Geral

Corpo de Bombeiros registra 101 incêndios florestais no RN em 1 semana

Foto: Divulgação

Na primeira semana da Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA), lançada oficialmente na última quarta-feira (01), o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) combateu 101 ocorrências de incêndios florestais em todo o estado.

Conforme os dados divulgados pelo tenente-coronel Jerbes Lucena, da Diretoria de Engenharia e Operações do CBMRN, foram contabilizados, em média, aproximadamente 15 ocorrências atendidas por dia. “Nesta época de baixa umidade relativa do ar e altas temperaturas, a propagação do fogo é favorecida. Em contato com o material combustível da vegetação, que é propenso a incêndios, as chamas podem se alastrar rapidamente. Por isso, precisamos estar atentos e pedimos também o apoio da população nessa conscientização”, explicou ele.

Ainda de acordo com os relatórios da Diretoria de Engenharia e Operações, a região de Mossoró lidera as estatísticas com 33 ocorrências, seguida pela Região Metropolitana de Natal com 31, região de Pau dos Ferros, no Alto Oeste, com 24, e por último Caicó, no Seridó, com 13 atendimentos registrados.

 

Opinião dos leitores

  1. Um estado pequeno e semi desertico como o nosso, sofrer com queimadas e tétrico, esse governo mais uma vez demonstra a sua incompetência, agora, se isso fosse lá na Amazônia kkkkkkk seria motivo para muita conversa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Militares estaduais realizam ato público na tarde desta quarta-feira em frente à Governadoria por equiparação salarial, vale-alimentação, melhorias na estrutura das instalações e mais

A categoria decidiu realizar mobilizações até terem as reivindicações atendidas. Foto: Arquivo/Divulgação

Os militares estaduais estarão reunidos nesta quarta-feira, às 14h, em frente à Governadoria. Na pauta de reivindicações está o encaminhamento do Sistema de Proteção Social à Assembleia Legislativa do RN, a elaboração de um Código de Ética humanizado, vales-alimentação para os policiais de todos os 167 municípios do RN e a equiparação salarial. Também é solicitado pela categoria um novo fardamento e melhorias na estrutura das instalações da corporação Polícia Militar do RN.

Segundo as entidades representativas dos militares, eles estarão mobilizados até que o Governo do Estado apresente soluções concretas e imediatas para as demandas em questão. “Nós recebemos apenas promessas e que ainda passarão por longos trâmites para serem realizados. Queremos soluções tangíveis e com um efeito imediato”, frisa a subtenente Márcia Carvalho, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN).

Entenda as principais reivindicações:

Sistema de Proteção Social: a Lei Federal n° 13.954 de 16 de dezembro de 2019 incluiu os policiais e bombeiros militares no regramento, transferindo à União a competência para legislar sobre inatividade e pensão dos militares estaduais. Dessa forma, o Estado precisa regulamentar a Lei no âmbito estadual. Apesar de já ter colocado em prática o aumento da alíquota descontada dos militares e ainda incluído os policiais reformados e pensionistas neste desconto, o Governo se nega a garantir os direitos estabelecidos nesta nova lei, como a integralidade e a paridade salarial às pensionistas.

Código de Ética: ele deve substituir o arcaico Regulamento Disciplinar da Polícia Militar (RDPM), elaborado ainda em 1982. O Código acaba com a prisão disciplinar e a detenção, cria a prestação de serviço e a suspensão. Contudo, há divergências entre Governo e Associações na elaboração do Código. Por exemplo, em relação aos dias de suspensão. As Associações propuseram o máximo de 10 dias de suspensão, enquanto o Governo propõe até 90 dias do militar sem prestar serviço e com dias descontados em salário.

Vales-alimentação: atualmente, policiais militares de 37 municípios recebem dois vales de R$ 15 cada para um período de 24h em serviço. Foi apresentado a proposta de R$ 45 em custeio e para os policiais de todos os municípios. Contudo, o valor pago aos agentes de outras categorias é de R$ 60.

Fardamento: há dois anos os militares estaduais não recebem o uniforme. Foi comunicado que está em processo licitatório, mas sem perspectiva de data.

 

Opinião dos leitores

  1. Governadora, a violência no RN anda sem controle, assim, não deixe a situação pegar um rumo ainda mais grave. Educação, saúde e segurança devem ser prioridades.

  2. o mito pegou o salário mínimo a R$998,00, em em 3 anos já aumentou para R$ 1.100,00. Parabéns mito por esse estrondoso aumento… de fome kkkkkk, nessa toada daqui a uns mil anos compro minha casinha.

  3. Os militares deveriam ficar descansando para acumular energias para serem utilizadas em prol da sociedade potiguar que os paga muito bem e não ficar fazendo mobilizações com caráter politiqueiro. Não chorem de barriga cheia, já que o deus da maioria de Vcs, Bolsonaro, falou que os militares terão que contribuir com sua parcela de sacrifício, que até o presente momento ninguém sabe por anda.

  4. Vcs funcionários que dão a vida pela profissão, não exijam da governadora reajuste salarial, só tem grana para os procuradores (Antenor) bagatela de 33 mil de salário básico.

  5. Aposentadoria nesse Estado falido deveria se limitar ao teto do INSS, para todos os funcionários públicos, sobretudo os PMs, policiais civis e professores pois se aposentam cedo, são muitos e tem um peso absurdo no sistema previdenciário do RN. Fica a dica, pois se hoje o IPE já está falido, amanhã, do jeito que vai, os aposentados não vão receber as suas aposentadorias.

  6. Se derem aumento aos guerreiros da PM, a nobre governadora vai ter que aumentar, na mesma proporção todos os guerreiros funcionários públicos do Estado, que é quem guerreia todo dia para colocar a máquina estatal para funcionar.

    1. Perfeito Cabelo de Fogo, essa governadora discrimina funcionários do estado, querendo fazer graça com o que não pode, todos os funcionários públicos, inclusive os da segurança, teem necessidade urgente de ter um salário justo.

    2. Cabelo de Fogo, os PMs vivem acampando com carro de som na frente da governadoria. Quando os guerreiros da PM instalarem o acampamento deles por lá, nós q já guerreamos diariamente no Centro Administrativo, devemos aproveitar, e também colocar uma barraca perto deles. Assim guerrearemos juntos atrás de aumento e deu para ele tem que dar para nós. Fica a dica.

    3. Não espere algum da GOVERNADORA FÁTIMA DO PT, objetivo é empobrecer o funcionalismo público para sobrar recursos financeiros para campanha de LULA. O POVO, tem que dá uma resposta severa para esquerda radical e como essa direita fajuta fazendo o povo de massa de manobra para se beneficiar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Corpo de Bombeiros registra cinco incêndios florestais em menos de 24h no Alto Oeste

Foto: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, por meio da Unidade de Pau dos Ferros, registrou, na última sexta-feira (3), cinco ocorrências de incêndios florestais na região do Alto Oeste potiguar – quatro no município de Pau dos Ferros e uma em Marcelino Vieira.

Em Pau dos Ferros, as chamas não apresentaram perigo, sendo logo controladas pelos militares. Já em Marcelino Vieira, o incêndio começou por volta das 10h e só foi completamente controlado à noite, às 18h30.

De acordo com o 2° tenente Altair Paiva, comandante da Unidade de Pau dos Ferros, “o trabalho integrado com a Defesa Civil Municipal foi primordial na execução da ocorrência”. Na ocasião, o município disponibilizou um caminhão pipa e uma retroescavadeira.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bombeiros dão dicas de segurança para evitar acidentes com cobras; 173 ocorrências de resgate/capturas já foram atendidas este ano no RN

Foto: Roberto Loffel

A captura e o resgate de animais silvestres é algo rotineiro no ofício do bombeiro militar. No entanto, existe um animal em especial que causa pavor nas pessoas e deixa a ocorrência ainda mais interessante e perigosa: a cobra.

De acordo com um levantamento realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), no período de janeiro a maio deste ano, foram atendidas 173 ocorrências de resgate/capturas de animais peçonhentos em todo o estado do RN. Já no mesmo período do ano passado, foram registrados apenas 90 casos.

Para evitar acidentes com serpentes, os bombeiros dão dicas de prevenção e do que pode ser feito quando encontrar esses animais.

Cuidados e recomendações:

• Normalmente, as cobras só atacam o homem quando se sentem ameaçadas. Por isso, ao avistar uma cobra, não pense duas vezes, desvie do caminho dela;

• Usar luvas nas atividades rurais e de jardinagem. Nunca colocar as mãos em tocas ou buracos na terra, ocos de árvores, cupinzeiros, entre espaços situados em montes de lenha ou entre pedras;

• Manter seu quintal limpo e não acumular lixo, ou resto de materiais de construção ou quaisquer outros tipos;

• Sempre usar equipamento de segurança individual (EPI), como bota cano longo e luvas de punho alongado. Usar sempre um bastão ou vara longa para manipular objetos ou mato, lixo que possam conter algo escondido por baixo, de modo a manter-se distante em caso de um ataque de cobras;

• Não estacionar veículo próximo a mato, lagoa, lugar escuro ou úmido. Use sempre calçado fechado e calças compridas. Se estiver em um local que é conhecido por ter cobras use botas de cano alto ou perneiras para proteger a parte de baixo das pernas;

• Não montar acampamentos junto a plantações, pastos ou matos em regiões onde normalmente há serpentes;

• Caso animais como esses apareçam em casa ou em outro local atípico, a orientação é evitar colocar as mãos neles e só se aproximar para espantá-los, sem machucar. Matá-los é proibido pelo Ibama;

• Nesses casos, ligue para o 193!

Em caso de acidente:

• Lavar local da picada de preferência com água e sabão;

• Manter a vítima deitada, evitar que ela se movimente para não favorecer a absorção do veneno;

• Levar a vítima imediatamente ao serviço de saúde mais próximo, se possível com o animal agressor, mesmo morto, para facilitar o diagnóstico.

Opinião dos leitores

  1. Tem que levar imediatamente ao serviço de saúde mais próximo, e se a pessoa estiver sozinha no mato? Tá lascado

  2. Cacá! Calígula para os íntimos , adora esconder. Tem medo de ser autuado pelo IBAMA . É o maior hobby dele . Aí papai !

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTO: Bombeiros resgatam jiboia de quase 1,5 metro na Grande Natal

FOTO: CBM/ASSECOM

Militares do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte resgataram na manhã desta segunda-feira (02) uma cobra jiboia de quase 1,5 metro de comprimento. A ocorrência foi registrada no bairro Taborda, no município de São José de Mipibu, na Grande Natal.

De acordo com informações da guarnição de serviço que esteve no local, o animal foi capturado e deixado em uma caixa de papelão pelo solicitante, que imediatamente acionou o Corpo de Bombeiros. A serpente não apresentava ferimentos e foi solta em uma área de vegetação.

Como proceder

Vale salientar que a jiboia não é venenosa, porém, em caso de aparecimento de qualquer animal silvestre, a recomendação é ligar imediatamente para o Corpo de Bombeiros, através do 193.

Opinião dos leitores

  1. Pqp!!! o cara sustentar bombeiros para pegar jiboia e tirar cachorro do telhado. Meu carro pegou fogo aqui em Campo Redondo paguei taxa de bombeiro e cadê bombeiro para apagar o incêndio fonêmica carro???? Prejuízo grande.

    1. É complicado, na cidade que não tem corpo de bombeiros, o cara tem que pagar?

    1. Inteligente, quem criou a taxa de bombeiros foi o pai do ministro do Bozo, se informe.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Em três meses, Corpo de Bombeiros atendeu 133 ocorrências no RN envolvendo quedas de árvores; Natal a maioria

FOTO: CBM/ASSECOM

De janeiro a março de 2021, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) atendeu 133 ocorrências envolvendo árvores em todo o RN. Para esse tipo de atendimento, os militares são acionados para vistoriar as mais antigas, cortar aquelas com risco de desabar e remover as que já haviam caído.

Durante o período chuvoso a quantidade de ocorrências de árvores que oferecem algum risco de cair sobre as casas, nas instalações elétricas ou nas ruas aumentam significativamente, o que requer um cuidado redobrado da população. Por isso, ao constatar que uma árvore pode cair, a pessoa deve imediatamente acionar o Corpo de Bombeiros Militar, por meio do 193. “O mais indicado a ser feito, com a chegada do inverno, é a poda (remover galhos inúteis), pois ela se faz necessária para evitar incidentes. O objetivo principal das podas é evitar os riscos de queda das árvores. A poda é um serviço essencial para que as árvores possam se desenvolver no ambiente urbano”, disse o Major Daniel Farias, comandante do 1° Grupamento de Incêndio.

Ainda de acordo com ele, é preciso que a população entenda que o CBMRN só atende ocorrências em que realmente a árvore ofereça um perigo iminente para a sociedade. Caso contrário a prefeitura municipal deve ser acionada. “Se a árvore já estiver caída, obstruindo vias e causando riscos a integridade física de pessoas, os bombeiros eliminam o risco, ficando, nos dois casos, a responsabilidade da limpeza do local pelo órgão municipal competente. Já nos casos em que envolva energia elétrica, também é necessário a presença da empresa de fornecimento elétrico”, completou.

Dados do primeiro trimestre de 2021 por unidades

Natal – 109

Pau dos Ferros – 13

Mossoró – 10

Caicó – 1

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comando Geral da PM/RN oficializa pedido de prioridade de policiais e bombeiros militares para vacinação contra covid-19

Foto: Reprodução

O Comandante Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Alarico José Pessoa Azevêdo Júnior, solicitou a prioridade
de policiais militares e bombeiros militares na vacinação contra a covid-19.

O pedido foi feito de forma oficial ao secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, em ofício enviado na semana passada, e tornado público nesta terça-feira(23), para conhecimento do efetivo.

Como justificativa, Comando Geral da PM destaca trabalho ininterrupto de policiais e bombeiros no cumprimento das medidas sanitárias, “prestando serviços essenciais e imprescindíveis à população, além de contribuir também na proteção na cadeia logística, no transporte, e escolta de vacinas e enfermos”.

Opinião dos leitores

  1. @Calígula "Para quem trabalha 10 dias por mês, não vejo urgência."
    Trabalhador CLT 44 horas semanais = 176 horas o mês.
    Policial: 10 dias por mês x 24 horas = 240 horas o mês.

    1. Não dê ouvidos ao Calígula…é só um coitado esclerosado…

    1. Calígula cagando pela boca.
      Vai se informar melhor antes de falar uma coisa dessas.

    2. Caro leitor se vc ver por essa ótica o enfermeiro trabalha em sistema de escala igual a PM, então não deveria tbm ter urgência em receber vacina né?.
      Veja bem se é para mandar colocar mas cara chama a PM, dispersar aglomeração chama PM, buscar Vacina chama PM, fazer cumprir toque de recolher chama PM, deveria realmente ser visto com outros olhos as forças de segurança.

    1. Concordo, sao esses que não ao podem ficar casa. Certíssimo.
      Tem que vacinar as pessoas que sao obeigadas a trabalhar, como tb a população ativa primeiro, quem pode ficar casa, vacina-se depois.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Operação Verão 2021: Praias de Pipa e do Meio lideram ocorrências dos bombeiros de resgate por afogamento

FOTO: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) divulgou nesta segunda-feira (22) o resultado da ‘Operação Verão 2021’. Em meio ao período de pandemia do novo coronavírus (COVID-19), que resultou na suspensão do carnaval no Rio Grande do Norte, os bombeiros militares reforçaram as ações de prevenção contra o afogamento no litoral potiguar e na força-tarefa do Pacto Pela Vida.

Ao realizar constantes ações de prevenção nas praias do estado, o Corpo de Bombeiros do RN registrou 18.988 orientações e 8.318 advertências no período da Operação Verão 2021. A ocorrência mais registrada por parte da corporação foi de resgate de vítima em meio líquido, com 65 episódios, sendo 27 somente na praia de Pipa e 16 na praia do Meio. Os resultados positivos são creditados as ações de prevenção, implementação de delimitações de área de banho e a um processo educativo dos banhistas que têm recepcionado as orientações dos guarda-vidas.

Operação Verão

A Operação Verão é a atividade ostensiva, de prevenção ativa de salvamento aquático, realizada pelo CBMRN, durante o período do verão com otimização dos seus recursos humanos, materiais e logísticos, com início na semana que antecede o Natal, no dia 24 de dezembro de 2020 e com término no domingo subsequente ao Carnaval no dia 21 de fevereiro de 2021. Ocorre anualmente no litoral do Rio Grande do Norte. Além das instituições de segurança, também ficou estabelecida a participação, de forma integrada, do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-RN), do Departamento de Estradas e Rodagem (DER-RN), do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA-RN), da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP-RN) e da Secretaria de Estado do Turismo (SETUR-RN).

Com investimento de R$ 7 milhões de reais para um reforço extraordinário de 800 agentes de segurança pública, entre homens e mulheres da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, ITEP e Polícia Penal, a SESED atuou com base no planejamento definido pela Política Estadual de Segurança Pública, desenvolvendo atuações estratégicas de forma ostensiva, investigativa e de fiscalização, principalmente em apoio aos cumprimentos dos decretos estaduais e municipais para coibir aglomerações.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Bombeiros capturam jiboia de 2 metros em cima de árvore em área urbana no interior do RN

 Fotos: Divulgação

Uma jiboia de aproximadamente 2 metros de cumprimento que estava em cima de uma árvore na zona urbana da cidade de Encanto, na Região Alto Oeste do Rio Grande do Norte, foi capturada na manhã desta quinta-feira (28). De acordo com populares, após o animal ser encontrado, o Corpo de Bombeiros Militar de Pau dos Ferros foi acionado e realizou o resgate.

Segundo os bombeiros, o resgate do animal aconteceu por volta das 9h. A operação foi conduzida pelos cabos Protázio e Antunes e pelo soldado Paskocimas. Após ter sido capturada pela equipe, a jiboia foi libertada em uma área de preservação ambiental.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Praias do Amor, Meio, Búzios e Forte lideram casos de salvamentos aquáticos no RN; ocorrências atendidas pelos bombeiros aumentaram 33%

Foto: Ilustrativa

O número de ocorrências atendidas envolvendo salvamento aquático pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) aumentou cerca de 33% no ano passado em relação a 2019. De acordo com os dados divulgados pelo Grupamento de Busca e Salvamento do CBMRN, 173 pessoas foram retiradas das águas com vida em 2020. Em 2019, 130 ocorrências dessa tipologia foram atendidas.

O relatório estatístico do Corpo de Bombeiros aponta que as maiores incidências ocorreram nas praias do Amor (50), Meio (31), Búzios (23), Forte (22), Redinha (16), Ponta Negra (06), Areia Preta e Tibau do Sul (05).

Além disso, buscando prevenir acidentes no litoral, os bombeiros intensificaram ações de orientações e advertências, em que o guarda-vidas abordam diretamente o banhista para falar sobre os riscos de afogamento e das condutas de segurança pertinente ao local do banho. Ainda segundo o relatório estatístico, em 2020, 38.536 pessoas foram orientadas e 14.470 advertidas.

Medidas de Prevenção

• Tenha atenção com as crianças;

• Coloque a pulseira de identificação fornecida pelos guarda-vidas;

• Evite ingerir bebidas alcoólicas e alimentos pesados antes de entrar na água;

• Nade longe de pedras;

• Pergunte sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado e seguro para o banho;

• Certifique-se da profundidade da região em que deseja mergulhar;

• Respeite as instruções dos guarda-vidas e as sinalizações de perigo na praia.

• Caso alguém presencie um afogamento, é só entrar em contato de forma imediata com o Corpo de Bombeiros, através do 193, ou arremessar um objeto flutuante para a vítima até a chegada dos guarda-vidas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Operação da PF e PRF, com apoio da PM, Polícia Civil, Bombeiros, Receita e Marinha mira localidades estratégicas da região metropolitana de Natal, inclusive, no porto e aeroporto

Fotos: Divulgação

A Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal, com apoio Polícia Militar/RN, Polícia Civil/RN, Corpo de Bombeiros/RN, Receita Federal e Marinha do Brasil, deflagraram na manhã desta terça feira, 12/01, na região metropolitana de Natal/RN, a denominada Operação Concórdia.

Trata-se de operação integrada entre instituições federais e estaduais com ações ostensivas coordenadas, baseadas em inteligência, e com foco na repressão a crimes como tráfico de drogas e armas, porte ilegal de arma de fogo, contrabando, receptação de bens, além de cumprimento de mandados de prisão.

As ações se concentram no porto e no aeroporto interacional de Natal-RN, bem como em rodovias federais, zonas costeiras e rios navegáveis da região, observadas as atribuições de cada instituição.

Uma das ações ocorre na Comunidade do “Mosquito”, região com alto índice de criminalidade e situada em ponto estratégico desta capital.

As ações, que não se encerram nesta data, tem por finalidade reduzir os índices criminológicos da região metropolitana de Natal/RN, melhorando a sensação de segurança da população.

Aproximadamente, 230 policiais e agentes públicos participam da ação.

Opinião dos leitores

  1. A comunidade do mosquito tem que ter uma atenção especial.faz parte da estrada que liga natal ao litoral norte e a zona Norte.o mosquito cada dia que passa piora .

  2. De fato
    A sociedade quer saber
    Houve prisão? Quem foi preso?
    Afinal uma.operação destas custa caro ao contribuinte. Só faltou tanque de guerra. Tem que ter resultados.

  3. Em São José de Mipibu tem umas bocas de fumo siçenciosas..a.polícia estoura e elas voltam a funcionar. Precisa de polícias do cunhao roxo para por um basta.

    1. No desgoverno Lula e Dilma, as facções tomaram conta do nordeste.
      No Ceará de Ciro Gomes e Camilo Santana, as facções obrigam as pessoas a saírem de casa…
      Em Natal, por que Fátima não manda a PM ocupar bairros dominados por facções?
      Coloca 100 PMs em cada bairro ?
      Mas no Rio um deputado esquerdista pediu ao STF para a polícia não perturbar bandidos.
      A esquerda também quer o fim da polícia.
      Somente alguém cego por ideologias nefastas pode querer o fim da polícia.

    2. Esse Paulo sempre com palpites tendeciosos. Faltou falar das milícias do RJ e sua aproximação com traficantes e com o PR. Estamos nos transformando numa Venezuela graças aos zumbis do Bozo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Com maior fluxo de veranistas e turistas em janeiro, Corpo de Bombeiros do RN orienta sobre os cuidados em praias

Foto: Ilustrativa/Freepik

O mês de janeiro é o período de maior fluxo de veranistas e turistas nas praias em todo o Brasil. Para apreciar o verão de forma tranquila, são necessários alguns cuidados, como o uso do protetor solar, trânsito seguro e medidas para prevenir o afogamento. Porém, é sobre essa última medida que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) orienta: água no umbigo sinal de perigo.

Uma das principais orientações feitas pelos guarda-vidas é para quem vai entrar no ambiente aquático não faça o uso de bebida alcoólica, pois o álcool inibe a noção de perigo. Nadar ou brincar no mar depois de comer não é recomendado, pois corre o risco de congestão. Outra dica é manter-se afastado de pedras e costeiras.

Além dos perigos que os ambientes aquáticos impõem aos adultos, os pais ou familiares devem ficar atentos também com as crianças. Com as praias lotadas nesse período, o CBMRN pede que os familiares tenham atenção redobrada.

“Independentemente de ser piscina, rio ou mar, sempre orientamos os responsáveis pelas crianças. Durante o nosso patrulhamento levamos orientações na tentativa de retirar as crianças e os demais banhistas de ambientes não recomendáveis, além de distribuir pulseiras de identificação”, disse o Coordenador da Campanha Praia Segura do Corpo de Bombeiros do RN, Major João Eduardo.

Para intensificar as ações educativas no objetivo de prevenir o afogamento e desaparecimento de crianças, a Corporação e vários órgãos públicos lançaram neste sábado (09), a ‘Campanha Praia Segura 2021’, que está inserida no cronograma da ‘Operação Verão’. Entre as ações que estão sendo ofertadas, destaque para a distribuição de pulseiras de identificação para crianças, em que se pode colocar o nome completo e o número de telefone do responsável para facilitar a localização em uma eventual perda.

“Todos os anos existem ocorrências de crianças desaparecidas nas praias. Por isso, juntamente com a Cruz Vermelha, distribuímos as pulseirinhas de identificação para a população. É mais um modo de prevenção”, finalizou o oficial do CBMRN.

Caso alguém presencie um afogamento, é só entrar em contato de forma imediata com o Corpo de Bombeiros, através do 193, ou arremessar um objeto flutuante para a vítima até a chegada dos guarda-vidas. Importante não tentar socorrer de forma alguma a pessoa, pois somente os bombeiros têm a habilidade para o resgate.

Medidas de Prevenção

• Tenha atenção com as crianças;

• Coloque a pulseira de identificação fornecida pelos guarda-vidas;

• Evite ingerir bebidas alcoólicas e alimentos pesados antes de entrar na água;

• Nade longe de pedras;

• Pergunte sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado e seguro para o banho;

• Certifique-se da profundidade da região em que deseja mergulhar;

• Respeite as instruções dos guarda-vidas e as sinalizações de perigo na praia.

Opinião dos leitores

  1. Devem fiscalizar a ocupação ilegal de comerciantes das areias das praias. Em Tabatinga alguns espertos puseram cadeira e mesas na areia. Sentou terá de pagar e não resta.mais lugar para os populares. A praia deve ser pública. Cadê a fiscalização?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bombeiros do RN criam aplicativo para localizar hidrantes na Grande Natal

FOTO: CBM/ASSECOM

Visando agilizar o atendimento em ocorrências de combate a incêndio, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN), por meio do 1° Grupamento de Bombeiros (1°GB), lançou um aplicativo de celular que indica a localização exata de hidrantes em toda a Região Metropolitana de Natal.

Através do aplicativo Google Maps, a nova ferramenta, Hidrantes RN, é usada para localizar e escolher o hidrante mais próximo para abastecer as viaturas de combate a incêndio. “Usando o GPS e uma rota detalhada, o mapeamento acelera a indicação do hidrante mais próximo durante as ocorrências de emergências, mostrando também os ativos e inativos”, disse um dos idealizadores da nova ferramenta, Capitão Jonas Alves.

Ainda de acordo com o Capitão, nesse período de alto índice de incêndios florestais, o aplicativo se tornou bastante útil para a tropa, podendo inclusive prever o tempo que a viatura levará para abastecer. Todos os hidrantes foram disponibilizados para as centrais de operações da Região Metropolitana. Por enquanto, o aplicativo, Hidrantes RN, está apenas disponível para a plataforma Android, podendo ser baixado no Google Play.

Os hidrantes são aparelhos de segurança que servem como ponto de abastecimentos das viaturas do Corpo de Bombeiros. Eles são destinados ao combate de incêndios e estão ligados aos encanamentos de abastecimento de água.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Em 12 horas, Corpo de Bombeiros atendeu 13 ocorrências de enxames de insetos na Grande Natal

FOTO: CBM/ASSECOM

Em 12 horas, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) registrou 13 ocorrências atendidas envolvendo enxames de insetos em toda a Região Metropolitana de Natal. Os casos aconteceram durante a manhã e tarde da segunda-feira (30). CBMRN não registrou vítimas.

Segundo o relatório estatístico repassado pela Central da Corporação, Natal (08); Parnamirim (03); Macaíba (01) e Monte Alegre (01) somaram 13 ocorrências atendidas. Vale salientar que é durante esta época do ano que o índice de ocorrência envolvendo enxames de insetos crescem, devido a reprodução das abelhas – de agosto e fevereiro -, aumentando o perigo de ataques devido a incidência de incêndios florestais e por causa da defesa em relação a presença externa de homens e animais.

Capacitação e Manejo Operacional Padrão – Abelhas

O Corpo de Bombeiros do RN, através da Diretoria de Engenharia e Operações (DEO), elaborou um POP – DEO-SLV-001 (Procedimento Operacional Padrão), que mostra todas as instruções detalhadas e necessárias para o “manejo operacional de abelhas e vespas”.

Durante meses, bombeiros militares foram capacitados em relação a esse tipo de ocorrência. No campo de atuação, as primeiras coisas a serem feitas são o isolamento e a evacuação dos imóveis próximos ou afetados pelas abelhas. A guarnição especializada deverá capturar o enxame utilizando todos os equipamentos de proteção individual (EPI), bem como os equipamentos necessários para o transporte. Após a captura, as abelhas são levadas e liberadas em uma área de preservação ambiental.

Pensando na segurança da sociedade, a Corporação recomenda os seguintes cuidados em caso de formação de colmeias:

• Ao se deparar com um enxame de abelhas em deslocamento, abaixe-se e se perceber que será atacado, corra, preferencialmente em ziguezague;

• Use roupas claras, pois as escuras atraem abelhas;

• Não grite, pois as abelhas são atraídas por ruídos;

• É importante ter bastante atenção ao passar por locais de mata;

• Evite movimentos bruscos e excessivos quando próximo a colmeias;

• Evite operar qualquer máquina barulhenta próximo a colmeias;

• Afaste os animais domésticos do enxame, qualquer barulho que eles façam, poderá irritá-las e desencadear um ataque;

• Ensine as crianças a se precaver e não matar as abelhas;

• Caso seja alérgico a picadas, pergunte ao seu médico o que fazer;

• Caso alguém seja picado, é importante que faça a remoção imediata dos ferrões, pois eles continuam liberando o veneno;

• Em casos de formação de colmeias em residências, o proprietário deve acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros Militar através do 193.

Opinião dos leitores

    1. Quando tua casa pegar fogo, apague com a mangueira e água da CAERN. Não ligue pro corpo de bombeiros não, pois se eu estiver de serviço, não piso nem lá.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bombeiros buscam adolescente que desapareceu no mar em Natal; outras duas pessoas foram salvas na mesma ocorrência

O Corpo de Bombeiros busca um adolescente de 16 anos que desapareceu no mar da praia de Areia Preta, na Zona Leste de Natal, nesta sexta-feira (20). De acordo com o órgão, as buscas foram suspensas no fim da tarde em função da baixa luminosidade e serão retomadas neste sábado (21), às 8h.

Segundo a corporação, o jovem entrou na água com outras duas pessoas e os três se afogaram. Duas delas foram resgatadas pelas próprias pessoas na praia.

Quando os bombeiros chegaram ao local, após serem acionados por banhistas, apenas uma ainda estava desaparecida.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Polícia Civil e Bombeiros atuam com cães farejadores nas buscas por menino de 8 anos desaparecido em Natal

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis do Núcleo de Investigação sobre Pessoas Desaparecidas (NIPD), da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e militares do Corpo de Bombeiros da Paraíba deram início, na manhã desta quarta-feira (4), a uma operação de busca por pistas do menino José Carlos, 8 anos, que desapareceu há duas semanas, na Zona Norte da Capital Potiguar. As buscas começaram por volta das 5h e contam com a ajuda de quatro cães farejadores, entre eles, um atuante nas buscas das vítimas do caso Brumadinho.

Segundo o major Edson Ferraz, do Corpo de Bombeiros da Paraíba, dois dos cães são especializados em busca de cadáveres e outros dois em odor específico. Ainda de acordo com ele, uma calça do menino foi apresentada aos cachorros, para que eles pudessem sentir o cheiro e rastrear o percurso realizado por José Carlos. O ponto de partida foi o local onde o menino foi visto pela última vez, pela mãe, antes de desaparecer.

De acordo com as investigações, no dia em que desapareceu, a criança saiu de casa para levar um suco para os irmãos que estavam pedindo dinheiro em um semáforo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os cachorros indicaram um local por onde o menino tinha passado, o que serviu para os policiais civis coletarem imagens de câmeras de segurança. As diligências de busca foram promovidas em uma área de mata, os cães indicavam rastros e toda a área foi mapeada. A operação deve continuar nos próximos dias, sempre nos horários menos quentes, para garantir o conforto dos animais atuantes nas buscas.

O delegado do Núcleo de Investigação sobre Desaparecidos na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Cláudio Henrique, pontuou que todas as possibilidades estão sendo checadas, para evitar que qualquer fato escape; além disso, ressaltou que a equipe continuará seguindo todas as pistas que chegarem até obterem uma resposta sobre o caso.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

  1. E ainda tem a cara de pau de nomear o único helicóptero de potiguar um, como se tivesse o dois, três…
    Aliás, o helicóptero usado no RN pertence ao Ceará.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *