Em troca de emails, comando da PM de SC descarta enviar aeronave a Natal para translado de PM que sobreviveu a atentado

por Dinarte Assunção

Crédito: OCP News

O Comando da Polícia Militar de Santa Catarina descartou o uso de aeronave daquele Estado para o translado do sargento Marcos Paulo da Cruz, internado no Hospital da PM, em Natal.

Ele se recupera de cirurgia após ter sobrevivido a atentado em 26 de março, no evento que resultou na morte de sua esposa, a também militar Caroline Pletsch. O casal estava de férias em Natal.

Em troca de emails enviada obtida pela reportagem através do Centro de Comunicação Social da PMSC, a situação indicada para Marcos Paulo é de que ele deve esperar para poder embarcar em voo doméstico.

Como ele foi submetido a cirurgia para drenagem no pulmão, um voo, com natural diferença de pressão atmosférica, poderia significar complicações. O recomendado seria um voo em aeronave com características de pressurização própria, além de UTI e acompanhamento médico ao longo do trajeto.

Na troca de emails, as autoridades catarinenses ressaltam que o quadro do policial poderia se agravar em um voo de mais de 12 horas, na aeronave do Estado, com três paradas para abastecer.

“Apesar de ser um vôo realizado em baixa altitude, a diferença de pressão atmosférica traz algum risco para um paciente que apresentou um quadro de hemopneumotórax recente”, destaca um dos emails.

Na mensagem mais recente, datada dessa terça-feira (11), o coronel Roberto Vidal Fonseca, da Diretoria de Saúde e Promoção Social da PMSC, se reporta ao Comando-Geral propondo que Marcos Paulo permaneça em Natal por mais alguns dias.

No texto, é explicado que faltam 10 dias para Marcos Paulo cumprir os requisitos da ANAC para embarcar em um voo doméstico. Outra mensagem ainda destaca que, sendo esse o posicionamento da corporação, no entanto, nada impede que a família, por iniciativa própria, faça o translado.

COMENTE AQUI

CONCURSO: Estado deve recorrer contra nível superior para PM

O Governo do Rio Grande do Norte deve recorrer até o dia 9 de fevereiro contra a decisão liminar que determina mudanças no edital do concurso da Polícia Militar. Até o julgamento do recurso, o edital está suspenso pela Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos (Searh). Por isso, não há uma data prevista para a republicação.

Caso o recurso do Estado seja apresentado e negado, o edital precisa ser corrigido para exigir nível superior na data de posse e detalhar o exame psicológico

COMENTE AQUI

Pagamento da folha da PM contraria discurso do sindicato

A folha salarial da Polícia Militar não está atrasada como relatou ao blog o presidente da associação de PMs, Eliabe Marques.

Conforme constatou a reportagem ao apurar junto à administração estadual, 70% da folha salarial está em dia e 30% não receberam novembro.

Eliabe afirmou que tres folhas estavam atrasadas, novembro, o décimo e dezembro.

 

COMENTE AQUI

Jean  25/12/2017

Amigo, a PM não possue sindicato. - Responder

Elyause  23/12/2017

Três meses, um mês, quinze dias ... , atraso é atraso. Quem trabalha precisa receber o respectivo salário. - Responder

Brasil Colônia desde 1500  23/12/2017

Conselheiro, bom mesmo é para os PMs que se afastam de promessas indevidas de empresários e com isso ganha a administração pública. - Responder


+ Ver todos os comentários

PMs não exigem apenas salários atrasados; confira principal reivindicação para tropa voltar às ruas

por Dinarte Assunção

O presidente da Associação Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN, Eliabe Marques, informou em entrevista do Blog do BG que o movimento que a categoria tem realizado desde terça-feira não cessará com o pagamento imediato dos salários atrasados.

“Há três folhas em aberto. Além da quitação dessas folhas, reivindicamos não mais receber os salários de forma fracionada. Trata-se de uma mudança de postura. Não vamos mais aceitar isso. Houve tempo para planejamento e não foi feito. Não podemos arcar com as consequências”, afirmou.

De acordo com ele, as condições de trabalho da Polícia Militar são precárias, mas os policiais estavam saindo às ruas em respeito e pela defesa da população. “Mas não podemos mais. Não podemos mais oferecer segurança sequer a nós mesmos, imagine à sociedade”, afirmou Eliabe.

Com a decisão do Tribunal de Justiça do RN em não interferir na movimentação, os PMs continuarão indo para os quartéis em que são lotados, mas sem sair às ruas.

“Não estamos em greve porque estamos indo trabalhar. Agora, sair às ruas é outra história. Não temos condições. Então, vamos manter essa postura”, garantiu Eliabe.

COMENTE AQUI

Funesto  22/12/2017

Caveira você qm deve respeitar agente, cidadãos de bem, trabalhadores. Não vou mais dar bola. - Responder

Maia  22/12/2017

Mentira, quem é empregado e não quer trabalhar é grevista. Duvido que não vão voltar a trabalhar com os carros quebrados qdo o Estado puder efetuar o pagamento. Não queira estar na pele do governador. - Responder

Maia  22/12/2017

1) Ir à delegacia prestar queixa contra um policial? KKKKKKKKKKKKKKKKKKK; 2) Quem deve ter respeito à população é você, cabra de peia. Respeite a gente, respeite a Instituição Polícia Militar, respeite o Gov. Robinson, o comandante supremo da Polícia Militar. Ele é seu patrono e o povo é seu patrão.. - Responder


+ Ver todos os comentários

PM vítima de ataque no Rio Potengi relata desespero e diz ter pensado que ia morrer

Um dos policiais que sobreviveu a tentativa de assalto no Rio Potengi, na trade da quinta-feira (10) relatou os momentos de desespero enfrentado por ele e seu colegas. Os detalhes do relato foram divulgados pelo Portal No Ar.

“A gente estava descendo para o Alecrim [pelo rio] a uns 500 metros da base. Eles foram encostando e perguntaram se a gente estava pescando”, descreve o PM identificado como sargento João Maria Silva.

Pelo relato, situado nas imediações do Paço da Pátria, eles responderam afirmativamente à pergunta, quando foram surpreendidos pelos tiros.

“Eu só ouvi então os tiros: ‘bum, bum, bum’. As cipoadas na água”, descreve o sargento com a voz embargada.

Com informações do PORTAL NO AR.

COMENTE AQUI

SRTM  14/08/2017

Todos juntos a favor da mudança do código penal, pois as leis brandas são a causa básica desse problema de violência no Brasil... Não adianta colocar culpa na polícia ou no Governo do Estado. A lei manda soltar todos os criminosos, mesmo aqueles que são reincidentes e cometeram crimes hediondos... Muda Brasil, muda código penal. - Responder

De olho  12/08/2017

Esse é governo da segurança - Responder

Sylvana Silva  11/08/2017

Faz tempo que se comenta que o trafego de drogas é pelos Rios Potengi e Jundiaí, só agora que a verdade vem a tona, devido uma situação como está que se vai tomar providências!? Me poupe, mais creio eu que mais de 500 pessoas já foram vitimas desse mesmo tipo de crime!!! RN sem Segurança na terra no ar e no mar!!! - Responder


+ Ver todos os comentários

PM prende homem e recupera carro roubado na zona Norte

Polícia Militar prende homem e recupera carro roubado na zona Norte

Foto: PMRN

Policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM) prenderam na noite desta segunda-feira (8) um homem identificado como Alan Felipe Rodrigues Pereira, 21 anos, ao ser flagrado de posse de uma arma de fogo na Rua Limoeiro do Norte, no Potengi, na zona norte de Natal.

A PM realizava o patrulhamento no local quando visualizou Alan Felipe em atitude suspeita. Ao ser abordado foi encontrado com ele o revólver de fabricação caseira e munições calibre 38. Alan Felipe, que é suspeito de envolvimento em um crime de homicídio, foi conduzido em flagrante à Delegacia de Polícia Civil e ficou à disposição da Justiça.

Horas depois, os militares da Força Tática do 4º BPM detiveram cinco pessoas ao serem flagradas com um veículo modelo S10 de placas PCV-8244 com registro de roubo em um estacionamento no bairro da Redinha. Diante do flagrante, todos foram conduzidos à Polícia Civil.

COMENTE AQUI

Jonas  05/08/2016

Que Deus abençoe o RN e o governador ! - Responder

Bruno Aguiar  05/08/2016

Parabéns mais uma vez à nossa polícia. Caro BG, estou botando fé que agora a coisa vai!!! Fazia muito tempo que não víamos a criminalidade sendo combatida de frente como deve ser. Espero que o governo sempre dê o apoio necessário e que essas ações sejam contínuas. O RN pede paz!!! - Responder

Foragido da Justiça é capturado na zona Norte de Natal

Ítalo Luan Alves Bezerra (2)

Foto: Sesed-RN

Policiais do 4º Batalhão de Polícia Militar (4ºBPM), em conjunto com as Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), prenderam nesta quarta-feira (3), Ítalo Luan Alves Bezerra, de 20 anos, na zona Norte de Natal.

Os PMs receberam denúncias de que o suspeito teria atirado em um agente penitenciário, na semana passada, no Bairro das Rocas, na zona Leste de Natal, e estaria escondido em uma travessa localizada no Bairro de Pajuçara. Ao chegar no local, a equipe encontrou Ítalo, que não esboçou reação.

Itálo Luan foi conduzido para a delegacia, onde os policiais descobriram que contra ele havia um mandado de prisão preventiva em aberto por diversos crimes, entre eles o caso contra o agente penitenciário.

COMENTE AQUI

PT DA VIDA  03/08/2016

SANTO REMÉDIO PRA ESSE MARDITO - Responder

Sobe para 16 número de PMs assassinados no Rio só neste ano

A Polícia Militar do Rio de Janeiro informou a morte do sargento Fábio Miranda Silva, ferido por criminosos no bairro do Méier, zona norte da cidade, durante sua folga, no início da tarde de hoje (13). Assim, sobe para 16 o número de policiais militares assassinados no Rio este ano.

De acordo com a corporação, Silva estava andando em uma rua do bairro quando criminosos armados passaram atirando. Investigações preliminares feitas no local indicam que teria ocorrido tentativa de roubo.

O sargento foi levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos. Ele era lotado no Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), tinha 41 anos, estava na Corporação desde 2002 e deixa dois filhos. Até o momento, não foi informado nem o horário nem o local do sepultamento.

Dos 16 policiais que perderam a vida este ano, sete estavam de serviço, oito estavam de folga e um era reformado. Dois policiais civis também foram assassinados desde janeiro, totalizando 18 agentes de segurança mortos em 2018

COMENTE AQUI

Policiais pretendem manter greve e contrariar decisão de desembargadora

Os policiais que realizam a operação Segurança com Segurança deverão continuar aquartelados, contrariando determinação da desembargadora Judite Nunes, que ordenou a imediata retomada dos trabalhos.

A associação de PMs informou ao blog que ainda não foi notificada da decisão, mas destacou que a determinação é contra as representações sindicais, e não os trabalhadores.

“Permanece tudo como está, portanto”, afirmou seu o presidente da associação de PMs, Eliabe Marques.

Apesar disso, ele sinalizou positivamente quando indagado se ja há policiais nas ruas.

COMENTE AQUI

Assis Porto mirim  25/12/2017

Aí Desembargadora manda prender o presidente da associação dos cabos e saldodos - Responder

TOLERÂNCIA ZERO  25/12/2017

É MUITO FÁCIL DETERMINAR QUE ALGUÉM TRABALHE SEM CONDIÇÕES, QUANDO SE TRABALHA NUM GABINETE CONFORTÁVEL E RECEBENDO UM SALÁRIO MUITO ALTO, FORA OS AUXÍLIOS QUE TAMBÉM SÃO GENEROSOS, NÃO SABE O QUE É PASSAR SUFOCO SEM SALÁRIO E COM UM NATAL DENTRO DE CASA, SEM NEM PODER PRESENTIAR OS FILHOS. - Responder

Julião  25/12/2017

O Exército deveria intervir nessas polícias sem futuro que vivem liderando greves. Um absurdo completo PM encabeçando greve. Bota um general p intervir nessa polícia, prende esses amotinados, demite metade desses vagabundos e restaure a ordem nessa PM. Tá faltando alguém com moral p resolver isso. - Responder


+ Ver todos os comentários

‘Meus filhos acordam com fome’; o drama do PM a quem falta o básico na crise de salários atrasados

por Dinarte Assunção

A primeira vez que o cabo da PM Marcelo Ribeiro precisou de ajuda para colocar comida em casa, relatou, esperava que fosse algo pontual. Tinha a crença de que logo os salários estariam regularizados e aquela sensação de impotência, de derrota, jamais voltaria a se repetir, o que não aconteceu.

“As coisas começaram a piorar da metade do ano passado para cá”, relatou o cabo ao Blog do BG.

Cada vez que amigos chegavam para doar um quilo de arroz ou feijão, Marcelo se sentia vencido. “Eu achava que aquela sensação era a pior coisa que eu poderia experimentar para mim e minha família”, descreveu o policial, até que sobreveio a primeira das madrugadas que lhe tem devastado.

“Eu tenho dois filhos, gêmeos de 13 anos. Um dia, no meio da noite, eles acordaram sem conseguir dormir. Estavam com fome. Não tinha nada para comer”.

Foi a sensação mais desoladora, descreveu o PM, desde novembro de 2015, quando os salários do servidores do Executivo começaram a atrasar.

“Como seria para você isso? Imagine que você trabalha o mês inteiro e tem que se deparar com seus filhos, de madrugada, com fome. E não há nada que você possa fazer porque você não tem nem comida nos seus armários? Como lidar com isso? Foi ali que eu me senti o maior dos derrotados”, desabafou Marcelo.

Para evitar esse cenário, o policial conta com o que tem. E não é muito. “Às vezes, comemos pipoca à noite e tomamos água para dizer que não estamos indo dormir sem comer nada. Meus filhos já perderam três quilos”, revela o policial.

Com cartão de crédito bloqueado, a única fonte de recursos imediata passou a ser o dia em que seu salário cai na conta. “Hoje foi pago. Mas vai ser usado tudo para pagar dívidas”, relata.

No domingo, véspera de Natal, não haverá ceia. “Vamos ver como será. Se vamos para casa de amigos ou se ficaremos em casa. Não sei. Estamos vivendo um dia de cada vez”.

Cientes da situação, os gêmeos, que são atletas e perderam rendimento pela falta de alimentação, se dispuseram a ajudar.

“Vieram oferecer os telefones e o computar para que eu venda. Não posso fazer isso, você entende? Não posso tirar dos meus filhos para colocar comida dentro de casa. Eu só quero o que é meu por direito. E não queria estar passando por isso. Não queria”, lamenta Marcelo

COMENTE AQUI

joao  22/12/2017

enquanto isso, alguns recebem um auxilio moradia de mais de cem mil reais tendo casa pra morar... e com salario em dia. A fome dessa elite é de dinheiro. - Responder

Amigo  22/12/2017

Enquanto isso governo e legislativo mantém um monte de assessores para assuntos aleatórios, os AAA, ganhando muito sem sequer trabalhar. - Responder

Acorda Brasil  22/12/2017

Pois é João, é fome de caráter também. Mas eu lhe garanto que depois de fazer tanto mal a vida toda esses membros abastados do Judiciário brasileiro não levam 1 real pra o túmulo. Só o rastro de miséria que deixaram. Brasil, um país desigual e injusto. - Responder


+ Ver todos os comentários

Definida empresa que realizará concurso da PM no RN

O Governo do Estado publicou nesta terça-feira (5) no Diário Oficial do Estado (DOE), edital de dispensa de licitação para a realização do concurso público da Polícia Militar.

A dispensa foi feita com base em procedimento legal previsto na legislação que regula a matéria. Nesse caso, ao decidir pela dispensa, a administração encurtou o tempo dos procedimentos burocráticos.

De acordo com o extrato publicado no DOE, a empresa contratada para tocar o concurso será o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE), ao custo de R$ 1,47 milhões.

A previsão é que mil vagas serão abertas para reforçar as tropas militares. A data do concurso ainda não foi divulgada.

COMENTE AQUI

DOUTOR Fernandes  05/12/2017

Muito suspeito: além de ser uma empresa desconhecida, dispensaram a licitação. Credibilidade 1000 o do GOVERNADOR DA SEGURANÇA. - Responder

JCabral  05/12/2017

Peraí... Acho que devo estar morando em outra nação, pois se não há dinheiro para a folha de novembro nem dezembro e vai contratar mais???? - Responder

Alexandre Santos  05/12/2017

Com certeza esse concurso vai ser embargado, cancelado. Quem nem aquele outro concurso dos 824 PMs... um concurso com dispensa de licitação? Mais de 1 milhão em uma empresa de concurso desconhecida? Já estou vendo o futuro desses pobres que passarem nesse concurso... - Responder

CONFRONTOS: PM diz que há mortos em Alcaçuz; até diretor de presídio foi ferido

A Polícia Militar confirmou haver mortos depois de um confronto de detentos de facções rivais nesta quinta-feira (19) na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte. O número exato não foi divulgado. Entre os feridos estão detentos e também Ivo Freire, diretor da unidade, que se machucou de raspão com estilhaços de um tiro.

O enfrentamento se deu com pedras, barras de ferro e vigas de madeira arremessadas de um lado a outro. Uma ambulância socorreu um detento baleado. A Polícia Militar está na área externa da unidade. Do alto das guaritas, policiais fizeram disparos na tentativa de conter a confusão. Segundo a PM, os presos estão armados e se matando.

Com informações do G1-RN

COMENTE AQUI

Júnior 100  19/01/2017

Queria saber quem está alimentando esse povo, quem está dando água? Ô povo resistente … Eu quero uma resposta? - Responder

Capitão Gancho  19/01/2017

Mesma duvida que tenho... pq pra ficar em jejum tanto tempo... só conheço jesus cristo! - Responder

joao  19/01/2017

Queria saber como eles ainda conseguem falar atraves de celular com repórteres.. A gente nem consegue ligar pra o 190 porque so da ocupado quando precisa. Colocam pra carregar o celular, quer dizer que tem energia no presidio? A policia nao consegue usar a tal inteligencia pra bloquear o sinal de dados do celular de forma temporaria? Estao mais eficientes que o proprio Estado. Estao ate fazendo graça cinematografica do filme gladiador. Pareceria comico se nao fosse verdade. - Responder


+ Ver todos os comentários

Polícia Militar captura foragidos e recupera veículos na Grande Natal

Fabio Duarte da Silva

Foto: Divulgação/PM-RN

A Polícia Militar intensificou ao longo do fim de semana patrulhamentos táticos móveis com barreiras nas cidades da Região Metropolitana de Natal. Ao todo, três foragidos da Justiça foram capturados, sete veículos recuperados, duas armas apreendidas, entre outros.
Em Natal, a PM prendeu um homem, na Avenida Nila Jales, no bairro Lagoa Azul, na zona Norte, ao ser flagrado conduzindo um veículo adulterado. José Júnior de Melo, de 22 anos, estava conduzindo o veículo em atitude suspeita e ao ser abordado foi constatado que o carro possuía placas falsas e tinha registro de roubo. Diante do flagrante ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil.
Na zona Oeste, policiais das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam) capturaram, na tarde deste domingo (7), mais um foragido da Justiça no bairro do Planalto. Edson Barbosa de Oliveira estava trafegando em uma motocicleta quando foi abordado pelos militares que encontraram com ele dois revólveres calibre 38, munições e aparelhos celulares. O infrator foi conduzido ao sistema prisional onde voltará a cumprir pena.
No bairro da Ribeira, na zona Leste de Natal, o Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) capturou, após denúncia anônima, Fabio Duarte da Silva, vulgo “Batoré”, que estava foragido da Justiça. Fabio Duarte é um dos presos que fugiram no dia 1º de agosto do Centro de Detenção Provisória da Ribeira. O infrator foi reconduzido ao sistema prisional. No bairro Jardim Progresso, na zona Norte de Natal, o 4º Batalhão de Polícia Militar (4ºBPM) prendeu, na tarde deste domingo (7), Deyvison Mateus Silva Santos, de 21 anos, acusado pelo assassinato do espanhol Anxon Anton Valiño Gonzales, ocorrido em agosto do ano passado, no Bairro Jardim Lola, naquela região.
Em Parnamirim, o 3º Batalhão de Polícia Militar (3ºBPM) recuperou cinco veículos com registro de roubo sendo um Gol, um Sandero, um Uno e duas motocicletas que estariam sendo utilizadas na prática de outros crimes na cidade.
Já no Conjunto Amarante, no município de São Gonçalo do Amarante, o 11º Batalhão de Polícia Militar (11ºBPM) recuperou um veículo com registro de roubo. O automóvel, modelo Vectra Hatch de cor prata, placas MYR-8022, vinha sendo utilizado para prática de assaltos quando foi interceptado pelos policiais que realizavam patrulhamento na área. Diante da intensificação de barreiras policiais na capital, os infratores abandonaram o veículo e fugiram. O carro estava com registro de roubo e foi removido para Delegacia de Polícia Civil para identificação e devolução ao legítimo proprietário.

COMENTE AQUI

[ATUALIZADA]Bandidos são mortos por seguranças de Virgolino em Neópolis

WhatsApp Image 2016-08-04 at 12.37.10

Foto: Cedida

Uma tentativa de assalto frustrada deixou dois bandidos mortos no bairro de Neópolis, zona Sul, nesta manhã de quinta-feira.

Eles teriam tentado assaltar um comércio próximo a BR-101, onde estava o secretário de Justiça, Wallber Virgolino. Os seguranças do secretário reagiram e atiraram nos suspeitos que morreram em via pública.

COMENTE AQUI

Potyguar  04/08/2016

- 2. - Responder

JOÃO BATISTA  04/08/2016

que Deus ilumine os dois atiradores. - Responder

Fora dilma  04/08/2016

É um cheiro em maos brancas. Hummm... misterioooooooo - Responder


+ Ver todos os comentários

PM realiza ‘Operação Quartel Vazio’ e reforça policiamento na Grande Natal

Efetivo

Foto: Sesed

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN) realiza desde a tarde desta terça-feira (2) a “Operação Quartel Vazio” como forma de aumentar o efetivo policial e intensificar o policiamento ostensivo na Região Metropolitana de Natal. A medida foi tomada, de forma extraordinária, como forma de garantir a segurança e a paz social.

A missão foi determinada pelo Comandante Geral da PMRN, Coronel Dancleiton Pereira Leite, visando reforçar o policiamento ostensivo nas ruas, conforme Boletim Geral de nº 142, de 2 de agosto de 2016.

Todos os policiais que trabalham nos setores administrativos do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do RN, como Diretorias e Seções, estão trabalhando ostensivamente nas ruas, salvo os incapacitados por motivo de saúde.

COMENTE AQUI

Sergio  03/08/2016

Falta tirar os policiais da Degepol que não saem pra rua - Responder

HENRIQUE  03/08/2016

também dos outros orgãos, governadoria,AL,tribunal de contas e outros mais.é guerra amigo. - Responder

Barreteiros  03/08/2016

o senhor prefeito de Natal esta totalmente omisso nesse episódio de violência em Natal, omissão imoral e inexplicável, palmas para o Governador que com todas as dificuldades esta agindo. Senhor Carlos Eduardo nós estamos achando imoral a suas omissão. - Responder


+ Ver todos os comentários