Polícia

VÍDEO mostra mulher grávida agredida por marido tentando se jogar pela janela no RJ; homem foi preso em flagrante

Fotos: Reprodução/rede social

O soldador e motorista de aplicativo Vitor Batista, de 32 anos, foi preso por agredir a mulher grávida de três meses em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, nesta terça-feira (14). Os momentos de desespero vividos por Maria José, de 35 anos, foram filmados pelos vizinhos. Nas imagens, a vítima chega a tentar pular a janela.

Na Delegacia de Atendimento à Mulher, Vitor alegou que era “apenas uma briga de casal”.

Maria José contou que apanhou com frequência, ao longo de toda a relação de quase dois anos. Em maio, para fugir da violência, ela disse que se jogou da janela do apartamento no segundo andar — cena quase se repetiu, mas agora registrada pelos vizinhos.

“Ele tinha ciúme e era muito possessivo, não me deixava ir para rua, só para o trabalho. Inclusive perdi meu emprego. No que ele me agredia, eu ficava marcada e não podia trabalhar. Eu inventava desculpas, porque eu ficava dentro de casa”, conta Maria José.

Segundo a polícia, a ação dos vizinhos foi fundamental para a prisão do agressor.

Vídeo abaixo:

Pedido de socorro em papel

Na segunda-feira (13), Maria José chegou a atirar um papel com um pedido de socorro pela janela. O agressor viu e disse que iria matá-la, segundo a delegada Fernanda Fernandes, da Deam.

“Ela disse que já vinha sofrendo agressões durante a semana, mas que ontem ele teria agredido o filho dela e começou uma discussão. Hoje essa discussão continuou e o autor agrediu ela novamente. Ela tentou se jogar da novamente da janela para fugir dessas agressões”, disse Fernanda.

“Talvez se os vizinhos não tivessem denunciado, filmando, a vítima não teria sobrevivido”, completou a delegada.

Maria José afirmou que acreditava em uma mudança de comportamento do companheiro.

“A gente sempre acredita que a pessoa possa vir a mudar, só que o tempo continua a agressão, e a ficha vai caindo. E só piora. Eu não tinha coragem. Eu tinha vergonha”, disse a vítima.

G1

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Bandidos em veículo cercam família com mulher grávida, e roubam carro na Zona Sul de Natal

Foto:Ilustrativa

Uma enfermeira e professora, que está grávida, teve o carro roubado por quatro criminosos armados no conjunto dos professores, em Capim Macio, Zona Sul de Natal, na noite dessa terça-feira (4). Ela estava no veículo Fox, de cor preta, com o filho de cinco anos, o marido e com duas tias,  De acordo com informações preliminares, as vítimas foram cercadas pelos bandidos que chegaram em uma caminhonete.

Segundo a mulher grávida, os quatro criminosos estavam armados, eram agressivos e chegaram a empurrá-la durante o assalto. Na ação criminosa, além do carro, os marginais roubaram documentos, celulares e outros pertences. O veículo foi recuperado pela polícia entre o Tirol, na Zona Sul, e Mãe Luíza, na Zona Leste da capital potiguar. Um dos suspeitos, de 21 anos, foi preso pela polícia. Os outros três conseguiram fugir.

Opinião dos leitores

  1. O (des)governo da "professora" Fátima está um CAOS, a população está amedrontada e encarcerada, enquanto os indices de criminalidade está nas alturas! Virou rotina assaltos e assassinatos na capital potiguar, e o governo do estado (responsável pela segurança) nada faz. As únicas ações efetivas para a redução da criminalidade foi originária do Ministro Sérgio Moro, que conseguiu (apesar da oposição) diminuir o potencial financeiro do crime organizado…
    Salvem o RN! Fora Fatão!

    1. De fato… ate lula ta solto depois de tantos crimes.

    2. A violência caiu muito no país e menos no Nordeste … Será que tem a ver com os governantes (que são os responsáveis pela segurança pública nos Estados) serem de esquerda?

  2. Indignantante! Algumas comunidade são recorrentes como refúgios pra esse tipo de crime. Seria tão fácil monitorar por câmeras. O custo seria irrisório para o contribuinte, já que seus prejuízos da ação criminosa são gigantescos, às vezes até tem suas vidas ceifadas. Verdadeiro descaso.

    1. Acho que camera nao resolve… todo dia se expõe na TV a bandidagem artista, seja a que rouba com violencia, seja a de colarinho branco do PT. Hoje ja tem diariamente o BBB (Big Bandidagem Brasil) nos jornais e algumas pessoas ate defendem o bandido como se fossem fãs…. Camera nao tem o poder de inibir o roubo, a violencia ou a corrupcao pra quem nao teme a lei. Bandido so teme a PM e alguns poucos juizes que impõe a lei.

    2. Pois é. Como ninguém nisso?!?!!? Fácil, rápido, barato. Só má vontade em implantar e resolver o problema. Colocar câmeras em Mão Luiza, Mosquito… Genial.
      É cada um.

    3. As câmeras já estão instaladas nas ruas pela inciativa privada: comércios e condomínios residenciais. O problema é que o Governo Fátima extinguiu a parceria que a CDL fez para que o CIOSP tivesse acesso as imagens dessa câmeras em tempo real.

    4. Como distorcem as coisas esses adoradores de criminosos. monitoramento, inibe e auxilia a ação da polícia, diminuindo custos de operação, tornando-a mais eficiente. É a arma mais letal mais usada contra a criminalidade em países de 1o mundo, lógico, que em conjunto instataneidade da ação policial. Vc quase não vê policial nas ruas, mas qualquer ocorrência aparece polícia de tudo que é lado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *