Polícia

Homem é assassinado com cerca de 10 tiros durante partida de futevôlei em Natal

O portal G1-RN noticia nesta sexta-feira(17) o assassinato de um homem durante uma partida de futevôlei que acontecia no fim da tarde dessa quinta-feira (16) em uma praça do conjunto Nova Natal, na Zona Norte da capital potiguar. De acordo com informações preliminares, a vítima estava sentada em um banco, aguardando a vez de jogar. Na ocasião, os ocupantes de um carro sem placas se aproximaram, pararam na praça e já saíram atirando.

A delegada Michelle Barros, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que duas pessoas foram atingidas, sendo que uma delas apenas no pé. Para a polícia, os tiros eram direcionados a Clézio de Souza Filho, de 36 anos, que foi atingido por cerca de 10 tiros em várias partes do corpo e na cabeça. Ele ainda chegou a ser socorrido por outros atletas e levado ao hospital em um carro particular, mas não resistiu e morreu.

De acordo com a polícia, Clézio não tinha antecedentes criminais, nem suspeita de envolvimentos com ações ilícitas. Familiares também não souberam apontar possíveis inimigos. A polícia trata o caso como execução.

Com G1-RN

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO mostra mulher grávida agredida por marido tentando se jogar pela janela no RJ; homem foi preso em flagrante

Fotos: Reprodução/rede social

O soldador e motorista de aplicativo Vitor Batista, de 32 anos, foi preso por agredir a mulher grávida de três meses em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, nesta terça-feira (14). Os momentos de desespero vividos por Maria José, de 35 anos, foram filmados pelos vizinhos. Nas imagens, a vítima chega a tentar pular a janela.

Na Delegacia de Atendimento à Mulher, Vitor alegou que era “apenas uma briga de casal”.

Maria José contou que apanhou com frequência, ao longo de toda a relação de quase dois anos. Em maio, para fugir da violência, ela disse que se jogou da janela do apartamento no segundo andar — cena quase se repetiu, mas agora registrada pelos vizinhos.

“Ele tinha ciúme e era muito possessivo, não me deixava ir para rua, só para o trabalho. Inclusive perdi meu emprego. No que ele me agredia, eu ficava marcada e não podia trabalhar. Eu inventava desculpas, porque eu ficava dentro de casa”, conta Maria José.

Segundo a polícia, a ação dos vizinhos foi fundamental para a prisão do agressor.

Vídeo abaixo:

Pedido de socorro em papel

Na segunda-feira (13), Maria José chegou a atirar um papel com um pedido de socorro pela janela. O agressor viu e disse que iria matá-la, segundo a delegada Fernanda Fernandes, da Deam.

“Ela disse que já vinha sofrendo agressões durante a semana, mas que ontem ele teria agredido o filho dela e começou uma discussão. Hoje essa discussão continuou e o autor agrediu ela novamente. Ela tentou se jogar da novamente da janela para fugir dessas agressões”, disse Fernanda.

“Talvez se os vizinhos não tivessem denunciado, filmando, a vítima não teria sobrevivido”, completou a delegada.

Maria José afirmou que acreditava em uma mudança de comportamento do companheiro.

“A gente sempre acredita que a pessoa possa vir a mudar, só que o tempo continua a agressão, e a ficha vai caindo. E só piora. Eu não tinha coragem. Eu tinha vergonha”, disse a vítima.

G1

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Justiça recebe denúncia do MP e torna réu homem que sacou arma durante protesto de mulheres em Natal

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) denunciou um vigilante que sacou uma arma de fogo contra manifestantes durante um protesto em Natal. A denúncia já foi recebida pela Justiça potiguar e o homem virou réu em uma ação penal.

Os crimes de ameaça foram cometidos no dia 26 de agosto deste ano contra pessoas que fechavam a rua Manoel Miranda, na praça Gentil Ferreira, no bairro do Alecrim, durante um protesto contra violência doméstica. O réu irá responder cinco vezes pelo crime de ameaça, com a agravante de um dos crimes ter sido praticado contra uma mulher grávida. Ele portava uma pistola.

Matéria completa AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. PERFEITO A DECISÃO DO MP, PROCURA A VIDA DESSE CIDADÃO, METIDO A ARROCHADO, ISSO NÃO SE FAZ EM VIA PÚBLICA. AS PESSOAS ESTÃO SEM PACIÊNCIA, AMOR NO CORAÇÃO, E DEUS. PARABÉNS MP.

    1. Esse rapaz é filiado ao PSOL, triste se não fosse trágico, logo de um partido que abomina o uso de armas, os psolistas ficam intimados a desmentir tal filiação ou realizar a sua expulsão do partido, basta de tanta hipocrisia.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

BR-226, NO RN: Homem morre e mulher fica gravemente ferida após capotamento de carro

O portal G1-RN noticia nesta quarta-feira(08) que um homem de 57 anos morreu e uma mulher de 52 anos ficou gravemente ferida após o carro em que ambos estavam ter capotado, na noite dessa terça-feira (7), por volta de 20h30, na BR-226, em Antônio Martins, no Oeste potiguar, na altura do quilômetro 372.

Segundo a matéria, o homem seguia como motorista e a mulher como passageira em um veículo Toyota/SW4, quando houve o acidente. As possíveis causas do capotamento ainda não foram informadas pela PRF. O condutor morreu no local, antes de qualquer socorro. O corpo foi retirado das ferragens pelo Corpo de Bombeiros e recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia. Já a passageira foi socorrida para Pau dos Ferros, também na região Oeste, em situação grave.

Com G1-RN

Opinião dos leitores

  1. Um dos poucos pontos negativos da SW4 é exatamente a estabilidade, mesmo tendo o dispositivo de controle de estabilidade nas versões mais recentes, o carro é fácil de capotar, dependendo da velocidade e grau das curvas…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Homem pesca uma lagosta azul na Escócia; chance é de uma em 2 milhões

Lagosta azul em aquário do Cairns Aquarium, na Austrália. Foto: David Clode/Unsplash (2018)

Um pescador de Aberdeen, na costa da Escócia, capturou uma rara lagosta azul enquanto pescava no mar da cidade na última quinta-feira (2).

Ricky Greenhowe, 47, que pesca na região desde os 14 anos, disse em entrevista ao portal da BBC Escócia que nunca tinha visto uma lagosta destas e que, agora, está em contato com o Aquário da região para ver se eles têm interesse em manter o animal.

“Se eles não quiserem, eu vou jogá-la de volta no mar. É uma coisa tão rara, seria uma pena colocá-la em uma panela”, disse à BBC.

De acordo com Greenhowe, uma lagosta normal do mesmo tamanho, cerca de 1,5 quilos, pode ser vendida por 25 libras (R$ 180). “Não é pelo dinheiro. Ela devia continuar vivendo”, disse o pescador.

Greenhowe contou ao site britânico que a lagosta foi capturada pelas redes de seu barco na manhã de quinta-feira, e que logo percebeu o crustáceo diferente, que foi colocado em um pote separado.

A coloração brilhante e atípica das lagostas azuis vem de uma disfunção genética que faz com que elas produzam a pigmentação diferente das outras.

As estimativas, de acordo com a BBC, são de que uma a cada duas milhões de lagostas tenham a cor azul.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

HERÓI: Homem de 86 anos morre após salvar filha com deficiência que caiu em canal na Inglaterra

Foto: Google Maps

Um homem de 86 anos morreu depois de entrar num canal no norte de Cornwall, Inglaterra, para salvar sua filha com deficiência nesta quarta-feira. Jessica Casey perdeu o controle de sua scooter, veículo motorizado que utiliza por ter uma deficiência que reduz a sua mobilidade, e caiu no Bude Canal. Seu pai, Lawrence Casey, entrou no local para salvá-la, mas não sobreviveu.

Segundo a BBC, a família de Jessica disse que algumas pessoas que passavam na hora também agiram para ajudar a socorrê-la, e ela agora está se recuperando em casa do acidente. Os familiares agradeceram a ajuda e destacaram a dedicação de Lawrence à vida de Jessica.

— Ele era muito dedicado aos cuidados de sua filha com deficiência, e seu ato final de amor, como um pai, foi sacrificar a sua vida para salvar a dela — disse a família em pronunciamento à BBC.

De acordo com o jornal, Jessica tem por volta de 20 anos. Os serviços de emergência foram acionados às 17h20 do horário de Londres, e Lawrence teve sua morte confirmada no local do acidente.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Pais de autistas se revoltam com homem no Seridó que “brinca” com objeto usado como terapia para a síndrome

Pais e mães de filhos autistas na região Seridó estão revoltados com um vídeo publicado nas redes sociais por “Wry Vang”.

No vídeo, o homem simula ser um autista e “brinca” com um instrumento de importância singular, de terapia a criança ou portador. Na sequência, ainda simula pancadas no rosto com o objeto.

O vídeo ganhou repúdio instantâneo no Instagram, e foi denunciado. Grupo de pais de autistas relatam que tomaram outras providências.

O Blog Marcos Dantas, que cobre a região Seridó, noticia que o responsável pelo vídeo negou a intenção de zombar de autistas, e pediu desculpas:

“Jamais iria zombar de uma condição tão séria como o autismo. A única coisa da qual zombei foi das pessoas comprarem um objeto só porque está na moda. O brinquedo é feito para o desenvolvimento de pessoas com autismo. Peço desculpas a quem interpretou errado e quero esclarecer que jamais iria fazer chacota do autismo tendo um filho pequeno. Ele pode ser autista sem eu mesmo saber”, escreveu.

Vídeo abaixo:

 

 

Opinião dos leitores

  1. É muita pretensão querer que um eleitor de LULA saiba o que é uma ferramenta sensorial. É muito bacana quanto ferramenta de estímulos e ensino não só pra pessoas com necessidades especiais, mais para qualquer tipo de criança que precise de ajuda no aprendizado e comportamento..

  2. Revoltante a ironia desse infeliz. Ele cuidado com os poderes de Deus, pois o amanhã a Deus pertence.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Homem morre após usar supercola como camisinha na Índia

Foto: Reprodução

Na Índia, um homem aplicou supercola no próprio pênis e morreu poucos minutos depois. Ele estava sob efeito de álcool e drogas quando tudo aconteceu. A informação foi divulgada pelo portal India Times.

A polícia investigou o caso e informou que Salman Mirza, de 25 anos, foi para para um hotel em Jahapura. Depois de beber e usar drogas, ele foi ter relações sexuais com a noiva.

Eles não encontraram camisinha e resolvaram substituir o produto com adesivo epóxi, produto feito com uma supercola resistente, normalmente utilizado em obras. Segundo a polícia, eles tinham esse produto em mãos porque utilizavam como entorpecente.

Toda essa mistura de álcool, drogas e entorpecentes levou Mirza para uma falência múltima de órgãos. Ele só foi atendido no dia seguinte, mas não foi possível reanimá-lo.

Isto É

 

Opinião dos leitores

  1. Cuidado mané Fuleiro, pixuleco e Japi, não usem essa super cola pra reparar o frinfa avariado kkkkk

    1. Não tenho costume de fazer peripécias anais como vc o faz… Seu pseudônimo já mostra sua preferência por cavalos…. kkkk

    2. Kkkk . Cacá vc é uma figura ! PIxu não consegue parar de rir .

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PRF flagra na Grande Natal homem utilizando ônibus clandestino forjado de ônibus de linha regular

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal deteve, na tarde dessa terça-feira (18/08), no Km 103 da BR 101, em Parnamirim/RN, um homem que conduzia um ônibus clandestino, transportando passageiros irregularmente, se passando por ônibus de uma conhecida empresa que realiza transporte intermunicipal para a região do Seridó Potiguar.

Durante fiscalização, policiais rodoviários federais deram ordem de parada ao condutor de um ônibus que muito embora estivesse caracterizado como sendo de uma empresa conhecida, possuía placa na categoria particular. O veículo estava realizando a linha de Natal para Caicó, ocupado com 31 passageiros, cada um pagando o valor de R$ 50,00 pela prestação do serviço.

Após averiguação da documentação do veículo a equipe PRF comprovou a farsa, lavrando as infrações encontradas e fazendo o transbordo dos passageiros para um veículo regularizado para a finalidade, além de constatar o crime de exercício irregular da profissão.

Diante dos fatos, o veículo foi apreendido para o DER/RN e lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência em desfavor do condutor pelo crime verificado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende homem por torturar enteado de 4 anos em Nova Cruz-RN

Policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Polícia de Nova Cruz prenderam, nessa terça-feira (03) um homem de 26 anos, suspeito de torturar o enteado. A prisão aconteceu no bairro do Lajeiro, em Nova Cruz, em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

Após a divulgação em redes sociais de vídeos em que uma criança de quatro anos estava sendo torturada por um homem, policiais civis fizeram diligências e colheram depoimentos, identificando os envolvidos. O suspeito, que estava foragido, foi localizado e preso, sendo encaminhado ao sistema penitenciário, onde se encontra à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

 

Opinião dos leitores

  1. Se forem investigar a fundo esse vagabundo, vão descobrir que esse verme é eleitor do PT.
    Na penitenciária vai levar um corretivo dos cumpanheiros.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS – Meninos de Belford Roxo-RJ: polícia acha ossada em área onde homem teria deixado corpos

Fotos: Reprodução/ TV Globo

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) encontrou uma ossada enquanto fazia buscas em uma área próxima a uma ponte em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, onde teriam sido deixados sacos com corpos de três meninos desaparecidos no município.

Segundo informações obtidas pelo G1, os ossos achados se assemelham a costelas e estariam dentro de um saco preto.

O material foi levado para perícia e deve demorar pelo menos sete dias para ser analisado. Foram encontrados também fios de cabelo, que serão analisados.

Segundo fontes da Polícia Técnico-Científica, a ossada será levada para o setor de antropologia do Instituto Médico Legal. Não está descartado que seja uma ossada animal, devido ao estado avançado de decomposição.

A informação veio de uma denúncia nesta semana. Após sete meses de investigação, um homem se apresentou à polícia acusando o próprio irmão de ter participado da ocultação dos corpos.

Um saco com corpos teria sido jogado de uma ponte, que fica acima de um rio que corta o município. A ação é feita com a ajuda de bombeiros do quartel de Belford Roxo e Grupamento de Buscas e Salvamento da corporação.

Lucas Matheus, de 9 anos, e Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, 12, sumiram no dia 27 de dezembro depois que saíram para brincar.

Nesse período, os agentes já trabalharam com várias linhas de investigação — entre elas, a de que as crianças tenham sido vítimas de traficantes da região.

Outra hipótese é a de que os meninos tenham sido mortos após um deles ter roubado uma gaiola de passarinho de um parente de um dos traficantes do Castelar, onde moram.

Várias operações e buscas já foram realizadas em lugares onde surgiram notícias de que eles foram vistos, mas nada que leve ao paradeiro dos meninos.

Informações falsas e trotes que chegam pelo Disque Denúncia também atrapalham o trabalho dos investigadores.

Veja detalhes da investigação

Última imagem dos meninos, feita na Rua Malopia, perto da feira de Areia Branca — Foto: Reprodução

1. Quando os meninos sumiram?

Lucas Matheus, de 9 anos, e Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, 12, desapareceram no dia 27 de dezembro após sair para brincar no campo de futebol ao lado do condomínio onde moram, no bairro Castelar.

2. Quando eles foram vistos pela última vez?

Eles foram vistos pela última vez em uma feira no bairro da Areia Branca, também em Belford Roxo.

3. O que fizeram os familiares após o sumiço?

Os meninos costumavam voltar para casa para almoçar. As famílias estranharam a demora e começaram as buscas por conta própria.

Eles percorreram diferentes locais, como hospitais, IML e delegacias. Também postaram fotos das crianças nas redes sociais.

4. Quando a polícia foi acionada?

Sem pistas, as mães dos meninos foram, no dia seguinte, à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense para pedir ajuda.

5. O que fez a polícia?

A polícia iniciou as investigações e a busca por imagens de câmeras de segurança que tivessem registrado os passos dos meninos, mas nada encontrou.

As primeiras testemunhas só foram ouvidas uma semana depois que as famílias procuraram a polícia para comunicar o desaparecimento.

Os investigadores fizeram ainda operações na região para tentar achar alguma pista deles, mas nada foi encontrado.

A DHBF também coletou material genético dos familiares para armazenamento em banco de dados e análise de DNA.

6. O que fez o Ministério Público?

Promotores analisaram o material recolhido pela polícia e encontraram imagens de câmeras de segurança mostrando os meninos passando na Rua Malopia, perto da feira de Areia Branca

As imagens só foram achadas em março, mais de dois meses depois do sumiço.

A filmagem já tinha sido apreendida pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense durante as investigações.

7. O que dizem os familiares dos meninos?

Segundo os familiares, a investigação começou tarde demais. Eles também reclamam da falta de pistas sobre o caso e de muitos trotes.

“Só trote, só trote [Quero pedir] Para as pessoas não ficarem fazendo isso com a gente, mandando trote, porque é muito doloroso”, diz Tatiana Ribeiro, mãe de Fernando Henrique.

“Minhas filhas vão sempre na delegacia tentar saber de algo, mas a polícia diz que não tem pista nenhuma. Acho estranho não ter nada. Ou às vezes acho que eles não querem passar o que sabem para a gente”, diz Silvia Regina da Silva sobre as filhas Camila Paes Silva, mãe de Lucas, e Rana Jéssica da Silva, mãe de Alexandre.

8. Alguém foi preso durante a investigação?

No dia 20 de julho, a PM prendeu um homem que, segundo a corporação, teria envolvimento no caso.

Conhecido como “Rabicó”, ele foi detido por policiais do 39° BPM (Belford Roxo). Investigadores ouvidos pelo G1 disseram que o Rabicó não consta nas investigações da Polícia Civil sobre o caso e que o homem seria um traficante na comunidade Castelar, região de onde eram os meninos.

Apesar do nome não estar nas investigações, a Polícia Civil não descarta que a prisão possa ajudar, já que ele atuava no tráfico da área. O celular dele foi encaminhado para análise.

9. Há denunciados no caso?

Dez suspeitos viraram réus por torturar um homem acusado injustamente pelo sumiço dos meninos.

Segundo a polícia, o homem é inocente e foi espancado e surrado a mando de traficantes de uma organização criminosa.

Entre os denunciados, está o tio de Lucas e Alexandre, que teria atraído o homem até o local onde ele foi agredido pelo grupo.

Entre os denunciados também está Wiler Castro da Silva, vulgo “Estala”, gerente do tráfico de drogas do Castelar e apontado como suspeito do desaparecimento das crianças.

10. Qual é a última informação sobre o caso?

Nesta quarta-feira (28), um homem se apresentou à Polícia Militar e acusou o irmão de ter participado da ocultação dos corpos dos três meninos.

Ele foi até o 39º BPM (Belford Roxo) e declarou que as crianças teriam sido espancadas e mortas a mando de José Carlos dos Prazeres Silva, conhecido como “Piranha”, e que os corpos foram levados para a Estrada Manoel de Sá em um carro e depois deixados em uma ponte.

O homem disse que procurou uma unidade da PM porque a delegacia era perto da comunidade Castelar.

Depois da denúncia, o outro irmão também se apresentou à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense e negou as acusações. Ele afirmou que a denúncia foi motivada por uma rixa com o irmão.

11. O que falta esclarecer?

Quase quatro meses depois do desaparecimento, a Polícia Civil criou uma força-tarefa para as investigações, com agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, da Subsecretaria de Inteligência e da Delegacia de Descoberta de Paradeiros.

Mas até agora, ninguém sabe o que de fato aconteceu com as crianças.

G1

 

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Secom apaga post que exibia homem com arma para representar agricultor

A Secretaria de Comunicação do governo federal apagou há pouco a publicação que homenageava o Dia do Agricultor, comemorado nesta quarta-feira (28).

O post foi duramente criticado por exibir a silhueta de um homem com uma arma, na tentativa representar um agricultor. A imagem original foi retirada de um banco de imagens, onde tem a descrição “Silhueta de caçador carregando espingarda no ombro e observando”.

“Hoje homenageamos os agricultores brasileiros, trabalhadores que não pararam durante a crise da Covid e garantiram a comida na mesa de milhões de pessoas no Brasil e ao redor do mundo”, escreveu a Secom na publicação original.

O Sindicato Nacional dos Peritos Federais Agrários divulgou uma nota afirmando que a imagem, “definitivamente, não é o que define um agricultor”.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. É muita fuleragem, os vermes do MST, desfilam nas ruas armados de foice, isso é normal. Bando de hipócritas essa esquerda nojenta.

  2. Rpz, eu achava nunca veria tanta incompetência no governo federal como estou vendo no governo Bolsonaro. Meu Deus…

  3. A oposição do governo Bolsonaro, incluindo essa mídia militante, transformou-se numa ridícula fábrica de futricas e mentiras, dignas de uma novela mexicana. Isso é um ótimo sinal dos novos tempos que vivemos, com ZERO corrupção no governo FEDERAL. Lembram como era nos governos do PT?

    1. KKKKKKKKK. Vc acredita mesmo nisso que fala ou recebe rachadinha para ficar repetindo isso o tempo todo?! Omi, o MINTO das rachadinhas colocou o CENTRÃO no governo TODO (não tem como negar) e acabou com a Laja Jato (como ele mesmo se vangloriou disso) e vc acha mesmo que não tem corrupção num governo TOMADO de CORRUPTOS?! O PP era o partido com mais condenados e investigados na Lava Jato abestado! Acorda!

  4. Fosse na época dos governos do PT, estaríamos preocupados com o roubo de bilhões. Que bom que não há problemas de verdade no governo Bolsonaro. Dessa forma, restam apenas as narrativas mentirosas e a preocupação dessa oposição nojenta com coisas absolutamente sem importância. Segue o jogo.

    1. “Que bom que não há problemas de verdade no governo Bolsonaro”. kkkkk……

  5. Mas já voltaram atrás?! E a mente “brilhante” por trás dessa “peça” publicitária vai pagar os R$ 3000,00 pela foto obtida no banco de imagem gettyimages? Ou será que esqueceram de pagar pela foto e por isso apagaram o post? Pense num povin competente …

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Justiça concede liberdade provisória para homem preso após grupo colocar fogo na estátua de Borba Gato em SP

Fotos: GABRIEL SCHLICKMANN/ISHOOT/ESTADÃO CONTEÚDO/YURI MURAKAMI/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Justiça de São Paulo concedeu neste domingo (25) liberdade provisória para um homem suspeito de envolvimento no incêndio no monumento que homenageia o bandeirante Borba Gato.

O suspeito teria dirigido o caminhão, que foi identificado e apreendido pelos policiais. Ele responde pelo crime de associação criminosa e por causar incêndio, expondo a perigo o patrimônio de outra pessoa. O homem também é acusado de ter adulterado a placa do caminhão usado na ação.

O ataque à estátua ocorreu nesse sábado (24) em Santo Amaro, na Zona Sul de São Paulo. Um vídeo mostra o momento em que os manifestantes retiraram pneus de um caminhão, espalharam os objetos pela via e nos arredores da estátua e, em seguida, atearam fogo no local. O caso ocorreu por volta das 13h30.

Na madrugada deste domingo (25), a Polícia Civil localizou o caminhão utilizado pelo grupo na cidade de Ferraz de Vasconcelos, na Grande SP. O veículo estava com a placa adulterada e foi apreendido.

O motorista foi identificado e encaminhado ao 11º Distrito Policial (DP) em Santo Amaro, na Zona Sul, onde foi preso após prestar depoimento.

Na decisão desse domingo, a juíza Eva Lobo Chaib Dias Jorge revogou a prisão em flagrante por considerar que os atos “não foram praticados com violência ou grave ameaça”.

A juíza afirma ainda que, por ter endereço e trabalho fixos, o suspeito, mesmo se for eventualmente condenado, dificilmente deve cumprir pena de prisão em regime fechado.

Na decisão, a Justiça determina ainda que o suspeito não poderá se ausentar da cidade ou mudar de endereço, e que deverá comparecer às audiências para justificar suas atividades.

Incêndio na estátua

Em frente ao monumento em chamas, o grupo responsável pela ação estendeu uma faixa com a frase “Revolução periférica – a favela vai descer e não vai ser carnaval”.

Policiais militares e bombeiros chegaram ao local pouco tempo depois, controlaram as chamas e liberaram o tráfego. Ninguém ficou ferido.

Uma avaliação preliminar da Defesa Civil indicou que, a princípio, o fogo não comprometeu a estrutura. No entanto, a Prefeitura da capital disse que nos próximos dias, após a limpeza do local, será possível analisar melhor os danos ao monumento e, então, uma vistoria mais detalhada deve ser feita.

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) informou que irá aumentar o número de rondas pela Praça Augusto Tortorelo de Araújo, onde fica a estátua de Borba Gato.

Com G1

Opinião dos leitores

  1. Podia queimar os ladrões vivos ao invés de adorá-los, esses sim, representam uma verdadeira ameaça ao nosso povo. Estátua é uma estátua, não faz mal a ninguém, já os ladrões de dinheiro público sim, excluem os cidadãos de uma vida digna, roubam os direitos dos cidadãos a educação, saúde, segurança e de infraestrutura mínima.

  2. Estranho não ter os comentários dos debiloides de plantão José Tomaz, Manuel F, Junin apoiando mais um ato terrorista que demonstra a forma da esquerda protestar e se manifestar. Sempre tem vandalismo e crime, seja quebrando vidraças, tocando fogo em bem público, colocando fogo em pneus nas vias públicas, enfim, todo tipo de baderna que deve e tem que ser reprimida no ato e não depois da destruição.

  3. Fumaça altamente tóxica, proveniente da queima de pneus. Crime ambiental, contra a saúde publica e depredação de patrimônio público e histórico. Além do risco direto contra a vida dos transeuntes. O nome disso é TERRORISMO. Tem que descobrir os mandantes e financiadores e punir TODOS.

  4. A onde a mundiça do PT vai, tem quebradeira vandalismo.
    Esses jumentos de duas patas, não tem jeito.
    Canalhas.

    1. Vamos rasgar todos os livros que tratam de ditadores e ditaduras, queimar a história, se não me agradar, apaga, risca, queima. Isso é de idiotice sem precedentes, maléfico, danoso, imbecil; Todos os péssimos presidentes ladrões, analfabetos, mentirosos, ridiculos e burros, para grande parte do país, devem ser eliminados da história, isso só passa na cabeça de mentes doentes.

    2. Pedro mentecapto, não estou propondo “rasgar a história”, mas eliminar as homenagens absurdas a pessoas que não representam uma forma escorreita de atuação. Borba Gato tem a sua importância no contexto histórico brasileiro, mas o que ele representa é uma desgraça.

    3. Quer “cancelar” personagens históricos que fizeram (muito) mal à humanidade, “cumpanhero”? Vou citar alguns: Fidel Castro, Che Guevara, Stalin, Lenin, Mao Tsé Tung, Hugo Chaves, Pol Pot… Esses foram comunistas.

    4. E quem vc pensa que é, palhaço desatento, para julgar a história? Borba Gato (com seus defeitos e qualidades) teve grande importância no desbravamento e crescimento do território nacional, assim como vários outros bandeirantes. Todo povo tem que zelar por sua história, sempre atento do contexto de época. Vc é apenas mais um “lacrador” ignorante e arrogante, que tenta sem sucesso destruir a identidade nacional.

  5. A Festa da impunidade no Brasil! Carregou os comparsas e os pneus, fraudou a placa do veículo para não ser identificado, incendiou com seus comparsas o monumento num ato de terrorismo.
    Menos de 24 horas preso e solto.

  6. Por esses motivos é que a bandidagem deita e rola um bandido deste j´pa estar solto para fazer tudo de novo , quando na realidade era para botar fogo nessa FDP tambem, ou passarums ferias de uns dez anos atraz das grades, talvezx se fosse uma trabalhador seria penalizado

    1. Bota 🔥 na tua galhada também… tá impedindo de passar pela porta já.

  7. Fica difícil compreender a justiça brasileira. As vezes eu penso que passar em um concurso não diz se a pessoa tem mesmo capacidade de assumir um cargo.

  8. Se fosse um pai de família talvez estivesse preso, mas como é um bandido já está solto para fazer tudo novamente!

  9. Participação de quem? Incentivado por quem? Manifestação de quem? Contra quem? Dinheiro do contribuinte queimado. Quem vai pagar para restaurar?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Guarda Municipal detém homem por desacato e apreende equipamento de som no Alecrim

Foto: Arquivo Semdes

A Guarda Municipal do Natal (GMN) prendeu na manhã dessa quinta-feira (22), um homem acusado de desacato e utilização de equipamento de som em alto volume em via pública. O equipamento de som foi apreendido pela guarnição de patrulhamento preventivo da GMN e a prisão aconteceu nas imediações do Mercado da 4, no bairro Alecrim, zona Leste da capital.

De acordo com relado dos guardas municipais, a viatura foi acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para verificar uma denúncia de utilização de som em via pública. Quando os guardas chegaram ao local encontraram um veículo modelo saveiro de cor branca com o som ligado. O responsável pelo veículo não se apresentou e populares foi que apontaram o dono do carro, que estava bebendo numa cigarreira próxima ao automóvel.

“Quando o responsável foi abordado e informamos da proibição do uso do som alto em via pública o cidadão começou a alterar com a guarnição e proferiu palavras de baixo calão contra a equipe, chegando inclusive a quebrar algumas cadeiras da cigarreira onde ele estava bebendo”, relatou um dos guardas.

Na oportunidade, os guardas deram voz de prisão por desacato a autoridade, imobilizaram o detido e o conduziram à 3ª Delegacia de Polícia Civil da capital onde foi registrada a ocorrência, ficando o detido à disposição da Justiça. O equipamento de som foi apreendido administrativamente e encaminhado para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb).

No caso dos paredões de som, além de Lei Federal que prevê crime ambiental, o artigo 3º da Lei municipal nº 6.246, sancionada em 20 de maio de 2011 em Natal, versa sobre a proibição de funcionamento dos paredões de som nas vias, praças, praias e demais logradouros públicos do município de Natal e definem “paredão de som” como “todo e qualquer equipamento de som automotivo rebocado, instalado ou acoplado nos porta-malas ou sobre a carroceria dos veículos”.

O cidadão pode denunciar o uso irregular de paredões de som ligando para o telefone 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), que as viaturas da GMN serão acionadas para averiguar a denúncia.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil prende jovem suspeito de matar homem e contratar caminhão-baú para tirar móveis da casa da vítima em Natal

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, nesta quinta-feira (22), João Antonio da Cruz Neto, conhecido como ” João Neto”, 21 anos, em Natal. Em desfavor dele, existia um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Natal, em decorrência da suspeita da prática do homicídio que vitimou Erinaldo Teixeira de Abreu, conhecido como “Eloá Abreu”, na zona norte de Natal.

O crime ocorreu no dia 30 de maio, por volta das 14h00, quando a vítima foi encontrada no quintal da sua casa, sem vida e com marcas de ferimentos possivelmente produzidos por uma arma branca. Além disso, foram levados diversos pertences de sua residência.

No dia 28, os vizinhos observaram que um caminhão, tipo baú, estava retirando os objetos da residência da vítima. Após as investigações, o suspeito foi apontado como contratante do frete e responsável pela retirada dos objetos. Segundo informações obtidas no local do crime, a vítima se relacionava com jovens em troca de dinheiro e existem relatos de que estaria sendo extorquido por um deles.

O suspeito foi conduzido à delegacia e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população envie informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Homem morre em Mossoró após ser atingido por pneus que se soltaram de caminhão na BR-110

Um homem morreu após ser atingido por dois pneus que se soltaram da caçamba de um caminhão na BR-110 em Mossoró, no Oeste potiguar. O caso aconteceu na manhã desta terça-feira (20).

O vigilante, de 32 anos, estava voltando para casa de moto quando foi atingido pelos pneus que se soltaram do outro veículo.

Com TV Futuro

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *