Turismo

Ministra garante que a situação da Via Costeira será resolvida

A construção de novos hotéis na via costeira de Natal que vinha enfrentando resistência em função do licenciamento ambiental vai ser resolvida. A disposição foi anunciada pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, à comitiva potiguar formada por empresários do turismo e bancada federal, liderada pela governadora Rosalba Ciarlini.

Em audiência nesta terça-feira, 7, a ministra se comprometeu a buscar soluções técnica e jurídica para o problema que vem se arrastando há anos. “O problema não é simples. Vamos organizar todo o processo, a partir dessa vinda da governadora e desse documento entregue pelas 22 entidades”, disse a ministra, se referindo ao abaixo assinado pelos representantes da cadeia produtiva do turismo, pedindo atenção especial às questões relacionadas à via costeira, principal pólo de turismo da capital. “Vamos discutir as alternativas para garantir o desenvolvimento sustentável do RN”, assegurou Izabella, adiantando que para isso vai chamar todas as partes interessadas no assunto. As consultas envolvem o IBAMA, Advocacia Geral da União (AGU) e Secretaria de Patrimônio da União. Também serão considerados os questionamentos do Ministério Público Federal e Judiciário.

Embora a ocupação da via costeira dependa de um relatório completo dos aspectos de preservação ambiental e interesses econômico e social do Estado, já há entendimento que o licenciamento ambiental é de competência do governo e município que deverão procurar os meios legais para a regularização. “Sugiro que governo e município criem condições para salvaguardar a regularização ambiental”, observou a ministra.

Mesmo sem resposta definitiva ou prazo para a solução do problema, a governadora Rosalba Ciarlini disse que está confiante numa saída que garanta o desenvolvimento do RN com sustentabilidade do Estado. “Estou confiante. A ministra foi objetiva e pragmática. É uma questão de desenvolvimento e vamos encontrar o entendimento”, insistiu Rosalba. Esse também foi o sentimento do ministro da Previdência, Garibaldi Filho, parlamentares, secretários de Estado Benito Gama (Desenvolvimento Econômico); Gilberto Jales (Recursos Hídricos e Meio Ambiente) e Renato Fernandes (Turismo), e representantes do trade turístico potiguar.

Com os 11 novos empreendimentos, a rede hoteleira de Natal que hoje tem 26 mil leitos ganharia mais 7 mil. Assim, atenderia a exigência da FIFA para as cidades-sede da Copa do Mundo, que é de 33 mil leitos.O investimento é de R$ 380 milhões.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Veranista reclama do transtorno causado pelo Shock Bar em Pirangi

O Blog recebe e-mail de uma leitora de ordem pública. Realmente este ano está muito complicado pelas imediações do Shock Bar. Em outros anos tinha os problemas, mas não como esse ano. Publicamos o e-mail e as fotos da leitora que se intitula Ana Luiza.

“Caro BG, sou veranista de Pirangi há mais de 15 anos. Aproveito a grande audiência do seu blog para relatar os problemas que nos veranistas vem tendo em relação ao Shock Bar, este ano.

Desde que veraneio por aqui que existe o Beleza Bar, posteriormente o Shock Bar. O estabelecimento citado tem um estacionamento próprio e um outro na frente. Esse ano, eles simplesmente fizeram uma casa de show no estacionamento próprio e no estacionamento da frente, eles espalharam cartazes dizendo que é proibido estacionar. Dito isso, pergunto: Onde os clientes deles vão estacionar os muitos carros? Onde os clientes deles estão estacionando os carros?

Respondo: estão estacionando nas ruas estreitas que tem placa de proibido estacionar, em cima das calçadas, que os pedestres têm para andar e ate em frente das garagens das ruas próximas. UM VERDADEIRO ABSURDO.

Mando imagens do que aconteceu ontem à noite, onde nós, os veranistas, ficamos mais de meia hora sem poder passar porque um caminhão que trafegava na rua entalou devido aos carros estarem mal estacionados. Além disso, mando fotos que tirei hoje de manhã mostrando os cartazes que são proibidos estacionar em frente ao estabelecimento”

Placas instaladas no Restaurante informando que é proibido estacionar
Caminhão ficou preso na rua por causa dos carros estacionados em locais proibidos perto do Shock

Opinião dos leitores

  1. rapaz, burrice e ignorancia tem endereço certo: pirangi.
    tenho certeza, pois tais demonstrações de desrespeito, imundície e promiscuidade são vistas dioturnamente naquele lugar. temos ap em frente ao rest comeu morreu, e a noite, ninguém dorme, crianças e idosos que procuram descanso são atormentados pelos donos de carros com som paredão. a polícia passa e eles baixam o som, prometem que vão parar, e sa sequencia, retornam com o som mais alto ainda. sem falar nas letras das musicas, um lixo. e olha que é lugar de elite, grande elite essa!
    tenho duas teses que defenderei na minha colação de grau em socioologia:
    1 – a qualidade da musica é inversamente proporcional à altura do som.
    2 – som grande é sinal de pau pequeno e pouca habilidade no sexo

  2. O Poder público nunca está presente onde se precisa. Estabelecimento Comercial, qualquer que seja, tem que ser obrigado a ter estacionamento em quantidade suficiente para atender aos seus clientes. 

  3. Oh, povo burro esse do Shock Bar.. não sabe nem ganhar dinheiro! Será que eles nunca ouviram falar na expressão NO PARKING, NO BUSINESS?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Rodrigo Cintra: "Podemos dizer que Natal hoje é reconhecida como uma das capitais mais preparadas estruturalmente para a Copa"

O secretário municipal de Juventude, Esporte, Lazer e Copa do Mundo da Fifa, Rodrigo Martins Cintra, respondeu ontem aos pedidos de entrevistas feitos pela TRIBUNA DO NORTE tentando desclassificar as reportagens publicadas nas versões online e impressa do jornal, entre os dias 11 de novembro e 4 de dezembro deste ano, sobre os gastos dele com viagens e as censuras da Controladoria Geral ao contrato da pasta com a Oscip “De Peito Aberto”. Para Rodrigo Cintra, as reportagens foram “sensacionalistas e baseadas em documentos fraudulentos”.

As reportagens abordam, principalmente, o quantitativo gasto pelo erário municipal quanto ao pagamento de passagens aéreas e hospedagens do secretário (R$ 17.704,00 entre setembro e outubro deste ano), além do cancelamento de um convênio de aproximadamente R$ 1 milhão firmado entre o Município e a “De Peito Aberto”. As despesas com viagens e diárias estão sendo analisadas pelo TCE, como informou a TN de ontem. As irregularidades no contrato foram denunciadas na CEI da Câmara Municipal. Posteriormente, o contrato foi cancelado pela prefeitura.

O secretário Rodrigo Cintra marcou e desmarcou várias entrevistas, pedida pela TN, no período de publicação das reportagens. Ontem, após ser abordado em um evento público pelo repórter do jornal, disse ter enviado carta à direção de redação, o que não foi confirmado pela assessoria jurídica dele. O ofício  nº 796/2011 – GS – Secopa chegou, via email à TRIBUNA DO NORTE às 12h59min, após a entrevista do secretário (veja texto abaixo).

Cintra destacou, no documento, que “informações distorcidas ou denúncias plantadas feitas através de factóides, dados incompatíveis com a verdade e documentos que não condizem com a realidade dos fatos, tem chegado a este bravo jornal, visando macular a grandeza do trabalho a que nos propomos realizar”.

Sobre o convênio firmado com a Oscip “De Peito Aberto”, o secretário disse que reitera não possuir “qualquer vínculo com a renomada Organização da Sociedade Civil de Interesse Público “De Peito Aberto”. O alegado convênio, motivo de dúvidas ou suspeição, não teve sequer início, nem qualquer tipo de repasse de recursos financeiros foi realizado, o que torna inócua qualquer arguição de suspeição”.

Não é feito qualquer comentário sobre as irregularidades, apontadas pela controladoria municipal nem sobre o posterior cancelamento do contrato por determinação do gabinete da prefeita Micarla de Sousa. O secretário Rodrigo Cintra ocupa espaço considerável da carta para destacar os avanços pelos quais Natal vem passando no quesito Copa do Mundo. “Podemos dizer que a cidade de Natal hoje é reconhecida como uma das capitais mais preparadas estruturalmente, tanto na questão turística como de logística, já que tem as soluções de mobilidade urbana mais simples para a organização do Mundial”.

Ressaltou, ainda, que as viagens citadas pelas reportagens veiculadas na TRIBUNA DO NORTE servirão para angariar recursos para a pasta da qual é titular e expandir os investimentos em melhorias na área do esporte e lazer. Reafirma que viaja sempre em missão de representação oficial da cidade, em eventos relacionados à Copa 2014, e finaliza de forma poética.

“Não fosse o refúgio da brisa amena nosso foco, seria muito mais cômodo, passar, burocraticamente, todos os meus dias enquanto gestor público à frente da Secopa, em Natal, executando o possível com o limitado orçamento da pasta, indiferente aos anseios, acima de tudo, dos segmentos mais carentes da nossa sociedade, e ter a oportunidade de contemplar, todos os dias, no fima da tarde, o pôr do sol no magnífico Rio Potengi”.

Na carta enviada à redação, o secretário afirmou que fez as viagens “em busca de novas alternativas de melhorias na política pública do Estado”. Ele  disse que conseguiu atrair R$ 9 milhões, o que representaria um aumento de 100% no orçamento da Secretaria. “São vários projetos e programas federais, dentre eles: os jogos escolares (R$ 1,9 milhões), Programa 2º Tempo (R$ 2,2 milhões), praças de esporte e cultura (R$ 4,4 milhões), seminários (R$ 260 mil) e reforma do Palácio dos Esportes (R$ 870  mil)”, apontou Rodrigo Cintra.

Do Blog: Pelo tom usado nas declarações da para notar que o Secretário Rodrigo Cintra criou um ranço grande com a Jornalista Ana Ruth Dantas, mas a blogueira fez apenas noticiar as questões mal explicadas na pasta que o mesmo comanda. Agora o secretário afimar que Natal hoje é reconhecida como uma das capitais mais preparadas para receber a Copa é demais, juro que deu vontade de eu rir….

Opinião dos leitores

  1. VEJAM QUEM É O SECRETÁRIO:
    http://efogo.wordpress.com/tag/rodrigo-cintra/
    A atuação comprometedora do árbitro Rodrigo Martins Cintra, no empate do Botafogo com o Grêmio em 3 a 3, gerou muitos protestos dos alvinegros. Torcida, jogadores e diretoria reclamara muito de dois lances: no lance do segundo gol dos visitantes, a bola saiu pela linha de fundo e, num toque de Alessandro, dentro da área adversária, o zagueiro gremista colocou a mãe na bola.
    O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, foi um dos que mais reclamaram. Durante a entrevista coletiva, ele fez questão de desmentir os boatos de que o árbitro Rodrigo Cintra teria sido agredido após sair do campo.
    “Não aguento mais. É um absurdo o que a arbitragem tem feito com o Botafogo. O nome disso é pilantragem. Não ficaremos mais calados. Não levarão o Botafogo para a Segunda Divisão. Não permitiremos. Mas ninguém foi agredido”, afirmou Assumpção

  2. Eu pensei que era mais uma das imperdíveis e sensacionais sátiras de Bruno Giovanni. Depois me assustei quando percebi que o Secretário disse isso mesmo. Como ele se locomove por Natal, by helicopter ???!!! Ou será que ele mora em Copenhague, Dubai, ou Portland ???!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

O Inferno Astral de Micarla

A Prefeita de Natal não tem tido sossego, nem muito menos paz. O Inferno astral da Prefeita parece não ter fim. Quando se imaginava que o foco ia sair da sua administração, como foi o caso das greves do Governo Rosalba, volta tudo de novo. Só nos últimos dias, o problema da administração na esfera judicial talvez marque a política Micarla legalmente para o resto da sua carreira.

Não tenho medo de afirmar que os últimos 30 dias da Borboleta na PMN foram, sem dúvida, os piores. Chuvas em demasia para o período, contrato com ITCI, merenda no Fantástico, CEI dos aluguéis, epidemia de dengue, a anulação pela justiça do contrato da empresa que gerencia as UPAs e as Amis, a intervenção na URBANA, para não citar outros, comprovam que realmente não tem sido nada fácil. Se tudo isso já não bastasse ainda tem que enfrentar, pela primeira vez na vida de um gestor da capital, uma movimentação popular nas ruas pedindo a sua saída.

Até a salvação da lavoura que, seriam as obras de mobilidade na cidade por causa da Copa do Mundo, corre grande risco de não sair pelas mãos da Prefeitura. Já existem entendimentos que a Prefeitura legalmente e estruturalmente não tem condições de receber os recursos e tocar as obras.

Nem o bom trabalho de alguns secretários tem sido suficiente para melhorar o desempenho do governo municipal. Na minha concepção, tem muitos secretários fazendo bom trabalho, como são os casos de Tertuliano Pinheiro, Cláudio Propino, André Macedo, Carlos Von Sohsten, Elizabeth Thé e Walter Fonseca, este que tem sido incansável na recuperação da educação municipal.

Alguns me põem dúvida se realmente gostam dela, porém, soube que já estão conversando sobre uma possível candidatura a reeleição. Isso é um desserviço total e, mostra que só estão de olho no poder que está virando impotente na gestão verde.

Conhecendo Micarla, fico imaginando… Como não deve está a mulher Micarla, o ser humano Micarla num turbilhão desses? Quantos realmente estão ao seu lado para ajudá-la sair dessa situação? Não deve ser fácil, mas a Prefeita não tem alternativa, resta a ela buscar força, não sei onde e, tentar concluir seu trabalho de uma maneira eficaz e valente.

 

Opinião dos leitores

  1. O desgaste está grande, más o pior é que a humildade da mesma em reconhecer o caos e tentar sair desta passa longe dos seu planos. Micarla a cada dia se supera com decisões erradas e com o nariz impinado.

  2. Não há quem possa acreditar que ela saia dessa. Natal não merecia chegar a esse ponto. Será que Micarla vai superar o desastre que foi a administração Aldo Tinoco?

  3. Uma administracao marcada pela absoluta falta de gestão, tanto no campo administrativo quanto no campo político, fez da Prefeita Micarla refém do seu próprio estilo e hoje ela está só. Pior, aliada de quem tentou derrota-la. Conclusão: traído pela sua Prefeita o povo lhe deu as costas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *