Diversos

Lagoas de captação de Parnamirim seguem preparadas para o período de chuvas

Foto: ASCOM

Com a aproximação do período de chuvas, as lagoas de captação de Parnamirim seguem preparadas para realizar o trabalho de detenção das águas pluviais. O sistema de drenagem urbana do município é composto por 19 reservatórios e a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) é responsável pela limpeza e manutenção dessas lagoas.

O secretário titular da pasta, Charles Quadros explica que este trabalho é realizado de maneira periódica. Nos 6 meses antecedentes ao período de chuvas, a secretaria inicia toda a manutenção. Além da limpeza e manutenção, que se refere à capinação de parte da vegetação e na retirada do lixo acumulado, é executado também um serviço de desassoreamento dos equipamentos, que consiste na utilização de equipamentos que retiram todo o material sólido que chega às lagoas juntamente com as águas das chuvas.

Segundo o secretário da Semsur, está tudo sob controle, todas as bombas estão funcionando e não há riscos de transbordamento. “Todas as lagoas estão preparadas para o período chuvoso. Nosso trabalho é realizado 6 meses antes e, ao primeiro sinal de chuvas as bombas já são ligadas. Os moradores dessas áreas podem ficar despreocupados, pois a situação das lagoas está sob controle”, disse.

Em casos de emergência, a orientação é ligar para a Defesa Civil pelo número 156 ou para o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Confira a relação dos reservatórios:

1. Aderbal Pessoa – Boa Esperança
2. Antônio Pontes – Parque de Exposição
3. Lagoa do América – Santa Tereza
4. Nova Esperança I – Nova Esperança
5. Nova Esperança II – Nova Esperança
6. Santa Júlia – Nova Esperança
7. Caminho do Sol – Parque das Nações
8. Parque das Orquídeas I – Emaús
9. Parque das Orquídeas II – Emaús
10. Emaús I – Emaús
11. Emaús II – Emaús
12. Nezinho Alves – Nova Parnamirim
13. Nélio Dias I – Nova Parnamirim
14. Nélio Dias II – Nova Parnamirim
15. Araguaia I – Nova Parnamirim
16. Araguaia II – Nova Parnamirim
17. Cidade Verde – Nova Parnamirim
18. Lagoa da MRV – Nova Parnamirim
19. Portal do Jiqui II – Nova Parnamirim

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

MUITA CHUVA – (SALDO DO DIA): Lagoas de captação transbordam e ruas ficam alagadas em Natal e Nova Parnamirim

Foto: Reprodução G1

Pancadas de chuvas pesadas persistiram na capital potiguar nesta quinta-feira(25). Nos poucos instantes de pausa e escoamento de pontos mais críticos de alagamento, minutos após, o reinicio do caos. Para os locais com lagoas de captação próximas, a formação de “ilhas” em vias – e casas invadidas pela volume intenso de água.

Várias lagoas de captação transbordaram em diferentes regiões da capital potiguar. O muro da lagoa do bairro Nova Descoberta cedeu e o volume de água tomou as ruas, na Zona Sul de Natal. Há relatos ainda de lagoas de captação transbordadas nos conjuntos Soledade I, Pajuçara e Jardim Primavera, na Zona Norte, e Pirangi, na Zona Sul da capital. Também houve problema semelhante na avenida Xavantes, no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul da capital.

Na região metropolitana da capital, no bairro Nova Parnamirim, a lagoa de captação da avenida Abel Cabral também transbordou e a água tomou a via.

Com acréscimo de informações do G1

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Lagoas de captação em Natal recebem serviços de limpeza e manutenção nesta segunda

Foto: Prefeitura do Natal

Nesta segunda-feira (22), diversas lagoas de captação da cidade recebem os serviços de limpeza e manutenção, tocados pelos técnicos da Operação tapa buracos, da Prefeitura do Natal, e coordenada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov).

De acordo com o secretário de Obras, Tomaz Neto, as equipes do setor de Conservação estão com o serviço nas lagoas do Pirangi, na zona Sul, e Cidade da Esperança, na região Oeste. “Continuamos com o trabalho iniciado na última semana. Durante os próximos dias, novas lagoas receberão os serviços”, explicou o secretário de Obras Públicas.

Os trabalhos desta segunda-feira serão finalizados com a limpeza de galerias e manutenção da rede de drenagem. “Estamos na lagoa do Xavantes, em Cidade Satélite, e ruas Jaguaribe, no Parque dos Coqueiros, Ferro Cardoso e Teotônio Freire, na Ribeira, e Av. Hermes da Fonseca, no Tirol”, finalizou Tomaz Neto.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Defesa Civil em Natal inicia ciclo de vistorias preventivas nas lagoas de captação de águas de chuva

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) iniciou um novo ciclo de vistorias preventivas nas lagoas de captação de águas pluviais da capital. A medida é realizada pelos agentes da Defesa Civil Municipal que começaram a vistoriar e emitir os laudos das lagoas localizadas na zona Norte da capital. No total, serão averiguadas 56 lagoas distribuídas por toda a cidade.

Até o momento, o processo de vistorias preventivas alcançou 10 lagoas de captação de águas da chuva. Nesta semana, as unidades inspecionadas foram as lagoas de Santarém, José Sarney, Dom Pedro, Vila Verde I, Gramorezinho, Jardim Primavera, Aliança, Parque dos Coqueiros, Panatis e Redinha II, todas na zona Norte. Outras 46 unidades devem ser analisadas nos próximos dias.

A determinação da Defesa Civil é que os agentes analisem toda a estrutura física das lagoas, como também o nível de água, estado das bombas de sucção, necessidade de limpeza e outros pontos importantes para o pleno funcionamento do equipamento em períodos de chuvas.

O titular da Semdes, Paulo Victor Barra, explicou que após a conclusão das vistorias técnicas o Departamento de Defesa Civil irá produzir um relatório atualizado, especificando as situações que podem comprometer o funcionamento regular dos equipamentos. O documento de caráter preventivo será enviado as secretarias municipais que possuem gerência sobre os itens inspecionados, para que as mesmas tomem as providências necessárias para a resolução de cada situação apontada no relatório. “Essa é uma ação importante, pois age preventivamente no intuito de identificar e solicitar as providências para que durante os períodos chuvosos essas lagoas cumpram sua missão e possam evitar transtornos para as famílias residentes nessas proximidades”, disse.

A chefe de Defesa Civil e Vistoria Preventiva da Semdes, Vanessa Duarte, informou que dentro de 10 dias o processo de inspeção das 56 lagoas de captação da cidade deverá ser concluído. “Esperamos que nesse prazo os agentes concluam a coleta de dados das vistorias e em seguida possamos finalizar o relatório, pois iniciamos esse novo ciclo tendo em vista que o último relatórios foi de março deste ano e vimos a necessidade de atualizar essas informações”, comentou.

Na averiguação são avaliados os graus de riscos de cada unidade, como também o funcionamento das bombas de sucção, nível de água acumulado, acúmulo de lixo urbano e outros fatores que podem dificultar o escoamento da água causando o transbordamento e a inundação de ruas próximas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Semurb intensifica ações nas lagoas de captação de águas de chuva

17637A Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), em conjunto com a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) e a Secretaria de Obras e Infraestrutura (Semopi), em parceria com a SubProcuradoria de Meio Ambiente da Procuradoria Geral do Município vem realizando ações para manter as lagoas de capitação em bom estado de conservação. O objetivo é preservar a capacidade de detenção das águas pluviais e evitar possíveis alagamentos decorrentes das fortes chuvas que tem caído sobre a cidade.

Uma delas foi a Lagoa de captação do Pitimbu, que fica na Avenida dos Xavantes, onde foi removida a vegetação e realizado o aprofundamento de alguns trechos da lagoa para evitar a impermeabilização e aumentar a absorção das águas de chuva. O trabalho foi realizado por uma retro-escavadeira e caminhões caçambas, em parceria com a Urbana.

Durante o mês de setembro, a Supervisão de Águas e Solo da Semurb (SAS) em parceria com técnicos da Semopi e Caern, darão continuidade a operação no entorno da Lagoa de captação de Taraocá, situada no conjunto Santarém, zona norte da cidade. A Semurb já fez um trabalho de conscientização junto à população que mora no entorno da lagoa para não fazer ligações clandestinas e nem depositar lixo no local.

Segundo o fiscal Evânio Mafra, a fiscalização vem trabalhando em vários pontos da cidade para evitar esses alagamentos. “Temos trabalhado diuturnamente para reduzir os altíssimos índices de lançamento de efluentes nas vias públicas da cidade, principalmente na Zona Norte, onde o problema parece ser crônico e cultural.”

Em um primeiro momento os fiscais farão um trabalho de notificação e concessão de prazo para que as pessoas suspendam o lançando de efluentes na lagoa, destinando-os a um sistema apropriado. Caso haja desobediência das notificações, se iniciam os processos de autuação e tamponamento das tubulações clandestinas, com possibilidade de multa.

Recentemente a Supervisão realizou um trabalho semelhante no Conjunto Brasil Novo, também na zona norte, acabando com um grande esgoto que corria a céu aberto que danificava o calçamento e interferia na saúde e qualidade de vida dos moradores do entorno. Hoje, moradores, transeuntes e motoristas que trafegam naquela área da cidade não sofrem mais com o mau cheiro da água empossada e os transtornos causados pelo carregamento dos efluentes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Depois de ordem judicial, Prefeitura promete limpeza das lagoas de Natal na próxima semana

Por interino

Ontem,  a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) determinou que a Prefeitura de Natal providenciasse a limpeza das lagoas de captação de Natal em um prazo máximo de 15 dias sob pena de uma multa de R$ 5 mil imposta diretamente a prefeita Micarla de Sousa. A resposta veio de forma rápida. Hoje, através da assessoria, a Prefeitura confirmou que vai retomar a limpeza já na próxima segunda-feira (27). O bolso falou mais rápido.

Confira a notícia 

A Prefeitura do Natal deverá retomar na próxima segunda-feira, 27, os serviços de limpeza das lagoas de captação de águas pluviais. A previsão é de que todas as 60 lagoas existentes na cidade sejam beneficiadas pelo processo que antecede o período de inverno para evitar problemas de alagamentos. A programação será iniciada na Lagoa de São Conrado localizada no bairro de Dix-Sept Rosado.

“A limpeza consta de raspagem no fundo da lagoa, retirada de lixo, mato e metralha, além da sujeira oriunda de ligações clandestinas de esgotos. Iniciada há quatro meses, a ação será desenvolvida agora sem interrupções até que fiquem totalmente limpas”. A informação foi prestada pelo secretário adjunto de Conservação, da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Francisco Pereira Júnior.

Segundo ele, nesta sexta-feira, 24, a equipe da Semopi está recuperando o calçamento da Rua Praia de Ponta Negra, em Ponta Negra; Rua das Flores, no Jardim Progresso, zona Norte; e a lateral do SEBRAE, em Lagoa Nova. Com a conclusão desses serviços, as equipes retornam a programação antiga que beneficia as zonas Leste e Sul da capital potiguar.

Nesses locais, está sendo recuperada a pavimentação, em paralelepípedos, das ruas Américo Vespúcio com a Mário Negócio, no bairro do Alecrim; Cabo de São Roque, em Ponta Negra; e Rua Morais Navarro, em Lagoa Nova. A operação tapa-buraco deverá ser concluída até o final da próxima semana.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *