CPI do BNDES aprova relatório sem indiciamento de Lula e Dilma

Reprodução: Youtube

Por 19 votos a 10, a CPI do BNDES acaba de aprovar o relatório final de Altineu Côrtes.

O texto aprovado é o voto complementar do relator, que retirou Lula, Dilma e outras nove pessoas da lista de indiciados após pressão do PT e do Centrão.

Faltam ser votados os destaques. Os três que pediam a volta dos ex-presidentes petistas ao relatório não foram admitidos.

Agora, os deputados votam somente destaques para a retirada de nomes da lista de indiciados.

“Meia pizza”, diz Kataguiri sobre CPI do BNDES sem Lula e Dilma

Após a aprovação do relatório de Altineu Côrtes da CPI do BNDES sem o indiciamento de Lula e Dilma, Kim Kataguiri afirmou que a comissão termina em “meia pizza”.

“Sugerimos o indiciamento dos irmãos Batista, de Marcelo Odebrecht, mas deixamos de fora o líder da quadrilha, Lula, e a que já é ré e está denunciada, Dilma Roussef. Lamento muito que não tenhamos conseguido levar à frente o indiciamento de todos os nomes.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Evan Jegue disse:

    Funda logo o PLB, partido Liberal Bolsonarista, expulsa quem não tá com eles e dá certo.

PT e Centrão articulam retirada de Lula e Dilma do relatório da CPI do BNDES, denuncia deputado

Foto: LUIS NOVA/ESP. CB/D.A PRESS

O deputado Sanderson, do PSL do Rio Grande do Sul, divulgou uma nota denunciando que integrantes do PT e do Centrão articulam para retirar do relatório final da CPI do BNDES os pedidos de indiciamento de Lula, Dilma Roussef, dos irmãos Batista e de Marcelo e Emílio Odebrecht.

Também, segundo o deputado, há uma movimentação para derrubar o relatório, que deverá ser votado na próxima semana.

“Após seis meses de investigações, inquirições de testemunhas e colheita de provas materiais, a CPI do BNDES chega ao seu final com a sugestão de indiciamento de inúmeras pessoas. (…) Inaceitável a interferência que estaria ou está sendo promovida por empresários sobre parlamentares para que o relatório seja rejeitado, mesmo com fartas provas apontando para a autoria do desfalque operado no BNDES.”

Sanderson não cita nomes dos eventuais articuladores.

Na última terça-feira, O Antagonista noticiou em primeira mão os principais destaques do relatório.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    Tão com medinho da caixa-preta??? Pq será??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Ems disse:

    Nosso país não é para amadores. O que seria de nós se o "poste" do presidiário fosse hoje o presidente ? A vitória de Bolsonaro foi um golpe duro no sistema, o improvável agora é realidade, e com isso os sanguessugas de Brasília, da imprensa, das ONGs, dos sindicatos e etc esperneiam e se contorcem para voltar ao poder. Quase destruíram o país, operaram o maior roubo do planeta Terra. Hoje, com a internet e as redes sociais, a população está atenta e não se permite enganar tão facilmente. Bolsonaro está longe de ser perfeito, mas é o remédio que o Brasil precisava. Aqueles que aos berros e gritos atacam o atual governo estão atolados em escândalos de corrupção. O nosso partido é o Brasil !!!

  3. Bolsonaro Junior disse:

    Nessa hora os lulanáticos não aparecem pra perguntar onde está o Queiroz.

    • Silva disse:

      Pois é!
      Como coisa que Bolsonaro tem alguma coisa haver com o Queiroz.
      Quem tá enrrolado com o Queiroz é o número 01, Bolsonaro não!
      Mas, petralhas é petralhas. Teimam em querer vincular.
      Cadê os petralhas??
      Kkkkkkl

    • Silva disse:

      Onde está mesmo o Queiroz???

    • Pedro disse:

      Desculpe caro Bolsonaro Júnior, o que Queiroz tem com essa história ? No momento certo ele Queiroz e muita gente vai ter que responder por outras falcatruas. Cuida-se agora desses dois ladrões que quebraram o Brasil e muitos noiados insistem em defender, mais fácil acabar com a Crucilândia em São Paulo, do que acabar com o PT, que só tem malas.

    • Delano disse:

      Lunático é quem está atrás de Queiroz, quando esses petralhas deram descaminho a 600 bilhões de reais do BNDES, mais de meio trilhão de reais, sabe o que é isso tonto? e o que esse valor está fazendo falta pra nação? esse adorador de ladrão quer saber sobre rachadinha de 600 mil reais, se todos nós sabemos que os políticos com mandato costumam fazer, sem exceção. Acorda maluco!

  4. Torres disse:

    A caixa preta vai ser aberta..

Palocci delata “pagamentos indevidos” da Ambev a Lula e Dilma

Foto: Sergio Lima/Poder 360

O Estadão noticia que um despacho sigiloso do ministro Edson Fachin, do STF, aponta que Antonio Palocci relatou em seu acordo de delação premiada à PF “pagamentos indevidos” da Ambev a Lula, a Dilma Rousseff e a ele próprio.

Segundo o despacho de Fachin, ao qual o jornal teve acesso, o interesse da companhia era impedir o aumento de imposto (PIS/Cofins) sobre bebidas alcoólicas.

Palocci não teria mencionado datas nem valores supostamente desembolsados pela Ambev.

Os detalhes da delação de Palocci estão em documentos mantidos sob sigilo. Fachin determinou a remessa de 11 desses anexos à Justiça Federal de São Paulo. As acusações do ex-ministro petista estão sob análise da força-tarefa da Lava Jato em São Paulo.

A Procuradoria da República de São Paulo pediu que os casos relatados por Palocci fiquem concentrados na 6ª Vara Federal Criminal. “Numa avaliação inicial, o MPF entende que todos os casos incluem lavagem de dinheiro”, informou a força-tarefa da Lava Jato ao Estadão.

O Antagonista com Estadão

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Vânia Costa disse:

    E quem confia na ORCRIM (segundo o ministro Gilmar Mendes) do ministério público do dinheirol e do ex juiz e hoje ministro da ju$tiça? Quanto levaram nessas delações? Quanto arrecadaram com as chantagens? Só do Tacla Duran queriam 5 milhões. Quantos milhões levaram da Odebrecht, do Cunha, dos marqueteiros e muitos que passaram pela ORCRIM? Muitas perguntas que aos poucos a vaza jato vai respondendo 😜

  2. Justiceiro disse:

    Palloci trocou a verdade pela mentira e faz delação premiada falsa!
    É um traste!!!

  3. Walsul disse:

    Onde é que está o Palocci? Em casa, mesmo tendo seus crimes comprovados e assumidos. A razão do seu benefício? Delatar o Lula sem precisar apresentar uma prova para isso. Tudo ainda virá à tona. Esses procedimentos de delação parecem ter ocorridos violando a lei. O Faço a Duran que o Moro não quer ver nem ouvir, já disse que foi estorquido. Todos ou quase todos que depararam estão livres e ricos. Essa é outra caixa preta da lava jato que, espero, a vaza jato traga à luz.

  4. Fernando disse:

    Surreal, quadrilha de ladrões, ainda tem petistas que ficam gritando "Lula livre".

  5. Ems disse:

    É mentira!!! Lula Livre !!! É Gópi !!! Fascistas não passarão !!! Homofóbicos !!! Machistas !!! Kkkkkkkkkk

  6. Ivan disse:

    Essa turma roubou "bem pouquinho"…sqn…vão mofar na cadeia bandidos!!!!

Fátima terá encontro com Lula e Dilma

A deputada e senadora eleita pelo Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, terá um encontro nesta quinta feira (6), em São Paulo, às 10h, com o ex-presidente Lula e os senadores eleitos pelo PT.

Ainda, nesta quinta feira, Fátima participará, em Brasília, de um jantar com a presidenta Dilma e os deputados, senadores e governadores eleitos pelo partido.

DENÚNCIA VEJA REPERCUTE – (FOLHA DE SP E O GLOBO): Doleiro diz que Lula e Dilma sabiam de corrupção na Petrobras

DESTAQUE FOLHA DE SÃO PAULO:

O doleiro Alberto Youssef, preso desde março em Curitiba, teria dito em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula tinham conhecimento do esquema de desvio de recursos na Petrobras, de acordo com reportagem publicada pela “Veja”.

Segundo a revista, o doleiro -que fez um acordo de delação premiada com as autoridades para tentar reduzir as penas a que está sujeito pela participação no esquema- disse na terça-feira ao delegado que presidia o interrogatório que o Planalto sabia de tudo que acontecia na estatal. “Mas quem no Planalto?”, teria perguntado o delegado, de acordo com o relato da revista. “Lula e Dilma”, teria respondido Youssef.

Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, havia revelado em depoimento ao Judiciário que 3% do valor dos contratos da estatal com empreiteiras eram divididos entre o PT, o PMDB e o PP -partidos responsáveis pelas indicações dos membros da diretoria.

No dia 17 deste mês, a Folha de S.Paulo informou que Costa, no seu acordo de delação premiada (esse já homologado, ao contrário do de Youssef), informou que o então presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra, recebeu R$ 10 milhões para esvaziar uma CPI que investigava a estatal, em 2009.

DESTAQUE O GLOBO

Em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público em Curitiba, segundo a revista “Veja”, o doleiro Alberto Youssef teria dito que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “sabiam de tudo” sobre o esquema de corrupção na Petrobras. Ainda conforme a revista, que antecipou, nesta quinta-feira à noite, trecho da reportagem a ser divulgada nesta sexta-feira na íntegra, a revelação teria sido feita por Youssef na última terça-feira.

Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro teria afirmado:

— O Planalto sabia de tudo!

Perguntado pelo delegado que colhia o depoimento a quem ele se referia, Youssef teria respondido:

— Lula e Dilma.

O advogado de Youssef, Antonio Figueiredo Basto, confirmou que o doleiro prestou depoimento à Polícia Federal de Curitiba na última terça-feira, mas disse não ter conhecimento da informação citada pela revista.

— Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso — afirmou Basto.

ADVOGADO ALERTA PARA “ESPECULAÇÃO”

Ele disse que Youssef prestou muitos depoimentos no mesmo dia e que o doleiro estava acompanhado de advogados de sua equipe.

— Conversei com todos da minha equipe e nenhum fala isso. Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação.

Basto também disse que a defesa não possui cópia do que foi falado por Youssef à Polícia Federal.

— Nós não temos como pegar em mãos e não ficamos com cópia de nada. Então, não nego nem confirmo se esse depoimento é verdadeiro, se essa informação foi dada ou não e se sim, em quais circunstâncias.

O depoimento citado pela revista não tem relação com os que foram prestados à 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, cujo teor já foi divulgado anteriormente.

O doleiro está preso em Curitiba desde março e é acusado de ser um dos chefes do esquema que teria desviado cerca de R$ 10 bilhões desde 2006. Seria a primeira menção de Youssef ao nome de Dilma nas investigações. Ele já havia citado Lula em depoimento prestado à Justiça Federal no dia 8 deste mês. Na ocasião, Youssef disse que Lula teve que ceder aos políticos de partidos acusados de participar das fraudes na Petrobras e empossou Paulo Roberto Costa na diretoria de Abastecimento. Ele afirmou que “agentes políticos” ameaçaram trancar a pauta do Congresso.

— Tenho conhecimento que, para que o Paulo Roberto Costa assumisse o posto, esses agentes trancaram a pauta no Congresso por 90 dias. Na época, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou louco e teve de ceder e empossar Paulo Costa na diretoria de Abastecimento — afirmou, de acordo com vídeo do depoimento disponibilizado pela Justiça Federal.

O doleiro ainda disse que o PT, PMDB e PP estavam envolvidos num esquema de corrupção na Petrobras que consistia na cobrança de propinas de empreiteiras pelo tesoureiro petista João Vaccari e pelo peemedebista Fernando Soares. As obras da estatal eram escolhidas por um cartel de dez empresas, que superfaturavam os preços em algo em torno de 20%, dinheiro que era dividido para políticos e diretores da estatal.

No trecho da reportagem divulgado ontem à noite, “Veja” faz um relato da chegada de Youssef na sala para o interrogatório. “A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba. O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras”, descreve a reportagem.

PEDIDO PARA ADIAR DEPOIMENTO À CPI

Youssef vai pedir à CPI da Petrobras que remarque seu depoimento, previsto para a próxima quarta-feira, para depois que seu acordo de delação premiada for homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o que não tem data marcada para acontecer. O advogado de Youssef, Antônio Figueiredo Basto, disse que o doleiro permanecerá em silêncio se o depoimento for mesmo confirmado para semana que vem.

— Meu cliente vai permanecer calado na quarta-feira. Por conta do acordo de delação premiada que ele fez com a Justiça, ele tem que permanecer em silêncio. Ele está disposto a falar à CPI, mas só depois da homologação do acordo com o STF. Por isso, é melhor que a CPI redesigne o depoimento para outra data. Até para evitar o deslocamento para Brasília, escolta e todos os gastos decorrentes da viagem — disse Basto.

Basto aguarda que o juiz federal de Curitiba, Sérgio Moro, despache seu pedido de anulação do depoimento do testa de ferro Leonardo Meirelles, diretor presidente da Labogen, no qual ele diz que Youssef tinha negócios com o PSDB.

Segundo o advogado, Youssef nega ter tido negócios com o PSDB e quer uma acareação com Meirelles para desmenti-lo. De acordo com o advogado, o juiz só deve despachar seu pedido na segunda-feira. Em depoimento de Meirelles ao juiz Moro, na última segunda-feira, o diretor do Labogen disse que Youssef fazia negócios com o PSDB e com o ex-presidente do partido Sérgio Guerra.

Ao tomar conhecimento do depoimento de Meirelles, Youssef pediu que seu advogado desmentisse a informação oficialmente.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. alexandre rahal disse:

    estranho que na reta final de qualquer campanha que o PT tenha contra o PSDB, sempre apareçam escândalos financeiros envolvendo petistas Acho que isso mereceria uma investigação mais apurada, d'onde acredito que viria a lume a sordidez dos métodos sempre adotados pelo PSDB,

  2. Juliana Moraes disse:

    Hoje vi o debate da globo . A Dilma estava muito tensa e tentou de todas as formas convencer o povo que Youssef mentiu sobre as declarações de que o Lula e ela sabiam do esquema de corrupção na Petrobrás. Acontece que o Youssef apenas confirmou o que todo mundo já sabia (eles pensam que o povo não manja nada, mas não é bem assim). Eu, como muita gente, já estou cheia de tanta corrupção. Quando se fala em PT a primeira coisa que a gente lembra é a roubalheira que dominou o país de norte a sul e em todas as instâncias. Queiram ou não, o PT será posto para fora no dia 26 de outubro. Não adianta o sapo rouco do Lula estimular os xiitas (essas coisas nojentas que o PT gosta de fazer e que o povo não apóia) promoverem manifestações selvagens porque isso nada mudará o resultado que virá das urnas no dia 26.
    Eu não ia votar em ninguém, mas resolvi votar no Aécio porque em termos de programa o dele é melhor do que o da Dilma, principalmente no combate à violência.
    Aécio vai ter a obrigação mais do que a dos outros presidentes que tivemos até agora de mudar muita coisa errada praticada no nosso país, sob pena de nas próximas eleições os abstenções, votos em brancos e nulos serem maiores. Houve alguma renovação no congresso e isso o ajudará. Também não deverá mandar nosso dinheiro para Cuba, Venezuela, etc como a Dilma faz nem perdoar dívidas de países pobres com o Brasil, pois também somos pobres e não podemos aceitar isso, já que perdoar essas dívidas é lesar o povo brasileiro.
    Dilma é ultrapassada em tudo: muita corrupção em seu governo, negócios com países que nunca pagarão o Brasil, construção de porto em Cuba ( Dilma, hoje vi vc declarar que a construção do porto em Cuba ajudou a empregar muitos brasileiros, na mesma hora pensei em uma resposta que te deixaria sem saída: empregar por empregar o financiamento do porto que está sendo feito em Cuba poderia ser feito aqui e daria muito mais empregos aos brasileiros além de melhorar nossos portos ou de construirmos um porto novo – você tentou enrolar, mas não colou), não houve verdadeiramente combate à violência (que vergonha as forças armadas serem acionadas para garantir as eleições em muitos estados, isso sem falar da parte que está baseada em favelas do Rio de Janeiro), muita mentira sobre muitas coisas (coisas do PT).
    Agora o PT voltou as baterias contra a revista Isto é, só porque ela publicou a revelação do doleiro Youssef (o PT faz coisas erradas mas não gosta que mostrem, embora, eles, os petistas, adorem apontar os erros alheios quando esses erros lhes favorecem).
    Achei que a Dilma falou até bonitinho, embora estivesse nervosa e gaguejasse um pouco, mas o problema não é esse, mas, sim, que a fala bonitinha dela (politicamente correta) não condiz com o desempenho do PT.
    Finalizando, Aécio se prepare e se previna, pois há muitos gatunos no congresso, mas o povo não aguenta mais tanta roubalheira e violência. Só quero ver se vc vai cumprir a promessa de reduzir a maioridade penal. Boa sorte!

  3. Valdir F Ferreira disse:

    Desde que resolveu dividir o bolo das verbas de publicidade de forma democrática com o mercado, que Lula e o PT vem sofrendo perseguição implacável por parte da Revista Veja e os Civitas. Isso não é novidade para ninguém e teve início bem antes dessa Campanha Eleitoral. A "reportagem montagem" desta semana, por exemplo, diz uma coisa na manchete que não encontra eco no corpo da matéria. Afinal, quem falou concretamente que Lula e Dilma sabiam? o doleiro, o advogado do doleiro, o MPF, a PF, o Mister M? Afinal quem é a fonte da Veja?

  4. charles disse:

    A quadrilha do PT tá saqueando o Brasil. Todos farinha do mesmo saco.

  5. Beto disse:

    O País crescendo? Só se for feito rabo de cavalo, prá baixo. É o que diz especialistas.

  6. Rômulo disse:

    Esse doleiro jamais daria "um pio" na PF sem a presença de seus advogados. Se estes afirmam que não houve declaração nenhuma afirmando que Lula e Dilma sabiam de desvios na Petrobrás, então trata-se de mais um factóide criado pela, já desacreditada, revista Veja, a fim de que seja replicado pelos demais meios de comunicação, visando a favorecer o candidato defendido pelo Grupo Abril. Tanto é que sua tradicional edição de sábado foi antecipada às pressas, para que desse tempo de que essa notícia infundada fosse usada à exaustão pela mídia e pelo candidato Aécio para tentar barrar o crescimento das intenções de voto de Dilma . Uma mentira contada mil vezes se torna "verdade", e a Veja é especialista nisso!

  7. Fabio disse:

    Mas o país está crescendo, a inflação sob controle, o desemprego em queda, os corruptos sendo investigados e punidos pela primeira vez na história. Será que é isso que incomoda tanto a imprensa golpista?

    • fernando disse:

      este é o problema, corruptos investigados? Os poucos que o governo não consegue barrar as investigações são inocentados pelos companheiros STF.

  8. Henrique disse:

    A máscara dos PeTralhas caiu, agora a verdade vira à tona !!!!

    Chega de tantos desvios e tanta corrupção, chega de tantos escândalos, chega de PT!!!!

    A alternância no poder é algo benéfico para toda democracia !!!!

  9. GERALDO disse:

    NEM SEMPRE SE CONSEGUE CALAR A IMPRENSA.
    AINDA TEM MUITO MAIS PODRIDÃO PARA SER REVELADA.
    A MENTIRA É A ARMA QUE O PT USA PARA MANIPULAR O POVO.
    MUDA BRASIL….
    VOLTA A CRESCER BRASIL
    VOLTA A TER DECÊNCIA MORAL E ÉTICA BRASIL
    NÃO QUEREMOS INFLAÇÃO
    NÃO QUEREMOS CORRUPÇÃO
    CHEGA DE MENTIRAS E PROMESSAS SEM REALIZAÇÃO

  10. O natalense disse:

    É muito desespero. O blog vai reproduzir essa notícia aqui até domingo, 30x.

Oposição: Lula e Dilma costuram apoio a Novelletto nas eleições da CBF

0002048155288_imgIndicado como presidente da oposição nas eleições da CBF, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelletto, ganhou um aliado político de peso. O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva tem tentado costurar apoio ao opositor da José Maria Marin e Marco Polo Del Nero para o pleito, que deve acontecer em abril.

Nos bastidores, há quem diga que Lula tem usado uma parte de seu tempo para entrar em contato com presidentes de federações e falar bem de Novelletto. E tudo isso em ano de eleições gerais no país, que acontecem em outubro, época em que o ex-presidente trabalha a todo vapor para reeleger sua sucessora Dilma Roussef.

A “energia” gasta por Lula no apoio à oposição só deixa ainda mais evidente que o Governo Federal, definitivamente, está rompido com a CBF. E quem teria grande influência nesta decisão é justamente Dilma. Tudo por conta da íntima relação de Marin com a ditadura militar, que chegou a torturar a presidenta.
0002048155283_img
Dilma já deixou claro que se mantém à distância da situação na CBF, desde os tempos de Ricardo Teixeira. Os dois, assim como Marin, raramente são vistos na “mesma foto”. Isso só tem ocorrido em eventos oficiais, como jogos do Brasil na Copa das Confederações, onde é impossível evitar o contato.

Sem dinheiro das estatais

Como o Governo não pode interferir diretamente nas eleições da CBF, que é uma entidade privada, a costura de apoio político tem dado a tônica nos bastidores. Uma das determinações de Dilma, por exemplo, é de que empresas estatais não patrocinem a entidade.

De fato, a ordem tem sido cumprida à risca. Hoje, a CBF possui 16 patrocinadores oficiais, mas todos são empresas privadas. Entre eles, estão EF Englishtown, Nike, Itaú, Vivo, Guaraná Antártica, Sadia, Master Card, Samsung, Nestlé, Extra, Gillette, Volkswagen, Gol, Seguros Unimed, Parmigiani e Tenys Pé. Cenário oposto ao encontrado em confederações de outros esportes.

Há alguns dias, Novelletto deu uma entrevista exclusiva ao Portal Futebol Interior. Na época, o dirigente falou um pouco sobre suas intenções e garantiu: “Não estamos neste jogo em causa própria. Queremos governar para o bem dos clubes, para o bem do futebol”.

Além do apoio do Governo Federal, Novelletto também tem outros importantes aliados políticos. Um deles é o ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez. Outro seria o presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, embora este não confirme oficialmente.

Apesar de Novelletto ter recebido a indicação, a chapa de Oposição ainda não está registrada. Para tanto, o grupo precisará do apoio de oito das 27 Federações e cinco dos 20 clubes do Brasileirão. O prazo limite para a inscrição das chapas é cinco dias úteis antes da eleição, cuja data não foi definida. O atual presidente José Maria Marin e seu vice Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista, encabeçam a Situação.

Empresário, Francisco Novelletto Neto é presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e tem 59 anos. Grande conhecedor do ramo fonográfico, ele possui lojas de disco e ações em gravadoras no Rio Grande do Sul. É conhecido no país todo por defender com todas as forças os clubes de sua Federação, a Gaúcha.

Futebol Interior

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciana Morais Gama disse:

    Aqui ja teve uma Governadora que ate em eleiçao de condominio ele se metia.

  2. Rosaldo disse:

    Se tem bola no meio, o pTesta envolvido.