Marco Aurélio diz que tem remetido ‘ao lixo’ reclamações como as de Flávio Bolsonaro

O ministro Marco Aurélio Mello em julgamento no plenário do STF — Foto: Carlos Moura/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello disse nesta sexta-feira (18) ao blog que vai assinar a decisão do caso do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no dia 1º de fevereiro. Ele é o relator do caso na Corte.

“ Já na sexta-feira, pela manhã, assinarei a decisão – sexta, dia 1º de fevereiro”, afirmou o ministro.

Perguntado sobre qual será o caminho, o ministro respondeu: “O Supremo não pode variar, dando um no cravo outro na ferradura. Processo não tem capa, tem conteúdo. Tenho negado seguimento a reclamações assim, remetendo ao lixo”, afirmou Marco Aurélio.

“Não é antecipação de decisão. É só coerência com o que, até aqui, fiz”, completou o ministro.

Em decisões anteriores, ele tem rejeitado liminares parecidas com a da defesa de Flávio Bolsonaro.

Pedido da defesa

Nesta quinta-feira (17), o ministro Luiz Fux, responsável pelo plantão do STF, decidiu suspender provisoriamente o procedimento investigatório instaurado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas “atípicas” pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Queiroz é ex-assessor de Flávio Bolsonaro.

A decisão de Fux foi tomada em cima de um pedido feito pela defesa de Flávio ao STF. Na solicitação, a defesa requereu ainda que o caso fosse remetido todo para a Corte e que as provas coletadas até aqui fossem anuladas.

Fux determinou que as decisões sobre os pedidos cabem ao relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello.

Blog Andréia Sadi – G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ceará-Mundão disse:

    Essas picuinhas dos esquerdopatas envolvendo esse factóide político já encheram o saco. Hoje mesmo estão sendo divulgados pormenores de corrupção verdadeira, envolvendo fortunas que foram desviadas nos governos do PT. O BNDES divulgou listas didáticas e pormenorizadas de aplicação de seus rercursos. Também tivemos a divulgação de detalhes da nova delação do Palocci, que sabe das coisas pois foi um dos cabeças da ORCRIM petista. Muito dinheiro COMPROVADAMENTE roubado do nosso povo. Nada dessas invenções e baboseiras criadas por mentes doentias dessa esquerda mentirosa e anti patriota, que sempre torce contra o Brasil, pensando apenas nos seus interesses.

  2. Ceará-Mundão disse:

    A insistente perseguição que esses esquerdopatas promovem contra o Presidente Bolsonaro chega a ser ridícula além de irresponsável. Não há crime algum identificado até o momento nem muito menos o Presidente está envolvido em nada do que tanto insistem em falar. Uma movimentação de recursos irrisórios na conta de um ex assessor de um dos filhos do Presidente, assessor esse que está se tratando de um câncer intestinal e, por isso, não compareceu a convocações do MP. Mas isso é temporário. Há coisas verdadeiramente importantes sendo delatafas pelo Palocci e descobertas no BNDES, envolvendo bilhões e que realmente identificam práticas criminosas e altamente nocivas ao Brasil, que foram executadas nos governos do PT. Deixem de picuinhas, petralhas, e cuidem de seus bandidos de estimação. Deixem o Brasil progredir. Torçam a favor do nosso povo ao menos dessa vez.

  3. Brenno disse:

    Se existe a desgraça do foro privilegiado que tanto protege Renan Calheiros e demais santos de nossa política regida pela corrupção, se todos os senadores tem direito por legalidade dessa porcaria, qual o problema dele fazer uso do direito que o assiste? Qual político brasileiro abriu mão do foro? Cite 01?
    Agora que isso precisa acabar, é outra questão.

    • Anderson disse:

      Que ele faça bom proveito desse "direito", conforme sua citação, mas não fugindo de uma investigação em curso, não se acovardando e buscando antecipar o seu foro privilegiado junto ao STF. Não sejamos inocentes, né?! Não sejamos coniventes com aberrações, né?! Por hora, não tenho conhecimento de algum político que renunciou ao foro mazela privilegiado, mas, salvo melhor juízo, é a primeira vez que um senador pede para antecipar a tal mazela (foro) junto ao STF. Se você votou em Bolsonaro, eu também assim o fiz. Entretanto eu não vou ser conivente com quem sempre repudiou a corrupção, incluindo o senador eleito.

  4. observador disse:

    O que me deixa estupefato é que o filho do homem que falou em público que não permitiria nenhum corrupto no governo, que não se aliaria e tal, por ironia o filho ja entrou com suspeita de corrupção! e os bolsonínios ficam como? CALADOS…

  5. Anderson disse:

    Em fevereiro, o senador eleito, Flávio Bolsonaro, tomará posse no Congresso. Ou seja, passará a ter direito ao foro privilegiado junto ao STF. Em miúdos, a manobra jurídica deu certo, graças ao ministro Luiz Fux e a possível malandragem jurídica. O STF é tão confiável que no caso do terrorista Battisti as autoridades Italiana optaram pela extradição direto da Bolívia por receio de alguma manobra jurídica no Brasil que pudesse beneficiar o terrorista. As declarações do ministro Marco Aurélio faz parte do enredo, do show em comento. Começastes bem, senador eleito. Parabéns!

CONAR: Mulheres se ofendem e propaganda do Bom Negócio, com Cumpadi Washington, será alterada

original_Cumpadi_Washington_é_vendido_em_anúncio_do_Bom_Negócio-300x225A propaganda do site de classificados Bom Negócio que se popularizou pelo bordão “Sabe de nada, inocente”, dito pelo cantor Cumpadi Washington, recebeu aproximadamente cinquenta reclamações no Conar –  e será alterada.

Os consumidores, em sua maioria mulheres, acharam ofensiva a parte em que o cantor chama uma mulher de “ordinária”. Na verdade ele não chega a completar a palavra, diz apenas “vem, vem, ordiná…” e então é interrompido, mas o Conar não deixou de dar razão às queixas. Ainda cabe recurso.

Por Lauro Jardim – Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    A mulher se sente ofendida com uma propaganda que seu ator a mais de 20 anos dizia o mesmo bordão e cantava para as mesmas descerem na boquinha da garrafa. No carnaval passado a "musica" Lepo Lepo fez um sucesso enorme, principalmente entre o sexo feminino e agora vem reclamar de cumpadre Washington?

  2. Black Ace disse:

    Isto é coisa de feminista sapatão.

    Mulher mal amada é fogo!!!

  3. Mateus Henriques disse:

    Esse bordão tem mais de 20 anos e resolvem implicar agora? Que besteira!

    • Ieda disse:

      " Sabe de nada inocente", ninguém está implicando com o bordão e sim pelo fato do cantor chamar uma mulher de ordinária.

    • Luiz disse:

      Ele chama uma que é bonita e gostosa.
      Não sei pq as feias se incomodam com isso.

PROCON/RN divulga nomes das empresas campeãs em reclamações no mês de outubro

O PROCON/RN passou a divulgar desde o mês passado (outubro) um ranking com as 20 empresas ou grupo de empresas que mais geraram reclamações de consumidores registradas nos canais de atendimento.

No último levantamento (01.10.2013 a 31.10.2013) os que mais geraram queixas foram o setor de telecomunicações, instituições financeiras e comércio eletrônico. O objetivo do ranking é garantir a transparência dos dados decisivos para que os consumidores possam escolher melhor na hora de comprar um produto.

Confira a lista:

1111111111111 2222222222

Cinemark reage à insatisfação dos Natalenses

Natal responde por 73% das reclamações de toda a rede Cinemark no Brasil.

A rede Cinemark está decidida a não perder seus clientes e, para tanto, começou a agir quando se apercebeu do número de reclamações que os usuários postavam no Twitter.

Em Natal, o problema é antigo. Esse blog mesmo chegou a noticiar a questão nos primeiros dias em que chegou à rede, em 11 de abril mais precisamente.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jose Carlos disse:

    Concordo com todas as posições anteriores..Era cliente fiel a cinemark desde o inicio de suas atividades. Conheci pessoalmente os dois primeiros gerentes gerais de lá o Sr. Ronaldo Serpa e o sr. André Ribeiro, este ultimo ainda reside en Natal. O cinemark era CINEMARK, DURANTE ESSAS GESTÕES. Ronaldo e sua inalguração linda e o André com suas inovações ao ponto de colocar um carro no saguão de entrada do cine no filme Quarteto Fantastico.. Infelizmente nosso ex-melhor cinema da cidade sucumbiu diante de sua grandiosidade e falta de concorrente. Porém nosso sofrimento acabará, a Cinepolis irá inaugurrar no Natal Shopping e me informaram que teremos a satistfação de contarmos com o sr. ronaldo ou o sr. andré a frente do complexo. P.S. Confirmem essa informação no Favorito da eng Roberto freire pois o Sr. André é diretor de mkt desta rede

  2. Monica disse:

    Pelo que já passei nesse estabelecimento, não vou mais lá nem que melhore ! Pagar caro por aborrecimento, to fora!

  3. Carlos disse:

    É, agora é esperar pra ver no que vai dar! se tudo acontecer do jeito que eles prometeram vou mais ao Cinemark.

  4. Eduardo disse:

    Sou fã de cinema desde dos saudosos Rio Grande e Cine Nordeste. Passamos com um pequena melhora com as salas do Rio Verde ( mesmo grupo do Rio Grande). Muito tempo depois, o Moviecom no Praia Shopping. Agora o Cinemark. Moderno, bem localizado ( Midway Mall). O que me intriga, além de todas as outras reclamações que são procedentes, é a inercia do Midway. O Referido Shopping recebe elogios do estacionamento a praça de restaurantes. É um shopping que não deve nada a nenhum outro no Brasil. Poderia cobrar um pouco mais do Cinemark.

  5. Samantha disse:

    Embora o Cinemark daqui sofra com problemas como cadeiras quebradas, chão pegajoso, projeções que eventualmente falham, muitas filas e desorganização, pra mim, o maior problema é o público, formado em sua maioria por pessoas extremamente mal educadas. Se houver uma maneira de controlar conversas, piadas e uso de aparelhos que atrapalham a concentração dos outros, já será um enorme avanço, porque, da maneira como as coisas funcionam atualmente, quem vai exclusivamente para assistir ao filme que se lasque.

  6. Simone disse:

    Quando fui assistir Carros 2 3D, a imagem ficou fora de foco durante o filme inteiro. No final da sessão fui reclamar com a gerente e ela ofereceu cortesias para ver outro filme. Mas é muita falta de cuidado com a exibição, com certeza se tivessem os lanterninhas na sala eles veriam o problema na imagem.

  7. Tyego Franklim disse:

    Também já coloquei o Cinemark como segunda opção! Só vou lá mesmo quando o filme que quer assistir só é exibido lá ou quando vou com meus amigos que o preferem. Dentre os vários motivos, já citados na postagem, o que mais me afasta do Cinemark é a bagunça nas sessões (como bem apontou o Paulo Jorge). Parece que quando se entra naquelas salas nos transportamos para um território anárquico. Não é qualquer tipo de regra, nem as de etiqueta. Pés na poltrona da frente, conversa, celular, discussões, pipoca voando para todos os lados… lanterninha que é bom… ZERO! Já que a rede quer reconquistar um bom espaço em Natal, seria bom uma campanha de conscientização/educação. Ser um pouco mais presente durante a exibição do filme. Parece que quando o filme começa os funcionários puxam um banquinho e ficam conversando no corredor… aconteça o que acontecer dentro da sala, eles não se abalarão!
    Desde já, como um dos reclamões do Twitter, sinto-me satisfeito com a atitude da Rede Cinemark em dá uma olhadinha em Natal.

  8. Paulo Jorge disse:

    Deixei de frequentar o Cinemark Natal por esses problemas. O complexo presta um péssimo serviço ao natalense, que lhe dá um retorno absurdo. Agora o principal problema é a bagunça nas salas. É preciso combater isso também. Agir com mais rigor em relação aos bagunceiros. Só volta a frequentar quando essa questão for resolvida.

  9. Lua disse:

    Creio q temos Outro Grave problema não citado.. A falta dos Lanterninhas.. Infelizmente eles não existem mais, e somos Obrigados a ver absurdos dentro do cinema sem poder recorrer no momento. Gente falando ao celular, fotografando, usando computador dentro das salas.. Tá demais a coisa. #VoltaaosLanterninhas Já!

  10. Randolfo costa disse:

    Mas Bruno combinaram tudo isso com o superintendente do midway? Pois foi ele quem proibiu fila única para comprar o ingresso um absurdo indo na contramão da modernidade.