sem qualquer relação com o fato. O advogado de Aranha, Cláudio Gastão, chegou a dizer que a menina tem como “ganha-pão” a “desgraça dos outros”. Apesar das intimidações, o juiz não repreendeu.

Em determinada altura da audiência, a jovem chegou a implorar ao magistrado por respeito. “Excelentíssimo, estou implorando por respeito, nem os acusados são tratados do jeito que estou sendo tratada, pelo amor de Deus, gente. O que é isso?”.

O CNJ vai requisitar a íntegra do vídeo da audiência para analisar o comportamento do juiz durante todo o julgamento. Conselheiros afirmam que se ficar comprovado que ele permitiu a humilhação da vítima deverá receber uma punição exemplar.

Para o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, a sentença desonra a sociedade. “Esperamos que o Judiciário apure a responsabilidade dos agentes envolvidos e que a justiça brasileira seja instrumento de acolhimento, jamais de humilhação. Deixo aqui toda a minha solidariedade à vítima, a jovem Mariana Ferrer”, afirmou, via Twitter.

Essa sentença desonra a nossa sociedade. Esperamos que o Judiciário apure a responsabilidade dos agentes envolvidos e que a justiça brasileira seja instrumento de acolhimento, jamais de humilhação. Deixo aqui toda a minha solidariedade à vítima, a jovem Mariana Ferrer. — Davi Alcolumbre (@davialcolumbre) November 3, 2020

“Já pedimos que o Ministério Público estude a anulação dessa sentença. Não existe ‘estupro culposo’, essas coisas inventadas pelo juiz para proteger uma vítima que a sociedade repudia! Estupro é crime inafiançável! Que brincadeira é essa? A gente precisa ver expurgadas da vida jurídica deste país pessoas que desservem totalmente à Justiça, não têm respeito às mulheres”, afirmou Rose de Freitas.

Para o MP, não há “indicação nos autos acerca do dolo”, uma vez que a vítima não aparentaria estar fora de seu estado normal, “não afigurando razoável presumir que soubesse ou deveria saber que a vítima não deseja a relação” – linha de defesa que o Intercept chamou de “estupro culposo”. O MP disse, porém, que a absolvição não foi baseada no argumento de “estupro culposo” (sem intenção), mas “por falta de provas de estupro de vulnerável”.

“Não tem como assistir àquele vídeo e não se colocar no lugar da jovem. O sentimento foi de dor. Dor na alma da mulher brasileira, que se sentiu ferida na alma. Esse caso será contado no banco das universidades pelo simbolismo. Não está se discutindo se houve ou não o estupro. Tão grave quanto o ato cometido pelo réu contra a vítima, é o sistema judiciário brasileiro ter violentado a jovem como violentou. Foi um conjunto de violações”, disse a senadora Simone Tebet, em declaração à Rádio Senado.

Estadão

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Prefeito do Município de Cocal – PI emite nota de esclarecimento e repúdio

NOTA OFICIAL DE ESCLARECIMENTO E REPÚDIO

O atual Prefeito do Município de Cocal – PI, Rubens Vieira, foi surpreendido na data hoje com o compartilhamento, em alta dimensão, de trechos de um discurso de ódio e cheio de acusações levianas proferidas por adversário político quando da realização de Convenção Partidária Progressistas e MDB na data de ontem, no Município. O senhor José Maria Monção, ex-prefeito de Cocal-PI, expôs de maneira confessa um conjunto de irregularidades de seu grupo político, e tentou justificar suas ações realizando uma exposição indevida do atual Prefeito, pelo que merece total REPÚDIO em suas palavras e atos. Hoje, em um dia simbólico, em que se comemora a independência do Brasil, a população brasileira necessita refletir, a partir desse tipo de confissão, e afastar da vida política grupos de pessoas que não estão preocupadas com a causa pública. O Prefeito Rubens Vieira reafirma o seu compromisso com a população de Cocal, e se encaminha para o encerramento do segundo mandato, em uma gestão comprometida, com a aprovação de quase 80% (oitenta por cento) da população, e, com muitas obras e melhoria de qualidade de vida para a população cocalense. Esse sim, o povo cocalense, deve ser conhecido e propagado, nacionalmente, em sua dignidade, e lembrado e honrado através de políticas públicas e ações eficazes, como se fez nesses quase 08 (oito) anos.

Assessoria de Rubens Vieira, atual Prefeito de Cocal – PI

Opinião dos leitores

    1. Com certeza, Luladrao roubou alguns BILHÕES a mais do que esse inocente.
      # voltaLulapracadeia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Deputada Eudiane Macedo emite nota de repúdio contra prefeito de Encanto-RN: “fala preconceituosa, machista e homofóbica”

NOTA DE REPÚDIO

É com indignação que recebo, ao mesmo tempo em que repudio veementemente, a fala preconceituosa, machista e homofóbica do prefeito de Encanto Atevaldo Nazário da Silva a respeito da mulher, psicóloga, especialista em Gestão Pública em Saúde e presidente municipal do Republicanos Lídia Guedes. Apoiamos a decisão de Lídia Guedes em entregar o cargo de secretária municipal de Saúde e todas as demais decisões decorrentes deste fato lamentável. Exigimos respeito a todas as mulheres. Que sejamos julgadas por nossas capacidades e não por sermos quem somos ou por nossa vida particular.

Deputada estadual Eudiane Macedo
Secretária estadual das Mulheres Republicanas

VEJA MAIS – VÍDEO: Secretaria de saúde de Encanto-RN pede demissão do cargo após expor suposto áudio do prefeito com ofensas como “rapariga” e “liderança de porra nenhuma”

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Associação dos Oficiais Militares do RN publica nota de repúdio ao Colégio Marista, e fala em “grande irresponsabilidade e tendência ideológica”

NOTA DE REPÚDIO AO COLÉGIO MARISTA DE NATAL

A Associação dos Oficiais Militares do Rio Grande do Norte externa toda sua indignação com os atos de calúnia e difamação praticados pelo Colégio Marista de Natal a partir de questões postas em provas aplicadas pela escola.

Com grande irresponsabilidade e tendência ideológica, o referido colégio impôs aos alunos perguntas os induzindo a pensamentos que destoam, completamente, do trabalho desempenhado pelos militares.

Os operadores da segurança pública realizam fundamental trabalho em prol da sociedade, dos cidadãos e, sobretudo, em defesa da vida.

A postura do Colégio Marista de Natal choca e causa extrema revolta, essa instituição vai na contramão do processo democrático do país e (pior!) distorce a honrosa e digna profissão de militar.

Atitudes como dessa escola precisam ser coibidas ferozmente por toda sociedade, que é testemunha do destemido e importante trabalho dos operadores da segurança pública.

Natal, 2 de setembro de 2020

Associação dos Oficiais Militares do Rio Grande do Norte

Opinião dos leitores

  1. Ainda bem que li essa reportagem.tenho horror da ideologia comunista ,que é a raiz do mal.Estava até pensando em voltar a trabalhar como coordenadora pedagógica; iria levar o meu currículo para essa instituição de ensino,mas já que o comunismo chegou lá, vou não,quero não.Deus é mais.

  2. Ainda bem que li essa reportagem.tenho horror da ideologia comunista ,que é a raiz do mal.Estava até pensando em voltar a trabalhar como coordenadora pedagógica; iria levar o meu currículo para essa instituição de ensino,mas já que o comunismo chegou lá, vou não,quero não.Deus é mais.

  3. E A TAL LIBERDADE DE EXPRESSÃO?
    SÓ VALE PARA OS BOLSOMÍNIOS PEDINDO O FECHAMENTO DO STF E DO CONGRESSO?
    BOLSONARO E SEUS ALIADOS PODEM FALAR O QUE BEM QUISEREM E NINGUÉM PODE DIZER NADA QUE É ATENTADO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
    MAS QUANDO É AO CONTRÁRIO…
    "FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE FAÇO!"

    1. Vale pra jumento como você também. Você também é contra as Forças Armadas? É a favor fo que? De bandidos. Típica posição de um covarde.

    2. Típico comentário de um ignorante . Você sabe o que é liberdade de expressão e o que é doutrinação? Pra começar a liberdade de expressão não está valendo só pra aqueles que vc chama de bolsomínions, já que eles é que estão sendo presos por falar o que pensam. Vai estudar(não no Marista, senão vai ficar na mesma) depois fale de política. Por enquanto procure algo que você entenda , se é que vc entende de alguma coisa.

  4. Até no Marista o comunismo se infiltrou? Isso de se infiltrar nos orgaos de cultura é diretriz deles há muito tempo. Comunista nunca gostou de policia nem das FA. A diferença é que, com as redes sociais, os atos deles não são mais sorrateiros.

  5. O que precisa ser coibido é a intensa militância política direitista dentro dos quadros do oficialato PMRN. Reclamam dos antifascistas, mas esperneiam quando a carapuça cabe. As questões foram realistas e o colégio está de parabéns. Quem precisa de reformas para melhor contribuir com o progresso democrático brasileiros é essa corporação viúva do ridículo Regime Autoritário Cívico-Militar.

  6. O professor quis tirar os estudantes do lugar, além dos muros do Marista, sair do conto de fadas e mostrar a realidade que ocorre todos os dias na periferia do Brasil, as charges são o retrato fiel do racismo estrutural que impera na PM Brasileira. A carapuça serviu p os arrogantes de coturno e p os papis que acham que o mundo gira em torno de Alphaville, onde a polícia é humilhada e põe o rabo entre as pernas p os ricos, brancos e poderosos.

    1. Pede um senso de etnia do efetivo da PM para ver qual a prevalência. Negros e Pardos.
      Procura ver qual a etnia dos mortos mortos em maioria na PM. Negros e pardos.
      Procura saber qual o bairro que mora a maioria da tropa. Periferia.
      Para de conversar bosta e deixa de defender discurso de bandido vagabundo!

    2. Faltou ele mostrar os bandidos, que hoje no rio já está em número maior que o efetivo da polícia.

  7. A doutrinação é diária e não é só no colégio Marista não. Graças as mídias sociais as verdades têm aparecido. Sempre foi assim e só tem piorado. Antonio Gramsci foi perfeito no seu plano de como o comunismo/socialismo tomaria o poder. Isso é apenas um dos tentáculos ( a doutrinação da juventude). A maioria dos pais sequer tem noção do nível que pode chegar. A doutrinação sempre esteve presente, a diferença é que agora passamos a enxergar

  8. BG, cobre um posicionamento do Comandante Geral da PM do estado e do Delegada Geral da PC.

    Eles devem vim a público defender os nomes das corporações. Se não fizerem isso estarão envergonhandos seus comandados.

    Será que serão demitidos pela Governadora do PT?

    Terão que ser honrados para isso

  9. Para não ir muito longe façamos um levantamento de quantos Policiais morreram nos últimos 5 anos defendendo a sociedade e quantos padres do Marista foram vistos fazendo caridade nas ruas e aí ficará claro a quem nós devemos mais respeito e a quem devemos direcionar nossas críticas.

    1. Parabéns pelo seu comentário, Antônio. Está perfeito.

  10. Tirei todos os meus filho da instituição, qdo vi a qualificação decrescer tão rapidamente. Uma pena, tem muita história.

  11. E eu que pensava que se tratava de uma Escola Séria, me enganei totalmente infelizmente estar conrropida pelo mal, já alienando a juventude para no futuro não terem futuro

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Militares divulgam nota de repúdio contra o ministro do STF Gilmar Mendes

Foto: Reprodução/Ministério da Defesa

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e os comandantes das três Forças, Edson Pujol (Exército), Ilques Barbosa (Marinha) e Antonio Carlos Moretti (Aeronáutica) divulgaram no início da tarde desta segunda-feira (13) uma nota de repúdio contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes em razão de sua declaração no sábado (11) de que os militares coadunam com “genocídio” na pandemia do novo coronavírus.

“Comentários dessa natureza, completamente afastados dos fatos, causam indignação. Trata-se de uma acusação grave, além de infundada, irresponsável e sobretudo leviana. O ataque gratuito a instituições de Estado não fortalece a Democracia”, diz a nota. Os militares irão representar Gilmar na Procuradoria-Geral da República (PGR).

Além disso, o documento afirma que “genocídio é definido por lei como ‘a intenção de destruir, no todo ou em parte, grupo nacional, étnico, racial ou religioso’ (Lei nº 2.889/1956)”.

“Trata-se de um crime gravíssimo, tanto no âmbito nacional, como na justiça internacional, o que, naturalmente, é de pleno conhecimento de um jurista. Na atual pandemia, as Forças Armadas, incluindo a Marinha, o Exército e a Força Aérea, estão completamente empenhadas justamente em preservar vidas. Informamos que o MD [Ministério da Defesa] encaminhará representação ao Procurador-Geral da República (PGR) para a adoção das medidas cabíveis”, finaliza a nota.

Neste domingo, a CNN revelou a ampla insatisfação dos militares com as declarações de Gilmar. A nota de repúdio era pra ter sido divulgada no domingo (12), mas Azevedo refluiu, pois avaliou que poderia atrapalhar o processo de pacificação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com o STF. Nesta segunda-feira, houve uma reavaliação, e a nota foi divulgada.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. O STF precisa fazer uma "reunião de pauta" ou uma dura autocritica, o que eu acho muito dificil. Já não esconde sua antipatia pelo Presidente e agora se volta contra a instituição de maior credibilidade junto à população. Quando o povo reage e apoia o Presidente, diz que é ato "anti-democratico". Isso que o ministro Gilmar fez foi agressão. O pior é que se virar processo, será julgado pelos seus colegas.

  2. Gilmar mendes realmente passou dos limites .porém os militares são forças pra proteger o Brasil e seus brasileiros e não viés político como o presidente tá tornando a grande forças armadas .

  3. Mais uma vez o STF ultrapassa a linha na condução da crise, seus ministros não gozam de reputação perante a sociedade são duramente hostilizados quando se descuidam em aparecer em local público, o povo em sua imensa maioria desprezam esses senhores justamente pelo decisões truculentas e autoritárias contra cidadãos que pensam diferente, talvez dos 11 ministros uns 4 merecem o respeito e a admiração do povo , gostaríamos que esses cidadãos dessem uma melhor contribuição nesse momento de crise e instabilidade política, que dias melhores possam vir.

    1. Acho que você só escreveu besteiras e o Gilmar Mendes não falou nada além da verdade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RN emite nota de repúdio contra afirmações do Senador Styvenson Valentim

Foto: Reprodução/Instagram/Senador Styvenson Valentim

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte vem a público para repudiar as afirmações do Senador Styvenson Valentim quando acusa e generaliza a imprensa potiguar de “(…) porque a imprensa é suja, a imprensa do Rio Grande do Norte é baixa mesmo, é suja mesmo (…)” quando de uma fato ocorrido com um familiar seu, que não vem ao caso expor a família, como fez o Senador, infelizmente. Tais esclarecimentos poderiam ser feitos de outra forma, mais comedida, sem a publicidade que se tornou expondo a todos.

No Estado Democrático de Direito, a liberdade de expressão e imprensa são pilares que devem ser mantidos por todas as instituições para tornar claro os fatos e acontecimentos da nossa sociedade, principalmente quando envolvem agentes públicos. O Senador Styvenson, quando ainda militar da polícia e coordenador da blitz da Lei Seca, ganhou notoriedade através dos meios de comunicação o que o credenciou a ser candidato ao Senado Federal. Se tornando um agente público a sua visibilidade ficou ainda maior por defender bandeiras da moralidade, tendo que e ser capaz de tratar com sobriedade, sensatez e equilíbrio as críticas a ele imputadas.

O SINDJORN pede ao Senador Styvenson Valentim que se retrate da sua afirmação, revelando a sobriedade e equilíbrio de um agente público, considerando que há meios legais para agir se sentir-se atingido em críticas e comentários.

Alexandre Othon
Presidente SINDJORN

Opinião dos leitores

  1. Engraçado que fiz dois comentários sobre o ocorrido e o ADM não colocou nenhum!,diabo é isso homi

    1. Humilhante! Pior, a beneficiária do auxílio, enquadrava-se enquadrada nas normas vigentes – desempregada e sem rendas -.

  2. Melhor voto dado na eleição 2018.
    Arroche capitão, tem uns playboizinhos que tem espaço nos jornais e rádios do RN, que adoram as raposas Alves, Maia, Farias, Ciarlines, Rosado e etc….que levaram nosso estado para o buraco e ficam tentando
    desmerecer os que estão fora desse ciclo de atraso.
    Parabéns pela postura, qdo trabalhava na lei seca, depois qdo estava no batalhão que cuidou da escola e agora como senador.
    O sr. representa os cidadãos de bem do RN.

  3. Uma pessoa de bom senso teria feito o estorno do valor, emitido uma nota e resolvido internamente o problema familiar. Há problemas em toda família, que se resolvam internamente.

  4. Esse senador pedir desculpa? Podem esperar sentados… Quando era capitão, passava por cima de todo mundo, imagine agora. O povo do RN santificou esse rapaz, agora é relaxar e esperar só mais 7 anos e meio. Só.

  5. Amanhã ou depois a própria imprensa, que se diz agredida, usaria isso como palanque eleitoreiro favorável a sua situação, pois faz tempo que sabemos que nossa imprensa tem partido.

  6. Qual foi a mentira q ele falou ?
    A grande maioria (90%)se vende por um cargo (em algum gabinete)ou até mesmo por uma caixa de cerveja,imprensa podre essa nossa.

    1. Que verdade? esse cara é tão falso que quer passar por cima dos outros para se dar bem, até da irmã kkkkkkkkk o cara que passar por cima kkkkkkkkkkk moro 2

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Seturn repudia ato do Sintro que retardou o início das operações do serviço de transporte coletivo urbano em Natal no início da manhã desta sexta

NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (SETURN) repudia o ato realizado na madrugada desta sexta-feira (19) pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (SINTRO) que retardou o início das operações do serviço de transporte coletivo urbano na capital do Estado.

O ato se torna ainda mais agudo visto que, na noite de anterior, o SINTRO divulgou à sociedade que adiaria a greve anunciada para a data de hoje. Mas em contrapartida promoveu manifestações nas portas das garagens das empresas das 04:30h às 06:30h. Levando a justa expectativa de regularidade dos serviços pelos usuários para o campo da frustração.

Esse ato de militância do SINTRO gerou aglomerações nos pontos de embarque e desembarque no transporte público no início da manhã, configurando não apenas uma infração de ordem trabalhista, mas uma irregularidade sanitária.

Rogamos ao SINTRO a compreensão da quadra histórica em que vivemos para que retroceda na realização da greve ou, pelo menos, cumpra sua função social e na próxima segunda-feira (22) permita a circulação da quantidade de veículos indicada pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

O momento é de defender vidas e os empregos. O Sistema de Transportes de Natal encontra-se em colapso econômico, as empresas de ônibus deverão entrar em recuperação judicial. Após 3 meses da pandemia esgotaram suas reservas e realizam com atrasos o pagamento dos principais insumos, como salários e combustível, além estarem inadimplentes com todos os tributos e grande parte dos fornecedores.

Uma paralisação neste momento apenas acelerará a falência do setor, provocando a perda definitiva de todos os empregos e a convulsão do sistema de transporte público municipal. Caso o SINTRO não cumpra as diretrizes da Lei de Greve o setor provocará o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região para aplicar as medidas cabíveis, prevenir responsabilidades e reparar danos.

Natal/RN, 19 de junho de 2020.

SETURN

Opinião dos leitores

    1. E o tipo de atos que tiram o pão de cada dia de nossa messa tira o pão de cada dia de nossos filhos e corta nosso salário em mais de metade e o que seu hipócrita.

  1. Existe alguma lei em que presidentes de sindicatos podem receberem pedido de impeachment? Se existe me comuniquem através deste Blog, que pedirei a justiça que sejam expulsos a maioria dos que dirigem alguns dos piores sindicatos, principalmente pelos petistas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Turma Medicina UnP 2020.1 emite nota de repúdio após instituição negar colação de grau antecipada como parte do plano de contingência do Governo Federal ao coronavírus


Foto: Reprodução/Instagram

“Demonstramos aqui toda nossa indignação com uma faculdade que não tem nenhum compromisso com seus alunos”. Frase faz parte de nota de repúdio da Turma Medicina UnP 2020.1, em protesto contra a instituição de ensino superior na capital potiguar, ao negar, segundo os graduandos, colação de grau antecipada, atendendo apelo do Governo Federal para auxílio e suporte no combate ao coronavírus. Veja íntegra de manifesto abaixo:

Opinião dos leitores

  1. Milhares de recém formados, que terminaram seus cursos nas mais variadas áreas da saúde (enfermagem, medicina, fisioterapia, etc) em 2019, tentando entrar no mercado de trabalho, aí vem essa estupidez para adiantar a formatura de graduandos que não concluíram seus cursos, e os já formados qdo tentam alguma oportunidade de trabalho esbarram na cobrança de experiência!!!! Qta falta de visão!!!! O concurso do EBserh obteve dezenas de milhares inscritos em todo o Brasil, e todos já FORMADOS….

    1. NECESSIDADE OU OPORTUNISMO?
      Perfeito seu comentário amigo. Se justificaria tais medidas urgentes e excepcionais se, e somente se, não tivéssemos um exercito de reserva pronto para ser absorvido, esperando só a sinalização para isso.
      O contrário não passa de oportunismo típico dos tempos em que encontram-se mercantilizados os valores e se procura a todo modo se levar vantagem, mesmo em situações em que isso revela um profundo traço de desumanidade de quem se espera ter um sentimento de empatia profundo para com o outro, com a humanidade.

  2. O caminho é a oficialização massiva pelos alunos… se organizem.
    Entrem com pedido liminar cautelar.

  3. Tem que completar tudo!!! Ficam com esse discurso de ajudar em pandemia. Querem é se formar sem fazer o que todos os outros fizeram. E não vão trabalhar em PN de pandemia. Vai abrir seus consultórios caros com o dinheirinho de Papai e cobrar 500 reais s consulta

  4. Tive que viver pra ver gente defendendo que médicos se formem sem terminar o curso! Olha que beleza!!! E não importa qual o %. Se está lá no currículo, é pra fazer!!!!!!!! Imagina a qualidade de médico que vai sair. Uma desgraça

  5. A UnP passou de "referência institucional do ensino superior" para "ralé das escolas de formação". Impressionante! Compromisso com a qualidade acadêmica ZERO! Tudo lá dentro é um faz de conta. Fechará as portas em breve.

  6. A UnP não está preocupada com a formação dos alunos e nem tão pouco dos futuros médicos, ela (UnP) está preocupada com o dinheiro dos alunos . É assim que ela funciona , o dinheiro em primeiro lugar, mas se o governo der dinheiro para ela, mun instante a UnP mudaria de ideia…. antecipação de formatura é funga de receita, ou seja, que se… o mundo.

  7. Dinheiro amigos, dinheiro. A UNP não vai antecipar a formatura de dezenas de alunos que pagam quase 9.000 reais por mês de mensalidade. nessa hora o altruísmo e solidariedade padecem dentro da UNP. ali primeiro vc paga e depois tem direito a alguma coisa.

  8. Ainda o refrão surrado de Geraldo Vandré? Que pena, a mentalidade política desses ativistas cheira a mofo.

  9. Vão estudar! Medicina não é brincadeira, muito menos passa tempo que pode se adiar ou antecipar formatura.

    1. Cara tu leu a matéria?
      Falta pouco mais de 4 (quatro) %,
      para concluírem a faculdade de medicina… E as aulas estão em forma EAD….. A UNP só quer as mensalidades……

      Presta atenção antes de falar tanta merda….

    2. Esses formandos só estão faltando cumprir 4% da carga horária escolar, cumpriram 96%, portanto, nesse momento de escassez de profissionais de saúde, a UNP poderia dá a contribuição com a sociedade, antecipando suas formaturas, como fizeram a UERN e UFRN. Com certeza, as contribuições deles para manutenções de vidas nessa pandemia, seria mais um fôlego dos que se encontrarem com casos mais graves dessa doença perversa.

  10. O governo tem que investir muito mais em abertura de vagas no curso de medicina. Muita gente boa que desistiu do curso de medicina devido ao nível de dificuldade .
    Na maioria quem consegue é o pessoal que tem condições de pagar colégio e cursinhos particulares.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Grupo emite nota de repúdio contra humoristas após citação sobre banda com autistas

 

Ver essa foto no Instagram

 

E SE FOSSE SEU FILHO?? #Repost @danielamendoncaoficial with @make_repost ・・・ #Repost @juntos_grupo (@get_repost) ・・・ ❌NOTA DE REPÚDIO . . O JUNTOS GRUPO vem a público REPUDIAR os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes ( @odihhlopes ) Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla, que vem sendo compartilhados nas redes sociais. Os dois comediantes citados acima zombam de pessoas com deficiência, de forma capacitista, discriminatória e humilhante. Tão desprezível quanto a dupla de comediantes é a plateia, que ainda acha graça. É lamentável que em pleno séc XXI ainda tenhamos que enfrentar tamanho desrespeito e falta de empatia. :: :: Contamos com o apoio dos nossos parceiros, colaboradores e seguidores para denunciar essa dupla e o desserviço que eles prestam às pessoas com deficiência e nossa luta contra o capacitismo. #juntosgrupo #esefosseseufilho @pepozylber @correndopeloautismo @papointerior @_especialidades

Uma publicação compartilhada por Papo Interior (@papointerior) em

O JUNTOS GRUPO, através da rede social Instagram, repudia os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes, com os vídeos que vem sendo compartilhados nas redes sociais que fazem piadas de pessoas com deficiência, “de forma capacitista, discriminatória e humilhante”. Em trechos que circulam na Web, banda com autistas é citada. “Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla”, diz nota.

Veja íntegra:

O JUNTOS GRUPO vem a público REPUDIAR os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes ( @odihhlopes ) Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla, que vem sendo compartilhados nas redes sociais. Os dois comediantes citados acima zombam de pessoas com deficiência, de forma capacitista, discriminatória e humilhante. Tão desprezível quanto a dupla de comediantes é a plateia, que ainda acha graça. É lamentável que em pleno séc XXI ainda tenhamos que enfrentar tamanho desrespeito e falta de empatia. :: :: Contamos com o apoio dos nossos parceiros, colaboradores e seguidores para denunciar essa dupla e o desserviço que eles prestam às pessoas com deficiência e nossa luta contra o capacitismo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O JUNTOS GRUPO, através da rede social Instagram, repudia os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes, com os vídeos que vem sendo compartilhados nas redes sociais que fazem piadas de pessoas com deficiência, “de forma capacitista, discriminatória e humilhante”. Em trechos que circulam na Web, banda com autistas é citada. “Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla”, diz nota. Veja íntegra: O JUNTOS GRUPO vem a público REPUDIAR os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes ( @odihhlopes ) Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla, que vem sendo compartilhados nas redes sociais. Os dois comediantes citados acima zombam de pessoas com deficiência, de forma capacitista, discriminatória e humilhante. Tão desprezível quanto a dupla de comediantes é a plateia, que ainda acha graça. É lamentável que em pleno séc XXI ainda tenhamos que enfrentar tamanho desrespeito e falta de empatia. :: :: Contamos com o apoio dos nossos parceiros, colaboradores e seguidores para denunciar essa dupla e o desserviço que eles prestam às pessoas com deficiência e nossa luta contra o capacitismo. [Arrasta para o lado e veja vídeo.]

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

Opinião dos leitores

  1. Lamentavel a postura desses aí (Porque não da p chamar de ser humano) p ser humorista precisa ter inteligência, coisa que falta p ESSES , vê se os verdadeiros humoristas fazem piadas c pessoas portadora de transtorno ou em tratamento de uma doença seria, todos lutando por dias melhores e vem ESSES M…. defecarem. Pela boca, volta p o útero de quem botou vcs p fora e se tornem gente ou tenta saber da luta diária de uma pessoa c deficiência, ou c um problema de saúde sério, revertem o caso , porque não haverá um dia se quer que vcs tentaram fazer suas piadas lixo que não vao lembrar da tristeza e decepção que causaram.

  2. Triste, muito triste meu Deus, sinto nojo as vezes de pertencer a essa tal raça dita humana.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

MINUTA: Álvaro Dias “rasga” Plano Diretor, ignora participação social e 28 entidades assinam nota de repúdio

Foto: Alex Régis / Secom

É destaque no Saiba Mais nesta sexta-feira(21). A minuta do Plano Diretor de Natal apresentada pelo prefeito Álvaro Dias (MDB) na quinta-feira (20), em audiência pública, foi considerada uma afronta aos moradores da cidade. A prefeitura desconsiderou as contribuições apresentadas durante os Grupos de Trabalho e, ao invés de uma revisão, entregou outro plano diferente do que vinha sendo debatido.

A denúncia contra Álvaro Dias é feita por diversas organizações e entidades ligadas à preservação do meio ambiente em Natal. Uma nota assinada por 28 entidades demonstra o repúdio e o descontentamento dos profissionais que participaram das discussões e, ao final, foram ignorados no projeto apresentado pela prefeitura.

Clique aqui e confira a nota assinada pelas 28 entidades, via Agência de Reportagem Saiba Mais.

Opinião dos leitores

  1. Para aprovação do plano diretor essas 28 entidades têm o peso decisório de uma pena de uma pena de urubu. Com "impacto" ou sem ele, quem tem a prerrogativa de deliberar, votar, rejeitar, aprovar ou vetar tudo são os vereadores em plenário. O resto é lorota para tirar proveito em ano de eleição.

  2. Considerando quem assinou a nota ainda bem que o Prefeito desprezou a "colaboração" que eles deram.

  3. O prefeito Álvaro Dias vem de uma família dono de Construtoras. Portanto não é de se espantar, que ele puxe a Sardinha para os empresários da Construção Civil . Os interesses da sociedade não são levados em consideração, para que de forma democrática possam atualizar o Plano de Diretor da cidade do Natal. Muitos interesses estão em jogo. Cadê o Ministério Público para acompanhar mais essa lambança política. No passado isso deu cadeia pra muita gente.

  4. Era por isso toda a pressa e nervosismo para destruir o Hotel Reis Magos.
    Essa historinha está só no começo.
    Esse Prefeito é do time de Henriquinho Eduardo. Não esqueçam que quem manda na Prefeitura ainda é o da tornozeleira eletrônica.

  5. São exatamente essas entidades que promovem o atraso de Natal. Eles querem manter as praias urbanas do jeito que estão, as restrições atuais absurdas que levaram ao atraso de Natal. A proposta do Plano Diretor traz ideias inovadoras e modernas , que já foram implantadas em São Paulo e Curitiba, como fachadas ativas, corredores urbanísticos e aumento do potencial construtivo em 32 bairros. Apoiar esse manifesto, BG, é apoiar o atraso.

  6. BG, o que é isso? Tá na cara que você, doidinho pra um dia ser prefeito de Natal, fica fazendo essa guerra contra nosso Prefeito. Não se iluda não e não queira iludir o povo com essa pesquisa fajuta. Continue fazendo o que sabe fazer: copiar notícias e repassar.

  7. Kd a participação da sociedade? Palhaço!
    A sociedade tem que participar sim.
    AlLÔ ALÔ MP!
    Deve estar passando muita água por debaixo dessa ponte pra querer empurrar de goela a baixo esse plano diretor!

  8. Já era de se esperar. 28 entidades de esquerda, a turma do atraso. Ainda faltam alguns da turma da esquerda a se manifestar contra.

  9. Por isso que q a cidade não vai pra frente. Ambientalistas de esquerda como sempre do contra. Turma da UFRN, etc. Vá em frente Prefeito, coloque o plano pra aprovar pra Natal sair do atraso

  10. Confesso que não li nenhuma das propostas, nem essa apresentada e nem a reclamada. No entanto, entre as entidades reclamantes estão muitas das abraçadas com o atraso da cidade. Se assim for, dependendo do conteúdo da proposta, parabéns ao prefeito.

  11. Pelo que li da prostata desse Plano Diretor me pareceu um fiasco, todos esperando algo moderno e pensado no futuro. Aumento de gabarito de 90 pra 100m. Onde isso vai atrair construtoras se em Joao Pessoa por exemplo o ceu e o limite? Por isso a cidade esta crescendo a passos largos e Natal ficando pra tras.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

POLÊMICA – (VÍDEO): Rede de Grêmios do IFRN emite nota de repúdio contra reitor e diretora geral por “ato infantil” após votação

A Rede de Grêmios do IFRN, através de nota, classificou como “ato infantil que menospreza a democracia”,um registro em que aparece o reitor do IFRN Wyllys Farkatt e a Diretora Geral do IFRN – Campus São Gonçalo do Amarante, Marilac de Castro. Acompanhados de alunos, aparecem num vídeo publicado no Instagram por uma professora do IFRN, em ritmo de “Voto nulo é o carai”, que faz referência aos 240 votos nulos e brancos que a diretora, candidata única ao cargo, obteve na recente consulta a Diretor Geral no referido campus. Leia abaixo íntegra da nota e vídeo.

NOTA DE REPÚDIO

A Rede de Grêmios do IFRN vem por meio desta nota repudiar o ato infantil que menospreza a democracia realizado pelo reitor do IFRN Wyllys Farkatt e a Diretora Geral do IFRN – Campus São Gonçalo do Amarante, Marilac de Castro. Ambos, acompanhados de alunos entoaram num vídeo, publicado no Instagram por uma professora do IFRN, a frase “Voto nulo é o carai”, que faz referência aos 240 votos nulos e brancos que a diretora, candidata única ao cargo, obteve na recente consulta a Diretor Geral no referido campus. Condenamos essa ação chula e baixa contra democracia que desligitima sem qualquer pudor o voto de 240 pessoas, pois como era chapa única votar nulo, nesse caso, é demonstrar por meio do exercício democrático de direito as insatisfações da comunidade acadêmica quanto à gestão da referida diretora.

Portanto, vale salientar que gritar contra a democracia é gritar contra o IFRN, é gritar contra os estudantes, é gritar contra a cidadania, é desrespeitar o código de ética do servidor e manchar vergonhosamente a estrutura e a imagem do Instituto. Temos certeza de que o gestor e suas palavras de baixo calão para deslegitimar o voto de um grupo não representam essa instituição centenária e seu legado de ensino crítico e de qualidade.

Por isso a REGIF vem demostrar solidariedade a toda a comunidade acadêmica do Campus São Gonçalo do Amarante e reafirmar que não nos calaremos diante dessa arbitrariedade ridícula, infantil, chula, inconsequente, irresponsável, falsa e completamente condenável, e que não permitiremos que essas ações bárbaras e antiéticas se perpetuem no ambiente do IFRN.

 

Ver essa foto no Instagram

 

A Rede de Grêmios do IFRN, através de nota, classificou como “ato infantil que menospreza a democracia”,um registro em que aparece o reitor do IFRN Wyllys Farkatt e a Diretora Geral do IFRN – Campus São Gonçalo do Amarante, Marilac de Castro. Acompanhados de alunos, aparecem num vídeo publicado no Instagram por uma professora do IFRN, em ritmo de “Voto nulo é o carai”, que faz referência aos 240 votos nulos e brancos que a diretora, candidata única ao cargo, obteve na recente consulta a Diretor Geral no referido campus. Leia abaixo íntegra da nota e vídeo. NOTA DE REPÚDIO A Rede de Grêmios do IFRN vem por meio desta nota repudiar o ato infantil que menospreza a democracia realizado pelo reitor do IFRN Wyllys Farkatt e a Diretora Geral do IFRN – Campus São Gonçalo do Amarante, Marilac de Castro. Ambos, acompanhados de alunos entoaram num vídeo, publicado no Instagram por uma professora do IFRN, a frase “Voto nulo é o carai”, que faz referência aos 240 votos nulos e brancos que a diretora, candidata única ao cargo, obteve na recente consulta a Diretor Geral no referido campus. Condenamos essa ação chula e baixa contra democracia que desligitima sem qualquer pudor o voto de 240 pessoas, pois como era chapa única votar nulo, nesse caso, é demonstrar por meio do exercício democrático de direito as insatisfações da comunidade acadêmica quanto à gestão da referida diretora. Portanto, vale salientar que gritar contra a democracia é gritar contra o IFRN, é gritar contra os estudantes, é gritar contra a cidadania, é desrespeitar o código de ética do servidor e manchar vergonhosamente a estrutura e a imagem do Instituto. Temos certeza de que o gestor e suas palavras de baixo calão para deslegitimar o voto de um grupo não representam essa instituição centenária e seu legado de ensino crítico e de qualidade. Por isso a REGIF vem demostrar solidariedade a toda a comunidade acadêmica do Campus São Gonçalo do Amarante e reafirmar que não nos calaremos diante dessa arbitrariedade ridícula, infantil, chula, inconsequente, irresponsável, falsa e completamente condenável, e que não permitiremos que essas ações bárbaras e antiéticas se perpetuem no ambiente do IFRN.

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

NOTA DE REPÚDIO . A Rede de Grêmios do IFRN vem por meio desta nota repudiar o ato infantil que menospreza a democracia realizado pelo reitor do IFRN Wyllys Farkatt e a Diretora Geral do IFRN – Campus São Gonçalo do Amarante, Marilac de Castro. Ambos, acompanhados de alunos entoaram num vídeo, publicado no Instagram por uma professora do IFRN, a frase “Voto nulo é o carai”, que faz referência aos 240 votos nulos e brancos que a diretora, candidata única ao cargo, obteve na recente consulta a Diretor Geral no referido campus. Condenamos essa ação chula e baixa contra democracia que desligitima sem qualquer pudor o voto de 240 pessoas, pois como era chapa única votar nulo, nesse caso, é demonstrar por meio do exercício democrático de direito as insatisfações da comunidade acadêmica quanto à gestão da referida diretora. Portanto, vale salientar que gritar contra a democracia é gritar contra o IFRN, é gritar contra os estudantes, é gritar contra a cidadania, é desrespeitar o código de ética do servidor e manchar vergonhosamente a estrutura e a imagem do Instituto. Temos certeza de que o gestor e suas palavras de baixo calão para deslegitimar o voto de um grupo não representam essa instituição centenária e seu legado de ensino crítico e de qualidade. Por isso a REGIF vem demostrar solidariedade a toda a comunidade acadêmica do Campus São Gonçalo do Amarante e reafirmar que não nos calaremos diante dessa arbitrariedade ridícula, infantil, chula, inconsequente, irresponsável, falsa e completamente condenável, e que não permitiremos que essas ações bárbaras e antiéticas se perpetuem no ambiente do IFRN.

Uma publicação compartilhada por Rede de Grêmios do IFRN (@regif_ifrn) em

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

DCE/UFRN emite nota de repúdio contra decisão judicial que indenizou em R$ 40 mil professor alvo de polêmica com aluna

Foto: Reprodução

O Diretório Central dos Estudantes da UFRN e outros centros acadêmicos enviaram nota de repúdio contra a decisão judicial que determinou que a UFRN pague R$ 36 mil e o chefe de Departamento de Ciências Sociais, César Sanson, pague R$ 4 mil a título de danos morais ao professor Alípio Sousa Filho, em episódio que ganhou a mídia após ele ter sido contra uma aluna estar coma  filha de 5 anos em sala de aula.

Após a decisão, publicada em primeira mão pelo Justiça Potiguar na última terça-feira, 3,  o Diretório Estudantil manifestou repúdio ao desfecho do episódio.

Confira aqui a nota na íntegra no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. A justiça foi feita. Alípio, que não vejo há muito tempo, sempre foi uma pessoa correta, um bom profissional.

  2. Concordo plenamente com a decisão judicial, imagine se quem não tivesse com quem deixar seu filho, levasse pra sala de aula, como é que seria essa sala de aula.
    Decisão judicial, se cumpre.

  3. Decisão da Justiça se cumpre. Se couber recurso, recorre-se. Os deusesinhos ficaram melindrados. Ninguém escapa da Justiça. Nem mesmo os seus servidores.

  4. Lamentável fato. Fui aluno ali e vi muitas vezes professores transgredirem os limites de suas atividades e desrespeitarem os alunos. Atraso, bate-boca, aulas não aplicadas, passar trabalho ao invés de dar uma verdadeira aula, faltas injustificadas. O aluno ali é tratado sem respeito. Com certeza a aluna levou a filha pois não teria opção de onde deixar a menor. É crime não cuidar de menor incapaz.

  5. BG
    Decisão da justiça se cumpre, esses que assinaram a nota de repudio deveriam serem penalizados também, pois estão infringindo a Lei com suas insensatezes e fazendo enfrentamento a justiça.

    1. Agora deu! Decisão judicial se cumpre, sim. Mas isso não quer dizer que não pode ser criticada, como vocês Minions criticaram a decisão do STF sobre a prisão após o trânsito em julgado da ação penal.

    2. Decisão judicial só se cumpre quando vai de acordo como nosso espectro ideológico, quando é contrária é questionado. (Brasil, 2020)

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *