Atleta parnamirinense conquista medalha em Brasileiro de Fisiculturismo

FOTO: ASCOM

O atleta parnamirinense, John Kennedy Leão, contou com o apoio da Prefeitura de Parnamirim e ficou no Top 4, do 48º Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness. O quarto lugar rendeu a Kennedy uma medalha no torneio, que foi disputado no início de agosto na cidade de Limeira/SP e teve a participação de competidores de todo o país.

Após conquistar o Campeonato Estadual e conseguir a vaga para o Brasileiro, o atleta falou que se reuniu com o prefeito Rosano Taveira, no mês de julho. Na ocasião, John Kennedy mostrou o desejo em representar o Estado, e consequentemente a cidade, na competição nacional.

“Fui muito bem recebido pelo prefeito e sua equipe. Fizemos uma reunião sobre minha viagem para a disputa do Campeonato Brasileiro, na cidade de Limeira/SP. Eu queria muito ir”, comentou o atleta, que trabalha também como vigilante, mas estava com dificuldades para bancar a viagem.

Jonh Kennedy tem seis títulos estaduais, um bicampeonato brasileiro e também foi campeão regional. De acordo com o atleta, o apoio da prefeitura foi fundamental para a conquista da medalha no 48º Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness.

“Agradeço ao apoio da prefeitura, que me ajudou com a compra das passagens e despesas referentes a hospedagem, inscrição e alimentação. Fiquei no Top 4 da competição e os seis primeiros ganharam medalhas. É um campeonato com atletas de todo o país. A ajuda da prefeitura foi muito importante”, disse o atleta.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Interessante demais, em que pese o atleta, nada é relevante nesse tipo de notícia.

Ygor Coelho domina canadense, faz história e conquista primeiro ouro brasileiro no badminton nos Jogos Pan-Americanos; humilde trajetória de atleta impressiona

Conquista coloca Ygor mais próximo da vaga nas Olimpíadas de Tóquio. FOTO: Alexandre Loureiro/COB – 31.7.2019

A paciência para responder às jogadas do rival contrasta com o nervosismo da torcida na arquibancada. Ygor Coelho aprendeu a construir seu caminho sem se deixar abalar com os percalços em volta. Nesta sexta-feira, em Lima, o carioca beirou a perfeição e voltou a cravar seu nome na história do badminton. Ao dominar e vencer o canadense Brian Yang por 2 sets a 0, parciais 21/19 e 21/10, garantiu o primeiro ouro brasileiro no esporte em Jogos Pan-Americanos.

A história de Ygor Coelho remete às ruas da Comunidade da Chacrinha, no Rio de Janeiro. Pela influência do pai, Sebastião, criador do projeto social Miratus, o jovem descobriu o badminton em uma quadra improvisada nos fundos de uma piscina vazia. De lá, se transformou na maior promessa do esporte no país. Foi o primeiro brasileiro a disputar os Jogos Olímpicos, em 2016, no Rio, e a vencer o Pan-Americano da modalidade, em 2017 e 2018. Em Lima, se transformou no primeiro do país a chegar a uma final individual do esporte.

O ouro inédito de Ygor coroa a bela campanha do badminton brasileiro em Lima. A delegação do país conquistou ainda quatro bronzes: Fabrício e Francielton Farias, nas duplas masculinas; Fabiana Silva/Tamires Santos e Sâmia Lima/Jaqueline Lima, nas duplas femininas; e Jaqueline Lima e Fabrício Farias nas duplas mistas.

A melhor campanha do esporte até aqui havia sido no Pan de Toronto 2015. Hugo Arthuso e Daniel Paiola e as irmãs Lohaynny e Luana Vicente foram prata nas duplas. Lohaynny, ao lado de Alex Tjong, também foi bronze nas mistas.

Vitória no talento

Uma pancada no contrapé de Yang foi o cartão de visitas do brasileiro na final desta sexta-feira. Ygor abriu 2 a 0 com um jogo agressivo, mas a promessa de equilíbrio logo se confirmou. Depois de a peteca parar na rede em golpe do brasileiro, o canadense deixou tudo igual. Ygor se mostrava paciente. Trocava golpes sem se desesperar apesar da qualidade do rival. Yang fez 8/7, mas logo o brasileiro passou com 11/9. A vantagem subiu para 15/12 e, depois, em 18/15. Mesmo quando o canadense se aproximou novamente, empatando em 19/19, Ygor manteve seu jogo. No fim do primeiro set, vitória por 21/19.

Ygor manteve o mesmo ritmo na volta à quadra. Enquanto o canadense tentava forçar seu jogo, o brasileiro mantinha a calma para abrir vantagem. Com tranquilidade, abriu 11/5 e se aproximou do ouro. A partir daí, Ygor acelerou o ritmo para fazer história: 21/10. Em seguida, desabou em quadra com a emoção do título.

Globo Esporte

 

Campeão brasileiro, uruguaio faz leilão de medalha para retirada de tumor

Mario_Larramendi_Instagram_ReproducaoCampeão brasileiro da Série D com o Botafogo-PB, o zagueiro uruguaio Mário Larramendi passa por um drama. Ele descobriu que está com um tumor ósseo no fêmur da perna esquerda e, para arcar com os custos de uma cirurgia, decidiu, nesta quinta-feira, através da internet, fazer um leilão da medalha que conquistou.

“Coloco em leilão minha medalha de campeão brasileiro de 2013 para poder fazer minha cirurgia. É algo que preciso urgentemente. Minha cirurgia sai por R$ 30 mil. Agradeço todas as ofertas que vierem. Um grande abraço, Mário”

Aos 29 anos de idade, Larramendi, que iniciou a sua carreira no Chile, atua no Brasil desde 2010 e, em 2013, foi peça fundamental para o Botafogo-PB se sagrar campeão brasileiro, marcando, inclusive, um gol na grande final da competição, a vitória por 2 a 0 sobre o Juventude. Apesar disso, o uruguaio não renovou o seu vínculo com o Botafogo.

Estadão

“Hoje estou na fase dos grandes beijos com o Brasil”, diz Dilma, que recebeu medalha com Henrique Alves

 12_22_19_425_fileA presidente Dilma Rousseff participou nesta quarta-feira (9) da sessão solene em homenagem aos 25 anos da Constituição de 1988 e evitou conversar com a imprensa no fim da solenidade. Questionada se falaria com jornalistas, Dilma despistou com elegância.

— Hoje estou na fase dos grandes beijos.

Depois, ao ser perguntada se estava se referindo ao Congresso Naciona, completou: “com o Brasil”.

A presidente, que não discursou na solenidade, também não respondeu às perguntas sobre a aliança Marina-Campos, selada no fim de semana. Dilma estava acompanhada do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Durante a sessão solene, Dilma recebeu a Medalha Assembleia Nacional Constituinte, assim como os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), e o do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa.

Ao deixar o Congresso Nacional, Dilma também comemorou a aprovação da MP (Medida Provisória) do programa Mais Médicos.

— Estou muito feliz com a votação do Mais Médicos.

A Câmara aprovou nesta quarta-feira (9), em sessão que entrou pela madrugada, o texto principal da MP que cria o Programa Mais Médicos.

O texto, que foi aprovado apresentado pelo relator da MP, deputado Rogério Carvalho (PT-SE), prevê a transferência da responsabilidade de registro dos Conselhos Regionais para o Ministério da Saúde, a obrigatoriedade de revalidar o diploma após quatro anos no programa e a avaliação de estudantes de medicina a cada dois anos.

R7

CEI Mirassol conquista medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

 

IMG_5253Guiado pela educadora Maria Célia Andrade, o CEI Mirassol vem se destacando através do desempenho dos alunos nas olimpíadas estudantis e demais eventos que avaliam o conhecimento dos alunos. Só neste mês, a aluna Caroline Déharbe, obteve média 7,55 na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e conquistou a medalha de bronze, 15 alunos do Ensino Fundamental e Médio participaram da segunda etapa da Olimpíada Brasileira de Matemática e os alunos Leon Deharbe e Rômulo Martins tiveram um excelente desempenho no Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, da UniSim-RN Simulação Intermundi.
1240204_235319989951715_247

Comandante Geral da PMRN receberá a medalha Elísio Sobreira na Paraíba

O Comandante Geral da Polícia Militar, Cel PM Francisco Canindé de Araújo Silva, receberá nesta segunda-feira, 20, a Medalha Elisio Sobreira em conformidade com o Decreto nº 23.286, de 20/08/2002, sendo esta medalha a maior comenda da Polícia Militar do Estado da Paraíba.

O nome do Comandante Geral da PM do RN surgiu à homenagem através da indicação da Comissão de Avaliação de Mérito da Polícia Militar do Estado da Paraíba.

Aposta de ouro, Cielo fica apenas com bronze nos 50 metros livre

Não deu para Cesar Cielo. Nesta sexta-feira, no Centro Aquático de Londres, o brasileiro defendeu seu título na prova dos 50 m livre obtido nos Jogos Olímpicos de Pequim há quatro anos, mas não repetiu o desempenho de 2008 e sucumbiu frente ao francês Florent Manaudou e ao americano Cullen Jones, que levaram ouro e prata, respectivamente.

O nadador brasileiro bem que tentou, mas foi superado nos milésimos finais e sobe ao pódio com a terceira colocação e leva para casa a condecoração de bronze.

Fonte: Terra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Convidado disse:

    Apenas??? Rpz no dia que vc for o terceiro melhor do mundo no que vc faz… ai vc publica um APENAS desse!

Com ippon, judoca conquista a quarta medalha do Brasil em Londres

Mayra Aguiar comemora o bronze em Londres

Na véspera de completar 21 anos, a brasileira Mayra Aguiar, 20, conquistou a medalha de bronze na categoria até 78 kg dos Jogos Olímpicos de Londres. Ela garantiu a medalha após derrotar a holandesa Marhinde Verkerk, décima do mundo, com um ippon.

Foi a quarta medalha brasileira em Londres –a terceira no judô. No sábado, primeiro dia de disputa da modalidade, Sarah Menezes conquistou o ouro e Felipe Kitadai ganhou o bronze. A outra medalha foi conquistada pelo nadador Thiago Pereira, que levou a prata

Líder do ranking mundial, Mayra Aguiar era uma das esperanças de medalha do judô brasileiro.

Mayra estreou com vitória contra a tunisiana Hana Mareghni e na sequência ganhou da polonesa Daria Pogorzelec. Na semifinal, a judoca, que já foi vice-campeã mundial em 2010 e terceira colocada em 2011, perdeu para a norte-americana Kayla Harrison. Foi a sexta vitória de Harrison contra a brasileira em dez confrontos.

Depois das duas medalhas no sábado, o judô não subiu mais ao pódio em Londres. No domingo, Érika Miranda e Leandro Cunhaforam eliminados logo na primeira luta. Na segunda-feira, Bruno Mendoça caiu nas oitavas de final, enquanto Rafaela Silva foi desclassificada após aplicar um golpe irregular.

Um dia depois, Leandro Guilheiro, favorito ao ouro, perdeu na repescagem da categoria 81 kg e Mariana Silva foi derrotada logo na sua estreia pela categoria até 63 kg.

Foto: Franck Fife/France Presse

Fonte: Estadão

Ex-governador é flagrado "furtando" medalha da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O ex-governador de São Paulo pelo PTB José Maria Marin, que também é ex-presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), foi flagrado numa situação, no mínimo, desagradável. O político foi pego colocando uma das medalhas da premiação da Copa São Paulo de Futebol Júnior no bolso.

Como quem não quer nada, Marin pegou a medalha, olhou para um lado, olhou para o outro e…

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] Ex-governador é flagrado “furtando” medalha da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Vídeo) […]

  2. Nadjaelcordeiro disse:

    neto retana bom dia infelismente vcs esparam oque de politicos 

    nadijael pe