Saúde

Comando Geral da PM/RN oficializa pedido de prioridade de policiais e bombeiros militares para vacinação contra covid-19

Foto: Reprodução

O Comandante Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Alarico José Pessoa Azevêdo Júnior, solicitou a prioridade
de policiais militares e bombeiros militares na vacinação contra a covid-19.

O pedido foi feito de forma oficial ao secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, em ofício enviado na semana passada, e tornado público nesta terça-feira(23), para conhecimento do efetivo.

Como justificativa, Comando Geral da PM destaca trabalho ininterrupto de policiais e bombeiros no cumprimento das medidas sanitárias, “prestando serviços essenciais e imprescindíveis à população, além de contribuir também na proteção na cadeia logística, no transporte, e escolta de vacinas e enfermos”.

Opinião dos leitores

  1. @Calígula "Para quem trabalha 10 dias por mês, não vejo urgência."
    Trabalhador CLT 44 horas semanais = 176 horas o mês.
    Policial: 10 dias por mês x 24 horas = 240 horas o mês.

    1. Não dê ouvidos ao Calígula…é só um coitado esclerosado…

    1. Calígula cagando pela boca.
      Vai se informar melhor antes de falar uma coisa dessas.

    2. Caro leitor se vc ver por essa ótica o enfermeiro trabalha em sistema de escala igual a PM, então não deveria tbm ter urgência em receber vacina né?.
      Veja bem se é para mandar colocar mas cara chama a PM, dispersar aglomeração chama PM, buscar Vacina chama PM, fazer cumprir toque de recolher chama PM, deveria realmente ser visto com outros olhos as forças de segurança.

    1. Concordo, sao esses que não ao podem ficar casa. Certíssimo.
      Tem que vacinar as pessoas que sao obeigadas a trabalhar, como tb a população ativa primeiro, quem pode ficar casa, vacina-se depois.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *