Ronda Cidadã aborda mais de 80 pessoas durante operação na zona Leste de Natal

Ronda Cidadã (1)Os policiais do 1º Batalhão de Polícia Militar (1ºBPM) que atuam no Ronda Cidadã da Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP 4) intensificaram o patrulhamento na zona Leste de Natal, com a realização de barreiras policiais e abordagens no intuito de coibir a criminalidade e garantir a paz social.

Na noite desta terça-feira (15) foram realizadas abordagens na Avenida Bernardo Vieira. Durante a ação, cinco ônibus foram fiscalizados e 82 pessoas, em atitude suspeita, foram abordadas com a realização da revista pessoal. O trabalho de abordagens à veículos e pedestres na zona Leste de Natal estão sendo realizadas levando em consideração os dados estatísticos, que indicam as áreas que necessitam de um maior força policial e um trabalho de patrulhamento mais intenso dos policiais do 1º BPM.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Nélo disse:

    O que é uma pessoa em atitude suspeita? Tem um padrão? Como é qualificar uma pessoa em atitude suspeita? e afinal, suspeita de que?

Policiais do Ronda Cidadã distribuem presentes para crianças em Mãe Luiza

Policiais do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM) que atuam no Ronda Cidadã da Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP 4) fizeram o Natal mais feliz para dezenas de crianças da Escola Estadual Professor Severino Bezerra, no Bairro de Mãe Luiza, na zona Leste da capital potiguar.

Aproximadamente 60 crianças receberam presentes do Papai Noel e dos policiais por meio da campanha de Natal dos Correios, onde as cartinhas foram adotadas pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. Entre os presentes estavam bicicletas, bolas, bonecas, material escolar, caixas de bombons, entre outros.

Militares do Corpo de Bombeiros também participaram da ação, colaborando com a arrecadação e distribuição dos presentes.

Ronda Cidadã realiza cerca de 100 abordagens nos bairros de Areia Preta e Mãe Luiza

Polícia do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM) que atuam no Programa Ronda Cidadã, na Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP4), realizaram na noite desta quarta-feira (19) nos bairros de Areia Preta e Mãe Luíza cerca de 100 abordagens a pedestres e veículos com o objetivo de prevenir as práticas ilícitas pelas ruas e avenidas daqueles bairros. Na ocasião foram utilizados também o efetivo da Força Tática e a viatura do oficial de serviço que reforçou as áreas mais afetadas pela mancha criminal.

O programa Ronda Cidadã foi implementado no Rio Grande do Norte no dia 22 de julho, inicialmente na Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP 4), que compreende também Areia Preta, Mãe Luiza e Petrópolis e se destina às ações de Polícia Comunitária, promovendo abordagens com foco no acolhimento, na inclusão social e na cidadania, sem, contudo, se descuidar do policiamento reativo, com o policiamento repressivo, de forma qualificada.

Secretarias estaduais discutem com a população ações sociais integradas do Ronda Cidadã

Secretarias estaduais discutem com a população ações sociais integradas do Ronda Cidadã (1) Secretarias estaduais discutem com a população ações sociais integradas do Ronda Cidadã (2) Secretarias estaduais discutem com a população ações sociais integradas do Ronda Cidadã (9)Representantes da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), que integram a coordenação do Programa Ronda Cidadã, acompanhado da secretária Estadual de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), Julianne Faria, da secretária da Juventude do RN, Divaneide Basílio, da secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Teresa Freire, e membros das demais Secretarias estaduais, se reuniram na noite desta terça-feira (28) com moradores e lideranças comunitárias dos bairros de Mãe Luiza, Petrópolis e Areia Preta, que integram a Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP 4).

A reunião foi realizada no Centro Social Padre João Perestrelo, em Mãe Luiza e serviu para apresentar à comunidade o calendário de ações integradas de cidadania que serão desenvolvidas por todas as Secretarias que integram o Ronda Cidadã nos três bairros durante o mês de agosto que ficou intitulado como Agosto Cidadão.

“Essas reuniões aconteceram de forma sistemática e permanente, pois a filosofia do Ronda Cidadã pretende transformar a população em um canal permanente no desenvolvimento das politicas públicas. Ainda é cedo para aferir algum resultado das ações, mas a população já começa a sentir a mudança na forma de abordagem, mais humanizada e uma presença mais constante e efetiva da polícia”, destaca o capitão Rodrigo Couceiro, coordenador do Programa Ronda Cidadã.

Durante o encontro também foi apresentado à população os oficiais que trabalharão no território dos três bairros que integram a AISP 4, bem como a equipe que compõe o núcleo de policiamento proativo.

No próximo sábado, dia 1o de agosto, será apresentado a população a programação completa para o Agosto Cidadão. A ação, que está inserida no Eixo Prevenção do Programa Ronda Cidadã, acontecerá na Praça Edgar Borges, em Mãe Luiza e conta com o apoio da Secretaria de Educação, Secretaria da Juventude, Sethas, Secretaria de Políticas para as Mulheres e a Fundação José Augusto.

Além disso, entre as ações que estão programadas para o Agosto Cidadão estão a realização de Oficina de Percurso, oficina de “Violência, o que eu tenho a ver com isso”, oficina de contação de história e brinquedo cantado, oficina de gastronomia, oficina de teatro, cinema e educação em saúde, reunião da coordenação do Mais Educação com os educadores e a comunidade para a realização de um planejamento participativo, oficina de diagnóstico com a comunidade para definição das ações de Esporte, Lazer e Qualidade de Vida, além de outras ações de cidadania.

Programa Ronda Cidadã será lançado nesta quarta-feira

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social, lançará o Programa Ronda Cidadã na próxima quarta-feira (22) às 9h, no Centro Social Padre João Perestrelo, em Mãe Luíza, zona Leste de Natal.

As ações vão compreender inicialmente a Área Integrada de Segurança Pública 4 (AISP 4), formada pelos bairros de Areia Preta, Mãe Luiza e Petrópolis, que têm uma população estimada em 30 mil habitantes e aproximadamente dois quilômetros quadrados.

O Programa Ronda Cidadã se destina às ações de polícia comunitária, promovendo abordagens com foco no acolhimento, na inclusão social e na cidadania, sem, contudo, se descuidar do policiamento reativo, com o policiamento repressivo, de forma qualificada.

Governador do Rio Grande do Norte anuncia Programa Ronda Cidadã, destaca imprensa nacional

Por interino

robinson_2O novo governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e o vice, Fábio Dantas, tomaram posse no início da noite de hoje (1º), no Centro de Convenções de Natal. A cerimônia foi conduzida pelo presidente da Assembleia Legislativa do estado, Ricardo Motta.

Em seu discurso de posse, Faria reforçou propostas apresentadas durante as eleições, sobretudo nas áreas de segurança pública, saúde e educação. O novo governador prometeu criar o Programa Ronda Cidadã, que será inspirado em modelos de polícia comunitária. Além disso, defendeu revisão no estatuto da Polícia Militar, humanização da tropa e valorização profissional.

O tema da segurança pública foi um dos mais debatidos durante as eleições deste ano. A situação no estado é preocupante. Segundo o Mapa da Violência deste ano, a cidade de Natal foi a que teve maior crescimento no número de homicídios entre os anos 2002 e 2012. A taxa saltou de 13,9 para 55,8 homicídios por 100 mil habitantes.

O governo também vai “cobrar das polícias, após cuidar dos seus direitos legítimos, o retorno do seu trabalho e entusiasmo na proteção à sociedade. Essa proteção é um direito inarredável do cidadão comum. Haverá, por parte do governo, uma cobrança diária e exigência hierárquica desse trabalho, que é dever do poder público”, destacou.

Compromissos na área da educação também foram reforçados. O principal deles é a erradicação do analfabetismo no estado. Além disso, o governador defendeu a implantação efetiva do Plano Nacional de Educação, a participação de pais na gestão escolar e anunciou a criação de um Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) estadual, programa de formação técnica que atualmente existe em âmbito federal.

Robinson Faria disse que, assim como a educação, a área da saúde está sucateada. Para enfrentar o problema, ele prometeu recuperar os 25 hospitais regionais do Rio Grande do Norte e criar centros de diagnósticos. “É urgente retirar dos corredores a condição degradante de enfermarias da vergonha. Valorizar e apoiar os servidores da saúde, em todos os seus níveis”, disse.

Faria enfrentou o atual presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB). No primeiro turno, Henrique Alves ficou com 47,3% e Robinson Faria com 42% dos votos válidos. No segundo, Faria virou o jogo e venceu com 54,4% dos votos válidos no estado.

Atual vice-governador do estado, Farias seguiu do Centro de Convenções para o Palácio Potengi, prédio histórico onde hoje funciona a Pinacoteca do Estado. Ele participa agora da solenidade de transmissão de cargo. A então governadora Rosalba Ciarlini (DEM), com quem Faria rompeu com oito meses de governo em 2011, também está presente na cerimônia.

Robinson Faria, 55, é advogado, empresário e pai do deputado federal Fábio Faria, vice-presidente da Câmara. Ele foi deputado estadual por seis mandatos, presidente da Assembleia Legislativa de 2003 a 2010, quando então integrou a chapa ao governo que saiu vitoriosa nas eleições.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. BETO disse:

    A presença de policiais nas ruas inibe os vagabundos, mas não resolve, pode colocar cem mil policiais nas ruas, eles vão lá, fazem o trabalho, prendem. Só que quando chega na justiça todo o trabalho feito pelo policial, vai de agua a baixo, as LEIS são fracas, a justiça manda soltar. No primeiro minuto soltos, voltam a cometer delitos. Só vai resolver o dia que mudar as LEIS, ai sim a justiça será feita. Eu defendo LEIS duríssima para crimes graves, brutais, é de cadeira elétrica para mais, quero nem saber. Matou, tem que morrer, paredão, não se pode admitir que o cidadão de bem perca a vida, por causa de um celular.

  2. Ricardo disse:

    Gostaria mesmo é de que Robinson tivesse anunciado medidas concretas e duras para desinflar a já combalida máquina pública potiguar, como, por exemplo, fez o novo Governador do Mato Grosso, o ex-Sub Procurador da República Pedro Taques, que anunciou ontem a demissão de mais de 2000 cargos comissionados no seu Estado, como observamos da matéria abaixo:

    http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2015/01/governador-de-mt-assume-e-anuncia-demissao-de-ate-2-mil-comissionados.html