SE LIGA: CPRE orienta motoristas a conduzirem com segurança na Via Costeira

FOTO: PM/ASSECOM

Após circular nas redes sociais imagens e vídeos de acidentes automobilísticos em um trecho da Via Costeira, a Polícia Militar, por meio do CPRE, concedeu entrevistas a veículos de comunicação da cidade, nesta quinta-feira(17), orientando como os condutores devem se comportarem, com o intuito de reduzir os índices de acidentes de trânsito e de evitar que novas colisões aconteçam naquele local.

Nas entrevistas foram abordados temas como o respeito às normas gerais de circulação e conduta, as condições do veículo, o conhecimento da via e a importância de dirigir com atenção, em velocidade moderada e aumentar a distância de segurança em relação a outros veículos em dias chuvosos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adriano disse:

    Sei que a via e mau estruturada ,mais na maioria das vezes os motorista não respeita a velocidade .

VÍDEO: Polícia Civil divulga imagens de câmeras de segurança e procura suspeitos por roubo de carro na Zona Sul de Natal

 

Ver essa foto no Instagram

 

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) divulgaram, nesta quarta-feira (16), imagens do sistema de câmeras de segurança que podem auxiliar na identificação dos suspeitos da prática do crime de roubo, praticado por volta das 12h15, no dia 11 deste mês, na rua Beatriz Ramalho, em Candelária, na Zona Sul de Natal. Os três suspeitos que aparecem no vídeo, caminhando na rua do crime, conseguiram subtrair da vítima um veículo da marca “Chevrolet”, modelo “Cobalt 1.4 LT”, de cor “Bege”. A Polícia Civil solicita que a população envie informações, de forma anônima através do Disque Denúncia 181, que possam auxiliar na identificação dos três homens que aparecem nas imagens. Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) divulgaram, nesta quarta-feira (16), imagens do sistema de câmeras de segurança que podem auxiliar na identificação dos suspeitos da prática do crime de roubo, praticado por volta das 12h15, no dia 11 deste mês, na rua Beatriz Ramalho, em Candelária, na Zona Sul de Natal.

Os três suspeitos que aparecem no vídeo, caminhando na rua do crime, conseguiram subtrair da vítima um veículo da marca “Chevrolet”, modelo “Cobalt 1.4 LT”, de cor “Bege”.

A Polícia Civil solicita que a população envie informações, de forma anônima através do Disque Denúncia 181, que possam auxiliar na identificação dos três homens que aparecem nas imagens.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Armário porto mirim flat. disse:

    A bandidagem aumentou muito no governo do PT.Isso é fato.

  2. djailson disse:

    aviso aos motoristas se alguém for pra frente de seu carro na rua na duvida bote por cima. exceto policias .

Veja como aumentar a privacidade e segurança de seu WhatsApp

Foto: Ilustrativa

Em 2016, o WhatsApp ativou a criptografia de ponta a ponta por padrão para todos os usuários – mais de um bilhão de pessoas. Com isso, o app tornou-se o maior mensageiro criptografado do mundo. Desde então, seu número de usuários já superou os dois bilhões.

Essa mudança radical significa que ninguém no Facebook, dona do WhatsApp, pode ler ou extrair dados das mensagens que você envia. Apenas os dispositivos na conversa são capazes de fazer isso, atuando como pontos finais na configuração de criptografia. Para decodificá-la, ambos os dispositivos devem verificar e trocar códigos de segurança conforme as mensagens são transferidas.

A criptografia usada no app foi originalmente desenvolvida pela Open Whisper Systems, o grupo por trás de um rival do WhatsApp, o Signal. Por mais que as mensagens no WhatsApp sejam criptografadas – e isso inclui chamadas, fotos e vídeos -, ele não é tão privado quanto poderia ser. Na verdade, o Signal é até mais recomendável para quem deseja o máximo de segurança e privacidade possível.

No entanto, a popularidade do WhatsApp é inquestionável, então pode ser difícil convencer seus amigos e familiares a usar um novo app. Então, já que isso pode demorar a acontecer, aqui vão algumas dicas para maximizar a segurança do seu WhatsApp.

Entenda os dados coletados

O WhatsApp pode coletar muito mais informações suas do que você pensa. Muito do que ele coleta é igual a qualquer outro app e está descrito em sua política de privacidade. Porém, o WhatsApp faz parte da família Facebook, e essas informações podem ser combinadas com outros dados que você passa à rede de Mark Zuckerberg – o mesmo acontece com outros apps da empresa, como o Instagram.

Seu número de telefone do WhatsApp, informações do dispositivo (tipo de telefone, sistema operacional e código do país do celular, por exemplo) e alguns dados de uso (quando entrou pela última vez, quando se registrou e com que frequência manda mensagens) são compartilhados com outras empresas do Facebook, e parte disso tem gerado controvérsia. Em maio de 2017, a empresa foi multada em 94 milhões de libras pela União Europeia por combinar números do WhatsApp com dados do Facebook depois de afirmar aos reguladores que não poderia fazer isso facilmente.

Como o Facebook planeja fundir a infraestrutura do Messenger, WhatsApp e mensagens do Instagram, qualquer compartilhamento de dados será examinado detalhadamente no futuro. Porém, vale reforçar que o conteúdo das mensagens não é compartilhado, porque nem mesmo o Facebook pode acessar a criptografia.

A maior parte do que o WhatsApp coleta é formada por metadados, que podem dizer muito sobre o comportamento do usuário. Sua política de privacidade diz que ele coleta informações sobre como você interage com outras pessoas (tempo, frequência e duração de suas interações com outras pessoas), informações de diagnóstico de quando o app trava, recursos de grupo, fotos de perfil, status e quando você está online.

Além disso, ele pode coletar dados sobre o nível de bateria do aparelho, intensidade do sinal e operadora móvel. Cookies rastreiam sua atividade na área de trabalho e nas versões web do aplicativo, além de captar também dados de localização.

Desligue backups em nuvem

O app permite que você faça backup de suas conversas e dados como uma forma de facilitar a transição para outro celular – embora isso não funcione se você trocar um iOS por um Android. Esses dados são armazenados no Google Drive ou no iCloud.

Se a opção de backup estiver desativada, o WhatsApp lembrará você de tempos em tempos para fazer um. Mas talvez você não queira isso. Ao contrário das mensagens em seu aparelho, as mensagens na nuvem não estão criptografadas corretamente. Ou seja, um invasor pode acessá-las facilmente, ou por uma ordem judicial, por exemplo, a Apple ou o Google devem revelar as mensagens salvas.

Backups não criptografados têm sido um problema há anos, inclusive reconhecido pela empresa. Alguns rumores indicam que o WhatsApp está testando backups protegidos com senha, mas nada oficial foi divulgado até o momento.

Autenticação de dois fatores

Ativar a autenticação de dois fatores é uma boa pedida para manter suas informações confidenciais. Esse método adiciona uma etapa extra quando você faz um login. Na maioria dos casos, isso é um código de segurança gerado por um app, um código enviado por SMS ou uma chave de segurança física, sendo esta última a mais segura de todas.

No caso do WhatsApp, porém, isso é feito com um PIN. Caso contrário, você teria que digitar um código toda vez que abrir o app, algo impraticável. Quando ativado, o sistema pedirá regularmente o PIN de seis dígitos para acessar o aplicativo. Acontece que essa frequência não é muito bem definida, fazendo com que essa não seja exatamente uma barreira contra invasões.

Esconda suas informações pessoais

Existem diversos spams e ataques de engenharia social para roubar dados pessoais pelo WhatsApp. A cada semana, um novo golpe se espalha entre os usuários. Existem formas de limitar o acesso de pessoas desconhecidas à sua conta.

Dentro do menu configurações, na seção Conta e Privacidade, você encontra essas opções. Elas vão desde as mais simples, como desativar a confirmação de leitura (os dois traços azuis ao lado da mensagem), até as mais eficazes, como impedir que te adicionem a grupos.

Na configuração Grupos, há a opção de limitar quem pode adicionar você a grupos. O padrão é “todos”, mas isso pode ser alterado para todos os seus contatos, exceto algumas pessoas selecionadas. Essa limitação não impede que você acesse grupos de pessoas de fora dos seus contatos. Em vez disso, as pessoas podem pedir por uma mensagem separada.

Outros recursos que você pode desativar é a visualização de sua foto de perfil, a seção Sobre, e sua última visualização. Nas configurações de privacidade, é possível verificar se você está compartilhando sua localização com alguém.

Se sua ideia é a privacidade máxima, também pode considerar quais informações você mostra na tela de seu telefone. Notificações de novas mensagens podem incluir a mensagem inteira ou apenas uma parte. Mensagens completas podem ser facilmente lidas por alguém que pegar seu celular. Para alterar isso, você deve as configurações do Android ou iOS nas opções de notificações, e restringir as visualizações.

Trocar de aplicativo

Fazer tudo isso dá trabalho. É uma lista longa de preocupações, então talvez seja mais fácil simplesmente usar outro app. A mudança é grande, mas pode ser benéfica. Conforme dito anteriormente, o Signal é uma boa opção para quem procura por privacidade e segurança. O app pode ser bloqueado e liberado apenas com impressão digital ou reconhecimento facial, as mensagens podem desaparecer depois de algum tempo e é possível borrar os rostos das pessoas em vídeos e fotos. Você pode conhecer mais sobre o Signal em seu site oficial.

Olhar Digital via Wired

OMS diz estar satisfeita com protocolo de segurança dos desenvolvedores da vacina de Oxford e ressalta que suspensões temporárias não são incomuns

Foto: Pierre Albouy/Reuters

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou, em uma nota nesta quarta-feira (9), que está satisfeita em ver os desenvolvedores da vacina da Oxford e AstraZeneca se certificando de que os ensaios clínicos têm integridade científica. Os testes dessa vacina foram suspensos na terça-feira porque uma doença surgiu em um dos participantes, o que precisa ser investigado (veja mais abaixo).

“A segurança é o principal foco dos ensaios clínicos para se encontrar uma vacina. Quando um participante tem uma doença potencialmente inexplicada, que pode ou não estar ligada à vacina em teste, a prática rigorosa é investigar. Suspensões temporárias de ensaios clínicos de vacinas não são incomuns quando há uma avaliação” – OMS.

A organização disse estar satisfeita “em ver os desenvolvedores da vacina se certificando que há integridade científica dos ensaios clínicos ao observar os protocolos padrões e as regras para desenvolvimento de vacinas”.

Suspensão por uma doença inesperada

A suspensão dos ensaios clínicos é um procedimento padrão que acontece sempre que surge uma doença inexplicável em um dos participantes, afirmaram em nota a universidade e a empresa.

De acordo com a universidade, em grandes ensaios clínicos, uma doença pode acontecer por acaso, sem que haja uma relação com a vacina em teste, mas é preciso que haja uma análise independente para checar isso.

Segundo a AstraZeneca, o “procedimento padrão de revisão” dos estudos foi acionado e a vacinação foi pausada “voluntariamente para permitir a revisão dos dados de segurança por um comitê independente”.

“Esta é uma ação rotineira que deve acontecer sempre que for identificada uma potencial reação adversa inesperada em um dos ensaios clínicos, enquanto ela é investigada, garantindo a manutenção da integridade dos estudos.” — AstraZeneca

Aposta do Ministério da Saúde

A vacina da Oxford/AstraZeneca é a principal aposta do Ministério da Saúde para imunizar a população.

Ao todo, o Brasil prevê desembolsar R$ 1,9 bilhão com a vacina, sendo R$ 1,3 bilhão para pagamentos à farmacêutica, R$ 522,1 milhões para a produção das doses pela Fiocruz/Bio-Manguinhos e R$ 95,6 milhões para a absorção da tecnologia pela Fiocruz.

O ministro-interino da saúde, Eduardo Pazuello, chegou a dizer também nesta terça que planeja a campanha de vacinação contra a Covid-19 para janeiro de 2021.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável por autorizar os testes no Brasil, disse ter sido avisada da suspensão. “A agência aguarda o envio de mais informações sobre os motivos da suspensão para analisar os dados e se pronunciar oficialmente”, informou a Anvisa.

A Fundação Oswaldo Cruz disse que foi informada pelo laboratório britânico e que vai acompanhar os resultados das investigações para se manifestar oficialmente.

Reação adversa

O jornal “The New York Times” informou que o paciente teve mielite transversa, uma síndrome inflamatória que afeta a medula espinhal e pode ser desencadeada por diferentes motivos. O jornal atribuiu o dado a uma pessoa próxima do caso e que falou sob condição de anonimato.

A informação foi a mesma obtida pela pesquisadora da Fiocruz Margareth Dalcolmo, que concedeu entrevista para a GloboNews sobre o tema (veja o vídeo abaixo).

“Eu consegui falar com a Inglaterra assim que a informação saiu, mas nós sabemos que houve um caso de uma manifestação chamada mielite transversa, que é uma manifestação clínica – muitas vezes autoimune – atribuível a várias doenças. É uma manifestação neurológica que pode evoluir com perda temporária, parcial ou grande, afetando a medula humana e que isso pode estar ou não relacionado a vacina”, disse Margaret.

Nove vacinas na última fase de testes

Além da candidata da Universidade de Oxford com a farmacêutica britânica AstraZeneca, mais oito vacinas estão na terceira e última fase de testes em humanos, a última antes da liberação.

Janssen Pharmaceutical Companies (EUA)

Moderna/Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (EUA)

BioNTech/Fosun Pharma/Pfizer (Alemanha e EUA)

Sinovac (China)

Instituto de Produtos Biológicos de Wuhan/Sinopharm (China)

Instituto de Produtos Biológicos de Pequim/Sinopharm (China)

CanSino Biological Inc./Instituto de Biotecnologia de Pequim (China)

Instituto de Pesquisa Gamaleya (Rússia)

G1

Segurança: São Gonçalo do Amarante tem a maior queda no número de crimes violentos desde 2016

Foto: Ruas com iluminação pública de LED. Fotos: Wendell Jefferson

Em dados do Observatório da Violência do Rio Grande do Norte (Obvio) do primeiro semestre de 2020, da Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), São Gonçalo do Amarante/RN teve queda de 23,6% no número de crimes violentos letais, a maior redução na série histórica do município desde 2016. Entre os polos da violência, ou seja, municípios com mais de 100 mil habitantes, São Gonçalo também registrou a menor incidência criminal, 11,1%.

De acordo com o secretário municipal de Defesa Social, a criação da Força Tarefa de Homicídios em São Gonçalo do Amarante, uma ação em conjunto com a Polícia Civil, e com operações pela Polícia Militar e a Guarda Municipal, foi responsável por esse resultado. “Mais Guarda Municipal e Polícia Militar nas ruas e o trabalho incansável de investigação dos agentes de segurança da Polícia Civil”, observou Eider.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucar disse:

    Vamos ver se consegue deixar de ser a maior fábrica de bandidos do Brasil.

Confira medidas de segurança de academias fiscalizadas em Natal pela Vigilância Sanitária

Fotos: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS Natal), por meio da Vigilância Sanitária (Visa Natal), e através do Núcleo de Serviços de Saúde, deu início, na última terça-feira (28) à operação “Academia Legal”. Trata-se de uma fiscalização em relação ao cumprimento dos critérios estabelecidos no anexo do Decreto 11.994, de 13 de julho de 2020, que dispõe sobre a Fase 2 da reabertura gradual e responsável do comércio no município.

Durante as inspeções nos estabelecimentos que desenvolvem atividades de condicionamento físico, verifica-se as medidas de prevenção à Covid-19 de modo a minimizar os riscos do contágio entre clientes e funcionários. Além das medidas de higiene recomendadas pelas autoridades de saúde, também são verificadas outras recomendações: obrigatoriedade do uso de máscaras, distanciamento social, limitação na quantidade de clientes, uso de áreas comuns (de treino, piscina, vestiário), frequência da limpeza e da desinfecção dos ambientes, dentre outros critérios essenciais para o funcionamento das academias no atual contexto de pandemia.

A Visa Natal adverte que o descumprimento das medidas sanitárias exigidas, cujo caráter preventivo é imprescindível, poderá ensejar a aplicação das penalidades ao estabelecimento que desenvolvem atividades de condicionamento físico, as quais estão previstas na Lei Municipal nº 5.118, de 22 de julho de 1999 (Código Sanitário de Natal). Para denúncias sanitárias, é possível entrar em contato pelos números 0800-2814031 e 3232-8608

A Vigilância Sanitária de Natal recomenda as medidas abaixo, destinadas à prevenção da transmissão da Covid-19, no âmbito das academias:

Abertura em horários específicos, para que o tráfego de clientes e profissionais não coincida com o pico de movimento do transporte público; limitar a quantidade de clientes que entram na academia, respeitando a regra: da ocupação de 1 cliente a cada 6,25 m² (áreas de treino, piscina e vestiário); manter as portas internas abertas em tempo integral (circulação natural do ar); posicionar kits de limpeza em pontos estratégicos das áreas com equipamentos, com produto específico de higienização para que os clientes possam usar nos equipamentos de treino, como: bancos, colchonetes, halteres e máquinas no mesmo local; reforçar a higienização do material de trabalho; funcionamento do estabelecimento com capacidade operacional reduzida; uso obrigatório ou disponibilização de limpa-sapato, tapete ou toalha umidificada de hipoclorito de sódio a 2%, ou outro dispositivo equivalente, para higienização e desinfecção de sapatos na entrada do estabelecimento; dispor de comunicados que instruam os clientes/usuários e funcionários sobre as normas de proteção que estão em vigência no estabelecimento; disponibilizar recipientes com álcool em gel a 70% para uso por clientes e colaboradores em todas as áreas da academia (recepção, musculação, peso livre, salas de coletivas, piscina, vestiários, kids room, etc); durante o horário de funcionamento, fechar cada área de 2 a 3 vezes ao dia por, pelo menos 30 minutos, para limpeza geral e desinfecção dos ambientes; uso obrigatório de máscaras para todas as pessoas que estejam no ambiente; recomenda-se medir com termômetro do tipo eletrônico à distância a temperatura de todos os entrantes (caso seja apontada uma temperatura superior a 37,8ºC, recomenda-se não autorizar a entrada da pessoa no estabelecimento, incluindo clientes, colaboradores e terceirizados); se algum colaborador apresentar febre alta junto com algum outro sintoma de Covid-19, informar imediatamente à gerência local; deve-se disponibilizar um recipiente de álcool 70º INPM ao lado da catraca; o cliente deve ter a opção de acessar à academia comunicando à recepcionista seu número de matrícula ou seu CPF; delimitar com fita o espaço em que cada cliente deve se exercitar nas áreas de peso livre e nas salas de atividades coletivas; cada cliente deve ficar a 2,0 m de distância do outro; utilizar apenas 50% dos aparelhos de cardio, ou seja, deixar o espaçamento de um equipamento sem uso para o outro; fazer o mesmo com os armários; liberar a saída de água no bebedouro somente para uso de garrafas próprias; realizar o congelamento dos planos de clientes acima de 60 anos de idade, quando solicitado; renovar todo o ar do ambiente, de acordo com a exigência da legislação; comunicar para os clientes trazerem as suas próprias toalhas para ajudar na manutenção da higiene dos equipamentos; caso a academia forneça toalhas, devem ser descartadas pelo cliente em um recipiente com tampa e acionamento por pedal; expor aos clientes todos os manuais de orientação sobre as orientações sobre o Covid-19; disponibilizar, próximo à entrada da piscina, recipiente de álcool em gel a 70% para que os clientes usem antes de tocar na escada ou nas bordas da piscina; exigir o uso de chinelos no ambiente de práticas aquáticas; disponibilizar, na área da piscina, suportes para que cada cliente possa pendurar sua toalha de forma individual; após o término de cada aula, higienizar escadas, balizas e bordas da piscina; disponibilizar diariamente o gráfico de frequência por horário; desativar as áreas de convivência da academia, como por exemplo: estar, lanchonete, etc; não ter funcionamento aos domingos e feriados; permitir apenas um acesso por cliente por dia com o tempo de permanência do cliente limitado em uma hora.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Irany Gomes disse:

    Cuidado bombado Fernando Rocha, para não ser filmado nem fotografado na academia… porque é crime!

Backup em nuvens é o futuro da segurança das empresas

Cabo Telecom completa 20 anos se destacando com novo serviço oferecido a empresas de pequeno e grande porte. Foto: Divulgação

“Não conheço nenhuma grande empresa que ainda não foi atacada por hackers”, comenta Torquato Neto, especialista em serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação da Cabo Telecom. De fato, com o avanço tecnológico, essa é uma realidade que se torna cada vez mais comum. Em 2019 o Brasil foi o segundo país com maior número de sequestro de dados, perdendo apenas para os Estados Unidos. O maior pesadelo das empresas tem uma solução que vem conquistando cada vez mais o mercado potiguar.

Para marcar os 20 anos como a maior empresa de telecomunicações do estado, a Cabo Telecom inova em oferecer serviços para os clientes, ingressando na área de tecnologia da informação com ênfase em segurança digital. O novo Cabo Cloud Backup é a grande aposta para pequenos e grandes empresários que querem proteger seus dados com toda a credibilidade de uma empresa genuinamente potiguar.

O produto, que começou a ser comercializado no final de 2019, é fruto de uma parceria com uma das maiores e mais renomadas empresas do ramo, a Acronis. Baseada em Singapura, é líder no mercado mundial e fecha acordo com exclusividade em Natal com a Cabo Telecom na prestação desse serviço. “A Cabo é conhecida por sua excelência em atendimento, suporte e também queremos oferecer isso em produtos de TI para as empresas, com todo o nosso know-how de comprometimento com o cliente”, comenta Torquato.

O Cloud Backup inova em trazer ao cliente todo o conforto e segurança de um backup instantâneo e livre de interferências físicas, o que não acontece com o backup em aparelhos que se assemelham aos HDs externos. “Dentro da empresa às vezes você sente a segurança de ter os arquivos ‘debaixo do braço’, mas todo mundo conhece alguém que sofreu um roubo, que teve o computador queimado e perdeu tudo: isso acontece muito em empresas”, exemplifica o especialista.

Com este novo mecanismo, todos os dados e arquivos do cliente ficam alocados em uma nuvem que ele pode acessar de qualquer ambiente e que está imune a, inclusive, ataques virtuais. Essa característica se dá porque a nuvem é unilateral, ela apenas recebe os dados e não os modifica. Além disso, a parte de segurança é bem mais complexa. Com os dados protegidos e podendo ser acessados pelo cliente com segurança, ações como o sequestro de dados perdem a possibilidade de acontecer.

Os primeiros clientes em Natal já estão usufruindo esse serviço altamente qualificado e a Cabo Telecom ainda oferece 30 dias de testes gratuitos para que os interessados possam conhecer as funcionalidades da nova ferramenta. A empresa conta com 60 colaboradores trabalhando na produção desta e de outras soluções em tecnologia da informação para os clientes potiguares.

RN registra 2.207 profissionais de Saúde confirmados com covid-19; na Segurança Pública, 453 testaram positivo

O Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (CEREST) das Sesap acompanha a ocorrência de Covid 19 junto às categorias de trabalhadores da Saúde e da Segurança Pública. Os dados apurados, segundo a coordenadora do CEREST, Kelly Lima, atestam que hoje 10% das pessoas infectadas pelo novo coronavírus são profissionais da Saúde das redes pública estadual e municipal e privada.

Os profissionais de Saúde são a categoria mais testada no RN. No início da pandemia, 25% dos casos atingiam estes profissionais. “Hoje temos menos de 10% casos. A redução se deu devido ao intenso trabalho que realizamos nas unidades de saúde com orientações sobre bio segurança e uso adequado de EPIs”, afirmou Kelly Lima.

O RN tem 2.207 profissionais de Saúde confirmados com covid. Na categoria foram contabilizados 18 óbitos, dos quais 3 foram de aposentados que contraíram o vírus fora do ambiente de trabalho. Oito óbitos aconteceram em Mossoró e outros dez se somam na região metropolitana de Natal.

Entre os profissionais da Segurança Pública, 453 contraíram a covid e há 578 casos suspeitos. A maioria são homens com idade entre 30 e 49 anos. Foram registrados dois óbitos, um em Mossoró e um na região metropolitana de Natal.

Os dados mostram que 48% casos confirmados para covid no RN são de pessoas com idade entre 30 e 49. “Entendemos que são pessoas que estão em idade ativa e trabalhando. O local de trabalho pode, sim, ser local de transmissão. Daí a importância do distanciamento e das barreiras para o exercício do trabalho de forma segura”, registrou Kelly Lima. Ela ainda destacou a importância da adesão das pessoas, das empresas e instituições ao Pacto pela Saúde que também visa fomentar junto aos municípios estratégias para a segurança no trabalho.

Hospital da Unimed adota novas medidas de segurança para familiares e pacientes

Foto: Divulgação

Por causa da Pandemia do novo coronavírus o Hospital Unimed suspendeu as visitas aos pacientes com quadro confirmado de COVID-19. O boletim médico é repassado, por telefone, aos familiares, uma única vez ao dia, entre 11h e 15h. É importante que o paciente tenha materiais de higiene pessoal.

Ao paciente hospitalizado na UTI não é permitido o acesso de quaisquer outros objetos além dos solicitados pela equipe. Celulares, tablets, roupas e acessórios devem ficar com os familiares. Ao receber alta da Terapia Intensiva, o paciente será encaminhado ao apartamento ou enfermaria onde passará a ter direito a somente um acompanhante, desde que este não seja do grupo de risco (portador de doenças crônicas, gestante ou idoso).

As medidas visam a preservação da saúde de todos gerando o menor risco possível de disseminação do novo coronavírus.

Dia dos Namorados no motel: como celebrar a data com segurança na pandemia

(Foto: Fiesta Motel/Divulgação)

O Dia dos Namorados se aproxima (12/6) e os casais procuram maneiras de comemorar juntinhos essa data especial. Uma das formas tradicionais de celebrar é aproveitar uma noite a dois em motéis da cidade. Mesmo diante da pandemia causada pela covid-19, esses estabelecimentos permanecem em funcionamento, com autorização do governo, e adotam medidas de prevenção a contaminações pelo coronavírus. Confira orientações de especialista para curtir de maneira segura um momento romântico e sensual no motel.

As idas a motéis podem ser muito comuns entre pessoas que não moram na mesma residência, no entanto, essa programação é recomendada apenas para casais que dividem o mesmo lar. “O indivíduo pode estar na fase de incubação, ou seja, já infectado, contudo, sem sintomas, e então transmitir a doença. É um risco para ambos quando não o casal não vive junto”, explica o infectologista e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Julival Ribeiro.

Em relação a pessoas consideradas do grupo de risco, o infectologista não aconselha a visita a motéis. “O grupo de risco jamais deve frequentar um ambiente desse, por ser fechado e sem ventilação, a probabilidade de pegar o vírus no motel é bem maior”, frisa o médico.

Cuidados

Se o casal optar por celebrar o 12 de junho no motel, será necessário tomar algumas precauções. Julival Ribeiro recomenda a higienização constante das mãos ao entrar em contato com superfícies como máquinas de cartão de crédito e de débito, telefones, maçanetas e, na hora de comer, se possível utilize pratos e talheres descartáveis. E, claro, não esquecer de usar máscara nos ambientes comuns como recepção e estacionamento.

Para os estabelecimentos, o infectologista sugere a disponibilização de álcool com porcentagem de 70%. “Espera-se uma boa limpeza. Porém, eu recomendo que a empresa deixe à disposição álcool no quarto, para que, quando a pessoa toque em uma superfície que porventura esteja contaminada pelo vírus, transmitido por gotículas de secreção respiratória, ela possa desinfectar as mãos com facilidade”, reforça Ribeiro.

Segundo a Associação Brasileira de Motéis (ABMotéis), os estabelecimentos sempre se preocuparam com a limpeza e, nos tempos de pandemia, essa prática ficou ainda mais reforçada. A associação disponibilizou uma cartilha com orientações de higiene e desinfecção aos empresários do setor. Nela, há instruções de como limpar as superfícies desde a recepção aos ambientes mais íntimos, como banheiras, chuveiros e camas. Na cartilha, também, estão disponíveis informações sobre a quantidade de funcionários e os cuidados a serem seguidos por eles.

Em nota, a ABMóteis afirma: “O setor moteleiro sempre atuou de forma rígida e profissional em relação às questões sanitárias e boas práticas de higiene, utilizando produtos químicos da linha profissional, que são capazes de esterilizar e desinfetar todas as superfícies, hidros e demais áreas das suítes. Esse cuidado segue vigente e foi reforçado em razão das medidas de segurança para combate o novo coronavírus”.

Correio Braziliense

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. nasto disse:

    Gente, fique em casa. No próximo ano todos aos Motéis. Umazinha pode ser em casa esse ano.
    Não deem sorte para o azar.

Como sair com segurança nas férias em plena pandemia

Foto: Tourism Kelowna/CedarCreek Estate Winery/Brian Sprout

Quando a pandemia de coronavírus chegou e as fronteiras se fecharam em todo o mundo, BreAnne Henry descartou seus planos de viagem para a Irlanda e Portugal no verão do Hemisfério Norte.

No lugar disso, a fisioterapeuta de Calgary, Canadá, e o noivo vão se contentar com um plano B para as férias de julho: uma viagem de carro de sete horas para Kelowna, para conferir as vinícolas, as trilhas e as praias da região.

Mas até esse projeto é provisório, porque requer atravessar a divisa entre as províncias canadenses de Alberta e British Columbia e, pelo menos neste momento, cruzar as divisas é algo fortemente desaconselhado pelas autoridades de saúde pública.

“É aí que entra o plano C”, diz BreAnne Henry. “Obviamente, queremos seguir todas as regras estabelecidas pelo governo e, se apenas viagens essenciais entre as províncias forem autorizadas, vamos acampar em Alberta mesmo”, conforma-se.

Ficar perto de casa

Especialistas do setor de turismo sugerem que as pessoas voltem a viajar explorando atrações mais próximas de casa – de preferência, aquelas que ficam praticamente no próprio quintal.

“Mesmo quando os confinamentos forem suspensos, haverá uma tendência para as pessoas ficarem mais próximas de casa nos primeiros meses por estarem preocupadas com uma possível segunda onda da pandemia”, prevê Caroline Bremner, a chefe de viagens da Euromonitor International, uma empresa de pesquisa de mercado global sediada em Londres.

“Quando as restrições forem atenuadas, o passeio de um dia será a primeira atividade que vai renascer, pois as pessoas se sentirão livres para explorar suas regiões e aproveitar a natureza novamente”, opina Bremner.

Para o médico Griffin, “viajar de carro para destinos próximos pode ser uma opção para aumentar o controle que você e sua família têm sobre riscos potenciais, em comparação a viajar de avião ou transporte público”.

Essa viagem “hiperlocal” – explorando um bairro do outro lado da cidade ou lojas ou restaurantes recém-reabertos em uma cidade vizinha – ainda oferece uma sensação de aventura, como explica Jantine Van Kregten, diretora de comunicações da Ottawa Tourism, na capital do Canadá.

“Todos precisamos de uma mudança de cenário após dez semanas de confinamento. Uma das coisas divertidas é incentivar as pessoas a conversar com

amigos e parentes em sua própria cidade, visitar o bairro que eles conhecem bem e encontrar os restaurantes e lojas de que gostam”.

Quanto às viagens que exigem pernoites, é provável que os viajantes comecem a satisfazer sua sede de viajar reprimida com roteiros de carro, nos quais podem arrumar sua própria comida, carregar lenços umedecidos com álcool gel e dirigir em seus próprios veículos por algumas horas.

“Acho que a mentalidade das pessoas é essa: ‘Se acontecer alguma coisa, posso pegar meu carro e voltar para casa'”, avalia Van Kregten. “Não é preciso esperar um avião ou ter de reagendar voos ou outros métodos de transporte”.

À procura de espaços abertos

Dirigir para grandes espaços abertos, como o Grand Canyon, será mais popular do que o normal, pois a maioria das pessoas tenta manter distância umas das outras e ficar ao ar livre, onde o coronavírus é menos propenso a se espalhar.

“Nos EUA, com quase metade dos estados reabrindo, será possível pegar a estrada, levando em consideração o distanciamento social e a Covid-19 balizando a viagem”, opinou Bremner, do Euromonitor International.

Nas estradas que levam aos campos de batalha de Gettysburg, na Pensilvânia, o tráfego já aumentou. Mesmo que locais como o centro de visitantes e os banheiros tenham sido temporariamente fechados, a área de um hectare e meio que serviu

de campo de batalha durante a Guerra Civil norte-americana foi aberta para visitas autoguiadas.

“Ao gerenciar nossos canais de mídia social, recebemos mensagens de muitas pessoas de Harrisburg, Maryland, e de outros lugares distantes a uma hora ou mais de viagem, que vieram com seus filhos para conhecer essas áreas históricas, já que a maioria das crianças não está na escola no momento”, contou Natalie Buyny, do Destination Gettysburg. “Percebemos que muitas pessoas estão vindo com seus trailers para passar alguns dias e ficam animadas por estarem aqui”.

Locais populares onde as multidões se reúnem, no entanto, podem ser problemáticos, pela dificuldade de manter o distanciamento social. O médico Griffin sugere viajar para parques menos conhecidos ou ir a um lago com apenas sua família, em vez de visitar uma praia lotada ou entrar na aglomeração de turistas para ver o gêiser Old Faithful, em Yellowstone”.

Hotéis mais limpos e seguros

Os hotéis também estão se preparando para receber turistas. Por exemplo, o Hotel Figueroa, no centro de Los Angeles, oferece descontos para os californianos que podem provar que vivem no estado. Assim como hotéis em outros lugares, o Figueroa está fazendo de tudo para tranquilizar os hóspedes sobre o aumento das práticas de limpeza e higienização.

“Essa será uma grande preocupação para os consumidores”, diz Bremner. “Toda interação do cliente com o hotel e sua equipe precisará ser vista pelas lentes da Covid-19, ou seja, o distanciamento social nas salas de jantar, o álcool em gel para as mãos em toda a propriedade, máscaras para funcionários, portas que se abrem automaticamente etc.”

Os hóspedes também começarão a fazer o próprio check-in e outros serviços, sem depender de atendentes. Para Van Kregten, será essencial comunicar essas novas práticas. “Será o primeiro pensamento para a maioria das pessoas: ‘Se eu for, o que você está fazendo para me manter seguro?’ Acho que chegaremos a um ponto em que já entenderemos de antemão que as precauções existem e os hotéis estão fazendo tudo certo”.

Sem voar por enquanto

Embora as pessoas possam estar dispostas a fazer check-in em hotéis próximos e outras hospedagens durante a temporada, é menos provável que comecem a embarcar em voos para destinos estrangeiros.

“Em países como a Grécia, o setor já está se preparando para a temporada de verão a partir do início de junho”, diz Bremner. “Mas não é esperado que os consumidores realizem viagens aéreas internacionais a médio prazo.”

Muitas fronteiras, incluindo a que separa os Estados Unidos do Canadá, ainda estão fechadas para viagens não essenciais. Países como Espanha e Reino Unido estão permitindo a entrada de visitantes, mas exigem que eles cumpram quarentena por 14 dias após a chegada, o que torna as férias muito mais complicadas e caras.

Outras nações estão criando “bolhas de viagem” com seus vizinhos para permitir uma entrada mais fácil para os cidadãos – casos da Nova Zelândia e Austrália e dos países bálticos Estônia, Letônia e Lituânia.

BreAnne Henry passou boa parte do ano passado organizando sua aventura pela Europa em 2020. “Sou do tipo planejadora. Gosto de esperar algo que sei que vai acontecer”, contou.

Mesmo sem planos de decolar tão cedo, a fisioterapeuta canadense está ansiosa pela viagem alternativa que fará nas férias de verão.

“É uma chance de explorar nosso próprio país. Temos uma lista de caminhadas que vínhamos adiando porque normalmente no verão optamos por viagens mais longas. Esta é uma excelente oportunidade de transformar uma restrição numa bênção.”

CNN Brasil

 

Bolsonaro: ‘Arma legal não é para cometer crime, é para evitar crime’

Foto: Isac Nóbrega / PR

O presidente Jair Bolsonaro defendeu o porte de armas a cidadãos comuns na manhã desta segunda-feira (1º) em conversa com apoiadores em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília.

“Uma arma legal não é para cometer crime, é para evitar crime”, afirmou o presidente.

Perguntado sobre os protestos que aconteceram neste domingo (31), o presidente disse que “não participa de nada” e que só vai “prestigiar vocês que estão me apoiando”.

“Pessoal de um movimento limpo, decente, pró democracia, pela lei e pela ordem. Eu apenas compareço”, disse Bolsonaro.

O presidente também criticou o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. TATA disse:

    EU QUERO SABER AINDA QUANTO TEMPO OS ORFAOS DOS ROBOS , OS PATROCINADOS PELO DINHEIRO PUBLICO AINDA VIRAO AQUI PARA ESPALHAR SUAS SANDICES, CUIDADO O CERCO TA APERTANDO VIUKKKKKKKKKKK

  2. Barba disse:

    Só os cidadãos de bem!aquela arma no churrasco,no sítio, se tiver uma treta, mata alguns e tá tudo bem!

    • Paulo disse:

      E os bandidos soltos pelas audiências de custodia, matando Cidadãos de bem, trabalhadores, domesticas,garçons que deixam as famílias órfãos isto por por um celular de R$ 100,00 o que você diz?????>

    • TATA disse:

      SEGURANCA PUBLICA E DEVER DO ESTADO, E A AUTOTUTELA E CRIME PARA ESSES CASOS CONCRETOS.

  3. Fabio disse:

    Tem todo meu apoio , melhor presidente q já existiu , não é a toa q os bandidos lhe odeiam .
    Peia neles presidente.

  4. Toim disse:

    Ditadura é esse STF

  5. Ricardo disse:

    Bandeira da Ucrânia? Coincidência.
    Discurso do Mussolini? Coincidência.
    Tochas? Coincidência.
    Leite? Coincidência.
    Discurso do Goebbels? Coincidência.

    Até onde vão as coincidências?

    • Neco disse:

      Como é divertido vcs caírem nessas pilhas.
      Aí quando aparecer um fascista de verdade, ninguém vai dar ouvidos. Deixa de ser divertido.
      Se tem um presidente que quer dimnuir o tamaho do Estado e chamam de fascista.
      A historia do menino traquina que grita 'loooobo'.

    • Ricardo disse:

      Pilhas? Cara a gente tá falando de um presidente da República.

    • Direita-honesta disse:

      Esses babacas nem sabem o que é fascismo. Vão espalhando mentiras e disseminando seu analfabetismo político. São meros papagaios de corruptos, que se põem a vomitar palavras de ordem que seus "donos" lhes mandam dizer. Ridículos.

  6. Cidadão pagador de impostos disse:

    O maior vagabundo q já passou pelo palácio do planalto.

    • Manoel disse:

      Esse título ele não consegue tirar de Lula, o vagabundo mor, nunca trabalhou, só fazia beber, roubou o que pode e o que não pode mandou roubar e ainda tem gente defendendo ele…

    • Francisco Alves disse:

      O cidadão esqueceu de citar o nome do vagabundo, mas vou lhe ajudar. O maior vagabundo, ladrão e corrupto que já passou pelo Palácio do Planalto foi Luladrão. Se alguém tiver dúvida pergunta no Google.

  7. Antonio Turci disse:

    O uso da arma está intimamente ligado ao livre arbítrio. Cada um supostamente deverá saber usar, primeiro, com muita rapidez, o bom senso; em seguida e sendo necessário, a arma.

    • Pedro Henrique disse:

      brasileiro sabe nem usar uma lixeira e um título de eleitor, homi!!!

    • JK disse:

      Boa colocação Pedro! Concordo no mais alto grau.

    • Minion de Peixeira disse:

      Entendi. Só sabe usar o título se concordar com vc. Eis o discurso legitimador das ditaduras.

“Brasil é um dos nossos parceiros mundiais mais fortes”, destaca EUA, que fala em “proteção compartilhada contra a covid-19, similares às restrições já adotadas em relação a outros países”

FOTO: TOM BRENNER

O Conselho Nacional de Segurança (NSC) dos Estados Unidos usou suas redes sociais para comentar, na noite desse domingo(24), para comentar a proibição da entrada de estrangeiros vindos do Brasil em seu território. A medida, anunciada pela tarde, é válida para viajantes que não são norte-americanos e foi tomada após o Brasil se tornar o segundo país com maior número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

“O Brasil é um dos nossos parceiros mundiais mais fortes. Donald Trump implementou restrições temporárias a estrangeiros vindos do Brasil para a proteção compartilhada de nossas populações contra a covid-19, similares às restrições já adotadas em relação a outros países”, diz o texto.

“A administração doará 1.000 ventiladores para ajudar o Brasil em suas necessidades médicas. Os Estados Unidos reconhecem os fortes esforços que o governo brasileiro tem tomado e irão brevemente fortalecer nossa parceria na Defesa e no comércio.”

Foto: Reprodução/Twitter

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Justus disse:

    Não sói fã de Bolsonaro nem participo da briga idiota entre essas 2 facções. Nono Correia, aonde você está vendo humilhação? No cancelamento de vôos brasileiros?Não fizemos o mesmo com os europeus? E eles se sentiram humilhados? E eles não fizeram o mesmo com outros? É a famosa síndrome de cachorro do brasileiro? Política de Estado não tem sentimento.

  2. Nando disse:

    Brasil e USA unidos na corrida de revezamento.

  3. O rei do gado disse:

    Torcendo pra que sejam assim mesmo, pq é aquela coisa: falar é facil, mas na hora do pega pra capar…. Existe muito amigo que fala: pode contar e quando vc mais precisa… mas torcendo para isso, mas a verdade é que precisamemos ter o plano B, nao se confia cegamente nessas falas não!

  4. Nono Correia disse:

    O Brasil morrendo, atolado em uma crise sem precedentes e com um governo inepto, e a jumentosfera bolsonarista achando que o pt está chorando por causa das humilhações que os EUA impõem ao país. Essa gente é dodói da cabeça.

  5. Silva disse:

    A petezada pode chupar!!
    Kkk

    • Antônio disse:

      Pois é, eles choram e todos morrem abraçados com o tio Sam, inalcançáveis primeiro e segundo lugar no ranking da covid19

Corpo de Bombeiros dá dicas de segurança durante o período chuvoso no RN; quedas de árvores, alagamentos e desabamentos entre sinais de alerta

Foto: Assecom/Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) recebe várias ocorrências durante o período chuvoso. Entre as solicitações feitas pela população, destaque para as quedas de árvores, alagamentos e desabamentos de muros ou tetos de residências.

Dessa forma, a corporação alerta para a necessidade de ter atenção redobrada para evitar maiores problemas e acidentes no período chuvoso.

Confira algumas dicas de segurança:

• Não jogue lixo nas ruas, córregos, margens de rios, pois podem causar alagamentos;

• Nunca abandone móveis ou eletrodomésticos nas ruas ou em terrenos baldios;

• Caso seja inevitável sair para a rua, é importante estar atento a algumas dicas, como circular de carro com os faróis acesos e evitar passar por lugares alagados;

• Não deixe crianças brincarem na chuva ou em áreas alagadas, pois há riscos de acidentes e de contraírem doenças, como hepatite e leptospirose;

• Caso sua casa esteja sujeita a alagamentos, coloque os móveis e outros pertences em lugar protegido;

• Para os moradores das regiões de risco – morros e encostas – os bombeiros recomendam que as pessoas procurem locais seguros para se abrigar;

• Só ande pela área alagada se for para sair de uma situação de perigo. Cuidado para não cair em valas e nem em bueiros abertos;

• Não utilize equipamentos elétricos em áreas inundadas ou que tenham sido molhadas, pois há risco de choque elétrico;

• Se estiver em lugar seguro, não se aventure em correntezas e inundações;

• Durante um temporal é comum a queda de árvores, por isso não estacione seu veículo nem permaneça embaixo delas.

Raios:

• Durante a incidência de raios evite deslocamentos a pé, não ande próximo a árvores, postes ou cercas;

• Evite locais abertos como piscinas, praias e campos de futebol;

• Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;

• Em caso emergência, acione o Corpo de Bombeiros do RN através do 193.

 

Bolsonaro determina que seja mantida segurança de Moro

FOTO: MATEUS BONOMI/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) determinou que a segurança do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro seja mantida mesmo após o ex-juiz da Lava Jato pedir demissão do cargo na última sexta-feira (24).

A informação foi confirmada via telefone pela assessoria de imprensa do GSI (Gabinete de Segurança Institucional).

O R7 Planalto também questionou por quanto tempo a segurança será mantida, mas ainda não obteve resposta.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luzinete viegas disse:

    Gente! Luz e Paz é do que estamos precisando. Acabem com está guerra.

  2. Zé Ninguém disse:

    Os MITRALHAS estão querendo rastrear o Moro. Tropa de Elite 3 já está rolando na vida real. Depois o Padilha faz o filme.

  3. Luzinete viegas disse:

    Meu Deus! Não vejo a hora desse nosso País encontrar a Paz desejada. Nem está pandemia acalmou a revolta dessa gente. Mortais ! Vamos trabalhar em favor da Paz! Pra que tanto veneno ? Isto Faz mal a quem dele se alimenta. Precisamos de Luz nāo de trevas. ACODEM! Pelo amor de Deus! Esta vida é passageira! Vamos plantar o bem!

  4. Zé Ninguém disse:

    Vai rastrear Moro. Esse meu presidente é sabido….. Lembrei de Adriano. Foi ligar para o advogado, morreu. Cuidado Moro! Os MITRALHAS são danados.

  5. lulao disse:

    vixe.estao de olho se liga moro.

  6. Paulo disse:

    Presidente é um homem! espero chilique do ex ministro passe que ele tenha sucesso em seu futuro. um barulho desse por conta de um delegado que já estava querendo sair !
    talvez no mundo real se possa entender como os brasileiros comuns vivem.

  7. Véio de Rui disse:

    O mito é diferente!

  8. Renner disse:

    Agora gostei…ponto para o presidente.

    • Anderson disse:

      Se moro morrer, quem o Sr. Acha que levará a culpa, principalmente agora que ele tem algo a dizer?

  9. Naldinho disse:

    Blefe. Isto é uma defesa prévia, pois se acontecer alguma coisa com Moro, ele acha que vai estar isento. Me engana que eu gosto.

Polícia Militar evita assalto e apreende duas armas de fogo no Tirol; dois suspeitos baleados

Fotos: Cedidas

Na manhã desta terça-feira (07), a Polícia Militar, através do 1º Batalhão, apreendeu um quarteto no momento em que realizavam um assalto à uma loja de telefone celular, no Tirol, zona Leste de Natal.

A viatura estava em patrulhamento pela Avenida Afonso Pena quando se deparou com o assalto em andamento. Ao notar a presença dos policiais, os elementos empreenderam fuga e efetuaram disparos contra a guarnição, que revidou, alvejando dois dos suspeitos, que foram socorridos após receberem voz de prisão.

Com a quadrilha detida, os militares encontraram 01 Revólver Cal.38 da marca Taurus, 11 munições do mesmo calibre, 01 Pistola .40 com 09 munições, 03 aparelhos de telefone Celular, 02 relógios de pulso, 01 corrente dourada, 01 mochila, 01 Carteira de Trabalho, 01 documento veicular, uma pequena porção de Cocaína e a quantia de R$ 44,00 em espécie.

Os policiais conduziram os acusados e o material apreendido à Central de Flagrantes da Polícia Civil, para realização dos procedimentos cabíveis.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gilberto disse:

    Não existem suspeitos em caso de flagrante. É criminoso mesmo. Pois a pessoa que comete crime é o quê afinal?

  2. Vergonha disse:

    Calma …assim que chegar no presídio algum solta

  3. Paulo Roberto disse:

    Parabéns a PM! Coincidentemente estava no local da ação e a Polícia foi extremamente competente.

  4. Gui morais disse:

    Daqui a pouco aparece um magistrado pra mandar soltar.
    Vão dizer que não pode serem presos durante a pandemia.
    Aí fica esses guerreiros policiais militares, enxugando gelo.

  5. joão carlos disse:

    boa a ação da PM, mas fica uma sugestão: "porque não matam logo? agora vão ocupar 2 leitos que poderiam ser ocupados por pessoas de bem". Antigamente se matava essa raça e ficava por isso mesmo, hoje existe esse medo de processo, de perder o emprego. Finge que está 'acudindo' e termina de matar essas peste.

  6. Antonio Barbosa Santos disse:

    Sou leigo, digo logo, mas olhando as fotos me parece que os bandidos tiveram um ataque de COVID19.
    Sinais claros.

  7. EMJ disse:

    Parabéns ao segurança e a PM que agiram com rapidez e conseguiram deter os criminosos.