Cesar Cielo conquista o bicampeonato mundial dos 50 m borboleta

cielo-700x525Nesta segunda-feira, o brasileiro Cesar Cielo levou sua primeira medalha no Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona ao conquistar o bicampeonato nos 50 m borboleta, com o tempo de 21s01.

Esse é o quinto título Mundial da carreira do nadador de Santa Bárbara D´Oeste, que também venceu duas vezes os 50 m livre, prova em que tentará o tri na Espanha, e os 100 m livre.

Antes da competição na Espanha, Cielo passou por um momento complicado, já que precisou operar os dois joelhos. Por isso, após a vitória, o brasileiro vibrou muito.

– A gente imagina antes a prova, passa várias coisas na cabeça antes da prova. Vem ideia de ficar em quinto, sexto, muitas vezes você fica nervoso, ansioso, imagina o melhor, o pior… Sou um ser humano normal. Eu só tenho a agradecer mesmo. Já é meu sexto ano subindo no pódio de Mundial, quinta vez que sou campeão. Quando era menino não imaginava que fosse chegar aqui, afirmou em entrevista ao SporTV.

Outro brasileiro na prova, Nicholas Santos saiu bem, liderou os primeiros metros, mas cansou no fim e terminou fora do pódio, chegando em quarto lugar atrás do norte-americano Eugene Godsoe e do francês Frederick Bousquet.

Nas semifinais, os nadadores verde e amarelo mostraram ritmo forte e garantiram lugar na decisão com os melhores tempos. Nicholas, que é campeão mundial da distância em piscina curta, foi o mais rápido com 22s81, enquanto Cielo veio logo atrás com 22s86.

R7

Aposta de ouro, Cielo fica apenas com bronze nos 50 metros livre

Não deu para Cesar Cielo. Nesta sexta-feira, no Centro Aquático de Londres, o brasileiro defendeu seu título na prova dos 50 m livre obtido nos Jogos Olímpicos de Pequim há quatro anos, mas não repetiu o desempenho de 2008 e sucumbiu frente ao francês Florent Manaudou e ao americano Cullen Jones, que levaram ouro e prata, respectivamente.

O nadador brasileiro bem que tentou, mas foi superado nos milésimos finais e sobe ao pódio com a terceira colocação e leva para casa a condecoração de bronze.

Fonte: Terra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Convidado disse:

    Apenas??? Rpz no dia que vc for o terceiro melhor do mundo no que vc faz… ai vc publica um APENAS desse!

Operadoras de Cartões de Crédito tem lucro superior a 100% no 1º Semestre

Roberta Scrivano – O Estado de S.Paulo

Redecard e Cielo, empresas do setor de cartão de crédito, tiveram retorno sobre o capital próprio (ou rentabilidade) de 109,9% no primeiro trimestre. O resultado é oito vezes maior que a média dos demais setores, que foi de 13,9% no período. Os dados são de um levantamento feito pela agência Austin Rating.

Especialistas em finanças pessoais explicam que o dado de rentabilidade (que é obtido levando-se em conta a relação lucro líquido sobre o patrimônio líquido) é um tópico importante de ser analisado antes de se decidir qual ação comprar.

Erivelto Rodrigues, presidente da Austin Rating, comenta que o fato de o setor de cartão de crédito liderar o ranking de rentabilidade mostra como a economia brasileira está aquecida.

“As empresas de cartão analisadas no levantamento cobram um porcentual de cada transação feita nas maquininhas de cartão. Se o lucro delas sobe, quer dizer que a quantidade de compras feitas também subiu”, detalha Rodrigues.

Ele acrescenta ainda que, no fechamento do ano, por conta do aumento da renda com o 13.º salário e a aproximação do Natal, as vendas crescem e o resultado dessas companhias também.

Ter o nível de rentabilidade tão alto quanto o das empresas de cartão, no entanto, pode representar um alto nível de risco para o investidor que optar por comprar as ações da empresa. “Isso porque não necessariamente as empresas se manterão neste nível”, explica Ricardo Rocha, professor de finanças do Insper.

(mais…)