Custo de bilhetes aéreos para Natal dobra sem voos da Avianca

Ricardo Araújo destaca nesta quarta-feira(24), na Tribuna do Norte, que o cancelamento de aproximadamente 30 voos da companhia aérea Avianca Brasil chegando e partino do Rio Grande do Norte para outros destinos nacionais elevou o custo dos bilhetes aéreos.

Segundo consultores de viagens, sair do Estado potiguar para São Paulo, em maio, por exemplo, está 104,25% mais caro do que era cobrado até o mês de março. Veja reportagem com mais detalhes aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Atanázio disse:

    Não queria nem dizer, mas os voos que saem de Jampa são muito mais baratos e o aeroporto de lá nem é tão mais longe que essa porcaria daqui.

  2. Jão disse:

    O RN só leva fumo nesse aspecto, impressionante.

  3. João Batista disse:

    Já tem um dos pais do aeroporto carregando andor na catedral de Natal. quando estava preso seus advogados falavam que ele estava com uma terrível depressão e não tinha mais pretensões politicas.

  4. Anti-político de estimação disse:

    Espero que os eleitores potiguares não esqueçam dos responsáveis, e grandes beneficiários, por esse imenso presente de grego : O aeroporto de São Gonçalo.
    Próximo ano tem eleições, e alguns pelezões já se movimentam para botar as manguinhas de fora. Olho vivo…

  5. Luciana Morais Gama disse:

    Agora pode passar a corda no aeroporto de São Gonçalo.

Voo cancelado da Avianca no aeroporto de São Gonçalo nesse fim de semana deixou diversos sem condições de embarque

O voo 066353, da Avianca, provocou uma grande frustração para passageiros que tentavam embarcar do aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal.

Informações de passageiros dão conta que pessoas tentaram fazer o check in e não concluíram o serviço. Em decorrência, diversas não conseguiram embarcar. Estima-se que mais de 170 foram prejudicadas.

Em nota, a Avianca informou que o voo previsto para decolagem às 04h desse domingo(14) foi cancelado devido problemas técnicos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ana Almeirinda disse:

    Muita falta de respeito e responsabilidade com estes passageiros e compraram e pagaram suas passagens. Muito triste e vergonhoso

Avianca vai acabar com operação no Galeão em abril; ao todo, serão canceladas 21 rotas, inclusive, Natal-RN

Foto: Gabriel Monteiro

A Avianca Brasil, que está em recuperação judicial desde dezembro, informou nesta terça-feira que vai cancelar suas operações no Galeão, no Rio, a partir de abril. A empresa também vai fechar suas bases em Belém e Petrolina e cancelar mais voos em outras cidades. Ao todo, serão canceladas 21 rotas, das quais nove ligam o aeroporto carioca a outros municípios brasileiros. Os passageiros que já haviam comprado bilhetes para qualquer uma dessas rotas poderão optar por serem reembolsados ou realocados em voos de outras companhias.

A empresa não informou a data que deixará de voar a partir do Galeão ou das demais cidades. Informou apenas que as partidas serão descontinuadas ao longo do mês que vem. Entre os destinos que deixarão de ser atendidos pela Avianca a partir do terminal carioca estão Fortaleza, Porto Alegre, Natal e Brasília. De Belém, a Avianca voava apenas para Guarulhos (SP). De Petrolina, os destinos atendidos eram Recife e Salvador.

Outras rotas que deixarão de ser operadas pela empresa são as que ligam Salvador a Maceió, Aracaju, Recife e Bogotá. Mas a empresa manterá ativa sua base na capital baiana. A partir de 1º de abril, a Avianca também deixará de voar para Nova York, Miami e Santiago. O encerramento desses três voos, que partem de Guarulhos, já havia sido anunciado pela companhia em fevereiro.

Com a decisão, a Avianca vai manter apenas 32 rotas e atender 23 destinos, com uma frota de 26 aviões. “A Avianca Brasil informa que as 32 rotas remanescentes são estratégicas e continuam a ser operadas normalmente, com seus pousos e decolagens mantidos dentro do cronograma previsto. Para os passageiros com bilhetes emitidos para os destinos que deixam de ser atendidos, a empresa informa que cumprirá a resolução 400 da Anac”, diz a empresa em nota.

A resolução prevê que, em caso de cancelamento de voos, a companhia aérea reembolse o passageiro ou o aloque em voo de empresas parceiras. Mais informações sobre cancelamento estão disponíveis no link https://www.avianca.com.br/-/noticias-sobre-a-avianca-brasil-na-impren-1

A Avianca trava uma queda de braço com as empresas de leasing (arrendamento de aviões) e terá uma semana decisiva para acertar uma saída para esses credores, a quem deve milhões de reais. Está prevista para sexta-feira a assembleia de credores, que vai analisar o plano de recuperação judicial da companhia.

A Azul, terceira maior empresa brasileira do setor, negocia a compra de parte das operações da Avianca e já concordou em adiantar um aporte milionário à empresa para viabilizar suas operações, enquanto ambas conversam sobre a aquisição.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luladrão disse:

    vAMOS VOLTAR PARA pARNAMIRIM. Eu garanto que 90% ficariam satisfeitos e felizes.

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Vai afundar ainda mais o AEROPORTO DE SÃO GONÇALO.

Revista de bordo da empresa aérea Avianca veicula matéria especial sobre Natal

Avianca-em-Revista-#40-NOVECirculando nas aeronaves da empresa aérea Avianca no país, a “Avianca em Revista”, publicação de novembro com ampla matéria sobre o destino Natal com o título “Sol, Praia e Diversão em Natal”. São quatro páginas, com chamada na capa, sendo a central dupla com foto das praias do Forte e do Meio, Ponta Negra mostrando ainda a fortaleza dos Reis Magos e outras paisagens da cidade, além de indicação onde ficar, restaurantes e passeios.

333333A “Avianca em Revista” tem uma tiragem de 30 mil exemplares e atinge um público, segundo a companhia de 500 mil pessoas por mês como passageiros de suas rotas aéreas no País. Para o secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril esta iniciativa na ação para divulgar a cidade, não teve nenhum custo financeiro. “É mais um canal de divulgação que conquistamos”. A matéria e fotos de Canindé Soares teve a colaboração da assessoria de imprensa da Secretaria de Turismo de Natal.
111111111111 22222222222

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    Espero um dia morar na mesma Natal que vendem aos (incautos) turistas.