Apple quebra tradição e antecipa venda do iPhone 11 no Brasil

Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O iPhone 11, o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max vão desembarcar no Brasil antes do que se esperava: a Apple confirmou o lançamento dos produtos em 18 de outubro. Com o anúncio de hoje, revelado em primeira mão pelo TechTudo, a fabricante quebra a tradição de iniciar a comercialização da nova safra somente em novembro. Nos Estados Unidos, eles estão à venda desde 20 de setembro por preços a partir de US$ 699.

Em nota, a companhia disse estar “muito animada” em trazer para o mercado os celulares com câmera dupla ou tripla, a depender do modelo. Só faltou revelar os valores que serão cobrados dos consumidores brasileiros. Por ora, permanecem em segredo.

Os sucessores do iPhone XR, iPhone XS e iPhone XS Max estarão disponíveis no site oficial, no aplicativo da Apple Store, nos parceiros varejistas, em operadoras selecionadas e nas lojas oficiais da Apple (são duas: no Morumbi Shopping, em São Paulo, e no VillageMall, no Rio). Não se sabe em que dia começará a fase de encomendas (a chamada pré-venda) dos aparelhos.

Enquanto as vendas não começam por aqui, alguns brasileiros aproveitam a venda internacional. Os novos iPhones saem pelos seguintes preços nos Estados Unidos:

iPhone 11 de 64 GB: US$ 699 (R$ 2.930 em conversão direta)
iPhone 11 Pro de 64 GB: US$ 999 (R$ 4.185)
iPhone 11 Pro Max de 64 GB: US$ 1.099 (R$ 4.600)

Vale lembrar, porém, que a edição americana não é compatível com todas as faixas do 4G nacional. O mais recomendável é trazê-lo da Europa.

A Apple aposta em diversas cores, com destaque para o Verde Meia-Noite (Midnight Green) dos modelos Pro. Ela se tornou a mais procurada nas vendas internacionais.

As novidades dos iPhones

Dá para dividir a linha 2019 em tradicional e Pro. A primeira conta com câmera dupla, inclusive uma ultra wide que consegue capturar parcela maior da paisagem ou número maior de pessoas. O recurso é tido como um dos principais diferenciais, junto com as esperadas melhorias no poder de processamento – agora com o chip A13 Bionic.

A linha Pro marca a chegada da câmera tripla aos telefones da maçã. O acréscimo em relação ao iPhone 11 regular está na lente teleobjetiva, capaz de um zoom de 2x. O smartphone consegue chegar mais perto da pessoa que está sendo fotografada. Os modelos Pro também têm tela em painel OLED, tecnologia superior ao LCD encontrado no modelo regular.

A bateria foi reforçada para durar entre uma e cinco horas a mais do que na geração passada. A Apple não chegou a divulgar a estimativa oficial de autonomia de uso, mas é sabido que o novo processador garante maior eficiência energética e os celulares também contam com mecanismos para que o desgaste da bateria seja mais lento.

Os criadores do telefone apostam tanto na robustez do equipamento que produziram um vídeo publicitário em que o iPhone 11 Pro resiste a pancadas de diversos objetos arremessados com o auxílio de um ventilador industrial. Até um bolo de casamento caiu sobre o produto certificado, que tem certificação contra água e poeira.[

O slofie também ganhou destaque na comunicação da empresa. Mistura de selfie e slow motion, a palavra indica os vídeos em câmera lenta capturados com o sensor frontal do aparelho. Gostaram tanto da ideia que pediram para registrar o nome.

Ficha técnica do iPhone 11

Tamanho da tela: 6,1 polegadas
Resolução da tela: 1792 x 828 pixels
Painel da tela: LCD
Câmera principal: dupla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 128 GB e 256 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 194 gramas
Cores: preto, verde, amarelo, lilás, vermelho e branco
Anúncio: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 20 de setembro de 2019
Preço de lançamento: a partir de US$ 699 (cerca de R$ 2.930 em conversão direta)

Ficha técnica do iPhone 11 Pro

Tamanho da tela: 5,8 polegadas
Resolução da tela: 2436 x 1125 pixels
Painel da tela: OLED
Câmera principal: tripla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 256 GB e 512 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 188 gramas
Cores: dourado, cinza espacial, prata e Verde da Meia-Noite
Anúncio: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 20 de setembro de 2019
Preço de lançamento: a partir de US$ 999 (cerca de R$ 4.185 em conversão direta)

Ficha técnica do iPhone 11 Pro Max

Tamanho da tela: 6,5 polegadas
Resolução da tela: 2688 x 1242 pixels
Painel da tela: OLED
Câmera principal: tripla, 12 megapixels
Câmera frontal (selfie): 12 megapixels
Sistema: iOS 13
Processador: Apple A13 Bionic
Memória RAM: não informado
Armazenamento (memória interna): 64 GB, 256 GB e 512 GB
Cartão de memória: sem suporte
Capacidade da bateria: não informado
Dual SIM: sim (nano SIM e eSIM)
Peso: 226 gramas
Cores: dourado, cinza espacial, prata e Verde da Meia-Noite
Anúncio: 10 de setembro de 2019
Lançamento: 20 de setembro de 2019
Preço de lançamento: a partir de 1.099 (cerca de R$ 4.600 em conversão direta)

Globo, via Techtudo

 

FOTOS: Armas & Bagagens agradece o apoio do Exército Brasileiro no controle da venda de armas e munições legalizadas

Fotos: cedidas

A empresa Armas & Bagagens agradece o apoio do Exército Brasileiro no controle da venda de armas e munições legalizadas.

Fiscalizada como todas as empresas do segmento na operação Alta Pressão 9, em ação realizada em toda a região Nordeste, com fiscais militares e apoio da Polícia Militar e Secretaria de Tributação, mais uma vez, a Armas & Bagagens com 74 anos de vida e referência, foi inspecionada e só recebeu elogios.

Para quem passou em frente ao estabelecimento e visualizou o forte aparato militar, não se preocupe, a terceira guerra não começou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno Milla Tech disse:

    Vamos aguardar que se abra mais e mais lojas de armas e munições no nosso estado!!! E que venha o porte se arma definitivo para nós atiradores desportistas!!!

  2. Shamu disse:

    Empresa top de verdade,parabéns👏👏👏

  3. Carlos Bastos disse:

    Isso é frescura

  4. Magnus Delgado disse:

    Extremamente louvável a atitude do nosso Glorioso Exército, na fiscalização dessa atividade que deve servir unicamente aos cidadãos de bem, como vem fazendo essa quase centenária Empresa, da qual sou feliz cliente há mais de 30 anos. Parabéns ao EB bem como à A&B, cada um deles desenvolvendo de forma segura e em rigorosa observância à legislação em vigor, as suas atividades. Só não vejo necessidade, muito pelo contrário, considerei totalmente desarrazoado o aparato bélico e a operação de guerra, dignos de uma batalha épica, que se posicionou na frente da Loja, assustando clientes como eu, que ia comprar com meu filho de 08 anos uma vara de pesca mas saí às pressas temeroso e sem efetuar a compra. Pensei que alguém de extrema periculosidade estava lá dentro fazendo reféns. Uma simples fiscalização burocrática não precisa de FAL´s e outros tantos exageros que presenciei.

  5. Luiz Souto disse:

    Meu amigo, passei la na frente e pensei que era Trump que tava em Natal!!! Nem no tempo da força nacional eu via tanta gente do exercito assim na rua!! Era bom que tivesse uma loja dessa em mais canto de Natal e essa fiscalização fosse o ano todo! Pense numa cidade que ia ser segura!!

Secretária de administração do Estado diz que governo deverá vender 49% da Caern em 2020

Em entrevista nesta terça-feira(03), ao programa Meio-Dia, com o BG, a secretaria de administração do estado do Rio Grande do Norte, Virgínia Ferreira, disse que o Governo do Estado deverá vender 49% da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte(Caern) em 2020.

A entrevista completa poderá ser conferida nesta tarde no vídeo completo do programa  Meio-Dia RN, via Youtube, e neste blog.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chagas disse:

    Isso é uma farsa.

  2. Morais disse:

    Alguns serviços são vitais para a população. É o caso do setor de saneamento que não pode ser encarado como algo meramente comercial. Não se trata de gerar lucros pra atender às necessidades do mercado ou do Estado, cobrindo déficits de outros setores. O sistema deve ser gerido, muito bem gerido, para melhorar a qualidade do que é oferecido e se manter ao longo dos anos. Água é vida! Deve ser retirada da natureza e devolvida em condições satisfatórias. Não se trata de um bem que se espera comercializar e ter retorno imediato do capital investido. Em um país como o Brasil e um estado como o RN, de grandes desigualdades sociais, qual parcela da população tem condições de pagar por um serviço privado que aguarda desde já pelo retorno do capital investido? Haja gente pegando água de fontes poluídas pra sobreviver…por menos tempo!

  3. Tarcísio Eimar disse:

    CAERN só dá prejuízo, tem município q a empresa atende por obrigação mas q não é viável financeiramente. Quero ver quando privatizar tudo se os "donos" vão querer atender esses pobres municípios.

  4. Rosi Sampaio disse:

    Tem que vender é tudo! Empresa ineficiente, que só serve de cabide de emprego. Não dá lucro pq é mal gerida. Foi a primeira empresa que eu vi uma pessoa externa tirar licença de um funcionário. Um absurdo!

  5. Carlos disse:

    Kkkkkkk… quem comprará uma empresa , que a administração ficará com o governo? Onde os salário são sem noção? Que dá prejuízo a muitos anos… piada

  6. Deb&Loide disse:

    O primeiro lote será de 49%, depois venderá o restante.

  7. Dilma disse:

    CANALHAS, votei porquê prometeram que não entregariam a caern. Isso é uma fraude eleitoral.

  8. Zanoni disse:

    PT de esquerda só tem a anedota. Já decidiu pir isso no primeiro ano de mandato. Oh partido escroto.

  9. Luciana Morais Gama disse:

    Quem é o investidor doido de comprar 49% e o estado continuar “administrando”.

  10. PAULO disse:

    BG
    E quem é o trouxa que vai comprar 49% e ficar a mercê da pelegagem??

Petrobras assina acordo com o Cade para venda de refinarias

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Petrobras assinou nesta quarta-feira (12) o Termo de Compromisso de Cessação (TCC) firmado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que prevê a venda de oito das 13 unidades de refino da empresa, o que corresponde a cerca de 50% da capacidade de refino da Petrobras. O acordo, aprovado ontem (11) pelo conselho, põe fim a uma investigação do órgão regulador sobre possível prática de abuso de posição dominante pela Petrobras no segmento de refino.

A proposta foi apresentada pela empresa no início do mês, após o Cade ter aberto inquérito para investigar se a Petrobras abusava de sua posição dominante no refino de petróleo, uma vez que a estatal detém 98% do mercado de refino do país. A investigação apuraria se empresa estaria usando de sua posição para determinar o preço dos combustíveis e evitar a entrada de novos concorrentes. A Petrobras tem até 2021 para realizar a venda das refinarias.

O plano prevê, além do desinvestimentos em ativos relacionados a transporte de combustíveis, na BR Distribuidora, a venda de oito refinarias: Abreu e Lima (RNEST), Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), Landulpho Alves (RLAM), Gabriel Passos (REGAP), Presidente Getúlio Vargas (REPAR), Alberto Pasqualini (RFAP), Isaac Sabbá (REMAN) e Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (LUBNOR).

O acordo também prevê que as refinarias RLAM, RNEST, REPAR, REFAP e REGAP não poderão ser adquiridas por um mesmo comprador ou empresas de um mesmo grupo econômico por serem considerados como potencialmente concorrentes.

“O cronograma e o cumprimento dos compromissos assumidos junto ao CADE serão acompanhados por um agente externo, a ser contratado pela Petrobras, segundo especificações a serem estabelecidas em comum acordo”, disse a Petrobras em comunicado ao mercado.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Robert disse:

    O principal troféu da Lavajato sendo preparado para ser entregue aos patrocinadores de tudo isso que estamos assustimos: golpe tirando a presidente eleita Dilma por pedaladas fiscais, a prisao e impedimento da candidatura de Lula e a eleição desse lunatico incompetente .
    Desde o começo, o principal motivo era nosso petróleo que despertou a ganância do Tio San com a descoberta do Pré sal.
    Ou é só coincidência que o mesmo estrategista e marqueteiro de Trump e também o de Bozonaro?

ABC: zagueiro é anunciado como reforço, e clube abre venda de ingressos para duelo contra o Imperatriz/MA neste sábado no Frasqueirão

Nessa terça-feira (4), o presidente abecedista, Fernando Suassuna, anunciou a contratação do zagueiro Douglas, que estava na equipe do Atlético/GO.

O defensor, 24 anos, chega por indicação do treinador Sérgio Soares. Douglas vem por empréstimo e fechou contrato com o alvinegro até o término da disputa do Campeonato Brasileiro da Série C.

A chegada do zagueiro a Natal (RN) deve acontecer até a próxima sexta-feira (7). Conheça um pouco mais do reforço:

Douglas Matheus do Nascimento – Douglas
Posição: Zagueiro
Nascimento: 23/03/1995 (24 anos)
Naturalidade: Santa Cruz do Sul (RS)
Altura: 1m90 Peso: 89 kg
Clubes: Juventude/RS (2015), Veranópolis/RS (2016), Pelotas/RS (2016), Barra/SC (2016), Veranópolis/RS (2017), São Bernardo/SP (2017-2018), Red Bull Brasil/SP (2018) e Atlético/GO (2019).

ABC x Imperatriz-MA: ingressos já estão à venda

No próximo sábado (8), o alvinegro receberá a equipe do Imperatriz/MA, às 16h, no Frasqueirão. Os ingressos já estão à venda no Espaço Mais Querido e demais pontos físicos distribuídos por Natal e Grande Natal.

INGRESSOS

Os ingressos para o setor de arquibancada custam o valor de R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). Para o setor de cadeira, os valores são R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia).

PONTOS DE VENDA
Espaço Mais Querido, ERK Sports, Livraria Câmara Cascudo (Parnamirim), On Line For Men (Norte Shopping, Via Direta e Parnamirim), Bazar São Paulo (Alecrim), Sport Master (Norte Shopping) e, no dia da partida, nas bilheterias do Frasqueirão.

ARQUIBANCADA:
R$ 30,00 / R$ 15,00

CADEIRA:
R$ 60,00 / R$ 30,00

Confira o horário de funcionamento dos pontos de venda:

Espaço Mais Querido – Frasqueirão:
Segunda-feira à sexta-feira: 9h às 17h30
Sábado: 9h às 13h

ERK Sports – Barro Vermelho:
Segunda-feira à sexta-feira: 9h às 18h
Sábado: 9h às 13h

Bazar São Paulo – Alecrim:
Segunda-feira à sexta-feira: 8h às 17h
Sábado: 8h às 12h

Livraria Câmara Cascudo – Parnamirim:
Segunda-feira à sexta-feira: 8h às 18h
Sábado: 8h às 16h

On Line For Men – Norte Shopping:
Segunda-feira à sábado: 10h às 22h

On Line For Men – Via Direta:
Segunda-feira à sábado: 9h às 21h

On Line For Men – Parnamirim:
Segunda-feira à sexta-feira: 8h às 18h
Sábado: 8h às 12h

Sport Master – Norte Shopping:
Segunda-feira à sábado: 10h às 22h

Bilheteria – Frasqueirão:
No dia da partida, a partir das 9h

Informações: (84) 3346-9100
www.abcfc.com.br

Com informações do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO disse:

    Vamos ter calma, o treinador está conhecendo o time… Eu só espero que ele conheça logo esse time, pq já foram 3 derrotas em 3 jogos.

Ingressos para rodada dupla do Estadual neste domingo na Arena das Dunas estão à venda

Jogos acontecem neste domingo (27), com os confrontos entre Santa Cruz e Assu, às 15h, e América e Globo FC às 17h20. Partidas são válidas pela quinta rodada da Copa Cidade do Natal

Os ingressos para a rodada dupla do Campeonato Potiguar na Arena das Dunas, que acontece no próximo domingo (27), já estão à venda. O primeiro jogo será entre Santa Cruz e Assu, a partir das 15h. Na sequência, entram em campo América e Globo FC, às 17h20. As partidas são válidas pela quinta rodada da Copa Cidade do Natal, equivalente ao primeiro turno da competição.

Os portões da Arena das Dunas serão abertos às 14h. O acesso das torcidas de Santa Cruz, Assu e Globo FC será pelo portão A, enquanto que os torcedores do América terão entrada pelos portões M, N e Q. O portão D (área de hospitalidade da Arena) será reservado para a torcida mista e cadeiras premium. Até sábado (26), os ingressos serão vendidos ao preço de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia/convênios). No dia do jogo, os valores passam para R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia/convênios).

Além do site da Arena das Dunas, os ingressos podem ser comprados na loja Sport Master (Midway, Cidade Jardim e Zona Norte); na loja Gol Store (Avenida Prudente de Moraes); na loja ERK (Tirol) e na Sede do América. No dia do jogo, a bilheteria 1 do Portão T estará aberta, a partir das 13h, para a venda de ingressos destinados à torcida do Santa Cruz, Assu e Globo e a bilheteria 2 do portão L para os torcedores do América.

Confira os preços:

> Até sábado (26 de janeiro)

Arquibancadas: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia/convênios)

Cadeiras Premium: R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia/convênios)

> No domingo (27 de janeiro)

Arquibancada: R$ 40 (inteira) e R$20 (meia/convênios)

Cadeiras Premium: R$ 80 (inteira) e R$40 (meia/convênios)

As informações são da FNF

Searh realiza leilões nesta sexta-feira em Natal para a venda de veículos, terreno e equipamentos

A Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos realiza dois leilões nesta sexta-feira (30), na Escola de Governo, no Centro Administrativo. No primeiro leilão, marcado para as 9h, em lote único, será leiloado um terreno localizado na Avenida Antônio Basílio, em Natal.

No segundo, marcado para as 10h, serão 162 lotes para a venda de carros, sucatas de veículos, motocicletas e equipamentos diversos (eletrônicos, móveis).

Os lances poderão ser realizados simultaneamente pela internet (para quem realizou o cadastramento prévio), no site de Leilões Araújo (realizador dos leilões), e presencialmente. Os editais e a composição dos lotes podem ser acessados no endereço eletrônico:http://www.leiloesaraujo.com.br/

CEI Romualdo vendeu 51% de sua composição e poderá mudar de nome; pais questionam se metodologia de ensino vai mudar

Pais e alunos do Centro Educacional Integrado (CEI) da Romualdo Galvão indagam se a venda do colégio terá implicações na metodologia e ensino atualmente ofertados.

Nessa quinta-feira (8), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra de 51% do capital social do Centro de Educação Integrada (CEI) pela Somos Operações Escolares, empresa do Grupo Tarpon.

A transação foi noticiada em primeira mão pelo BlogdoBG, que divulgou, contudo, que a venda era de 28%.

O parecer foi publicado no site do Cade. O controle do CEI, atualmente, é detido por pessoas físicas. Com a venda, o grupo majoritário poderá mudar o nome da instituição, mas nenhum dos colégios que ele adquiriu teve seu nome modificado.

Como desdobramento da negociação, o CEI passará a deter a integralidade do capital social da escola Infantil Primeiros Passos e da SL Noventa Centre Educacional.

A operação viabiliza a expansão de prestação de serviços de educação básica do Grupo Tarpon na região Nordeste, a partir do ingresso no mercado de educação em Natal, capital do Rio Grande do Norte, de acordo com informações do Cade.

A Somos é uma holding integrante do Grupo Tarpon, subsidiária integral da Editora Ática, que atua como prestadora de serviços educacionais.

Com informações do Globo

CEI Romualdo vende 28% de sua composição para maior grupo de educação básica do Brasil

por Dinarte Assunção

O Grupo Somos adquiriu 28% do CEI Romualdo Galvão. A transação foi fechada e ocorreu após longo período de negociação. Será a segunda unidade do grupo no Nordeste.

A Somos Educação é, hoje, o principal grupo privado de educação básica do Brasil. Ele se formou a partir do grupo Abril Educação. Além de escolas, tem produtos próprios de ensino, além de editoras.

Possui atualmente as seguintes escolas: Anglo 21 (SP), Centro Educação Sigma (Brasília), Colégio e Curso PH (RJ), Colégio Integrado (Goiânia), Colégio Maxi (Cuiabá), Colégio Motivo (Recife) e Escola Chave do Saber (Cuiabá). Todos são referência de excelência educacional em suas cidades.

O CEI surgiu em 1972. Em 2009, se dividiu em dois colégios, unidade Mirassol e Romualdo Galvão, que agora vendeu 28% de sua participação para o Grupo Somos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Leitor assíduo disse:

    Pelo que li e recebi da escola, a parceria foi informada aos pais no começo de Fevereiro. Talvez Alldo não tenha filhos no CEI, ou não cheque seus emails.

  2. Alldo disse:

    Deveria ter sido informado aos pais que esta negociação estava ocorrendo.

FOTO: Casal vende tudo para viver navegando, mas barco afunda em dois dias

O casal americano Tanner Broadwell e Nikki Walsh decidiu abandonar tudo em busca de um sonho: navegar pelo mundo. Eles venderam todos os bens que possuíam para comprar um pequeno veleiro, com cerca de dez metros de comprimento. Na semana passada deram início à jornada, mas ela foi interrompida apenas dois dias após zarparem em direção à Key West.

Na noite de quarta-feira, o veleiro se chocou contra alguma estrutura submersa quando o casal passava por Madeira Beach, na Flórida.

— Nós batemos em alguma coisa que estava a cerca de 2 metros de profundidade e o barco parou completamente — contou Broadwell, à emissora WFTS.

A água começou a invadir a cabine e o sonho de Broadwell e Nikki se transformou num pesadelo. Eles enviaram um pedido de socorro e só tiveram tempo para pegar documentos, dinheiro, um celular e o cachorro de estimação Remy.

Segundo o “Tampa Bay Times”, o navio de resgate chegou cerca de uma hora depois, mas o local era muito raso para a aproximação. Então, o casal teve que se jogar ao mar, deixando para trás o barco naufragando.

— Tudo que eu trabalhei, tudo que juntei desde que era criança, eu trouxe comigo — lamentou Nikki. — Está tudo boiando indo embora e eu não posso fazer nada.

Broadwell e Nikki deixaram o Colorado ano passado após venderem todos os bens, incluindo um carro, para comprar o veleiro Lagniappe por US$ 5 mil. Eles investiram outros US$ 5 mil para deixar o barco pronto para a aventura de suas vidas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alexandre Magno disse:

    Parabéns pela coragem de largar tudo e ir em busca de um sonho. Com certeza, se nao ouver revolta, receberão de volta com juros

  2. Dr. Veneno disse:

    Rsrsrs.
    O q o cara conseguiu juntar na vida foi U$ 10.000 ??
    Mereceu ser naufragado mesmo.

  3. Feyb10 disse:

    esse casal me representa na vida…kkkkkkkkkk

Instituto de Radiologia está sendo vendido para gigante de medicina de imagem

Resultado de imagem para instituto de radiologia natalO Instituto de Radiologia, o maior centro de imagens do estado do RN com serviço de excelência, está sendo vendido para a Rede Fleury, uma das maiores de medicina de imagem do Brasil. O martelo definitivo deve ser batido nos primeiros dias de janeiro após o fechamento dos últimos detalhes.

A cifras bate na casa dos 9 dígitos, conforme apurou o Blog do BG.

Foram vários meses de negociação e auditoria até chegarem ao valor final, que será pago no decorrer de 2018

O Instituto de Radiologia foi fundado em 1967 pelos médicos radiologistas José Jorge Maciel, eleito diretor presidente, Paulo Frassinete Bezerra, diretor financeiro e pelo acadêmico de medicina Olímpio Maciel. No decorrer dos anos passou a ser sócio o médico Zeca Passos.

Já a rede Fleury foi fundada em 1926 em São Paulo pelo médico Gastão Fleury Silveira. Em 2015, médicos sócios concluíram a venda de suas ações, equivalentes a 13,0% do capital social da Grupo Fleury, para a Advent International. A partir dessa operação, a companhia passou a ter uma nova estrutura societária.

Segundo ranking da revista Exame, a Fleury fechou 2016 com valor de mercado de mais de R$ 6 bilhões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Isaura amelia disse:

    Dr. Silvino Lamartine também esteve no Instituto de Radiologia de Natal,

  2. Isaura amelia disse:

    Esqueceram dr. Silvino Lamartine na formação do instituto de radiologia de Natal

AINDA MAIS SIGILO: Farmácias de Natal passam a vender teste rápido de HIV

por Dinarte Assunção

Já está sendo comercializado na rede de farmácias de Natal o teste rápido de HIV, até então disponível apenas na rede pública e feito com supervisão de profissionais, o que inibia, por medo ou vergonha, muitas pessoas de realizá-lo.

Em levantamento em algumas drogarias, o blog detectou que o preço do teste tem média de R$ 80,00.

O exame, aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em maio, detecta a presença dos anticorpos contra o vírus HIV a partir da coleta de gotas de sangue.

O exame traz o dispositivo de teste, um líquido reagente, uma lanceta para furar o dedo, um sachê de álcool e um capilar (tubinho para coletar o sangue) e o resultado demora de 15 a 20 minutos para sair.

O recomendável é que o teste só seja feito após 30 dias depois da relação de risco, tempo em que o corpo produz anticorpos contra o HIV.

Secretário sugere venda da Potigás e concessão do Centro de Convenções para desafogar caixa do RN

O secretário Extraordinário para Gestão de Projetos e Metas de Governo, Vagner Araújo, defendeu, em entrevista à Tribuna do Norte, a venda de ativos do Estado como saída, a médio prazo, para a crise financeira enfrentada pelo Rio Grande do Norte.

Ao matutino, Araújo listou quais equipamentos poderiam ser incluídos na lista de ativos: o Centro de Convenções, em modelo de exploração por concessão, e ativos da Potigás.

As informações sobre a estatal de gás incluíram a divulgação de negociação entre o Estado e a Gaspetro, subsidiária da Petrobas. “O Estado tem essa opção porque [a Potigás] é uma empresa que hoje não está com função social”, defendeu Vagner Araújo.

A curto prazo, Vagner, que também é titular do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), explicou que a única saída são os aportes de recursos por duas vias: liberação do governo federal e contratação de empréstimos.

Segundo explicou, há a sinalização imediata por parte do governo Temer da liberação de R$ 500 milhões. Além disso, há duas operações de crédito autorizadas pela Assembleia Legislativa, de R$ 698 milhões junto à Caixa Econômica, e de R$ 850 milhões junto ao Banco do Brasil. Os empréstimos dependem apenas de aval do Tesouro Nacional.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Magno disse:

    Isso é errado, é medida paliativa não resolve. E quando o dinheiro acabar vai fazer o quê? Rasparam o dinheiro dos veinhos pra pagar folha e não resolveu. O que resolve amigos é tornar o Estado menor dentro do orçamento, não pode gastar mais do que arrecada, agora pra fazer essas contas fecharem , é muito fácil, vai na UFRN e SEBRAE que lá tem gente capacitado pra fazer, mais pra isso tem que ter CORAGEM e deixar a politicagem de lado, pensando apenas no Rio Grande do Norte. Aí da certo.

  2. Ana disse:

    Deixa o povo saber kg.

  3. Jacio Maranhão disse:

    Vamos governador de uma solução falta três folhas o prefeito já pagou novembro dia 20 paga o décimo

  4. Joao disse:

    Nao seria melhor reduzir despesa oferecendo ate de graca a UERN? Ali nao gera lucro nem impostos ao Estado.. so é um poço sem fundo que vive de greve e oferta cursos pra alunos dos Estados vizinhos custeado com o nosso ICMS…. A potigas é uma empresa que parece nunca ter dado prejuizo ou despesa ao Estado e ainda arrecada ICMS.. e o centro de convençoes pode dar lucro e atrair turismo de eventos, so deve estar mal administrado se estiver no prejuizo.

    • Dilermando disse:

      Sem falar que todo o custo com a UERN poderia ser investido na educação básica (esta sim, de responsabilidade do Estado). Não tem porque o Estado se meter em ensino superior, que é de competência do Governo Federal.

  5. Fora PT Cramunhão disse:

    Santa Catarina pagou o mês de Novembro no dia 30 de Novembro, vai pagar o décimo terceiro no dia 15 de Dezembro e vai pagar o mês de Dezembro no dia 22 de Dezembro antes de terminar o mês. Santa Catarina vai injetar mais de R$ 2 bilhões de reais na economia em menos de um mês.

  6. Dilermando disse:

    Esse aí mostra total desconhecimento dos ativos do Estado. Caso se desfaça da Potigás, o governador pode dar adeus as poucas indústrias que ainda se mantém no Estado graças ao subsídio do gás incentivado (RN Gás Mais, antigo Progás), além do que o capital do Estado é pequeno devido sua fatia de participação enquanto acionista. O Centro de Convenções também é muito mal aproveitado e poderia gerar um retorno bom se bem administrado. A pergunta é: A QUEM interessa a venda desses ativos???

  7. Paulo disse:

    Desta vez foi prometido para quem a venda ? é igual ao caso da JBS da promessa de compra e venda da Caern ? o Governo do RN querendo reduz muita coisa mais estamos a poucos meses da eleição vai reduzir não ne?

  8. Paulo disse:

    Deveria começar logo reduzindo pela metade os cargos de comissão , os serviços prestados, os convenios que não resolvem nada, e reduzir a verba com publicidade , os celulares,

  9. paulo martins disse:

    O portfólio de nulidades governamentais é bem mais extenso: Parque Aristófanes Fernandes (Festa do Boi), Aeroclube Natal, Estádio Juvenal Lamartine, Hotel Barreira Roxa, Parque das Dunas, Ceasa, Uern, a participação no Arena das Dunas…
    Se é por falta de dinheiro, governador, eu te dou trabalho na feira: se você não quiser tem quem queira.
    Se te dou esse conselho é pra tu sair dessa pasmaceira: se você não quiser tem quem queira.

    • Dono da OAS disse:

      Pode retirar estes bens amigo. Já estão todos em garantia ao consórcio elefante branco Arena da Dunas,inclusive os royaltes do petróleo.

    • País podre disse:

      Dono da OSA, esse foi grande legado da COPA! Ainda teve um bocado de imbecil que vibrou e acreditou nesse legado. Parece que não conhece o país dos corruptos em que vive. E viva o legado da Copa! ????????????????

    • LULADRÃO disse:

      Concordo. Os governos em todas as esferas devem diminuir o máximo que puderem o seu tamanho. A iniciativa privada é mais competente e menos burocrática na administração e solução dos problemas.

  10. José de Arimateia disse:

    O secretário mostra total desconhecimento do que é a Potigás. A empresa exerce sim importante papel social na atração e manutenção de indútrias que geram emprego e renda no Estado, além de fomentar o uso de um combustível de baixa emissão em substituição a combustíveis poluentes como a lenha e óleo combustível. Além disso, o valor da participação societária na companhia, que hoje é de 17%, não chega a valor R$ 20 MIlhões. O que é que o Estado consegue pagar com esse valor? A empresa é superavitária, deu lucro todos os anos e pagou dividendos ao Estado no valor de R$ 6 Milhões no ano passado e investe todos os anos R$ 10 Milhões na expansão de sua rede para atender a novos clientes.

  11. Felipe disse:

    #PrivatizaTudo

    • Pato Amarelo disse:

      Kkkkkk, inclusive segurança, saúde e educação. Em um Estado onde todos são ricos e podem pagar, não há problemas………………….
      Essa forma de pensamento é tudo que os políticos profissionais mais gostam de ver.

Venda de combustíveis no mercado brasileiro caiu em 2015

gasolina-precio-de-gasolinaAs vendas de combustíveis no mercado brasileiro registraram queda de 1,9% em 2015, somando 141,811 bilhões de litros na comparação com o ano anterior, quando atingiram 144,541 bilhões de litros. Os dados foram divulgados hoje (2), no Rio, pelo superintendente adjunto de abastecimento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Rubens Freitas, durante o 11º Seminário de Avaliação do Mercado de Derivados de Petróleo e Biocombustíveis da ANP.

“Esperamos que seja um comportamento em função da própria queda da economia. Acredito que deve espelhar o que aconteceu ao longo de 2015”, afirmou o diretor da ANP, Waldyr Barroso, sobre a expectativa de vendas de combustíveis para este ano.

Gasolina

A comercialização de gasolina C alcançou 41,137 bilhões de litros, enquanto que em 2014, foram vendidos 44,364 bilhões de litros. O resultado representa queda de 7,3%. Também houve redução (4,7%) na comercialização do diesel B, passando de 60,032 bilhões de litros para 57,211 bilhões de litros, na comparação do mesmo período.

Rubens Freitas informou que a dependência externa de gasolina pelo Brasil está em torno de 30 mil barris/dia e, embora, possa parecer pouco, não se deve relaxar, porque dependendo da situação o nível pode aumentar. Ele informou que o Brasil tem a média de 0,3 automóvel para cada habitante, o que significa menos da metade de países do primeiro mundo.

“Então, é uma demanda reprimida gigantesca, e qualquer programa de crescimento do PIB, associado à redistribuição de renda, ou qualquer R$ 200 a mais por mês que se coloque na conta de 100 milhões de brasileiros de classe C e D, isso vai refletir de uma forma exponencial no consumo de ciclo Otto [etanol hidratado e gasolina C]. Há uma demanda reprimida.”

Fonte: Agência Brasil

Governo Federal pretende arrecadar R$ 1,769 bilhão com venda de imóveis e terrenos

O governo federal pretende arrecadar R$ 1,769 bilhão com a venda de imóveis e terrenos a partir do ano que vem, além dos R$ 94,8 milhões previstos em portaria publicada nesta quarta-feira (26) no Diário Oficial da União. Além disso, visando a substituir gastos com aluguel, construirá seis anexos em prédios da Esplanada dos Ministérios em parceria com a iniciativa privada, a nova sede da Receita Federal e reformará dois prédios. As informações foram divulgadas hoje pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

As medidas fazem parte de um esforço de redução de despesas e racionalização de gastos da União. O Planejamento informou que vai autorizar a alienação de 119 imóveis, com valor estimado em R$ 522 milhões, em 2016. Também está prevista a venda de imóveis sem interesse para o serviço público no Distrito Federal, além da alienação de 30 terrenos com valor estimado em R$ 649 milhões. Por fim, serão vendidos 530 imóveis funcionais, com previsão de arrecadação de R$ 598 milhões.

Já a construção de seis anexos na Esplanada dos Ministérios prevê investimentos de R$ 876 milhões. Também será construída a segunda sede da Receita Federal, com custo estimado em R$ 495 milhões. A economia com alugueis, segundo o Planejamento, começará a partir do terceiro ano das obras. O custo total da construção dos anexos e do prédio da Receita, em 12 anos, será de R$ 1,371 bilhão, e a redução da despesa com aluguel, no mesmo período, ficará em R$ 1,363 bilhão.

Por fim, está prevista a reforma do Bloco O da Esplanada, onde funciona atualmente a Secretaria de Assuntos Estratégicos, por R$ 65 milhões, e do edifício da Siderúrgica Brasileira (Siderbras), com investimento estimado de R$ 27 milhões. De acordo com o Planejamento, as reformas também ajudarão na substituição de aluguel.

De acordo com o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, a venda dos imóveis e terrenos proporciona receita “substancial” para o governo em um momento de reestruturação fiscal. “[A venda] melhora a gestão pública e a utilização dos imóveis e terrenos urbanos. Além disso, há um novo sistema de reforma e construção de imóveis públicos através de contrato de aluguel a longo prazo, que se assemelha a uma parceria público-privada”, afirmou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mario disse:

    A onde estão as autoridades para impedir isso?? Onde estão os petistas para impedirem isso?? Acabou os guardiões das privatarias?? Cadê a Senadora Fátima?? E o deputado Fernando Mineiro, dois críticos ferrenhos contra quem vende patrimônio públicos. Vão ficar calados, só assistindo é ??

  2. Malu disse:

    Estão vendendo tudo para cobrir o rombo que fizeram

ARENA DAS DUNAS: Ingressos para ABC x Portuguesa/SP estão à venda

O ABC volta à Arena das Dunas nesta terça-feira (12), para enfrentar a Portuguesa/SP pela 16ª rodada do Brasileirão. Os ingressos para a partida já estão à venda online e serão disponibilizados para venda em pontos físicos na manhã desta segunda-feira (11).

Além do site da Arena das Dunas, o torcedor alvinegro poderá comprar seu ingresso em mais oito pontos de venda. São eles: ABC Store, Livraria Câmara Cascudo (Centro e Parnamirim), Sorveteria SterBom (Midway e Zona Norte), bilheteria do Frasqueirão e bilheteria da Arena das Dunas.

Os torcedores que comprarem seu ingresso antecipado pagará um valor promocional. O preço das entradas variam de R$ 15,00 (Meia-entrada 1º Anel Leste) a R$ 70,00 (Inteira Cadeiras Premium).

Ingressos:

– 1º Anel Norte

Antecipado: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada)

Dia do jogo: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada)

– 1º Anel Leste

Antecipado: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada)

Dia do jogo: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia-entrada)

– 1º Anel Noroeste:

Preço único: R$ 60,00 (inteira) e R$ 35,00 (meia-entrada)

– Cadeiras Premium:

Antecipado: R$ 70,00 (inteira) e R$ 35,00 (meia-entrada)

Dia do jogo: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia-entrada)

A venda antecipada com desconto no ingresso é válida somente até hoje. A promoção não será prorrogada.

Pontos de Venda

– ABC Store: Segunda-feira: 9h às 18h. Terça-feira: 9h às 15h.

– Bilheteria do Frasqueirão: Segunda-feira: 9h às 18h. Terça-feira: 9h às 15h.

– SterBom Midway: Segunda-feira: 10h às 19h.

– SterBom Nordestão do Santa Catarina: Segunda-feira: 8h às 19h.

– Livraria Câmara Cascudo (Centro): Segunda-feira: 8h às 18h.

– Livraria Câmara Cascudo (Parnamirim): Segunda-feira: 8h às 18h.

– Colchões OrtoBom (Natal Shopping): Segunda-feira: 10h às 19h.

– Bilheteria da Arena das Dunas: Segunda-feira: 11h às 17h. Terça-feira: 11h às 20h15.

– Online (www.arenadasdunascom.br/ingressos): Terça-feira: Até às 19h30

Com informações do site do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Clóvis disse:

    Alguém pode explicar a situação, até ano passado o melhor e não negociável campo para jogo era do abc e agora só quer jogar no arena, o que houve?
    Deviam ficar lá no campinho deles, recolhidos ao próprio egoísmo e entendimento mesquinho de negócio no futebol. As coisas mudam!!!!!

  2. elton disse:

    SO ESPERO QUE NÃO ACONTEÇA O MESMO QUE OCORREU NO JOGO CONTRA O VASCO, TORCEDORES SUBIRAM NAS CADEIRAS E QUEBRARAM ALGUMAS. TEM UMA FOTO NO JORNAL TRIBUNA DO NORTE DE UMA MULHER EM CIMA DA CADEIRA, PA NÃO VAI SUBIR EM CIMA DA CADEIRA DA SUA CASA? MAU EDUCADA.