Fátima anuncia pagamento de janeiro e não tem data para pagar atrasados

Foto: Elisa Elsie

O Governo do Estado anunciou o pagamento do salário de janeiro para os servidores, sendo que os que estão com os salários em atraso terão antecipação, já no dia 10, de 30% do valor bruto, sem nenhum desconto. Os 70% restantes serão pagos no último dia útil do mês. Os servidores que estão com os salários em dia receberão de uma só vez no final do mês. A mesma fórmula será repetida no pagamento da folha de fevereiro.

O anúncio foi feito pela governadora Fátima Bezerra durante reunião com representantes das entidades sindicais dos servidores públicos na manhã desta segunda-feira, 07 de janeiro.

Na reunião, Fátima fez um relato das dificuldades que a levaram a decretar calamidade financeira, reconheceu os transtornos que os servidores enfrentam em função dos atrasos salariais, e afirmou que todo o dinheiro extra que entrar em caixa será direcionado para o pagamento das três folhas deixadas pela administração anterior, totalizando quase R$ 1 bilhão.

“Todo esforço nosso é para equacionar a dívida que temos com os servidores. Nesse sentido, estamos lutando em busca de recursos extras e, à medida que estes forem entrando no caixa do estado, o dinheiro será destinado a esta finalidade.”

Os recursos extras poderão vir da antecipação dos royalties do petróleo, da renegociação da administração da folha junto ao Banco do Brasil, da partilha da cessão onerosa do pré-sal, entre outras fontes.

As medidas anunciadas respeitam a isonomia e garantem a previsibilidade. “Tão dramático quanto o atraso é a falta de previsibilidade sobre o pagamento da folha do mês seguinte”, disse o secretário de Planejamento e das Finanças, Aldemir Freire.

Pagamento da Folha Salarial

Janeiro

Dia 10: adiantamento de 30% sem descontos, para os servidores com salários em atraso.

Dia 31: pagamento dos 70% restantes.

Servidores com salários em dia recebem de uma só vez até o dia 31.

Fevereiro

Dia 11: Adiantamento de 30% sem descontos, para os servidores com salários em atraso.

Dia 28: pagamento dos 70% restantes.

Servidores com salários em dia recebem de uma só vez até o último dia útil do mês.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ceará-Mundão disse:

    Esse é o grande problema do país os políticos deixam o mandato com um rombo sem tamanho nas contas públicas e fica por isso mesmo, destrói a auto-estima de várias famílias com a certeza de que a justiça nada irá fazer contra ele.

  2. Ceará-Mundão disse:

    Realmente, é óbvio que não haveria como, com apenas poucos dias de governo, ela pagar tudo que está atrasado. Mas, causa espanto a falta de planos concretos e medidas eficazes para regularizar a situação financeira do RN. E a escolha de começar a pagar por janeiro parece óbvia: todos os "cumpanhero" recém nomeados receberão seus salários e não enfrentarão as agruras pelas quais vem passando o restante do funcionalismo. E Fatão já sabia da crise no RN. Vamos aguardar o que vem. Começou mal.

  3. Lampejao disse:

    VOLTA ROBINSON!!!!!!

  4. Luciana Morais Gama disse:

    QUE TAL PARAR A MÁQUINA PÚBLICA? GREVE GERAL JÁ!

  5. Silva disse:

    #voltarobinson

  6. Osmar Souza disse:

    Os funcionários são do Estado. Eles não trabalham para nenhum governador por isso merece respeito. Não importa quem deixou de pagar. Enquanto ninguém for preso, o desrespeito com os servidores irá continuar. A Governadora tá começando muito mal. A decisão dela não me surpreende. Lamentável sob todos os aspectos.

  7. WILL LIMA disse:

    ESSE RAFAEL, ACIMA DEVE SER PTISTA DE CARTEIRINHA…… COMO PAGAR UM MÊS EM VIGÊNCIA E DEIXAR OS ATRASADOS PARA TRÁS, BEM A CARA DO PT. ABSURDO ISSO, TEM QUE DEFLAGRAR UMA GREVE GERAL…. QUANDO ERA DO SINDICATO DOS PROFESSORES, FÁTIMA NÃO ACEITARIA UMA PROPOSTA DESSA NUUUUUNNNNCCCAAAA! PARABÉNS, COMEÇOU BEM SEU GOVERNO KKKKKKKKKKKKKKK

    • Rafael disse:

      Sou Petista não Deus me livre!!! Apenas ela está fazendo o que é certo ela está pagando e cumprindo o salário em dia do mês do governo dela e esperando recursos extras para poder pagar os atrasados isso é lógica

  8. Irany Gomes disse:

    É gopi! Os sindicalistas pelegos estão provando agora do mesmo veneno….
    Kkkkkk

  9. Rafael disse:

    Ela está certíssima !!!! Ainda está fazendo favor ao funcionário público adiantando o salário de Janeiro onde ela só tem obrigação de pagar dia 30

  10. Chico Gregorio disse:

    A governadora Fátima Bezerra não pode responder pelo descaso do ex-governador Robinson Faria, o orçamento de 2019, é para pagar as despesas de 2019, não existe margem para quitar dívidas não honradas em 2018, evidente, pela luta da governadora ao lado dos servidores, ela vai tentar meios de aumento de receita, cortes de despesas, para tentar pagar esse rombo deixado.

  11. LUIS FERNANDO disse:

    #GREVEGERAL

  12. João Mario disse:

    Marcos, antes ela sabia como pagar, dizia até que Robinson não pagava porque não queria. Falava até em invasão da SEPLAN!

  13. Rômulo disse:

    Infelizmente essa medida apenas mascarou o problema, criando outro desarranjo nas finanças dos servidores, tendo em vista que o governo vai deixar de pagar mais um mês, fora os atrasados. As contas (bancos e cartões de crédito, concessionárias de energia, água, telefonia etc) não esperam, não querem saber de problemas, e sim de receber pontualmente seus pagamentos mensais. O orçamento familiar não fechará, já que neste mês as despesas terão de ser pagas em dobro, ante a ausência do salário de dezembro. Quem vai pagar o prejuízo com juros cobrados? E quem está negativado, que não pode financiar nem um chiclete e vive no aperto? Quem pagará as despesas dobradas dessas pessoas?

  14. Assis disse:

    Governadora exclui aposentados e pensionistas não pagando decimo de 2017

  15. João Mario disse:

    E o reajuste do piso salarial dos professores? Janeiro chegou!

  16. Marcos disse:

    Muitos comentários criticando, agora qual a mágica ? Assumo uma empresa sem caixa, mas assim que assumir, tenho que pagar o salário e os atrasados. Vou fabricar dinheiro ? Sei que é difícil a situação de todos os funcionários públicos, mas não há outra solução, é aguardar e esperar medidas que sanem o problema. Hoje só paga se solicitar empréstimos ou antecipação de royalties, isso é lógico.

  17. Aguiar disse:

    Eu já esperava isso mesmo

  18. Carlos Bastos disse:

    Desde de 2016 os salários estão atrasados, eu gostaria de saber onde a governadora vai tirar um bilhão de reais para quitar esses salarios, ela apenas está no cargo a sete dias.

    • Pedro disse:

      De onde ela vai tirar dinheiro não tenho ideia, sei o que tenho a receber, como ex funcionário, bem como todos os outros, tem o direito de receber o que lhes é devido. Ela não queria o abacaxi ? Já pegou resolva logo, afinal quando era oposição vivia apoiando os movimentos reinvidicações, a fatura e doce, porém é dura.

  19. Ana Julia disse:

    Sabida toda, garantindo o salário dela, que não é besta!

  20. Manoel fernandes disse:

    Esperava uma atitude mais confortável para quem tem 4 salários atrasados, mas ela simplesmente parcelou o que pensávamos que receberíamos integralmente no fim do mês, pra mim foi Zero, esse foi meu único comentário

  21. Ems disse:

    Que saudade de Robinson !!!

    • Adrixas disse:

      Como assim? Saudades? Esse atrasado foi ele quem deixou com a gestão que não priorizou os servidores… Saudades nada!!!

    • Ems disse:

      Iniciei 2018 apenas sem o décimo de 2017. Iremos começar 2019 sem o salário de dezembro e o 13° de 2018. Está bom ?

    • Pedro disse:

      Nada de saudade de Robinson,,,,,Kkkkkkk no entanto, essa proposta, de fato, e desalentadora, poderia ter pelo menos sinalizado com algo mais palpável e condizente com a realidade que nos massacra. Afinal não são apenas oito dias para pensar e correr , houve todo um período de transição onde essa verdade era latente e e preocupante. Achei fraca a atitude.

    • Francisco Diniz disse:

      Ems: porque você não diz que terminou 2018 sem o 13º de 2017 e 2018 e o salário de novembro e dezembro de 2018.

Fátima anuncia decreto de calamidade financeira no RN

Após uma reunião realizada durante a manhã desta quarta-feira(02), com membros do novo governo, além de sindicatos que representam servidores estaduais, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou que vai decretar estado de calamidade financeira do estado, em sua primeira ação à frente da administração estadual.

Outros decretos

A governadora afirmou que ainda publicará decretos para estabelecer revisão das despesas de custeio no âmbito do Poder Executivo; instituir o Comitê de Gestão e Eficiência; determinar o retorno dos servidores públicos civis e militares aos seus órgãos de origem; e o que institui horário excepcional no expediente do serviço público.

Com acréscimo de informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ângelo Júnior disse:

    Se ela não fosse governadora estaria criticando essas medidas se fossem tomadas pelo opositor, fazendo oposição das mais demedidas, como se tivesse a solução pra tudo. Agora chegou a vez da onça beber água, as coisas mudaram, vamos aguardar se ela tem as soluções para os problemas.

  2. Inês Araújo de Medeiros disse:

    Não votei em Fátima porque não votei para nenhum dos candidatos mas acredito na administração dela. Só não sei se o governo federal vai liberar verba que dê pá suprir as necessidades do RN

  3. Francisco disse:

    Como sempre, só mudam os nomes, as práticas são as mesmas. Pergunto, quem continua na mesma? Os menos favorecidos economicamente. E mais, tanto na esfera federal, quanto na estadual.

  4. Severo disse:

    Nao sei porque esse povo briga tanto para ser gorvernador

  5. Reiouse disse:

    Todos os governos pediram retorno dos cedidos.

  6. Sérgio Alexandre disse:

    O que isso significa na prática? Quais as consequências desse decreto?

  7. Cristina disse:

    COLOQUE MORAL GOVERNADORA , QUE OS CEDIDOS RETORNE A SEUS ÓRGÃOS DE ORIGEM PARA TRABALHAR CHEGA DE MORDOMIA. COLOCA MORAL NA CASA.

    • Véio de Rui disse:

      Isso mesmo, os sindicatos ligado ao pt estão cheios de servidores sem ir trabalhar

  8. Esquerdinho disse:

    Votz
    Quando ta na oposição diz q tem dinheiro, mais nao tem vontade politica…

Fátima anuncia Aldemir e Jaime Calado para Finanças e Desenvolvimento

O economista Aldemir Freire e o médico e ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, serão os secretários de Planejamento e Finanças (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico (Sedec) do Governo Fátima Bezerra. A senadora e governadora eleita fez o anúncio nesta sexta-feira (21). “Duas áreas importantíssimas. Aldemir terá a missão de adotar medidas que visam corrigir a situação fiscal do Estado, num enorme esforço para que possamos, o mais rápido possível, regularizar a folha de pagamento dos servidores. Jaime terá o papel fundamental de alavancar o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, declarou governadora eleita.

“Participar do governo Fátima Bezerra é fazer parte de um esforço coletivo para recuperar as finanças do Rio Grande do Norte e trazer de volta a esperança aos Potiguares”, disse Aldemir. Para Calado, a tarefa da nova equipe “exigirá esforço e um grande pacto social para retirar o Rio Grande do Norte da grave situação financeira que se encontra e para que o Estado volte a crescer”.

Perfis

José Aldemir Freire tem 46 anos e é natural de Pau dos Ferros. Economista formado pela UERN e servidor de carreira do IBGE desde 2002, atuou em diversas áreas de pesquisa e foi chefe da Unidade Estadual do IBGE no Rio Grande do Norte entre 2009 e início de 2018. Participou da elaboração do programa de governo de Fátima Bezerra e da equipe de transição.

Jaime Calado Pereira dos Santos é médico sanitarista, formado pela UFRN. Ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante nas gestões de 2009/2012 e 2013/2016, foi supervisor do Complexo Hospitalar Monsenhor Walfredo Gurgel, presidente da Associação dos Funcionários da UFRN e integrou o conselho superior da universidade. Foi secretário executivo do Programa de Erradicação do Aedes Aegypti por um ano em Brasília.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Dantas disse:

    E pobre do companheiro Mineiro?

Fátima anuncia Caern, Sethas, Agricultura e PGE; veja perfis

A governadora eleita do RN, senadora Fátima Bezerra, anuncia nesta quinta-feira (20) os nomes de quatro futuros auxiliares da administração estadual. São eles: Luiz Antônio Marinho, para a Procuradoria Geral do Estado (PGE); Íris Oliveira, para a Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas); Roberto Linhares, para a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern); e Guilherme Saldanha, para a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape).

“Profissionais de reconhecida qualidade técnica, com respaldo nas respectivas áreas de atuação, que contribuirão com os avanços que o nosso Governo pretende imprimir no Rio Grande do Norte”, declarou a governadora eleita.

“Honrados com o convite”, os futuros secretários afirmaram que se comprometem em fazer gestões éticas em favor da população do Rio Grande do Norte. “Ações compartilhadas, envolvendo e comprometendo todos os que fazem a empresa na construção de resultados éticos e sustentáveis, nas áreas econômica, social e ambiental, aumentando sua abrangência de atuação, modernizando e otimizando processos e melhorando sua governança”, disse Roberto Sérgio, futuro gestor da Caern. Ísis Oliveira destacou que expectativa de implantar efetivamente o SUAS (Sistema Único de Assistência Social) no RN e colocar a assistência e os programas implementados na Secretaria a serviço de quem precisa, sobretudo da população mais vulnerável.

Luiz Antônio Marinho afirmou que atuará para que a PGE cumpra o papel de contribuir para que o estado do RN encontre os melhores caminhos que o povo e a sociedade precisam. “A PGE é um órgão da representação judicial, extrajudicial e de consultorias do estado, que tem muito a colaborar para as ações administrativas e de desenvolvimento do Estado”.

Guilherme Saldanha lembrou que a hora é de união. “O setor produtivo, as associações e afins precisam ajudar a governadora para fazer com que o estado saia dessa crise. Com boa vontade conseguiremos”, declarou.

Perfis

Luiz Antônio Marinho

É procurador de carreira do Estado do RN há 24 anos. Foi presidente da Associação dos Procuradores por dois mandatos. Já foi procurador-geral e adjunto e atualmente atua como corregedor da PGE. É formado em Direito pela UFRN.

Roberto Sérgio Linhares

Empregado de carreira da Caixa Econômica Federal há quase 30 anos, é advogado, com pós-graduação (MBA) em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas – FGV/Marpe e em Desenvolvimento Regional Sustentável – DRS, pelo Inepad/UFBA. Ocupou praticamente todos os cargos regionais na gestão da Caixa, inclusive de Superintendente Regional no Estado do RN por quase 7 anos. Especialista e professor Mercado Financeiro e Finanças, treinou mais de 4.500 profissionais de instituições financeira no RN e PB, além de atuar em outros Estados (DF, SP, PR, etc).

Íris Oliveira

Assistente Social, é professora do Departamento de Serviço Social e do Programa de Pós Graduação em Serviço Social da UFRN com doutorado em Serviço Social pela PUC-SP. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Questão Social, Política Social e Serviço Social.

Guilherme Saldanha

Engenheiro Agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura de Mossoró, atual UFERSA, na turma de 1996. Produtor Rural e empresário rural no setor de agricultura irrigada, atuando na atividade desde 1996. Trabalhou como Coordenador de Agricultura Irrigada da Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Norte durante os anos de 2002 até 2006, atuou também como Consultor do SEBRAE/RN na área de fruticultura irrigada durante os anos de 2006 a 2007 e também trabalhou no acompanhamento/vistoria de projetos e empreendimentos do setor rural para a Caixa Econômica Federal de 2012 até 2016. Foi Presidente do Distrito de Irrigação do Projeto Baixo Açu durante os anos de 1997 até 2000 e voltou a presidir o Distrito entre 2009 e 2016. É membro do Comitê Técnico do Programa Nacional da Agricultura Irrigada da CNA – Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária. Em 2016 assumiu a Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca do Estado do Rio Grande do Norte, cargo que exerce até os dias atuais.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chico disse:

    Chegue logo Rogerio antes qye a Caern acabe com o bairro de San vale.

    • Dilermando disse:

      Verdade. A Av. Saint Exupery parece um cenário de guerra e antes das intervenções era um tapete. Ainda mais agora, que serve como via de acesso entre a BR e a Prudente, melhorando o fluxo do trânsito, mas está quase intransitável.

Fátima anuncia mossoroenses para FJA e Sedraf

A governadora eleita do RN, senadora Fátima Bezerra, anunciou nesta sexta-feira (14) os nomes de Crispiniano Neto e de Alexandre Lima, respectivamente para a Fundação José Augusto (FJA) e Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (SEDRAF), antiga Seara.

Crispiniano Neto afirmou que a ideia é reatar e ampliar parcerias e gerenciar recursos disponíveis com criatividade e zelo. “O RN tem agora uma governadora com uma vida inteira dedicada à cultura. Nossos artistas e arte agora serão uma prioridade”, destacou o cordelista.

No âmbito da Sedraf, Alexandre Lima assinalou que a ideia é contribuir com o governo na construção de políticas públicas voltadas ao fortalecimento da Agricultura Familiar, sempre levando em consideração as propostas do programa de governo. “Também reafirmo o respeito e diálogo com os movimentos sociais que serão parceiros estratégicos da SEDRAF. A minha indicação também reafirma o papel estratégico que a Uern terá no novo Governo”, disse ele, que é professor da Universidade do Estado do RN.

Perfis

Crispiniano Neto

Formado em Engenharia Agrônoma e em Direito, Crispiniano Neto assumirá pela quarta vez a diretoria-geral da Fundação José Augusto. Ele é membro da Academia Brasileira de Literatura e Cordel – cadeira de Câmara Cascudo – e do Instituto Histórico do RN. É autor de 22 livros, dos quais 200 mil exemplares foram vendidos e adotados em mais de 500 escolas.

Alexandre Lima

Alexandre de Oliveira Lima é Engenheiro agrônomo e Prof. Adjunto do Curso de Gestão Ambiental da UERN. Possui mais de 20 anos de experiência com em planejamento e execução de projetos de Desenvolvimento Rural, ligados à agricultura familiar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Aurélio disse:

    Muito feliz, dois engenheiros agrônomos formados pela ESAM – hoje UFERSA. Crispiniano é uma pessoa exemplar, homem culto, inteligente, e se já geriu a FJA em outras três vezes, é capacitado… Alexandre é meu contemporâneo, bem ali de Pedro Velho, torço para que faça um ótimo trabalho.
    Aliás, torço para que Fátima e sua equipe façam uma excelente administração, e provem que a ESQUERDA brasileira RESISTE, e tem muito a fazer pelo Estado e pelo País!

  2. […] Fátima anuncia mossoroenses para FJA e Sedraf […]

  3. Luciana Morais Gama disse:

    Crispiniano Neto é aquele PTista que queria tocar fogo nos ônibus e automóveis??

    • Sérgio disse:

      Ele mesmo. E metido a brabo.
      Se vc não for petista, não terá vez na fundação. Essa é a política desse cidadão.