Backup em nuvens é o futuro da segurança das empresas

Cabo Telecom completa 20 anos se destacando com novo serviço oferecido a empresas de pequeno e grande porte. Foto: Divulgação

“Não conheço nenhuma grande empresa que ainda não foi atacada por hackers”, comenta Torquato Neto, especialista em serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação da Cabo Telecom. De fato, com o avanço tecnológico, essa é uma realidade que se torna cada vez mais comum. Em 2019 o Brasil foi o segundo país com maior número de sequestro de dados, perdendo apenas para os Estados Unidos. O maior pesadelo das empresas tem uma solução que vem conquistando cada vez mais o mercado potiguar.

Para marcar os 20 anos como a maior empresa de telecomunicações do estado, a Cabo Telecom inova em oferecer serviços para os clientes, ingressando na área de tecnologia da informação com ênfase em segurança digital. O novo Cabo Cloud Backup é a grande aposta para pequenos e grandes empresários que querem proteger seus dados com toda a credibilidade de uma empresa genuinamente potiguar.

O produto, que começou a ser comercializado no final de 2019, é fruto de uma parceria com uma das maiores e mais renomadas empresas do ramo, a Acronis. Baseada em Singapura, é líder no mercado mundial e fecha acordo com exclusividade em Natal com a Cabo Telecom na prestação desse serviço. “A Cabo é conhecida por sua excelência em atendimento, suporte e também queremos oferecer isso em produtos de TI para as empresas, com todo o nosso know-how de comprometimento com o cliente”, comenta Torquato.

O Cloud Backup inova em trazer ao cliente todo o conforto e segurança de um backup instantâneo e livre de interferências físicas, o que não acontece com o backup em aparelhos que se assemelham aos HDs externos. “Dentro da empresa às vezes você sente a segurança de ter os arquivos ‘debaixo do braço’, mas todo mundo conhece alguém que sofreu um roubo, que teve o computador queimado e perdeu tudo: isso acontece muito em empresas”, exemplifica o especialista.

Com este novo mecanismo, todos os dados e arquivos do cliente ficam alocados em uma nuvem que ele pode acessar de qualquer ambiente e que está imune a, inclusive, ataques virtuais. Essa característica se dá porque a nuvem é unilateral, ela apenas recebe os dados e não os modifica. Além disso, a parte de segurança é bem mais complexa. Com os dados protegidos e podendo ser acessados pelo cliente com segurança, ações como o sequestro de dados perdem a possibilidade de acontecer.

Os primeiros clientes em Natal já estão usufruindo esse serviço altamente qualificado e a Cabo Telecom ainda oferece 30 dias de testes gratuitos para que os interessados possam conhecer as funcionalidades da nova ferramenta. A empresa conta com 60 colaboradores trabalhando na produção desta e de outras soluções em tecnologia da informação para os clientes potiguares.

RN registra 2.207 profissionais de Saúde confirmados com covid-19; na Segurança Pública, 453 testaram positivo

O Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (CEREST) das Sesap acompanha a ocorrência de Covid 19 junto às categorias de trabalhadores da Saúde e da Segurança Pública. Os dados apurados, segundo a coordenadora do CEREST, Kelly Lima, atestam que hoje 10% das pessoas infectadas pelo novo coronavírus são profissionais da Saúde das redes pública estadual e municipal e privada.

Os profissionais de Saúde são a categoria mais testada no RN. No início da pandemia, 25% dos casos atingiam estes profissionais. “Hoje temos menos de 10% casos. A redução se deu devido ao intenso trabalho que realizamos nas unidades de saúde com orientações sobre bio segurança e uso adequado de EPIs”, afirmou Kelly Lima.

O RN tem 2.207 profissionais de Saúde confirmados com covid. Na categoria foram contabilizados 18 óbitos, dos quais 3 foram de aposentados que contraíram o vírus fora do ambiente de trabalho. Oito óbitos aconteceram em Mossoró e outros dez se somam na região metropolitana de Natal.

Entre os profissionais da Segurança Pública, 453 contraíram a covid e há 578 casos suspeitos. A maioria são homens com idade entre 30 e 49 anos. Foram registrados dois óbitos, um em Mossoró e um na região metropolitana de Natal.

Os dados mostram que 48% casos confirmados para covid no RN são de pessoas com idade entre 30 e 49. “Entendemos que são pessoas que estão em idade ativa e trabalhando. O local de trabalho pode, sim, ser local de transmissão. Daí a importância do distanciamento e das barreiras para o exercício do trabalho de forma segura”, registrou Kelly Lima. Ela ainda destacou a importância da adesão das pessoas, das empresas e instituições ao Pacto pela Saúde que também visa fomentar junto aos municípios estratégias para a segurança no trabalho.

Hospital da Unimed adota novas medidas de segurança para familiares e pacientes

Foto: Divulgação

Por causa da Pandemia do novo coronavírus o Hospital Unimed suspendeu as visitas aos pacientes com quadro confirmado de COVID-19. O boletim médico é repassado, por telefone, aos familiares, uma única vez ao dia, entre 11h e 15h. É importante que o paciente tenha materiais de higiene pessoal.

Ao paciente hospitalizado na UTI não é permitido o acesso de quaisquer outros objetos além dos solicitados pela equipe. Celulares, tablets, roupas e acessórios devem ficar com os familiares. Ao receber alta da Terapia Intensiva, o paciente será encaminhado ao apartamento ou enfermaria onde passará a ter direito a somente um acompanhante, desde que este não seja do grupo de risco (portador de doenças crônicas, gestante ou idoso).

As medidas visam a preservação da saúde de todos gerando o menor risco possível de disseminação do novo coronavírus.

Dia dos Namorados no motel: como celebrar a data com segurança na pandemia

(Foto: Fiesta Motel/Divulgação)

O Dia dos Namorados se aproxima (12/6) e os casais procuram maneiras de comemorar juntinhos essa data especial. Uma das formas tradicionais de celebrar é aproveitar uma noite a dois em motéis da cidade. Mesmo diante da pandemia causada pela covid-19, esses estabelecimentos permanecem em funcionamento, com autorização do governo, e adotam medidas de prevenção a contaminações pelo coronavírus. Confira orientações de especialista para curtir de maneira segura um momento romântico e sensual no motel.

As idas a motéis podem ser muito comuns entre pessoas que não moram na mesma residência, no entanto, essa programação é recomendada apenas para casais que dividem o mesmo lar. “O indivíduo pode estar na fase de incubação, ou seja, já infectado, contudo, sem sintomas, e então transmitir a doença. É um risco para ambos quando não o casal não vive junto”, explica o infectologista e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Julival Ribeiro.

Em relação a pessoas consideradas do grupo de risco, o infectologista não aconselha a visita a motéis. “O grupo de risco jamais deve frequentar um ambiente desse, por ser fechado e sem ventilação, a probabilidade de pegar o vírus no motel é bem maior”, frisa o médico.

Cuidados

Se o casal optar por celebrar o 12 de junho no motel, será necessário tomar algumas precauções. Julival Ribeiro recomenda a higienização constante das mãos ao entrar em contato com superfícies como máquinas de cartão de crédito e de débito, telefones, maçanetas e, na hora de comer, se possível utilize pratos e talheres descartáveis. E, claro, não esquecer de usar máscara nos ambientes comuns como recepção e estacionamento.

Para os estabelecimentos, o infectologista sugere a disponibilização de álcool com porcentagem de 70%. “Espera-se uma boa limpeza. Porém, eu recomendo que a empresa deixe à disposição álcool no quarto, para que, quando a pessoa toque em uma superfície que porventura esteja contaminada pelo vírus, transmitido por gotículas de secreção respiratória, ela possa desinfectar as mãos com facilidade”, reforça Ribeiro.

Segundo a Associação Brasileira de Motéis (ABMotéis), os estabelecimentos sempre se preocuparam com a limpeza e, nos tempos de pandemia, essa prática ficou ainda mais reforçada. A associação disponibilizou uma cartilha com orientações de higiene e desinfecção aos empresários do setor. Nela, há instruções de como limpar as superfícies desde a recepção aos ambientes mais íntimos, como banheiras, chuveiros e camas. Na cartilha, também, estão disponíveis informações sobre a quantidade de funcionários e os cuidados a serem seguidos por eles.

Em nota, a ABMóteis afirma: “O setor moteleiro sempre atuou de forma rígida e profissional em relação às questões sanitárias e boas práticas de higiene, utilizando produtos químicos da linha profissional, que são capazes de esterilizar e desinfetar todas as superfícies, hidros e demais áreas das suítes. Esse cuidado segue vigente e foi reforçado em razão das medidas de segurança para combate o novo coronavírus”.

Correio Braziliense

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. nasto disse:

    Gente, fique em casa. No próximo ano todos aos Motéis. Umazinha pode ser em casa esse ano.
    Não deem sorte para o azar.

Como sair com segurança nas férias em plena pandemia

Foto: Tourism Kelowna/CedarCreek Estate Winery/Brian Sprout

Quando a pandemia de coronavírus chegou e as fronteiras se fecharam em todo o mundo, BreAnne Henry descartou seus planos de viagem para a Irlanda e Portugal no verão do Hemisfério Norte.

No lugar disso, a fisioterapeuta de Calgary, Canadá, e o noivo vão se contentar com um plano B para as férias de julho: uma viagem de carro de sete horas para Kelowna, para conferir as vinícolas, as trilhas e as praias da região.

Mas até esse projeto é provisório, porque requer atravessar a divisa entre as províncias canadenses de Alberta e British Columbia e, pelo menos neste momento, cruzar as divisas é algo fortemente desaconselhado pelas autoridades de saúde pública.

“É aí que entra o plano C”, diz BreAnne Henry. “Obviamente, queremos seguir todas as regras estabelecidas pelo governo e, se apenas viagens essenciais entre as províncias forem autorizadas, vamos acampar em Alberta mesmo”, conforma-se.

Ficar perto de casa

Especialistas do setor de turismo sugerem que as pessoas voltem a viajar explorando atrações mais próximas de casa – de preferência, aquelas que ficam praticamente no próprio quintal.

“Mesmo quando os confinamentos forem suspensos, haverá uma tendência para as pessoas ficarem mais próximas de casa nos primeiros meses por estarem preocupadas com uma possível segunda onda da pandemia”, prevê Caroline Bremner, a chefe de viagens da Euromonitor International, uma empresa de pesquisa de mercado global sediada em Londres.

“Quando as restrições forem atenuadas, o passeio de um dia será a primeira atividade que vai renascer, pois as pessoas se sentirão livres para explorar suas regiões e aproveitar a natureza novamente”, opina Bremner.

Para o médico Griffin, “viajar de carro para destinos próximos pode ser uma opção para aumentar o controle que você e sua família têm sobre riscos potenciais, em comparação a viajar de avião ou transporte público”.

Essa viagem “hiperlocal” – explorando um bairro do outro lado da cidade ou lojas ou restaurantes recém-reabertos em uma cidade vizinha – ainda oferece uma sensação de aventura, como explica Jantine Van Kregten, diretora de comunicações da Ottawa Tourism, na capital do Canadá.

“Todos precisamos de uma mudança de cenário após dez semanas de confinamento. Uma das coisas divertidas é incentivar as pessoas a conversar com

amigos e parentes em sua própria cidade, visitar o bairro que eles conhecem bem e encontrar os restaurantes e lojas de que gostam”.

Quanto às viagens que exigem pernoites, é provável que os viajantes comecem a satisfazer sua sede de viajar reprimida com roteiros de carro, nos quais podem arrumar sua própria comida, carregar lenços umedecidos com álcool gel e dirigir em seus próprios veículos por algumas horas.

“Acho que a mentalidade das pessoas é essa: ‘Se acontecer alguma coisa, posso pegar meu carro e voltar para casa'”, avalia Van Kregten. “Não é preciso esperar um avião ou ter de reagendar voos ou outros métodos de transporte”.

À procura de espaços abertos

Dirigir para grandes espaços abertos, como o Grand Canyon, será mais popular do que o normal, pois a maioria das pessoas tenta manter distância umas das outras e ficar ao ar livre, onde o coronavírus é menos propenso a se espalhar.

“Nos EUA, com quase metade dos estados reabrindo, será possível pegar a estrada, levando em consideração o distanciamento social e a Covid-19 balizando a viagem”, opinou Bremner, do Euromonitor International.

Nas estradas que levam aos campos de batalha de Gettysburg, na Pensilvânia, o tráfego já aumentou. Mesmo que locais como o centro de visitantes e os banheiros tenham sido temporariamente fechados, a área de um hectare e meio que serviu

de campo de batalha durante a Guerra Civil norte-americana foi aberta para visitas autoguiadas.

“Ao gerenciar nossos canais de mídia social, recebemos mensagens de muitas pessoas de Harrisburg, Maryland, e de outros lugares distantes a uma hora ou mais de viagem, que vieram com seus filhos para conhecer essas áreas históricas, já que a maioria das crianças não está na escola no momento”, contou Natalie Buyny, do Destination Gettysburg. “Percebemos que muitas pessoas estão vindo com seus trailers para passar alguns dias e ficam animadas por estarem aqui”.

Locais populares onde as multidões se reúnem, no entanto, podem ser problemáticos, pela dificuldade de manter o distanciamento social. O médico Griffin sugere viajar para parques menos conhecidos ou ir a um lago com apenas sua família, em vez de visitar uma praia lotada ou entrar na aglomeração de turistas para ver o gêiser Old Faithful, em Yellowstone”.

Hotéis mais limpos e seguros

Os hotéis também estão se preparando para receber turistas. Por exemplo, o Hotel Figueroa, no centro de Los Angeles, oferece descontos para os californianos que podem provar que vivem no estado. Assim como hotéis em outros lugares, o Figueroa está fazendo de tudo para tranquilizar os hóspedes sobre o aumento das práticas de limpeza e higienização.

“Essa será uma grande preocupação para os consumidores”, diz Bremner. “Toda interação do cliente com o hotel e sua equipe precisará ser vista pelas lentes da Covid-19, ou seja, o distanciamento social nas salas de jantar, o álcool em gel para as mãos em toda a propriedade, máscaras para funcionários, portas que se abrem automaticamente etc.”

Os hóspedes também começarão a fazer o próprio check-in e outros serviços, sem depender de atendentes. Para Van Kregten, será essencial comunicar essas novas práticas. “Será o primeiro pensamento para a maioria das pessoas: ‘Se eu for, o que você está fazendo para me manter seguro?’ Acho que chegaremos a um ponto em que já entenderemos de antemão que as precauções existem e os hotéis estão fazendo tudo certo”.

Sem voar por enquanto

Embora as pessoas possam estar dispostas a fazer check-in em hotéis próximos e outras hospedagens durante a temporada, é menos provável que comecem a embarcar em voos para destinos estrangeiros.

“Em países como a Grécia, o setor já está se preparando para a temporada de verão a partir do início de junho”, diz Bremner. “Mas não é esperado que os consumidores realizem viagens aéreas internacionais a médio prazo.”

Muitas fronteiras, incluindo a que separa os Estados Unidos do Canadá, ainda estão fechadas para viagens não essenciais. Países como Espanha e Reino Unido estão permitindo a entrada de visitantes, mas exigem que eles cumpram quarentena por 14 dias após a chegada, o que torna as férias muito mais complicadas e caras.

Outras nações estão criando “bolhas de viagem” com seus vizinhos para permitir uma entrada mais fácil para os cidadãos – casos da Nova Zelândia e Austrália e dos países bálticos Estônia, Letônia e Lituânia.

BreAnne Henry passou boa parte do ano passado organizando sua aventura pela Europa em 2020. “Sou do tipo planejadora. Gosto de esperar algo que sei que vai acontecer”, contou.

Mesmo sem planos de decolar tão cedo, a fisioterapeuta canadense está ansiosa pela viagem alternativa que fará nas férias de verão.

“É uma chance de explorar nosso próprio país. Temos uma lista de caminhadas que vínhamos adiando porque normalmente no verão optamos por viagens mais longas. Esta é uma excelente oportunidade de transformar uma restrição numa bênção.”

CNN Brasil

 

Bolsonaro: ‘Arma legal não é para cometer crime, é para evitar crime’

Foto: Isac Nóbrega / PR

O presidente Jair Bolsonaro defendeu o porte de armas a cidadãos comuns na manhã desta segunda-feira (1º) em conversa com apoiadores em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília.

“Uma arma legal não é para cometer crime, é para evitar crime”, afirmou o presidente.

Perguntado sobre os protestos que aconteceram neste domingo (31), o presidente disse que “não participa de nada” e que só vai “prestigiar vocês que estão me apoiando”.

“Pessoal de um movimento limpo, decente, pró democracia, pela lei e pela ordem. Eu apenas compareço”, disse Bolsonaro.

O presidente também criticou o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. TATA disse:

    EU QUERO SABER AINDA QUANTO TEMPO OS ORFAOS DOS ROBOS , OS PATROCINADOS PELO DINHEIRO PUBLICO AINDA VIRAO AQUI PARA ESPALHAR SUAS SANDICES, CUIDADO O CERCO TA APERTANDO VIUKKKKKKKKKKK

  2. Barba disse:

    Só os cidadãos de bem!aquela arma no churrasco,no sítio, se tiver uma treta, mata alguns e tá tudo bem!

    • Paulo disse:

      E os bandidos soltos pelas audiências de custodia, matando Cidadãos de bem, trabalhadores, domesticas,garçons que deixam as famílias órfãos isto por por um celular de R$ 100,00 o que você diz?????>

    • TATA disse:

      SEGURANCA PUBLICA E DEVER DO ESTADO, E A AUTOTUTELA E CRIME PARA ESSES CASOS CONCRETOS.

  3. Fabio disse:

    Tem todo meu apoio , melhor presidente q já existiu , não é a toa q os bandidos lhe odeiam .
    Peia neles presidente.

  4. Toim disse:

    Ditadura é esse STF

  5. Ricardo disse:

    Bandeira da Ucrânia? Coincidência.
    Discurso do Mussolini? Coincidência.
    Tochas? Coincidência.
    Leite? Coincidência.
    Discurso do Goebbels? Coincidência.

    Até onde vão as coincidências?

    • Neco disse:

      Como é divertido vcs caírem nessas pilhas.
      Aí quando aparecer um fascista de verdade, ninguém vai dar ouvidos. Deixa de ser divertido.
      Se tem um presidente que quer dimnuir o tamaho do Estado e chamam de fascista.
      A historia do menino traquina que grita 'loooobo'.

    • Ricardo disse:

      Pilhas? Cara a gente tá falando de um presidente da República.

    • Direita-honesta disse:

      Esses babacas nem sabem o que é fascismo. Vão espalhando mentiras e disseminando seu analfabetismo político. São meros papagaios de corruptos, que se põem a vomitar palavras de ordem que seus "donos" lhes mandam dizer. Ridículos.

  6. Cidadão pagador de impostos disse:

    O maior vagabundo q já passou pelo palácio do planalto.

    • Manoel disse:

      Esse título ele não consegue tirar de Lula, o vagabundo mor, nunca trabalhou, só fazia beber, roubou o que pode e o que não pode mandou roubar e ainda tem gente defendendo ele…

    • Francisco Alves disse:

      O cidadão esqueceu de citar o nome do vagabundo, mas vou lhe ajudar. O maior vagabundo, ladrão e corrupto que já passou pelo Palácio do Planalto foi Luladrão. Se alguém tiver dúvida pergunta no Google.

  7. Antonio Turci disse:

    O uso da arma está intimamente ligado ao livre arbítrio. Cada um supostamente deverá saber usar, primeiro, com muita rapidez, o bom senso; em seguida e sendo necessário, a arma.

    • Pedro Henrique disse:

      brasileiro sabe nem usar uma lixeira e um título de eleitor, homi!!!

    • JK disse:

      Boa colocação Pedro! Concordo no mais alto grau.

    • Minion de Peixeira disse:

      Entendi. Só sabe usar o título se concordar com vc. Eis o discurso legitimador das ditaduras.

“Brasil é um dos nossos parceiros mundiais mais fortes”, destaca EUA, que fala em “proteção compartilhada contra a covid-19, similares às restrições já adotadas em relação a outros países”

FOTO: TOM BRENNER

O Conselho Nacional de Segurança (NSC) dos Estados Unidos usou suas redes sociais para comentar, na noite desse domingo(24), para comentar a proibição da entrada de estrangeiros vindos do Brasil em seu território. A medida, anunciada pela tarde, é válida para viajantes que não são norte-americanos e foi tomada após o Brasil se tornar o segundo país com maior número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

“O Brasil é um dos nossos parceiros mundiais mais fortes. Donald Trump implementou restrições temporárias a estrangeiros vindos do Brasil para a proteção compartilhada de nossas populações contra a covid-19, similares às restrições já adotadas em relação a outros países”, diz o texto.

“A administração doará 1.000 ventiladores para ajudar o Brasil em suas necessidades médicas. Os Estados Unidos reconhecem os fortes esforços que o governo brasileiro tem tomado e irão brevemente fortalecer nossa parceria na Defesa e no comércio.”

Foto: Reprodução/Twitter

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Justus disse:

    Não sói fã de Bolsonaro nem participo da briga idiota entre essas 2 facções. Nono Correia, aonde você está vendo humilhação? No cancelamento de vôos brasileiros?Não fizemos o mesmo com os europeus? E eles se sentiram humilhados? E eles não fizeram o mesmo com outros? É a famosa síndrome de cachorro do brasileiro? Política de Estado não tem sentimento.

  2. Nando disse:

    Brasil e USA unidos na corrida de revezamento.

  3. O rei do gado disse:

    Torcendo pra que sejam assim mesmo, pq é aquela coisa: falar é facil, mas na hora do pega pra capar…. Existe muito amigo que fala: pode contar e quando vc mais precisa… mas torcendo para isso, mas a verdade é que precisamemos ter o plano B, nao se confia cegamente nessas falas não!

  4. Nono Correia disse:

    O Brasil morrendo, atolado em uma crise sem precedentes e com um governo inepto, e a jumentosfera bolsonarista achando que o pt está chorando por causa das humilhações que os EUA impõem ao país. Essa gente é dodói da cabeça.

  5. Silva disse:

    A petezada pode chupar!!
    Kkk

    • Antônio disse:

      Pois é, eles choram e todos morrem abraçados com o tio Sam, inalcançáveis primeiro e segundo lugar no ranking da covid19

Corpo de Bombeiros dá dicas de segurança durante o período chuvoso no RN; quedas de árvores, alagamentos e desabamentos entre sinais de alerta

Foto: Assecom/Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) recebe várias ocorrências durante o período chuvoso. Entre as solicitações feitas pela população, destaque para as quedas de árvores, alagamentos e desabamentos de muros ou tetos de residências.

Dessa forma, a corporação alerta para a necessidade de ter atenção redobrada para evitar maiores problemas e acidentes no período chuvoso.

Confira algumas dicas de segurança:

• Não jogue lixo nas ruas, córregos, margens de rios, pois podem causar alagamentos;

• Nunca abandone móveis ou eletrodomésticos nas ruas ou em terrenos baldios;

• Caso seja inevitável sair para a rua, é importante estar atento a algumas dicas, como circular de carro com os faróis acesos e evitar passar por lugares alagados;

• Não deixe crianças brincarem na chuva ou em áreas alagadas, pois há riscos de acidentes e de contraírem doenças, como hepatite e leptospirose;

• Caso sua casa esteja sujeita a alagamentos, coloque os móveis e outros pertences em lugar protegido;

• Para os moradores das regiões de risco – morros e encostas – os bombeiros recomendam que as pessoas procurem locais seguros para se abrigar;

• Só ande pela área alagada se for para sair de uma situação de perigo. Cuidado para não cair em valas e nem em bueiros abertos;

• Não utilize equipamentos elétricos em áreas inundadas ou que tenham sido molhadas, pois há risco de choque elétrico;

• Se estiver em lugar seguro, não se aventure em correntezas e inundações;

• Durante um temporal é comum a queda de árvores, por isso não estacione seu veículo nem permaneça embaixo delas.

Raios:

• Durante a incidência de raios evite deslocamentos a pé, não ande próximo a árvores, postes ou cercas;

• Evite locais abertos como piscinas, praias e campos de futebol;

• Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;

• Em caso emergência, acione o Corpo de Bombeiros do RN através do 193.

 

Bolsonaro determina que seja mantida segurança de Moro

FOTO: MATEUS BONOMI/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) determinou que a segurança do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro seja mantida mesmo após o ex-juiz da Lava Jato pedir demissão do cargo na última sexta-feira (24).

A informação foi confirmada via telefone pela assessoria de imprensa do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

O R7 Planalto também questionou por quanto tempo a segurança será mantida, mas ainda não obteve resposta.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luzinete viegas disse:

    Gente! Luz e Paz é do que estamos precisando. Acabem com está guerra.

  2. Zé Ninguém disse:

    Os MITRALHAS estão querendo rastrear o Moro. Tropa de Elite 3 já está rolando na vida real. Depois o Padilha faz o filme.

  3. Luzinete viegas disse:

    Meu Deus! Não vejo a hora desse nosso País encontrar a Paz desejada. Nem está pandemia acalmou a revolta dessa gente. Mortais ! Vamos trabalhar em favor da Paz! Pra que tanto veneno ? Isto Faz mal a quem dele se alimenta. Precisamos de Luz nāo de trevas. ACODEM! Pelo amor de Deus! Esta vida é passageira! Vamos plantar o bem!

  4. Zé Ninguém disse:

    Vai rastrear Moro. Esse meu presidente é sabido….. Lembrei de Adriano. Foi ligar para o advogado, morreu. Cuidado Moro! Os MITRALHAS são danados.

  5. lulao disse:

    vixe.estao de olho se liga moro.

  6. Paulo disse:

    Presidente é um homem! espero chilique do ex ministro passe que ele tenha sucesso em seu futuro. um barulho desse por conta de um delegado que já estava querendo sair !
    talvez no mundo real se possa entender como os brasileiros comuns vivem.

  7. Véio de Rui disse:

    O mito é diferente!

  8. Renner disse:

    Agora gostei…ponto para o presidente.

    • Anderson disse:

      Se moro morrer, quem o Sr. Acha que levará a culpa, principalmente agora que ele tem algo a dizer?

  9. Naldinho disse:

    Blefe. Isto é uma defesa prévia, pois se acontecer alguma coisa com Moro, ele acha que vai estar isento. Me engana que eu gosto.

Polícia Militar evita assalto e apreende duas armas de fogo no Tirol; dois suspeitos baleados

Fotos: Cedidas

Na manhã desta terça-feira (07), a Polícia Militar, através do 1º Batalhão, apreendeu um quarteto no momento em que realizavam um assalto à uma loja de telefone celular, no Tirol, zona Leste de Natal.

A viatura estava em patrulhamento pela Avenida Afonso Pena quando se deparou com o assalto em andamento. Ao notar a presença dos policiais, os elementos empreenderam fuga e efetuaram disparos contra a guarnição, que revidou, alvejando dois dos suspeitos, que foram socorridos após receberem voz de prisão.

Com a quadrilha detida, os militares encontraram 01 Revólver Cal.38 da marca Taurus, 11 munições do mesmo calibre, 01 Pistola .40 com 09 munições, 03 aparelhos de telefone Celular, 02 relógios de pulso, 01 corrente dourada, 01 mochila, 01 Carteira de Trabalho, 01 documento veicular, uma pequena porção de Cocaína e a quantia de R$ 44,00 em espécie.

Os policiais conduziram os acusados e o material apreendido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, para realização dos procedimentos cabíveis.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gilberto disse:

    Não existem suspeitos em caso de flagrante. É criminoso mesmo. Pois a pessoa que comete crime é o quê afinal?

  2. Vergonha disse:

    Calma …assim que chegar no presídio algum solta

  3. Paulo Roberto disse:

    Parabéns a PM! Coincidentemente estava no local da ação e a Polícia foi extremamente competente.

  4. Gui morais disse:

    Daqui a pouco aparece um magistrado pra mandar soltar.
    Vão dizer que não pode serem presos durante a pandemia.
    Aí fica esses guerreiros policiais militares, enxugando gelo.

  5. joão carlos disse:

    boa a ação da PM, mas fica uma sugestão: "porque não matam logo? agora vão ocupar 2 leitos que poderiam ser ocupados por pessoas de bem". Antigamente se matava essa raça e ficava por isso mesmo, hoje existe esse medo de processo, de perder o emprego. Finge que está 'acudindo' e termina de matar essas peste.

  6. Antonio Barbosa Santos disse:

    Sou leigo, digo logo, mas olhando as fotos me parece que os bandidos tiveram um ataque de COVID19.
    Sinais claros.

  7. EMJ disse:

    Parabéns ao segurança e a PM que agiram com rapidez e conseguiram deter os criminosos.

Segurança do RN já atendeu mais de 500 chamadas por descumprimento de prevenção e combate ao coronavírus; só em Natal, 358 ocorrências

Foto:Divulgação

Seguindo com as ações de combate a Covid-19, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) segue com as forças de segurança trabalhando todos os dias para apoiar os potiguares e tem contado com a ajuda da população para coibir práticas que vão contra as medidas de isolamento definidos pelo Governo do Estado.

Entre 18 de março e 5 de abril, um total de 522 chamadas, por descumprimento à lei de Combate à Doenças Contagiosas, foram atendidas no Centro Integrado Operações de Segurança Pública (Ciosp). A maioria delas, 358, aconteceu em Natal, mas também existem registros em Parnamirim (58), São Gonçalo do Amarante (25), São José do Mipibu (22), Macaíba (14), Nísia Floresta (14), Ceará-Mirim (12), Vera Cruz (7), Extremoz (6) e Monte Alegre (6).

Em portaria publicada no Diário Oficial do Estado, em abril deste ano (encurtador.com.br/jpIY6), a Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) e a Sesed definiram multas que chegam até R$ 50 mil para quem descumprir as medidas já estabelecidas em decretos por parte do Governo do RN.

A Sesed reforça que a população precisa seguir as recomendações do Governo do Estado para evitar a disseminação do coronavírus, que são baseadas nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde. Quem quiser denunciar o descumprimento dessas medidas, basta ligar para o 190.

Bandidos visam motoboys com aumento de entregas por causa do coronavírus e categoria protesta na Ponte Nova por segurança

Foto: Reprodução/Via Certa Natal

Motoboys realizam um protesto no fim da tarde desta sexta-feira(03), na ponte Newton Navarro, em Natal. De acordo com o Via Certa Natal, os organizadores reclamam que estão saturados com a onda de assaltos contra a categoria.

Destacam que a situação se agravou neste tempo de coronavírus, já que o aumento de pedidos deixou os trabalhadores mais expostos à violência urbana. Todos os dias aproximadamente trinta motos são tomadas dos motoboys, reclamam.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sandro Rosado disse:

    É preciso muita polícia na rua. O governo precisa garantir o trabalho desses heróicos profissionais, que estão ajudando a já sofrida economia do país a funcionar e levando alimento a quem precisa ficar em casa.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    Vão cobrar da sua governadora, é obrigação dela cuidar da segurança, ou ela esqueceu também. Ela não tá cuidando bem de corona quanto mais de vcs. Resumindo: cuidem-se e torçam pra que nada aconteça, já q são vcs q estão fazendo parte do comércio funcionar

  3. Sérgio Nogueira disse:

    Pronto, mais uma categoria que quer andar com um PM do lado.
    Não há como impedir todos os assaltos. Repitam comigo: não há como impedir todos os assaltos!

  4. Aprígio disse:

    CADÊ O PODER PÚBLICO??
    FORA FÁTIMA!!!
    INCOMPETÊNCIA DO MUNDO TODO CHEGOU E PAROU AQUI.

VERGONHOSO (VÍDEO): Atendimento em UBS na Zona Norte de Natal para por não ter itens básicos de segurança para profissionais de Saúde

Foto: Cedida

Inaceitável. Profissionais de saúde da USF Soledade II, na Zona Norte de Natal, paralisaram suas atividades de atendimento ao público por falta de equipamentos de proteção individual(EPI). Entre itens básicos, máscara de proteção respiratória cirúrgica. Confira vídeo cedido abaixo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fora BOLSOTRALHA disse:

    Melhor mandar se Lascar esses hipocritas que tudo acusam LULA …o unico PRESIDENTE QUE FEZ O MELHOR PARA O PAIS…SE TOQUEM…VICENTE VOCE E MAIS UM OTARIO DOIDO LIGADO AO IMBECIL BOSTANARO

    • Vicente disse:

      Luladrão não fez nada, dá esmola é muito fácil, é até uma forma de manter miseráveis. Quem tem boas intenções, ensina a ganhar ou dá condições pra o indivíduo se manter sozinho com trabalho. Portanto, dá uma esmola com intuito de ficar livre pra roubar, é de uma canalhice sem tamanho, e o roubo fazer falta pra os mais necessitados, é pior ainda, uma patifaria

    • Carlos disse:

      Revoltada……!

  2. humbabomber disse:

    Oxe, seu nonô…
    Quem tá reclamando são os profissionais, né o povo não! Este, coitado, é de uma ignorãncia bovina!

  3. Joao disse:

    Na propaganda da TV e jornais, mostra tudo bonito… uma beleza.. com protocolos de como deve ser. Na pratica é isso aí.. pura mentira. Quem confia em Estado e Municipio parece que nao aprenderam como funciona a realidade. Pao e circo. E ainda tem politicos e seguidores que pedem pra confiscar UTIs privadas… isso é a comprovacao da incompentencia estatal.. mais facil tirar a força de quem faz certo, do que fazer o certo de verdade… So esquecem que o sistema privado que funciona banca o sistema publico que nao funciona.

  4. Nono Corrêa disse:

    Muitos dos que se revoltam hoje, inclusive a grande imprensa e a imprensa papagaio, foram favoráveis (ou não reagiram) ao congelamento dos recursos para a saúde por 20 anos, durante o governo Temer. Esse povo acha que dinheiro para a saúde pública sai de onde? Do mercado financeiro? São a favor desse discurso neoliberal (estado mínimo) mas querem tudo to estado! Vão se lascar hipócritas!

    • Vicente disse:

      Não esqueça que luladrão e seus comparsas foram os responsáveis diretos por isso, pois roubaram em torno de um trilhão de reais, se você não enxerga isso, é o verdadeiro gado.

  5. Flávio Soares de Medeiros disse:

    Muitos comentam e estamos vendo acontecer, os governos estaduais decretam o isolamento e não tomam nenhuma outra providência contra o coronavírus.
    Não sabemos de hospital reservado para os infectados, não vemos novos leitos sendo disponibilizados, não se tem notícia da compra do material necessário ao combate ao vírus.
    Infelizmente falta muito para vermos os governadores tomando as providências devidas, tudo se resume ao isolamento.

    • Silva disse:

      Verdade !!!

    • Manoel disse:

      O governo daqui não tem dinheiro pra nada! Nada! Paralisou tudo e acha que assim todo mundo está protegido… Mas fazer o dever de casa que seria cortar gastos e procurar aumentar os leitos! NADA!

R$ 220 MILHÕES: Moro autoriza uso de recursos da Segurança para combate ao coronavírus

Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo

O Ministério da Justiça autorizou os estados a utilizarem recursos da ordem de R$ 202 milhões do Fundo Nacional de Segurança Pública e mais R$ 18 milhões do fundo de defesa dos direitos difusos para o combate à pandemia do coronavírus.

No caso do fundo de defesa dos direitos difusos, a verba será usada pelo Ministério da Saúde para instalar, em caráter emergencial, 13 kits de leitos de UTI com equipamentos necessários para tratar o coronavírus. Cada kit é composto de dez leitos. Os kits serão distribuídos em hospitais de referência e de grande porte, ainda a serem definidos.

Além disso, outra portaria do MJ autorizou os estados a utilizarem os recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública para “ações de segurança pública e defesa social necessárias ao combate dos efeitos da pandemia do coronavírus”. A portaria estabelece que os valores repassados serão bloqueados caso sejam identificadas irregularidades na aplicação.

O Globo

‘Bicho vai pegar’ com Forças Armadas no Ceará, diz Bolsonaro; presidente diz que ‘pessoal de verde está chegando’ e que criminosos não podem ser tratados ‘com flor’

Foto: Carolina Antunes/Presidência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na quinta-feira que o “bicho vai pegar” no Ceará com o envio das Forças Armadas. Bolsonaro autorizou uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no estado, afetado por por paralisação de policiais militares. Na noite de quinta-feira, policiais militares e bombeiros recusaram a proposta do governador do Ceará Camilo Santana (PT) e resolveram, portanto, manter o motim.

Bolsonaro declarou que quem está cometendo crimes durante a paralisação policial precisa entender que “o pessoal de verde está chegando” e defendeu que criminosos não podem ser tratados “com flor”.

— O pessoal que está cometendo delitos, crimes nessas regiões, onde, por um motivo qualquer, por um motivo justo, estão indo as Forças Armadas para lá, tem que entender que o pessoal verde está chegando e o bicho vai pegar. Porque, se é para tratar com flor essa galera, não fiquem enchendo nosso saco e vão pedir para outras instituições para cumprir esta missão, que não seja nós — disse, em transmissão ao vivo em suas redes sociais.

De acordo com Bolsonaro, a situação no Ceará é de “guerra urbana”. Entre 6h de quarta e 6h de quinta-feira, houve 29 assassinatos, contra uma média de seis homicídios por dia no restante do ano.

— Isso é coisa de responsabilidade, coisa séria. Se estamos em guerra urbana, temos que mandar gente para lá para resolver esse problema — afirmou Bolsonaro na transmissão.

O decreto da GLO permitindo o emprego das Forças Armadas no Ceará foi publicado numa edição extra do Diário Oficial da União na tarde desta quinta-feira. Os militares vão poder atuar até o dia 28 de fevereiro, período que abrange o Carnaval.

O presidente também voltou a defender o excludente de ilicitude para militares que atuam em GLO. O presidente disse que após o fim da missão vai procurar os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para que um projeto dele sobre o tema possa ser votado. Bolsonaro reclamou que um soldado de 21, 22 anos atuando na segurança pública, ao reagir numa situação, pode vir a matar um inocente. Para o presidente, esse militar é um inocente que corre o risco de pegar 30 anos de cadeia.

— Vou fazer um pedido para eles. Tenho um projeto: havendo GLO, os militares têm que ter excludente de ilicitude. Terminada a missão, têm que ir para casa, não ficar preocupado com oficial de justiça — disse Bolsonaro.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ronaldo disse:

    O exército deveria aproveitar o embalo e procurar o miliciano Queiroz (amigão da família bolsonaro). Será que vai?

  2. Fulano de tal disse:

    Esse discurso só não vale para o amigão morto na Bahia

  3. Antonio Turci disse:

    Muito bem, Presidentem

  4. Carlos Bastos disse:

    Vai prender seus apoiadores mascarados que estão fazendo terror na população do Ceará.

Governo do Estado reforça segurança para o Carnaval

FOTO: DEMIS ROUSSOS

A governadora Fátima Bezerra participou, na noite dessa quinta-feira (20), no Largo do Atheneu, da abertura do Carnaval de Natal. Acompanhada do vice-governador, Antenor Roberto, e de secretários de Estado, a chefe do Executivo estadual cumprimentou a população no evento que marca o início das festividades carnavalescas na capital potiguar.

“O Carnaval é uma das principais festas populares do ano. É uma alegria ter de volta os tradicionais carnavais de rua em Natal, e principalmente no clima de tranquilidade e segurança”, disse a governadora. Ela lembrou que o Governo do RN está investindo mais de R$ 3 milhões em diárias operacionais para a Operação Carnaval 2020.

Além disso, Fátima destacou que o Governo já comemora os números no Turismo durante o período carnavalesco, que estima ocupar 92% do setor hoteleiro. Somado a isso está o aumento em 28% no número de chegadas de voos em fevereiro, quando comparado ao mesmo mês do ano passado. De acordo com os dados da Agência Nacional de Avião Civil (ANAC), o RN receberá 84 voos extras, oriundos principalmente das cidades de São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Rio de Janeiro, Brasília e Buenos Aires, na Argentina.

“O Carnaval é uma festa democrática que atende a todas as classes sociais e é também um momento de valorização da cultura popular e dos artistas da nossa terra. Os eventos espalhados por todo o Rio Grande do Norte movimentam a produção cultural do estado, fomentam diversos setores da economia e fazem a alegria do povo potiguar e dos turistas que nos visitam”, enfatizou o diretor-geral da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto.

A abertura do Carnaval de Natal, promovida pela Prefeitura de Natal, foi realizada durante o tradicional Baile de Máscaras com a entrega das chaves para o Rei Momo e a Rainha do Carnaval, além de uma série de apresentações de artistas potiguares e nacionais, como Jaina Elne, Lia de Itamaracá, Carlinhos Zens e a cantora pop Iza, que pela primeira vez se apresentou no estado.

Também registraram presença, além dos já citados, os secretários e gestores do Estado: Jaime Calado (Desenvolvimento Econômico), Íris Oliveira (Sethas), Gustavo Coelho (Infraestrutura) e Teresa Freire (Coordenadora do RN Mais Vida).

OPERAÇÃO CARNAVAL 2020

A operação, que tem início nesta sexta-feira (21) e segue até a quarta-feira de cinzas (26), contará com um efetivo extra de 10 mil agentes de segurança – polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN).

O esquema montado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) contempla todos os polos de festa no estado e atende todas as prefeituras e festas que requisitaram efetivo, sem prejudicar o policiamento normal.

Na Região Metropolitana a operação será dividida em três polos: Natal, Litoral Sul e Litoral Norte. Já no interior, serão reforçadas as estruturas nos batalhões de Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Nova Cruz, Assu e nas companhias independentes de Macau, João Câmara, Currais Novos, Santa Cruz e Jardim de Piranhas, atendendo todas as regiões do estado.