Marido confessa ter matado mulher a machadadas no interior do RN ‘por ciúmes’, diz Polícia Civil

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(02) um crime brutal no interior nesta fim de semana. Trata-se do caso de um homem de 32 anos, que confessou ter matado a própria esposa a golpes de machado na manhã de domingo (1º) em Taipu – município distante cerca de 50 quilômetros de Natal. Ele foi preso em pela guarda municipal da cidade e disse que o motivo do crime teria sido ciúmes. De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu por volta das 6h30 na casa onde estava o casal, na comunidade de Poço do Antônio. A vítima tinha 28 anos. Veja detalhes aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio disse:

    Essa é a claque do bolsotralha…..MARGINAIS….essa PESTE DE BOLSONERO PIOR PRESIDENTE DESSE PAIS…SO DESGRAÇAS

Marido mata mulher a tiros e joga vítima de carro em movimento em viaduto de Fortaleza

O homem foi capturado próximo ao cruzamento das rusa Gustavo Sampaio com Raimundo Arruda, na Parquelândia — Foto: Leábem Monteiro/SVM

Um homem atirou na mulher e a empurrou de um carro em movimento, nesta terça-feira (7), no viaduto do Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. A vítima foi socorrida, mas teve morte cerebral.

Segundo a polícia, o suspeito tentou cometer suicídio durante perseguição policial, mas foi capturado e levado para Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro da capital.

De acordo com a Polícia Militar, o homem efetuou três disparos contra a vítima. Logo em seguida, ele jogou a vítima do veículo e atirou na cabeça da mulher.

O suspeito tentou fugir, mas teve a placa do carro identificada por equipes do Raio, da Polícia Militar. Durante a perseguição policial, o homem tentou suicídio com um tiro na boca e com cortes de tesoura no pescoço.

Um inquérito foi instaurado e a polícia investiga a motivação do crime. O casal tem dois filhos.

G1-CE

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fábio disse:

    Isso é o que acontece com pessoas que não colocam Deus em primeiro lugar na vida: só desespero e desgraça. Que Deus tome providências em relação a isso porque esse homem, com certeza, foi usado pelo diabo. Ainda tem gente que diz que o diabo não existe. E é exatamente o que ele quer: que ninguém acredite nele.

OH LOUCO, MEU: Mulher diz que sexo a três com marido e profissional do sexo foi “empoderador”

Foto: shutterstock

Uma jornalista dos Estados Unidos, que não quis se identificar, revelou que fazer sexo a três com o marido e uma profissional do sexo foi “empoderador” para ela. Em um texto publicado no site SheSaid , a mulher confessou que esse era um desejo antigo.

Ela pontua que começou o relacionamento com o atual marido há 10 anos e que era virgem quando eles iniciaram o namoro. A moça conta que imaginava “como seria sentir o toque” de outra mulher e, para mudar essa história, quis ter a experiência de sexo a três .

“Quando meu marido planejou uma viagem de aniversário para Las Vegas, ele estava pensando em música ao vivo e longas viagens pelo sudoeste. Pensei em outra coisa: um trio formado por nós dois e uma profissional do sexo “, diz ela.

Na publicação, a norte-americana destaca que o companheiro se surpreendeu com a sugestão, mas aceitou. Enquanto isso, ela se dedicava a pesquisar sobre o desejo. Como em Nevada, nos Estados Unidos , o trabalho sexual não é ilegal, o casal não precisaria se preocupar em esconder a situação.

A mulher pontua que ela e o marido “desfrutaram de muito sexo gostoso” antes de encontrarem a profissional, e diz que estavam ansiosos para a ocasião. O casal escolheu uma profissional que “os fez se sentirem confortáveis” antes de começar a trabalhar e cumpriu todas as vontades da dupla durante a relação.

Ainda na postagem, ela admite ter gostado e aproveitado ao máximo a oportunidade “empoderadora” de tornar suas fantasias reais. “O sexo a três foi uma experiência sexual feita inteiramente para o meu prazer e fora das normas sociais, e foi fortalecedor”, conclui a jornalista, que também fez questão de enfatizar que não houve insegurança ou ciúmes em nenhum momento.

IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Samuel Vilar disse:

    Valorizem suas mulheres! Pq a sapatão no banheiro da festa oferece o mundo pra elas.

  2. Francisco Alves disse:

    O papangú do marido vai levar pontas logo, logo. Isso se não perdê-la para uma lésbica.

  3. Augusto disse:

    Ruim vai ser quando ela quiser levar o negão da picona.

  4. Zanoni disse:

    Bissexual isso sim. Queria só uma oportunidade.

  5. Diogo disse:

    Empoderador para ela, desempoderador para o marido. Enriquecedor para o pé de lã.

Marido enganado sobre paternidade consegue anular na PB casamento por “erro essencial”

Foto: Ilustrativa

Um homem conseguiu na Justiça a anulação de seu casamento após ter sido enganado pela esposa sobre a paternidade do filho. Decisão foi proferida pela 1ª camara Cível do TJ/PB. Ele se casou após descobrirem a gravidez, por entender que era o pai da criança, que chegou a registrar. Para a relatora, desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, ficou demonstrado o “erro essencial” quanto à pessoa da mulher.

Em 1º grau, o pedido foi julgado parcialmente procedente para declarar que o apelante não era pai biológico da criança, determinando a exclusão de seu nome da certidão de nascimento. No entanto, o juízo negou o pedido de anulação do casamento por entender que “não é possível que, em pleno século XXI, alguém afirme que foi obrigado a casar porque sua namorada estava grávida, e isso não significa que ela fosse uma desonrada”.

Ao requerer a reforma da sentença, o apelante alegou que somente após o matrimônio, ficou sabendo que não era o pai, embora tenha reconhecido a criança como filho e o registrado. Tal comprovação veio a ser ratificada com o resultado do exame de DNA.

Relatou também que, ao casar, não tinha conhecimento da infidelidade da esposa, então namorada, e que o casamento somente se realizou por conta do estado de gravidez. Aduziu, assim, que houve erro essencial quanto à boa honra e boa fama da mulher, dada a falsa percepção que tinha da esposa.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Esposa larga emprego para servir o marido: “Homens precisam ser mimados”

FOTO: DIVULGAÇÃO / FACEBOOK

Já pensou em viver em favor da rotina de um homem? Katrina Holte sim. A britânica de 30 anos, esposa de Lars, deixou sua carreira no departamento de recursos humanos em uma empresa para dedicar-se total, e exclusivamente, ao marido.

Ao The Sun , a esposa falou sobre sua atual rotina. Ela acorda às 06h30, passa as roupas do marido , faz o café da manhã e prepara o almoço para ele levar para o trabalho . Depois, ela passa o dia limpando, lavando e passando roupa até que chega a hora de preparar o jantar.

A rotina em nada lembra àquela bem-sucedida no departamento de recursos humanos, sobre isso, ela declara. “Me sinto vivendo como sempre quis. É a vida dos meus sonhos e meu companheiro compartilha comigo essa visão. É muito trabalho. Muita louça, roupa, mas eu amo passar o tempo tomando conta do meu parceiro”.
Ao ser questionado sobre um possível acomodamento de seu companheiro, a ex-exetutiva não teme: “Ele cresceu em uma casa onde tinha que ajudar a mãe a cozinhar e limpar, então, de modo algum, ele é um acomodado. É a pessoa mais gentil que eu já conheci”, afirmou.

Para temperar o ambiente de mimo ao maridão, a ex-executiva ainda adotou a decoração e o estilo dos anos 50, que mescla o vintage com o pin up. A televisão, inclusive, fica escondida para não destoar de toda a decoração. “Eu acho que os homens precisam ser mimados pelas mulheres sempre que possível”, afirmou ela.

Sobre as várias críticas que recebe sobre sua atitude, a esposa pondera: “Acredito que nós mulheres devemos nos apoiar. Se uma disse que quer ser dona de casa, não podemos dizer que isso não é certo. O que é certo para mim pode não ser para outra pessoa. Todos temos o direito de saber o que é bom para nós mesmos”.

IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Minha mula Adelaide também me trata muito bem, não tenho do que reclamar.

Coaf aponta ‘movimentações atípicas’ de R$ 2,5 milhões do deputado federal David Miranda(PSOL-RJ), marido do jornalista Glenn Greenwald

Foto: Reprodução / Facebook

Um relatório enviado pelo Coaf ao Ministério Público do Rio dois dias depois de o site The Intercept Brazil começar a divulgar mensagens atribuídas a autoridades da Lava-Jato aponta que o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) fez “movimentações atípicas” de R$ 2,5 milhões em sua conta bancária entre 2 de abril de 2018 e 28 de março de 2019. Miranda é casado com o jornalista Glenn Greenwald , editor do Intercept.

A partir do documento, o Ministério Público do Rio abriu uma investigação sobre as movimentações de Miranda. Nesta terça-feira, conforme antecipou o colunista Lauro Jardim , a 16ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro, barrou a tentativa do MP de quebrar o sigilo fiscal e bancário do deputado. Em despacho de sete páginas que decretou o segredo de justiça do caso, o juiz Marcelo da Silva pede que o deputado e outras quatro pessoas, entre assessores e ex-assessores dele, sejam ouvidos antes de qualquer ação cautelar. “Entendo prudente postergar a análise do pleito para o momento posterior à instauração do contraditório”, escreveu Silva.

Procurado pelo GLOBO, Miranda afirmou, através de sua equipe, que o cargo de deputado não é a sua única fonte de renda e, portanto, “as movimentações são compatíveis com sua renda familiar”. O deputado recebe R$ 33,7 mil de salário. Ele afirmou que depósitos fracionados detectados pelo Coaf vêm dessa outra fonte, uma empresa de turismo da qual é sócio com Glenn Greenwald. Ele, porém, não informou os serviços prestados pela companhia e, por meio de sua assessoria, disse que os demais esclarecimentos seriam prestados no Judiciário.

O relatório do Coaf sobre Miranda foi feito em meio a uma investigação que apurava supostas ilegalidades em gráficas no município de Mangaratiba, na região metropolitana do Rio, e não tem relação direta com ele. O deputado contratou os serviços de uma das empresas investigadas e, por isso, acabou tendo as movimentações financeiras em sua conta enviadas pelo Coaf ao MP.

No período analisado, o Coaf aponta que R$ 1,3 milhão entrou na conta corrente do parlamentar, registrada em uma agência do Banco do Brasil em Ipanema, na Zona Sul do Rio. As saídas da conta somaram R$ 1,2 milhão no mesmo período. A movimentação considerada atípica pelo órgão não significa que tenha sido identificada uma ilegalidade. O deputado alega receber na conta o salário de parlamentar e valores oriundos de uma empresa na qual é sócio com Greenwald.

O Coaf informa no relatório que considera “suspeita de ocultação de origem” uma série de depósitos de valores que giravam entre R$ 2,5 mil e R$ 5 mil, feitos em espécie. Os analistas do órgão destacam no relatório o fracionamento dos depósitos e também a existência de repasses de funcionários do gabinete ao deputado.

Suspeita de Rachadinha

Quatro assessores e ex-assessores de Miranda também tiveram a quebra do sigilo pedida pela 5ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Capital ao Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) na 16ª Vara de Fazenda Pública, porque foram identificados depósitos deles na conta de Miranda. Para investigadores, existe a suspeita de um esquema de “rachadinha”, de devolução de parte dos salários ao parlamentar. Os pedidos do Ministério Público de quebra de sigilo foram negados pela Justiça, ao menos até que os depoimentos sejam tomados.

Estão incluídos no pedido de quebra de sigilo Reginaldo Oliveira da Silva e Silvia Mundstock, que atualmente trabalham no gabinete de Miranda na Câmara dos Deputados, em Brasília. O trabalho de ambos foi iniciado em fevereiro deste ano, quando o parlamentar assumiu o mandato após a desistência do colega de partido, Jean Wyllys.

O MP ainda pediu a quebra de sigilo fiscal e bancário de Camila Souza Menezes e Nagela Rithyele Pereira Dantas, que desde o início do ano estão lotadas na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) nos gabinetes das deputadas estaduais Renata Souza e Mônica Francisco, ambas do PSOL, mesmo partido de Miranda. A investigação apura a “prática de improbidade administrativa”, delito da esfera cível.

Também foi aberta uma investigação sobre suposto crime de peculato e lavagem de dinheiro, mas, como Miranda é deputado federal, esse procedimento foi remetido da 24ª Promotoria de Investigação Penal para a Procuradoria-Geral da República, em Brasília.

Miranda nega irregularidades. À Justiça Eleitoral, ele declarou participar da sociedade da Enzuli Management (nos Estados Unidos) e da Enzuli Viagens e Turismo (no Brasil). O deputado é dono de 18,75% da companhia americana e de 1% da brasileira, e ambas também têm participação do jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil.

Ao pedir quebra de sigilo, o MP apontou a movimentação atípica de R$ 2,5 milhões e “possível evolução patrimonial incompatível com a do então vereador municipal”.

Na eleição passada, em 2018, Miranda declarou à Justiça Eleitoral que era dono de um patrimônio de R$ 353,4 mil, dos quais quase 20% eram referentes a um carro e o restante a investimentos em renda fixa e quinhões de capital. Já na eleição de 2016, o patrimônio declarado era de R$ 74.825,00.

Retaliação

O deputado também afirmou que “diante da ausência de provas e evidências sobre qualquer ilegalidade, não há dúvida de que (a investigação) é uma retaliação”. Para ele, “a suposição que motivou o pedido de quebra de sigilo não faz sentido” e “é óbvio que é uma resposta ao trabalho do The Intercept Brasil na cobertura da Vaza-Jato”. Miranda vê as investigações como “uma perseguição via aparato estatal” e afirmou que está “providenciando os extratos da conta da empresa que originou os saques e correspondentes depósitos” e que está à disposição da Justiça.

Na semana passada, em entrevista ao “Roda Viva”, da TV Cultura, Greenwald foi questionado sobre o caso que envolve o deputado. Aos entrevistadores, o jornalista disse que não vão existir evidências contra Miranda porque ele não cometeu crimes.

– Estamos totalmente tranquilos porque é uma mentira. É exatamente o tipo de jogo sujo que eles fazem e não vamos parar por causa disso — afirmou Greenwald.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. manezinho disse:

    Acho que os 40 mil reais do queiroz adquiridos em 10 anos, mais importante saber a origem, do que os 2,5 milhoes de reais em 6 meses desse dep do psol. Todo esquerdista é pobre, ganha pouco… lula so tinha uns 40 milhoes so fazendo palestras. Justifica. Mas queiroz, nao. 40 mil é muito.

  2. Manoel disse:

    Dobrou a meta de Queiroz!!!!

  3. Cigano Lulu disse:

    É no mínimo curioso como a esquerda gosta de cultuar o modelito "mulher barbada".

  4. Rosi Sampaio disse:

    Vamos ver se a justiça vai dar a esse caso o mesmo tratamento que deu ao caso do Flávio Bolsonaro, que aliás teve a investigação suspensa. Ou será que vai ser dois pesos e duas medidas?

  5. Silvino disse:

    Uiuiui, movimentou 2 vezes mais que o Queiroz. Aproveitou bem com o bofe. Isso é despeito, menina

    • Gregório disse:

      Silvino sua matemática está com problemas, o Queiroz teve movimentação suspeita de R$ 40, R$ 80 mil, sei lá, já esse rapaz, marido do hacker que investe contra e difama o governo, movimentou R$ 2,1 milhões. Numa conta simples significa uma movimentação 2.000 vezes maior.

  6. Lindomar disse:

    Como assim? Vão se preocupar com esse trocado? O que importa é achar a movimentação atípica do Queiroz de R$ 40 mil. Também não importa a movimentação de R$ 1,1 milhão do irmão do ex presidente, tem que parar o mundo e descobrir os R$ 40 mil do Queiroz, o resto é desculpa, coisinha sem importância.

Coaf relata transações atípicas do deputado David Miranda, marido do jornalista e editor do site The Intercept, Glenn Greenwald

Foto: Câmara dos Deputados

“O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), agora chamado de Unidade de Inteligência Financeira (UIF), relatou movimentações atípicas na conta do deputado David Miranda (Psol-RJ), marido do jornalista e editor do site The Intercept, Glenn Greenwald, também mencionado no relatório. A informação foi divulgada pela Crusoé, que teve acesso ao Relatório de Inteligência Financeira do Coaf. Ao todo, seriam R$ 50 mil em transações atípicas entre 2018 (quando Miranda era vereador do Rio de Janeiro) e 2019. Um dos autores de repasses seria Reginaldo Oliveira Silva, funcionário do gabinete do deputado.

“O pedido de investigação, conforme noticiou Época, foi do Ministério Público do Rio de Janeiro. A suspeita é de prática de “rachadinha”, quando um político recebe parte dos salários de seus funcionários comissionados.

Gazeta do Povo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sem noção disse:

    Por falar em COAF, alguém tem notícia da DELAÇÃO DO PALOCCI?
    Sabem dizer o que PALOCCI anda denunciando? Quem o PALOCCI está detonando?
    O que PALOCCI falou de Bolsonaro? Afinal sabemos que Bolsonaro é o culpado por tudo no passado e no futuro do país (mas só as coisas ruins, as boas é tudo fruto dos outros).
    Seria engraçado se não fosse patético o que a imprensa sem recurso público vem desconstruindo e manipulando as informações contra o governo. Beira a criminalidade a forma e o nível de inversão dos fatos noticiados.

  2. Flauberto disse:

    Pronto, o COAF acabou de assinar sua sentença de morte, como pode se atrever a supor que existe transação financeira atípica sobre qualquer pessoa que seja contra o governo Bolsonaro?
    O COAF vai cair em desgraça com a esquerda, vem chumbo grosso contra o órgão a partir de agora, isso não pode ser noticiado ou investigado.
    Só quem tem movimentação financeira atípica é Queiroz e ninguém mais, não entendeu não COAF? Estão doidos, não respeitam não? Cadê os R$ 22 mil do Queiroz?

    • Roney disse:

      Se preocupa não, esquerdopatas tem dificuldade em ler apenas o que quer. A reportagem é bem clara, “a pedido do MP”.

VÍDEO: Mulher descobre traição e leva roupas do marido para a amante em agência bancária no AC

Foto: Reprodução/Record TV

Uma mulher descobriu que seu marido havia a traído com uma colega de trabalho e resolveu levar as roupas do homem para a amante. A mulher colocou toda a roupa do marido em sacos plástico e levou até agência bancária em que o marido e a amante trabalham. O caso registrado no Acre viralizou.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a esposa aparece tranquila na porta do banco e explica a situação para os presentes. Ela diz que o marido, com quem está casada há 15 anos, a traiu com uma funcionária da agência.

A esposa afirma também que já havia conversado com a amante e que, como tinha dito que iria levar as roupas do marido, estava ali para cumprir com sua promessa. “A partir de hoje, ele é dela, ele não é meu” afirma a dona de casa.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MARCELO disse:

    Se essa moda pega??? Vai ter roupa espalhada pela cidade toda.

  2. Sérgio disse:

    Se a moda pega, vai faltar saco de lixo…

Mulher é suspeita de matar o marido na Paraíba, cortar seu pênis e levá-lo para amante

Foto: via Paraíba Online

Segundo informações policiais veiculadas no G1 Paraíba, uma mulher, de 42 anos, é suspeita de matar o marido a facadas, arrancar seu pênis e jogar ácido muriático em cima do corpo. O caso ocorreu na noite desta quinta-feira, 15, no município de Areial, no Agreste paraibano.

Na ocasião, segundo informações obtidas pela polícia, o casal teria brigado por ciúmes, já que a vítima, Luiz de Almeida, de 31 anos, teria um caso com outra mulher que mora próximo à rua de onde morava.

Após a discussão, a suspeita teria matado o marido e colocado seu pênis em um copo e se dirigiu à casa da outra mulher. O corpo de Luiz foi encontrado em frente à residência do casal, no Centro da cidade.

Após o delito, a mulher, que tem três filhos, tentou se matar, mas foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, onde se encontra em estado de saúde regular.

Após receber alta médica, ela deve ser encaminhada à Central de Polícia da cidade de Campina Grande.

Paraíba Online e G1-PB

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Calixto Silva disse:

    É impressionante os comentários aqui sobre este caso, se fosse uma mulher que tivesse sido assassinada pelo seu marido e depois tivesse seu órgão genital arrancado, teriam um bocado de justiceiros aqui dizendo o que fariam com o marido da vítima, mais como foi uma mulher que matou o próprio marido e decepou o seu pênis. Ficam fazendo brincadeiras de mal gosto com o caso, uns escrevem um trecho de uma música outros perguntam qual a cidade de origem da governadora Fátima.

  2. Pedro disse:

    A Governadora do nosso estado, é de qual cidade da Paraíba?

  3. Potiguar disse:

    🎶🎵🎶Quando a lama virou pedra
    E Mandacaru secou
    Quando o ribaçã de sede
    Bateu asa e voou
    Foi aí que eu vim me embora
    Carregando a minha dor
    Hoje eu mando um abraço
    Pra ti pequenina

    Paraíba masculina
    Muié macho, sim sinhô🎶🎶🎶

Marido encontra mulher no Tinder enquanto procurava caso extraconjugal

Foto: REUTERS/Mike Blake/Illustration

Usar o Tinder pode ser interessante para solteiros ou aos que vivem em um relacionamento aberto. No entanto, o aplicativo pode surpreender quando o objetivo é achar uma amante.

Foi o caso recente de um homem anônimo, de 32 anos, que compartilhou seu drama com usuários do Reddit. Ele conta que sua mulher, com quem está casado há um ano e conheceu há três no Tinder, fez uma viagem de negócios há um mês e precisou partir para outra viagem de uma semana em 15 de julho.

O rapaz então, na véspera de seu aniversário, se sentiu solitário e resolveu baixar a ferramenta. O que ele não esperava era encontrá-la na lista de pretendentes. “Fiquei chocado por um momento. Me perguntei se deveria deletar e fingir que nada aconteceu”, relata.

O homem chegou a pensar que um robô tivesse roubado a foto da mulher, de 29 anos, mas viu que tinha uma imagem do casal em que ele aparecia cortado.

Sem querer deixar a história passar batida, o marido selecionou o perfil dela e eles combinaram instantaneamente, o que significa que ela já havia ‘dado like’ no perfil dele.

Além disso, a mulher estava a 160 quilômetros de casa (distância entre a cidade de São Paulo e o município de Tietê, no interior do Estado), o que não condizia com a viagem de longa duração que ela lhe contou.

O anônimo disse que falaria com a companheira assim que ela voltasse da viagem para perguntar o que estava ocorrendo. Depois disso, ele não contou os desdobramentos na rede social, mas usuários especulam que ela baixou para ver se o marido era fiel ou só porque queria um momento extraconjugal, assim como ele. Leia aqui a publicação original.

Emais – Estadão

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Rapaz só sei fazer amor com uma mulher gemendo, se eu não gemer não valeu.

  2. Silvio disse:

    Mentira do inferno, eu sendo ele não queria mais ela. Mentira tem pernas curtas.

  3. Mentira do inferno. O que ele estava procurando lá? Ele é Santo? Ou esta é uma propaganda para o Tinder? Santo homem.

  4. Eduardo Peixoto disse:

    Blogueira do RN @thalitamoemablog condenada faz apologia a pedofilia em seu blog .
    https://www.instagram.com/p/B0oPpBMh6xB/

Assalto em granja no interior do RN deixa professora morta e marido em estado grave

Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Uma professora de 47 anos morreu e o marido dela ficou ferido depois de serem baleados em um assalto em uma granja na cidade de Pedro Velho, distante aproximadamente 80 quilômetros de Natal, por volta das 20h dessa segunda-feira(29). De acordo com a polícia, pelo menos quatro criminosos participaram da ação. Armados, invadiram a casa do casal no Sítio Porteiras, na zona rural da cidade, e iniciaram o assalto. ainda não se sabe em que momento mas, durante o roubo, os homens atiraram no casal. Na fuga, os marginais levaram uma televisão, três celulares e duas espingardas de caça do marido.

Segundo a polícia, a professora chegou a ser socorrida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O marido está internado em situação grave, e foi transferido para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. A professora morava em Pedro Velho desde a infância, ensinava na escola municipal da cidade, e ainda em outra em Canguaretama. O crime deixou os municípios em choque.

A Polícia Militar realizou buscas na região na busca pelos criminosos, no entanto, ninguém foi preso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Será que o SINTE/RN ou o Fórum dos Servidores vão emitir alguma nota condenando a vítima e defendendo a (biodi)gestão da "gove do góipi"?

  2. Ivan disse:

    Seria muito bom se nossos juízes se unissem à promotores e policiais em prol da severa punição desses assassinos que assolam nosso estado!!! Por aqui, parece q não se incomodam com essa situação, sentem-se seguros em seus condomínios e a criminalidade segue reinando..Imaginem se tivéssemos por aqui um Moro, um Deltan, um Virgulino e um Mauro Albuquerque, trabalhando em conjunto…Pfv autoridades, se espelhem nesses caras e botem esses vagabundos no lugar onde merececem estar!!!! Seria pedir demais??? Será q não os pagamos bem o suficiente????

    • José disse:

      Em primeiro lugar, deve-se mudar as leis. Para que fiquem mais rigorosas, sem brechas e funcionem.
      Policia
      Juiz e promotor, não controem leis.
      O legislativo sim.

    • José disse:

      Ou seja o congresso que pode mudar nossas leis e nosso Brasil.

    • Lira disse:

      Deixem de piadas.. O Legislativo vota leis com brechas, ineficientes e que não prejudique os deputados e senadores…. ou seja, tamos reiados…

  3. Brenno Loppes disse:

    Isso é resultado da política de insegurança, da impunidade implantada nos últimos 18 anos, onde bandido fica preso até chegar na audiência de custódia.
    Culpa do discurso da esquerda que impõe o mantra que assassino e ladrão tem que ser combativo com livros e flores e o cidadão vem perdendo a vida pela balas dos bandidos protegidos. De quem é a culpa? Provavelmente do mundo todo, menos daqueles que ocuparam o poder de 2003 a 2016

  4. lulapreso disse:

    Espero que esses vermes apareçam com a boca cheia de formigas. Amigos policiais não desistam de procurar esses monstros covardes.

Mulher é assassinada com tiro de espingarda em Mossoró; suspeito, marido é encontrado morto, destaca reportagem

É destaque no portal G1-RN nesta segunda-feira(29).  Uma dona de casa de 36 anos, identificada como Maria da Conceição Dantas de França, foi morta com um tiro de espingarda na noite desse domingo (28) na comunidade conhecida como Sítio Ranho da Caça, na zona rural de Mossoró, na região Oeste potiguar. Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de que o disparo tenha sido feito pelo marido da vítima, o vigia Carlos Alexandre, de 46. Na madrugada desta segunda-feira (29), ele também foi encontrado morto. Confira detalhes em reportagem na íntegra aqui

Desempregada no RN consegue ‘justiça gratuita’ em processo para receber herança de marido

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN) conquistou decisão liminar garantindo a uma desempregada o direito à justiça gratuita. A decisão foi tomada durante o curso de um processo de inventário em que mãe e filha teriam acesso aos bens deixados pelo falecido pai.

A ação relata que a esposa ajuizou ação de inventário após o falecimento de seu esposo objetivando garantir o direito de herança dela e de sua filha menor de idade. No entanto, ambas tiveram o direito a justiça gratuita negado pelo judiciário que levou em consideração o valor do patrimônio inventariado. O inventário inclui um veículo no valor estimado de R$ 9.000,00, além de resíduos de FGTS e abono salarial que juntos tem valor estimado de R$ R$ 700,00.

No recurso, a defensoria alegou que se fosse mantido o entendimento adotado o valor a ser recebido pelas partes seria “revertido quase que por completo para o pagamento das custas processuais e imposto de transmissão causa mortis”. Segundo a defensora Fabrícia Gaudêncio, há uma preocupação ainda que a decisão cause lesão grave e de difícil reparação já que foi determinado que no prazo de cinco dias a parte providenciasse o pagamento das custas processuais e o recolhimento do tributo.

Musa global Carolina Dieckmann diz que ‘sempre’ manda nudes para o marido

Foto: TV Globo

Com corpo de dar inveja a muita garotinha, Carolina Dieckmann ostenta a sua melhor forma, aos 40 anos. Durante brincadeira do ‘Eu Nunca’ com Matheus Mazzafera, no Vídeo Show, desta quinta, 10/1, a atriz contou que tem o costume de mandar nudes para o marido, o diretor Tiago Worcman, que mora em Miami.

“Sempre! (risos)”

Para quem não se lembra, a atriz dá nome a uma lei que criminaliza a exposição de fotos íntimas na internet, a lei “Carolina Dieckmann”, que foi criada depois que a atriz teve seu email invadido e fotos particulares expostas na internet em 2012. Carol aproveitou o jogo para mandar um recado para quem tem vontade de compartilhar nudes, mas tem medo:

“Agora tem a lei e eu posso fazer o que eu quiser! Todo mundo pode mandar foto que não tem problema. E, se der problema, a gente denuncia!”

No ar como a Afrodite de O Sétimo Guardião, Dieckmann também revelou que nunca sofreu uma desilusão amorosa na vida, deixando Mazzafera chocado!

“Nem quando você era jovem? Com 20 anos de idade? 15 anos? Na escola? Você nunca teve um amor não correspondido? Nunca levou um toco?” questinou incrédulo o apresentador.

E não para por aí, ela também contou que nunca fuçou a vida de um ex na internet:

“Nunca na vida!”

Globo, via Vídeo Show

Ex-miss venezuelana e marido são assassinados em tentativa de assalto

Thailand-Venezuela-Actress-SlainA atriz e ex-miss venezuelana Monica Spear, de 29 anos, e seu marido, o irlandês Henry Thomas Berry, de 49, foram assassinados a tiros por assaltantes em uma estrada na noite desta segunda-feira. A informação foi divulgada nesta terça por autoridades locais. A filha, de cinco anos, foi ferida, e encontra-se internada, porém estável. Os três viviam nos Estados Unidos e estavam na Venezuela de férias.

Segundo o Ministério Público informou em um comunicado à imprensa, o casal reagiu ao assalto, que aconteceu em uma rodovia a 170 quilômetros de Caracas. Eles aguardavam um reboque no acostamento para dar assistência ao carro que havia sofrido uma pane.

Monica foi coroada Miss Venezuela em 2004 e em 2005 foi finalista do Miss Mundo. Ela estreou em novelas venezuelanas na trama “El desprecio” em 2006 e participou de outras seis: “Mi prima Ciela”, “Calle Luna, Calle Sol”, “La mujer perfecta”, “Que el cielo me explique” e “Pasión prohibida”. A última foi exibida também nos Estados Unidos e tinha Monica como protagonista ao lado de Jencarlos Canela.

O Globo

Parece filme de terror: Mochila com cabeça de marido de policial de UPP é deixada na porta da casa

casa-cabeca-policial-uppUma mochila com a cabeça do marido de uma soldado da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro de São Carlos, na Zona Norte do Rio, foi deixada na porta da casa da família, em Realengo, na Zona Oeste. De acordo com policiais militares do 14º BPM (Bangu), a vítima é o comerciante João Rodrigo Silva Santos, de 35 anos. Equipes da Divisão de Homicídios (DH) foram acionadas pela PM e investigam o crime. A cabeça foi levada para o Instituto Médico-Legal (IML).

A mochila foi encontrada por parentes da vítima quando saíam para trabalhar. A área no entorno da casa foi isolada. As motivações do crime ainda são desconhecidas. Policiais do Batalhão de Bangu fazem buscas na região à procura do corpo de João Rodrigo. Eles não descartam a hipótese de o crime ter sido praticado por traficantes de drogas.

Segundo Afonso Silva, irmão da soldado Geísa Silva, de 31 anos, João Rodrigo estava desaparecido desde a noite de segunda-feira. Ele foi sequestrado quando fechava sua loja de suplementos alimentares, também em Realengo. O carro dele, um Hyundai i30, foi levado pelos bandidos e ainda está desaparecido. Ele contou que João já foi jogador de futebol do Bangu, Madureira e Boavista – times que disputam o Campeonato Carioca. Ele deixou o esporte para se dedicar ao comércio.

Ao ver que o marido demorava para chegar em casa e sem conseguir contato com ele, Geísa ligou para o 14º BPM às 21h de segunda-feira. Uma hora depois, procurou a 33ª DP (Realengo) para registrar o desaparecimento de João. Afonso contou que o casal estava junto havia 11 anos.

— Nós agora só queremos saber onde está o corpo do meu cunhado. Não temos ideia do que motivou o assassinato. Queremos Justiça e também que Realengo melhore. A região está muito violenta — disse Afonso.

Vizinhos que moram em frente à casa da PM contaram que ouviram a mulher gritando, por volta das 5h30m: “Meu Deus, é o João! É a cabeça do João!”.

— Era um casal feliz, uma família tranquila. Não dá para saber o que pode ter motivado um crime estúpido como esse — disse um vizinho, que pediu para não ser identificado.

Policiais da Corregedoria da PM foram à casa da soldado para conversar com ela. A policial foi levada para a DH para prestar depoimento.

O Globo