VÍDEO: Talento potiguar Gabriel Veron passa por trote em primeira viagem como profissional do Palmeiras

Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras

Novidade na lista de relacionados do Palmeiras para o duelo desta quinta-feira, contra o Fluminense, às 19h30, no Maracanã, pelo Brasileirão, Gabriel Veron passou pelo tradicional trote no jantar do elenco.

Em cima de uma cadeira e usando uma faca como microfone, o atacante de 17 anos agradeceu a todos pela oportunidade e disse:

– Eu sei que vou mais aprender do que ensinar.

Pela frase, o atacante recebeu aplausos dos companheiros (veja no vídeo aqui).

Gabriel Veron é uma das principais promessas da base do Palmeiras. Destaque da seleção brasileira sub-17 na conquista do Mundial, o atacante teve dias agitados recentemente.

Globo Esporte

Sesed bloqueia mais de 14 mil chamadas de trote para o Disque 190

Foto: Elisa Elsie

Em quatro meses, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) bloqueou mais de 14 mil ligações de pessoas que entravam em contato para o Disque 190 do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para passar trotes. A medida segue uma recomendação do Ministério Público Estadual.

A maior quantidade de bloqueios aconteceu no mês de outubro, quando 5.116 tentativas de trotes foram impedidas, seguido por: setembro, com 4.000; agosto, com 3.320; e julho, com 1.804. Para se ter uma ideia do problema, no mês passado, das 5.116 ligações bloqueadas, mais de 600 vieram de apenas um número. “Quando um número liga mais de 20 vezes por dia para o Disque 190, ele é automaticamente bloqueado. Após isso, quando ele tenta ligar para o 190, ele é encaminhado para um ramal e é informado que está bloqueado. Esse bloqueio dura sete dias”, explicou o tenente-coronel Kleber Macedo, diretor do Ciosp.

O oficial ainda destacou o benefício que a iniciativa traz para a sociedade. “É um benefício enorme, pois a linha que estaria ocupada atendendo uma ligação que seria trote fica desocupada para que uma pessoa que realmente precise de ajuda possa ser atendida”.

Segundo a recomendação do MPRN, data de 11 de julho de 2019, diante da necessidade de adotar soluções tecnológicas para a diminuição dos prejuízos causados pelos trotes ao serviço do Disque 190, o Ciosp deveria regulamentar os requisitos necessários para acessar o serviço, com a possibilidade de bloqueio de ligações oriundas de números envolvidos com reiterados trotes, desde que observada a necessidade de notificação do usuário através de mensagem ou ligação telefônica para o número que originou os trotes e a temporariedade do bloqueio.

O trote é um ato ilícito, por ofensa ao dever imposto ao usuário dos serviços públicos em geral e, particularmente, dos serviços de telecomunicações no tocante à utilização adequada dos serviços e à colaboração para a adequada prestação do serviço (artigo 8º, incisos I e III, da Lei n.º 13.460/2017 e artigo 4º, inciso I, da Lei n.º 9.472/1997), podendo até mesmo configurar os crimes de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública ou de comunicação falsa de crime ou de contravenção (artigos 265 e 340 do Código Penal).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorginho disse:

    Faz tocaia na casa desse infrator… quando ele fizer uma ligação enganosa, entra com tudo na casa dele, autua na hora e causa na vizinhança… um exemplo desses tira a iniciativa de qualquer outro infrator…

  2. Jorginho disse:

    De acordo com o texto acima: "Para se ter uma ideia do problema, no mês passado, das 5.116 ligações bloqueadas, mais de 600 vieram de apenas um número…" o que a PM fez a respeito? Prendeu o infrator? Abriu processo contra o proprietário da linha?
    Por que não fazer uma devassa nas linhas infratoras

  3. Luiz Antônio disse:

    Era pra ter uma punição exemplar. Uma mente dessa é muito vazia.

Boato sobre fim do Bolsa Família é 'criminoso', diz Dilma

Dois dias depois do início de tumultos pelo país provocados por boatos sobre o fim do Bolsa Família, a presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (20) que o responsável por disseminar a falsa informação é “criminoso”.

“É absurdamente desumano o autor desse boato. E é criminoso também”, disse a presidente durante a cerimônia de lançamento ao mar do navio petroleiro Zumbi dos Palmares, em Ipojuca, na região metropolitana do Recife.

Dilma afirmou o compromisso de seu governo com a manutenção do Bolsa Família e disse que a Polícia Federal está investigando quem levou “intranquilidade aos brasileiros que estão saindo da extrema pobreza”.

“Eu queria deixar claro o compromisso do meu governo com o Bolsa Família: é um compromisso forte, profundo e definitivo. Não abriremos mão do Bolsa Família […] Não acreditem nos boatos, porque os boatos desse país às vezes ocorrem de forma surpreendente. Brasileiros ainda têm e terão durante algum tempo que receber o benefício do Bolsa Família. O que aconteceu no Brasil sábado [18] foi falso, negativo e levou intranquilidade às famílias que recebem o Bolsa Família.”

Uma onda de boatos sobre o fim do programa Bolsa Família levou milhares de pessoas no sábado e domingo a lotéricas e agências da Caixa Econômica Federal, para sacarem seus benefícios, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste.

A extensão do boato, que atingiu ao menos dez Estados, provocou longas filas de espera e muito tumulto. Pessoas passaram mal e desmaiaram. Houve brigas e terminais foram depredados.

Da Folha

Universitária afirma que foi obrigada a chupar testículos e pênis de boi durante trote na Bahia

BXK13856_boi-nelore800A Polícia Civil da Bahia investigará a partir desta terça-feira denúncia feita ao Ministério Público por uma estudante de agronomia de 22 anos que diz ter sido obrigada a chupar testículos e pênis de boi durante trote na Universidade Estadual do Sudoeste (Uesb), campus de Vitória da Conquista, sudoeste do Estado.

O caso ocorreu na sexta-feira passada. De acordo com depoimento da estudante ao Ministério Público, ela estava na segunda semana de aula no 1º semestre quando resolveu participar do trote por pressão dos colegas veteranos, “porque, se não participasse, seria pior”. Ela disse que participaria, mas avisou que era “alérgica a tudo”.

Durante a brincadeira, a estudante – que prefere não ter sua identidade revelada – e outros colegas calouros foram colocados para andar de “elefantinho” (de mãos dadas uns com os outros e com as mãos passando por debaixo das pernas) e depois tiveram de chupar testículos e pênis de boi. Aplicavam o trote alunos do 3º e 4º semestres de agronomia.

A estudante desconfia que o pênis do boi estivesse melado com sêmen humano, pois estava com gosto salgado. E teriam dito a ela que aquele “pênis” ainda “nem é o de verdade”. Para finalizar a brincadeira, segundo ela, os veteranos botaram um líquido em um copo que seria mistura de “mata bicheira” – produto usado em bovinos – e urina de animal e deram para eles bochecharem. (mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Osvaldo Pedrosa disse:

    Maaaaaaaaaaaais um furo de reportagem de muita relevância do Blog do BG
    Parabéns!
    Leio todas as reportagens investigativas e notícias gerais!

  2. João Silva disse:

    A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: E FORA DO TROTE?…!…

Assalto com reféns no Edifício 21 de Março foi trote; na pressa pelo socorro, uma viatura do choque se acidentou

A mobilização que a polícia fez no início da noite de hoje diante da informação de um assalto com reféns no prédio 21 de Março, no centro da capital, mostrou duas coisas.

A primeira delas é condenar a figura de quem se presta a desvirtuar o atendimento e funcionamento do serviço público. Sim, caros leitores, foi um trote.

Imaginem vocês que, dada a gravidade da denúncia, a polícia mobilizou equipes e houve até acidente de carro. Um veículo que iria dar suporte à operação tombou no Rio Doce antes da ponte nova na Redinha. Dois oficiais ficaram feridos e foram socorridos pelo SAMU.

Mandaram até negociador para o prédio. Coordenaram a ação, como seria, a partir de onde negociar etc.

Sacanagem, né?

Por outro lado, temos o segundo ponto: por mais lesiva e enganosa que tenha sido a ligação, a polícia deveria estar preparada para identificar uma chamada como essa.

Faz lembrar o caso dos bombeiros no incêndio num prédio do Tirol. Demoraram a chegar cerca de uma hora para atender à ocorrência porque julgaram trote as primeiras ligações que deram conta do incidente.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ari disse:

    tem que punir esses deliquentes que ficam bricando de passar trotes uma coisa tão antiga e que hoje ainda continua. PUNIÇÂO.

  2. Nara Moura disse:

    Nesse caso, antes julgar que seja verdade a informação dada ao telefone do que aferir que seja um trote e acabar colocando as pessoas em risco. Todos que trabalham com esse sistema de denúncias via telefone dependem da boa fé dos que fazem a ligação. Temos sim é que educar a nossa população e fazê-los enxergar a gravidade de uma atitude leviana como essa.

  3. Gva_natal disse:

    É um doente.