Política

ACARAJÉ QUENTE: Santana deve tentar usar ‘saída Duda’

duda e joaoEntre todos os paralelos possíveis entre o mensalão e o petrolão, os dois maiores escândalos da era petista, poucos são tão eloquentes quanto os capítulos destinados aos marqueteiros do PT.

Dez anos depois de Duda Mendonça chocar o país com o depoimento em que admitiu, em rede nacional diante da CPI dos Correios, ter recebido no exterior pela campanha de Lula, é a vez de João Santana que o substituiu no marketing petista, colocar a presidente Dilma Rousseff em xeque.

A ironia fica por conta de que, ex-sócios, Duda e Santana hoje são desafetos.

Ainda assim, defesa de Santana deverá seguir o roteiro adotado por Duda, que lhe rendeu uma rara absolvição no festival de condenações do mensalão em 2012.

Deve admitir ter recebido recursos no exterior, mas negar sua relação com as campanhas de Lula, Dilma e outros petistas. Vai se dispor a pagar o que eventualmente seja devido à Receita e tentará escapar da imputação de crimes mais graves, como lavagem, evasão de divisas e corrupção passiva.

O caroço no angu é que, agora, a Lava-Jato tem um raio-X muito mais detalhado da complexa rede de off-shores e pagamentos a Santana no exterior. Mais: a força-tarefa sustenta ter evidências de que dinheiro desviado da Petrobras irrigou essa rede.

Caso isso seja provado, o caso Duda terá sido o que foi o mensalão diante do petrolão: apenas um prelúdio pueril, quase modesto.

Fonte: Radar Online / Veja

Opinião dos leitores

  1. BG
    Este mal caráter é mesmo um mister M (ilusionista e SAFADO), como disse ontem um senador no congresso.

  2. O pai da mentira é o diabo. Depois das mentiras deslavadas para ajudar a eleger sua Cliente será que este capeta tem créditos para fazer sua defesa junto a PF.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura recebe R$ 17,7 milhões do Governo Federal para a obra de engorda da faixa de areia em Ponta Negra

Foto: Dênio Simões/MDR

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), empenhou mais R$ 17,7 milhões para ações de engorda e enrocamento na praia de Ponta Negra, um dos cartões-postais de Natal, no Rio Grande do Norte. O anúncio foi feito pelo ministro Rogério Marinho durante a apresentação do projeto para as intervenções, nessa segunda-feira (27). As ações vão fomentar o turismo na capital potiguar e dar mais segurança à encosta da faixa litorânea.

Os investimentos da União no empreendimento poderão alcançar até R$ 78 milhões. Desse total, R$ 75,1 milhões já foram empenhados pelo MDR, sendo que R$ 57,5 milhões foram garantidos desde 2020.

Após a assinatura do termo de empenho dos recursos, o ministro Rogério Marinho enfatizou o potencial impacto que as obras em Ponta Negra poderão levar para o estado.

“A maior e mais importante indústria que o Rio Grande do Norte tem é o turismo. E ela precisa ser respeitada, apoiada e fortalecida. Estamos falando de uma customização que vai mudar a face daquela praia e que vai permitir que quem mora em Natal se sinta à vontade para voltar a frequentar a praia de Ponta Negra”, destacou o ministro. “E que quem vem nos visitar se sinta confortável não só na sua estadia, mas se sinta confortável em trazer outros visitantes, que geram o que nós queremos, que é circulação de riqueza, geração de empregos e o desenvolvimento econômico como um todo”, ressaltou.

Os recursos serão destinados à construção de muro de contenção de erosões, rampas de acessibilidade e escadas, além da ampliação da faixa de areia ao longo de quatro quilômetros. As obras serão efetuadas pela Prefeitura de Natal. A previsão é que a licitação seja aberta em 16 de novembro, de acordo com o Executivo local.

A chamada engorda da praia de Ponta Negra consiste na ampliação da faixa de areia. Pelo projeto, ela terá 100 metros na maré baixa e de 30 metros a 50 metros quando a maré se elevar.

“Estamos vivendo um momento histórico para a nossa cidade, porque nenhuma obra era tão ansiada e aguardada como a da engorda da praia de Ponta Negra. A principal atividade econômica da cidade é o turismo e 80% dos empreendimentos turísticos estão naquela região. É um impacto enorme para Natal. Estamos fazendo a cidade avançar”, afirmou o prefeito de Natal, Álvaro Dias.

A orla da praia de Ponta Negra já recebeu investimentos para a execução de parte das obras na região. Uma delas foi o enrocamento ao longo de dois quilômetros da encosta da orla. Agora, mais 1.173 metros da encosta receberão o mesmo tipo de intervenção. A nova metodologia aprovada pelo MDR consiste na colocação de conjuntos de blocos de pedras ou outro material para proteger o talude contra a erosão das ondas. A obra também será composta por sete escadas, quatro rampas de acesso e 23 dissipadores de energia.

“Esta obra vai mudar a cara do turismo de Natal e do Rio do Grande do Norte. É um momento muito importante para todos os trabalhadores da indústria do turismo da cidade”, reforçou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Rio Grande do Norte, Abdon Gosson.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: PF faz a maior apreensão na fronteira de produto usado no refino de cocaína com capacidade para 10 toneladas de cloridrato da droga para o consumo

Foto: Polícia Federal/Reprodução

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal, realizou, nesta segunda-feira (27), a maior apreensão em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, de acetato de etila, cerca de 130 mil kg do solvente usado no refino de cocaína.

De acordo com a PF, que divulgou a apreensão nesta terça-feira (28), a carga estava em tambores de 200 litros, que seriam levados em cinco caminhões para a Bolívia. Os veículos foram apreendidos e um brasileiro preso.

A carga está avaliada em mais de R$ 1 milhão, e nas mãos dos traficantes custaria pelo menos o triplo do preço.

Com os insumos apreendidos seria possível produzir 10 toneladas de cloridrato de cocaína prontos para o consumo.

Segundo a PF, essa apreensão reforça o trabalho que as instituições vêm realizando nas fronteiras do Brasil com países produtores de cocaína, dificultando a produção do entorpecente, que possivelmente circularia em território nacional.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro indicará outro evangélico ao STF, caso o Senado rejeite André Mendonça: “Eu acho que o André vai dar certo”

Foto: ADRIANO MACHADO / REUTERS

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta noite, em entrevista ao canal da Jovem Pan no YouTube, que indicará um novo evangélico para o Supremo Tribunal Federal (STF), caso o Senado rejeito o nome de André Mendonça para a Corte. Ex-advogado-geral da União, Mendonça foi escolhido em julho pelo presidente para ocupar uma vaga no Supremo. No entanto, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ainda não pautou a sabatina pelo qual o indicado deverá ser submetido.

“Se sair o André, no meu compromisso que fiz junto aos evangélicos, será outro evangélico. Eu acho que o André vai dar certo”, afirmou Bolsonaro.

A afirmação deixa de fora do possível “plano B” de Bolsonaro para o STF o procurador-geral da República, Augusto Aras, que é católico.

Durante a entrevista, Bolsonaro evitou comentar sobre a resistência de Alcolumbre em agendar a sabatina de Mendonça.

“Não quero entrar em boatos. Todo mundo quer poder”, afirmou o presidente.

Existe a expectativa de o presidente da Comissão e Constituição e Justiça, Davi Alcolumbre, marcar a sabatina para a primeira quinzena de outubro. Recentemente, os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Podemos-GO) acionaram o Supremo Tribunal Federal (STF) para que Alcolumbre paute a sabatina.

Com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello no dia 12 de julho, o STF passou a funcionar com apenas dez ministros. Para os senadores, o desfalque na composição da Corte acarreta em grave dano ao interesse público porque atrapalha os trabalhos do Supremo. Como o processo não foi distribuído, ainda não houve a designação de um relator.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Libertadores: Atlético-MG e Palmeiras decidem vaga na final na noite desta terça-feira

Foto: Pedro Souza/Atlético/Direitos Reservados

Atlético-MG e Palmeiras decidem nesta terça-feira (28), a partir das 21h30 (horário de Brasília) no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, quem será o primeiro finalista da atual edição da Libertadores.

Após o empate em 0 a 0 no jogo de ida, na última semana em São Paulo, o Galo precisa vencer para se classificar à sua segunda decisão da competição continental. Em 2013, o Atlético-MG foi campeão superando o Olímpia (Paraguai) na final. Já o Palmeiras segue adiante até mesmo empatando com gols. Em caso de novo 0 a 0, a decisão será na disputa de pênaltis.

A equipe comandada pelo técnico Abel Ferreira não tem nenhum desfalque para a decisão. O provável Verdão será: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Dudu; Rony e Luiz Adriano.

Do lado dos donos da casa a expectativa é sobre o aproveitamento do trio Diego Costa, Keno e Savarino. O ex-jogador do Chelsea (Inglaterra) se lesionou na coxa no primeiro confronto contra os paulistas e dificilmente deve ir a campo nesta noite.

Já o venezuelano Savarino já está na fase de transição de uma lesão na coxa e tem chances de jogar. Dos três, aquele que parece mais perto do retorno é Keno. Com um quadro de virose, o atacante não foi relacionado para o jogo do final de semana contra o São Paulo pelo Brasileiro. Porém, tem presença quase certa no grupo para o jogo da noite desta terça-feira. Ainda com essas dúvidas, o provável Galo é: Everson; Mariano, Nathan Silva, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho; Hulk e Keno (Vargas).

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Deputada lembra que combustível do RN é o segundo mais caro do país: “PB, PE e CE estão lá atrás”

A deputada estadual Cristiane Dantas, aquela tem cobrado a redução do ICMS sobre os combustíveis como alternativa para redução dos valores de venda praticados no Rio Grande do Norte, ppntuoi que o combustível do combustível no estado é o segundo maior do país.

“O combustível no RN figura no ranking brasileiro como o 2º mais caro do País, enquanto estados vizinhos como Paraíba, Pernambuco e Ceará aparecem lá atrás. O valor é exorbitante, penalizando a população que vem pagando um preço muito elevado e injusto, sobretudo quem trabalha com serviços de transporte”, alertou Cristiane.

O preço médio da gasolina no RN é de R$ 6,623, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O menor preço é de R$ 6,409 e o maior de R$ 6,699.

De acordo com ela, a manutenção do ICMS de 29%, uma das maiores cargas tributárias do país, só tem servido para aumentar a arrecadação e prejudicar o trabalhador.

Opinião dos leitores

  1. É muito simples de explicar. O problema reside na cobrança antecipada do ICMS por parte do governo do RN utilizando como premissa o preço médio cobrado pelos postos em um determinado período. Em função disso, os postos de combustíveis não têm muito margem para praticarem preços diferenciados porque essa prática de cobrança antecipada prejudica o livre mercado e a concorrência. Os donos de postos até gostam disso porque o preço fica praticamente tabelado e quem perde somos nós consumidores.

  2. Segundo a mídia comprometida com recursos públicos e a turma que idolatra seu corrupto de estimação, a culpa é de Bolsonaro.
    Com o agravante que ele não disse ou ensinou aos governadores como governar beneficiando o povo com a redução de impostos.
    Alguns políticos e seus assessores tem que manter o discurso do caos financeiro para justificar a falta de pagamento aos terceirizados, os atrasos nos salários, a falta de ação na manutenção de hospitais, escolas, rodovias, usam também para despistar a não contratação de pessoal da saúde e de quebra para diminuir os investimentos, depois vão a mídia culpar o governo federal. Simples assim!
    Nenhum governador aceitou baixar o valor cobrado de seus ICMS estaduais nos combustíveis e tem uns aumentando sobr o argumento fantasioso de realinhamento, reposição tributária.
    No RN o litro da gasolina está R$ 6,69 enquanto na PB R$ 6,19 Apenas fatos, sem narrativas ou acusações.

  3. A excelentíssima senhora governadora ao ser indagada hoje pela manhã (ao vivo ) sobre a crise dos hospitais no RN, fez o maior “arrudeio” e não respondeu objetivamente a pergunta , eximindo-se de culpa e apontando o dedo para o governo federal .
    A excelentíssima deveria ao menos disfarçar o texto previamente combinado com a reportagem, e fazer o “mea culpa” pelo seu governo incompetente , que se gaba de PAGAR SALÁRIO EM DIA, diga-se de passagem , uma OBRIGAÇÃO.
    ESTAMOS DE OLHO!!!

  4. para Fátima cadeado está ótimo, pois para a maioria, desinformados, só reflete negativamente para governo federal e tudo que ela quer. O povo? Se lasque!!

  5. É o governo do PT, da Perda Total. Fátima está acabando com o RN. O ano que vem, vai ser aposentada compulsoriamente nas urnas.

  6. Só um doente 🤢 não ver que o ICMS não tem nada haver com o aumento da gasolina, pois só esse ano já aumentou umas 20 vezes, lembrando que o ICMS é o mesmo para Paraíba, Rn , Ceará , Piauí, então se aqui é o mais caro não é culpa do ICMS, mas lógico que o ICMS leva um valor alto referente ao valor final do combustível, mas a culpa é a forma do câmbio e da política de preço da Petrobras . Isso aí é fato . Precisa a petrobras mudar sua política de preço , só lembrando que o lema dela é o petróleo é nosso, porém nosso povo brasileiro não tem nada .

  7. Interessante que o percentual do ICMS do RN é o mesmo dos outros estados. Não tem um percentual maior. Então não é por aí que vai consertar o valor do combustível.

  8. Sei q não está fácil conviver com o preço dos combustíveis , alguém tem q fazer algo.
    Mas vou voltar a outro assunto, padre de tangará , bg, leio seu blog todos os dias, sei do seu compromisso com a verdade, mas gostaria q nesse caso do padre lenilson seria bom se vc pudesse ouvir a população tangaraense, esse padre não e político , ele desabafou pq não aguenta mais os fiéis reclamarem dessa administração, o povo diz que elegeram um médico como prefeito , e quem manda na cidade e a filha, a cidade está entregue as batatas, e muita propaganda, e pouco sendo feito, foi colocado na mídia só o desabafo de padre lenilson, e foi infeliz nessa cobrança, mas e as outras cobranças q ele faz pra melhoria dos seus fiéis, porque não vem a mídia, esse padre não se mete na política, e cobra ações dos políticos, entre alguns políticos de tangará , e o padre lenilson, pensem bem antes de tomar uma posição, para não serem o justos

  9. pergunto quanto é o ICMS dos estados citados.Se for o mesmo percentual então o problema não está o imposto,

  10. A culpa é do ICMS ?
    O ICMS é o mesmo de sempre, desde quando a gasolina era “cara” a R$4,00!
    Hoje é R$ 7,00 e estão achando barata só para não abalar o mito!

  11. O que eu gostaria de saber o porquê de tudo que o Brasil tem prejuízo jogam para o contribuinte paga , a energia aumentou por causa da falta das chuvas nós reservatório de água nas hidroelétricas aí somos nois que pagamos o pato ,os ICMS de cada estado os governadores não estão nem aí para zera e o cidadão ficar aliviado com preço da gasolina, porque quanto mais barata mais vendem.

  12. Fui a Paraiba sábado e encontrei gasolina a 5,43, eu pergunto? A culpa é de Bolsonaro, então me explica a diferença de mais de 1 real de estado para o outro “VIZINHO” . Tá na hora de colocar essa governadora pra fora.

  13. Já pensaram se Fátima não fosse a mãe dos pobres? O malvado do genocida baixou os impostos de gás, gasolina e diesel. O etanol ele liberou a venda direta dos produtores, esse presidente dos ricos.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Covid: São Gonçalo retoma vacinação para adolescentes sem comorbidades e reduz intervalo da 2ª dose da Pfizer

Após receber mais doses de vacina contra a covid-19, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN vai voltar a imunizar os adolescentes sem comorbidades de 12 anos ou mais nesta terça-feira (28). O município também vai reduzir o intervalo para a D2 da Pfizer para quem tomou a primeira dose até 4 de agosto.

Confira o cronograma

Primeira dose (D1)

Adolescentes, com ou sem comorbidades, acima de 12 anos; e população geral acima de 18 anos.
Locais: ginásios de esportes do Amarante e Santo Antônio.
Horário: das 15h às 19h.

Gestantes, puérperas e lactantes acima de 12 anos.
Local: UBS Mangueirão
Horário: das 8h às 12h.

Segunda dose (D2)

Pfizer: para quem tomou a D1 até 4 de agosto.
Locais: em todas as unidades de saúde, das 8h às 12h; e nos ginásios do Amarante e Santo Antônio, das 15h às 19h.

Oxford: para quem tomou a D1 até 20 de julho.
Locais: Ginásios do Amarante e Santo Antônio, das 15h às 19h.

Coronavac: para quem tomou a D1 há 28 dias.
Locais: em todas as unidades de saúde, das 8h às 12h; e nos ginásios do Amarante e Santo Antônio, das 15h às 19h.

Dose de reforço (D3)

Idosos acima de 70 anos que completaram o esquema vacinal há seis meses;

Pessoas com alto grau de imunossupressão acima de 18 anos, com a segunda dose (D2) feita há 28 dias.

Locais

Em todas as unidades de saúde, das 8h às 12h.

Já os idosos acima de 90 anos e os acamados que completaram o esquema vacinal há seis meses, a vacinação está sendo em domicílio.

Documentos

Para D1: é necessário estar cadastrado no RN Mais Vacina, comprovante de residência e documento oficial com foto.

Para D2: cartão de vacina e documento oficial com foto.

Para D3 dos imunossuprimidos: comprovação de alto grau de imunossupressão, comprovante de segunda dose da vacinação e documento oficial com foto.

Para D3 dos idosos: cartão de vacina e documento oficial com foto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Justiça mantém suspensão do concurso de perito criminal do Itep/RN

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) manteve a suspensão do concurso público do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) para perito criminal, área geral. A Justiça negou dois pedidos de liminares em agravos apresentados pelo Ministério Público e outro pelo Governo do RN.

O certame foi suspenso em julho por indícios de ilegalidade no edital, ao prever o provimento do cargo em dissonância com a Lei Complementar Estadual nº 571/2016 e com a Lei nº 12.030/2009. O juiz Francisco Seráphico da Nóbrega destacou na decisão liminar que a legislação nacional e a estadual exigem formação superior específica para o cargo de perito criminal. O edital do concurso não inseriu qualquer exigência no que se refere à especialidade dos candidatos.

O pedido para suspensão foi apresentado pela Associação Brasileira de Criminalística (ABC) em Ação Civil Pública, e suspendeu o concurso público do Itep-RN apenas em relação ao provimento de vagas para o cargo de Perito Criminal – Área Geral, permitindo a continuidade do certame quanto ao restante dos cargos.

O concurso foi aberto em maio, e ofertou 276 vagas para os cargos de agente de necropsia, agente técnico forense, assistente técnico forense, perito criminal, perito médico legista e perito odontolegista. Os profissionais contratados serão lotados em Natal, Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros com remuneração de R$ 2.807,36 a R$ 7.440.

Opinião dos leitores

  1. Aí vai ficar suspenso eternamente? Quem fez a prova e anseia por uma vaga na instituição (meu caso) só quer saber que atitudes serão tomadas: vão realizar outras provas? Vão pedir para apresentar os certificados com antecedência? Vão cancelar de vez e devolver o dinheiro de quem e inscreveu? Ficar só suspenso não resolve nada.

  2. Esse Governo do Estado é enrolão, atrapalhado e incompetente ou será que foi feito de propósito, para justificar a não realização por erro? Como a governadora Fátima Bokus, não assume nada, deve tentar colocar a culpa no Presidente Bolsonaro.

  3. Esse RN só promove o que não presta pqp!!!Exigem curso superior para soldado de polícia!!!! Imagina o cara ter que passar 5 anos em uma Universidade para ser soldado no interior e não ser exigido diploma superior específico para o cargo de perito. Um absurdo.

    1. Amigo Jonas, o último certame finalizado ia ser nível médio, mas na época a confusão foi tão grande por parte até dos próprios PMs (via associações) da ativa que colocaram nível superior. E convenhamos, temos cursos superiores de 2 anos e o salário da PM inicial está bem melhor que certos salários ridículos que vemos para algumas carreiras de bacharéis.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Rogério e Fábio têm acordo para definição do candidatos até março de 2022

Antes de passarem o fim de semana cumprindo agenda politica e administrativa no Rio Grande do Norte nesse fim de semana, os ministros potiguares do governo do presidente Jair Bolsonaro – Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Fábio Faria (Comunicações), conversaram em Brasília sobre a postulação de pré-candidaturas ao Senado da República e a forma como cada um deve consolidar esse projeto político sem criar arestas que possam prejudicar politicamente o bolsonarismo local na campanha eleitoral de 2022.

Para Marinho, a data limite é a que “a própria legislação eleitoral preceitua e a forma como a gente tem de se conduzir é com a civilidade natural das pessoas que se respeitam e estão dentro do mesmo ambiente, tenho toda admiração pelo ministro Fábio e não tenho duvida que as coisas vão se dar das melhor forma possível e quem tiver melhor condição será o candidato”.

Para Marinho, o processo de construção de uma pré-candidatura a senador tem até o final de março – diante do prazo de seis meses antes das eleições para desincompatibilização de cargos públicos para quem pretende ser candidato a cargo eletivo, “para tomarmos uma decisão mais definitiva”.

Leia a notícia completa aqui na Tribuna do Norte.

Opinião dos leitores

  1. Pense numa dupla. Se botar esses dois num saco, juntamente com Fátima do PT, e sacudir, vai gerar fezes no estado líquido.

    1. Lula adora “o amigo do meu pai” e Curtir sitio de amigo meu kkkkkk

    2. Não é diferente do PT, a GOVERNADORA FÁTIMA DO PT, já 3(anos) na GESTÃO o funcionalismo ZERO, combatia os EX-GOVERNADORES pelo congelamento dos SALARIOS e está fazendo pior e também não é surpresa o que a GOVERNADORA FÁTIMA DO PT, estar fazendo com os PELEGAS. Primeiro discriminou o funcionalismo, segundo congelou SALARIOS e terceiro fez a pior REFORMA DA PREVIDÊNCIA que literalmente a maior perda do poder AQUISITIVO dos APOSENTADOS E PENSIONISTAS mas, discursos não era esse e sim para os humildes que vem há de 12 anos sem reposição SALARIAL. Viva o PT!

    3. Quem gosta é esquerdista. Tanto que faz tudo para multiplicá-los.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

ButanVac é segura e induz resposta imunológica potente, diz estudo preliminar

A ButanVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan, apresentou taxas de segurança e resposta imunológica satisfatórias em estudo inicial em humanos, de fase 1.

Os resultados são de ensaio clínico realizado na Tailândia. Foram analisados por cientistas da Universidade Mahidol, de Bangcoc (Tailândia), da Icahn Escola de Medicina Monte Sinai, de Nova York (EUA), e da Universidade do Texas, em Austin (EUA).

Os pesquisadores publicaram na última 5ª feira (22.set.2021) artigo em versão pré-print (sem ter sido revisado pela comunidade científica) na plataforma MedRxiv. Segundo os autores, a NDV-HXP-S, nome internacional da ButanVac, demonstrou um “perfil de segurança aceitável e é altamente imunogênica”.

Participaram 210 voluntários de 18 a 59 anos. Foram 82 homens e 128 mulheres. Eles receberam duas doses do imunizante, com 28 dias de intervalo entre elas.

A vacina é testada também no Brasil e no Vietnã, mas ainda não foram divulgados dados desses estudos.

Poder 360

Opinião dos leitores

  1. Só idiota acredita em mais um placebo do Butantan, que depois da coronavac perdeu toda a credibilidade.

  2. O tal Poder 360 poderia dizer quantas pessoas morreram depois de tomar as 02 doses da cononavac (coronadória ou coronachina)?
    A exemplo de Tarcísio Meira. Esses dados deveriam está a disposição de todos e nem precisa fabricar estudo, gastar com isso, é só pegar quem tomou as duas doses da vacina apresentar as informações. Dando prioridade as que estão imunes ou não e quantas morreram depois de tomar as duas doses. Um pouco de transparência é benéfico a todos e não ficar desviando o assunto da realidade.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

‘Não seria conveniente iniciar impeachment de Bolsonaro neste momento’, diz Michel Temer

O ex-presidente Michel Temer (MDB) avalia que não seria conveniente iniciar neste momento um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Ele ressalta que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid pode concluir que o presidente teve “incúria” no combate à covid-19, o que eventualmente pode levar o Ministério Público a pedir o afastamento de Bolsonaro. Entretanto, Temer acredita que o momento não é o ideal para este processo.

“Se você me perguntasse um ano atrás, eu diria que talvez fosse o caso de começar um impedimento. Nesse momento, eu não acho adequado”, disse ele, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 27. Segundo Temer, o processo de impedimento é “traumático” e, com o mandato de Bolsonaro já em estágio adiantado, esse efeito se ampliaria.

Temer disse que o impeachment, por passar pelo Congresso, é um processo mais político do que jurídico e que, por isso, não consegue avaliar se Bolsonaro cometeu ou não crimes. “Não há condições para avaliar sobre o foco jurídico, porque o foco é sempre político”, afirmou.

Estadão Conteúdo

Opinião dos leitores

  1. Claro… Ainda falta prejudicar o Brasil ainda mais!
    Ou o Brasil acaba com Bolsonaro, ou Bolsonaro acaba com o Brasil.

  2. Esse ator do filme ‘Centrão do Brasil’, Mijei Montenegro deve está cobrando muito caro por cada carta que escreve pro Mintohorror e não quer perder sua boquinha. Nesta semana, escreveu as desculpas da primeira dama e já está redigindo a carta do Queiroga que pediu_lhe pra evitar as mesóclises. Esse papel rendeu uma indicação ao Oscar de morto vivo da política.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *