Homem é preso acusado de atear fogo em carro para receber seguro e causar o maior incêndio do ano em Petrópolis – RJ

Foto: Divulgação Polícia Civil

Um homem foi preso em flagrante por policiais da 106ª DP (Itaipava) acusado de causar um incêndio, ainda não controlado, que já destruiu 10 mil metros quadrados de área florestal em Araras, Petrópolis, na Região Serrana. De acordo com o delegado titular da unidade, João Valentim, o preso é suspeito de atear fogo no próprio carro para ficar com o dinheiro do seguro.

Na segunda-feira, ele foi à delegacia para registrar o roubo de seu veículo e, segundo o delegado, apresentou uma versão que gerou desconfiança. Ao investigar o caso, os investigadores foram informados de que o incêndio de grandes proporções na mata teve como causa um veículo incendiado. O detido havia ateado fogo no carro na Estrada Almirante Paulo Meira, Vale das Videiras, após comprar um galão com combustível em um posto no município de Três Rios. Imagens das câmeras de segurança mostram o suspeito no local.

A investigação apontou que o suspeito tinha como objetivo receber o valor do seguro do veículo com um sinistro, que na verdade não ocorreu, e foi o autor do de um dano ambiental de grandes proporções. Segundo a Polícia Civil, trata-se do maior incêndio registrado em Petrópolis no ano de 2020, atestado por laudo pericial.

O preso foi autuado por tentativa de estelionato e por delito de incêndio e encaminhado para a audiência de custódia.

O Globo

FOTO: Bolívia sofre com o maior incêndio de sua história recente, com 500 mil hectares de vegetação destruídos

Bombeiros combatem o fogo em Robore, na província de Santa Cruz, na Bolívia — Foto: Divulgação/Ministério Defesa Bolívia

A Bolívia sofre com o maior incêndio de sua história recente. Uma área de pelo menos 500 mil hectares já foi consumida pelo fogo. A nuvem de fumaça que sai de Roboré, município do departamento de Santa Cruz, chegou, inclusive, a cidades brasileiras que ficam perto da fronteira boliviana. O presidente Evo Morales, que está em campanha eleitoral, rejeitou o apoio internacional para controlar as chamas, e vem recebendo críticas da oposição.

Os primeiros focos do incêndio foram detectados há 16 dias. O fogo atinge pelo menos dez povoados do município Roboré, no sudeste boliviano, quase na fronteira com o Brasil. A cidade abriga um dos mais emblemáticos parques do país, onde há uma rica fauna e flora. Nas imediações também está a Chiquitanía, como são chamadas as Missões Jesuíticas na Bolívia.

Há suspeitas de que as queimadas, promovidas pelos agricultores com a justificativa de preparar a terra para a lavoura, tenham saído do controle e alastrado o fogo. Dados não-oficiais apontam que o fogo devastou uma área equivalente a 500 mil campos de futebol. O clima seco e os ventos fortes típicos desta época do ano podem ter ajudado a espalhar as chamas.

Até o momento não há perdas humanas por causa do incêndio, mas os animais sofrem com o fogo e o calor. Ainda não foi possível determinar o impacto dos danos materiais.

Em alguns setores os moradores tiveram que ser evacuados. Por causa da péssima qualidade do ar, as aulas foram interrompidas. A fumaça afeta, inclusive, regiões do Brasil e do Paraguai que ficam perto da fronteira boliviana. Não há previsão de quando será possível extinguir o incêndio.

Com informações do G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Lima disse:

    Foi Bolsonaaaaaaaaro!!

  2. sabastiao disse:

    culpa dos ptista ladraoes isso sim a misseria do mkundo

  3. Said disse:

    Eita Bolsonaro marcado,foi tocar terror até na Bolívia!kkk

  4. Vitor Silva disse:

    Pablo Vittar, junto com médicos guerrilheiros Cubanos, colocou fogo na Amazônia com Coquetel Molotov de Mamadeira de Piroca para espalhar fumaça GLSBT para transformar o Brasil em uma nação Gay!

    O Mito vai nos salvar!

  5. Véio de Rui disse:

    Tem gente sofrendo com a queima das folhas de coca.

  6. Juvenal disse:

    Incêndio de 500 mil hectares na Bolívia e cadê a turma do PT e ONGs ambientalistas pra dizer que a culpa é do Evo Morales?

  7. mauricio disse:

    nao vai demorar muito, os ambientalistas vão colocar a culpa em bolsonaro, pelas queimadas na bolivia