Saúde

São Gonçalo do Amarante altera horário de funcionamento do Centro de Coleta Covid-19 e amplia faixa etária dos atendimentos no Centro de Pediatria

Fotos: Divulgação

Desde segunda-feira (1), o Centro Municipal de Coleta Covid-19, em Regomoleiro, está funcionando em novo horário. Os atendimentos para realização dos exames de diagnóstico da doença estão acontecendo das 7h30 às 15h, sem intervalo para almoço. Os dias de atendimento seguem de segunda a sexta-feira.

Mudança também nos atendimentos do Centro de Pediatria, localizado no Santa Terezinha. A unidade passou a atender adolescentes até os 15 anos de idade. O funcionamento continua de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, inclusive nos feriados.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Direito de resposta – Prefeitura Municipal de Campo Grande-RN

Quanto à notícia veiculada pelo referido portal de comunicação, onde afirma que “com pandemia e proibição de fogos de artifício, prefeitura de Campo Grande-RN assina contrato de mais de R$ 80 mil para shows pirotécnicos e eventos no município”.

Assim, para que tal informação, apesar de verídica, não seja interpretada pela população como malversação dos recursos públicos, gostaríamos de solicitar deste prestigiado Blog, espaço para prestarmos os seguintes esclarecimentos:

Conforme pode se vislumbrar pelo Extrato da Publicação, o contrato ora firmado é oriundo do Processo Administrativo nº 057/2019, do Pregão Presencial nº 014/2019, consistente numa Ata de Registro de Preço realizada no ano de 2019, para futuras e possíveis – NÃO OBRIGATÓRIAS – aquisições de fogos de artifício.

Ocorre que, o contrato firmado no ano de 2019 com a empresa vencedora do certame, não teve o seu saldo financeiro utilizado integralmente, tendo em vista que a Administração Pública adquiriu muito aquém do que estava autorizado contratualmente.

Todavia, como sabido, os contratos administrativos são firmados por período certo e determinado, com prazo de validade previamente estabelecido no edital da licitação.

Especificamente quanto ao contrato acima mencionado, o Município de Campo Grande/RN não realizou nenhuma nova licitação para a aquisição de fogos de artifício. Muito pelo contrário. Diante do contrato firmado no ano de 2019, e cuja validade encontrava-se na iminência de expirar, associado ainda ao fato de existir saldo remanescente em razão da não aquisição de todo material licitado, a Administração Municipal, em arrimo com o princípio constitucional da economia processual e observância ao que estabelece a Lei nº 8.666/93 e 10.520/02, tão somente ADITIVOU/PRORROGOU A VIGÊNCIA do contrato firmado no ano de
2019, bastando para tanto, apenas se atentar ao número do processo administrativo e do pregão presencial.

Isso não significa, portanto, que a Administração Municipal adquiriu ou irá adquirir R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) em fogos de artifício durante a pandemia, mas que, apenas está autorizado a, em até um prazo de até 01 (um) ano, realizar compras fracionadas, em momentos oportunos diversos, caso se revele necessário e conveniente, pois somos confiantes e convictos de que em um futuro breve, retomaremos nossas vidas ao normal, realizando festejos comemorativos, à exemplo do Réveillon e demais datas festivas.

Ressaltamos, por fim, que desde que iniciado este período da pandemia, não efetuamos nenhuma despesa com fogos de artifício, e esta postura permanecerá em rigor até enquanto perdurar esta situação delicada na qual estamos vivenciando.

São estes, portanto, os esclarecimentos a serem prestados, os quais humildemente solicitamos espaço para veicular.

Campo Grande/RN, 15/07/2020.

Administração Municipal de Campo Grande/RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Auto do Santo Gonçalo: Prefeitura Municipal promove espetáculo sobre a história do padroeiro da cidade

Foto: Divulgação

Pelo Segundo ano consecutivo, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Fundação Cultural Dona Militana, irá promover a encenação do “Auto do Santo Gonçalo”. O espetáculo vai remontar a história do santo padroeiro da cidade na forma de teatro musical, misturando elementos da cultura popular da cidade.

O auto gira em torno de duas personalidades. Por um lado, o caráter religioso de Gonçalo e Flora, moça que por acidente chega a Amarante, e a personalidade profana e lasciva de Antônio, sobrinho de Gonçalo, que é encarregado de cuidar dos fiéis na ausência do frei.  A partir do desejo não correspondido de Antônio por Flora, surge o conflito da trama, possibilitado ainda mais pela ausência de Gonçalo na cidade, devido a uma peregrinação. Durante esse período, Antônio forja a morte de Gonçalo e isola os fiéis no outro lado do Tâmega, destruindo a ponte. É a construção de uma nova ponte, através de um milagre atribuído a Nossa Senhora, que marca o reencontro dos fiéis com a cidade e a igreja.

A direção-geral do auto é do artista são-gonçalense Gleydson Almeida, que destaca a importância da encenação para a cidade ‘berço da cultura popular do estado’. “O auto vem para fortalecer nossa cultura e entrar para o calendário cultural da cidade. Resgatando o sentimento de união e fé no poder da arte”, disse. Gleydson lembra ainda que o espetáculo é desenvolvido em quase sua totalidade por pessoas da cidade, selecionadas por meio de audição. O texto e a trilha sonora são do músico Danilo Guanais, professor de música da UFRN, com mais de três décadas de carreira.

As apresentações acontecem nos próximos dias 31 de janeiro e 1 de fevereiro, no patamar da Igreja Matriz de São Gonçalo, no Centro da cidade, a partir das 20h.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *