Economia

Volume de serviços avança em agosto, mostra IBGE

Foto: Divulgação

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o volume de serviços subiu 0,5% em agosto frente a julho, na série com ajuste sazonal, acumulando ganho de 6,5% nos últimos cinco meses. Assim, o setor de serviços se encontra 4,6% acima de fevereiro de 2020 (pré-pandemia) e alcança o patamar mais elevado desde novembro de 2015.

Na série sem ajuste sazonal, frente a agosto de 2020, o volume de serviços teve a sexta taxa positiva consecutiva: 16,7% em agosto de 2021.

No acumulado do ano até agosto, o volume de serviços avançou 11,5% frente a igual período de 2020. Já o acumulado nos últimos 12 meses (5,1%) manteve a trajetória ascendente iniciada em fevereiro de 2021 (-8,6%) e alcançou a taxa mais alta da série histórica, iniciada em dezembro de 2012.

O avanço de 0,5% do volume de serviços, observado na passagem de julho para agosto de 2021, foi acompanhado por quatro das cinco atividades investigadas, com destaque para informação e comunicação (1,2%), transportes (1,1%) e serviços prestados às famílias (4,1%). A expansão dos dois primeiros ocorreu após ambos terem registrado ligeiras variações negativas em julho. Já a última atividade acumulou um crescimento de 50,5% no período abril-agosto. Com menor impacto no índice global, os outros serviços (1,5%) eliminaram o pequeno decréscimo do mês anterior (-0,2%).

O único resultado negativo foi o de serviços profissionais, administrativos e complementares (-0,4%), devolvendo parte do ganho de 4,1% alcançado entre maio e julho últimos.

A média móvel trimestral chegou a 1,1% no trimestre encerrado em agosto, frente ao nível do mês anterior, mantendo a trajetória ascendente desde julho de 2020. Todas as cinco atividades mostraram resultados positivos neste mês: serviços prestados às famílias (4,9%), outros serviços (1,2%), informação e comunicação (1,1%), transportes (0,8%) e profissionais, administrativos e complementares (0,6%).

Frente a agosto de 2020, o volume do setor de serviços avançou 16,7% em agosto de 2021, sua sexta taxa positiva seguida. Houve altas em todas as cinco atividades e em 80,7% dos 166 tipos de serviços investigados.

Entre os setores, o de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (19,6%) exerceu a principal contribuição positiva, impulsionado, em grande medida, pelo aumento de receita das empresas pertencentes aos ramos de transporte rodoviário de cargas; transporte aéreo de passageiros; gestão de portos e terminais; rodoviário coletivo de passageiros; navegação de apoio marítimo e portuário; e atividades de agenciamento marítimo.

Com o segundo maior impacto, vieram os serviços de informação e comunicação (13,6%), com destaque para portais, provedores de conteúdo e ferramentas de busca na Internet; desenvolvimento e licenciamento de softwares; outras atividades de telecomunicações; atividades de TV aberta; tratamentos de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na Internet; e consultoria em tecnologia da informação.

Em seguida, veio o setor de serviços profissionais, administrativos e complementares (12,7%), com destaque para organização, promoção e gestão de feiras, congressos e convenções; limpeza geral; serviços de engenharia; atividades jurídicas; locação de mão de obra temporária; e soluções de pagamentos eletrônicos.

Os demais avanços ficaram com os serviços prestados às famílias (42,2%) – com ênfase em hotéis; restaurantes; e serviços de bufê – e outros serviços (11,7%) – com aumento de receita em administração de fundos por contrato ou comissão; corretoras de títulos e valores mobiliários; consultoria em investimentos financeiros; e recuperação de materiais plásticos.

No acumulado do ano, frente a igual período de 2020, o volume de serviços cresceu 11,5%, com taxas positivas em todas as cinco atividades e crescimento em mais da metade (69,9%) dos 166 tipos de serviços investigados.

Entre os setores, as contribuições positivas mais importantes foram de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (16,2%) – impulsionados, em grande parte, pelo aumento das receitas das empresas que atuam nos segmentos de transporte rodoviário de cargas; gestão de portos e terminais; transporte aéreo de passageiros; navegação de apoio marítimo e portuário; operação de aeroportos; e atividades de agenciamento marítimo, no primeiro setor; – e informação e comunicação (9,4%), com destaque para portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na Internet; desenvolvimento e licenciamento de softwares; outras atividades de telecomunicações; e atividades de televisão aberta.

Os demais avanços vieram de serviços profissionais, administrativos e complementares (7,5%) – explicados pelo aumento na receita dos serviços de engenharia; atividades jurídicas; atividades técnicas relacionadas à arquitetura e à engenharia; locação de automóveis; locação de mão de obra temporária; e atividades de cobranças e informações cadastrais – além do setor de serviços prestados às famílias (14,4%) – com ênfase em hotéis; restaurantes; serviços de bufê e atividades funerárias e, por fim, no setor de outros serviços (10,0%), com destaque para administração de fundos por contrato ou comissão; corretoras de títulos e valores mobiliários; recuperação de materiais plásticos; administração de bolsas e mercados de balcão organizados; atividades de apoio à produção florestal; e consultoria em investimentos financeiros.

Serviços cresceram em 16 das 27 unidades da federação em agosto

Houve altas no volume de serviços em 16 das 27 unidades da federação em agosto, na série com ajuste sazonal. O impacto positivo mais importante veio de São Paulo (0,5%), seguido por Rio Grande do Sul (4,2%), Paraná (1,0%) e Bahia (1,7%). Por outro lado, as principais retrações foram no Mato Grosso (-3,6%), Distrito Federal (-2,0%) e Rio de Janeiro (-0,4%).

Frente a agosto de 2020, o avanço do volume de serviços no Brasil (16,7%) foi acompanhado por todas as 27 unidades da federação. A principal contribuição positiva ficou com São Paulo (17,7%), seguido por Minas Gerais (19,7%), Rio Grande do Sul (26,8%), Rio de Janeiro (8,2%), Paraná (16,1%) e Bahia (26,8%).

Já no acumulado de 2021, frente a igual período de 2020, o crescimento do volume de serviços no Brasil (11,5%) se deu em todas as 27 unidades da federação. O principal impacto positivo veio de São Paulo (11,8%), seguido por Minas Gerais (16,7%), Rio de Janeiro (7,7%), Santa Catarina (17,2%) e Rio Grande do Sul (11,5%).

Investimentos e Notícias

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Serviços no país avançam 1,1% em julho e atingem patamar mais elevado em 5 anos

Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

O volume de serviços avançou 1,1% na passagem de junho para julho, para o patamar mais elevado desde março de 2016, segundo Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta terça-feira (14) pelo IBGE.

O resultado foi beneficiado, sobretudo, pela retomada dos serviços prestados às famílias, que sofreram mais com as medidas de distanciamento durante a pandemia. Fazem parte desse grupo serviços de alojamento e alimentação.

Trata-se do quarto aumento consecutivo do volume geral de serviços, o que faz com que o setor acumulasse ganho de 5,8% em quatro meses. Com isso, o setor fica 3,9% acima do nível pré-pandemia, em fevereiro de 2020.

O Instituto ressalta que, mesmo com o avanço, o setor ainda está 7,7% abaixo do recorde, alcançado em novembro de 2014.

Na comparação com julho do ano anterior, os serviços registraram alta de 17,8% em julho, já descontado o efeito da inflação. Por essa comparação, o setor teve quinta taxa positiva consecutiva. No ano, a taxa acumula alta de 10,7%. Em 12 meses, o setor passou de alta acumulada de 0,4% em junho para 2,9% em julho.

Duas das cinco atividades pesquisadas pelo IBGE tiveram peso relevante na alta do setor. Um deles, como mencionado acima, são serviços prestados às famílias (3,8%), que acumulam ganho de 38,4% entre abril e julho.

O outro grupo que mostrou recuperação é formado de serviços profissionais, administrativos e complementares, que avançou 0,6%, com crescimento de 4,3% nos últimos três meses. Esse último grupo, formado de consultorias, serviços de advocacia, entre outros, superou o patamar pré-pandemia pela primeira vez em julho, destaca o IBGE, ficando 0,5% acima de fevereiro de 2020.

Essas suas categorias de atividade foram duramente atingidas pela pandemia, já que dependem mais da circulação de pessoas nas ruas, e, agora, são beneficiadas do avanço da vacinação contra a Covid-19, diz o instituto.

Nos serviços prestados às famílias, a pesquisa destaca os segmentos de hotéis, restaurantes, serviços de buffet e parques temáticos, que costumam crescer em julho devido às férias escolares.

Nos serviços profissionais, administrativos e complementares, o IBGE destaca as atividades jurídicas, serviços de engenharia e soluções de pagamentos eletrônicos.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Interrupção geral de serviços de internet afeta usuários brasileiros

Foto: © Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Diversos sites e serviços brasileiros passaram por um período de instabilidade iniciado por volta de 11h da manhã de hoje (22), informa a plataforma internacional de monitoramento de servidores Downdetector.

Segundo o serviço, o Akamai – a maior rede de entrega de conteúdo (content delivery network, CDN na sigla em inglês) do mundo passa por dificuldades técnicas. A Akamai é responsável por cerca de 30% dos servidores de distribuição de conteúdo digital da rede mundial.

Uma CDN usa redes de servidores especializados que estão distribuídos geograficamente para acelerar a velocidade com que o usuário recebe as requisições feitas no navegador. Na prática, páginas que são hospedadas no Japão ou na Europa, por exemplo, são copiadas em um servidor fisicamente mais próximo do usuário para que o tempo de download da informação seja reduzido.

Serviços bancários, como a Caixa e o Banco Safra, a corretora de valores Clear e a financeira Sicredi, ficaram inacessíveis. Servidores e lojas de jogos online, como a Playstation Network, da Sony, e a Steam, da Valve, também foram afetados. As lojas virtuais Amazon e Submarino também sofreram com a interrupção, mas já estão restabelecidas. O MercadoLivre também passa por instabilidade em seus serviços, assim como o PagSeguro, do grupo UOL.

No início do mês, uma falha parecida ocorreu em outra CDN de grande porte, a Fastly Inc., e também afetou serviços financeiros, comércio e servidores de jogos.

A Akamai informa, na página de monitoramento de seus serviços, que está investigando as causas da interrupção generalizada.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

    1. Precisa não ZÉ tomaz, já fizeram isso nas últimas eleições. Esqueceu? Ah, claro, memória seletiva… todo mundo já esqueceu.

    2. Acorda Brasil: Se invadiram o TSE na última eleição então foi por isso que o MINTO das rachadinhas foi eleito? KKK.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas do RN informa que suspenderá a partir de julho os serviços prestados ao Município de Natal

A Cooperativa dos Médicos Anestesiologistas do RN(COOPANEST – RN), emitiu comunicado nesta terça-feira(28) informando que suspenderá, a partir do dia 1º de julho do corrente ano, os serviços prestados ao Município de Natal, atinente ao Contrato de Prestação de Serviços Médicos firmado para a execução de plantões nos hospitais da rede municipal de saúde, bem como para as cirurgias eletivas da rede complementar. A suspensão decorre do excessivo atraso no pagamento dos honorários médicos.

“É importante frisar que a COOPANEST – RN, representada por sua diretoria, ciente da importância social da atuação dos Médicos Anestesiologistas nesses postos de trabalho, empreendeu todos os esforços ao longo de meses para o recebimento dos valores, sem que houvesse a necessidade de paralisação dos serviços. Todavia, não obtivemos êxito e permanecemos até a presente data sem perspectiva de recebimento. Já comunicamos aos Órgãos competentes acerca da suspensão dos serviços, ao passo que nos mantemos abertos ao diálogo com os nossos Contratantes, a fim de solucionar todo o imbróglio rapidamente”, diz o comunicado.

O comunicado foi assinado por Abinoam Praxedes Marques Junior, Presidente da Coopanest/RN.

Opinião dos leitores

  1. Mais respeito com os trabalhadores da área da Anestesia, Sr Guto. Não os meça por sua estirpe.

  2. É referente ao SUS da gestão municipal, que não paga desde setembro do ano passado. Não é cartel. A equipe não tem reajuste desde 2014. O problema é ausência de remuneração. São pais e mães, tem solteiros também, com filhos para criar, compromissos financeiros para honrar. Desde 13/05/1888, a Lei Áurea proibe o trabalho escravo. O senhor que ameaça processar, o faça com seu nome completo e CPF, que assim também estará sujeito a reações jurídicas na mesma proporção. Faço esse desafio.

  3. Pois eu quero ver se eu ou algum dependente precisar de uma cirurgia e não tiver anestesista! Boto essa bosta no cacete ligeiro, não pago caro pra na hora que precisar acontecer uma merda!! Eles que resolvam esse pagamento ligeiro, dinheiro não falta.

  4. quando uma categoria se une para reinvidicar 4 meses de pagamentos atrasados é cartel é? Você ficaria 4 meses trabalahndo sem receber?

    1. Somente uma informação; O último pagamento foi referente a setembro do ano passado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTOS: Prefeitura de Parnamirim retoma serviços de saneamento básico

FOTOS: ASCOM – Eliana Félix

A Prefeitura de Parnamirim deu andamento aos serviços de saneamento em alguns bairros de Parnamirim. Atualmente, estão no Parque de Exposições e já contam com 400 km de rede coletora instalada em vários pontos da cidade.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) pelo menos seis bairros já estão com os serviços de tubulação praticamente concluídos. São eles: Boa Esperança, com 94% de conclusão; Cohabinal, com 99%; Jardim Planalto, com 99%; NP. Resid. Pitimbu, com 93%; NP. Resid Jardim do Sul, com 92% e Vale do Sol, com 99%.

Os demais bairros do município também estão com os trabalhos bem adiantados. A maioria deles já conta com mais de 70% de tubulação instalada. De acordo com o prefeito Rosano Taveira, além dos benefícios para saúde e qualidade de vida, o saneamento já gerou emprego para cerca de 600 cidadãos, entre eles 80% são moradores de Parnamirim.

Estação de Tratamento

Paralelamente aos serviços de instalação da rede coletora, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que está sendo construída no bairro de Passagem de Areia está aguardando a chegada dos equipamentos para ser retomada.

Apesar disso, segundo dados de relatório divulgado pela Semop, mais de 90% dos trabalhos já foram concluídos. Atualmente a obra se encontra na etapa de finalização física de sua estrutura. Após essa etapa, os passos seguintes serão a instalação e montagem de equipamentos.

O projeto da ETE Passagem de Areia prevê a construção de quatro tanques de aeração, mas inicialmente estão serão construídos dois. De acordo com a empresa responsável pela obra, a ETE contará ainda com dois decantadores e um sistema de declividade, que permite o funcionamento por gravidade.

Outro sistema a ser implantado e que chama atenção é o de lâmpadas UV que possibilitam a desinfecção do esgoto antes dele ser devolvido aos mananciais. Com isso, o esgoto sairá com uma eficiência de 98% de pureza.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

UTILIDADE PÚBLICA: Confira quais serviços estão funcionando nas Centrais do Cidadão

FOTO: ASCOM/SEAD

As Centrais do Cidadão do Rio Grande do Norte estão funcionando, atualmente, para serviços do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), responsável pela emissão de Carteiras de Identidade/Registro Geral (RG) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Os atendimentos devem ser realizados mediante agendamento prévio.

A ação faz parte da retomada segura e gradual dos serviços das Centrais do Cidadão, coordenada pela Secretaria de Estado da Administração (Sead), por meio da Coordenadoria de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci). A reabertura das unidades segue ainda os regramentos dispostos na Portaria Conjunta nº 02 – SEAD/SESAP/ITEP, de 20 de abril de 2021, e Portaria Conjunta nº 03 – SEAD/SESAP/DETRAN, de  28 de maio de 2021, que estabelecem importantes protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19.

Confira os endereços e respectivos horários de expediente CLICANDO (AQUI).

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Sites de veículos de imprensa, governo e de serviços ficaram fora do ar pelo mundo na manhã desta terça-feira

Foto: Reprodução

Sites de veículos de imprensa, de governo, e de outros serviços de web ficaram fora do ar na manhã desta terça-feira (8) em diversos lugares do mundo. No Reino Unido, o portal governamental (- Gov.uk -) chegou a ser afetado. A queda teve relação com uma interrupção no Fastly (FSLY), um provedor de serviços americanos em nuvem. A empresa confirmou ter tido problemas e providenciou as correções.

Após o início da correção do problema pela Fastly, os sites retornaram.

“O problema foi identificado e uma correção foi aplicada”, afirmou a Fastly em sua página. “Os clientes podem experimentar um aumento na carga conforme os serviços globais retornam”.

As páginas da CNN, do Financial Times, do New York Times e da Bloomberg chegaram a ficar fora do ar. Esses portais utilizam serviços do Fastly como provedor. O Fastly também fornece entrega de conteúdo para Twitch, Pinterest, HBO Max, Hulu, Reddit, Spotify e outros serviços.

O site do jornal britânico The Guardian também chegou a ser afetado pelo problema. O site de varejo da Amazon.com foi outro que enfrentou a paralisação.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Espaço Empresarial: FIERN reúne vasto leque de serviços para a indústria

Foto: Divulgação

O Espaço Empresarial do Sistema FIERN reúne uma série de serviços de assessoramento, orientação e de apoio que podem facilitar as atividades das empresas industriais ao reunir, no mesmo local físico e ambiente digital, atividades como assessorias técnicas, certificação digital (Certising), Centro Internacional de Negócio (CIN), Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC) e ações para o fortalecimento do associativismo das entidades representativas das indústrias.

Com isso, os empresários do setor industrial encontram, no Espaço Empresarial — que funciona presencialmente na Casa da Indústria (sede da FIERN) e tem seu site eletrônico no portal da Federação das Indústrias (fiern.org.br/espaco-empresarial), equipes técnicas nas áreas jurídicas, ambientais, de certificação, comércio exterior e financiamento.

Entre os serviços disponíveis estão orientações jurídicas online voltadas ao Direito do Trabalho — relações do empregador com o empregado e as entidades sindicais; de Direito Empresarial — legalização de empresas, pesquisa de nome, verificação de documento a ser registrado, acompanhamento do registro empresarial; Direito Administrativo e Direito Previdenciário.

Os empresários também podem ter acesso à Assessorias Técnicas, uma das quais na área ambiental, com relação aos acompanhamentos de processos das indústrias em instituições como IBAMA, IDEMA, SEMURB, SEMSUR, IGARN, Corpo de Bombeiros e junto ao CONEMA. Esse trabalho que envolve o meio ambiente inclui a Coordenação do Projeto da Unidade de Triagem de Resíduos do município de Arez.

Outra Assessoria diz respeito à prestação de consultoria relacionados com o PROEDI (Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte), conforme demanda dos sindicatos filiados à Federação das Indústrias. Além disso, está integrada ao Espaço Empresarial, a Coordenação da Câmara de Arbitragem.

Certificação digital entre os serviços

Há também o serviço de Certificação Digital (Certisign), disponível nas terças e quintas-feiras, presencialmente das 8 às 17 horas, uma iniciativa em parceria com a FECOMÉRCIO. O Certisign viabiliza que serviços possam ser realizados on-line proporcionando às empresas agilidade, redução de custos e sustentabilidade e, por consequência, às pessoas mais tempo e dinheiro para que possam fazer o que realmente importa

O Espaço Empresarial da FIERN disponibiliza assessoramento e presta consultoria às empresas industriais na área tributária e, especificamente, com relação a projetos para o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte, conforme demanda dos associados à Federação.

Também está no mesmo ambiente o Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), com orientações ao empresário sobre linhas de financiamento e divulgação de oportunidades de crédito. O NAC mantém parcerias e convênios com instituições financeiras (BNDES, CEF, Banco do Nordeste) para realização de cursos, palestras e seminários e faz o atendimento aos interessados para orientar onde encontrar o tipo de opção de crédito mais adequado às suas necessidades.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Centrais do Cidadão reabrem a partir de segunda-feira exclusivamente para atendimento de serviços do Itep

Foto: Assecom

As Centrais do Cidadão reabrirão, a partir da próxima segunda-feira (26), exclusivamente, para disponibilizar o serviço de emissão de Carteiras de Identidade/Registro Geral (RG). A decisão foi acordada após uma série de reuniões realizadas pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Tal decisão é justificada mediante a demanda reprimida por esse serviço, notadamente na Região Metropolitana de Natal, bem como em função do pagamento do Auxílio Emergencial pelo Governo Federal, que exige do cidadão documento oficial de identificação com foto. A ação faz parte da retomada segura e gradual dos serviços das Centrais do Cidadão, coordenada pela Secretaria Sead, por meio da Coordenadoria de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci).

A reabertura das unidades seguirá o regramento disposto na Portaria Conjunta nº 02 – SEAD/SESAP/ITEP, de 20 de abril de 2021, que estabelece a ampliação do tempo entre os agendamentos, o qual passa de 10 minutos para 15 minutos; a proibição de entrada nas Centrais do Cidadão e de atendimento de pessoas sem agendamento prévio; e o cumprimento dos protocolos de segurança sanitária, como o distanciamento social e o uso obrigatório e correto de máscara, por exemplo. As normas têm como objetivo evitar aglomerações e evitar possibilidades de contágio do novo coronavírus (Covid-19).

Sobre o horário de funcionamento das Centrais do Cidadão, ficou estabelecido que as unidades do Shopping Via Direta (Zona Sul) e do Shopping Estação (Zona Norte) funcionarão das 9h às 18h; a unidade de Parnamirim funcionará das 8h às 18h; e os demais postos de atendimento funcionarão, inicialmente, das 7h às 13h.

Os usuários deverão agendar os atendimentos na plataforma virtual das Centrais do Cidadão, disponível no endereço http://www.centraldocidadao.rn.gov.br. Neste site, seleciona a opção de Registro Geral (RG). As vagas são liberadas sempre no dia útil anterior ao dia de atendimento.

Opinião dos leitores

    1. É esse inútil mesmo. O Gibira agora tem vários pseudônimos. Era só ver o nome dele que já se sabia que dali só saía fezes e ninguém lia mais. Agora ele se diversificou. Os nomes são diferentes, mas as besteiras são as mesmas. Observe.

    1. Essa governadora incompetente e sem atitude está destruindo o que resta do RN. E os professores da rede pública não querem mais trabalhar. Para não ficar ainda mais feio para o governo do estado, ela proíbe também o retorno do ensino privado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

IBGE: Setor de serviços avança 3,7% em fevereiro e elimina perdas da pandemia; e-commerce contribui

Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

O setor de serviços cresceu 3,7%, na comparação com dezembro, e superou o nível em que se encontrava antes da pandemia de Covid-19, segundo dados divulgados hoje pelo IBGE.

Com o resultado, o setor acumula crescimento de 24%, se recuperando da contração de 18,6% quando despencou entre os meses de março e abril do ano passado.

O resultado de fevereiro veio acima da expectativa de analistas ouvidos pela Reuters, que previam crescimento de 1,5%.

O setor de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (4,4%) foi o que puxou a alta, com o avanço dos serviços de logística e transporte rodoviário de cargas.

O gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, explica que o segmento cresceu de forma significativa desde junho de 2020 e neste mês de fevereiro atingiu seu ponto mais alto da série, iniciada em janeiro de 2011.

— Esse movimento de junho de 2020 até fevereiro de 2021 está bastante relacionado com o aumento do e-commerce, em função das necessidades de isolamento social e adaptação que as empresas tiveram que fazer para realizar entregas de forma mais rápida. Isso fez com que a receita dessas empresas de logística e transporte de carga observassem aumentos de forma contínua até fevereiro — diz o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo.

O Globo

 

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comissão da Câmara Municipal de Natal vai fiscalizar hospitais e serviços de saúde da capital

A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Câmara Municipal de Natal realizou, nesta segunda-feira (12), uma reunião na qual os parlamentares fizeram a leitura do relatório da primeira fiscalização sobre o funcionamento dos transportes públicos durante a pandemia, estabeleceram visitas fiscalizatórias nas unidades de saúde da cidade e designaram projetos de lei para relatoria.

O presidente da Comissão, vereador Preto Aquino (PSD), informou que no próximo sábado (17) será feita uma fiscalização nos hospitais com o objetivo de avaliar os serviços de combate ao novo coronavírus oferecidos pelo Governo do Estado do RN. “Fiscalizar as ações do Poder Público é uma das prerrogativas deste colegiado e cumpriremos a nossa missão”, pontuou.

Seguindo o mesmo tema, a vereadora Camila Araújo (PSD) levantou questionamentos sobre a desativação de 40 leitos para a Covid-19 que estavam instalados na Liga Norte-Riograndense Contra o Câncer – Hospital Luiz Antônio, no bairro das Quintas. De acordo com a parlamentar, “faz-se necessário esclarecer a situação junto à Secretaria de Saúde do Estado”.

Já o vereador Luciano Nascimento (PTB), falou sobre o relatório da fiscalização nos transportes públicos. “O documento atesta que os ônibus continuam lotados e com deficiência do processo de higienização nos veículos, o que deixa trabalhadores e usuários à mercê da proliferação do novo coronavírus. Com base nestas conclusões, vamos apresentar um ofício aos órgãos reguladores e cobrar o cumprimento dos protocolos de segurança aprovados nesta Casa”.

Entre as matérias designadas para relatoria, destaque para a de autoria do vereador Felipe Alves (PDT) que cria praia inclusiva para pessoas com deficiência. “Trata-se de um projeto com ações inclusivas em atividades de lazer e turismo importantes para a promoção da cidadania em nosso município”, avaliou o vereador Herberth Sena (PL), que fará a relatoria do texto.

Opinião dos leitores

  1. Deputados agindo tardiamente e sem foco. O mais correto seria exigir de imediato (já era pra ter sido feito desde o início) demonstrativos detalhados de recebimento de verbas federais e de gastos com a pandemia. Visitinhas a hospitais não resolvem nada. Está faltando seriedade na AL.

  2. Agora depois de mais de um ano?
    Onde estava essa comissão?
    O que me preocupa não é o grito dos maus, o que me preocupa é o silêncio dos bons.

    1. “Fiscalizar as ações do Poder Público é uma das prerrogativas deste colegiado e cumpriremos a nossa missão”.
      Oxente! Lembraram agora da missão? Já sei. Estavam focados na “comissão”……💰

    2. e quem é o bom? tu? o presidente? o Queiroz da rachadinha? O bispo Valdomiro Santiago? Quem?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sistema Fecomércio inicia doação de 5.000 cestas básicas para trabalhadores do comércio, serviços e turismo

Programa Mesa Brasil do Sesc montará pontos de distribuição nos bairros do Alecrim e Cidade Alta, em ação que visa socorrer pessoas que perderam ocupação e renda selecionadas em parceria com entidades representativas dos trabalhadores. Foto: Divulgação

Sensível ao atual momento e os impactos da pandemia na vida das pessoas, em particular dos colaboradores do setor que representam, o Sistema Fecomércio RN, por meio do Programa Mesa Brasil Sesc, iniciará nesta terça-feira, 6, às 11h, a doação de 5.000 cestas básicas para trabalhadores do Comércio, Serviços e Turismo que se encontram sem fonte de renda.

O projeto batizado de “Mesa Farta” terá pontos de distribuição na sede da Fecomércio RN, no Alecrim, na terça-feira, 6. Entre os dias 7 e 9, o local será na unidade do Sesc Cidade Alta. O público-alvo são garçons, cozinheiros, auxiliares de cozinha, pizzaiolos, atendentes, copeiros, entre outros dos segmentos atingidos. As pessoas beneficiadas estão sendo encaminhadas pelo Sindicato dos Guias e Orientadores (Singtur/RN), Sindicato dos Empregados no Comércio de Restaurantes e Bares de Natal (Sindibarnat/RN) e Sindmoto/RN. A meta do projeto é conseguir entregar mais de 1.100 cestas por dia, das 8h30 às 16h30, entre os dias 6 e 9 de abril de 2021.

O presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz explica que a instituição não poderia deixar de prestar assistência a esses trabalhadores, tendo em vista os inúmeros impactos negativos da pandemia sobre eles, em particular a perda de ocupação e renda. “É angustiante assistir aos reflexos negativos dessa doença que, além de ceifar vidas, tem deixado as pessoas sem renda e sem condição de levar o alimento para casa. Esta ação tem como foco tentar minimizar isso”, diz ele.

Serviço

O que? Mesa Farta

Como

Doação de 5.000 cesta básica para trabalhadores do comércio, serviços e turismo

Quando

6 a 9 de abril de 2021

Onde

• Terça-feira (6), na Fecomércio RN: Av. Alm. Alexandrino de Alencar, 562 – Alecrim, Natal.

• De 7 a 9 de abril, no Sesc Cidade Alta: Rua Coronel Bezerra, nº 33 Cidade Alta – Natal/RN.

Mais informações: (84) 3133 0360

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Covid-19: megaferiado em São Paulo começa com suspensão de serviços

Foto: © Rovena Rosa/Agência Brasil

Tem início hoje (26) a antecipação de cinco feriados municipais na capital paulista para conter o agravamento da pandemia de covid-19. Na Região do Grande ABC, a paralisação das atividades começa segunda-feira (29). A maior parte dos serviços já se encontra afetada por causa da Fase Emergencial do Plano São Paulo, que terá novas modificações por causa do megaferiado.

Os recessos remarcados se estendem ao longo da próxima semana na capital paulista, nos dias 29, 30, 31 de março e 1° de abril, juntando-se à Sexta-feira Santa, em 2 de abril, que é feriado nacional.

A recomendação da prefeitura é que a população fique em casa, em isolamento social. “A ação tem o objetivo de diminuir a contaminação pelo novo coronavírus e assim evitar colapsos nas redes de saúde e funerárias da capital”, justifica em nota o governo municipal.

Os serviços de saúde não serão interrompidos nos dias dos feriados antecipados. No dia 2 de abril, feriado nacional de Sexta-feira da Paixão, alguns serviços vão fechar, permanecendo apenas os essenciais e os de plantão, conforme informação no site da prefeitura.

Durante o feriado, seguirá em funcionamento o novo horário de rodízio na cidade, com alteração para o período noturno, das 20h às 5h. Antes, o rodízio ocorria entre as 7h e as 10h e entre as 17h e as 20h.

Na capital, feiras livres funcionarão normalmente, enquanto mercados e sacolões estarão em revezamento.

As ciclofaixas de lazer não serão abertas nos dias de feriados antecipados, mas funcionam aos domingos e na Sexta-Feira Santa, com distribuição de máscaras e álcool gel. As atividades nos espaços culturais continuam suspensas, com exceção de eventos virtuais como a programação do mês do Hip Hop e da Mulher. Clubes esportivos também permanecem fechados.

Todos os serviços podem ser conferidos no site da prefeitura.

Nos bancos, o atendimento presencial será feito apenas em caráter excepcional, com triagem. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a orientação segue normativas do setor e visa a atender especialmente “casos de recebimento de benefícios sociais, pagamento de salários, aposentadorias e pensões àqueles que não têm acesso a canais digitais ou remotos”. Os demais serviços estarão disponíveis por meio dos canais digitais. As datas de vencimento de contas, boletos e tributos estão mantidas.

Litoral e Grande ABC

Os nove municípios da Baixada Santista – Santos, São Vicente, Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Bertioga, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe – estão em lockdown até 4 de abril. A decisão foi tomada após a capital optar pelos feriados. Foram feitos bloqueios nas praias e reforço da fiscalização para impedir o acesso à areia e aos calçadões.

O governo do estado também atendeu ao pedido dos prefeitos e suspendeu a chamada Operação Descida, medida que aumenta o número de faixas de trânsito nas estradas que levam ao litoral.

Os municípios do Grande ABC Paulista, que também optaram por antecipar feriados, mesmo para setores considerados essenciais, deverão encerrar às 17h, com exceção dos serviços de saúde, como hospitais públicos e privados, urgência e emergência, farmácias, laboratórios e hospitais veterinários.

Em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não haverá dia útil de 27 de março a 4 de abril. Apenas funcionários de serviços essenciais poderão circular no transporte público. A comercialização de bebida alcoólica estará proibida a partir de segunda-feira (29).

Agência Brasil

 

Opinião dos leitores

  1. Não adianta ter mega feriadão e manter os “serviços essenciais” abertos, tem de parar tudo até o transporte público, manter somente hospitais e farmácias abertas , para transportar esses funcionários fazia um planejamento com essas empresas, ai sim a população ficaria em casa

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Setor de serviços avança 0,6% em janeiro, após estabilidade no fim do ano no país

Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

Considerado o motor da economia, o setor de serviços começa este ano com alta de 0,6% em janeiro, na comparação com dezembro, segundo dados divulgados hoje pelo IBGE. O resultado mostra uma leve recuperação após a estabilidade registrada em dezembro.

Em 12 meses, porém, o setor acumula queda de 8,3%, a mais intensa perda neste período de comparação desde que a série histórica do IBGE foi iniciada, em dezembro de 2012. É o único setor econômico que não recuperou as perdas da pandemia.

O resultado de janeiro veio acima da expectativa de analistas ouvidos pela Reuters, que previam crescimento de 0,2%.

O setor de transportes (3,1%) foi o que puxou a alta, com o avanço nas viagens de ônibus e avião em janeiro, mês de férias e quando as medidas de isolamento social estavam menos rígidas do que agora.

O IBGE ressalta, no entanto, que embora o turismo tenha registrado expansão no primeiro mês do ano, ainda precisa crescer 42,1% para retornar ao nível pré-pandemia.

O gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, acrescenta que, além dos viajantes, este aumento pode ter vindo do deslocamento de pessoas que voltaram a trabalhar ou estão procurando emprego. A crise do mercado de trabalho, que já estava crítica, com 13,4 milhões de desempregados em dezembro, foi agravada com o fim do auxílio emergencial em janeiro, levando mais pessoas a buscarem uma vaga.

Lobo destaca ainda que o resultado também foi influenciado pelo transporte de cargas, essencial para o setor do comércio e da indústria.

Avanço em apenas dois segmentos

Dos cinco segmentos pesquisados, apenas transportes e serviços profissionais, administrativos e complementares tiveram avanço. Este último cresceu 3,4%. Segundo Lobo, os serviços mais demandados foram os técnico-profissionais, como de engenharia, especialmnete voltados para a exploração de petróleo.

As áreas de serviços e de comércio foram as mais devastadas pela pandemia e apresentam maior lentidão na recuperação. Em 2020, serviços — que responde por 70% do PIB — fechou o ano com um tombo recorde de 7,8% na comparação com 2019.

Em março e abril, o setor de serviços teve o seu pior momento, com o fechamento dos estabelecimentos, mas começou a reagir gradualmente à medida em que a flexibilização ampliava. No fim do ano, porém, encolheu diante do recrudescimento da pandemia, proximidade do fim do auxílio emergencial — o beneficio deixou de ser pago a partir de janeiro — e fragilidade do mercado de trabalho.

Perda de 1 milhão de empregos

A expectativa é que o ritmo lento de avanço seja mantido no primeiro trimestre, especialmente após os decretos de restrição de funcionamento entre fevereiro e março e com a lentidão da campanha de vacinação, já que o setor depende muito de contato entre as pessoas.

Dentre as categorias mais afetadas do setor, estão a de serviços prestados às famílias, que inclui restaurantes e hotelaria. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), mais de 300 mil estabelecimentos fecharam as portas, levando à perda de um milhão de empregos na pandemia.

Em janeiro, o segmento de serviços prestados às famílias apresentou queda de 1,5%. A maior retração entre os cinco segmentos acompanhados pela pesquisa foi em outros serviços (-9,2%), que inclui corretoras e outras instituições financeira.

Na semana passada, o IBGE divulgou o índice da produção industrial brasileira, que perdeu fôlego e avançou 0,4% em janeiro, na comparação com dezembro. Na próxima sexta-feira, dia 12, será a vez de conhecer o desempenho do varejo, na Pesquisa Mensal do Comércio.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante seleciona estagiários para serviços de assistência social do município

Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Semtasc), está com inscrições abertas para contratação de estagiários nos serviços e programas do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) do município. As vagas são para os estudantes dos cursos de Psicologia, Serviço Social, Pedagogia e Ciências Sociais, que estejam cursando do 2º ao 4º período.

Para concorrer, os estudantes devem comparecer ao setor de recursos humanos da Semtasc, no período de 17 a 23 de fevereiro, das 8h às 16h, munidos dos seguintes documentos impressos: currículo assinado; cópias do RG e CPF e Declaração de aluno regular, emitida pela instituição de ensino, informando o nome do curso e período no qual está matriculado.

O resultado final da seleção será divulgado em até cinco dias após o final do período de inscrições.

Endereço da Semtasc: Avenida Alexandre Cavalcante – 726 – Centro – São Gonçalo do Amarante / RN.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Avenidas Lima e Silva e Romualdo Galvão recebem serviços de tapa buracos nesta segunda-feira

Foto: Arquivo Semov

Nesta segunda-feira (14), duas das principais vias da cidade, as avenidas Lima e Silva, em Dix Sept Rosado, e Romualdo Galvão, em Lagoa Nova, recebem os serviços da Operação tapa buracos, da Prefeitura do Natal, por intermédio da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov). O destaque é a manutenção de vias pavimentadas com paralelepípedos.

De acordo com o secretário Carlson Gomes, titular da Semov, as equipes do setor de Conservação estão com o serviço nas duas vias. “Hoje colocaremos nossas equipes no setor. Nesse importante corredor de nossa cidade”, ressaltou o secretário de Obras.

Ainda hoje, as equipes estão com manutenção de galerias. “Iremos as da rua Norton Chaves, em Nova Descoberta”, explicou Carlson Gomes.

Romualdo Galvão

Os serviços desta segunda-feira serão finalizados com a manutenção da rede de drenagem. “As equipes irão às ruas Agostinho Leitão, no Alecrim, Romualdo Galvão, em Lagoa Nova, e Mário Negócio, nas Quintas”, finalizou o secretário Carlson Gomes.

Opinião dos leitores

  1. Bom Luiz. Obrigado pela informação. Caso tenha sido corrigido peço desculpas. Passo nessa rua todos os dias. Porém semana passada realmente não passei

  2. Alias, Creio que no código de posturas do municipio já fala da obrigatoriedade de deixar as tampas de bueiros niveladas com o asfalto quando da execução de obras nas ruas.
    Se não constar nada sobre isso vai aí uma dica pra alguns desses vereadores novos que foram eleitos trabalhar nesse sentido. Coisa simples mas útil.

  3. Boa, aproveita e dá uma passada na parte de iluminação da Lima e Silva (e confluências) na área da Arena. Muita lâmpada apagada e um poste 'de Pisa'.

    1. Verdade.
      Até parece que não tem comissão para recebimento das obras atestando quanto a qualidade.
      Ex. Av Rui Barbosa foi recapeada porém as tampas de bueiros ficaram tão desniveladas que fica impossível transitar sem fazer desvios para livrar dos " novos buracos".
      Vou ajudar pra STTU ficar sabendo:Rui Barbosa a partir da esquina com a Amintas Barros sentido IFRN.

    2. Deco, eesse aí esse serviço de renivelamento com as tampas foi feito na semaa passada.
      Tinha umas equipes.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *