Apple reduz preço do iPhone 11 no Brasil e antecipa lançamento

Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O preço do iPhone 11 no Brasil começa em R$ 4.999 e pode chegar a R$ 5.799: nesta manhã, a Apple divulgou os valores para o comércio nacional da sua nova geração de celulares com iOS 13. Além do modelo mais básico, também desembarcam no país o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max, opções mais avançadas da marca e com custo mais elevado: a partir de R$ 6.999 e R$ 7.599, respectivamente. Os smartphones chegam às lojas do país em 18 de outubro, antes do esperado pelo mercado – normalmente, a Apple faz o lançamento em território nacional a partir de novembro.

O preço do modelo mais básico caiu em relação à geração passada: R$ 200 a menos do que o cobrado pelo iPhone XR. Entre os destaques do lançamento estão a ficha técnica avançada, com o processador Apple A13 Bionic, e a câmera dupla com lente ultra wide. O smartphone estará disponível nas cores branco, preto, verde, amarelo, roxo e vermelho.

iPhone 11: a partir de R$ 4.999

O iPhone 11 é a opção mais simples da Apple em 2019. O smartphone repete a receita do antecessor iPhone XR ao oferecer seis opções de cores (branco, preto, verde, amarelo, roxo e vermelho) e tela LCD de 6,1 polegadas com notch, característica que vem aparecendo em celulares da marca desde o iPhone X. A traseira, porém, traz diferenças no visual, ao posicionar as câmeras em uma base quadrada no canto superior esquerdo.

A câmera é um dos destaques do lançamento. Assim como o concorrente Galaxy S10E, o celular traz dois sensores de 12 megapixels na traseira, com lentes angular (f/1.8) e ultra wide (f/2.4), sendo a segunda capaz de capturar ângulos mais abertos (120º). Há, ainda, recursos nativos para incrementar a qualidade das imagens, como o Modo Noite, e melhorias no Modo Retrato, agora capaz de tirar fotos também dos “seus amigos de quatro patas”, de acordo com a fabricante, ao contrário do iPhone XR.

Entre as especificações do smartphone estão o processador Apple A13 Bionic, chip mais avançado da Apple até o momento e capaz de oferecer desempenho superior ao Snapdragon 855 do Galaxy S10 e Kirin 980 do Huawei P30 Pro, segundo a fabricante. A bateria promete uma hora a mais de duração quando comparado com o iPhone XR, celular que recebeu elogios em relação à autonomia nos testes do TechTudo.

O iPhone 11 estará disponível em três opções, com preços que variam de acordo com o armazenamento:

64 GB: R$ 4.999
128 GB: R$ 5.299
256 GB: R$ 5.799

iPhone 11 Pro: a partir de R$ 6.999

O iPhone 11 Pro renova as opções de celulares mais avançados da Apple em 2019. O smartphone é a opção com a menor tela do trio, de 5,8 polegadas com resolução de 2436 x 1125 pixels, tecnologia OLED e notch para abrigar a câmera frontal e sensores TrueDepth, para Face ID e recursos de realidade aumentada, como os Animojis. O visual do lançamento repete o mesmo desenho do iPhone 11 na traseira, com os sensores fotográficos posicionados em uma base quadrada, mas em cores diferentes: dourado, cinza espacial, prata e Verde da Meia-Noite.

O conjunto fotográfico recebeu um reforço na nova geração. Além dos clássicos sensores de 12 megapixels com lentes angular (f/1.8) e teleobjetiva (f/2), o smartphone conta com uma terceira câmera com lente ultra wide de 120º, 12 MP e abertura de f/2.4. Para selfies, são 10 MP.

A ficha técnica é avançada, também com o processador Apple A13 Bionic. O destaque fica pela bateria, que promete mais quatro horas de duração quando comparado com o antecessor iPhone XS.

Assim como o iPhone 11, o iPhone 11 Pro chega ao Brasil mais barato que o antecessor, com uma diferença de R$ 300 entre as gerações. O smartphone está disponível em três opções de armazenamento:

64 GB: R$ 6.999
256 GB: R$ 7.799
512 GB: R$ 8.999

iPhone 11 Pro Max: a partir de R$ 7.599

O iPhone 11 Pro Max repete a ficha técnica do iPhone 11 Pro, mas traz tela maior, de 6,5 polegadas e resolução de 2688 x 1242 pixels. Demais especificações, como a câmera tripla, processador, entre outras, permanecem inalteradas, com exceção da bateria, cuja promessa é de “até cinco horas a mais de duração comparada ao iPhone XS Max”, segundo a Apple.

Os preços também sofreram redução entre as gerações, com diferença de R$ 400 em relação ao antecessor iPhone XS Max. São três edições:

64 GB: R$ 7.599
256 GB: R$ 8.399
512 GB: R$ 9.599

Ficha técnica do iPhone 11

Tamanho da tela: 6,1 polegadas
Resolução da tela: 1792 x 828 pixels
Painel da tela: LCD
Câmera principal: dupla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 128 GB e 256 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 194 gramas
Cores: preto, verde, amarelo, lilás, vermelho e branco
Anúncio global: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 18 de outubro de 2019
Preço de lançamento: a partir de R$ 4.999

Ficha técnica do iPhone 11 Pro

Tamanho da tela: 5,8 polegadas
Resolução da tela: 2436 x 1125 pixels
Painel da tela: OLED
Câmera principal: tripla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 256 GB e 512 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 188 gramas
Cores: dourado, cinza espacial, prata e Verde da Meia-Noite
Anúncio global: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 18 de outubro de 2019
Preço de lançamento: a partir de R$ 6.999

Ficha técnica do iPhone 11 Pro Max

Tamanho da tela: 6,5 polegadas
Resolução da tela: 2688 x 1242 pixels
Painel da tela: OLED
Câmera principal: tripla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 256 GB e 512 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 226 gramas
Cores: dourado, cinza espacial, prata e Verde da Meia-Noite
Anúncio global: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 18 de outubro de 2019
Preço de lançamento: a partir de R$ 7.599

G1, via Techtudo

 

Apple quebra tradição e antecipa venda do iPhone 11 no Brasil

Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O iPhone 11, o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max vão desembarcar no Brasil antes do que se esperava: a Apple confirmou o lançamento dos produtos em 18 de outubro. Com o anúncio de hoje, revelado em primeira mão pelo TechTudo, a fabricante quebra a tradição de iniciar a comercialização da nova safra somente em novembro. Nos Estados Unidos, eles estão à venda desde 20 de setembro por preços a partir de US$ 699.

Em nota, a companhia disse estar “muito animada” em trazer para o mercado os celulares com câmera dupla ou tripla, a depender do modelo. Só faltou revelar os valores que serão cobrados dos consumidores brasileiros. Por ora, permanecem em segredo.

Os sucessores do iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max estarão disponíveis no site oficial, no aplicativo da Apple Store, nos parceiros varejistas, em operadoras selecionadas e nas lojas oficiais da Apple (são duas: no Morumbi Shopping, em São Paulo, e no VillageMall, no Rio). Não se sabe em que dia começará a fase de encomendas (a chamada pré-venda) dos aparelhos.

Enquanto as vendas não começam por aqui, alguns brasileiros aproveitam a venda internacional. Os novos iPhones saem pelos seguintes preços nos Estados Unidos:

iPhone 11 de 64 GB: US$ 699 (R$ 2.930 em conversão direta)
iPhone 11 Pro de 64 GB: US$ 999 (R$ 4.185)
iPhone 11 Pro Max de 64 GB: US$ 1.099 (R$ 4.600)

Vale lembrar, porém, que a edição americana não é compatível com todas as faixas do 4G nacional. O mais recomendável é trazê-lo da Europa.

A Apple aposta em diversas cores, com destaque para o Verde Meia-Noite (Midnight Green) dos modelos Pro. Ela se tornou a mais procurada nas vendas internacionais.

As novidades dos iPhones

Dá para dividir a linha 2019 em tradicional e Pro. A primeira conta com câmera dupla, inclusive uma ultra wide que consegue capturar parcela maior da paisagem ou número maior de pessoas. O recurso é tido como um dos principais diferenciais, junto com as esperadas melhorias no poder de processamento – agora com o chip A13 Bionic.

A linha Pro marca a chegada da câmera tripla aos telefones da maçã. O acréscimo em relação ao iPhone 11 regular está na lente teleobjetiva, capaz de um zoom de 2x. O smartphone consegue chegar mais perto da pessoa que está sendo fotografada. Os modelos Pro também têm tela em painel OLED, tecnologia superior ao LCD encontrado no modelo regular.

A bateria foi reforçada para durar entre uma e cinco horas a mais do que na geração passada. A Apple não chegou a divulgar a estimativa oficial de autonomia de uso, mas é sabido que o novo processador garante maior eficiência energética e os celulares também contam com mecanismos para que o desgaste da bateria seja mais lento.

Os criadores do telefone apostam tanto na robustez do equipamento que produziram um vídeo publicitário em que o iPhone 11 Pro resiste a pancadas de diversos objetos arremessados com o auxílio de um ventilador industrial. Até um bolo de casamento caiu sobre o produto certificado, que tem certificação contra água e poeira.[

O slofie também ganhou destaque na comunicação da empresa. Mistura de selfie e slow motion, a palavra indica os vídeos em câmera lenta capturados com o sensor frontal do aparelho. Gostaram tanto da ideia que pediram para registrar o nome.

Ficha técnica do iPhone 11

Tamanho da tela: 6,1 polegadas
Resolução da tela: 1792 x 828 pixels
Painel da tela: LCD
Câmera principal: dupla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 128 GB e 256 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 194 gramas
Cores: preto, verde, amarelo, lilás, vermelho e branco
Anúncio: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 20 de setembro de 2019
Preço de lançamento: a partir de US$ 699 (cerca de R$ 2.930 em conversão direta)

Ficha técnica do iPhone 11 Pro

Tamanho da tela: 5,8 polegadas
Resolução da tela: 2436 x 1125 pixels
Painel da tela: OLED
Câmera principal: tripla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 256 GB e 512 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 188 gramas
Cores: dourado, cinza espacial, prata e Verde da Meia-Noite
Anúncio: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 20 de setembro de 2019
Preço de lançamento: a partir de US$ 999 (cerca de R$ 4.185 em conversão direta)

Ficha técnica do iPhone 11 Pro Max

Tamanho da tela: 6,5 polegadas
Resolução da tela: 2688 x 1242 pixels
Painel da tela: OLED
Câmera principal: tripla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 256 GB e 512 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 226 gramas
Cores: dourado, cinza espacial, prata e Verde da Meia-Noite
Anúncio: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 20 de setembro de 2019
Preço de lançamento: a partir de 1.099 (cerca de R$ 4.600 em conversão direta)

Globo, via Techtudo

 

iPhone 11: conheça todos os detalhes do lançamento da Apple

Foto: Reprodução/ Apple

Em seu evento anual, a Apple apresentou o novo iPhone. Chamado simplesmente de 11, o aparelho possui um conjunto evoluído de câmeras. Evoluído a ponto de aparecer: as câmeras possuem uma protuberância, que se destacam da carcaça do aparelho.

O iPhone 11 conta com uma tela Retina de 6.1 polegadas, descrita como “a mais resistente de todos os tempos em um smartphone”, segundo a empresa. Além disso, o aparelho possui compatibilidade com o sistema de som Dolby Atmos.

As duas câmeras de 12MP do aparelho contam com funções como Modo Noturno, Retrato e Ultra Wide, com zoom ótico de 2x, que captura muito mais detalhes da imagem. Tudo isso iluminado por um flash 36% mais brilhante.

Além de fotografar, ela faz vídeos muito bem: em 4K, 60 frames por segundo, com funções slow motion e timelapse. Segundo a empresa, os vídeos com mais qualidade já feitos por um smartphone são desse aparelho.

Câmera fronta conta com slow motion. Reprodução/ Apple

A câmera frontal terá poderes similares. Com 12MP e sensores de direção que capturam rostos evitando distorção e fazendo selfies com ângulos wide, o que a empresa aposta que será uma tendência.

Os vídeos frontais também são feitos em 4K e 60 frames, além de um sistema de slow motion chamado “slofies”, o que também é inédito e aparenta ser outra possível tendência incentivada pela empresa.

Matéria em atualização. Veja aqui íntegra.

R7