Prefeitura de Natal dobra a capacidade de leitos de UTI do Hospital de Campanha

Foto: Alex Régis

A Prefeitura de Natal vai dobrar a capacidade de leitos críticos do Hospital de Campanha, passando a operar agora com 40 Unidades de Tratamento-Intensivo. O anuncio foi feito na manhã desta segunda-feira (22) pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, em coletiva de imprensa realizada no salão nobre do Palácio Felipe Camarão. O Comitê Científico do Município vai se reunir ainda nesta segunda-feira para discutir novas ações de combate e enfrentamento à Covid-19.

“Natal estava com a pandemia controlada, mas após as mobilizações eleitorais houve um recrudescimento da doença. Infelizmente, o decreto que publicamos proibindo essas manifestações foi derrubado e estamos sentindo o resultado disso até agora. Estamos trabalhando diuturnamente para reforçar a nossa rede de atendimento. Para tanto, estamos dobrando a nossa capacidade de leitos críticos. O Hospital de Campanha, que começou com 20 leitos, passará a ter 40”, destacou Álvaro Dias.

A gestão municipal vai estender ainda o horário de atendimento de 10 unidades básicas de saúde nas quatro regiões administrativas da capital potiguar. O foco é atender pessoas com sintomas leves da Covid-19, que apresentem tosse, coriza e dor de garganta. Para esses casos, não haverá necessidade de retirar ficha e uma equipe de profissionais da saúde estará trabalhando para atender a demanda.

Confira os horários de funcionamento das UBS: Distrito Sanitário Norte I UBS Pajuçara: Rua Maracaí, S/N – 7h às 19h; UBS Nova Natal: Rua do Pastoril, S/N, Conjunto Lagoa Azul – 7h às 19h; Distrito Sanitário Norte II; UBS Panatis: Rua Milton Servita Brito, nº 994, Potengi – 7h às 19h; UBS Vale Dourado: Rua irmã Vitória, 706, N. Srª. da Apresentação – 7h às 19h; Distrito Sanitário Leste; UBS São João: Av. Romualdo Galvão, nº 891, Tirol – 8h às 20h; UBS Brasília Teimosa: R. Miramar, nº 32, Praia do Meio – 7h às 19h; Distrito Sanitário Oeste; UBS Felipe Camarão II: R. Santa Cristina, s/nº – 8h às 20h; UBS Bom Pastor: R. Augusto Calheiros, nº 1 – 8h às 20h; Distrito Sanitário Sul; UBS Nova Descoberta: Av. Xavier da Silveira – 8h às 20h;UBS Rosângela Lima: Rua Santa Beatriz, 11, Planalto – 7h às 19h.

O secretário municipal de Saúde, George Antunes, reforça a necessidade da população seguir contribuindo com os protocolos sanitários, evitando aglomerações, usando máscara e saindo de casa só em situações de extrema necessidade. Além disso, ele comentou que a sobrecarga na rede pública municipal de saúde é fruto também da “invasão” de pacientes de outros municípios. Ele informou que entre janeiro e fevereiro mais de 2.000 pacientes de fora de Natal foram atendidos apenas na Unidade de Pronto-Atendimento da Cidade da Esperança. Ao todo, segundo a SMS, mais de 4.000 pessoas oriundas do interior foram atendidas na rede pública de Natal.

“Estamos em um momento que precisa de cuidado e colaboração. Não vamos retroceder e para isso é preciso que a sociedade contribua. A Prefeitura vem fazendo um trabalho hercúleo desde o início da pandemia e precisamos que todos façam a sua parte. Vamos agir de forma conjunta para que a gente saia de desse período crítico o mais breve possível”, pontuou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Neto disse:

    E a governadora vai abrir a onde??
    Vai abrir o hospital de Canguaretama??
    Ou vai ser no arena das dunas mesmo??

  2. Calígula disse:

    Álvaro Dias é bem mais competente que a Fátima Bezerra.
    Essa senhora fica escondida, quando sai é para destilar ódio contra o Presidente da República.
    Mulherzinha ingrata. Parabéns Prefeito Álvaro Dias.
    Fora Fátima incompetente.

  3. Antenado disse:

    Kd o hospital de campanuda governadora? Vai ser no PAPI mesmo?

Risco de morte dobra se a pessoa contrair gripe e Covid-19 ao mesmo tempo

Ilustração: Jonatan Sarmento/SAÚDE

Infectados pelo coronavírus têm o dobro de risco de morrer se contraírem junto a gripe. É o que indica um estudo com mais de 20 mil pessoas que testaram positivo para o Sars-CoV-2, conduzido pelo sistema de saúde público da Inglaterra (PHE, na sigla anglofônica) entre janeiro e abril de 2020.

Verdade que, do grupo todo, apenas 58 pessoas carregavam também o vírus influenza. Entre eles, a mortalidade era de 43%. Em quem tinha apenas Covid-19, a taxa de mortes ficou em 26,9% — o número é alto em comparação com dados populacionais porque havia muitos idosos no experimento. Para ter ideia, 80% dos maiores de 80 anos com as duas infecções faleceram.

O achado foi publicado no medRvix, plataforma online que agrega estudos ainda não revisados por outros pesquisadores.

Proteção cruzada

A pesquisa observou que, entre os gripados, o risco de ser diagnosticado simultaneamente com Covid-19 era 58% menor do que na população em geral. Outros estudos já mostram que pessoas infectadas com um vírus respiratório estão menos sujeitas a contrair outro.

No entanto, mais pesquisas são necessárias para dizer se o mesmo ocorre com o novo coronavírus. Como a temporada de gripe começou mais cedo em 2020, as duas epidemias acabaram não se sobrepondo tanto. Isso pode influenciar na baixa taxa de coinfecção encontrada.

“Há evidências de que os vírus competem entre si. Mas, se por um acaso ambos coexistirem no seu organismo, você pode ter problemas sérios”, comentou, ao British Medical Journal, a médica Yvonne Doyle, diretora do PHE.

Como possuem um sistema imune fragilizado, os mais velhos, assim como os portadores de diabetes e outros grupos de risco, já enfrentam dificuldades de combater um só invasor. A presença de um segundo debilitaria mais ainda as defesas.

Para ela, o achado traz um recado claro: as próximas campanhas de vacinação de gripe devem ser levadas especialmente a sério.

Gripe e Covid-19: diferenças e semelhanças

Ambas se espalham da mesma maneira, por meio de gotículas expelidas pela saliva ou pelo muco do nariz de indivíduos infectados. Os sintomas são parecidos também: febre, dor de cabeça, coriza, tosse e mal-estar generalizado (embora a Covid-19 tenha suas particularidades, a exemplo da acentuada perda de olfato).

E o Sars-CoV-2 é mais letal do que os vírus influenza do momento. Assim como a gripe, espera-se que a incidência do coronavírus se intensifique no inverno.

A boa notícia é que as mesmas estratégias previnem as duas infecções. Estamos falando de higienizar as mãos com frequência, praticar a etiqueta da tosse (usar o cotovelo ou lenços descartáveis para tossir e espirrar), vestir máscaras, evitar aglomerações e manter distância de pessoas com sintomas respiratórios. Aliás, a orientação de ficar em casa vale especialmente para quem está espirrando manifestando quaisquer sinais sugestivos.

Veja Saúde

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Junior disse:

    Da-le SAFADAO

UFRN dobra quantidade de cursos com avaliação máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

Foto: Cícero Oliveira

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) melhorou o conceito dos cursos de graduação avaliados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019, dobrando o número de cursos com conceito 5, que é a nota máxima. Nesta edição, a avaliação realizada pelo Ministério da Educação (MEC) analisou os cursos das áreas da Saúde, Agrárias e Engenharias.

De acordo com o coordenador de Acompanhamento, Planejamento e Avaliação Acadêmica da UFRN, Fabiano do Espírito Santo Gomes, 78% dos cursos foram avaliados com conceito 4 ou 5, pontuação considerada de excelência. Outro destaque da avaliação foi que a UFRN dobrou o número de cursos com nota máxima, nas graduações avaliadas nesta edição do Enade, passando de quatro para 11 graduações com conceito máximo. Além disso, nenhum curso obteve conceito baixo.

Na avaliação do professor Fabiano Gomes, a Política de Melhoria da Qualidade do Ensino da UFRN tem papel fundamental nessa evolução, por orientar os cursos a analisarem os resultados anteriores e planejarem suas ações objetivando a melhoria do desempenho no Enade e o aperfeiçoamento da qualidade acadêmica.

Além disso, ele considera que o trabalho das coordenações de curso, assessores acadêmicos e direções de Centros têm assistido seus alunos, buscando motivá-los e orientá-los a respeito do exame. “E, claro, a Administração Central que tem apoiado a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) na busca por esse objetivo, sem esquecer o apoio dado pela Superintendência de Informática (Sinfo) e pela Secretaria de Gestão de Projetos (SGP)”, considera.

Receberam conceito máximo (nota 5): Arquitetura e Urbanismo (Natal), Educação Física (Natal), Enfermagem e Obstetrícia (Natal), Engenharia Civil (Natal), Engenharia de Produção (Natal), Engenharia Elétrica (Natal), Fisioterapia (Natal), Fonoaudiologia (Natal), Medicina (Natal) e Nutrição (Natal e Santa Cruz).

Pontuaram com conceito 4 os cursos de Agronomia (Macaíba), Biomedicina (Natal), Enfermagem (Santa Cruz), Engenharia Química (Natal), Farmácia (Natal), Fisioterapia (Santa Cruz), Gestão Hospitalar (Natal), Medicina (Caicó), Odontologia (Natal) e Zootecnia (Macaíba). Já Engenharia Ambiental (Natal), Engenharia de Alimentos (Natal), Engenharia de Computação (Natal), Engenharia Florestal (Macaíba), Engenharia Mecatrônica (Natal) e Engenharia Mecânica (Natal) tiveram conceito 3.

Enade

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) realiza a avaliação dos cursos de graduação anualmente, com aplicação de provas de acordo com um Ciclo Avaliativo proposto pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que determina as áreas de avaliação e os cursos a elas vinculados, quando se tem a perspectiva do desempenho dos alunos. O objetivo é medir o rendimento dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos em conformidade com as diretrizes curriculares do respectivo curso, suas habilidades para ajustamento às exigências e suas competências para compreensão de temas ligados à realidade e a outras áreas de conhecimento.

Com UFRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Prof. Eduardo Lago disse:

    A UFRN SEMPRE MOSTROU QUE TINHA E TEM QUALIDADE, FRUTO DE UM EXCELENTE TRABALHO DE FUNCIONÁRIOS, TÉCNICOS, PROFESSORES E ALUNOS.

  2. Observando. disse:

    Universidades publicas, com 24 por cento de conceito maximo. Privadas com 1 por cento. E tem quem diga q as publicas são só maconha e bagunça.

Com dificuldade em avançar o pacote anticrime no Congresso, Moro aposta no combate às facções criminosas dobrando o número de bandidos isolados em presídios federais

Foto: Adriano Machado/Reuters

Sergio Moro dobrou o número de chefes de organizações criminosas detidos em presídios federais.

Diz o Estadão:

“Com dificuldade em fazer o pacote anticrime avançar no Congresso, o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, aposta no combate às facções criminosas para marcar sua atuação no governo e se reposicionar no jogo político. Seu ministério intensificou a política de isolamento dos chefes de grandes organizações e, de janeiro até a semana passada, dobrou o número de detentos em presídios federais (…).

O ministério comandado pelo ex-juiz da Lava Jato intensificou a política de isolamento dos chefes de grandes organizações em presídios federais e, de janeiro até a semana passada, transferiu 321 líderes e integrantes de facções como PCC, Comando Vermelho e Família do Norte de celas de presídios estaduais para o Sistema Penitenciário Federal.

A estratégia fez com que o número de detentos em suas cinco unidades dobrasse. Há ainda 400 vagas disponíveis.”

 O Antagonista, com Estadão

Resistência da bactéria da gastrite a antibióticos dobra em 20 anos, diz estudo

Foto: Ilustrativa

Um estudo apresentado durante o Congresso da União Europeia de Gastrologia apontou que a resistência da bactéria H. pylori a antibióticos dobrou em 20 anos. Esses microrganismos estão associados a úlcera gástrica, linfoma e câncer gástrico.

A pesquisa, que analisou 1.232 pacientes de 18 países europeus, investigou a reação a antibióticos tomados regularmente para a infecção pela bactéria H. pylori. A resistência à claritromicina, um dos antibióticos mais usados para erradicar a bactéria, aumentou de 9,9% em 1998 para 21,6% no ano passado, com aumentos de resistência também observados para outros dois medicamentos: levofloxacina e metronidazol. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais detectou que a resistência bacteriana à claritromicina no Brasil pode variar de 15% a 20%, o que é classificado como preocupante.

— A infecção por H. pylori já é uma condição complexa para o tratamento, exigindo uma combinação de medicamentos. Com taxas de resistência a antibióticos comumente usados aumentando a uma taxa alarmante de quase 1% por ano, as opções de tratamento se tornarão progressivamente limitadas e ineficazes se novas estratégias de tratamento permanecerem pouco desenvolvidas — alerta Francis Megraud, principal autor do estudo e professor de bacteriologia da Universidade de Bordeaux (França).

A resistência aos antibióticos ocorre quando as bactérias desenvolvem a capacidade de sobreviver à exposição a medicamentos projetados para matar ou interromper seu crescimento. Em 2017, a Organização Mundial da Saúde (OMS)identificou o H. pylori resistente à claritromicina como uma bactéria de alta prioridade para pesquisa e desenvolvimento de antibióticos.

— Os medicamentos usados para tratar a H. pylori são comuns no tratamento de doenças mais frequentes como infecções urinárias. Se o paciente já tomou aquele antibiótico antes há maior chance de resistência bacteriana — explica Carlos Eduardo Brandão Mello, chefe do serviço de Gastroenterologia do Hospital São Vicente de Paulo.

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Batista Costa disse:

    Eu já tentei essa bactéria quatro vezes ,tratei,retrai,refere ao e por último fiz um tratamento duplo e pior que a bactria continua doesmo jeito não desapareceu. H.piroly

Número de feriados nacionais prolongados irá dobrar em 2020; confira

No último sábado foi comemorado o dia da Independência do Brasil. Na ocasião, foi mais um feriado, de quatro, que em 2019 os brasileiros não puderam usufruir durante a semana. No entanto, no que tange os “feriadões”, o ano de 2020 será diferente. Ao todo, teremos 10 feriados nacionais durante a semana, isso sem contar os estaduais e municipais. Boa parte deles será próximo aos sábados e domingos, o que pode facilitar a presença de pontos facultativos, originando o “feriadão”.

Em 2019, cinco datas proporcionaram os feriados prolongados, mas quatro folgas coincidiram em um sábado ou um domingo. No ano que vem, os feriadões serão o dobro. Em janeiro, o 1° dia do ano será quarta-feira. Já a terça-feira de carnaval, será no dia 25 de fevereiro. Em março, não teremos feriados nacionais, já em abril serão dois: no dia 10, a sexta-feira da semana santa, e no dia 21, comemorado o dia de Tiradentes. Dias depois, já em maio, o dia do trabalhador (1°) será numa sexta-feira. Seguindo o ano, em junho o feriado de Corpus Christi, dia 11, vai acontecer numa quinta-feira, boa possibilidade para ponto facultativo na sexta-feira dia 12. Julho e agosto também não terão feriados.

No segundo semestre, em setembro, o dia 7 da Independência será na segunda-feira. A comemoração da Padroeira do Brasil também será em uma segunda-feira (12). Ainda no mesmo dia da semana, a segunda-feira, será o dia 2 de novembro, data de Finados. Por fim, em dezembro, o Natal (25) vai cair numa sexta-feira.

Para quem não sabe, a diferença entre feriado e ponto facultativo é que no segundo o empregador não é obrigado a liberar os funcionários. O Carnaval e o dia de Corpus Christi, por exemplo, são pontos facultativos, mas que normalmente têm ampla adesão. Outra curiosidade é que normalmente na Quarta-Feira de Cinzas não se trabalha no período da manhã e em alguns casos, o trabalhador também é liberado por todo o dia.

Feriados nacionais de 2020

1° de janeiro (quarta-feira); Confraternização universal

25 de fevereiro (terça-feira); Carnaval

26 de fevereiro (quarta-feira); Cinza

10 de abril (sexta-feira); Sexta Santa

21 de abril (sexta-feira); Tiradentes

1° de maio (sexta-feira); Dia do trabalhador

11 de junho (quinta-feira); Corpus christi

7 de setembro (segunda-feira); Independência

12 de outubro (segunda-feira); Padroeira do Brasil

2 de novembro (segunda-feira); Finados

25 de dezembro (sexta-feira); Natal

O Tempo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Fabricio Neto disse:

    Em que calendário dia 10 de abril é sexta e 11 dias depois também? Quantos dias tem a semana?

Custo de bilhetes aéreos para Natal dobra sem voos da Avianca

Ricardo Araújo destaca nesta quarta-feira(24), na Tribuna do Norte, que o cancelamento de aproximadamente 30 voos da companhia aérea Avianca Brasil chegando e partino do Rio Grande do Norte para outros destinos nacionais elevou o custo dos bilhetes aéreos.

Segundo consultores de viagens, sair do Estado potiguar para São Paulo, em maio, por exemplo, está 104,25% mais caro do que era cobrado até o mês de março. Veja reportagem com mais detalhes aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Atanázio disse:

    Não queria nem dizer, mas os voos que saem de Jampa são muito mais baratos e o aeroporto de lá nem é tão mais longe que essa porcaria daqui.

  2. Jão disse:

    O RN só leva fumo nesse aspecto, impressionante.

  3. João Batista disse:

    Já tem um dos pais do aeroporto carregando andor na catedral de Natal. quando estava preso seus advogados falavam que ele estava com uma terrível depressão e não tinha mais pretensões politicas.

  4. Anti-político de estimação disse:

    Espero que os eleitores potiguares não esqueçam dos responsáveis, e grandes beneficiários, por esse imenso presente de grego : O aeroporto de São Gonçalo.
    Próximo ano tem eleições, e alguns pelezões já se movimentam para botar as manguinhas de fora. Olho vivo…

  5. Luciana Morais Gama disse:

    Agora pode passar a corda no aeroporto de São Gonçalo.