Copa 2014: Início das obras de mobilidade urbana ainda é incerto

Mais uma matéria que vem da Tribuna do Norte desse sábado (9) que faz a gente pensar: “Será que essas obras realmente ficam prontas para a Copa do Mundo?”. Fica a reflexão. O motivo? O início das obras de mobilidade urbana com vistas à Copa do Mundo 2014 ainda é incerto.

Além das desapropriações e licenças ambientais que ainda não foram expedidas, as obras esbarram em outro fator: uma audiência pública solicitada pelo Ministério Público (MP). Além disso, o Município vai dar início a uma série de estudos ambientais nos locais onde serão realizadas as intervenções urbanísticas. A audiência pública, onde qualquer cidadão pode opinar sobre os projetos, será realizada no próximo dia 22.

De acordo com Márcio Diógenes, promotor de Justiça do Meio Ambiente, a audiência pública será realizada com atraso na capital potiguar. “Na verdade, a legislação vigente exige que todos os projetos de mobilidade urbana sejam discutidos  com a sociedade, desde a sua elaboração. Isso é uma diretriz nacional. Porém, em Natal, isso não estava sendo obedecido. A população desconhece os projetos”, colocou. Por causa disso, o MP chamou o Município para celebrar um acordo. Além da audiência pública, a Prefeitura do Natal terá que apresentar os Estudos e Relatórios de Impacto Ambiental (EIA/Rima) das áreas que sofrerão os impactos das intervenções previstas.

Durante a audiência, a população pode opinar e até sugerir modificações, o que pode atrasar o início das intervenções. As obras do lote 1 (Complexo da Urbana) e lote 2 (ligação da avenida Mor Gouveia ao Km-6) ainda não têm as devidas licenças ambientais. Segundo o titular da secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), Bosco Afonso, os técnicos da secretaria já estão trabalhando nesse sentido. O secretário destacou ainda que o MP solicitou que fosse feito EIA/Rima nos dois lotes de obras. “Mas mostramos que só era necessário no lote 2. No Complexo da Urbana faremos estudos ambientais simplificados”, colocou. O secretário não acredita em atrasos. “Tudo está dentro do prazo previsto”.

No dia 21, ou seja, um dia antes da audiência pública que será realizada no auditório do Centro Municipal de Referência em Educação (Cemure), o MP entregará à Semurb um relatório sobre a situação atual das intervenções. “Durante a audiência, queremos esgotar todos os debates para que não haja mais atrasos. Porém, é possível que ocorram solicitações que precisem de novos encontros para se resolver e, assim, ocorra atrasos nas obras”, disse Sueldo Medeiros, secretário adjunto de Fiscalização e Licenciamento da Semurb.

Para a confecção dos relatórios solicitados pelo MP, o Município abriu um processo licitatório para escolha de uma empresa especializada. A terceirização do serviço poderá custar até R$ 800 mil e está sob responsabilidade da secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi). Durante entrevista realizada no final do mês passado, o procurador-geral do Município, Francisco Wilkie Rebouças afirmou que  Município não tinha ciência de que os estudos eram necessários para que as obras fossem iniciadas. Eles são necessários, inclusive, para a emissão das licenças ambientais. “Toda a população irá ganhar com os estudos”, garantiu.

Atraso

Um balanço feito pelo Governo Federal revelou que Natal é uma das cidades mais atrasadas no cronograma das obras de mobilidade para a Copa do Mundo de 2014. O relatório entregue pelo ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados revelou que na cidade de Natal foi iniciada apenas uma obra de mobilidade (Pró-transporte na zona Norte). Outras três estão paradas e não tiveram nem mesmo os contratos assinados. As obras de mobilidade em Natal, que são responsabilidade do Governo e da Prefeitura, estão orçadas em R$ 661,8 milhões. Desse total, R$ 361 milhões virão de financiamento.

Dois ônibus são assaltados na noite dessa sexta-feira

Sexta-feira bastante violenta para os passageiros de transportes coletivos na Grande Natal. Dois assaltos a ônibus foram registrados na noite de ontem.

Os dois veículos estavam parados em frente a Delegacia de Plantão Zona Sul. Um da Trampolim da Vitória e outro da Reunidas. Prejuízo para os empresários. Prejuízo para os passageiros.

O blog tentou entrar em contato com a delegacia para pegar mais informações, mas as ligações apenas chamaram.

Ministro discutirá meia-entrada na Copa com Estados e capitais

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou nesta sexta-feira (08) que o governo federal vai se reunir nos próximos dias com representantes de Estados e das capitais para discutir a meia-entrada em jogos da Copa. O ministro disse que ainda não há data definida para realização do encontro.

Nesta semana, a presidente Dilma Rousseff vetou o artigo da Lei Geral da Copa que suspendia os descontos para estudantes durante a realização do mundial. Com isso, fica permitido que leis regionais ofereçam o benefício, restando à Fifa negociar com Estados e municípios.

“Vamos reunir a representação de Estados e das capitais para tratar desse assunto. […] O objetivo é discutir o encaminhamento da aplicação da legislação nacional em cada Estado e em cada capital, ou seja o cumprimento dos acordos do país com os organizadores da copa, que é uma responsabilidade do governo federal e também dos Estados e das capitais”, afirmou o ministro após reunião com a presidente Dilma no Palácio da Alvorada.

Conforme a Folha apurou, a maioria das cidades-sedes da Copa no Brasil está disposta a mudar sua legislação. Há, inclusive, um documento enviado pela Fifa a algumas das cidades que ajuda a simplificar a questão. A Folha obteve uma cópia do documento. É a redação de um projeto de lei que cria e normatiza série de medidas relativas à organização da Copa-2014. O documento foi recebido por algumas cidades-sedes do Mundial no fim do ano passado, mas apenas agora poderá ser utilizado.

Bebidas

Sobre a liberação das bebidas em jogos da Copa, o ministro Aldo Rebelo acredita que a “suspensão” do artigo do Estatuto do Torcedor que proíbe a venda de álcool nos estádios já permitiria a comercialização durante a Copa.

No entanto, o ministro reconhece que por causa das leis regionais –que proíbem bebidas nos estádios– poderá ser necessário alterar a Lei em cada Estado ou capital. “Nós resolvemos a questão da legislação nacional, mas a legislação dos Estados e municípios depende da interpretação que se dê. Na nossa interpretação, aquela determinação nacional resolve”, disse o ministro.

Pela sugestão da Fifa, leis locais que proíbem a venda e o consumo do produto em estádios ficam sem efeito durante as competições.

Obras

O ministro esteve reunido nesta sexta-feira com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada, para discutir o cronograma das obras para a Copa do Mundo de 2014 e para a Olimpíada de 2016. Na avaliação do ministro, as obras estão dentro do prazo previsto e o cronograma “poderá ser cumprido”.

“O Ministério do Esporte continuará controlando não só as obras de mobilidade, como também as obras de infraestrutura esportiva. No caso da Copa, os estádios, e no caso das Olimpíadas, o acordo que fizemos com estado do Rio de Janeiro e a prefeitura do Rio para construção dos equipamentos com repasses do governo federal”, explicou.

Na próxima terça-feira, o ministro Aldo Rebelo irá a Porto Alegre conferir o andamento das obras do estádio Beira-Rio, que será sede da Copa do Mundo. O ministro afirmou que também fará uma visita às obras da Arena do Grêmio.

Apple deve pagar mais de US$ 2 milhões por propaganda enganosa do iPad 3 na Austrália

A Apple concordou em pagar US$ 2,25 milhões para pôr fim ao caso em que é acusada de fazer propaganda enganosa do novo iPad na Austrália, informam jornais internacionais. Junto com essa quantia, que se refere à multa a ser paga à Comissão Australiana de Competição e Direitos dos Consumidores, uma agência governamental, a empresa se dispõe a desembolsar US$ 300 mil para compensar os gastos da entidade com o processo.

A Austrália esteve entre os primeiros países do mundo a receber a terceira geração do tablet da Apple, cujo lançamento ocorreu no dia 14 de março. Assim como nas campanhas de marketing feitas nas outras regiões, lá a empresa destacou o suporte à conexão 4G como um dos diferenciais do aparelho.

O problema é que o novo iPad só suporta o 4G nas frequências de 700MHz ou 2100MHz, explica o All Things D. E, como na Austrália o 4G funciona na frequência de 1800MHz, a internet de quarta geração prometida pela Apple acaba sendo, na verdade, a 3G — suportada também pelo iPad 2, agora mais barato.

O juiz que avalia o caso na Austrália, Mordy Bromberg, ainda precisa aprovar o acordo. Ele ainda não está certo se o dinheiro a ser pago pela Apple é uma penalidade suficiente, segundo o MarketWatch. O site diz que Bromberg se recusa a bater o martelo antes de saber quantos consumidores se sentiram enganados e qual a situação financeira da Apple.

A empresa fundada por Steve Jobs alega que a posição financeira da companhia não importa nesse caso e diz ter indenizado os consumidores australianos que compraram o novo iPad acreditando adquirir um aparelho que funcionaria na rede 4G do país.

Fonte: Radar Tecnológico

Juíza revoga prisão preventiva de ex-diretor da Delta

A juíza Ana Cláudia Barreto, da 5ª Vara Criminal de Brasília, decidiu nesta sexta (8) revogar a prisão preventiva de Cláudio Abreu, ex-diretor da Delta Construções no Centro-Oeste. Suspeito de corrupção e formação de quadrilha, Abreu foi preso no último dia 25 de abril, durante a Operação Saint-Michel, e levado para o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informou que a Subsecretaria do Sistema Prisional foi comunicada nesta sexta, por telefone, sobre a determinação da juíza. À noite, a libertação do ex-diretor da Delta dependia da chegada à Papuda de um oficial de Justiça com a ordem de soltura.

A operação Saint-Michel, realizada em parceria entre o Ministério Público e a Polícia Civil doDistrito Federal, foi um desdobramento da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que resultou na prisão, por exploração de jogo ilegal em Goiás, do bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Cachoeira é alvo de uma CPI no Congresso Nacional que investiga as relações dele com políticos e empresários. A PF apontou conexões entre Abreu, a Delta e o grupo de Cachoeira. No último dia 30 de maio, convocado para prestar depoimento, Cláudio Abreu compareceu à CPI, mas usou do direito constitucional de ficar calado e não respondeu a perguntas dos parlamentares.

Na decisão desta sexta, a juíza revogou a prisão preventiva, mas determinou que Abreu entregue o passaporte, compareça perante o juízo todos os meses, entre os dias 10 e 15, e não mantenha qualquer tipo de contato com os demais réus ou outras pessoas mencionadas na denúncia da Operação Saint-Michel.

A defesa de Abreu pediu à Justiça a revogação da prisão sob o argumento de que “não se fazem presentes os pressupostos da prisão cautelar, sendo o requerente merecedor do benefício de responder ao processo em liberdade uma vez que é primário e possui endereço fixo”.

Segundo os advogados do ex-diretor da Delta, “não consta nas interceptações telefônicas qualquer gravação com sua voz, não havendo quaisquer indícios de sua participação nos crimes de tráfico de influência e formação de quadrilha”.

O Ministério Público havia se manifestado contrário ao pedido de liberdade feito pela defesa, mas, para a juíza, ele não representa risco à ordem pública “visto que não é mais diretor da empresa Delta e, ainda que fosse, os crimes que lhe foram imputados são de conhecimento nacional, de maneira que dificilmente conseguiria praticar novas condutas semelhantes”.

Fonte: G1

Sesap investe apenas 0,41% do orçamento; gasto com a folha chega a 70%

A manchete da Tribuna do Norte deste sábado merece a leitura atenta de todos porque reflete bem a situação que está a saúde hoje no Rio Grande do Norte. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) investe pouco, gasta  quase tudo com a folha de pessoal e praticamente não dispõe de recursos para manter o custeio da máquina. De acordo com informações do Portal da Transparência, do próprio Governo, a fatura total da Sesap nos cinco primeiros meses deste ano – levando-se em consideração os recursos necessariamente pagos – chegou a R$ 393,7 milhões e somente para os salários dos servidores  se comprometeu 70% da fatia, ou seja, R$ 275,4 milhões.

Praticamente nada foi investido em aquisição de material e equipamentos para os sete hospitais estaduais da rede pública. De R$ 1,6 milhão declarado pela administração estadual – 0,41% do total – como investimentos, R$ 683,8 mil foram computados na condição de restos a pagar (provavelmente despesas de exercícios anteriores). Dos R$ 944,6 mil do exercício financeiro atual R$ 615,6 mil foram para o pagamento do prédio onde funciona a Secretaria, cujo imóvel pertencia ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Restou quase nada, R$ 329 mil para despesas com obras e instalações, segundo o balanço.

O levantamento é do mandato do deputado Fernando Mineiro (PT) e os números apontados – oriundos do Portal da Transparência – foram referendados pelo secretário adjunto de Planejamento e Finanças (Seplan), José Lacerda Felipe. O auxiliar do Governo admitiu que a situação é preocupante, mas esclareceu que o cenário desalentador não vem de agora. “É um grande dilema para o Estado. Realmente limita uma possibilidade de investimentos maior e também de ter um custeio racional e mais positivo como é o caso da Sesap”. Felipe destacou que o Governo realiza um esforço no intuito de  mudar o foco da crise que atinge a Saúde. “A curto prazo temos condições de melhorar a situação, não de resolver”. Ele defende que  o principal problema da Secretaria é de gestão.

Do total gasto com custeio – em que se inclui o pagamento de diárias, locação de mão de obra, material de consumo, entre outros –  vê-se que foi destinado o montante mais substancial para serviços terceirizados de pessoas jurídicas, o que representou R$ 34,4 milhões. Com diárias foram dispendidos 614,8 mil e de auxílio transporte, R$ 676,4 mil.

O deputado Fernando Mineiro frisou, no entanto, que é necessário checar melhor as informações divulgadas pelo próprio Governo porque mesmo o levantamento oficial aponta algumas incongruências e divergências nos valores. O balanço realizado pelo mandato do parlamentar inclui os meses de janeiro a maio deste ano. Se adicionados os dados dos primeiros dias de junho se revelará um resultado diverso. “É preciso fazer uma ressonância magnética para se clarear como está sendo gasto o recurso público.  A população precisa ter um controle maior das finanças, mais transparência, analisar os dados com mais precisão”, defendeu o petista.

Secretário promete enfrentar desafios

O secretário adjunto de Planejamento e das Finanças, José Lacerda Felipe, explicou que as dificuldades financeiras do Governo têm a rigor limitado os investimentos praticamente às contrapartidas dos convênios.  Ele ressalta, porém, que uma parte dos recursos investidos pela administração estadual, como é o caso da verba incorporada mês a mês ao fundo garantidor da Arena das Dunas, não está sendo computada na rubrica divulgada no Portal da Transparência. “Tem investimento que termina não aparecendo nessa contabilidade mas que o Governo realmente fez”, afirmou.

Ele destacou também que a Secretaria de Saúde, junto com a de Educação, são as principais beneficiadas com os recursos destinados a investimentos, embora reconheça que a soma é insuficiente. “Ambas levam, por exemplo, 90% de todo o custeio. É uma quantia limitada, ocasionada pela arrecadação e limitada e a monstruosidade da folha de pessoal, mas há prioridade por parte do Governo”, complementou. Felipe entende que é necessário otimizar os serviços nos hospitais, no intuito de desafogar a capital e melhor equipar o interior.

Empossado na última quarta-feira (6), o novo secretário de Saúde Pública (Sesap), Isaú Gerino,  prometeu enfrentar os desafios da área, identificar debilidades e cumprir metas. “Como a gente sabe a Saúde no Brasil tem muitas dificuldades, mas com a ajuda de todos espero chegar lá”, disse. O novo secretário entra em cena em um momento de fragilidade da pasta, com críticas da opinião pública e divulgação de reportagens negativas em veículos de grande porte da imprensa nacional.

A primeira providência da gestão, segundo Isaú Gerino, será verificar a situação de abastecimento das unidades hospitalares do Estado. “Já enviamos comunicado a todos os hospitais da rede, para que eles mandem as necessidades  enquanto verificamos a outras possibilidades de abastecimento. A população exige e tem direito a isso”, assinalou. A governadora reconheceu que a Saúde no Estado tem graves problemas, mas disse confiar na experiência administrativa do novo secretário para poder avançar e solucionar os problemas. Ela anunciou  para os próximos dias a disponibilidade de 30 leitos no Hospital Onofre Lopes e destacou que a continuação do convênio com o Hospital Infantil Varela Santiago garantirá o atendimento da substancial demanda do Estado.

Governo diz não ter como reduzir folha

Chama atenção o investimento literalmente zerado nos principais hospitais do Estado no quesito “material e equipamento permanente”. O balanço nomina os hospitais Walfredo Gurgel, Deoclécio Marques, José Pedro Bezerra, Giselda Trigueiro, Tarcísio Maia, Cleodon Carlos e a Maternidade Leide Morais. Além dos R$ 615,6 mil destinados ao pagamento da compra do prédio onde funciona a Sesap, o único recurso dispendido é para liquidar serviços de obras e instalações, no valor de R$ 329 mil. O Governo se defende afirmando que não tem como se livrar do vultoso comprometimento com a folha de pessoal, que bate à casa dos R$ 275,4 milhões.  Os 70% dos gastos com pessoal são uma tendência não só no governo do RN, mas também nas prefeituras que prestam assistência aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Esse tem sido um argumento batido de maneira recorrente, para explicar o por que das dificuldades financeiras que afetam o Estado. Por outro lado, as categorias do serviço público reivindicam o pagamento de planos de cargos e salários aprovados desde 2010. O Estado alega dificuldades com a Lei de Responsabilidade Fiscal, motivo pelo qual afirma não ter condições de implantar os benefícios.

Com diárias, no entanto, o Governo gastou – nos cinco primeiros meses do ano – R$ 614,8 mil e com auxílio-transporte, R$ 676,4 mil. Com passagens e locomoções, as despesas foram de R$ 12,9 mil no período.

Microsoft lança rede social só para professores

A Microsoft desenvolveu uma rede social para conectar professores de todo o mundo. A PIL Network (sigla em inglês para Rede de Parceiros na Aprendizagem), que surgiu como projeto da empresa em 2003, hoje conta com mais de quatro milhões de usuários em 119 países.

Segundo o diretor de educação da Microsoft, Emílio Munaro, a meta é dobrar o número de perfis na rede até 2014. “A PIL é um espaço colaborativo, onde professores podem trocar ideias e compartilhar experiências”, diz. “O objetivo é falar de educação como um todo, do comportamento de alunos em sala de aula a questões sobre tecnologia no ensino.”

De acordo com uma pesquisa realizada pela Microsoft, o Brasil está entre os 15 países que mais participam da rede. Para o professor Jorge Cesar Coelho, cadastrado no site há um ano, essa grande participação se justifica pela facilidade de uso das ferramentas da PIL.

“Eu conheço outras redes que oferecem conteúdo educacional, mas geralmente é muito fraco. Elas têm apresentações de PowerPoint e só. Na PIL há mais recursos, que, embora sofisticados, são muito simples de usar”, comenta o professor, que mantém um grupo de discussão com colegas de Índia, Estados Unidos, Arábia Saudita e Taiwan graças às ferramentas de tradução da rede.

Além de converter textos para 36 idiomas diferentes, a PIL apresenta vídeos tutoriais que ensinam como customizar videogames para fins didáticos ou como criar uma rádio digital para ouvir notícias da época de Pedro Álvares Cabral, por exemplo. “Hoje em dia é preciso estimular o aluno, criar jogos para ele passar de fase, usar a tecnologia de forma mais dinâmica”, diz Coelho.

Embora seja destinada a professores, a PIL, assim como outras redes sociais, não está imune a perfis falsos. De acordo com o diretor de educação da Microsoft, existe uma equipe da empresa responsável por fiscalizar os conteúdos publicados na rede, mas não há como comprovar se determinada conta é mantida por um educador de verdade.

Entretanto, segundo o professor Coelho, é possível desconfiar dos perfis fakes. “Quando cadastramos nosso perfil no site, geralmente o atrelamos ao perfil de uma unidade escolar. Se uma pessoa não identifica o lugar onde trabalha, já é considerada suspeita”, diz. “Existe uma espécie de autorregulação, mais ou menos como acontece na Wikipedia”.

* Com informações da Folha

Apple quer impedir venda do Samsung Galaxy S III nos EUA

A Samsung disse que vai lutar na Justiça contra a Apple que move um processo nos Estados Unidos para que a sul-coreana pare as vendas do seu mais novo Galaxy S III no último capítulo da batalha sobre propriedade intelectual entre as líderes mundiais do mercado de celulares.

A companhia, que acaba de lançar o S III na Europa com fila nas portas de lojas e operadoras, disse que vai se opor vigorosamente ao pedido da Apple para um tribunal americano banir o aparelho telefônico do país e disse que ainda planeja ir adiante com o lançamento do celular no mercado americano programado para dia 21 de junho. A fabricante sul-coreana afirmou em comunicado que vai “demonstrar ao tribunal que o Galaxy S III é inovador e totalmente diferente do iPhone”.

Na última terça-feira, a Apple – que acusa a Samsung de violar duas patentes – fez o pedido formal a um tribunal dos Estados Unidos para proibir, mesmo que temporariamente, as vendas do smartphone antes do seu lançamento em território americano.

O pedido, se aceito por um tribunal da Califórnia, pode prejudicar a Samsung na sua tentativa de se antecipar às vendas do próximo iPhone. O Galaxy S III começou a ser vendido na Europa em 29 de maio e será oferecido por cerca de 300 operadoras de telefonia móvel em 140 países, da Ásia a América do Norte, incluindo um lançamento para o Brasil. Já a Apple está mantendo segredo total sobre o novo iPhone 5, mas muitos analistas esperam que ele chegue em julho.

Samsung e Apple estão envolvidas em processos de patentes nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia desde que a Apple acusou a Samsung de copiar o iPhone e o iPad em abril de 2011. Os presidentes-executivos das duas empresas se reuniram em um tribunal de São Francisco no mês passado para negociar, mas não chegaram a nenhum acordo satisfatório.

Mas em plena batalha judicial, as duas empresas continuam a fazer negócios. A Samsung ainda conta com a Apple como uma de suas maiores compradoras de chips e telas, e a Apple com os componentes da coreana.

Fonte: O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. pessoal e muito disse:

    mds ninguem comeento

Está em Natal e não sabe o que fazer nesse feriado? Confira o #AgendãodoBG

Sexta-feira (8)

– MPB4
Grupo interpreta clássicos da carreira
Local: Teatro Riachuelo
Início: 21h

– Projeto #XOTEeSERTANEJO
O músico Valber Fernandes promete animar o público
Local: Pitanga Bar
Início: A partir das 21h

– Prévia do Botequim Tá na Hora
O melhor do pop-rock nacional e internacional com as bandas Humanos por Acaso e Metamorfose
Início: A partir das 19h

– Sexta do Pepper’s
Mix musical com Pedro Luccas, Pura Tentação e Dj Gunner.
Local: Pepper’s Hall
Início: 22h

– Jerimum Rock
A banda pernambucana SOS Rock toca sucessos do gênero e os Djs Fam Matos e Rony Vannucci encerram a noite
Local: Dublin Irish Pub
Início: 23h

– Sexta Rock
A banda United faz show Especial Coldplay com sucessos da banda
Local: Casanova Ecobar
Início: 21h

– Desgraça Pouca é Bobagem
O humorista Seu Dedé encena a comédia que retrata as desgraças do dia a dia
Local:  Teatro de Cultura Popular (TCP)
Início: 20h

Sábado (9)

– Arraiá da Praia
Dorgival Dantas, Deixe de Brincadeira, Leozinho Fernandes e Thiago & Santa Fé comandam um dos arraiás mais esperados da cidade
Local: Praia Devassa
Início: 15h

– Moscow Circus on Ice
A magia do circo e a beleza da patinação no gelo. Um dos espetáculos mais famosos do mundo abre temporada em Natal
Local: Teatro Riachuelo
Início: 19h

– Desgraça Pouca é Bobagem
O humorista Seu Dedé encena a comédia que retrata as desgraças do dia a dia
Local:  Teatro de Cultura Popular (TCP)
Início: 20h

– Quiosque Chopp Brahma
Tradicional chorinho e samba dos sábados animam o público
Local: Quiosque Chopp Brahma (Natal Shopping)
Início: 13h30

– Lysia canta Chico
A intérprete Lysia Conde em parceria com Juliano Ferreira (violão) e João Paulo (sax, flauta e clarinete) faz releitura dos clássicos do cantor e compositor Chico Buarque
Local: Jobim Gastronomia e Música
Início: 21h30

– Acústico Daniel Freire
O cantor Daniel Freire faz show acústico de sucessos do pop-rock nacional e internacional
Local: Creperia Mariposa
Início: 20h

– Buraco da Catita
Tradicional ponto de encontro da Ribeira volta às raízes do samba com Maíra Salles interpretando Paulo César Pinheiro, Chico Buarque, Noel Rosa, Cartola e Clara Nunes
Local: Rua Câmara Cascudo, próximo ao TAM
Início: A partir das 21h

Domingo (10)

– Moscow Circus on Ice
A magia do circo e a beleza da patinação no gelo. Um dos espetáculos mais famosos do mundo encerra temporada em Natal
Local: Teatro Riachuelo
Início: 17h

– O Mágico de Inox
O espetáculo mostra a aventura de uma menina a procura do Mágico de Inox para realizar o sonho de sair do lixão e voltar pra casa
Local: Teatro Alberto Maranhão (TAM)
Início: Início: 17h

– Projeto #NemPareceDomingo
As bandas Samba da Elite e Chamou Porque Quis fecham o final de semana com muito samba
Local: Botequim Tá Na Hora
Início: 15h

– Projeto Som do Mar
Grupo Sonoro e Wallysson Santos tocam clássicos da MPB com vista para o mar
Local: Shopping de Artesanato Mãos de Arte (Praia dos Artistas)
Início: 17h

Arraiá da Praia: Quem desejar ressarcimento, pode fazê-lo hoje

Os shows de Dorgival Dantas, Deixe de Brincadeira e Leozinho Fernandes que estavam previstos para acontecer na última quarta (06) no Arraiá da Praia, em Natal/RN, foram adiados por causa da chuva. A produção do evento informou que a decisão foi tomada por questão de segurança e respeito aos clientes. O evento será realizado neste sábado (09), às 15h, no mesmo local (Praia Devassa) e com a mesma programação.

O ressarcimento do valor do ingresso para os clientes que desejarem ter de volta e que adquiriram nos pontos de vendas (Oculare e Pepper´s Hall) será realizado exclusivamente nesta sexta-feira (08), das 12h às 22h, na Oculare do Midway Mall (84) 3222-1879. Para que o valor seja devolvido, deve-se apresentar o ingresso e um documento de identificação com foto. Aqueles que compraram com comissários devem procurar os mesmos para solicitar o ressarcimento.

Serviço:

Arraiá da Praia
Nova data: Dia 9 de junho (sábado) | 15h
Atrações: Dorgival Dantas, Deixe de Brincadeira e Leozinho Fernandes
Ressarcimento: Sexta (8) das 12h às 22h na Oculare do Midway

Prefeito de Pendências cancela contratos e monta plano contra seca

A informação que vem da Tribuna do Norte deve servir de exemplo para outros gestores. O prefeito de Pendências, Ivan Padilha (PMDB), cancelou todos os contratos firmados com as bandas contratadas para os festejos juninos atendendo recomendação do Ministério Público. Ele informou que no mês de junho também é celebrado o padroeiro da cidade (São João Batista) e que a programação religiosa (procissão e missas) vão permanecer da mesma forma que os festejos tradicionais como as quadrilhas juninas.

O chefe do Executivo municipal explicou que “parte da cidade é bem atendida por projetos na área de petróleo e camarão, mas há uma área rural correspondente entre 35% e 40% do município que poderia ser prejudicada”

Ivan Padilha informou que foram montadas equipes na Prefeitura de Pendências para trabalhar em ações preventivas como o planejamento de açudes, poços tubulares para assentamentos e pequenas propriedades. “Nosso abastecimento está sob controle. Mesmo assim vamos contratar o serviço de mais um carro pipa por precaução”, disse.

Além disso, de acordo com prefeito, há o trabalho para se fazer um levantamento das famílias atingidas diretamente pela seca. “A intenção é estar sempre com esses dados atualizados para garantir a compra de alimentos a serem doados”, declarou.

Outra ação determinada pelo prefeito é a contratação de técnicos para acompanhar os rebanhos de caprinos, ovinos e bovinos. “Além de cuidar de nossos moradores, é importante manter a criação de cada um, pois é dali que muitos tiram seu sustento”, comentou.

Agentes de segurança começam treinamento de "Polícia Comunitária" a partir da próxima semana

A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social, através do Programa Comunidade em Paz, gerido pela Coordenadoria de Programas para Cidadania (CPCID), dará inicio a uma importante capacitação aos agentes de segurança pública (policiais militares, policiais civis, bombeiros militares e guardas municipais) e agentes comunitários, com o objetivo de integrá-los a trabalharem unidos na identificação, avaliação e soluções aos problemas que levam a violência e criminalidade.

A partir desta segunda feira, dia 11, o Rio Grande do Norte estará realizando mais cinco edições do Curso Nacional de Promotor de Polícia Comunitária e mais uma edição do Curso Nacional de Multiplicador de Polícia Comunitária, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública – Senasp/MJ.

De acordo com o Tenente Coronel Janio Marinho da Silva, oficial da policia militar do RN e Coordenador de Programas para Cidadania, os Cursos e seminários, abertos à comunidade e direcionados aos agentes de Segurança Pública, tiveram como objetivo a sensibilização da população interna e externa para a necessidade de sua participação na discussão sobre a melhoria da segurança pública.

A solenidade de abertura irá ocorrer na próxima segunda feira, dia 11, às 8 horas, no auditório da EMATER, no Centro Administrativo, em Natal, e contará com a presença de dezenas de autoridades militares e civis, além de representantes de comunidades da região metropolitana de Natal.

Mineiro quer abolir gastos com salários extras na AL

O projeto de decreto legislativo aprovado no Senado e em tramitação na Câmara Federal para extinguir o 14º e 15º salários dos parlamentares pode desaguar na Assembleia Legislativa (AL) potiguar. O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) anunciou que, se aprovada em âmbito nacional, apresentará  proposta similar à mesa diretora da AL.

Os custos com os subsídios dos deputados estaduais – levando em conta o salário-base – é de R$ 7,2 milhões/ano. A remuneração mensal de cada um atualmente é de  R$ 20.043,68 (valor bruto), montante que representa 75% do ordenado dos federais. Se aprovada, a medida enxugará a folha do legislativo em quase um milhão (mais especificamente R$ 962.096,64/ano). O petista utiliza como argumento para o requerimento, o fato de os vencimentos dos deputados estaduais serem vinculados aos federais.

“Mudando os parâmetros deve ocorrer os mesmo em nível local”, explicou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fabio Uchoa disse:

    O Deputado Mineiro pode se adiantar independente da apresentação do projeto e abrir mão em favor do erário dos seus salários 14o e 15o. Porque será que não procede assim. É muito arroto e pouca atitude!

Sandra de Sá traz novo show dia 16 para Natal

“É soul, é funk, é samba, é rock, é blues, é xote, é Brasil”. Dia 16, sábado, uma das mais expressivas cantoras brasileiras, Sandra de Sá desembarca em Natal para apresentar seu novo show “AfricaNatividade” aos potiguares. A apresentação será às 21h no Teatro Riachuelo. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro e no site www.ingresso.com.

O “AfricaNatividade Sandra de Sá 30 Anos” conta um pouco do caminho trilhado por  Sandra, ao longo dessas três décadas. Neste projeto de celebração, a cantora reforça os laços culturais e musicais entre África e Brasil e ressalta sua diversidade. Um repertório que traz grandes sucessos de sua carreira, unidos às canções que compõe o CD “AfricaNatividade”.

Ícones de representações étnico-sociais, Sandra, vem colecionando prêmios, reconhecimento internacional, hits que fazem plateias interagirem e uma posição de destaque na música brasileira. Com sua voz personalíssima, timbre grave e caloroso, tornou “Olhos Coloridos” um hino pelo país e exterior. E por gerações, vem marcando a história da nossa cultura brasileiríssima.

A turnê já passou, além do sudeste, em algumas cidades do Sul, Nordeste, Cabo Verde, Senegal e Angola que resultou na gravação de um especial de TV e DVD. A banda é formada pelos músicos Ewerton Freitas – Guitarra/violões / Dudu Oliveira – Baixo / Bebeto Sorriso e Flavio Santos – Percussão / Wallace Santos – Bateria / Azbel – Teclados / Gil Miranda e Gilce de Paula – Vocais).

“Esse trabalho é mais um passo dentro de mim do que tenho como MPB, música preta brasileira, assim tem essa mistura altamente ‘brasuka’, é soul, é funk, é samba, é rock, é blues, é xote, é Brasil! Aí, tem um pouco do que absorvemos das Áfricas e colocamos do ‘nosso’ jeito, é mais um passo de esclarecimento. O disco não se fecha em um conceito X ou Y, sim quer abrir as mentes, corações, almas… geral!.” Sandra de Sá.

Serviço:
Sandra de Sá em Natal
Dia e horário: 16 de junho (sábado) | 21h
Local: Teatro Riachuelo
Vendas: bilheteria do Teatro e site www.ingresso.com

STJ julga Wilma de Faria no mesmo dia dos precatórios

Dia 13 de junho é dia de Santo Antônio, mas também é dia de reunião de potiguares na corte do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Como o blog já havia adiantado ontem, na próxima quarta-feira (13), será realizada a acareação da servidora Carla Ubarana, ex-chefe da Divisão de Precatórios, com o desembargador Rafael Godeiro, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ/RN), sobre o escândalo dos precatórios. No mesmo dia, também será prestado o depoimento do desembargador Osvaldo Cruz, outro ex-presidente da Corte estadual, sobre o mesmo caso. Isso não é novidade!

Agora o que tinha passado despercebido pelo BG é que também entrou na pauta deste mesmo dia, o julgamento da ex-governadora Wilma de Faria. Wilma é acusada de usar os serviços dos procuradores  do Município de Natal para atuarem em uma causa pessoal, enquanto era prefeita de Natal.

É muita gente!

Plano de telefone fixo a preço popular entra em vigor hoje

Boa notícia pra quem precisa. As famílias com renda total de um salário mínimo e inscritas no cadastro único de beneficiários de programas sociais do governo federal (entre eles o Bolsa Família) podem solicitar, a partir desta sexta-feira (8), o novo modelo de plano de telefonia fixa, com assinatura mensal entre R$ 12,62 e R$ 14,80 (valor incluindo tributos). A informação está no portal de notícias G1.

Chamado de Acesso Individual Classe Especial (AICE), o plano dará direito aos usuários a 90 minutos de ligações, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Terão direito ao esse modelo de serviço as cerca de 22 milhões de famílias inscritas no cadastro único de beneficiários de programas sociais.

O cronograma, no entanto, prevê que a oferta para famílias com renda entre um e dois salários mínimos tenha inicio apenas em 8 de junho de 2013, e para as demais famílias incluídas no cadastro único, a partir de 8 de junho de 2014.

O escalonamento foi adotado por conta das perdas estimadas para as concessionárias de telefonia fixa devido à mudança no plano, e que devem ficar, segundo a Anatel, entre R$ 800 milhões e R$ 1,4 bilhão.

Novo AICE

O AICE existe desde 2005 mas, como o novo regulamento, ele passa a ser oferecido com novas regras. A principal mudança é a definição do perfil das famílias que têm direito ao serviço. Antes, qualquer pessoa poderia fazer assinatura. Agora, apenas aquelas que estão no cadastro único de programas sociais do governo.

Outra mudança é no preço do serviço, que ficou mais barato. O atual modelo funciona no sistema pré-pago e cobra taxa mensal de assinatura R$ 17,62 dos usuários, que para fazer ligações ainda precisam comprar créditos. Agora, os interessados em ter o AICE contarão com um modelo pós-pago.

Adesão

De acordo com a Anatel, para aderir ao serviço o consumidor deve ter suas informações atualizadas no Cadastro Único há pelo menos dois anos, especialmente renda familiar e endereço da família.

Para solicitar um telefone popular, o responsável familiar deve entrar em contato com a concessionária de sua região tendo em mãos o seu CPF e Número de Identificação Social (NIS).

Caso não tenha informado seu CPF no Cadastro Único, deverá também informar seu Título de Eleitor ou o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) para o atendimento da concessionária.