Política

Barroso e ex-presidentes do TSE divulgam nota em defesa do modelo de eleições do Brasil

Foto: André Rodrigues/Arquivo/Gazeta do Povo

Ex-presidentes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desde 1988 divulgaram nesta segunda-feira (2) uma nota em defesa do modelo de eleições no Brasil.

A nota também é assinada pelo atual presidente do TSE, ministro Luis Roberto Barroso, e pelo vice, Edson Fachin.

A manifestação do atual e dos ex-presidente do TSE ocorre em um momento em que o presidente da República, Jair Bolsonaro, decidiu colocar em dúvida as urnas eletrônicas. O próprio Bolsonaro já admitiu que não tem provas, mas mesmo assim tenta emplacar o voto impresso.

Na nota, os ministros ressaltam que a volta da contagem manual seria um regresso a um cenário de “fraudes generalizadas”.

“A contagem pública manual de cerca de 150 milhões de votos significará a volta ao tempo das mesas apuradoras, cenário das fraudes generalizadas que marcaram a história do Brasil”, afirma um trecho do texto.

A nota lembra ainda que a urna eletrônica é usada nas eleições desde 1996 e nunca houve fraude.

“Jamais se documentou qualquer episódio de fraude nas eleições. Nesse período, o TSE já foi presidido por 15 ministros do Supremo Tribunal Federal. Ao longo dos seus 25 anos de existência, a urna eletrônica passou por sucessivos processos de modernização e aprimoramento, contando com diversas camadas de segurança”, dizem os ministros.

Os ex-presidentes do TSE e a atual cúpula da Corte ressaltaram que o voto eletrônico é, sim, auditável, ao contrário do que prega Bolsonaro a seus aliados.

“As urnas eletrônicas são auditáveis em todas as etapas do processo, antes, durante e depois das eleições. Todos os passos, da elaboração do programa à divulgação dos resultados, podem ser acompanhados pelos partidos políticos, Procuradoria-Geral da República, Ordem dos Advogados do Brasil, Polícia Federal, universidades e outros que são especialmente convidados. É importante observar, ainda, que as urnas eletrônicas não entram em rede e não são passíveis de acesso remoto, por não estarem conectadas à internet.”

Íntegra

Veja a íntegra da nota:

Nota pública

O Presidente, Vice-Presidente, futuro Presidente e todos os ex-Presidentes do Tribunal Superior Eleitoral desde a Constituição de 1988 vêm perante a sociedade brasileira afirmar o que se segue:

1. Eleições livres, seguras e limpas são da essência da democracia. No Brasil, o Congresso Nacional, por meio de legislação própria, e o Tribunal Superior Eleitoral, como organizador das eleições, conseguiram eliminar um passado de fraudes eleitorais que marcarama história do Brasil, no Império e na República.

2. Desde 1996, quando da implantação do sistema de votação eletrônica, jamais se documentou qualquer episódio de fraude nas eleições. Nesse período, o TSE já foi presidido por 15 ministros do Supremo Tribunal Federal. Ao longo dos seus 25 anos de existência, a urna eletrônica passou por sucessivos processos de modernização e aprimoramento, contando com diversas camadas de segurança.

3. As urnas eletrônicas são auditáveis em todas as etapas do processo, antes, durante e depois das eleições. Todos os passos, da elaboração do programa à divulgação dos resultados, podem ser acompanhados pelos partidos políticos, Procuradoria-Geral da República, Ordem dos Advogados do Brasil, Polícia Federal, universidades e outros que são especialmente convidados. É importante observar, ainda, que as urnas eletrônicas não entram em rede e não são passíveis de acesso remoto, por não estarem conectadas à internet.

4. O voto impresso não é um mecanismo adequado de auditoria a se somar aos já existentes por ser menos seguro do que o voto eletrônico, em razão dos riscos decorrentes da manipulação humana e da quebra de sigilo. Muitos países que optaram por não adotar o voto puramente eletrônico tiveram experiências históricas diferentes das nossas, sem os problemas de fraude ocorridos no Brasil com o voto em papel. Em muitos outros, a existência de voto em papel não impediu as constantes alegações de fraude, como revelam episódios recentes.

5. A contagem pública manual de cerca de 150 milhões de votos significará a volta ao tempo das mesas apuradoras, cenário das fraudes generalizadas que marcaram a história do Brasil.

6. A Justiça Eleitoral, por seus representantes de ontem, de hoje e do futuro, garanteà sociedade brasileira a segurança, transparência e auditabilidade do sistema. Todos os ministros, juízes e servidores que a compõem continuam comprometidos com a democracia brasileira, com integridade, dedicação e responsabilidade.

Ministro LUÍS ROBERTO BARROSO
Ministro LUIZ EDSON FACHIN
Ministro ALEXANDRE DE MORAES
Ministra ROSA WEBER
Ministro LUIZ FUX
Ministro GILMAR MENDES
Ministro DIAS TOFFOLI
Ministra CÁRMEN LÚCIA
Ministro RICARDO LEWANDOWSKI
Ministro MARCO AURÉLIO MELLO
Ministro CARLOS AYRES BRITTO
Ministro CARLOS MÁRIO DA SILVA VELLOSO
Ministro JOSÉ PAULO SEPÚLVEDA PERTENCE
Ministro NELSON JOBIM
Ministro ILMAR GALVÃO
Ministro SYDNEY SANCHES
Ministro FRANCISCO REZEK
Ministro NÉRI DA SILVEIRA

Blog do Valdo Cruz – G1

 

Opinião dos leitores

    1. Por que o medo?
      Dizem que nunca houve fraude.
      Pode não ter havido.
      Mas também fica difícil provar.
      Dizer que outros países desenvolvidos que imprimem o voto não passaram pelo mesmo processo histórico é conversa para boi dormir.
      Todos os outros países estão errados?
      Falaram na legislação e no congresso.
      Em 2015, o Congresso aprovou a impressão do voto.
      O STF não deixou.
      Por que tanto medo?
      Não cabe ao TSE ou ao STF decidirem como será a eleição.
      Quem decide é o povo e o congresso.
      Por que ministros tentam interferir no livre exercício do poder legislativo e foram convencer parlamentares a mudar de voto?

  1. Até ontem, o sistema era inquestionável.
    Coincidentemente, depois que Bolsonaro caiu nas pesquisas, as urnas passaram a ser passíveis de fraude.
    É o famoso FATO NOVO, pra justificar a derrota!

    1. Engano seu idiota, já ocorreram três PECs tentando mudar essa situação e transformar o sistema mais seguro, se não vai transformar o sistema mais seguro para todos, qual o prejuízo? Acredito que esse medo é por ter algo errado.

    2. Primeiro.
      Não caiu nas pesquisas, só na foia de São Paulo.
      Segundo. O ladrão tá solto.
      Entendeu??
      Ou quer que desenhe??
      As urnas tem que ser auditadas e ponto final.

  2. Era só o que faltava.
    Esses togados sem votos querer mandar no nosso voto.
    Eu quero o meu voto contado pra Bolsonaro, tem que cair na urna pra ser auditavel.
    Ponto final.
    Chega de sacanagem no Brasil.
    Arroche meu presidente.
    Ô véi corajoso da gota serena.

  3. Só QUERO ENTENDER QUE, SE O PROCESSO ELEITORAL NO BRASIL É LIMPO E HONESTO E A PROVA DE FRAUDES, QUAL O PROBLEMA DE TER O COMPROVANTE IMPRESSO, QUE NÃO VIRÁ PARA MÃO DO ELEITOR SERVINDO TÃO SOMENTE PARA CASOS DE AUDITORIA. OUTRA COISA, SE O VOTO É UM ATO DEMOCRATICO PORQUE A APURAÇÃO TEM QUE SER FEITA AS ENCONDIDAS DOS OLHOS DO POVO. ASSIM COMO A MEGA SENA É TRANSMITIDA EM REDE NACIONAL ASSIM TEM QUE SER A APURAÇÃO. TRANSPARENCIA É O NOME. AGORA ELES SABEM QUE NÃO É ASSIM.

  4. A fraude tá na cara ao ponto divulgarem Fake News.
    É mentira que tenha que contar os votos manual.
    O sistema continua do mesmo jeito, o que muda é a impressora na urna para imprimir o voto, para CASO SEJA PRECISO CONTAR OS VOTOS TER COMO, hoje não tem como verificar .
    Se mudar os votos lá na sala cofre, como parece ter sido mudado na eleição de Aécio e o primeiro turno de 2018, ja era, já foi meu camarada, a brejeira fica aplicada e vc não tem como verificar.
    Esses caras estão de sacanagem.
    Meia dúzia de sem votos, mandando nos votos do povo.
    Isso não pode.
    Voto auditado já!!!!!
    Ou faz limpa, ou não tem.
    Bolsonaro tá certíssimo mais uma vez.

  5. alguem sabe explicar esse temor do voto ser auditavel, chegando ao ponto desse ministro fazer um papel ridiculo deste, ele é quem deveria deixar claro para acabar as suspeitas , ai ele faz o contrario gerando mais desconfiança da população , realmente nimguem sabe qual o intere$$e de deixar a eleição sob suspeita

    1. Só canhoto.
      Vcs estão de brincadeira??
      Querer empurrar goela abaixo um ex presidiário pra presidente do Brasil.
      Vai roubar de novo e financiar ditaduras com o nosso dinheiro.
      Ta bêbado???

  6. Bolsonaro é tão louco e miliciano quanto Lula é honesto.
    Só a esquerda e aqueles que devem favor a políticos da esquerda, devido ao aparelhamento estatal, são contra o voto auditável em papel, são contra o direito de auditar o voto de forma simples e ao alcance das pessoas, sem necessidade de ser através de especialistas em computação.
    Se a esquerda quer tomar o poder, sem ser pelo voto, a direita tem todo direito de exigir eleição limpa e auditável. Se não for assim, que a corda arrebente de vez e acabe com esse golpe que estão tentando impor ao Brasil.

  7. Bem na eleição que Bolsonaro ganhou os ministros estavam com raiva do PT.Agora estao desgotosos com Bozo.será por isto?hum!

  8. Boa parte desses ministros presidiram eleições no sistema antigo de voto totalmente manual. Como é que podem atestar que as urnas eletrônicas, que na época nem existiam, são confiáveis?

    1. Pesquise omi, o voto eletrônico começou em 1996… Faz somente 25 anos sabia?

  9. O Brasil esta vigilante e ativo por seus interesses cívicos e patriotas. Uma patota desta envergadura assinando contra o voto auditáveis é para desconfiar, todos sem a menor credibilidade.

  10. Interessante ver que esses doutores em informática togados com tanta preocupação em barrar uma auditoria acessível ao povo do voto. Uma auditoria simples, onde o voto da urna possa ser comparado com o resultado do computador central, conferindo voto a voto.
    A primeira mudança estranha imposta pelo TSE foi centralizar toda apuração em 01 único computador, retirando os resultados dos TRE nos estados.
    A segunda foi fazer a apuração numa sala fechada com o resultado sendo apresentado no final.
    Agora vem toda essa campanha institucional contrária a transparência numa auditoria simples, de fácil conferência pelo papel. As desculpas são as mais esfarrapadas possíveis.
    Segundo a Constituição Federal, o poder emana do povo e quem se coloca contra a vontade do povo está impedindo o processo democrático.
    Qual a razão de tanta reação contra auditoria aberta, simples e contabilizada voto a voto? As reações contrárias as incontáveis manifestações do povo em favor do voto auditável, no papel, beira ao autoritarismo.

    1. Beira ao autoritarismo não, é atitude de ditador mesmo. Em países que presam pela democracia não se vê isso.

  11. La Garantia Soy Jo… ano que vem o TSE está nas mãos de Xandão, o cara das conexões obscuras e ligações perigosas. Pode deixar que vamos confiar.

  12. O presidente e seus filhos sempre foram eleitos desde e sempre através do atual sistema de votação, e agora é que está contestando? Será se ele já está certo que Rachadinha, dinheiro de Corrupção do lider do governo, do sales, do centrão e superfaturamento de vacinas não serão suficiente pra reverter a derrota e tenta através dessa teoria, se perpetuar como presidente? Não tem outra resposta. Luladrão até comemora pra voltar em peso com sua quadrilha. Entretanto tem a terceira via, e muita água pra passar por debaixo da Ponte, o povo não vai entregar o país a essas quadrilhas não, quem viver verá.

  13. Após ver essa relação chego a conclusão que realmente o voto tem que ser impresso. Se isso está incomodando essa casta é porque algo está errado. Voto Impresso já.

    1. Não está incomodando, ele é presidente do TSE têm a obrigação de mostrar o sistema, já quem têm tantos imbecís no Brasil. Esse presidente e filhos foram eleitos com essas urnas eletrônicas, na verdade essa corja só sabe criar tumulto, e o gado vai na onda do berrante. Gente idiota. Às urnas são seguras!!!

    2. Né isso gadolino! Ainda bem que temos um presidente que eh contra a casta do centrao corrupto e dos militares patriotas que ganham mais de 100 mil por mês … Ops…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Vacinação dos adolescentes a partir de 16 anos sem comorbidades inicia em Natal nesta segunda-feira (20)

Foto: Charles Platiau/Reuters

Natal vai iniciar nesta segunda-feira (20) a vacinação para adolescentes com idade a partir de 16 anos de idade e sem comorbidades. A decisão do Município de começar a imunização desse público está respaldada em análises técnicas da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Tanto a SBIm quanto a SBP respaldam a aplicação da vacina Pfizer em adolescentes entre 17 a 12 anos, assim como já está autorizado pela Anvisa. Com base nesse aval técnico-científico, a SMS decidiu iniciar a imunização dos adolescentes.

O novo público alcançado pela campanha vacinal contra a Covid-19 pode procurar a partir de segunda-feira um dos quatro drives (Palácio dos Esportes, Via Direta, Sesi ou Nélio Dias), das 8h às 16h, ou uma das 35 UBS, das 8h às 15h, levando comprovante de residência de Natal, documento com foto e cartão de vacina. Todos os endereços dos locais de vacinação estão disponíveis no site vacina.natal.rn.gov.br.

Para receber o imunizante, o adolescente terá que estar acompanhado de um responsável. Outro ponto importante é que os adolescentes façam o cadastro prévio no plataforma RN Mais Vacinas, sendo necessário entrar com o CPF do responsável e se cadastrar como dependente.

“Além dos adolescentes com 16 anos ou mais, estaremos vacinando todo o público anteriormente contemplado e aplicando ainda a segunda dose de acordo com o cronograma de datas divulgados”, reforça o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

*D3 para idosos de 95 anos e mais *

Outro público que pode ser vacinado é o de idosos com 95 anos e mais. Essa dose de reforço será aplicada nessa faixa etária independentemente do imunizante da D1, sendo necessário somente ter finalizado o esquema nós últimos seis meses. Para receber a D3, as pessoas devem levar o cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Também na segunda-feira, a SMS Natal começa a vacinar, com a dose de reforço, os idosos institucionalizados.

Segunda dose
A segunda dose dos imunizantes está disponível nos quatro drives ou nas 35 salas de vacinação.

CORONAVAC
As pessoas que completaram os 28 dias da primeira dose do imunizante Coronavac podem procurar as 35 UBS ou qualquer drive-thru.

OXFORD
Para quem se vacinou até o dia 15 de julho a vacina está disponível.
Grávidas que tomaram a D1 de Oxford
As gestantes que tomaram a primeira dose com o imunizante Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer nas 35 UBS ou qualquer drive de vacinação.

PFIZER
A vacina está liberada para quem tomou a primeira dose até 29 de julho.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Devolução do auxílio emergencial pago indevidamente supera R$ 1 bilhão no IR 2021

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Receita Federal recebeu até agora 363.056 devoluções do auxílio emergencial, no valor total de R$ 1.085.009.884,87. Neste ano, foi obrigatória na declaração do Importo de Renda a devolução do benefício pago a contribuintes que tiveram rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76.

O ressarcimento dos recursos foi feito por meio da emissão de DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), no caso de recebimento indevido do auxílio emergencial pelos dependentes ou pelo titular da declaração do IR 2021.

A expectativa era de que 3 milhões de pessoas que ganharam o auxílio no ano passado teriam que devolver o benefício através da declaração, cujo prazo de entrega venceu em 31 de maio. A Receita já informou os contribuintes sobre pendências, como o auxílio emergencial não declarado, para que seja feita a retificação.

Segundo o Ministério da Cidadania, retornaram aos cofres da União até agora um total de R$ 5,1 bilhões referentes ao auxílio pago indevidamente. O valor inclui devoluções voluntárias feitas em 2020 e 2021, por meio da emissão de GRU (Guia de Recolhimento da União) e restituição por DARF, além de recursos não movimentados dentro dos prazos legais.

Segundo relatório do TCU (Tribunal de Contas da União), R$ 54,7 bilhões foram pagos indevidamente no auxílio emergencial desde o ano passado. Beneficiários sacaram o auxílio, mas não estavam dentro dos critérios de elegibilidade. São, por exemplo, servidores públicos (civis e militares) ou beneficiários da Previdência Social.

O Ministério da Cidadania afirma que tem realizado uma série de ações voltadas para o ressarcimento dos benefícios pagos fora dos critérios de elegibilidade.

Entre as medidas adotadas estão o resgate dos valores não movimentados na Caixa Econômica Federal e a disponibilização do site devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br, desde o início dos pagamentos do benefício, que permite a devolução de recursos por meio da emissão de guia de recolhimento.

Além do pagamento DARF, para contribuintes da Receita Federal, a compensação financeira também é realizada pelo INSS, no caso de recebimento indevido e simultâneo do auxílio emergencial ao benefício previdenciário, e solicitação direcionada aos servidores públicos.

O governo federal também mantém ainda o canal para registro de denúncias de fraudes, que é o sistema Fala.Br, plataforma integrada de Ouvidoria e acesso à informação da CGU (Controladoria Geral da União). O site está disponível em falabr.cgu.gov.br.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Televisão

VÍDEO: Apresentadora abandona telejornal ao vivo e sai correndo para ir ao banheiro

Os telespectadores do “SBT Verdade” foram surpreendidos com uma cena um tanto quanto incomum. Durante a apresentação do telejornal da emissora de Silvio Santos em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a âncora Silmara Moraes ficou muito apertada, segurou enquanto pôde, mas a situação complicou e precisou sair correndo para fazer suas necessidades.

Para conseguir sair, Silmara confessou ao vivo o que estava sentindo e pediu para ir ao banheiro. A jornalista não perdeu tempo e rapidamente chamou a produtora Renata para substituí-la enquanto estivesse fazendo suas necessidades. A âncora do telejornal só esperou o aval da direção para sair correndo em direção ao sanitário.

Visivelmente desconfortável, a apresentadora do “SBT Verdade” perguntou: “Quanto tempo eu tenho, Léo?”. Com a resposta, a jornalista disse que ia logo, não perdeu tempo e saiu correndo do estúdio do telejornal. Em seu retorno, cerca de dois minutos depois, a âncora ainda brincou com toda a situação ocorrida.

“Pera, pera aí que eu estou voltando”, disse Silmara Moraes. Para deixar o momento ainda mais descontraído, a produção do telejornal fez questão de brincar mais um pouco com a situação e ainda colocou um efeito sonoro simulando uma descarga de vaso sanitário enquanto a apresentadora voltava correndo para comandar o “SBT Verdade”.

Em Off – iG

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Neto do narrador Luciano do Valle morre após ser baleado na cabeça em assalto em SP

Foto: montagem Lance!

O gerente comercial Lucas do Valle, de 29 anos, neto do jornalista Luciano do Valle, morreu na noite desta sexta-feira (17), dois dias depois de ser baleado na cabeça durante um assalto, no Ipiranga, Zona Sul de São Paulo.

A mãe de Lucas, Alessandra do Valle fez uma homenagem ao filho nas redes sociais na madrugada de sábado (18). “Deus está te recebendo de braços abertos! Sua mãe te ama incondicionalmente!”, escreveu.

O Hospital São Paulo, onde Lucas estava internado, informou em nota que ele deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após ferimento com arma de fogo em crânio, “com quadro neurológico gravíssimo”.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), policiais militares foram acionados e, ao chegarem, encontraram a vítima baleada e caída na calçada. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital em estado grave.

De acordo com testemunhas, o gerente comercial chegava para trabalhar quando dois homens em uma moto anunciaram o assalto. Eles atiraram na vítima e fugiram, um na moto e o outro no carro de Lucas.

Os polícias foram informados que depois do assalto o carro havia sido abandonado na Rua do Lago, na Vila Nair.

O caso foi registrado como tentativa de latrocínio, apreensão e entrega de veículo, no 17º Departamento Policial, que investiga o caso.

Luciano do Valle

O narrador esportivo Luciano do Valle morreu em 19 de abril de 2014, aos 66 anos, em Uberlândia (MG), depois de passar mal e ser internado em um hospital particular da cidade.

Ele chegava a Uberlândia para cobrir um jogo entre Atlético-MG e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro (Brasileirão), quando passou mal.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Trabalho do Senado é ruim ou péssimo para 39% e reprovação da Câmara sobe para 50%, mostra PoderData

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Pesquisa PoderData realizada nesta semana (13-15.set.2021) mostra que o trabalho do Senado é considerado “ruim” ou “péssimo” por 39% dos brasileiros. A taxa variou dentro da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais, nos últimos 6 meses –estava em 40% nos 2 levantamentos anteriores, feitos em março e em junho de 2021.

Só 6% dos brasileiros avaliam o trabalho do Senado positivamente, percentual semelhante ao das pesquisas anteriores. Outros 50% dizem que a Casa Alta tem feito um trabalho “regular”.

Metade dos brasileiros reprova a Câmara dos Deputados, de acordo com pesquisa PoderData realizada nesta semana (13-15.set.2021). Atualmente, 50% dos brasileiros avaliam o trabalho da Casa como “ruim” ou “péssimo”, um salto de 14 pontos percentuais em comparação ao levantamento anterior, feito no final de junho.

A taxa dos que aprovam o trabalho dos deputados 5%, uma queda de 6 p.p. em relação a 3 meses antes. São 42% os que avaliam o trabalho da Câmara como “regular”; antes eram 45% –oscilação dentro da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Esta pesquisa foi realizada no período de 13 a 15 de setembro de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. Foram 2.500 entrevistas em 411 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Poder 360

Opinião dos leitores

    1. QUE IMPRENSA OMI? ISSO É UMA PESQUISA , MAS ESPERAR O QUE DE QUEM ACREDITA QUE A TERRA É PLANEJA

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal realiza mutirão de vacinação contra a Covid para população em situação de rua

Foto: Rennê Carvalho

Natal realizará no próximo domingo (19) um mutirão de vacinação contra a Covid-19 destinado à população em situação de rua, das 08h às 17h. O local escolhido foi a sede da Fraternidade Toca de Assis na Av. Xavier da Silveira, 1024 – Lagoa Nova. A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS/Natal) vai disponibilizar a aplicação da primeira dose dos imunobiológicos, bem como a segunda dose do imunizante de Oxford para o público-alvo da ação.

“Natal atingiu mais de 650 pessoas em situação de rua na vacinação contra a Covid-19, até a primeira quinzena de setembro de 2021. Deste total, 208 indivíduos estão com esquema vacinal completos, 252 pessoas imunizadas com dose única e 220 usuários que precisam completar o esquema vacinal, por isso, o mutirão”, afirma o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

Para realizar a ação, as equipes do programa Consultório na Rua realizam uma busca ativa desse grupo prioritário e também orientam sobre dúvidas frequentes. Além do mutirão a ser realizado na Toca de Assis, esse grupo prioritário pode ter como referência para receber a vacina contra a covid-19 as unidades básicas de saúde da Redinha (quartas-feiras das 12h30 às 15h), São João (terças-feiras das 08h às 11h30 e das 12h30 às 16h) e Mãe Luiza (quintas-feiras das 08h às 12h), que dispõem desse acolhimento especializado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

RN fica entre os estados que gastam mais de 57% com folha, aponta boletim do Tesouro Nacional

Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Apesar de registrado um ligeira redução no gasto com pessoal, o Estado do Rio Grande do Norte está entre os que apresentam alto comprometimento  de suas receitas correntes líquidas nas despesas com pessoal.

De acordo com o Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais, publicado pelo Tesouro Nacional, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Acre, Paraíba, Rio Grande do Sul, Amapá, Paraná e Sergipe apresentam alto comprometimento de suas receitas correntes líquidas (superior a 57%) com despesas com pessoal.

A melhoria nas contas de alguns estados se reflete também no resultado da análise da capacidade de pagamento (Capag), classificação feita pelo Tesouro Nacional a partir da verificação de indicadores econômico-financeiros que refletem o grau de solvência e a saúde fiscal dos entes que querem contratar empréstimos com garantia da União.

De acordo com a publicação, o resultado positivo deve ser observado com cautela, já que foi fortemente impactado por fatores conjunturais, como as transferências temporárias feitas pela União para o combate à pandemia e a inflação, responsável por grande parte do aumento verificado na arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, principal fonte de receita dos Estados. Pelo lado das despesas, contribuiu para o resultado a vedação ao aumento de gastos com pessoal estabelecida pela LC 173/2020, vigente até o final de 2021. Veja a matéria completa na Tribuna do Norte.

Opinião dos leitores

  1. Cabelo de Fogo e os PMs colete vencido estão achando pouco e querem mais aumento. RN Estado falido, nessa toada o governo vai terminar pagando salário através de vale.

  2. Tá!!!
    O tesouro Nacional passa essa informação, mas tenho curiosidade em saber quanto ela gastar com propaganda mentirosas, quanto ela paga por mês a Inter PT Cabugi???
    CADÊ a transparência?????

    1. Mané F, Chico 100, anti-politico é a mesma pessoa. Quando um aparece vem os três. E é só pra defender a esquerda.

  3. RN não tem , governador .
    Tá tudo desmantelado.
    Na madrugada deste sábado Arrombaram as casas Bahia em Parnamirim. Tá do jeito que a Desgovernadora Fátima Paraíba gosta.
    É o menos é nóis .

    1. Fora Calígula…..todos os governos têm esses desafios com a segurança pública e saúde..

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Anvisa aprova indicação do medicamento baricitinibe para internados com Covid-19

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta sexta-feira (17) a indicação do remédio baricitinibe para o tratamento de pacientes internados com Covid-19.

Segundo a agência, a administração do medicamento aprovado deve ser feita apenas em pacientes adultos hospitalizados que necessitam de oxigênio por máscara ou cateter nasal, ou que necessitam de alto fluxo de oxigênio ou ventilação não invasiva.

O baricitinibe já é utilizado no Brasil para o tratamento de artrite reumatoide ativa moderada a grave e dermatite atópica moderada a grave.

A aprovação para pacientes internados com coronavírus, portanto, trata-se de uma nova indicação terapêutica.

Para a inclusão desta nova indicação, a empresa farmacêutica Eli Lilly do Brasil apresentou dados que sustentam a eficácia e segurança do medicamento para esta indicação, segundo a Anvisa.

Em nota, a Eli Lilly afirmou que  a aprovação foi baseada em dois estudos clínicos randomizados, duplo-cegos, controlados por placebo envolvendo cerca de 2.500 pacientes no mundo, sendo 360 destes brasileiros.

Ainda segundo a fabricantes, o estudo que avaliou o medicamento em comparação com
placebo demonstrou uma redução potencial de 38% da mortalidade no dia 28 de tratamento.

O baricitinibe é um inibidor seletivo e reversível das enzimas janus quinases (JAKs), em especial JAK 1 e 2, responsáveis pela comunicação das células envolvidas na hematopoese (processo de formação e desenvolvimento das células do sangue), na inflamação e na função imunológica (função de defesa do corpo).

Sexto medicamento aprovado pela Anvisa

Este é o sexto medicamento aprovado pela Anvisa para tratar a Covid-19.

No último dia 8, a agência autorizou o uso emergencial do medicamento Sotrovimabe para tratamento da Covid-19 em pessoas acima de 12 anos infectadas pelo novo coronavírus e que apresentam a doença de forma leve a moderada.

Sotrovimabe é um anticorpo monoclonal feito em laboratório, que imita a capacidade do sistema imunológico de combater o vírus. Ele atua contra a proteína spike do Sars-CoV-2 e é projetado para bloquear a ligação do vírus e a sua entrada nas células humanas.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. E nada de aparecer estudo validando a ivermectina e cloroquina? Ah, tem aquele estudo criminoso da prevent sênior né?! Quando o paciente morria escondiam que tinham dado cloroquina sem o coitado nem saber q estava fazendo um tratamento de morte!

    1. Manoel F, se você pegar COVID, vá pra casa, só tome dipirona e procure o hospital apenas quando faltar ar !!!

    2. Chicó, já prestou reverência ao rei do gado hoje?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Com 100% das vacinas compradas pelo Governo Federal, deputada do RN alfineta Fátima Bezerra: “Governadores se apropriavam das vacinas”

A deputada federal Carla Dickson alfinetou a Fátima Bezerra ao lembrar que a governadora era uma das que tirava fotos da chegada das vacinas para divulgar como se fosse uma aquisição do Governo do Estado, quando, até hoje, 100% das vacinas aplicadas no Brasil foram compradas e distribuídas pelo Governo Federal.

“No início, os governadores se apropriavam das vacinas, sim. Agora parou mais. Fotos, propagandas e, o mais grave, não faziam referência nenhuma ao Ministério da Saúde e ao governo Bolsonaro”, disse ao explicar que, para aquisição de vacina, todos os recursos são do Governo Federal.

Carla explicou que a função dos governos estaduais é apenas de receber as vacinas do Ministério da Saúde e distribuir para os municípios, que, por sua vez, são os responsáveis por aplicá-las na população. A parlamentar ainda chegou a citar casos em que governos estaduais deram a entender que a compra das vacinas teriam sido feitas com recursos próprios, mas não citou que governos foram esses.

Opinião dos leitores

  1. Esta Deputada Federal é diferente, essa sabe representar o RN, Já a Dep. Bonavides é uma vergonha para o Brasil.

  2. Se tem vacina é mérito do governo federal, se falta é descaso do estado. E afinal, o RN é ou não Brasil. Governo federal que só comprou a vacina na marra depois da pressão dos governadores.

  3. Bolsonaro vai ser reeleito Presidente em 2022, e de quebra o Rio Grande do Norte vai ganhar também um Governador. #Mito2022

  4. Parabéns a Dep Carla Dickson que tem feito o bem pelo RN. Agora precisamos perguntar a governadora onde estar o dinheiro dos respiradores e pedir a ela para reconhecer que o gov Federal atual estar fazendo pelo RN o que o PT nunca fez.

  5. Perfeito, deputada Carla Dickson. Acho um absurdo a governadora do RN propagar que a vacina é do Estado. Não, governadora, a vacina é comprada pelo governo Bolsonaro, o estado apenas está distribuindo aos municípios. E olha que conheço muitos prefeitos do RN aí que estão fazendo propaganda como se fosse deles. Falta é vergonha na cara para esse povo. Mais honestidade com a população, por favor!

  6. Parabéns Deputada. Essa representa todo dia o nosso voto. Só falou verdades. “E conhecereis a verdade é a verdade vos libertará.”
    João 8:32

  7. A deputada tem que saber também que o dinheiro não pertence ao governo federal, o dinheiro pertence ao povo que paga os seus impostos.

  8. O SR GOVERNADOR FATAO RECEBEU 18 BI DE BOLSONARO VACINAS TRANSPOSIÇÃO RIO S FCO BARRAGEM OITICICA
    TEM RECORDE DE ARRECADAÇÃO MESMO ASSIM DEVE A HOSPITAIS PROGRAMA DO LEITE RESTAURANTE POPULAR
    FINALMENTE QUANDO VAI DEIXAR DE SER TRAMBIQUEIRO E TRABALHAR??

    VIVA BOLSONARO MELHOR GOVERNADOR DO RN

  9. A ilustríssima deputada não falou aí que no mesmo mês de setembro de 2020 quando já tinha indício que as vacinas ficariam prontas em novembro de 2020 os mesmos governadores foram várias vezes a brasilia forçar o governo federal a assinar os contratos de compra e o governo federal que hj . Orgulha de falar que quem compra vacina é ele. NÃO COMPROU VACINAS. e ainda disse que não iria gastar ” meu dinheiro ” . E aí deputada. A senhora lembra quem realmente queria vacina ? Era o governador ou o governo federal?

    1. O dinheiro é nosso, seja a a execução do governo federal estadual ou municipal, nós pagamos e o dinheiro é nosso. o recurso é nosso.

    2. DEIXA DE SER IMBECIL
      O GOVERNO FEDERAL NÃO IA COMPRAR VACINAS SEM APROVAÇÃO DA ANVISA OS GOVERNADORES SO QUERIAM APARECER
      DA UMA DE BONZINHO ENQUANTO FERRAVA O POVO COM FECHA TUDO
      Q HOJE SE VER Q FOI INUTIL

    3. Rooooioosevelt, parece que você vive na gadolândia!? O governo que você defende faz igual aos ruminantes quando pensa no povo 😂

  10. E os 5milhões de reais que foram utilizados para compra dos respiradores quando serão devolvidos ao Estado ?
    Isso é muita cara de pau dessa inepta.

  11. Até hoje não tem NADA NO RN feito por essa paraibana aqui no RN.
    Até hoje nada!!!!
    Tudo que foi feito, foi recursos do governo federal.
    Tudo.
    Infelizmente essa desgovernadora se apropria de tudo, como que isso não bastasse, ainda faz propagandas milionárias com o nosso dinheiro pra enganar a população.
    E os órgãos de fiscalização como MP e deputados estaduais, todos de bico calados.
    Uma vergonha esse governo petista.
    Será que o povo vai engolir essa bucha por mais quatro anos???
    É o fim da picada.
    Não é possível que não apareça um homem ou uma mulher potiguar pra governar esse Estados.

    1. o dinheiro é nosso, seja a a execução do governo federal estadual ou municipal, nós pagamos e o dinheiro é nosso. o recurso é nosso. quanto vc paga de imposto todos os dias, seja ele federal, estadual ou municipal? o governo federal fez a sua obrigação em comprar, o estadual em distribuir e as prefeituras em vacina. simples. Se o governo federal é o top então vamos destituir os governadores e prefeitos e teremos apenas o presidente, o perfeito e maravilhosa presidente.

    2. Esse truque é velho. Quando a ação do governo de que não gostamos mercece elogio, se despersonaliza quem tá no Executivo. Estados e municípios foram autorizados a comprar vacinas desde fevereiro. Resta saber por que o RN não o fez.

    3. Dra Carla Dickson SEMPRE esteve ao lado do governo federal na constante luta por vacinas. Uma Deputada atuante no nosso estado RN??? TEMOS.
      Quanto a essa Sra Fatima, se eu fosse ela tinha vergonha de posar com recursos que nunca foram mérito dela.

  12. Qualquer pessoa minimamente informada sabe que a Adminstração do SUS é tripartite. No caso da vacinação cabe ao Governo Federal através do Ministério da Saúde a aquisição das vacinas, aos Governos do Estado, através das Secretarias de Saúde a distribuição e aos Municipios a aplicação das vacinas. Basta que cada um faça corretamente a parte que lhe cabe. Esse tipo de exploração politica já está enchendo o saco.

    1. adorei isso mesmo…o dinheiro é nosso, seja a a execução do governo federal estadual ou municipal, nós pagamos e o dinheiro é nosso. o recurso é nosso.

    2. Desde fevereiro Estados e Municípios podem comprar vacinas.
      Cadê as do Consórcio NE?

  13. Assim como as bandeiras usadas pela Governadora, e a própria Governadora são falsas, xing Ling, imitações baratas.

  14. Essa não encontrou respaldo pra falar da ivermectina daí fica falando besteira, claro q as vacinas vieram do Ministerio da Saude, então era pra doar pra quem ?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

ICMS é o principal vilão do aumento dos combustíveis, aponta Credit Suisse

O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é um dos principais responsáveis pela elevação mais acentuada dos preços dos combustíveis, aponta o Credit Suisse em relatório obtido pelo Money Times.

Desde o início de 2021, o preço do produto disparou R$ 1,50 por litro na bomba. No entanto, apenas metade desse aumento pode ser atribuído à Petrobras (PETR3;PETR4) (cerca de R$ 0,75 por litro), lembram os analistas Regis Cardoso e Marcelo Gumiero.

“O restante (R$ 0,75 por litro) deve-se principalmente aos impostos estaduais de ICMS e à mistura do etanol anidro na gasolina. Vale ressaltar que os preços de porta da refinaria da Petrobras atingiram um pico muito no início deste ano, em março, antes do fluxo de notícias se intensificar. Desde então, os preços da empresa não se alteraram, mas os valores na bomba aumentaram em R$ 0,40 por litro em impostos mais elevados e custos de etanol mais salgados”, completam.

O problema, segundo os analistas, é que o ICMS é um imposto móvel: sempre que o preço da gasolina ou do etanol anidro sobe, o valor se eleva na bomba e o imposto acompanha o salto.

“Como o próprio preço na bomba já inclui o ICMS, quando o imposto sobe, o preço na bomba tem alta e depois o ICMS salta novamente. Isso amplifica ainda mais a pressão de alta sobre os preços dos combustíveis”, dizem.

Money Times

Opinião dos leitores

  1. Até óbvio é difícil de enxergar neste país. O governo Fátima é muito fraco, isso é certo. Mas essa questão do combustível é muito fácil perceber de quem é a culpa. Vamos lá: um garçom (teoricamente) fica com 10% do que é servido num restaurante. Se ele servir 10 almoços por 50 reais cada, ele fica com 50 reais de gorgeta. Mas se no dia seguinte o preço do almoço for reajustado para 100 reais e ele servir 10 almoços, ele ficará com 100 reais de gorgeta. Correto? E aí, pq o garçom ganhou mais? A porcentagem mudou? Então é isso, se aumenta o valor do almoço, aumenta a gorgeta.
    Uma estatal não deve existir para lucrar no lombo do contribuinte. Ela deve servir à população e não se servir dela.
    Claro que o governo estadual deveria dar sua contribuição e baixar o percentual neste momento. Agora o que intriga é o preço do álcool acompanhar o aumento da gasolina. Enquanto milhões sofrem alguns poucos estão se dando muito bem. E a turma brigando para ver quem tem razão.

  2. O curioso é que o ICMS passou a existir em 2016, depois que a Petrobras dolarizou o preço dos combustíveis. É uma maravilha um canalha governar um país repleto de imbecis pois pode mentir a vontade que ainda tem quem acredite.

  3. 29% em cima do preço da bomba.
    Pra quem não sabe, aqui no RN muda a pauta de 15 em 15 dias.
    No último dia quinze, subiu 0.8 centavos na gasolina em quanto que na Petrobras não subiu nada.
    Dia 30, mais um aumento de fatão grelo duro.
    Estão duvidando????
    Pergunte a qualquer gerente ou até mesmo a qualquer dono de postos.
    Não é atoa que o RN vem batendo recorde de arrecadação.
    Não é porque o comércio está aquecido vendendo muito, pelo contrário, é aumento de pauta mesmo.
    Quem é que paga a conta???
    Nós os burros de cargas.
    Quem leva a culpa?
    Bolsonaro injustamente.
    A culpa é de FATÃO DO GRELO DURO.
    eu não tenho dúvidas que isso vai servir de bandeira eleitoral no próximo ano, vai aparecer um candidato dizendo, quem mais aumentou pauta de combustíveis no RN, foi a paraibana Fátima Genocida do PT.

  4. A alíquota do ICMS aqui do Estado eh o mesmo desde 2016. De lá pra cá o que mudou? Eh só pensar um pouco … Eh óbvio q se o ICMS zerar a gasolina baixa de preço mas não foi culpa dos ICMS dos governos estaduais que a gasolina aumentou . O blog não vai divulgar que o governo federal aumentou a alíquota de IOF pra bancar o aumento no bolsa família ? Que estranho!

    1. Deveria estudar mais um pouco, para ser ministro da economia, pense em um idiota vc passou vários anos estudando para ser burro, qualquer menino sabe que o ICMS é uns dos responsável pelo alto não só da gasolina como de alimentação tb. aproveite e volta a estudar ainda dá tempo.

    2. Mané fudido é um tremendo canhoto ainda mente que não é. Vive aqui no blog advogando a favor dos petralhas. Vai procurar uma lavagem de roupa! Quer dizer que algo que existe desde 2016 não pode ser mudado?

  5. É apenas uma questão de percentual: quanto maior a base de cálculo (valor do combustível), maior o imposto.
    Zerem o valor do ICMS e vejam o que vai acontecer com saúde, educação e segurança, só para citar 3 exemplos.
    Ou se muda a política de preços da Petrobras ou a situação continuará assim.

    1. É um burrice avassaladora. Onde viu-se defesa à alguém? Vocês são doentes. Aliais, o país ficou doente com essa polaridade. Esqueçam essa questão de Bolsonaro. O que a agência passou é uma realidade. O que deve-se mudar não é política da Petrobras, que tava quebrada no governo do PT, e agora tem gerado resultados. Ou muda a política de icms para ser cobrado na fonte, ou continuará esse absurdo no Brasil inteiro. E para essa canhota burra, passem a observar o governo pelos ministros, e não somente pelo Presidente. As pastas tão dando um exemplo de governança.

    2. Até onde vai a obsessão de defender um ladrão condenado.????
      Assaltante de cofres públicos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *