VÍDEO – Bolsonaro rebate reportagem sobre cartão corporativo: “Não dizem que parte foi usada em operação da China para resgate de brasileiros. Parece que eu estou usando para fazer festa”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hidroxicloroquina e, mais uma vez, grande parte da mídia é desmascarada sobre o uso do cartão corporativo. Lixo! Mentem 24 horas ao dia!

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar parte da imprensa ao conversar com apoiadores nesta manhã, quando deixava o Palácio da Alvorada. Ele rebateu reportagem publicada no fim de semana pela Folha que mostrava que seus gastos com o cartão corporativo têm sido maiores do que nos governos de Dilma Rousseff e Michel Temer.

“Ontem, a imprensa, como sempre criticando o cartão corporativo. Só que os caras são tão mau-caráter que não dizem que parte da operação da China, três aviões da Força Aérea, por ser avião militar, foram financiados com o meu cartão corporativo. Parece que eu estou usando o cartão para fazer festa. Falta de caráter e de responsabilidade dessa imprensa aí”, disse Bolsonaro.

No Twitter, ele completou:

“Grande parte da mídia é desmascarada sobre o uso do cartão corporativo. Lixo! Mentem 24 horas ao dia!”

Com acréscimo de O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gadominion disse:

    Muito interessante! E ele não quis divulgar tamanha generosidade? Justo esse ególatra?

  2. CIDADAO55 disse:

    Sempre a culpa é do Cabral!

  3. Marcos disse:

    Se tem como comprovar que foi por algo justo, mostre os extratos e não fique apenas falando. Não acredito na palavra de nenhum político, comprove que diz a verdade para que eu possa começar a mudar a minha opinião.

  4. Araújo disse:

    Muito bom presidente, não adianta uma parte da imprensa querer manipular fatos, que as verdades aparecem, eles jamais conseguirão manipular pessoas com opiniões formadas, que conseguem enxergar verdades.

  5. natalsofrida disse:

    Petralhada chorando. Agradeçam por ter ima pessoa honesta no poder seus vagabundos.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Eu não boto minha mão no fogo por POLÍTICO NENHUM desse Brasil véio de guerra. O que todo mundo vê são os esforços de Bolsonaro para calar a imprensa e para ter os órgão de fiscalização e polícia sob seu controle.
      Não vejo muita honestidade nisso não.

  6. Higino disse:

    Tava bom o MP fazer uma auditoria sabendo se essas viagens foram mesmo pagas pelo cartão corporativo da família Bolsonaro. Quem é tolo de acreditar numa história dessa. Era mais uma desmascarado.

  7. Manoel disse:

    Legal. Então eh só mostrar o extrato dessas despesas no seu cartão que todos vão acreditar. Até lá, sua palavra somente não basta.

  8. aparecida disse:

    Se ele desse publicidade e transparência de seus atos/gastos , como homem público, divulgando por exemplo seu exame negativo de uma doença que se tornou pandemia, EVITARIA ILAÇÕES desnecessárias.

Após análise de contas e contratos, fim de cartão corporativo na Caixa de Assistência da OAB/RN é confirmado

A presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Rio Grande do Norte (CAARN) Monalissa Dantas, juntamente com a diretoria da instituição, cancelou o uso do cartão corporativo da CAARN. A decisão foi tomada após uma análise detalhada das contas e contratos da instituição.

Segundo Monalissa, essa foi uma das prioridades da atual gestão, logo após tomarem posse. “O uso do cartão vinha sendo questionado pela advocacia. Assim que assumimos a diretoria, fizemos uma averiguação detalhada junto à tesouraria da CAARN, e entendemos que a utilização do mesmo é totalmente dispensável”, disse.

A presidente falou ainda da importância de tratar o dinheiro com responsabilidade. “O uso do cartão corporativo não transmite transparência. E é justamente essa clareza que nós queremos na Caixa de Assistência. A advocacia potiguar precisa saber de que forma o dinheiro da anuidade está sendo empregado e é esse o nosso maior compromisso”, finalizou Monalissa.

Com informações da CAARN