FOTOS: Janela despenca de prédio da Sesed na rua Apodi

Fotos: Cedidas

Um leitor que pediu que sua identidade fosse preservada entrou em contato com o blog nesta quinta-feira(14) para relatar que durante essa manhã uma das janelas do prédio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), na rua Apodi, caiu em cima da cobertura de alumínio da garagem do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Norte (Ipern).Um perigo.

No local passam dezenas de pessoas, diariamente. Por sinal, lá trabalham pessoas na reforma do piso da garagem e, por um milagre, ninguém estava na hora.

Conforme em destaque, o prédio de onde a janela caiu apresenta uma situação duvidosa para atividade. Nitidamente, há uma necessidade de avaliação de sua estrutura. “Deveria ser interditado e licitado seu uso, só assim uma empresa privada assumiria pra restaurar”, disse o leitor.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Quem se vê obrigado a trabalhar neste prédio poderia muito bem se recusar a fazê-lo, e por justa causa. Desde que deixou de funcionar como centro clínico do Ipern, há cerca de dezoito anos, nunca este prédio passou por processo de desinfecção hospitalar, ou algo que o valha. Precisa dizer mais alguma coisa?

  2. Avante Brasil disse:

    É melhor implodir antes q os tombadores do patrimônio histórico de plantão apareçam!

Mulher é presa em Mossoró após jogar filha recém-nascida pela janela de apartamento

É destaque no portal G1-RN nesta segunda-feira(18). Uma mulher de 22 anos foi presa em Mossoró, na região Oeste potiguar, suspeita de matar a própria filha, um bebê recém-nascido. Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu logo depois que a mulher deu à luz, na tarde desse domingo (17). De acordo com a polícia, depois que a menina nasceu, a suspeita a arremessou pela janela do apartamento em que morava, no 3º andar, no bairro Planalto. O bebê foi encontrado na área comum do condomínio, morto. Veja mais detalhes aqui

Mãe joga filhos de 4 e 7 anos do 15º andar: ´Estava de saco cheio´

Imagem do site LifeNews.ru mostra a mulher que atirou os filhos pela janela - Reprodução/LifeNews.ruUma mulher de 30 anos foi presa em Moscou, capital da Rússia, sob acusação de ter atirado seus dois filhos pela janela do 15º andar do prédio em que mora. As duas crianças, de 4 e 7 anos, morreram antes da chegada de médicos ao local. A informação é do jornal russo LifeNews.ru.

De acordo com testemunhas, a mulher, Galina Ryabkova, disse que atirou as crianças porque estava de “saco cheio” delas. O jornal britânico Daily News informa ainda que ela teria decidido “se livrar delas (das crianças)”.

A ação foi parcialmente registrada no circuito interno de segurança do prédio. As imagens mostram uma das crianças atingindo o solo, no canto do vídeo. Momentos depois, a mãe aparece caminhando pela entrada do edifício calmamente, com uma expressão facial descrita como “sem emoção”. Ela tenta deixar o local mas os vizinhos a detêm, como aparece nas imagens.

“Eu estava perto da janela e ouvi uma grande batida”, disse Tatiana Gumanyova, que também mora no prédio, ao LifeNews. “Não prestei atenção, porque pensei que a criança só tinha tropeçado e caído. Mas então eu ouvi uma nova batida”, afirmou.

Um outro vizinho disse ao jornal que a mãe estava calma até a polícia chegar. “Minha mulher me acordou e disse que havia crianças caindo. Nós corremos e vimos duas crianças no chão em frente à porta principal, no mesmo momento em que ela estava deixando o prédio. Nós perguntamos se aqueles eram seus filhos e ela respondeu, sem emoção, ‘Sim, eu os atirei'”.

A mulher foi detida pela polícia, que chegou momentos depois. Ela morava no oitavo andar do prédio com as crianças e o marido, que estava fora da cidade em uma viagem a trabalho. Segundo o jornal russo, ela teria subido ao 15º andar para atirar os filhos. Ela foi enviada a um hospital psiquiátrico.

Fonte: Estadão

Turista surta e atira cachorros de estimação pela janela do prédio

Crédito: Rogério Soares/A Tribuna

De férias no Guarujá, uma turista gaúcha de 53 anos teve um surto psicótico e, no final da madrugada desta quarta-feira, 11, atirou seus dois cachorros de estimação pela janela do décimo andar do apartamento onde estava hospedada,  na praia de Pitangueiras. Os cães, um basset de 16 anos e um pinscher de 6, morreram na hora.

Segundo os vizinhos, desde as 21h de terça-feira a mulher apresentava sinais de desequilíbrio. Eles notaram barulhos no apartamento da turista e chamaram a polícia quando perceberam que ela arremessava coisas pela janela.

Antes de jogar os animais, ela já havia atirado um colchão e eletrodomésticos, entre outros objetos, segundo o jornal A Tribuna, de Santos. Um homem foi atingido. Ele foi medicado, teve alta e não quis registrar ocorrência.

Soldados do Corpo de Bombeiros arrombaram a porta do apartamento para conseguir contê-la. A mulher, portadora de distúrbio bipolar, segundo parentes informaram aos investigadores, teve que ser sedada e permanecia no pronto-socorro até começo da tarde desta quarta-feira. A família da gaúcha está a caminho do Guarujá para prestar assistência.

Fonte: Estadão

Preso é transportado em viatura sem vidro na janela

 Essa cena reflete bem a situação de parte do Sistema Penitenciário do Estado. O narrador esportivo, blogueiro e colunista Marcos Lopes flagrou um preso sendo transportado na tarde desta quinta-feira (5) em uma viatura sem o vidro traseiro.

Só faltava pular pela janela e sair correndo. Vale lembrar que recentemente acompanhamos disque-sexo e ainda a rede do tráfico com direito até a caderneta para os devedores.

O Estado precisa de segurança!