Diversos

Tarifa social de energia da Cosern poderá ser solicitada pelo Whatsapp a partir de segunda

Ficará mais fácil solicitar o benefício da Tarifa Social de Energia junto à Cosern a partir da próxima segunda-feira (13). As famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com renda mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional, poderão fazer o credenciamento no WhatsApp da Cosern (84) 3215-6001 a partir da próxima segunda-feira (13).

Será muito simples: bastará informar, no aplicativo de mensagens, o número da conta contrato da Cosern, o Número de Identificação Social (NIS), RG e CPF. A distribuidora de energia fará a confirmação no banco de dados do Governo Federal.

Após a confirmação dos dados, o prazo para inclusão na Tarifa Social de Energia é de até cinco dias úteis e o cliente passa a ter o benefício, de acordo com o próximo ciclo de leitura.

Para o beneficiário que não é o titular da conta contrato da Cosern será necessário a inclusão do CPF e do RG do portador do NIS. Nesse caso, é necessário fotografar a documentação e enviar pelo WhatsApp, juntamente com o número do NIS.

O que é Tarifa Social de Energia Elétrica?

Benefício criado pelo Governo Federal para as residências de famílias com baixa renda. Consiste na redução da tarifa de consumo de energia elétrica em até 65% e para indígenas e quilombolas em até 100%. O benefício é regulamentado pela Lei 12.212, de 20 de janeiro de 2010.

Quem tem o direito à Tarifa Social de Energia?

Toda Unidade Consumidora Residencial com família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. É necessário possuir NIS – Número de Identificação Social, e ter renda familiar mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional, independentemente de possuir ou não o benefício do Bolsa Família.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA COSERN

Opinião dos leitores

  1. Ótima atitude pois estamos precisando de ajuda e juntos venceremos em nome de Jesus

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

LAVA JATO: “Nenhuma prova solicitada pela defesa foi recusada por Sergio Moro”, destaca Carlos Alberto Sardenberg em O Globo, sobre “cerceamento do direito de defesa”

Os chamados garantistas acusam a Lava Jato de “cerceamento do direito de defesa”. Carlos Alberto Sardenberg desmontou mais essa mentira:

“Os garantistas argumentam que os métodos de investigação, acusação e julgamento da Lava Jato impedem a ação efetiva dos advogados de defesa. Ou, de outro modo, não garantem o direito dos réus de um julgamento, digamos, justo.

Foi a defesa de Lula que começou com isso logo no primeiro processo do ex-presidente em Curitiba, referente ao tríplex do Guarujá — e a tese se generalizou na medida em que a operação apanhou membros de todos os partidos. O que era uma operação contra Lula tornou-se, nessa visão, uma operação contra os políticos.

Mas, tomando como exemplo o caso do tríplex, nenhuma prova solicitada pela defesa foi recusada pelo então juiz Sergio Moro. Ele também topou ouvir nada menos que 86 testemunhas, quando o normal seriam apenas oito.

Na verdade, neste caso como em outros, os garantistas (advogados, juízes e juristas) se incomodam com a celeridade dos processos em Curitiba.”

Carlos Alberto Sardenberg – O Globo

Opinião dos leitores

  1. Parabéns Sardenberg…Todos sabem o q o "garantistas" querem garantir!!!! Enfim, somos ou não o país do crime do colarinho branco?

  2. A VERDADE vindo a tona com Gleen do Intercept dói. Olha a defesa de Lula confirmado anteriormente vindo a tona hoje. Só não ver quem não quer. O indiciamento tem caráter política. Aqui: https://oglobo.globo.com/brasil/defesa-de-lula-diz-que-indiciamento-tem-carater-politico-20002010

    "Para a defesa do ex-presidente, o indiciamento é uma "peça de ficção" e tem "caráter e conotação políticos” , porque o apartamento está em nome da OAS e não há prova de que foi entregue ao casal, que jamais usou o imóvel ou exerceu qualquer atributo de propriedade disposto em lei. Para os advogados, a peça não tem respaldo jurídico porque Lula e Marisa Letícia não são donos do imóvel e não são funcionários públicos."

  3. O problema é que a Segunda Turma, é composta quase toda de bandidos do PT, e são capazes de tudo para salvar os membros da sua Gang!

  4. Devemos lembrar que a defesa do senhor Lula, em todos os processos, sempre apresentou uma lista de 50 ou mais testemunhas, ficando evidenciado que tinha caráter meramente protelatório, pois a maioria não tinham nada que pudesse beneficiar o réu, apenas eram chamadas para falar bem sem ter qualquer contexto com a ação em questão.

  5. Já disse aqui no Blog.
    Dr Moro é uma GELADEIRA e CIRÚRGICO, erra como qualquer humano, mas nesses casos da lava jato, tem cido perfeito. A defesa do molusco é que apela pra tudo, até pra escutas ilegais.
    OUTRA COISA depois do MITO É ele! MORO. Na cabeça, não tem nem o que discutir. Se não for ele será quem?? Não tem!!
    Desses que se apresentam aí, pelo amor de Deus.

  6. Vejam um exemplo de reporter da Globo que é coerente !! Parabéns Carlos A Sardenberg!!

  7. No processo penal BG se surgi prova nova via acusação, tem que dá ao réu o direito de responder a essa alegação nova.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *