Universitária afirma que foi obrigada a chupar testículos e pênis de boi durante trote na Bahia

BXK13856_boi-nelore800A Polícia Civil da Bahia investigará a partir desta terça-feira denúncia feita ao Ministério Público por uma estudante de agronomia de 22 anos que diz ter sido obrigada a chupar testículos e pênis de boi durante trote na Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb), campus de Vitória da Conquista, sudoeste do Estado.

O caso ocorreu na sexta-feira passada. De acordo com depoimento da estudante ao Ministério Público, ela estava na segunda semana de aula no 1º semestre quando resolveu participar do trote por pressão dos colegas veteranos, “porque, se não participasse, seria pior”. Ela disse que participaria, mas avisou que era “alérgica a tudo”.

Durante a brincadeira, a estudante – que prefere não ter sua identidade revelada – e outros colegas calouros foram colocados para andar de “elefantinho” (de mãos dadas uns com os outros e com as mãos passando por debaixo das pernas) e depois tiveram de chupar testículos e pênis de boi. Aplicavam o trote alunos do 3º e 4º semestres de agronomia.

A estudante desconfia que o pênis do boi estivesse melado com sêmen humano, pois estava com gosto salgado. E teriam dito a ela que aquele “pênis” ainda “nem é o de verdade”. Para finalizar a brincadeira, segundo ela, os veteranos botaram um líquido em um copo que seria mistura de “mata bicheira” – produto usado em bovinos – e urina de animal e deram para eles bochecharem. (mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Osvaldo Pedrosa disse:

    Maaaaaaaaaaaais um furo de reportagem de muita relevância do Blog do BG
    Parabéns!
    Leio todas as reportagens investigativas e notícias gerais!

  2. João Silva disse:

    A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: E FORA DO TROTE?…!…

[FOTO] Boi invade supermercado em Sergipe

Foto: Reprodução/SENotícias

Um boi invadiu um supermercado localizado na Avenida Ayrton Senna, no Conjunto Eduardo Gomes em São Cristóvão (SE), na região metropolitana de Aracaju, na manhã desta quarta-feira (06).

O incidente deixou os clientes assustados e muitos saíram correndo do estabelecimento. Por sorte, ninguém ficou ferido, apenas um televisor de 32 polegadas foi danificado pelo animal, que saiu rapidamente da loja e foi laçado por populares ainda na calçada.

Fonte: G1

Pernambuco veta entrada de carne do Rio Grande do Norte

O Rio Grande do Norte está proibido de comercializar carne com Pernambuco.  A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária pernambucana (Adagro) está trabalhando para tornar o Estado livre da febre aftosa. Para isso, o órgão publicou, na semana passada, portarias proibindo a entrada de bovinos, caprinos e seus produtos advindos da Paraíba e do RN. A portaria começou a valer nesta terça-feira (15).

De acordo com informações publicadas no jornal Folha de Pernambuco, o RN e a Paraíba são os únicos Estados da região que ainda não conseguiram elevar seu status sanitário e, portanto, não podem comercializar produtos bovinos ou caprinos com nenhum outro da região Nordeste. Com intuito de fiscalizar a entrada de animais, o Governo estabeleceu onze barreiras sanitárias fixas nos limites entre os Estados, além de outros 18 postos móveis.

À reportagem da Folha de Pernambuco, a gerente geral da Adagro, Erivânia Camelo, afirma que, se os animais irregulares forem pegos na fronteira, serão devolvidos à origem; enquanto os apreendidos dentro do território pernambucano terão de ser sacrificados. As medidas de segurança sanitária visam tirar Pernambuco da classificação de “médio risco”, passando para “livre da febre aftosa com vacinação”.

Em 2012, o Governo de Pernambuco conseguiu autorização do Ministério da Agricultura para realizar a última etapa do processo, que é a coleta do sangue dos animais para exame que constate a ausência da doença.

Fonte: Tribuna do Norte, com informações da Folha de Pernambuco