Polícia

Carro invade espelho d’água do Ministério da Justiça, e polícia suspeita de atentado

Um carro branco invadiu o espelho d’água do prédio do Ministério da Justiça, no início da madrugada desta segunda-feira (16), em Brasília. A ocorrência, conforme o jornal Folha de S.Paulo, fez as autoridades suspeitarem de atentado.

Segundo a publicação, o esquadrão antibombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Distrito Federal foi acionado, mas os policiais apenas fizeram o isolamento da área e de parte das pistas de trânsito, já que a área é de jurisdição da Polícia Federal.

Dentro do carro, que foi abandonado, os policiais encontraram um objeto de madeira amarrado ao acelerador — para manter o automóvel em movimento mesmo sem motorista. Ninguém foi preso.

Câmeras do Ministério da Justiça vão ser acessadas para buscar o autor ou autores do ato. A PF assumiu a investigação do caso.

Zero Hora

Opinião dos leitores

  1. Um país que quer enfrentar os EUA numa guerra, desconfia que um carro que invadiu um espelho d’água de um ministério, pode ser um “atentado”.
    ??‍♂️

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Ex-repórter da Globo sofre atentado a tiros no litoral de São Paulo

Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira, a ex-repórter da Rede Globo e candidata à prefeitura de São Vicente pelo PSDB, Solange Freitas, foi vítima de um atentado no litoral de São Paulo. Solange estava em um carro blindado com outros quatro assessores, quando um homem se aproximou de moto e disparou contra a janela do passageiro, onde a candidata estava sentada, ninguém ficou ferido. As informações são do Portal G1.

Segundo o Major Michael, a Polícia Militar está em busca do criminoso responsável pelos disparos, a imagem das câmeras de monitoramento devem ajudar na investigação. Além da ex-repórter, um produtor da campanha, uma assessora e o candidato a vice-prefeito, Gil do Conselho, estavam no carro e todos estão bem.

Essa não é a primeira vez que Solange sofreu um ataque. No dia 14 de outubro, o comitê eleitoral de Solange foi alvo de outro ataque criminoso, quando um grupo invadiu e incendiou o espaço. Em maio, ela se desligou da sua carreira na TV Tribuna, afiliada da emissora Globo, para se dedicar a carreira eleitoral.

O Dia – IG

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Atentando terrorista em Nice, na França: entre mortos, uma das vítimas foi decapitada

Foto: Eric Gaillard/Reuters

Uma das três vítimas no atentado na basílica Notre-Dame de l’Assomption, em Nice, na França, desta quinta-feira (29) foi decapitada, afirmam os veículos internacionais.

Segundo a Reuters, o autor do ataque teria gritado “Allahu Akbar” antes de matar três pessoas. A informação foi confirmada pela polícia. O homem foi baleado pelos agentes e levado em estado grave para o hospital.

O prefeito de Nice, Christian Estrosi, chamou o ataque de atentado terrorista e disse pelo Twitter que o agressor teria gritado a frase, comumente usada por jihadistas antes de ataques e que significa “Deus é maior”.

Duas das vítimas foram mortas dentro da igreja, sendo uma delas o diretor do templo. Uma mulher conseguiu escapar de dentro da igreja, mas foi morta em um bar na frente do prédio.

“O suspeito de agressão com faca foi baleado pela polícia quando estava sendo detido, ele está a caminho do hospital, ele está vivo”, disse o prefeito a jornalistas.

“Já basta”, disse Estrosi. “Está na hora da França se exonerar das leis da paz para definitivamente erradicar o fascismo islâmico de nosso território.”

R7, com Reuters

Opinião dos leitores

  1. A conversinha globalista de receber todos e todas as culturas só podia dar nisso.
    Os muçulmanos possuem visão própria e sem qualquer possibilidade de coincidência com os valores ocidentais.
    O que para nós é liberdade para eles é um insulto.
    O que para nós resolve-se no Judiciário para eles…
    Agora aguentem porque quem cria cobra termina picado por uma.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Ministro da Justiça vê ‘atentado à democracia’ em operação da PF

Foto: Edu Andrade/Estadão Conteúdo

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, divulgou uma nota nesta quarta-feira (27) para dizer que a operação da PF (Polícia Federal) deflagrada para cumprir 29 mandados no inquérito das fake news fere a democracia. Entre os alvos da operação estão deputados ligados ao presidente Jair Bolsonaro.

Na avaliação de Mendonça, os parlamentares têm garantia “a ampla imunidade por suas opiniões, palavras e votos”. “Intimidar ou tentar cercear esses direitos é um atentado à própria democracia”, avaliou o ministro sobre o inquérito que investiga ameaças e difamação contra os ministros do Supremo e suas famílias.

“Vivemos em um Estado Democrático de Direito. É democrático porque todo o poder emana do povo. E a este povo é garantido o inalienável direito de criticar seus representantes e instituições de quaisquer dos Poderes”, escreveu Mendonça.

Mendonça ressalta ainda que “as diligências realizadas pela Polícia Federal nesses casos se dão no estrito cumprimento de ordem judicial” e defende que “que todas as investigações sejam submetidas às regras do Estado Democrático de Direito, sem que sejam violados pilares fundamentais e irrenunciáveis da democracia.”

Leia a íntegra da nota:

“Diante dos fatos relacionados ao Inquérito 4.781, em curso no Supremo Tribunal Federal, pontuo que:

1. Vivemos em um Estado Democrático de Direito. É democrático porque todo o poder emana do povo. E a este povo é garantido o inalienável direito de criticar seus representantes e instituições de quaisquer dos Poderes. Além disso, aos parlamentares é garantida a ampla imunidade por suas opiniões, palavras e votos.

2. Intimidar ou tentar cercear esses direitos é um atentado à própria democracia.

3. De outra parte, esclareço que, em 2019, enquanto Advogado-geral da União, por dever de ofício imposto pela Constituição, defendi a constitucionalidade do ato do Poder Judiciário. Em nenhum momento, me manifestei quanto ao mérito da investigação e jamais tive acesso ao seu conteúdo.

4. Da mesma forma, as diligências realizadas pela Polícia Federal nesses casos se dão no estrito cumprimento de ordem judicial.

5. Assim, na qualidade de Ministro da Justiça e Segurança Pública, defendo que todas as investigações sejam submetidas às regras do Estado Democrático de Direito, sem que sejam violados pilares fundamentais e irrenunciáveis da democracia.

Brasília, 27 de maio de 2020.

André Luiz de Almeida Mendonça
Ministro da Justiça e Segurança Pública”

R7

 

Opinião dos leitores

  1. Atentado a democracia, é uma reunião presidencial, onde se expõe , claramente agravos ao STF, onde passa boiada, quando uma ministra passa colocações sobre prender governadores, que lutam contra a " gripezinha", onde o presidente chama eleitores de bostinha e por aí vai.. Isso atenta contra a democracia. Sem falar no gabinete do ódio.

  2. Quando atinge gente do Bozo é contra, quando atinge os contrários ao Bozo é a favor. Acho que ele deveria ficar é calado pra não passar vergonha e deixar a PF trabalhar em paz.

  3. O Gado Minion, está desorientado, ontem aplaudiu a PF e a Justiça hoje crítica, está é a diferença entre o Gado Minion e seres humanos.

  4. O presidente cobrou que seus ministros fizessem a sua defesa. Rapadura é doce, mas num é mole não.

    Moro caiu fora logo!

  5. Foi só sair da AGU e virar MJ que o terrivelmente evangélico mudou de opinião. Acho que a crítica é facultada a qualquer um mas ameaças com uso da força merecem mesmo investigação e enquadramento.

  6. Quando as ações eram contra Dilma e Lula tudo era muito legal. Se for contra Witzel e Dória também é muito legal. Por favor alguém dá notícia de Queiroz???

  7. Oxe!! Mudou de ideia? Amo passado quando foi aberto o processo contra a revista Crusoé ele não se manifestou contra. Agora que pegaram a turma dos Bolsominions ele ficou contra?

    1. Exatamente, e é por isso mesmo que certas instituições do País JAMAIS podem ser aparelhadas, para não correrem o risco de serem utilizadas por grupos políticos criminosos.

    2. Carluxo concordo plenamente com vc amigo, Carlúcio desculpe ai o trocadilho kkkkkkkkkkkkkk.

    3. Pau que bate em Chico bate em Francisco. Que a PF investigue todos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Advogado pede ao STJ abertura de inquérito sobre denúncias de ex-assessor de Joice, contra Dória, Moro e outros por suposta ligação com atentado contra Bolsonaro

O advogado Paulo Carvalhosa impetrou notícia crime com pedido de abertura de inquérito policial no Superior Tribunal de Justiça (STJ) a partir de denúncias divulgadas pelo ex-assessor da deputada federal Joice Hasselman, Silvio Frutuoso divulgadas em vídeos nas redes sociais.

O advogado aponta que o ex-assessor, que teria tido caso amoroso com a deputada, divulgou que ela pediu criação de perfis fakes contra Bolsonaro e relatou ainda que figuras públicas como o governador de São Paulo, João Dória e o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, fariam parte do grupo criminoso juntamente com Adélio Bispo, autor da facada contra Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Eu quero vê o mar pegar fogo pra comer peixe frito kkk

    Eu não duvido de mais nada. Quem pensa que Moro 3 bobinho está enganado é um covarde e mau caráter.

    Idiota é quem acredita em #moropresidente.

    Quem te viu quem te vê. Quem diria que ele um dia disse que não tinha pretensões políticas rsrs imagina se não tivesse. Entrou no sistema corrompeu-seu.

  2. Estou vendo a hora essa turma de Bolsonaro dizer que D.Pedro Segundo ainda está vivo

    1. Eu também acredito em mula sem cabeça. Tentam de todas as formas atingir Moro. Pior que o homem tem uma couraça. rsrsrs

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Baleados em atentado no litoral norte do RN, menina de 4 anos e adolescente morrem no hospital

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(10) que a menina Hyslla Beatriz da Silva Araújo, de 4 anos de idade, e o adolescente Deymerson Vinícius da Silva, de 16, morreram na tarde desse domingo (9) no Hospital Walfredo Gurgel, após serem baleados em um atentado na noite de sábado (8) em Rio do Fogo. Segundo a Polícia Militar, homens armados invadiram a casa da família em Punaú por volta das 20h20 e atiraram contra todos que estavam no local. Leonardo da Silva Lima, de 22 anos, que usava tornozeleira eletrônica, morreu no local. Ele foi condenado por tráfico de drogas e cumpria pena no regime semiaberto. Leia mais detalhes aqui.

Opinião dos leitores

  1. Cadê a nossa (des)Governadora? A população do RN está acuada, encarcerada e é vítima da extrema violência que tomou conta do nosso Estado. O poder público nada faz, governadora parece viver em outro planeta e não se solidariza com as famílias vitimadas, sendo a única preocupação dela a escolha de quem será o candidato do PT para as eleições municipais…
    Uma vergonha! Salvem o RN! Fora Fátima!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Polícia Civil do Rio revela identidade de acusado do atentado ao Porta dos Fundos

Em coletiva, o delegado Marco Aurélio de Paula Ribeiro acaba de revelar a identidade do acusado de participar do atentado à produtora do Porta dos Fundos: trata-se do presidente da Frente Integralista Brasileira no Rio de Janeiro, Eduardo Fauzi Richard Cerquise.

Há um mandado de prisão, ainda não cumprido, expedido contra ele.

“Hoje estivemos em quatro endereços: dois residenciais e dois comerciais. O suspeito foi identificado como Eduardo Fauzi Richard Cerquise. Nós monitoramos os veículos usados durante o ataque”, disse Ribeiro, responsável pelas investigações.

Segundo o delegado, por imagens de câmeras de segurança, foi possível identificar o acusado, na noite do atentado, saindo de um dos veículos durante a fuga e pegando um táxi.

“Nenhuma linha de investigação está sendo descartada. Estamos apurando se é um ato isolado ou se há ligação com alguma entidade. As peças periciais estão sendo produzidas.”

Ribeiro acrescentou que as investigações continuam para “localizar e identificar os outros autores do crime”.

“Na coleta de todas as informações, se chegará aos outros nomes e à motivação.”

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. O Presidente que diz que é Cristão em um país que é cristão, majoritariamente cristão, e que deve agir dentro dos princípios dos fundamentos cristãos, que é a fraternidade, a solidariedade e o amor entre as pessoas, só vive espalhando mensagens de intrigas, críticas, agressões e ataques a torto e a direito.
    Que tipo de Cristianismo essa turma alimenta?
    Silas Malafaia, Edir Macedo, Silvio Santos, Marcos Feliciano e tantos outros que vivem explorando pessoas no mercado da fé, tem muito a explicar sobre seguir alguém tão contraditório e divergente da mensagem de paz e amor de Jesus Cristo.
    A mensagem deles me parece muito mais com a do capeta e seus seguidores. Prestem bem atenção e tirem suas próprias conclusões e deixem de ser massa de manobra, sendo enganados que esse povo é do bem e quer instalar o reino de Deus na terra. Lembrem-se que o Velho Testamento já foi revogado pela vinda do Mestre Jesus, que trouxe o perdão e caridade para acolher os excluídos da sociedade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PF investiga incitação a atentado a Bolsonaro

A Polícia Federal investiga se um homem detido no fim de semana, em Três Corações (MG), planejava atacar o presidente Jair Bolsonaro durante evento de formatura de sargentos do Exército.

Venicio Souza Rodrigues Ferreira postou nas redes sociais vídeo dizendo que estava bolando um plano para “acertar ele”, em referência a Bolsonaro.

Ferreira foi identificado por agentes de inteligência, detido e depois liberado. Ontem, a PF cumpriu mandado de busca em sua casa, apreendendo celulares, computadores e mídias.

O Antagonista

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Augusto Aras questiona “mero surto” em atentado contra Bolsonaro, e diz que quer buscar a “verdade real”

Foto: (Adriano Machado/Reuters)

Augusto Aras, em entrevista ao Estadão, disse que quer buscar a “verdade real” sobre o atentado a Jair Bolsonaro:

“Ainda é tempo de a Polícia Federal e de o Ministério Público Federal, atuando em conjunto, buscarem a verdade real do atentado (…).

Não me parece crível pelo modus operandi em que agiu Adélio que o atentado à vida do atual presidente tenha sido um mero surto de quem quer que seja.

O uso de arma branca, a suspeita de co-partícipes na multidão, a tentativa de confundir as apurações com a entrada de pessoas com o mesmo nome na Câmara, o surgimento de advogados que não foram contratados por alguém conhecido são elementos que precisam ser investigados.”

O Antagonista e Estadão

 

Opinião dos leitores

  1. Não sei se o mito vai gostar. Não sei se lembram que na hora de recorrer da decisão da Justiça Federal que declarou Adélio inimputável o presidente não quis recorrer.

  2. Agora vai, confio nesse procurador. Certeza q ele vai descobrir quem matou Marielle e de quebra encontrar o Queiroz e o q tanto ele sabe sobre uns amigos que insistem em acobertar. Bora bater em Chico e em francisco com a mesma força. Doa a quem doer. Eu ouvi um amém?

  3. Como um Tal doido , liso , pobre , tem tantos advogados de renome ???va atrás que tem alguém muito grande por trás , na época da ditadura, em meia hora de pisa falava até que deu o boga quando tinha 12 anos

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO – Deputada anuncia “bomba” em rede social: advogado de Adélio Bispo responde sobre “mandante” e que “emissoras de televisão” estão pagando defesa

Reprodução

Reprodução: Twitter/Carla Zambelli

Através do microblog Twitter, a deputada Federal pelo PSL-SP, expõe trecho de entrevista nesta terça-feira(11) em que pede que internautas “espalhem ao máximo”.  Na ocasião, a jornalista Roberta Lopes, do Direita Minas, entrevistou Zanone Júnior, advogado de Adélio Bispo, que responde pergunta de mandante de atentado contra Jair Bolsonaro. Ainda no vídeo, também fala de emissoras de televisão que estariam pagando a defesa.

Vídeo aqui no Twitter da deputada:

 

Opinião dos leitores

  1. Vai faltar cadeia, agora é o PP na linha de tiro. Mesmo Gilmar Mendes defendendo todos os bandidos, agora vem mais cadeia pra esses bandidos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

PF envia ao MP inquérito de atentado contra Bolsonaro

A Polícia Federal enviou ao Ministério Público de Juiz de Fora o inquérito do atentado contra Jair Bolsonaro, informa Matheus Leitão, no G1.

A partir de agora, o MP analisará, entre outros pontos, se atende ao pedido da PF para prorrogar as investigações.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Isso não interessa, a mídia televisiva não fala nisso, cobravam apenas o caso de Marielle que já foi resolvido e a esquerda deu com os burros nágua, não tinha ninguém da direita envolvido.
    Quero saber quem matou e mandou matar Celso Daniel?
    Quem matou todas as testemunhas do caso Celso Daniel?
    Chegaram ao absurdo de supor que a facada tinha sido pura encenação (quem disso usa, disso cuida).
    Por falar nisso, as doenças de câncer que Lula e Dilma tiveram em período eleitoral foram totalmente curados? Se a memória não falha, nenhum dos dois apresentou qualquer recaída, pense em dois casos de sucesso médico.

    1. Ainda bem que foi Moro que coordenou as investigações, senao a direita iria falar que foi culpa do pt kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Prefeito de Utrecht confirma 3 mortos em atentado na Holanda

Ataque a bonde em Utrecht deixou 3 mortos e 9 feridos. FOTO: ROBIN VAN LONKHUIJSEN / EFE – 18.3.2019

Autoridades holandesas confirmaram que três pessoas morreram no atentado na cidade de Utrecht, na Holanda. Outras nove ficaram feridas, segundo informou o prefeito da cidade, Jan van Zanen.

O ataque — que está sendo considerado como terrorista — aconteceu na praça 24 de outubro, as 10h25 do horário local.

Segundo testemunhas, um homem começou a atirar de forma aleatória contra um bonde, deixando vários feridos.

A polícia fechou a praça e uma investigação está em andamento. A foto de um homem considerado suspeito foi divulgada.

Holanda em alerta para terrorismo

O primeiro-ministro da Holanda declarou que está “profundamente preocupado” com o ataque e acionou o gabinete de crise após incidente.

Todo o município de Utrecht está em alerta nível 5 para ameaças. Autoridades ordenaram que as escolas fechassem as portas e a polícia aumentou a segurança nos aeroportos e em outras infraestruturas. A segurança também foi intensificada nas mesquitas.

Desde 2005, o nível de ameaça sempre flutuou entre 3 e 4.

Por enquanto, nenhum suspeito foi preso.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PF ainda busca indício de mandante em atentado contra Jair Bolsonaro

Reprodução / Youtube

Após seis meses de investigação, a PF (Polícia Federal) em Belo Horizonte ainda está atrás de evidências se o atentado contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve um mandante.

Todas as medidas de investigação estão sendo adotadas até esgotar as possibilidade possíveis para desvendar o caso. Na terça-feira, ao comentar a prisão dos assassinos da vereadora Marielle Franco, Bolsonaro disse que está atrás do mandante que tentou lhe matar.

Entre testemunhas e investigados, 80 pessoas já prestaram depoimento no inquérito do presidente. No entanto, a tese mais provável, até o momento, é que Adélio Bispo, autor da facada, é um homem paranoico e que agiu sozinho.

Mas a investigação prossegue. Nesta fase, a PF está ouvindo e fazendo uma investigação social em relação a todas as pessoas que tiveram contato com Adélio Bispo nos últimos cinco anos. Contatos descobertos por e-mails, telefones, computadores e redes socias estão sendo periciados.

A PF aguarda ainda uma decisão final do TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1 Região) para saber se vai poder ou não utilizar na investigação os dados do telefone do advogado de Adélio, Zanone de Oliveira. O aparelho do advogado foi apreendido durante uma operação em endereços de sua propriedade em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O objetivo é tentar descobrir se alguém pagou o defensor ou se essa foi apenas uma versão dada para justificar a aparição de Zanone no caso.

Na semana passada, em decisão liminar, o TRF-1 suspendeu a investigação contra Zanone alegando que o trabalho de advogado é protegido pelo sigilo profissional.

Laudo entregue à Justiça aponta que Adélio tem paranoia permanente. Segundo conclusão da perícia, ele tem transtorno delirante permanente, ou seja, é considerado incapaz e, muito provavelmente, será considerado inimputável.

Em setembro de 2018, logo após o atentado, a PF abriu dois inquéritos. O primeiro já concluiu que Adélio agiu sozinho no dia da facada. O segundo, ainda em andamento, procura se tem um mandante ou organização criminosa por trás do atentado. O responsável pelo inquérito é o delegado Rodrigo Morais Fernandes.

R7

 

Opinião dos leitores

  1. Esse tal de direitos humanos, tem atrapalhado e encarecido muito as coisas no Brasil, veja o tempo que demorou para descobrirem quem matou a tal de Mariele, e o tempo que está levando para esse Adelio abrir o bico e dizer quem mandou matar Bolsonaro, queria ver se fosse na década de 80 se ele não já tinha entregue tudo e até confessado que matou Kenedy, Jhon Lenon, Michael Jackson, até Odete Roitimam ele já tinha assumido que matou.

  2. Um desempregado que vivia viajando.
    Para lá e para câ.
    Fez até curso de tiro onde o filho de Bolsonaro atirava.
    Morava numa pensão.
    Alguém o financiava.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PF vai apurar suposta ameaça de atentado na posse de Bolsonaro

A Polícia Federal vai investigar em inquérito uma suposta ameaça de atentado na posse de Jair Bolsonaro no dia 1º de janeiro, relata o Estadão.

A ameaça é de um grupo autonomeado “Maldição Ancestral”, que se diz terrorista e reivindicou ter colocado uma bomba numa igreja em Brazlândia, no Distrito Federal –o artefato explosivo foi desarmado pela PM.

Segundo uma fonte da PF disse ao jornal paulistano, a atuação do órgão na posse presidencial não será alterada.

O Antagonista

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PM é alvo de atentado e é atingido por tiro de espingarda na Zona Norte de Natal

Um policial militar foi alvo de um atentado na noite dessa quinta-feira, 23. O fato foi registrado no bairro Potengi, na zona norte de Natal.

De acordo com informações da Polícia Militar, homens armados dispararam, várias vezes contra o veículo do PM. Um dos disparos, um tiro de espingarda, calibre 12, atingiu o braço do policial. A esposa e o filho do PM também estavam no veículo, mas não foram atingidos.

Ainda segundo a PM, o policial estava indo trabalhar quando foi surpreendido por outro veículo que o trancou. Após os disparos, os suspeitos fugiram. Mesmo ferido, o PM conseguiu dirigir até o Hospital Santa Catarina. Em seguida ele foi transferido para o Walfredo Gurgel onde está internado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Polícia catalã confirma morte de autor de ataques em Barcelona

A polícia catalã confirmou que o homem morto perto de Barcelona nesta segunda-feira é Younes Abouyaaqoub, autor do ataque terrorista que deixou 15 mortos na semana passada. De acordo com a imprensa local, o marroquino de 22 anos foi encontrado em Subirats, município localizado a 50 quilômetros a oeste de Barcelona, após a denúncia de um morador, que teria identificado uma pessoa com traços físicos semelhantes aos de Abouyaaqoub.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *