Vem aí “Cataventos do Bem!”, um grupo de influenciadores do amor para abraçar as empresas e comerciantes do RN

Com um coração que não cabe no peito, sensibilizado com a situação atual em que se encontra os micro e pequenos empresários, diante da pandemia de Coronavírus, que deixa boa parte do País em quarentena e diversas atividades paralisadas, a iniciativa privada tem tomado medidas para conter o avanço da Covid-19 e diminuir os impactos da doença.

O jornalista, influenciador e empresário Chrystian de Saboya resolveu arregaçar as mangas e buscar soluções para a sobrevivência do negócio em nosso Estado.

Ele juntou um grupo de 30 influenciadores digitais de todo o Rio Grande do Norte – tem gente da capital, do Seridó, do Oeste – e formou o grupo Cataventos do Bem.

A ideia é trabalhar em conjunto para divulgar as empresas, artistas, comerciantes, artesãos que estão precisando de apoio no Estado, gratuitamente, por meio da divulgação dos seus produtos e serviços, através das redes sociais.

Inicialmente, ele juntou cerca de 30 influenciadores digitais, que somando a audiência de todos têm mais de 2 milhões de espectadores na rede.

Além dele, com o perfil @desaboya, estão entre os primeiros influenciadores a aderir à ideia os seguintes perfis.

@acheieindiquei
@alanamoreirah_
@_anahbezerra
@baratodecasar
@beppersonagens
@blogdadarc
@carlakcamara
@catalogodeideuad
@claudiastarosa
@dalladiercunha
@desaboya
@djbalinha
@direitoeeu
@docelardalu
@docelardamarcinha
@drajardelinebraga
@grasimachado_consultoria
@joycealves_tx
@katarinekenedy
@lucianaacsoares
@luxurydecor_earte
@mariofilho2nd
@nadynepontual
@nataldicas
@ojonhathan
@ruamahadassa
@tonny_cell
@visto.g
@ydeiascomipsilon

A ideia tomou uma proporção ainda maior que a prevista, já que tem despertado a atenção e o apoio de outros perfis e veículos digitais, e promete ganhar corpo, como uma forma de usar a influência para fazer o bem.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Selma Rodrigues da Silva disse:

    Estou sabendo agora disto por uma amiga Consteladora Familiar de São Paulo amiga do Crystian de saboya … sou de Natal. Interesso saber deste projeto

  2. Marcelo disse:

    Esse cara é fantástico!!

  3. firmer disse:

    É o de Geraldo tamborete??

  4. Karol disse:

    Como faço pra vocês divulgar a empresa da minha mãe, nesse grupo de influenciadores para o Cataventos do Bem? Ela é artesã 😍

Combate coronavírus: Bolsonaro anuncia plano de mais de R$ 85 bilhões a estados e municípios; entre medidas recomposição do FPE e FPM

Foto: Reprodução/Twitter

Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira (23) uma série de medidas para aliviar os cofres de estados e municípios no combate ao novo coronavírus. Ao todo, são R$ 85,8 bilhões liberados pelo governo.

O pacote inclui seis medidas. Uma delas é a suspensão das dívidas dos estados com a União, que custará R$ 12,6 bilhões ao governo federal. Outros R$ 40 bilhões serão concedidos por operações com facilitação de créditos.

Bolsonaro também prometeu, nas redes sociais, que a União vai transferir R$ 8 bilhões para as secretarias de saúde e destinará R$ 16 bilhões via Fundo de Participação dos Estados (FPE) e Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Para completar o pacote, serão liberados R$ 2 bilhões do Orçamento Assistência Social e R$ 9,6 bilhões em renegociação de dívidas dos estados e municípios com bancos.

Foto: Reprodução/Twitter

Com O Antagonista

Bolsonaro lembra imprensa de panelaço programado a favor do governo não noticiado

Através das redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro criticou alguns veículos de imprensam que noticiam um panelaço programado nesta quarta-feira(18) contra a sua gestão. “A mesma imprensa que se diz imparcial não divulga panelaço às 21h a favor do governo”, disse.

 

Ver essa foto no Instagram

 

CONTRA A ESQUERDA vamos juntos apoiar nosso Presidente @jairmessiasbolsonaro! Pegue sua panelinha!

Uma publicação compartilhada por Carla Zambelli (@carla.zambelli) em

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. WellingtonB disse:

    Os bozo boys tão muito quietos. Vem coisa ruim por aí.

  2. Abel disse:

    12% na baixa da Gasolina.
    Só bate panelas mais cedo as casas da luz vermelhas.
    Kkkkk
    Mais tarde, só verde e amarelas.
    Chupa petralhas.
    Kkkkkkk

  3. Pedro disse:

    kkkkkkk…até eu queria esse alucinógeno que Bozo usa…kkkkk
    Muuuuuuuuuuu

  4. Rômulo© disse:

    Esse Bozo é tão mau caráter que quer inverter o protesto do povo, alegando que haverá um panelaço quase na mesma hora a seu favor! Canalha!

  5. José disse:

    É um palhaço mesmo esse insano vestido de presidente!!!

  6. Manoel disse:

    Pega o doido…hiiiiiiiiiii!!!

  7. Bento disse:

    Panelaço a favor é foda!!!
    Manda interna esse maluco , remédio controlado já!!!

    • Júlio disse:

      Estou vendo o início da entrevista dos ministros, a primeira notícia, a Venezuela, eles só pensam nisso, meu Deus….

  8. Marcelo disse:

    O próximo vai ser um impeachment a favor dele TB kkkk

  9. Jô Laranjeiras disse:

    Oi? Hahaha já podem internar

  10. disse:

    ~~ Panelaço a favor…~~

PSL anuncia apoio a Kelps para prefeito de Natal contra “grupos tradicionais e a esquerda”

Foto: Reprodução

O novo presidente do PSL local, Daniel Sampaio, confirmou em “primeira mão”, no Meio-Dia RN, na 96 FM, nesta terça-feira(11) o apoio do partido ao deputado estadual Kelps Lima(Solidariedade) pela candidatura a prefeito de Natal.

Indagado pelo BG, resumiu a escolha do deputado pelo alinhamento dos partidos – além de entendimentos semelhantes. Daniel Sampaio destacou o sentimento pela renovação política no estado, sem os grupos tradicionais e a esquerda, com o objetivo de “reorganizar as administrações municipais”.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ailma Morais disse:

    Prefiro apoiar o Deputado Coronel AZEVEDO no 1º e no 2º turno em NATAL. Apesar do PSL/RN não aceitar sua VITÓRIA, é o mandato que mais tem conquistado seguidores no RN.

  2. Santos disse:

    Então Kelps deixou de ser de esquerda?

  3. Pietro disse:

    Quem ganha é Eudiane Macêdo, pode perguntar na Zn só se fala nela para prefeita.

  4. Bento disse:

    O povo não esta tão besta como determinados políticos acham.
    Não nos impressiona mais apoio politico de "a" ou "b" isso não representa nada.
    Queremos projetos e tempo de realização de cada ação.
    Chegavde embromação
    Começou mal.

  5. Cleanto disse:

    Kelps já tem o repúdio dos esquerdopatas, uma vantagem no início da caminhada rumo a prefeitura. O governo vai despejar dinheiro em seu candidato, talvez seja a deputada Natália Bonavides que a imprensa "inventou" uma briga inexistente com a governadora.
    Por fora corre o atual prefeito com a máquina da prefeitura. Vamos ver quais as cartas a serem colocadas na mesa e o que vem pela frente.

FOTO: Artistas sertanejos leem carta de apoio a Bolsonaro; evento ainda contou com a presença do humorista Dedé Santana

Foto: Jorge William / Agência O Globo

Atualizado às 15h05

O presidente Jair Bolsonaro foi homenageado por cantores sertanejos nesta quarta-feira, em uma cerimônia no Palácio do Planalto. Uma carta de apoio, lida no evento, diz que Bolsonaro realizou “notáveis feitos” em “diversos setores produtivos” e é um “um governante que trabalha em prol de seu povo”. O presidente, por sua vez, agradeceu ao apoio que os sertanejos durante a campanha eleitoral. Na mesma cerimônia, um representante de produtores de evento pediu a Bolsonaro o fim da meia-entrada em evento culturais e uma mudança na regulamentação dos direitos autorais.

De acordo com lista divulgada pelo Palácio do Planalto, estiverem presentes 56 artistas, entre eles as duplas Bruno e Marrone e Cesar Menoti e Fabiano, além de Cristiano (da dupla com Zé Neto) e do ator Dedé Santana, ex-integrantes do Trapalhões.

O locutor de rodeios Cuiabano Lima, titular da festa do peão de Barretos (SP), discursou no início da cerimônia e leu a carta de apoio. “Expressamos espontaneamente nossos agradecimentos pelas ações e medidas do governo e manifestamos nosso apoio. Queremos que o Brasil continue trilhando um caminho de prosperidade para seu povo”, diz o texto.

Depois, o presidente da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), Doreni Caramori Junior, pediu a Bolsonaro o fim da meia-entrada, classificada por ele de “injustiça histórica”, além de mudanças na cobrança de direitos autorais, que ele classificou como um “monopólio” regulado por uma “lei arcaica”.

— Meio livro não existe, meia bicicleta não existe. Não pode o Estado brasileiro intervir na economia e tomar 50% sem nenhum tipo de compensação — reclamou o presidente da Abrape.

Bolsonaro, por sua vez, disse aos presentes que eles podem enviar sugestões de decretos e de projetos de lei, mas não referiu-se a um tema específico. Ele disse ter um “carinho especial” pelos sertanejos e lembrou de um programa de rádio que ouvia na infância:

— Sempre tive um carinho muito especial por vocês. Nós chegamos à Presidência em parte devendo a vocês.

Antes do início do evento, Bolsonaro vestiu o chapéu de Lima e os dois ensaiaram o que já virou uma espécie de bordão do presidente, inaugurado em uma transmissão ao vivo pelo Facebook: “iiiihuuuu”. Depois, em seu discurso, adiantou que irá na festa de Barretos desse ano, assim como no ano passado. O cerimonial da Presidência convocou servidores para preencher as cadeiras vazias no Salão Nobre do Planalto.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Almir Dionisio disse:

    Só catrevagem nessa foto -apoio de merda – artistas fracos – kkkkkkkkk

  2. José aldomar disse:

    Na foto só tem cantor de primeira linha belo apoio

  3. Raimundo Fernandes disse:

    A inveja é uma merda! Is Petralhas nogentos nunca tiveram esse apoio sem pagar, ai estão loucos de inveja! é melhor aceitar babacas o Mito é o nosso Pte!!!

  4. Nando disse:

    Assinou também: Cagao é Cágado.

  5. Antônio disse:

    Só top

  6. Abadon disse:

    Faltou citar aí a dupla bozofese e jumentourão, que também manifestaram apoio !!!
    Pense num troço de estúpido mau gosto essa m…de música breganeja !!!!!!!!!!!

  7. José Augusto disse:

    Teve a dupla Jumenaro e Comebosta que assinou também

    • Vicente disse:

      Essa não assinou, disse que estava com luladrão livre, e Lulinha pra presidente, Dirceu vice

Moro resume 2022: “Já falei um milhão de vezes. Daqui a pouco, vou tatuar na testa. Sou ministro do governo, vou apoiar o presidente Bolsonaro”

Foto: REUTERS/Adriano Machado

No programa da Jovem Pan, Sergio Moro disse que apoiará a reeleição de Jair Bolsonaro:

“Já falei um milhão de vezes. Daqui a pouco, vou tatuar na testa. O presidente já apontou que pretende disputar a reeleição. Sou ministro do governo, vou apoiar o presidente Bolsonaro.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio disse:

    SIMPLISMENTE RIDÍCULO ….ESSA COISA DEVERIA TER VERGONHA DAS PALAVRAS…UM IMBECIL OPORTUNISTA $$$$$$$, CADA VEZ MAIS FICA CLARO A QUADRILHA QUE ESSE MORO implantou dentro do MP…ACREDITAR NESSE VERME..
    E NO INFAME DO BOSTANARO…CADEIA PARA ESSES BANDIDOS…
    .

    • Eduardo RR disse:

      Esse antonio deve ser no minimo um mamador… ou de teta ou de maranhao kkkkk

  2. Bento disse:

    Por isso que o Ministro Sérgio Moroni é o nosso Herói Nacional.

  3. paulo disse:

    Inteligente, sabe que na de 2026 ele é imbatível, e ganha no primeiro turno, vai ser ministro por 8 anos, vai fazer um belo trabalho.

    • Brasil e RN acima de tudo disse:

      Sabe de nada inocente, o objetivo dele é ser ministro do STF.

Com apoio da CUT, caminhoneiros autônomos anunciam paralisação nacional na segunda(16) em meio a categoria “dividida”

Foto: Roberto Parizotti/Fotos Públicas 

Líder dos caminhoneiros autônomos, Marconi França afirmou nesta sexta-feira (6/12) que, à 0h da próxima segunda-feira (16/12), “pelo menos 70%” dos cerca de 4,5 milhões de profissionais autônomos e celetistas vão parar em todo o país. O motivo é a insatisfação da categoria com o governo de Jair Bolsonaro, que, segundo França, não cumpriu o que prometeu aos trabalhadores.

“O governo não cumpriu nada do que prometeu. O preço do óleo diesel teve 11 altas consecutivas, em 2019. Não aguentamos mais ser enganados pelo senhor Jair Messias Bolsonaro, que protege o agronegócio e diz que o caminhoneiro só sabe destruir rodovias“, reclamou França ao Blog do Servidor, do Correio Braziliense. O líder do movimento disse ainda que a duração do protesto não foi definida, ou seja, não se sabe se será prolongado por mais dias.

Caminhoneiros divididos

À tarde, o líder dos caminhoneiros foi à sede da Central Única dos Trabalhadores no Rio de Janeiro (CUT-RJ) pedir apoio para o movimento. Lá, o caminhoneiro gravou um vídeo pedindo apoio da população. “De todos que usam gasolina, óleo diesel e também gás de cozinha. Jair Bolsonaro esquece que quem transporta os produtos das indústrias e do agronegócio somos nós”, reforçou.

O movimento nacional dos caminhoneiros tem o apoio do presidente da CUT/RJ, Sandro Alex de Oliveira Cezar. O líder sindical destaca que ainda existe um racha na categoria dos caminhoneiros. “Cerca de 30% ainda acreditam no governo e no presidente da República. Mas nós temos certeza de que vão se conscientizar da necessidade de melhores condições de trabalho”, destacou Cezar.

Texto publicado no ‘Blog do Servidor’, do Jornal Correio Braziliense

Correio Braziliense

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Andrade disse:

    Se tem sindicalistas já vira piada e perde credibilidade, Bolsonaro não tem um ano de governo e a selic baixando , enquanto no governo Lula primeiro mandato juros chegaram a 26% e tivemos deflação,estão querendo o que , bagunçar o país no momento que a economia está crescendo

  2. Luiz disse:

    Quando o diesel baixou eles ficaram calados e quem usa gasolina se ferrando, então não apoio mais caminhoneiro e principalmente estando junto com CUT

  3. Marcos disse:

    Apoiados pela CUT? Já estão começando com o pé esquerdo.

  4. Hyuri disse:

    Muito deles estão com medo das ferrovias que a dezena de anos n saiam do papel e hoje está sendo executadas pelo Min. Da Infraestrutura.

  5. Cristian disse:

    Sem políticos de estimação.

  6. Boris Bob disse:

    Já começaram errados.
    Klkkkk
    Kkkkkk…

  7. Ocsavo disse:

    Tô entendendo mais nada! Os caminhoneiros não apoiavam Bolsonaro? Como estão sendo apoiados pela CUT? Tem caroço nesse angu!

Venezuelanos ocupam embaixada do país em Brasília para declarar apoio a Guaidó

Foto: JORDI MIRO / AFP

Em um episódio confuso, a Embaixada da Venezuela em Brasília foi ocupada no início da manhã desta quarta-feira por seguidores do líder opositor Juan Guaidó , presidente da Assembleia Nacional daquele país e reconhecido como “presidente interino” pelo Brasil e mais cerca de 50 países.

Há versões contraditórias do episódio. Segundo um comunicado divulgado mais cedo pela “embaixadora” designada por Guaidó para o Brasil, María Teresa Belandria , um “grupo de funcionários” da embaixada teria entrado em contato com os representantes do governo autoproclamado para informar “que reconhecem Juan Guaidó como presidente” da Venezuela.

O grupo, segundo o comunicado, “entregou voluntariamente” a sede diplomática da Venezuela no Brasil à oposição. Funcionários que estavam dentro da representação diplomática teriam sido notificados da ação e convidados a aderir ao movimento, “garantindo todos os direitos trabalhistas”.

Já Freddy Menegotti , encarregado de negócios da Venezuela no Brasil, nomeado pelo governo de Nicolás Maduro , afirma que a embaixada foi invadida, em uma ação calculada para coincidir com a cúpula dos líderes do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que começa nesta quarta em Brasília. No meio da manhã, Menegotti foi até a grade da embaixada fazer um pronunciamento e disse que o “imperialismo norte-americano” está por trás da ocupação da embaixada, que, pelas normas internacionais, é território estrangeiro.

— Um assédio a uma embaixada é um assédio a um país, o que está por trás disto é o imperialismo norte-americano, já denunciado em diferentes e reiteradas oportunidades que o imperialismo norte-americano assedia nosso país — disse. — É muito importante anunciar que essa situação está acontecendo no dia de hoje no Brasil quando está acontecendo um evento tão importante de transcendência internacional como o Brics.

O chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, disse no Twitter que a embaixada foi invadida à força e responsabilizou o governo brasileiro pelo que ocorrer: “Fazemos responsável o governo do Brasil pela segurança de nosso pessoal e instalações diplomáticas. Exigimos respeito à convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas”, escreveu.

A notícia mobilizou desde cedo o governo brasileiro. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, para tratar da questão. Uma nota a respeito do assunto será divulgada pelo Itamaraty nas próximas horas.

Fontes do governo brasileiro disseram que há dúvidas sobre como está a situação. Afirmaram que o Ministério das Relações Exteriores só foi informado pela manhã, “com o episódio instalado”.

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder do partido na Câmara, está dentro da embaixada, onde chegou no começo do dia. Segundo ele, houve uma reunião entre o governo brasileiro, representado pelo diplomata Maurício Correia, coordenador-geral de Privilégios e Imunidades do Itamaraty, e os representantes de governo Maduro. De acordo com o deputado, o diplomata disse que o Brasil não reconhece o governo venezuelano desde janeiro e, portanto, não tomaria providências contra as pessoas que entraram na embaixada de manhã.

— Eu participei da reunião quando ele informou que o governo brasileiro, o Itamaraty não reconhece desde janeiro o governo de Nicolás Maduro e portanto não tomariam nenhuma providência contras as pessoas que invadiram a embaixada, respaldando a ação criminosa que aqui aconteceu — disse.

Apoiadores do governo Maduro, na maioria brasileiros, agora fazem um cordão de isolamento na frente da entrada da embaixada. O Batalhão do Rio Branco, da Polícia Militar do Distrito Federal, encarregado de dar proteção às embaixadas, também na porta, mas não pode entrar devido à inviolabilidade diplomática — oficialmente, o prédio é considerado território estrangeiro. Poucos apoiadores de Juan Guaidó foram para a frente da embaixada após a ocupação.

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro, afirmou ao GLOBO que vai à embaixada agora pela manhã para declarar apoio aos funcionários supostamente leais a Guaidó:

— Nesse momento estou indo para a embaixada da Venezuela dar apoio ao diplomata Tomás, que faz parte da equipe da embaixadora María indicada por Guaidó, que está dentro da embaixada junto com o adido militar venezuelano de Maduro, senhor Barroso, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e o embaixador de Cuba. — disse o deputado. — Não entendo como o Brasil reconhece Guaidó como presidente mas quem ocupa a embaixada é o indicado pelo narcoditador Maduro. Estar contra Maduro é estar ao lado do povo venezuelano que morre de fome e é assassinado quando protesta. O Brasil não é a Venezuela de Maduro.

Caracas não tem embaixador no Brasil desde 2016, quando Maduro chamou Alberto Castelar de volta em protesto contra o impeachment de Dilma Rousseff.

O Globo

 

Janaina Paschoal: “Se a eleição fosse hoje, votava em Bolsonaro de novo”

Foto: Reprodução

Janaina Paschoal, no Roda Viva, disse que apostou em Jair Bolsonaro para derrotar o PT:

“Não queria o Alckmin, porque não queria PSDB. Quando a gente desmascara o PT, desmascara o MDB e PSDB. Como vou apoiar um partido que na esteira dos crimes do PT aparece tudo que apareceu? Dentre aquelas pessoas nas quais eu vislumbrava potencial para seguir com o processo de depuração do país, talvez o Alvaro Dias, o próprio Amoêdo. Aí tem uma coisa que quem faz pesquisa acho que não faz: ouvir o povo. O único candidato que despertava paixão, amor, esperança, era o Bolsonaro. Eu precisava de alguém forte para derrotar o PT, não queria os partidos envolvidos nos casos de corrupção. Eu pensei: ‘preciso me unir a ele’.

Agora, nunca fui bolsonarista, discordo com ele em uma série de coisas, mas nós precisávamos escolher entre uma aposta que ainda está em curso e um grupo sabidamente envolvido com o crime organizado, com desvio de milhões, financiamento de ditaduras, plano para América Latina muito ruim. Então, tinha que escolher um caminho, talvez incerto, mas não podia trabalhar para ir por um caminho ruim (…).

Sou uma pessoa bem mais moderada. Acho que orgulho não cabe muito bem. Agora, que alternativa eu tinha? Uma senhora me escreveu: ‘votei no Bolsonaro, confiava em você, a culpa foi sua’. Aí respondi: compreendo que a senhora esteja indignada, também não concordo com tudo, agora, que alternativa eu tinha? Se a eleição fosse hoje, votava nele de novo com tudo que está aí. Agora, ou ele melhora, ou nós teremos que construir uma alternativa.”

O Antagonista

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO disse:

    É BOLSONARO,MORO E MOURÃO,FILA DA PRESIDÊNCIA………………

  2. Ems disse:

    Vou digitar 17 no microondas só pra não perder o costume !!!

  3. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Sem nem uma dúvida.

  4. PAPAI, A DIPLOMAMATA DEU ERRADO disse:

    Essa é uma louca destrambelhada. Não tem Rivotril que resolva!!!

  5. Pronto, falei! disse:

    E eu também!

    • Raimundo Fernandes de oliveira disse:

      Votava de olhos fechados! é a nossa salvação, depois de Deus é claro!

Moro pede que PGR investigue possível denunciação caluniosa contra Bolsonaro

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O ministro da Justiça, Sergio Moro, enviou uma solicitação ao Ministério Público Federal para que instaure um inquérito para investigar as declarações de um porteiro de que um dos suspeitos do assassinato de Marielle Franco pediu autorização a Jair Bolsonaro para entrar no condomínio onde encontrou o outro suspeito.

A Globo noticiou nesta terça-feira (29/20) que Élcio de Queiroz, um dos suspeitos da morte de Marielle, entrou no condomínio onde morava Ronie Lessa com a autorização de Bolsonaro. Isso teria sido no dia 14 de março de 2018, horas antes do assassinato. Acusado de fazer os disparos, Lessa morava no mesmo condomínio que o atual presidente da República.

Neste dia, Jair Bolsonaro estava em Brasília e votou em sessões da Câmara, pois ainda era deputado federal.

Moro vê “inconsistência no depoimento do porteiro” e acredita que pode se tratar de erro de investigação ou tentativa de envolver o nome do presidente no crime. Esses atos configuram crime de obstrução à Justiça, falso testemunho e denunciação caluniosa do presidente, o que atrai competência da Justiça Federal e da Polícia Federal.

O ministro da Justiça pede ao procurador-geral da República, Augusto Aras, que MPF e PF passem a atuar juntos na investigação do caso.

 

Foto: Reprodução. Confira a íntegra do ofício clicando AQUI.

Com Conjur e O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Yusuke urameshi disse:

    No final dessa investigação vão descobrir que a voz do interfone era mesmo de Bolsonaro, o tom de voz estava diferente porque Moro estava pendurado nos seus ovos.

  2. Santanense disse:

    GIBA. aceita que dói menos

  3. Ems disse:

    Moro, o nosso futuro presidente !!!

  4. Silva disse:

    MORO depois do MITO.
    É isso aí meu herói.
    Bota pra taba lascar em cima desses safados.
    Coragem é o que não lhe falta.
    ARROCHA!!!
    PRA CIMA DELES.

  5. Capitão disse:

    Com a Denúncia de que Lula mandou matar Celso Daniel, a Orcrim, organização criminosa , sacou essa falsa acusação contra o presidente.
    O Fato de Lula mega LADRÃO , Alcoólatra, psicopata é Corrupto, ser um assassino frio e calculista, pode dificultar sua soltura pelo STF sem FUTURO,,. Canalhas FDputas.

  6. Bolsominion disse:

    De super herói contra corrupção em advogado de miliciano em menos de 1 ano.

    • Acorda Brasil disse:

      Cara, você está do lado errado. Odiar o cara que ajudou a colocar atrás das grades mais de 140 mafiosos que assaltavam o Brasil na casa dos bilhões. Não precisa elogiar nem amar se discorda ideologicamente, mas fique calado se for do bem.

  7. Giba disse:

    Deixe eu ver se entendi, o Bozo nomeou o Moro, nomeou o Aras da PGR ai o Bozo pedi pra moro investigar, ai o Moro manda a PGR investigar, já entendi vai terminar em pizza kkkk

  8. Véio de Rui disse:

    Ou será que montaram tudo pra pegar o presidente? Desse povo eu acredito que pode sair de tudo.

    • Futuro disse:

      O governo sabe que nessa "estória" criada do ego infantil e desesperado daqueles que perderam os milhões dos cofres públicos, o que existe de concreto são as acusações da emissora.
      Uma vez que isso seja documentado, provado, virá a resposta devida…
      Moro se baseia na lei e dela faz sua história e ações.

FOTO: Polícia Militar com apoio da Polícia Civil prende homens com quase 7 mil carteiras de cigarros contrabandeados em Caicó

Foto: Divulgação

Uma ação inicializada por policiais militares do Grupo Tático Operacional (GTO) do 6º Batalhão de Polícia Militar de Caicó, que contou com a ação de policiais civis da Delegacia Municipal de Polícia Civil de Caicó, resultou na prisão em flagrante de três homens, na apreensão de 6.903 carteiras de cigarros contrabandeados e na apreensão de pistola calibre 380, nessa quarta-feira (23), em Caicó.

Durante diligências, policiais militares do GTO conseguiram prender dois homens que estavam portando 15 pacotes de cigarros de origem contrabandeada, que seriam destinados a pontos de comércio do município. Foram presos em flagrante pelo crime de contrabando Matheus Eduardo Lima, de 24 anos, e Samek Esrom Coelho da Silva, de 21 anos.

Após a prisão da dupla, a equipe da Polícia Civil de Caicó e os policiais militares realizaram diligências para localizar o proprietário da mercadoria ilícita e conseguiram prender em flagrante Alisson Mateus da Silva Oliveira, conhecido como Alisson Cd’s, de 30 anos. Na residência do suspeito, foram apreendidas caixas com carteiras de cigarros contrabandeados, de origem estrangeira e proibida, bem como grande quantidade de dinheiro.

Durante as buscas realizadas na residência do suspeito, os policiais encontraram uma pistola calibre 380. Alisson foi autuado em flagrante delito pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e pelo crime de contrabando.

A Polícia Civil agradece o apoio da população e solicita que denúncias anônimas sejam realizadas pelo Disque Denúncia 181 ou Whatsapp 84 9 8602 – 0324.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

VÍDEO: Com apoio da Marinha, Exército, Ibama, Defesa Civil e voluntários, ministro Ricardo Salles acompanha e participa de recolhimento de óleo em PE

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, encontra-se na região próxima de Recife, acompanhando os trabalhos de recolhimento do óleo venezuelano.

O recolhimento e monitoramento vem sendo realizado pelo  IBAMA, Marinha, Exército, Defesa Civil, municípios e o voluntários. “Parabéns a quem se dedica e age, enquanto outros apenas politizam e polemizam”, disse o ministro.

Óleo venezuelano

Um estudo realizado pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia (UFBA) aponta que o petróleo que atinge o litoral do Nordeste veio da Venezuela. A informação foi divulgada pela diretora da entidade, a pesquisadora Olivia Oliveira.

“Nossos estudos agroquímicos evidenciam que o óleo é proveniente de uma bacia da Venezuela. Foram diversas análises geoquímicas, a partir da coleta dessas amostras. Esse trabalho realmente revelou que se trata de um petróleo produzido na Venezuela”, afirmou Olivia.

De acordo com a diretora do Instituto da UFBA, o resultado que comprova a nacionalidade do resíduo foi encontrado após diversos testes comparativos com sete amostras coletadas em Sergipe e duas na Bahia.

“Nós temos diversos dados da literatura onde mostram perfis cromatográficos, resultados que nós produzimos no laboratório. Além disso, nós temos um banco de óleo de diversas partes do mundo, que também fazemos essa comparação. Através de análises como essas, chegamos ao resultado”, disse.

Segundo a pesquisadora, os dados apontam também que a substância se assemelha com petróleo cru. Ainda não há informações, no entanto, de quanto tempo o resíduo está no mar, nem se é proveniente de um navio ou não.

“Se parece muito com petróleo cru. Mas não deixamos a possibilidade de ser bunker, combustível de navio. Seria um óleo mais pesado. Um óleo mais de resíduo. Mas ainda não temos a real certeza. O óleo apresentava uma certa degradação. Pode ser um óleo cru, como poderia ser bunker, onde a parte crua, onde a parte do diesel que é utilizada com esse bunker foi evaporada”, completou a diretora.

Conforme a pesquisadora, todas as análises desenvolvidas na UFBA serão encaminhadas para Instituto do Meio-Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

Com acréscimo de informações do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Vitor Silva disse:

    Botem também os presidiários pra trabalhar neste mutirão de limpeza, afinal, presos só estão comendo, dormindo e tramando novos crimes de dentro da cadeia… .botem pra trabalhar

  2. Jorge disse:

    É LULADRAO na cadeia
    É dilmanta sendo processada
    É dólar na cueca
    É quebradeira nos fundos de pensões
    É rombo de um trilha no BNDES
    É Palocci detonando toda a quadrilha
    Mininu isso é que é ter ladrão, e muito mais apoiadores de ladrão, ou seja…..

  3. EU QUERO A DIPLOMAMATA QUE PAPAI PROMETEU disse:

    Lama no rio;
    Fogo na mata;
    Chumbo no pobre;
    Óleo na praia
    E nenhuma ação efetiva do Bozo… Só passeios e mamata para os filhos

  4. #Lula Na Cadeia sempre disse:

    Não aparece nenhum FDP de ONG , ONU , aquela rapariga da MICHELE BACHELET para sair em defesa da orla brasileira????

    • Evan Jegue disse:

      Você é bem educado.

    • E. costa disse:

      Oxi!! Depois de todas as ofensas!?meu caro, o seu miliciano de estimação tem que assumir suas responsabilidades de governante deste país, pq quem tentou resolver até agora foi o povo nordestino que ele despreza e as ONGs. Para ele no momento , o mais importante é presentear o filho com algo q ele goste e passar a mão nos 300 milhões do fundo partidário

Trump reafirma apoio dos EUA à entrada do Brasil na OCDE e chama artigo divulgado pela imprensa de Fake News; secretário de Estado americano, Mike Pompeo, também critica mídia

Reprodução: Twitter

O presidente americano, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira 10, no Twitter, que segue apoiando a entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), após a divulgação de uma reportagem revelando que os Estados Unidos enviaram uma carta à organização em agosto endossando apenas as candidaturas de Argentina e Romênia.

“A declaração conjunta divulgada com o presidente Bolsonaro em março deixa absolutamente claro que apoio o Brasil no início do processo de adesão plena à OCDE. Os Estados Unidos defendem essa declaração e defendem @jairbolsonaro. Este artigo é NOTÍCIA FALSA!”, escreveu Trump em relação à matéria publicada pela agência Bloomberg.

Um pouco antes, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, negou que Washington tenha retirado seu apoio ao Brasil.

Pompeo usou também o Twitter para explicar que “ao contrário de relatos da mídia”, os Estados Unidos apoiam plenamente o Brasil no processo para ser um membro pleno da organização, relembrando a declaração conjunta feita por Trump e Jair Bolsonaro no dia 19 de março, em Washington.

“Reconhecemos os esforços em curso no Brasil para mais reformas econômicas, melhores práticas e ummarco regulatório que esteja alinhado aos padrões da OCDE”.

“Somos entusiastas apoiadores do ingresso do Brasil nessa importante instituição, e os Estados Unidos vão fazer um forte esforço para apoiar o acesso do Brasil”, escreveu o chefe da diplomacia americana.

Atualmente, na América Latina, apenas Chile e México integram este grupo de países industrializados e em desenvolvimento com práticas pró-mercado.

A embaixada dos Estados Unidos no Brasil emitiu um comunicado informando que Washington apoia uma expansão da OCDE, em um ritmo “moderado” que leve em conta a necessidade de pressionar por reformas de governança.

(Veja, com AFP)

 

Embaixada dos EUA reafirma declaração de apoio de Trump ao Brasil

Reprodução

A embaixada dos EUA no Brasil usou o Twitter para reafirmar o apoio de Donald Trump ao processo de adesão do país à OCDE.

“A declaração conjunta de 19 de março do presidente Trump e do presidente Bolsonaro afirmou claramente o apoio ao Brasil para iniciar o processo para se tornar um membro pleno da OCDE. Continuamos mantendo essa declaração.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gustavo disse:

    DO TIPO: ME ENGANA QUE GOSTO!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

“RUÍDO” NÃO SIGNIFICOU DESISTÊNCIA: Apoio dos Estados Unidos à entrada do Brasil na OCDE está mantido, informa assessor presidencial

Foto: Twitter/Jair Bolsonaro

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não retirou o apoio à entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e vai oficializá-lo à entidade no momento “correto”, segundo um assessor direto do presidente Jair Bolsonaro, que cuida dessas negociações e disse ter falado com autoridades da Casa Branca sobre o assunto.

De acordo com esse assessor, a carta de apoio dos EUA à entrada de Argentina e Romênia na OCDE, divulgada pela imprensa, gerou ruído, como se a ausência do nome do Brasil no documento significasse uma desistência de Donald Trump de manter a promessa feita diretamente ao presidente Jair Bolsonaro.

“O nome do Brasil não consta porque, neste momento, está se tratando dos processos de ingresso da Argentina e Romênia, que já estavam bem adiantados. Além disso, Trump tem interesse em fortalecer o presidente argentino, Mauricio Macri, que busca a reeleição em seu país. Por isso, a oficialização do apoio aos argentinos neste momento”, afirmou.

Em março, durante a visita de Bolsonaro a Trump na Casa Branca, o presidente americano anunciou que apoiaria a entrada do Brasil na OCDE, apoio oficializado depois em maio.

O ingresso na organização, que reúne países desenvolvidos, faz parte da estratégia da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, para que o país ganhe o selo de nação com regras rígidas na área fiscal e com normas amigáveis para o investimento externo.

O assessor presidencial disse ainda ao blog, em caráter reservado, que neste momento o governo Trump trava uma disputa com o comando da OCDE.

“O presidente dos Estados Unidos avalia que a atual direção tem beneficiado mais os países europeus e ele quer uma mudança nessa política. A nossa informação é que, tão logo isso se resolva, o governo norte-americano deve enviar a carta de apoio ao Brasil”, acrescentou.

Blog Valdo Cruz – G1