PF ainda busca indício de mandante em atentado contra Jair Bolsonaro

Reprodução / Youtube

Após seis meses de investigação, a PF (Polícia Federal) em Belo Horizonte ainda está atrás de evidências se o atentado contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve um mandante.

Todas as medidas de investigação estão sendo adotadas até esgotar as possibilidade possíveis para desvendar o caso. Na terça-feira, ao comentar a prisão dos assassinos da vereadora Marielle Franco, Bolsonaro disse que está atrás do mandante que tentou lhe matar.

Entre testemunhas e investigados, 80 pessoas já prestaram depoimento no inquérito do presidente. No entanto, a tese mais provável, até o momento, é que Adélio Bispo, autor da facada, é um homem paranoico e que agiu sozinho.

Mas a investigação prossegue. Nesta fase, a PF está ouvindo e fazendo uma investigação social em relação a todas as pessoas que tiveram contato com Adélio Bispo nos últimos cinco anos. Contatos descobertos por e-mails, telefones, computadores e redes socias estão sendo periciados.

A PF aguarda ainda uma decisão final do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1 Região) para saber se vai poder ou não utilizar na investigação os dados do telefone do advogado de Adélio, Zanone de Oliveira. O aparelho do advogado foi apreendido durante uma operação em endereços de sua propriedade em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O objetivo é tentar descobrir se alguém pagou o defensor ou se essa foi apenas uma versão dada para justificar a aparição de Zanone no caso.

Na semana passada, em decisão liminar, o TRF-1 suspendeu a investigação contra Zanone alegando que o trabalho de advogado é protegido pelo sigilo profissional.

Laudo entregue à Justiça aponta que Adélio tem paranoia permanente. Segundo conclusão da perícia, ele tem transtorno delirante permanente, ou seja, é considerado incapaz e, muito provavelmente, será considerado inimputável.

Em setembro de 2018, logo após o atentado, a PF abriu dois inquéritos. O primeiro já concluiu que Adélio agiu sozinho no dia da facada. O segundo, ainda em andamento, procura se tem um mandante ou organização criminosa por trás do atentado. O responsável pelo inquérito é o delegado Rodrigo Morais Fernandes.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Andinho disse:

    Esse tal de direitos humanos, tem atrapalhado e encarecido muito as coisas no Brasil, veja o tempo que demorou para descobrirem quem matou a tal de Mariele, e o tempo que está levando para esse Adelio abrir o bico e dizer quem mandou matar Bolsonaro, queria ver se fosse na década de 80 se ele não já tinha entregue tudo e até confessado que matou Kenedy, Jhon Lenon, Michael Jackson, até Odete Roitimam ele já tinha assumido que matou.

  2. Roberto disse:

    Um desempregado que vivia viajando.
    Para lá e para câ.
    Fez até curso de tiro onde o filho de Bolsonaro atirava.
    Morava numa pensão.
    Alguém o financiava.

  3. Cláudio disse:

    Então é só a PF, porque o Brasil inteiro já sabe.

  4. Medeiros disse:

    Procurar primeiro na vizinhança de Lula

Dilma promete ‘aliança até com o diabo’ contra Jair Bolsonaro

Reprodução/Facebook

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) declaraou nessa segunda-feira (19) que fará “aliança até com o diabo” para combater o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

“A gente fará aliança até com o diabo para combatê-los. Agora, tem que ter uma espinha dorsal. Tem que ter um coração. E o coração é antineoliberal e antiautoritário neofascista. Essa a nossa solução”, afirmou Dilma durante a abertura do 1º Forum de Pensamentos Mundial de Crítico, realizado na cidade de Buenos Aires, na Argentina.

“Eles deixaram claro que não basta ganhar de nós eleitoralmente. Eles dizem, de forma clara, que querem agora destroçar o partido”, afirmou.

Dilma disse ainda que a reação contra o PT surgiu porque a sigla é a de maior hegemonia na esquerda brasileira e afirmou que o partido não saiu derrotada das eleições gerais deste ano.

“Não tivemos uma derrota estratégica. Elegemos a maior bancada no Congresso. Elegemos, partidariamente, o maior número de governadores”, avaliou a ex-presidente.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Chegou tarde. O diabo já se aliou com Bolsonaro…

  2. zezualdo disse:

    É Impressionante como ainda dão cavaco a essa mulher.

  3. Jean disse:

    Essa é a mulher do Satanás e filha da besta fera que padim Ciço falava…rsrsrs O Diabo tá preso sua babaca!!!kkkkk

  4. V M disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkk, com o diabo, de novo? Ah coitada!! E pensar q uma coisa dessa foi PRESIDANTA do país, realmente ñ tem o q se esperar!!

  5. Galo disse:

    A mosquita tá querendo estocar vento.
    Tchau querida!!!

  6. Victorino disse:

    O PT mostra seu lado mais escuro, não é novidade, tudo para manter a ideologia dos regimes bolivarianos que estavam implando no Brasil , com certeza não é a favor do Brasil e seu povo, mas vai aparecer o diabo na vida dela.

  7. JACKSON MÁRCIO disse:

    É o cão chupando manga! kkkkkkk

  8. joao maria disse:

    a Anta continua a mesma, o pt não saiu derrotado apenas perdeu a eleiçãokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. Edilberto Nogueira disse:

    Há uma jaula!!!!!
    Com o diabo vc já é aliada….
    Vai de retro satanás….

  10. Rio disse:

    Deve ser duro tentar defender essa corja petista……..coitado dos chapolins

  11. Sergio Dias disse:

    Agora, com uma dessa pode levar para o Hospício. Deu a louca na Anta. O pior é que anda falando babozeiras com o nosso dinheiro. Ah! o diabo esta preso em Curitiba .

STF rejeita denúncia contra Jair Bolsonaro por suposto crime de racismo

Reprodução: Twitter STF

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (11) rejeitar, por maioria, 3 votos a 2, a denúncia contra o deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) pelo crime de racismo. Com isso, o caso será arquivado.

Bolsonaro foi denunciado pela Procuradoria Geral da República (PGR) em abril em razão de falas consideradas racistas numa palestra que fez no ano passado no Clube Hebraica do Rio de janeiro.

Na ocasião, disse que, se eleito presidente, não destinará recursos para ONGs e que não vai ter “um centímetro demarcado” para reservas indígenas ou quilombolas.

E acrescentou: “Onde tem uma terra indígena, tem uma riqueza embaixo dela. Temos que mudar isso daí. […] Eu fui num quilombo, o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada! Eu acho que nem para procriador ele serve mais. Mais de R$ 1 bilhão por ano é gastado com eles”.

A Primeira Turma começou a analisar o caso no último dia 28 de agosto. O julgamento foi interrompido por um pedido de vista (mais tempo para análise) do presidente da Turma, ministro Alexandre de Moraes.

O relator, Marco Aurélio Mello, e o ministro Luiz Fux votaram para rejeitar a acusação e enterrar as investigações sobre Bolsonaro. Luís Roberto Barroso e Rosa Weber votaram para receber a denúncia e abrir uma ação penal.

O julgamento foi retomado nesta terça com o voto de Moraes. Ele acompanhou o relator pela rejeição da denúncia e desempatou o placar a favor do presidenciável.

Bolsonaro já é réu em duas ações penais no STF por injúria e incitação ao crime de estupro. Em discurso na tribuna da Câmara dos Deputados em dezembro de 2014, ele disse que não estupraria a deputada Maria do Rosário (PT-RS) porque ela “não merece” e não faz o “tipo” dele.

Embora o STF já tenha decidido que réus não podem ocupar a linha sucessória da Presidência, atualmente não há impedimento legal para concorrerem nas eleições.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    Quando o sapinho presidiário falou em grelo dura das suas amiguinhas ptRALHAS ninguém deu um pio, dois pesos e duas medidas. Os esquerdopatas falam o querem e ninguém diz nada mais se não for um esquerdopata é homofóbico, bate em mulher, etc. Vão se enxergar parasitas.

  2. Quero-quero disse:

    Quero ver o que os que os mentecaptos "esquerdaBURRINHAS' vão falar agora.

  3. Vitor disse:

    Chega de Presidentes ignorantes!
    Estão destruindo o Brasil.

  4. JOAO MARIA disse:

    se fosse a famosa 2ª turma a da ptralhada o resultado seria outro com certeza

    • Ceará-Mundão disse:

      Verdade. Veja que mesmo nessa 1ª Turma ainda houve 2 votos contra ele. Um absurdo pois ele é parlamentar e detém imunidade quanto a palavras e opiniões. Isso está na Constituição. Mas esses ministros do STF se consideram deuses e estão fazendo o que bem querem.