Governo do Estado se reúne com centrais sindicais e afirma prioridade é salvar vidas

O fundamental para o Governo do Estado neste momento é salvar a vida das pessoas neste período de pandemia. A afirmação é da governadora Fátima Bezerra em videoconferência com representantes de centrais, sindicatos e federações de trabalhadores na agricultura do Rio Grande do Norte, no início da noite dessa terça-feira, 12.

Fátima Bezerra frisou aos representantes dos trabalhadores que o foco do Governo, além das ações no enfrentamento aos efeitos da pandemia do novo coronavírus, é manter o calendário da folha pagamento dos servidores do Estado em dia. No prazo de quinze dias, uma nova reunião com os representantes dos trabalhadores será realizada por meio de videoconferência.

A videoconferência foi um espaço aberto pelo Governo do Estado para ouvir as demandas dos representantes do trabalhadores como sindicalistas e das federações da agricultura familiar, que temem pelo aumento do desemprego por causa das demissões ocorridas em setores diversos da economia e, também, do temor concreto que a Covid-19 acometa trabalhadores dos serviços essenciais e, também, aqueles que neste momento estão sem emprego.

Na conversa, a chefe do executivo estadual reafirmou que além da manutenção do calendário há uma preocupação com o que virá pós-pandemia. “Esperamos que esse tempo passe para que o equilíbrio das finanças volte e a gente possa retomar a nossa pauta que também é sagrada: quitar o passivo com o pessoal”.

“Quero deixar tudo muito claro aqui da realidade que nós estamos vivendo hoje”, complementou a governadora. Ela disse às lideranças sindicais e das federações que a queda da arrecadação em maio vai ser maior que a de abril, como reflexo necessário do isolamento que tem que ser feito para salvar vidas e cuidar da saúde da população. “Isso é um grande desafio”.

Para a governadora, a hora não é de flexibilizar as medidas para manter o isolamento social como forma de garantir que o menor número possível de pessoas adoeça de Covid-19. “Eu quero insistir: vamos cobrar de todos para que a gente possa ampliar o nível de cumprimento das medidas de isolamento social”.

Na luta contra o aumento do número de casos de Covid, Fátima Bezerra disse que o Governo está atento e que todas as ações no combate à disseminação do novo coronavírus no RN são tomadas de acordo com as orientações do Comitê Científico formado por profissionais da UFRN, Uern, Secretaria de Estado da Saúde Pública e outras instituições. “O que o Comitê disser nós faremos”, anunciou.

DIÁLOGO PERMANENTE

Sobre a videoconferência com setores representativos, Fátima Bezerra explicou que o diálogo do Governo com as categorias de trabalhadores e também do empresariado é permanente. “Mantemos o diálogo com todos que nos procuram. Essa é a nossa marca e nosso compromisso”.

O vice-governador Antenor Roberto destacou a importância do diálogo que o Governo vem mantendo com as diversas categorias, patronais e de trabalhadores, e destacou que a pauta que todos apresentam é de relevância ante as incertezas do futuro da economia pós-pandemia, diante do cenário de recessão e desemprego.

De acordo com o secretário-adjunto da Saúde, Petrônio Spinelli, que também participou da videoconferência, manter o distanciamento social neste momento da pandemia é vital para que aglomerações não reflitam em um aumento no número de casos da Covid-19.

Segundo o secretário Extraordinário para Gestão de Projetos e Metas de Governo e Relações Institucionais (SEGRI), Fernando Mineiro, esta foi uma reunião importante para o Governo do Estado que exerce, mais uma vez, seu protagonismo através do diálogo com todos os setores da sociedade. “Assim como (o Governo) já conversou com os setores empresariais, agora, ouviu também setores dos trabalhadores”, frisou Mineiro.

Também participaram da reunião, o secretário da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Alexandre Lima e representantes do Sindicato dos Bancários, Sindicato dos Comerciários, Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Rio Grande do Norte-FETARN, Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Rio Grande do Norte-Fetraf/RN, CUT-RN e Intersindical do RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciana Morais Gama disse:

    A governadora Fátima falar que tá preocupada em salvar vidas, pq nunca se preocupou com a violência?? Mata muita mais do que o vírus chinês. Pensa que somos bestas!!

  2. Gadominion disse:

    Dra governadora mantenha essa posição de isolamento social. Não temos alternativa melhor no momento. Eu sei q a pressão é grande. Muita gente egoísta, muitas vezes movida por ideologias escusas. Vamos seguir em frente com o isolamento e vamos continuar salvando vidas.

  3. Iza disse:

    Lockdown urgente.

  4. Chicó disse:

    O governo estadual precisa prestar conta dos recursos recebidos do governo federal ! É muito cômodo decretar quarentena, pedir dinheiro a Brasília e não tomar nenhuma medida concreta.

  5. Revoltado disse:

    O brasileiro trabalhador, se não morrer de COVID, morrerá de fome!!

    Para esses esses governos de esquerda, quanto pior, melhor!! Lixos!!

    • Thiago Gomes disse:

      Governadora sra vem salvando muitas vidas não abra

    • Rodrigo disse:

      Essa governadora sempre foi e sempre será uma piada. Não sabe se expressar, não sabe se comunicar e muito menos administrar. Mais uma da laia do Luladrão

    • Raimundo disse:

      Thiago, eu sou favorável à quarentena.
      Mas há estamos há dois meses e não parece estar sendo tão efetivo.
      Não vemos o governo do Estado fazer nada.
      Quantos leitos foram abertos?
      Dois meses de enrolação.
      O governo federal só mandando dinheiro e nada de hospitais.
      Não se vê nenhuma medida educativa.
      Como em Ceará Mirim.
      Eu defendo que os profissional dos serviços essenciais passem 15 dias confinados próximo ao local de trabalho para evitar contaminação em ônibus e levar para ou trazer de casa.
      Não vejo uma medida educativa tipo só vá ao supermercado uma vpor semana!!!
      Não fique nas calçadas batendo papo.
      Nessa pisada podemos passar 6 meses em "quarentena"

Maia descarta impeachment ou CPI contra Bolsonaro no momento e defende que prioridade deve ser combate ao novo coronavírus

Vídeo aqui em matéria na íntegra

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), descartou, por ora, a aceitação de um dos quase 30 pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro já protocolados na Casa ou a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a demissão do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro.

“É legítimo os parlamentares tentarem discutir CPI e outros instrumentos, mas a Câmara, sob minha presidência, deve tratar do que é importante neste momento. Devemos voltar para a agenda que preocupa a todos os brasileiros, que é o enfrentamento ao novo coronavírus. Não que os outros temas também não preocupem, mas precisam ter paciência para analisar a situação. O Parlamento não pode ser mais uma fonte de incertezas”, afirmou em entrevista coletiva ao chegar na Câmara nesta segunda-feira (27).

Segundo Maia, nomear ou exonerar ministros é papel do Executivo e, se houver problemas nesse processo, o procurador-geral, Augusto Aras, já pediu apuração ao STF (Supremo Tribunal Federal). “A crise é do poder Executivo e deve ficar lá. O papel do Legislativo é discutir soluções para a crise.”

Impactos da crise

Após quase dez dias sem dar declarações públicas, o presidente da Câmara afirmou ter usado esse período para refletir e ouvir quadros técnicos da saúde e da economia. Segundo Maia, o país ainda está no início do aumento de casos de COVID-19 e do número de mortes.

“As projeções de aumento de mortes são muito impactantes, alarmantes. Além da saúde pública, temos um impacto na economia. Projetando o final do ano, se comparado ao que esperávamos para 2020 antes da pandemia, chegaremos a uma queda de 10% da atividade econômica. Isso deve gerar um aumento do desemprego para 16%, ou seja, mais 4 ou 5 milhões de desempregados. São números muito dramáticos para a vida dos brasileiros.”

CNN Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo disse:

    BG
    As pressões das ruas estão funcionando, esse cara(Botafogo) segunda a planilha de corrupção da odebrecth era pra tá na papuda.

  2. Silva disse:

    Só demonstra o quanto Bolsonaro está de vinculado à velha política!!

  3. Antenado disse:

    Bolsonaro só deve satisfações aos seus eleitores. Quem votou no outro candidato, quis que a corrupção continuasse solta, Portanto, não tem moral suficiente para cobrar promessa de campanha.

  4. Tarcísio Eimar disse:

    E viva o toma lá dá cá. Essa é prática q vai viver por toda a eternidade

  5. ELEITOR disse:

    Com certeza começou a receber mufufa do executivo !!!

  6. Santos disse:

    Isso mesmo, o governo tem que cuidar da saúde das pessoas. Vai juntando e depois resolve o problema da república.
    Parabéns pra Maia.

  7. Antonio Turci disse:

    Pense num cara escorregadio. Vaselina pura.

  8. Berg disse:

    Também podera.
    O Bolsonaro, aceitou as articulações, o toma lá dá cá funcionando.

SAÚDE: Qual a prioridade do Governo Fátima e de Álvaro Dias?

Foto: Divulgação

Nos meios médico e de enfermagem, em grupos de whatsApp e nos corredores e salas de hospitais públicos e privados da capital e do interior não se fala noutra coisa.

Enquanto o Governo do Estado convoca um chamamento público emergencial para contratar a implantação de um hospital de campanha no estádio Arena das Dunas, uma arena multiuso, no valor de R$ 37 milhões, estruturas da rede estadual de saúde estão subutilizadas por falta de equipamentos e investimentos. Falta o básico.

O Blog do BG recebeu, de mais de uma fonte do setor médico, informações que relata a seguir e expõe, na opinião destes profissionais e especialistas, um erro estratégico grave tanto para o combate à prevenção à pandemia da Covid-19 quanto para o setor da saúde pós-crise provocada pelo novo coronavírus que está assolando o mundo.

O Governo do Estado dispõe de leitos ociosos na rede pública estadual de saúde. O Hospital da Polícia Militar conta com dez leitos de UTI adulta e outros leitos de UTI infantil. E numa situação de emergência poderia contar com mais 30 leitos no Centro Cirúrgico e no CRO do mesmo hospital.

Os investimentos seriam mínimos e os benefícios permanentes para a população depois de superada a pandemia do novo Coronavírus.

Em vez disso, o governo estadual prefere investir R$ 37 milhões de reais em um hospital de campanha numa arena multiuso, que será erguida do zero.

E será desmontado pós-pandemia.

Até agora nenhuma sinalização quanto ao uso do Hospital da Polícia Militar.

Para muitos médicos, a opção do governo do estadual está sendo comparada a uma piada de mau gosto ou a uma ação de caráter midiático, para chamar a atenção da população via veículos de comunicação e redes sociais.

Do mesmo jeito que o HPM, o Hospital Municipal de Natal e o Hospital Gizelda Trigueiro enfrentam problemas por falta de investimentos.

O Gizelda Triigueiro, especializado no tratamento de doenças infectocontagiosas falta máscaras e demais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para proteger os seus bravos profissionais. Não tem igualmente condições de fazer um simples eletrocardiograma na UTI e não tem ar condicionado na ala montada às pressas para atender a pacientes com a Covid-19.

Médicos e pessoal de enfermagem trabalhando com o suor pingando da testa.

Há algo também muito grave acontecendo no Hospital Walfredo Gurgel. Segundo relatos médicos, o Centro de Tratamento de Queimados, resultado de anos de luta de muitos profissionais de saúde, está sendo montado. Os pacientes serão transferidos para a área geral do HWG.

Um médico relatou ao Blog do BG que um paciente queimado precisa de espaço e ambiente limpos, climatizados e em boas condições para receber pessoas com queimaduras de 1º, 2º e 3º graus. Ele observa que, mesmo assim, é alto o índice de infecções entre pacientes queimados.

O Centro de Tratamento de Queimados no Hospital Walfredo Gurgel é o único do Rio Grande do Norte e referência na região Nordeste.

Mesmo assim, o Governo do Estado está desmontando o CTQ. Na expressão de outro médico, a desativação será uma “sentença de morte”.

Os médicos alertam que com todos os problemas que poderiam ser resolvidos com investimentos na rede pública de saúde, pelo menos uma coisa a pandemia da Covid-19 trouxe pelo menos uma mudança de cenário: as mortes, antes restritas aos corredores de hospitais como o Walfredo Gurgel, não permanecerão invisíveis, sem chamar a atenção dos veículos de comunicação.

E fica a pergunta que não quer calar: por que milhões de reais serão investidos para instalar hospitais de campanha em um estádio de futebol e em hotel desativado pela prefeitura em vez de serem gastos para equipar a rede estadual de saúde?

O Blog do BG lembra que, em sã consciência, ninguém pode ser contra a instalação de um hospital de campanha em virtude da gravidade da situação. Mas, perguntamos: não seria mais fácil e menos oneroso investir e ampliar de imediato a estrutura existente dos hospitais públicos, deixando um legado permanente para a população para depois da pandemia?

Em contato com diretores de hospitais privados, esses também confirmaram que ainda tem UTI disponível se o Governo do Estado ou Prefeitura precisassem reserva-las para combater o Covid-19.

Em Natal, por exemplo, o prefeito Álvaro Dias está todo dia na mídia falando do hospital de campanha em um hotel desativado na Via Costeira.

Enquanto isso, na rede básica de saúde da capital falta o básico.

Com a palavra, o Governo do Estado e a Prefeitura do Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz de Sá disse:

    BG… você foi simplesmente perfeito. Sem falar também nos sucateados hospitais regionais que poderiam ser melhorados. E uma parte desse valor ser empregado na compra de EPIs.
    Parabéns, BG. Você é nossa voz!!!

  2. Almir Dionísio disse:

    Uma excelente matéria, o hotel poderia ssr utilizado de forma conjunta, estado/municipio para assim reduzir despesas.
    O que vemos no momento atual é a prefeitura de Natal c mais agilidade no enfrentamento do combate.
    A SESAP e o governo no embate c várias opiniões e grupos se degladiando por poder.
    O RN tem uma estrutura de 24 unidades hospitalares em todo o estado q com um investimento de melhoria na estrutura física e equipamentos poderia reduzir e muito as despesas c implantação de um novo espaço transformado em hospital de campanha, são muitas equipes trabalhando de forma desencontrada sem ouvir a opinião de profissionais e diretores de unidades.
    Os profissionais exaustos c a rotina do trabalho e a falta de insumos e epi's para trabalhar de forma segura.
    Esperamos q o estado encontre o rumo certo p as suas ações, pq se demorar, o caos será instalado.

  3. Manoel disse:

    Show! O hospital do arena das dunas ficará pronto após o pico da epidemia! Haja eficiência!

  4. Ailton Webher disse:

    Excelente matéria, BG!parabéns!

    Vendo alguns comentários, respeito todos, claro! Mas, afirmo que o governo "quer fazer midia", srsr, nao ta pensando em "salvar vidas" muito menos na população.Lembro ainda que a "LEI DO MOMENTO" permiti ele fazer o que "quiser" com celeridade, por tanto não existe isto de uma empresa ou outra receber pelo serviço prestado com 60 dias ou não receber, porque o dinheiro tem, pois, os estados estão recebendo "RIOS" de dinheiro do Governo Federal.

  5. Gustavo disse:

    Em casos excepcionais e/ou extremos, todos os meios disponíveis devem ser utilizados. Assim, os Hospitais Militares e Privados podem e devem ser chamados para o front, além dos inúmeros profissionais que puderem ser convocados por diversos meios nas condições possíveis.
    Numa guerra, como a que estamos travando, temos que nos unir e usar tudo que estiver ao alcance antes que seja tarde demais.
    Lembrando sempre que "É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR!"

  6. Allan Laranjeiras disse:

    Parabéns ao prefeito Álvaro Dias, um gol de placa, um acerto essa ideia de fazer o velho hotel em um hospital de campanha. Já o governo do estado parece "patinar" nas próprias ideias.

  7. pronto falei disse:

    É Hospital de campanha, ou Hospital da campanha??? Desde que vi o tipo de investimento naquele Hotel ficou a dúvida. Claro que sabemos da escassez de leitos e UTI (s) aqui no Estado, lógico que queremos a ampliação desses serviços, principalmente nesse terrível momento. Vemos que Estados menores têm recorrido ao exército e as outras forças para instalarem hospitais de campanha nos estádios e em outras locações, acredito que um custo bem menor. Esperamos que em um momento tão delicado nossos governantes de todas as esferas tenham responsabilidade, honestidade e compromisso com a sociedade, afinal de contas estamos falando de vidas.

  8. João ligeiro disse:

    Não eh bem assim. Sabemos do déficit nas UBS e nos hospitais municipais mas o hospital de campanha era necessário nesse momento de emergência.

  9. Leonardo disse:

    O problema chama-se burocracia estatal.
    A compra de equipamentos e insumos feita pelo estado demora no mínimo três meses, entre início de demanda e entrega do material, mais uns 60 dias pro fornecedor receber, se correr tudo bem com o processo.
    Da forma como o mercado de insumos médicos está volátil ninguém quer fornecer pro estado para receber 60 dias depois, se receber.
    Solução, contrato um hospital porteira fechada e a empresa (particular) vai ao mercado sem
    Burocracia e adquire os insumos e equipamentos necessários.
    Seria mais lógico equipar os hospitais públicos, seria.
    Só quero ver quem vai fornecer ao estado numa crise dessas sem ter a certeza de que recebe e de quando recebe.

  10. Hospitais mas estruturado disse:

    Parabéns excelente matéria… precisa investir nos hospitais existente . não podemos nos calar e um bem nosso , todos precisamos de hospitais estruturados e não mas um elefante branco 👏🏽👏🏽👏🏽 Faz a ação e fica as obras em nossos hospitais # melhora nossos hospitais são 40 milhões no ralo … meu Deus 😔

  11. Carla disse:

    Disse tudo , BG !
    👏👏👏👏👏👏👏
    Muito estranho !

Na Suíça, Damares diz que governo tem como prioridade proteger o direito à vida: “sem corrupção, já começa a sobrar dinheiro para proteger nossos brasileiros”

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse nesta segunda-feira (24), durante reunião do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, na Suiça, que, após pegar um país “mergulhado em corrupção e violência”, o governo de Jair Bolsonaro tem como prioridade “garantir e proteger” o direito à vida

“No ano passado, estive nesta tribuna para falar do Brasil que recebemos. Um Brasil mergulhado em corrupção e violência. Decidimos que a nossa prioridade seria garantir e proteger o primeiro e maior de todos os direitos humanos, o direito à vida”, disse a ministra ao abrir o discurso na 43ª sessão do Conselho.

Damares citou alguns números que, segundo ela, mostram que o combate ao crime organizado é prioridade no atual governo. “Em apenas um ano, o número de homicídios já caiu mais de 20%. Mais de 8 mil pessoas não foram assassinadas no Brasil em 2019”, disse. “O número de estupros também foi reduzido e a criança tem sido protegida de forma efetiva”, completou.

“Não fazemos discurso de homenagem aos direitos humanos e à justiça social como cortina de fumaça para o desvio institucionalizado de bilhões de dólares destinados à saúde, à educação, à segurança pública”, acrescentou antes de afirmar que o combate à corrupção possibilitou, ao atual governo, aplicar mais recursos na área social.

“Sem corrupção, já começa a sobrar dinheiro para proteger nossos brasileiros. Um dos muitos exemplos é a recente iniciativa do governo Bolsonaro de pagar pensão vitalícia para crianças nascidas com microcefalia em decorrência do zika vírus”.

Damares destacou que o presidente Jair Bolsonaro sancionou, em 2019, sete leis voltadas ao combate à violência contra mulheres e meninas; a lei que institui o Biênio da Primeira Infância do Brasil, no período de 2020 a 2021, além de ter estabelecido o Conselho da Amazônia.

Destacou também a publicação de um relatório sobre a situação de pessoas LGBT nos presídios brasileiros, que, segundo ela, vai subsidiar a elaboração de um “protocolo de procedimentos e, oportunamente, a edição de portaria para regulamentação de alas ou celas especiais”.

Ela citou também o trabalho feito pelo governo brasileiro no sentido de dar assistência e reconhecer como refugiados “milhares de cidadãos [venezuelanos] que chegam ao Brasil em razão da crise humanitária naquele país”.

“Realizamos mais de 1 milhão de atendimentos emergenciais a venezuelanos na fronteira. Facilitamos o reconhecimento do status de refugiado”, disse. “Reitero, com tristeza, nossa preocupação com as persistentes e sérias violações de direitos humanos cometidas na Venezuela”, completou.

Damares está chefiando a delegação brasileira na 43ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. A reunião é o principal encontro de líderes internacionais sobre o tema e contará com a participação de mais de 100 ministros e altas autoridades da área de direitos humanos.

Ao longo da 43ª sessão, que se encerra em 20 de março, estão previstos mais de 200 eventos paralelos, promovidos por países e entidades da sociedade civil.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lenio disse:

    Essa demente, mente tanto que o "monossílabo" não sente.
    Não conhece a Constituição Federal.
    Aliás, a formatura dela foi lendo a Bíblia no ôio de uma Goiabeira, onde teve uma visão de Jesus.
    O que podemos esperar da Bancada dos Dízimos e Ofertas formada pelos líderes religiosos mais ricos do Brasil que figuram na lista da revista Forbes: Silas Malafaia, RR Soares, Valdemiro Santiago, Bispa Sônia, Estevan Hernandes e Edir Macedo?
    A mentira tem pernas curtas!
    Afinal., "Religião sempre foi um negócio lucrativo". E depois que descobriram a Política então…

VÍDEO MEIO-DIA RN: debate pegou fogo sobre a prioridade da reforma da previdência

No Meio Dia RN dessa terça-feira(21), com o BG, comentaristas analisaram se a reforma da previdência deveria ter sido mesmo a primeira a ser feita pelo Governo Federal. Henrique Neiva, Bruno Araujo, Bruno Giovanni e Mariana Vieira discordaram.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucas disse:

    Eu já vi gente p conversar lerda. Mas esse Henrique Neiva supera qualquer 1

  2. Talia disse:

    O governo do RN tambem esta preparando a RP e sera pior do que a feita pelo governo federal.

  3. Everton disse:

    O governo Bolsonaro só trabalha p 1% da população brasileira

  4. Caim Fidalgo disse:

    Essa Mariana tem tendência a esquerda, dificilmente vai concordar com o governo do Mito.
    É mais fácil ela concordar com as marmotas e presepadas dos esquerdista petralhas.

Governo confirma que EUA formalizaram prioridade do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)

Foto: Divulgação

O governo brasileiro confirmou que os Estados Unidos formalizaram nesta quarta-feira, 15, o apoio à entrada do País na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). De acordo com auxiliares do presidente Jair Bolsonaro e integrantes do Itamaraty, uma carta com o pedido para priorizar o Brasil foi apresentada pelos americanos em reunião do Conselho da OCDE com representantes dos países-membros, nesta manhã, em Paris.

Até hoje, o governo Trump vinha se comprometendo com o apoio ao pleito brasileiro de entrar na OCDE, sem indicar formalmente em que posição o Brasil ocuparia na “fila”de candidatos, o que deixava o País no limbo. A mudança acontece depois de um ano em que o governo Bolsonaro mostrou alinhamento com os americanos, apesar de viver percalços na relação com a Casa Branca, e depois de o Itamaraty ter apoiado a ação americana no Iraque que gerou a mais recente crise entre Washington e Teerã.

Nota divulgada pela embaixada dos EUA em Brasília e por um porta-voz do Departamento de Estado americano afirma que “Os EUA querem que o Brasil seja o próximo país a começar o processo de adesão para a OCDE”. “Nossa decisão de priorizar a candidatura do Brasil agora como próximo país a começar o processo é uma evolução natural do nosso compromisso assumido pelo Secretário de Estado e pelo presidente Trump em 2019”, diz a nota dos americanos.

Na manhã desta quarta-feira, ao deixar o Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse que a intenção dos EUA de priorizar a entrada do Brasil na OCDE “é uma notícia bem-vinda”. “A gente vinha trabalhando há meses, de forma reservada”, afirmou.

Bolsonaro não quis falar sobre se vinha tratando do tema diretamente com o presidente dos Estados Unidos. Ele comentou que as conversas que mantém com chefes de Estado são reservadas. O presidente destacou ainda que essa intenção dos EUA sinaliza que o mundo está recuperando a confiança no Brasil. “Estamos mostrando que o Brasil é um país viável”, disse Bolsonaro.

Ele afirmou já ter conversado conversou com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o assunto, mas não quis falar sobre um prazo para a entrada do País no organismo. “São mais de 100 requisitos, estamos bastante adiantados, na frente da Argentina”, disse. “Não posso falar de prazos, não depende apenas do (presidente dos EUA, Donald) Trump. Pelo Trump, a gente já estava lá. Depende de outros países.”

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Num faz muito tempo, 3 ou 4 meses? A conversinha era a mesma, no entanto não foi bem assim.

  2. Minion alienado disse:

    Prioridade!? Sei 😂

  3. Nando disse:

    Hj n nós temos uma legião de aduladores dos americanos e dependendo dos chineses. Será q vão aceitar os 100 bilhões dos comunas chineses?

  4. Mínion desiludida disse:

    Dois idiotas travestidos de autoridade, aplaudidos por um monte de imbecis travestidos de eleitores.
    Dois asnos, encostando as patas.

    • Ivan disse:

      Autoridades de verdade eram Chavez e Lula, Dilma e Fidel…Eleitor bom é o que vota no PT, esse é uma sumidade…kkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Bento disse:

      Morre com teu próprio veneno ptzada
      Chore mais chore bem muito de inveja
      Olha a diferença de ambientes e de amizades que vocês vivem hoje no dia a dia, visitas carcerária afinal ladrão gista de ladrão é nois cumpanheirada
      O teu líder o cachaça a quem voces obedecem cegamente diz venham aqui e façam uma 69 naquele jumentinho e vocês nem discutem e ainda pergunta se pode fazer bis.

  5. natalsofrida disse:

    Berimbau, você é um cara de pau. Pra vcs da esquerdalha, meliante é a pessoa que presa pela coisa pública, o seu adestrador é o cara que vcs admiram, o maior ladrão do mundo.

  6. Berimbau disse:

    Dois meliantes 👹😈

    • Manoel disse:

      Né isso! Saudades da época que éramos "potência" internacional emprestando dinheiro a juros mínimos para Cuba, Venezuela, Síria, Angola; tendo o corrupto cachaceiro roubando em tudo e a todos e também da "estocadora de vento"…

    • Tales disse:

      E você é um berimbau recalcado, doido pra ser instrumento mas num toca nem em enterro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pesquisa XP aponta que entre medidas do governo, pacote anticrime é a maior prioridade dos brasileiros

O Antagonista destaca nesta quinta-feira(14). O pacote anticrime de Sergio Moro, segundo a pesquisa da XP, é a maior prioridade dos brasileiros.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Povo Amordaçado disse:

    Aguardando os protestos da esquerda contra a ISENÇÃO no pagamento do seguro DPVAT a partir de 2020.
    Só avisando: 01 IMPOSTO A MENOS. Quando começam os protestos?????

Secretária Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) justifica instalação de semáforos como prioridade da política de mobilidade também ao pedestre

Foto: Reprodução

Em entrevista ao Meio-Dia RN com o BG, na 98 FM, nesta quarta-feira(11), a titular da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU),  Elequicina dos Santos, questionada sobre a implementação do novo semáforo na Avenida Salgado Filho, nas imediações da Igreja Universal, justificou a medida como também uma prioridade da política de mobilidade, tendo o pedestre a mesma importância dos condutores de veículos

Segundo a secretária, em comparação ao exemplo da instalação do semáforo em questão, junto com a faixa de pedestre, dados estatísticos feitos pela STTU, solicitados e apresentados ao Ministério Público, alertam a necessidade de tais medidas em cima de locais de grande fluxo de pessoas.

Elequicina dos Santos informa que o levantamento estatístico com acidentes envolvendo pedestres na capital alerta para registros  proporcionalmente semelhantes ao de motocicletas, e confessou ficar triste com o povo não pensar também como pedestre. A secretária também rebate que o congestionamento no trecho não é de hoje. Veja programa completo clicando aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maia disse:

    TEM QUE FAZER PASSARELAS E TUNEL E VIA ADULTOS.
    E TIRA OS SEMAFLOS NÃO BOTA.

  2. Maia disse:

    BOTA SEMAFLO E UM ATRAZO TEM QUE TIRA.

  3. Maia disse:

    TEM QUE TIRA SEMAFLO NÃO BOTA.

  4. Maia disse:

    BOTA SEMAFRO E UM ATRAZO TEM QUE TIRA.

  5. paulo disse:

    BG
    Natal precisa de alguém como Jaime Lerner de Curitiba que por lá resolveu grande parte dos problemas do transito, mais a secretaria (disse ontem na 98) foi dar aula na Espanha e Argentina sobre transito. Incrível, está se perdendo em Natal.

  6. Dr. Veneno disse:

    A prefalada Secretaria devia está promovendo a mobilidade.
    Mas estamos vendo ela travar a mobilidade em prol de meia dúzia de pessoas q tem tantas outras opções de atravessar a via.

  7. Tarcísio Eimar disse:

    Criando um política de desmobilização viária para os veículos

  8. Felipe disse:

    Como assim priorizar o pedestre se naquela região já existe uma passarela? N sei oq esse pessoal da STTU pensa.

  9. Alexandre disse:

    Essa secretária não explicou nada, tem que tirar esse dois novos sinais e colocar pessoas com capacisade técnica para melhorar o trânaito, não para piorar.

  10. Leonardo disse:

    Natal será a cidade do trabalho remoto, ônibus é caro, tem goteira e baratas, transito lento e cheio, só sai de casa quem realmente tem que sair.

  11. Alex disse:

    Ela ou os assessores estão precisando ler a Resolução 483/2014 do Contran. Sugiro ao Ministério a leitura da norma para fundamentar as medidas judiciais pertinentes contra as instalações absurdas desses semáfaros.

  12. Anderson disse:

    Caro Bruno, vi o programa inteiro, e nenhuma das explicações da secretária me convenceram, como a nenhum natalense que já sofre diariamente com o trânsito caótico dessa cidade! Outro problema que não vem sendo comentado é que os engarrafamentos na Salgado Filho podem comprometer, inclusive, o tráfego de ambulâncias que diariamente têm como destino o Hospital Walfredo Gurgel/Clóvis Sarinho. Isso ninguém diz. Priorizar pedestres, em detrimento do trânsito na cidade, é criar conflitos desnecessários.

  13. Lampejao disse:

    PARA QUE SERVE A STTU????

    • Flavio disse:

      Os guardas, apenas para multar, nada de orientar. Ficam escondidos atrás dos postes só nesperando um vacilo de algum incauto, e tomele multa. Palhaços.

  14. Sérgio Nogueira disse:

    Não existe qualquer hierarquia entre pedestre, carros, ciclista e ônibus.
    Vou além: a faixa exclusiva instituída fere o CTB e quem é multado porque usou um espaço maior que um quarteirão pode recorrer porque a lei NÃO DIZ EM LUGAR ALGUM que existe um espaço máximo que pode ser percorrido nestas faixas.
    Desafio a alguém fornecer esse dado copiando do CTB. Não existe.
    Também é ilegal deixar táxis e van escolar circular por elas. Não existe previsão legal para isso, mais uma invenção dos despreparados que gerenciam o trânsito.

    • José disse:

      Leia o Art. 184, incisos I e II do CTB e terás a sua resposta.

      Pesquise antes de falar o que não sabes.

    • Sérgio Nogueira disse:

      Bom debater com alguém que só porque bajulou um vereador e conseguiu uma vaga na STTU se acha o sábio. Vamos lá, nobre desconhecedor.
      Os incisos que vc citou dizem exatamente isso:
      I – na faixa ou pista da direita, regulamentada como de circulação exclusiva para determinado tipo de veículo, exceto para acesso a imóveis lindeiros ou conversões à direita:
      II – na faixa ou pista da esquerda regulamentada como de circulação exclusiva para determinado tipo de veículo:
      Você leu a limitadora "EXCLUSIVA"?
      Ora, como aqui a faixa é a direita e destinada a ÔNIBUS, VANS ESCOLARES e TÁXIS, como você pode defender que é EXCLUSIVA?
      Exclusiva significa para uma única situação, no caso, ônibus. Se vc libera para outros TIPOS DE VEÍCULOS deixou de se EXCLUSIVA e deixou de ser legal multar alguém por passar por ela.
      Isso nem é questão de trânsito. É de interpretação de texto, mesmo.
      Volte ao MOBRAL e depois conversamos mais.
      Abraço fraterno e minha torcida para que vc melhore.
      PS: mostra aí onde tem a distância máxima que um carro pode percorrer na faixa "exclusiva para vários veículos". Aguardo.

  15. Gregório disse:

    Disse a secretária da STTU: "a medida como também uma prioridade da política de mobilidade, tendo o pedestre a mesma importância dos condutores de veículos". Sério que ela disse isso?
    Quer dizer que 10 pedestres precisam ter a mesma mobilidade e necessidade que 100 carros? Está justificado os erros contínuos na recente colocação dos semáforos e problemas gerados no trânsito com diversos pontos de engarrafamentos. Ficou longe do razoável.
    A STTU não consegue resolver os transtornos no trânsito na zona norte e deu o mesmo tratamento a zona sul, conseguiu deixar tudo engarrafado. entendi, formidável!
    Essa é a justiça social que a STTU faz uso, parabéns!
    Não precisa mais comentários, a insatisfação gerada está na boca de todos e nas fotos que podem ser tiradas a todo tempo. Errando demais a STTU com o aval da prefeitura.
    Que venha a eleição de 2020

MPRN pede prioridade para adequação do sistema de esgotos do Parque da Cidade

Laudo confirma que tanques utilizados para armazenamento dos esgotos gerados no Parque têm vazamentos. Área é utilizada para abastecer as regiões Sul, Leste e Oeste de Natal

Foto: via MPRN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) protocolou na Justiça potiguar um pedido para que a Prefeitura de Natal e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) tomem as providências urgentes para adequar o sistema de acumulação de esgotos e garantir a continuidade das atividades do Parque. O MPRN pediu que, no prazo máximo de 15 dias, sejam instalados banheiros químicos no Parque em número suficiente para atender a demanda das pessoas que trabalham e de visitantes do local.

O MPRN também requereu a intimação pessoal do prefeito de Natal e do titular da Semurb para eliminarem a poluição continuada detectada no Parque da Cidade. O Parque é uma unidade de conservação que foi criada, especialmente, para proteger o aquífero. Há na área do entorno 10 poços de água que abastecem bairros das zonas Sul, Leste e Oeste da capital potiguar.

A preocupação do MPRN com a situação do aquífero do local é grande. Análises recentes deste ano revelaram que o aumento da concentração de nitrato nos poços de abastecimento de água da região continua crescendo de forma gradativa. Há poços de abastecimento de água que, em 2004, estavam com 1,8 mg/l de nitrato e que, atualmente, estão com 10,75 mg/l de nitrato. O máximo permitido para a potabilidade é de 10 mg/l.

O MPRN defende que é premente impedir que a contaminação de esgotos chegue ao aquífero. Desde março de 2018, o MPRN detectou fissuras na estrutura dos tanques de armazenamento de esgotos do Parque. A Prefeitura se defendeu dizendo que o problema foi pontual. Em audiência judicial ocorrida no dia 24 de abril do ano passado, foi acordada a realização de um laudo técnico de estanqueidade para se constatar se as estruturas estavam adequadas. O laudo, realizado em fevereiro deste ano, confirmou que as estruturas permitiam a infiltração de quantidade significativa de esgotos no solo.

Diante desse laudo, a Semurb informou que providenciaria tanques adequados para o armazenamento dos esgotos do Parque e que não iria mais utilizar os tanques com infiltração. Mas, em vistoria realizada no local no dia 25 de julho passado, a equipe do MPRN, juntamente com um técnico do laboratório do NUPPRAR/UFRN, flagrou os esgotos continuando a ser lançados nos tanques não estanques.

O técnico do laboratório fez uma análise dos efluentes acumulados nas estruturas com vazamento. O resultado das amostras coletadas confirmou que o efluente era doméstico bruto (não tratado), pela elevada presença de bactérias do grupo coliformes, que indicam contaminação fecal.

Plano de manejo

Além dos pedidos de adequação dos esgotos, o MPRN também ajuizou uma ação de execução contra o Município de Natal para que a Semurb publique o plano de manejo do Parque da Cidade.
O Parque foi criado em 14 de dezembro de 2006. O decreto de criação dele determinou o prazo de 180 dias para a Semurb elaborar o plano de manejo.

Em 9 de fevereiro de 2017, o Município celebrou um acordo extrajudicial com o MPRN para publicar o plano de manejo, mas até hoje ele não foi publicado.

O plano de manejo é obrigatório para qualquer unidade de conservação. Ele estabelece o zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e do seu entorno. Atualmente, a falta do plano de manejo tem dificultado as atividades do Parque, até na parte de manutenção da unidade de conservação.

 

Fátima reafirma que pagamento de atrasados é prioridade, e diz que “não sossegará um só instante” enquanto não normalizar a situação dos servidores

Foto: ASSECOM/Elisa Elsie

A governadora Fátima Bezerra reafirmou nesta terça-feira (12) o compromisso em pagar as folhas salariais em atraso. Para tanto, informou que a equipe econômica estará se reunindo com o Fórum dos Servidores para decidirem sobre o pregão da venda antecipada dos royalties, bem como a renegociação da gestão da folha salarial com o Banco do Brasil. “Eu não sossegarei um só instante enquanto a gente não normalizar a situação dos servidores”, afirmou.

Ela adiantou as negociações em andamento com o governo federal quanto à possibilidade de incluir o RN na ajuda emergencial aos estados mais necessitados e também sobre a cessão onerosa do pré-sal, reivindicação esta encaminhada à presidência no III Fórum dos Governadores, realizado no mês de fevereiro, em Brasília. “Temos trabalhado de forma incansável para garantir o desenvolvimento do RN, estabelecendo um bom relacionamento com o setor produtivo para conquistarmos a tão sonhada sustentabilidade”, disse ela, em entrevista à TV Tropical.

Aproveitando o ensejo, a repórter Mara Godeiro perguntou como tem sido o relacionamento de Fátima com a presidência da república, alegando o fato de serem de partidos distintos. “Quem dialoga com o governo federal não é Fátima enquanto pessoa, mas é a governadora, levando os pleitos do nosso estado. Não estamos pedindo nada, estamos buscando maneiras legais para alcançarmos nosso equilíbrio financeiro”, afirmou.

O tema segurança, considerado uma das prioridades do governo estadual, também foi alvo de perguntas e um telespectador indagou sobre o processo de contratação de agentes penitenciários. Ela assegurou que o assunto está sendo examinado. “O RN figurava entre os estados mais violentos do País e temos conseguido diminuir consideravelmente os índices de criminalidade. Na semana passada, anunciei o funcionamento em regime de plantão da Delegacia Especializada da Mulher e o Núcleo de Combate ao Feminicídio”.

Ela também antecipou que em março será lançada a agenda de debates sobre o Plano Estadual de Segurança Pública, pré-requisito para inclusão do RN no Sistema Único de Segurança Pública, que ainda está em andamento em âmbito federal. “É preciso que o ministro [Sérgio] Moro tire do papel o SUSP, para o qual temos cerca de R$ 80 milhões empenhados para investimentos no sistema prisional”, antecipa.

Sobre a contratação de concursados para a Saúde ela assegurou que o fato não significa acréscimo na folha, pois o que está acontecendo é o processo de substituição de terceirizados. “Todo o governo está empenhado para melhorar o atendimento à saúde para o povo potiguar”, declarou. E por fim, anunciou aos colegas professores que vai garantir o reajuste do piso salarial para a Educação.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wellington Medeiros disse:

    EMRÉSTIMOS – Nada, absolutamente nada, justifica barrar o esforço do Governo do Estado para pagar os salários atrasados dos servidores, deixados pela administração anterior: 13º Salário de 2017 e 2018 e os meses de novembro e dezembro do ano passado, enquanto os agiotas fazem a festa. Dívidas devem ser entre o estado e a rede bancária. Simples assim. Desde Pedro Álvares Cabral. Pensar diferente, ou está com os salários em dia, é agiota ou pura safadeza mesmo.

  2. paulo martins disse:

    Pronto, era só o que faltava: Fatão quer vincular o paradeiro absoluto de sua (biodi)gestão ao atraso dos salários dos barnabés, herdado do governo Robinson – do qual ela e o PT fizeram parte e tiraram proveito desde o início… Tenha dó, assim já é "góipi"!

  3. Irineu Fernandes da Silva disse:

    Tudo papo furado. A Assembleia já há muito aprovou essa antecipação de receita e agora é que o governo fala em fazer um pregão, cujo edital ainda vai demorar um mês para ser publicado e aí se terá mais um mês para aparecer as propostas. Teremos depois impugnações pelos bancos perdedores e tome tempo. Por que o edital não foi publicado logo após a aprovação pela Assembleia? Por que o governo não fez uma negociação direta? Aquele banco que desse melhor condição ao Estado seria com ele feito a operação.

  4. João disse:

    Meras palavras de consolo após o aumento salarial dos deputados e dos outros poderes, bem como, o aumento do número já exagerado de comissionados. Chupa RN!!!!

    Vai empurrar com a barriga até encontrar uma brecha jurídica nas inovações que estão ocorrendo em Brasília, para se valer dos precatórios no ano de 20 …

    Os servidores que engolem esse descarte merecem bem o que recebem.

    Acabou-se as greves, as manifestações e as cobranças, tudo isso agora virou um pacote robusto dos sindicatos sendo trocados por cargos comissionados .

  5. Pato Amarelo disse:

    "Sobre a contratação de concursados para a Saúde ela assegurou que o fato não significa acréscimo na folha, pois o que está acontecendo é o processo de substituição de terceirizados… Se assim for realmente, não deixa de ser uma notícia alvissareira para a combalida Previdência do Rio Grande do Norte.
    A terceirização irrestrita só é boa realmente para os figurões que ganham muito dinheiro com ela.

    • Lima disse:

      Se não fosse palavras só vento, já teria pago os atrasados. Tanto que já pagou 3 meses de folha. Acontece que se pagasse os atrasados, ela e seus apaniguados estariam como estão os concursados, sem receber. Como ela governa em causa própria e de seus apaniguados, ela recebe em dia, e quem quiser que passe nescessidades com 3 meses de salário atrasados. Votaram nela de idiotas, Agora pensem panacas.

Cúpula do PSL/RN ratifica Nordeste como prioridade do Governo Bolsonaro

Foto: Juliana Manzano

Em entrevista ao programa Meio Dia RN, da 98FM, nessa terça-feira (5), os representantes do Partido Social Liberal do Rio Grande do Norte (PSL/RN) reafirmaram a prioridade do Nordeste para a gestão do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o presidente do Partido no RN, Coronel Hélio Oliveira e o secretário geral, General Araújo Lima, este é uma determinação do Executivo transmitida para todos os que integram o primeiro escalão do atual Governo Federal.

“É importante frisar que, durante a transição, estivemos em Brasília e o que pudemos perceber in loco é que todos os Ministérios estão vocacionados para o Nordeste. No entanto, alguns estados do Nordeste insistem em fechar as portas para o Governo Federal, o que vemos com bastante estranheza”, pontuou o General Araújo Lima, secretário-geral do partido.

Na ocasião, o presidente Coronel Hélio Oliveira lembrou as ausências da governadora do RN, Fátima Bezerra em reuniões com o presidente Jair Bolsonaro e com os ministros Paulo Guedes e Sérgio Moro. “O Bolsonaro sempre está um passo a frente na tentativa de ouvir os estados, o Moro convida a todos, mas é preciso que a nossa governadora entenda que as eleições acabaram e, tanto ela, quanto nós, temos que governar para o Brasil e para o Rio Grande do Norte”, frisou o presidente, confirmando que o partido sempre estará aberto ao diálogo para o bem da população potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ednaldo Antônio de Freitas disse:

    Nosso Senador Stevenson pode se enganar na luta que a governadora não se dispõe a ir nem a enviar algum secretário, está na hora do Senador Stevenson pedir uma intervenção no governo do RN

  2. Dennis disse:

    E depois leva o pires junto ao governo federal.

  3. Fagner disse:

    Conversa fiada essa.

Plano de Guaidó para Venezuela tem como prioridade resgatar democracia

Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters/direitos reservados

O Plano País, programa apresentado por Juan Guaidó para conter a crise na Venezuela, tem como prioridade “resgatar o direito e a democracia”, assim como restabelecer a capacidade do país “para fornecer bens e serviços públicos”. Outro objetivo é “criar mecanismos para prestação de contas que possam ser monitorados pelos cidadãos”.

“Todo o plano para resgatar a Venezuela passa por a libertar das forças que a oprimem”, destacou Guaidó ao apresentar o plano ontem (31 de janeiro) no auditório da Escola de Ciências Econômicas e Sociais da Universidade Central da Venezuela. “Depois da libertação é imperativo recuperar o Estado venezuelano e colocá-lo ao serviço do povo, dar poder aos venezuelanos para que libertem as suas forças criativas e produtivas, e reinserir o país [no universo] das nações livres do mundo”, acrescentou.

Segundo o texto, as grandes prioridades passam por estabilizar a economia, reativar a indústria petrolífera e criar uma nova lei de hidrocarbonetos, bem como assegurar o acesso a serviços públicos de qualidade, garantir a segurança cidadã integral, gerar confiança e segurança jurídica.

“[Queremos] restabelecer os mecanismos do mercado e as liberdades econômicas, eliminar os sistemas de controles que afogam a produção nacional, recriar um sistema judicial independente que garanta a propriedade privada, o Estado de direito e proteja os cidadãos.”

Faz parte do programa garantir o abastecimento e o acesso a bens e serviços de primeira necessidade, a atenção especializada nos setores da saúde, educação e nutrição, promover empregos de qualidade e proteger o ingresso familiar.

Na área da segurança, o Plano País prevê igualmente a desmilitarização, despolitização e descentralização dos organismos de segurança, a reestruturação das instituições e da atuação dos organismos policiais.

Agência Brasil, com informações da TV estatal portuguesa, RTP

Duplicação da BR-304 é prioridade do senador Garibaldi Filho

Viabilizar a duplicação do trecho de 380 quilômetros da BR-304 – que vai do entroncamento da BR-226 até o entroncamento da BR-116, no Ceará – é um dos motivos para o senador Garibaldi Filho disputar a reeleição. Nos últimos dois anos, ele tomou iniciativas importantes para garantir a execução do projeto, mas seu objetivo não foi obtido devido à grave crise econômica que atinge o Brasil.

Quando presidiu a Comissão de Serviços de Infraestrutura, Garibaldi conseguiu aprovar como emenda da CI ao Orçamento da União de 2017, R$ 300 milhões para viabilizar a duplicação da rodovia. A falta de verbas obrigou o governo federal a contingenciar a liberação dos recursos, apesar das várias gestões que o senador fez junto ao DNIT e ao Ministério dos Transportes.

“Não desistirei, pois sei da importância macroeconômica dessa obra para o Rio Grande do Norte. Ela é fundamental para o escoamento dos produtos fabricados no Rio Grande do Norte, especialmente em Natal e Mossoró. A duplicação também contribuirá para a segurança de todos os que trafegam por aquela estrada”, explicou Garibaldi Filho.

O senador quer incluir o seu trabalho em favor da duplicação à relação de obras que entregou a Mossoró durante sua vida pública. Entre elas, destacam-se, no período de governador, a construção do Complexo Viário Vingt Rosado, da Adutora Jerônimo Rosado e o início da implantação do curso de medicina da UERN. No Orçamento de 2018, o senador Garibaldi incluiu recursos para a construção do hospital universitário da UFERSA e também para a Liga Mossoroense Contra o Câncer.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lobisomem disse:

    Está na hora de substituir esses políticos aproveitadores

  2. xarope de Viagara disse:

    Todo mundo sabe que essa é mais uma promessa de campanha desse PATRANHEIRO.

    A prioridade mesmo dece BOCÓ é a eleição.

  3. Beto Dal disse:

    Se nem a Reta Tabajara foi concluída…

  4. Jcabral disse:

    Céus e as estrelas… KKKKK Meu Deus Até quando, o povo desse estado vai continuar com essas oligarquias…

  5. Jamilson disse:

    É MUITA CARA DE PAU.

    SERÁ QUE ALGUÉM AINDA ACREDITA?

    DEIXE NOSSO POVO EM PAZ!

  6. Carlos sérgio de souza disse:

    Esse mentiroso nunca fez nada em prol do RN, família de bandidos.

  7. Aline disse:

    Faça uma ponte aérea pra são Paulo, senador ….que botar papinha é

  8. romero cezar da camara disse:

    Sem nenhuma duvida, de J. Pessoa a C. Grande, já é duplicada faz anos, e ele lembrou agora, Parabéns, nela iniciativa as vésperas de uma eleição. KKKKKKKKKKKKK,não me faças pegar nojo,

  9. Lampejão disse:

    HAJA ÓLEO DE PEROBA,PEGA LEVE SENADOR,ASSIM É DEMAIS!!!!!!

  10. Nasto disse:

    Senador o tempo que o Sr. passou como Deputado, Governador , Senador, dava para duplicar essa BR varias vezes. Olhe , arranje outra promessa. Essa não da´ mais votos não.

  11. Narcisio disse:

    É muita cara de pau: já governador, senador por vários mandatos, presidente do senado e núnca pensou nisso

  12. Francisco Lima disse:

    Temos uma grande chance de defenestrar esse político profissional do nosso sofrido RN.

  13. Realista disse:

    Fazer promessas nas vésperas das eleições, sem nenhum compromisso, é fácil. Precisamos renovar o congresso!

  14. FRANKLINDO disse:

    Sei..hum. Sei. Agora né. hum. sei.

  15. Avante Brasil disse:

    Rapaz, esses políticos são cara de pau mesmo.

Com quase mil processos, Janot manterá prioridade sobre a Lava-Jato até o fim do mandato

Os próximos 33 dias serão os últimos de Rodrigo Janot à frente da Procuradoria-Geral da República (PGR) — e, também, uma corrida contra o tempo para colocar o trabalho em dia. Atualmente, dos 50.329 processos que aguardam decisão no Supremo Tribunal Federal (STF), 962 estão na PGR. O número corresponde a 1,9% do total. A intenção de Janot é devolver à Corte boa parte desses processos para limpar as gavetas antes de sua sucessora, a subprocuradora da República Raquel Dodge, assumir o cargo no dia 18 de setembro.

As prioridades serão despachar o quanto antes os processos referentes à Lava-Jato e analisar as ações diretas de inconstitucionalidade. Para fechar o mandato marcando posição, Janot deve remeter ao STF, nos próximos dias, nova denúncia contra o presidente Michel Temer — desta vez por obstrução à Justiça, organização criminosa ou por ambas.

O temor da equipe de Janot é que sua sucessora não dê continuidade ao trabalho feito por ele nos últimos quatro anos — em especial as investigações da Lava-Jato, incluindo a condução dos acordos de delação premiada que estão sendo negociados. As duas equipes têm feito reuniões para discutir a transição, embora o diálogo entre os investigadores não seja dos mais profícuos. Daí a preocupação de Janot de enviar ao STF o maior número de processos possível para deixar sua marca nas causas que considera mais importantes.

O GLOBO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Braga disse:

    Mas AECIN ESTÁ FORA e não tem reza braba que revogue a Liberdade Perpétua a que foi condenado.

    • Ceará-Mundão disse:

      O senador Aécio já está sendo investigado. Ocorre que ele sempre foi oposição aos governos petistas. Como você queria que ele fosse protagonista da enorme roubalheira perpetrada nos governos Lula e Dilma? Desde quando alguém manda no governo de seu adversário? Os ladrões foram os donos do poder e seus aliados: PT (o "dono") e PMDB foram os principais. Facções distintas da mesma ORCRIM. Mas houve outros de menor importância, como o tal PP dentre outros.

Dilma sanciona lei que dá prioridade na adoção de crianças com deficiência

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que dá prioridade de tramitação na adoção de crianças e adolescentes com deficiência ou doença crônica. O ato foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Agora, o Estatuto da Criança e do Adolescente passa a vigorar acrescido com o seguinte trecho: “terão prioridade de tramitação os processos de adoção em que o adotando for criança ou adolescente com deficiência ou com doença crônica.”

O projeto foi aprovado em dezembro do ano passado no Senado. A autora da proposta, a deputada Nilda Gondim (PMDB-PB), justificou que a medida vai acelerar o processos de adoção dessas crianças e adolescentes, mas manterá os critérios estabelecidos em lei. Ela disse que a intenção não é pular etapas ou afrouxar procedimentos.

O relator do projeto na Comissão de Direitos Humanos do Senado, senador Paulo Paim (PT-RS), disse que as crianças com deficiência ou com doenças crônicas representam cerca de 10% das oitenta mil crianças que estão em abrigos à espera de adoção.

O Globo

Brasileiros deixam de beber e comprar roupar para gastar com viagens

Foi-se o tempo em que os grandes sonhos de consumo do brasileiro estavam dentro de casa. Uma pesquisa da Nielsen sobre as intenções de gastos no fim de ano mostra que o consumidor está em busca de “experiências”. No topo da lista dos produtos e serviços com os quais os brasileiros pretendem gastar mais dinheiro do que em 2010 estão as férias, citadas por 29% dos entrevistados. Na lista de prioridades do brasileiro, viajar vem antes de comprar roupas (26%), eletrônicos (25%) e livros (24%).

A pesquisa da Nielsen, que mede a intenção de gastos de fim de ano em diversas partes do mundo, mostrou que os brasileiros estão entre os mais otimistas no planeta: 21% dos consumidores do País pretendem gastar mais neste fim de ano do que no mesmo período do ano passado. Na média da América Latina, este índice não passa de 15%, enquanto nos Estados Unidos somente 6% planejam aumentar os gastos no fim de ano. Na Europa, onde vários países passam por uma severa crise econômica, a média não é superior a 5%.

O consumidor brasileiro, afirma Mário Ruggiero, diretor comercial da Nielsen, está se distanciando de produtos básicos e buscando um consumo mais sofisticado – as viagens de férias, diz ele, são um dos indicadores dessa tendência. “Neste ano, houve uma desaceleração do crescimento dos bens de consumo de massa, como a cerveja e o refrigerante, e um investimento maior em entretenimento, como as viagens”, ressalta.

Bem-estar. Para o economista Ernesto Lozardo, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a mudança de bens tangíveis (roupas, produtos eletrônicos e de tecnologia) para intangíveis (férias) está intimamente ligada ao ganho de poder aquisitivo da população nos últimos anos. “É um indicativo de que o brasileiro já está atingindo um nível de satisfação de bens materiais, com uma série de confortos domésticos. Agora, começa ir atrás de comprar o próprio bem-estar.”

Como ter dinheiro para pagar uma viagem de fim de ano é símbolo de status, o diretor da Nielsen diz que as férias com a família podem ganhar prioridade mesmo frente ao consumo de alguns itens de tecnologia.

“A viagem é um símbolo de ascensão social. As pessoas hoje já têm a possibilidade de pensar o que era inimaginável até pouco tempo atrás, como viajar para o exterior. É um símbolo de migração para outros tipos de consumo”, afirma Ruggiero.

Outras categorias de produtos que têm crescido nos últimos tempos – como seguro de vida e seguro-saúde – reforçam a corrida pela conquista de novas categorias de consumo, na opinião de Lozardo, da FGV.

“Isso reflete também que o brasileiro ainda está confortável em programar gastos, pois confia que a situação macroeconômica vai continuar favorável”, aponta o economista. “Enquanto essa redoma de confiança não se romper, o risco de recessão no Brasil é pequeno”, afirma o economista.

De avião. O músico pernambucano Jorge Cavalcanti, 69 anos, usou o parcelamento da companhia aérea Gol para que a esposa Edeltrude, 41 anos, pudesse ver a mãe pela primeira vez em 32 anos. Ele, a esposa e o filho Filippo, 6 anos, vão voar para Recife neste fim de ano e “esticar” a viagem até Garanhuns, onde Cavalcanti visitará o pai, hoje com 96 anos. “O meu pai eu vi há quatro anos. Ele está bem de saúde e ainda vem para São Paulo sozinho de vez em quando”, explica.

Para garantir a viagem em família, o músico conta que ele e a esposa juntaram “tostões” ao longo do ano e conseguiram poupar a metade dos R$ 2 mil que gastaram nos três bilhetes. Como a companhia aérea parcela no cartão de crédito sem juros, o casal dividiu o restante do valor em dez prestações. “Vamos ficar dez dias viajando”, diz Cavalcanti, que deixou os detalhes do fechamento do negócio para a mulher. “Eu ganho o dinheiro, mas é ela quem cuida das contas.”

Atendimento presencial. Embora saiba que a maior parte das pessoas que viajam com frequência de avião comprem as passagens pela internet, o músico disse que prefere não se arriscar, inserindo o seu cartão de crédito na internet.

Cavalcanti, que optou por comprar os bilhetes no quiosque da Gol na estação de metrô da Praça da Sé, no centro de São Paulo, diz que a conversa com o atendente da companhia aérea dá a impressão de uma compra mais segura.

Outro cliente que visitou o quiosque da Gol na Praça da Sé, o digitador Lupércio Andrade, de 49 anos, se enquadra na “turma dos desconfiados”. Permaneceu poucos minutos falando com o atendente para se informar sobre uma passagem para Foz do Iguaçu (PR) – sua ideia era usar alguns dias de folga para comprar presentes de Natal em Ciudad del Este, no Paraguai.

Mas achou as passagens aéreas a R$ 250 caras demais. “Acho que ainda prefiro ir de ônibus. Custa R$ 120.”

Estadão