América confirma empréstimo de cinco jogadores ao Corinthians de Caicó

O América acertou nesta quinta-feira (17) o empréstimo de cinco jogadores para o Corintians de Caicó para o Campeonato Estadual. Os zagueiros Ramon e Thiago, o volante Judson e o meia Rivaldo estavam disputando a Copa São Paulo de Juniores deste ano. Além deles, o atacante Daivison, que realizou a pré-temporada com o time principal, também foi emprestado.

A informação foi confirmada pelo diretor executivo do clube, Sérgio Papellin. Os atletas viajam nesta sexta-feira (18) para Caicó, onde deverão ser integrados ao restante do elenco do Coríntians. O empréstimo dos atletas vai até o final do Campeonato Estadual deste ano.

O Corintians de Caicó atualmente ocupa a lanterna do Estadual, com duas derrotas por 1 a 0 em dois jogos. Se a competição terminasse hoje, o clube seria rebaixado para a segunda divisão.

O atacante Daivison, o meia Rivaldo e o zagueiro Thiago já trabalharam na equipe principal do América com o treinador Roberto Fernandes, inclusive, sendo utilizados nos jogos pelo comandante alvirrubro.

Fonte: Tribuna do Norte

CNI identifica moderada recuperação da atividade industrial

O faturamento da indústria brasileira cresceu 2,5% em novembro de 2012, em comparação a outubro, após dois meses consecutivos de queda, segundo o levantamento Indicadores Industriais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado hoje (17).

Para a confederação, o aumento é um indicador “robusto”, e o crescimento do setor deverá fechar o ano em 2,5%, o que aponta moderada, mas persistente recuperação da atividade industrial e para um panorama, no geral, positivo.

A área em que houve o maior faturamento em novembro foi a da indústria de vestuário, com crescimento de 6,2%, aumento de 11,3% no emprego e de 10,7% nas horas trabalhadas.

O pior desempenho foi no setor de material eletrônico e de comunicação, com queda de 23,5% na produção, diminuição de 11,7% no emprego e de 1,3% na massa salarial.

A utilização da capacidade instalada apresentou o maior resultado desde março do ano passado, com a média de 81,4% da indústria em operação. Em relação ao mesmo período de 2011, o índice foi o mesmo.

O aumento do uso da capacidade industrial instalada sinaliza avanços positivos para os investimentos em 2013, de acordo com o economista da CNI Marcelo de Ávila.

Para o gerente executivo de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco, a redução da ociosidade da indústria, acompanhada da manutenção relativa dos salários, gera pressão sobre os custos das empresas.

Ele explica que isso implica impacto sobre a competitividade dos produtos brasileiros em relação aos importados e sobre o Custo Brasil – que considera não só os custos nas indústrias, mas também a logística, os tributos, entre outros fatores que oneram a produção no país.

Segundo Castelo Branco, a manutenção dos salários reflete a dinâmica do mercado de trabalho brasileiro, que mantém níveis baixos de desemprego, o que faz com que a demanda por mão de obra seja constante.

Fonte: Agência Brasil

Prouni vai beneficiar 160 mil estudantes brasileiros

Com as inscrições iniciadas na madrugada de hoje (17), o Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou 184,1 mil inscritos até as 12h. O número de bolsas para o primeiro semestre de 2013 aumentou desde que o Ministério da Educação (MEC) divulgou o primeiro número. A oferta agora soma 162.329 bolsas, sendo 108.686 integrais e 53.643 parciais (cobertura de 50% da mensalidade). O número inicial apontava 144.639 bolsas.

Segundo o MEC, a quantidade de bolsas aumentou porque mais instituições aderiram ao programa desde a divulgação do primeiro número, que era preliminar.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. O estado de São Paulo é o que oferece mais bolsas, 56 mil, seguido por  Minas Gerais (17 mil bolsas) e o Paraná (12 mil).

Os candidatos podem se inscrever no ProUni exclusivamente pela internet até as 23h59 (horário de Brasília) de segunda-feira (21). Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou na rede particular na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 e alcançado pelo menos 450 pontos, além de não ter zerado a nota da redação. Até o ano passado, a exigência mínima era 400 pontos.

A bolsa integral é concedida a estudantes com renda bruta familiar por pessoa de até 1,5 salário mínimo, e as parciais àqueles com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.

A primeira divulgação dos resultados será no dia 24 deste mês e a segunda, no dia 8 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das etapas poderá entrar na lista de espera nos dias 24 e 25 de fevereiro.

O estudante que conseguir apenas a bolsa parcial (50% da mensalidade) pode custear a outra metade por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) sem a necessidade de apresentar fiador. Para isso, é preciso que a instituição onde o aluno pretende se matricular tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc).

Fonte: Agência Brasil

Divisão de Polícia do Oeste é desalojada por falta de pagamento de aluguel

A Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe) foi desativada hoje, por falta de pagamento do governo ao dono do prédio onde funcionava a unidade. De acordo com o delegado Odilon, responsável pela base, os bens materiais foram recolhidos e levados para uma simples delegacia de Mossoró, que não tem estrutura para receber a demanda. Caso os objetos não fossem recolhidos hoje, os policiais que lá trabalhavam seriam despejados amanhã. A inadimplência do governo provocou uma situação constrangedora para os policiais do Oeste.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo Fernandes disse:

    Realmente é lamentável a situação da segurança em todo o nosso estado. Mossoró mesmo que é o reduto da governadora, hoje é uma das cidades mais violentas do Brasil. Vergonha total. Veja mais notícias no blogjandairaemfoco.blogspot.com.br

  2. Laura barbara disse:

    Isso porque é na regiao e cidade da governadora! Agora imagina como esta o resto do Estado. Falta de respeito com os policiais e com a populacao.

Procuradoria Geral da República abre procedimento para investigar indicações ilegais de Henrique no TRE

A Procuradoria Geral da República (PGR) analisa denúncias encaminhadas pela Superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Norte (SRPF-RN) contra o deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) por supostas irregularidades em nomeações de cargos comissionados no Tribunal Regional Eleitoral potiguar em troca de favores.

A informação foi confirmada oficialmente, na tarde de ontem, pela PGR. Alves é favorito para vencer, em fevereiro, a disputa pela presidência da Câmara dos Deputados. Uma das nomeações que constam no material encaminhado à PGR, em novembro de 2011, é a de Ângela Tereza Tonelli Dutra de Almeida.Ela é mulher de Aluizio Dutra de Almeida, ex-assessor parlamentar de Henrique Eduardo Alves. Ele pediu demissão na segunda-feira, após ser envolvido em denúncias que indicavam favorecimento de sua empresa a partir de emendas liberadas pelo deputado.

Ângela trabalha na Secretaria de Gestão de Pessoas no TRE-RN. Ela foi nomeada em setembro de 2008. O lobby político no Poder Judiciário com a indicação de pessoas do círculo de amizade de Alves seria em troca do trabalho do parlamentar nos bastidores para emplacar algum desembargador do Tribunal de Justiça local no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O ex-superintendente da PF do Rio Grande do Norte Marcelo Mosele, que encaminhou à PGR as denúncias recebidas contra o deputado, não quis se pronunciar sobre o assunto ao ser procurado pelo Correio na tarde de ontem. Atualmente, ele trabalha na Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Inicialmente, Mosele afirmou que não se lembrava do caso. Em seguida, limitou-se a comentar que “não teria como entrar no mérito”.

Procurado pelo Correio, o deputado informou, por meio da assessoria de imprensa, que desconhece o teor das denúncias. Ele não quis comentar a nomeação da mulher do ex-assessor para o TRE-RN. Aluizio Dutra de Almeida é assessor de Alves desde 1998. Ele pediu exoneração do cargo após o jornal Folha de S. Paulo informar que ele é dono da Bonacci Engenharia e Comércio Ltda.

A empresa recebeu dinheiro público de emendas parlamentares do deputado. De acordo com a reportagem, pelo menos três prefeituras do Rio Grande do Norte contrataram a empreiteira. A mesma empresa, segundo o jornal, recebeu R$ 1,2 milhão do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), controlado politicamente pelo deputado. O TRE-RN foi procurado, no entanto, servidores informaram que a assessoria de imprensa só trabalha até as 13h.Marcada para 4 de fevereiro, a eleição para a Mesa Diretora da Câmara tem quatro candidatos: Alves, Rose de Freitas (PMDB-ES), Júlio Delgado (PSB-MG) e

Ronaldo Fonseca (PR-DF). Nos bastidores, a conta é de que a eleição de Alves, por ora, está garantida. Além de ter a maioria da base do governo, o peemedebista conta com votos da oposição. PT, PDT, PR, PP, PCdoB e PSDB já declararam apoio ao parlamentar.

Ele é o mais antigo da Casa, com 11 mandatos consecutivos. Em 2002, Alves foi indicado a vice na chapa de José Serra (PSDB) para a Presidência da República, mas acabou perdendo lugar depois de denúncias de que abriu contas em paraísos fiscais. Em processo de separação, sua ex-mulher anexou documentos que comprovariam a tentativa de esconder parte do patrimônio.

Fonte: Correio Brasiliense

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. eric disse:

    Alguém tenha alguma dúvida ae? Quem tiver responda ao post.

Onde estão lotados os policiais cedidos ao Tribunal de Justiça do RN?

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte anunciou hoje a “devolução” de 30 dos 145 policiais militares cedidos ao Judiciário. Segundo o Tribunal, foi o primeiro passo para a substituição gradativa de todos os quadros da polícia por seguranças privados. No entanto, faltou o TJRN esclarecer onde estão lotados os policiais que atualmente servem ao órgão.

Com a devolução dos 30 policiais, sobraram ainda 115. Onde estão lotados esses policiais? Servindo a quem? Os questionamentos são de todos. O uso do efetivo policial cedido ao Tribunal de Justiça é um verdadeiro mistério. Não há qualquer transparência quanto a utilização deles. É uma verdadeira caixa preta.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Andre luiz disse:

    Na Assembleia Legislativa a farra dos policiais é ainda maior e tudo acobertado pelos deputados

Percentual de álcool na gasolina aumentará de 20% para 25%

A diretora geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, disse hoje (17) que o percentual de etanol na gasolina passará de 20% para 25%, no final da safra de cana de açúcar, possivelmente no mês de abril. “A gente tem que confirmar a safra, mas estamos achando que sim”, disse.

Ao chegar para evento da Transpetro, no Rio, a diretora confirmou para maio e novembro as rodadas de licitação da exploração de petróleo e gás, paradas à espera de definição das regras de distribuição de royalties.

“Estamos discutindo o passado, o futuro está pacificado”, disse. Serão licitados 172 blocos. A expectativa é de muita procura, uma vez que as áreas aparecem entre as mais lucrativas.

A diretora da ANP informou que está previsto para este ano o primeiro leilão de gás xisto. “As reservas são relevantes, não podemos deixar paradas”, afirmou. A Bacia do Parnaíba, no Nordeste, e de Parecis, em Mato Grosso, estão incluídas.

“Pegamos as áreas que poderiam ser produtoras, mas não temos certeza se são, ou não, temos que continuar investindo e fizemos uma associação: se a previsão for confirmada, é gás para chuchu, mais que o pré-sal”, Magda Chambriard.

A Transpetro recebe hoje (16) o navio Rômulo Almeida, no Estaleiro Mauá, com capacidade para transportar 56 milhões de litros de derivados de petróleo. A embarcação presta homenagem ao especialista que contribuiu para criação de estatais no Brasil, durante o governo de Getulio Vargas.

Fonte: Agência Brasil

Gêmeos idênticos se casam e têm filhos gêmeos idênticos

102_1753-alt-blog-twins

Mark e Craig Sanders, gêmeos idênticos, foram a uma convenção de gêmeos em Twinsburg (Ohio, EUA), em 1998. Lá, Mark se apaixonou à primeira vista por Darlene Nettemeier, que decidiu visitar a convenção com a irmã, Diane. Elas são gêmeas idênticas.

Mark e Diane logo se entenderam. Então, os dois decidiram apresentar Diane a Craig. Um ano depois, os dois casais se uniram em cerimônia única.

Em 2001, a surpresa: Diane a Craig tiveram gêmeos idênticos, Colby e Brady. Gêmeos idênticos não tem pré-disposição genética para gerarem gêmeos idênticos.

De acordo com reportagem do programa “Today”, da NBC, o casal teve ainda outro filho. Mark e Diane são pais de duas meninas. Que não são gêmeas. Toda a família mora em Houston (Texas) e as crianças confessaram confundir às vezes os pais com os tios.

Fonte: O Globo

Médico filma cirurgia e denuncia falta de material para trabalhar no Hospital Walfredo Gurgel

A situação caótica da Saúde Pública no Rio Grande do Norte mais uma vez foi destaque nacional. Em reportagem exibida no Jornal Hoje, da Rede Globo, agora há pouco, um médico-cirurgião denunciou a falta de material necessário para trabalhar. Ele filmou uma cirurgia, com um aparelho celular, que fez para suturar o tórax de um paciente que havia sido esfaqueado.

Chegou um dado momento da cirurgia que o médico não teve a linha adequada para costurar o paciente. Ele usou outro material por não existir o necessário para fazer o procedimento correto. O cirurgião mesmo ressaltou, durante a reportagem, que o paciente terá que passar por outra cirurgia, pelo fato de não ter sido usado o material adequado.

Indagado porquê filmou o procedimento, o médico disse que foi a única forma que encontrou de fazer o apelo às autoridades. “Até quando? Iremos ver isso?”

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. André disse:

    Ele é presidente do Conselho Regional de Medicina, e não Nacional.

    • André disse:

      Ele é presidente do Conselho Regional de Medicina, e não Federal. Abraço

Wallyson é única aposta do São Paulo para reforçar time em 2013

O técnico Ney Franco não terá seu pedido por reforços atendido no São Paulo. Nesta quinta-feira, o diretor de futebol, Adalberto Baptista, disse que, apesar do insucesso na tentativa de contratar o chileno Eduardo Vargas, o clube não buscará novos atacantes.

“Considero o elenco qualificado. Sabemos que há uma carência de atacantes, mas contratamos o Wallyson, que está se recuperando, e teremos a volta do Ademilson da Seleção Brasileira sub-20. Acho que, com isso, vamos suprir essa carência, mas ficaremos atentos ao mercado”, disse o dirigente.

Apresentado no fim de semana passado, Wallyson não atua desde setembro, tendo passado por cirurgia em novembro para a retirada de uma placa e sete parafusos no tornozelo esquerdo colocados em agosto de 2011. Neste momento, o ex-cruzeirense está em fase de transição entre fisioterapia e a preparação física.

Já Ademilson está na Argentina, onde disputa o Sul-americano sub-20 pelo selecionado nacional. Revelado pelo próprio São Paulo, o jovem atacante teve algumas oportunidades como titular em 2012, disputando posição com Willian José nas ocasiões em que Luis Fabiano estava ausente.

Sem Vargas ou nenhum outro reforço para substituir Lucas, negociado com o Paris Saint-Germain, Ney Franco tem sido obrigado a ensaiar esquema tático diferente do utilizado no semestre passado. Em vez do 4-2-3-1, o time terá um losango no meio-campo e somente dois atacantes.

Fonte: Gazeta Esportiva

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marco Aurelio disse:

    Essa é,sem dúvidas, a maior chance de Wallyson.Espero que ele volte a brilhar pelo São Paulo.

Zezé Polessa será investigada após morte de motorista

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130117084559.jpgNaTelinha
Após a morte do motorista Nelson Lopes, 63, que a trabalho levou Zezé Polessa para uma gravação externa da Globo e pouco depois acabou passando mal e faleceu, a atriz será investigada em um inquérito por suspeita de crime contra o Estatuto do Idoso.
A promotora de Justiça do Rio, Christiane Monnerat, determinou que a polícia investigue a conduta da artista nesta situação. Comenta-se que ela tenha destratado o funcionário, que errou o trajeto.
A investigação é alheia à vontade da família.
Zezé Polessa pode se encaixar no artigo 96 do Estatuto do Idoso, que trata de humilhação, menosprezo e discriminação, com reclusão de seis meses a um ano e multa. Já caso seja provado que a atriz tinha conhecimento da saúde do motorista, ela pode ser indiciada por homícidio culposo.
O NaTelinha conversou com a assessora de imprensa da atriz, Fernanda Lacombe, mas ela ainda não conseguiu falar com Zezé sobre o caso, pois ela está em estúdio gravando a novela “Salve Jorge”.
Na trama da Globo, ela vive a turca Berna, que está sofrendo com a pressão do marido, Mustafá (Antonio Calloni), que quer esclarecer os detalhes da adoção de sua filha, Aisha (Dani Moreno).

Caso haja uma posição oficial sobre a notícia da investigação, a reportagem será complementada.

Entenda o caso:
Na última segunda-feira (14), segundo informações do jornal “O Dia”, Zezé Polessa foi levada pelo motorista para uma gravação externa, mas errou o caminho. Ao invés de ir para a Barra da Tijuca, foi parar no Recreio dos Bandeirantes, bairros próximos do Rio de Janeiro.
O erro acabou deixando a atriz bastante irritada, que reclamou veementemente do motorista ao chegar no Projac. De acordo com a publicação, a atriz gritava para todos ouvirem que ela não queria mais ser conduzida por ele.
Com medo de ser demitido e ficar desempregado, o senhor de idade ficou nervoso, passou mal e, com dores no peito e falta de ar, foi levado para Hospital Municipal Lourenço Jorge. Lá, ele não resistiu e acabou falecendo.
Na tarde de terça (15), Zezé Polessa se pronunciou sobre o caso através de sua assessora de imprensa, Fernanda Lacombe, e não confirmou os insultos: “Conheci o Sr. Nelson há pouco mais de um mês e neste período ele me atendeu algumas poucas vezes, como ontem. Era um senhor extremamente educado e gentil. Quando soube de seu falecimento, fiquei muito triste. À família, toda minha solidariedade e carinho”. Ela estaria inconformada com as acusações.
Após contatos do NaTelinha, a TV Globo também enviou um comunicado oficial sobre o acontecido e prestou solidariedade aos familiares do motorista.
“O sr. Nelson Lopes prestava serviços para a TV Globo através de uma empresa terceirizada. Há pouco mais de um mês na função de motorista, foi identificado como um profissional gentil e educado. A empresa terceirizada está acompanhando a família do motorista. À família do Sr. Nelson Lopes, prestamos toda nossa solidariedade neste momento tão difícil”, disse a emissora na nota.

TJ começa devolver PMs que fazem serviço de guarda no poder judiciário a PM

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte devolveu aos quadros da Polícia Militar 30 PMs, entre oficiais e praças, que estavam cedidos ao TJRN. A iniciativa marca a substituição gradativa dos atuais 145 policiais militares que atuam no serviço de guarda nas diversas instalações do Poder Judiciário pelo serviço de vigilância privada, que está sendo ampliado por meio de uma nova licitação. A oficialização da medida ocorreu na manhã de hoje, em ato na sede do TJRN reunindo o desembargador Aderson Silvino e  o comandante da PM, coronel Francisco Araújo Silva. Um bombeiro também foi devolvidos ao Corpo de Bombeiros Militar.

O presidente do TJRN explicou que a devolução foi uma meta estabelecida no Plano de Gestão Estratégica e que vai devolver todos os policiais militares que atuam no serviço de guarda patrimonial até o fim de sua gestão. “Estamos atendendo a um anseio da própria sociedade, que pedia o enxugamento do número de policiais cedidos ao Poder Judiciário”, ressaltou Aderson Silvino.

O comandante da Polícia Militar frisou que a iniciativa do Tribunal de Justiça irá permitir um incremento do efetivo e melhoria do policiamento ostensivo, atividade-fim da Polícia Militar. “Recebemos essa iniciativa com satisfação”, afirmou o coronel PM Araújo Silva.

Neste primeiro momento foram devolvidos oito oficiais e 22 praças. Eles estavam lotados na sede do TJRN e a serviço do Tribunal do Júri. Agora apenas três oficiais permanecerão cedidos ao TJRN, incluindo o chefe do Gabinete Militar, coronel PM Joselito Paiva, e dois ajudantes de ordem da Presidência.  A tendência é de que mais policiais sejam devolvidos após a conclusão da licitação que prevê o serviço de vigilância privada em 20 comarcas no interior onde há atuação da PM. Atualmente, cinco comarcas já contam com a presença de vigilantes. O próximo passo é dotar todas as 65 comarcas do Judiciário potiguar com este serviço.

Com a devolução dos policiais, será firmado um convênio entre o Tribunal de Justiça e a PM para atender às eventuais necessidades de envio de efetivo para situações, por exemplo, de sessões do Tribunal do Júri, que deixou de contar com uma equipe fixa para a guarda.

Mudanças
Outra medida será a conversão do atual Gabinete Militar para Gabinete de Segurança Institucional, o que dará maior eficiência no suporte e segurança para juízes que estejam em situação de risco, de acordo com o orientação do Conselho Nacional de Justiça. O CNJ, por meio da Resolução nº. 104/2010, determinou que os tribunais devem estabelecer estratégias juntos aos órgãos policiais para escolta de magistrados com alto risco quanto à segurança. O novo formato trará uma operação mais concentrada e contará com equipes de investigação, proteção e polícia judiciária, com a contribuição das Polícias Civil e Militar. Atualmente, apenas um dos 215 magistrados do TJRN conta com escolta armada no Rio Grande do Norte.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Paulo disse:

    Des. Aderson parece que estar realmente enxugando o TJ e mantendo uma equipe eminentemente técnica. A sorte dele e que sua família atende esse perfil, afinal, ele manteve 2 filhos, uma nora e uma cunhada em cargos comissionados. Pense numa família capacitada!!!

MRV pagará R$ 21 milhões em indenização para clientes dos residenciais Nimbus e Veleiros

A MRV vai desembolsar mais de R$ 21 milhões em indenização para os clientes que sofreram com mais de um ano de espera por seus apartamentos nos condomínios Nimbus e Veleiros, em Nova Parnamirim. A conta foi feita pelo Nova Jornal e publicada em matéria assinada por Louise Aguiar hoje.

Os acordos entre a construtora e os clientes foram feitos com Procom em novembro do ano ano passado. Os débitos já começaram a ser quitados.

Os beneficiados são os 706 que receberão indenização em relação aos alugueis pagos durante o período da obra e os juros de obras cobrados de maneira excedente.

O MRV em nota  disse que reconhece o direito de seus clientes de procurar o Procom, e afirmou que as obras já foram finalizadas. Ainda segundo a construtora, mais de 400 pessoas já receberam as chaves do imóvel e aquelas que não têm pendências estão sendo convocadas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Julio disse:

    A construtora Factus e conhecida pela péssima qualidade e pela falta de transparência ,existem inúmeras reclamações e vários processos contra ela na justiça,
    Uma simples consulta no Google mostra que nAo são nada confiáveis ,
    Nem uma sede essa firma tem.
    Parece que o endereço e uma casa em OSASCO????

    Muito estranho,ninguém sabe quem e o dono Dela.

  2. PRISCILA LEAL disse:

    GOSTARIA DE SABER SE ALGUÉM COMPROU UM EMPREENDIMENTO DA MRV EM FORTALEZA, O PORTAL DA LAGOA, ESTOU MOVENDO UM AÇÃO DEVIDO A MRV TER MODIFICADO AS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO ALTERANDO CONTRATO JÁ ASSINADO, COMO NÃO TINHA CONDIÇÕES DE ASSUMIR OS VALORES APRESENTADOS, ISSO DEPOIS DE 5 MESES JÁ PAGANDO A OBRA, NÃO TIVE OUTRA ESCOLHA, DESISTIR DE UM SONHO E MESMO SENDO A CONSTRUTORA A COLOCAR NESSA SITUAÇÃO ELA NÃO QUER DEVOLVER OS VALORES QUE JÁ PAGUEI. ESSA DESTRUIDORA DE SENHOS AINDA SE ACHA NO DIREITO DE EXIGIR, DIZENDO QUE FOI NOS QUE DESISTIMOS E ASSIM NÃO TEMOS QUE RECEBER NADA, MAS SE REALMENTE TEM JUSTIÇA NESSE PAÍS ELA VAI TER QUE ME DEVOLVER NÃO SÓ O QUE PAGUEI MAS SIM TODO OS TRANSTORNOS QUE PASSEI.

    • neto disse:

      Oi, Priscila. Gostaria de saber se houve resultado na ação contra o portal da lagoa em Fortaleza, pois como mesmo problema. Apto que em promessa deveria ser entregue em outubro/2013, segundo o corretor que me vendeu. Já estamos em abril/14 e as taxas de evolução da obra só aumentam e o ap não tem previsão de entrega. Se sim, por favor me diga como resolveu e se não quero me unir a você numa ação contra a construtora.

  3. Cibelle disse:

    Eu tbm sou uma prejudicada do condomínio Jangadas! Ainda vem muito processo pra essa MRV! Quem manda vender assim e não dar conta do recado???? Eu vou lutar pelos meus direitos!!!

  4. Gilberto disse:

    A MRV tinha que ser proibida de vender imóveis< pois ela transforma o sonho de muitas pessoas em pezadelo !

Justiça manda desocupar a área do kartódromo até próximo sábado

52379Correr de Kart em Natal será algo impossível em pouquíssimo tempo. O juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública, Geraldo Antônio da Mota, concedeu reintegração de posse da área onde atualmente funciona o kartódromo Geraldo Melo. A decisão, ainda em primeira instância, foi publicada no último dia 11 e dá prazo para Federação Potiguar de Automobilismo e os proprietários do Kurt-Kart para abandonar a área num prazo de cinco dias, que começaram a contar na segunda-feira passada.

Em caso de desobediência a medida dá poderes ao Estado de “adotar todas as medidas necessárias, inclusive a demolição da construção ocupada pela ré”. A decisão acata um pedido da Secretaria Extraordinária para a Copa do Mundo de 2014 (Secopa).

Em junho do ano passado, a Secopa oficializou a Federação Potiguar de Automobilismo sobre a necessidade de desocupação do terreno, envolvido na área que será ocupada pelo estádio Arena das Dunas. No terreno será construído parte das 1.300 vagas de estacionamento prevista para nova praça de esporte em área descoberta.
As partes envolvidas afirmaram que não foram notificadas ainda. 
Com informações da Tribuna do Norte. 
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo soares disse:

    tudo isso aliado ao interesse coletivo nessa copa: o ganho de dinheiro!!

  2. ozivaldocosta disse:

    O caso e juridico! Um bem publico nao pode ser destruido sem a construcao de outro identico. alerta!! secretario incompetente

Entenda o caso: As principais suspeitas contra Henrique Alves

Em seu 11º mandato consecutivo na Câmara, o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) se prepara para dar o passo mais importante de sua trajetória política, iniciada na Casa ainda em 1971. Um passo que Henrique começou a dar há dois anos, quando apoiou a candidatura de Marco Maia (PT-RS) à presidência da Câmara. Em troca, pelo acordo, os petistas apoiariam a candidatura, em 2013, de um peemedebista – no caso, o próprio Henrique, líder há sete anos da bancada. Nos últimos dias, o favorito à sucessão de Marco Maia tem sido alvo uma série de denúncias. Ainda no domingo, o jornal O Estado de S. Paulo destacou que Henrique Eduardo é  acusado pelo Ministério Público Federal de enriquecimento ilícito numa ação de improbidade administrativa. Em novembro, o líder do PMDB conseguiu adiar decisão sobre a quebra de seu sigilo fiscal e bancário, bem como de suas empresas, por meio de recurso judicial.

Dólares no exterior

O processo é movido desde 2004 pelo MPF. Na ação, o peemedebista é acusado de manter ilegalmente milhões de dólares fora do país. Os autos correm sob segredo de Justiça na 16.ª Vara Federal em Brasília.

Em 2002, o deputado chegou a ter seu nome cogitado para ser vice do candidato a presidente José Serra (PSDB). Mas acabou preterido após a denúncia feita pela ex-mulher de que ele mantinha US$ 15 milhões no exterior.

Reportagem publicada pela revista Veja esta semana sustenta que o deputado repassa, todos os meses, R$ 8,3 mil de sua cota parlamentar para uma empresa registrada em nome de uma laranja, ligada a um ex-assessor de seu partido. O dinheiro é usado no aluguel de veículos, segundo a prestação de contas apresentada pelo deputado.

Assessor beneficiado

Ainda no domingo passado, a Folha de S. Paulo revelou que Henrique Eduardo Alves destinou emendas parlamentares que abasteceram uma empresa de um assessor de seu gabinete. Aluizio Dutra de Almeida, sócio da Bonacci Engenharia e Comércio Ltda, trabalhava com o atual líder do PMDB na Câmara desde 1998. Trabalhava, pois pediu demissão do cargo na última segunda-feira (14), em meio à repercussão da notícia.

Pelo menos três prefeituras do Rio Grande do Norte contrataram a empresa do assessor do deputado nos últimos anos para executar obras bancadas pelas emendas parlamentares de Henrique Eduardo. Os prefeitos desses municípios também eram do PMDB. Aluizio é tesoureiro do partido no Rio Grande do Norte. O parlamentar é presidente do diretório estadual. A Controladoria-Geral da União (CGU) vê indícios de superfaturamento nos contratos do agora ex-assessor, estimados em R$ 6 milhões.

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), comandado por indicados pelo peemedebista, pagou R$ 1,2 milhão à empresa do assessor.

Bode

Mas Henrique diz não ver conflito de interesse no caso. “Ele não recebeu recursos públicos, quem recebeu foi a empresa da qual ele era cotista. Não vejo problema nisso, tanto que o mantive esse tempo todo (13 anos) como meu assessor. Mesmo assim, para evitar distorções e embaraços políticos, ele teve a lealdade de dizer que iria se exonerar. E eu dei a exoneração. Assunto resolvido”, afirmou o deputado na terça-feira.

Na edição de ontem (16), a mesma Folha de S. Paulo foi até o local indicado como sede da empreiteira em Natal. Encontrou uma casa simples, sem qualquer identificação de que ali funcionava uma construtora, “vigiada” por um bode branco. Segundo a reportagem, não havia funcionários nem sinal de que algo funcione no endereço oficial da empresa. Um dos sócios diz que a estrutura da sede é pequena porque a empresa terceiriza serviços.

Congresso em Foco

Congresso em Foco: Suspeitas contra Henrique Alves e Renan Calheiros constrangem o Congresso

renan_henrique_jose-cruz_abrAs recentes denúncias contra os candidatos favoritos às presidências da Câmara e do Senado têm gerado dois fatos entre uma parcela minoritária dos parlamentares. Experimentando um sentimento de constrangimento pelas suspeitas em torno dos nomes do deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), parlamentares começam a buscar alternativas viáveis para derrotá-los na disputa pela principal cadeira das duas Casas.

Até o momento, a expectativa é que Henrique Alves seja eleito presidente da Câmara e Renan retorne à principal posição do Senado, de onde saiu em 2007 após renunciar em meio a uma série de denúncias. Mesmo assim, parlamentares tentam articular uma reação para ao menos marcar uma posição contrária às candidaturas dos dois. O receio é uma piora na imagem do Congresso, já abalada pela reincidência nas denúncias de irregularidades nas duas Casas.

“Ter dois presidentes com muitas denúncias piora ainda mais a imagem do Congresso. Imagem que já não é muito boa”, avaliou o cientista político da Universidade de Brasília (UnB) David Fleischer. É dessa forma que uma parcela de deputados e senadores pensa. Apesar de concordarem que a tarefa de derrotar Henrique Alves e, especialmente, Renan é complicada, não deixam de mostrar insatisfação com a situação.

Na Câmara, a situação para o atual líder do PMDB é um pouco mais complicada. Por enquanto, ele enfrenta três candidatos. Júlio Delgado (PSB-MG), Rose de Freitas (PMDB-ES) e Ronaldo Fonseca (PR-DF) anunciaram suas candidaturas. Mesmo não contando com apoio formal de seus partidos, eles têm influências expressivas dentro da Casa, como entre as bancadas feminina e evangélica e o chamado “baixo-clero”, grupo de deputados que não integram a cúpula da Casa.

Para Fleischer, ainda é uma incógnita se as denúncias recentes contra Henrique Alves vão afetar sua eleição. Porém, ele acredita que o peemedebista tem um caminho mais tortuoso pela frente. Por dois motivos. Primeiro, pela possibilidade de novas denúncias aparecerem. Depois, pelo fato de o líder da bancada do PMDB na Câmara já ter tido problema com deputados do baixo clero. “Não sei se Henrique está cuidando do baixo clero”, afirmou o cientista político.

“A gente tem de criar uma alternativa, não dá pra aceitar como natural essas candidaturas pelo fato de o partido ser majoritário e ter acordo com o PT, o outro principal partido”, disse o líder do Psol na Câmara, Chico Alencar (RJ). Para o deputado, que já conversou com Rose e Delgado, uma nova candidatura avulsa não está descartada. “A gente não discutiu nomes. Não estamos satisfeitos com as candidaturas favoritas postas.”

Chico Alencar quer que o novo presidente da Câmara tenha compromisso com a transparência, a austeridade e o protagonismo do Parlamento. Ressalta que, em tese, ninguém é contra esses temas, mas, na prática, a situação se modifica. Por isso, ele entende que é preciso reunir um grupo de deputados para apoiar a candidatura que “melhor expresse isso”. “O ideal é que tenha um candidato de um partido com mais densidade que assuma essas bandeiras”, comentou. Uma das alternativas é o deputado Reguffe (PDT-DF), que não respondeu ainda sobre o convite e sinaliza simpatia à candidatura de Júlio Delgado.

Mesmo com as denúncias, Chico entende que a candidatura de Henrique Eduardo Alves ainda é a favorita. Adianta, porém, que os deputados descontentes com a candidatura do peemedebista vão fechar uma plataforma comum em torno dos princípios e analisar os nomes na disputa. “Uma candidatura alternativa, mesmo que não venha a vencer, é um norte para uma postura vigilante para a presidência de cada Casa”, disse.

Congresso em Foco

Foto: José Cruz