Após repercussão no BG, Caern explica “língua negra” na praia de Areia Preta

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte se manifestou, através das redes sociais, sobre o registro de lixos e resíduos destacado por este blog, sobre as lentes do internauta @deyvsonsantos.

“Essa situação não se trata de um extravasamento da rede de esgotos da Caern, que encontra-se funcionando normalmente na região. O problema ocorre na rede de drenagem de águas pluviais, que recebe lixo carreado pela água de chuva”, explicou.

Veja a repercussão do Blog em VÍDEOS: Poucos minutos de chuva e lixo e resíduos “abastecem” a praia de Areia Preta

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Olimpio disse:

    O povo é mau educado joga lixo nas ruas quando vem à chuva dá nisso.
    Bem feito.

  2. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Já cheguei a conclusão a sebosseira na orla dá ibope ao Prefeito e a Governadora do RN.Tirem suas conclusões

  3. JK disse:

    Dra CAERN! Isso explica mas não justifica. Isso é um crime ambiental somado a ineficiência do serviço prestado. Quem vai pagar por essa seboseira?

  4. José Medeiros do Nascimento disse:

    No meu interior lá no sertão do Seridó nós conhecemos esta preciosidade como MERDA LÍQUIDA

VÍDEO: Presidente da Caern esclarece pontos abordados pelo Senador Styvenson Valentim

Diretor-Presidente da Caern, Roberto Linhares esclarece assuntos divulgados pelo Senador Styvenson Valentim (Podemos/RN) sobre a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joao disse:

    Seria bem pertinente ele explicar como esses rendimentos alcançaram estes valores, as manobras que foram realizadas para que legitimassem os pagamentos

  2. Jacio disse:

    Conheço um engenheiro da caern que ganha mais de 50 mil por mês

  3. Lucia disse:

    QUEM GOSTA DE FAKES NEWS MESMO?

  4. Tetê disse:

    E os salários milionários? Tem que privatizar a Caern urgente.

  5. Luciana Morais Gama disse:

    Mostre os 3 últimos contra cheques. Aí a gente tira as duvidas realmente.

  6. jorge duarte disse:

    tá bom de privatizar. A COSERN melhorou muito depois que privatizou. Infelizmente nada na mão do estado do RN tem dado certo.

  7. Espedito Júnior disse:

    Parabéns, Professor Roberto! Quem o conhece sabe bem o peso de suas palavras, e o perfil de idoneidade e responsabilidade à frente desta casa! Gestão de transparência nas mãos de quem conhece bem gerir pessoas e recursos com ética e produtividade! Salve, salve, Triunfo Potiguar!

    • Jv disse:

      O que o senador falou foi que o salário do senhor Roberto é de 70.000,00 reais. A respeito disso o senhor Roberto não falou nada.

Caern divulga carta aberta aos prefeitos do RN

INFORME PUBLICITÁRIO

CARTA ABERTA AOS PREFEITOS DO RN

Excelentíssimo (a) Sr. Prefeito / Sra. Prefeita,

Está na iminência de ser votado na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 3.261/2019 sobre Saneamento Básico.

O TEXTO TIRA O PODER DE DECISÃO DAS MÃOS DOS MUNICÍPIOS, FERE A AUTONOMIA MUNICIPAL E COLOCA EM RISCO A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA AS PESSOAS MAIS POBRES.

De acordo com Constituição Federal (1988), os municípios detêm a titularidade e decidem como deverão ser prestados os serviços públicos de saneamento básico sendo que mesmo nas Regiões Metropolitanas, esta titularidade é compartilhada com o Estado (função pública de interesse comum).

O texto proposto representa o fim do poder decisório dos Prefeitos sobre o saneamento básico (água, esgotos, resíduos sólidos e drenagem). Pois, contém dispositivos que ferem essa autonomia constitucional de poder optar por prestar o serviço: (I) diretamente, pelo próprio município; (II) indiretamente, por meio de concessão precedida de licitação; ou, (III) através da gestão associada com a prestação do serviço pela CAERN.

Na prática, o PL 3261/2019 extingue os contratos de programa e impõe a concessão dos serviços, impedindo que Estados e Municípios façam gestão associada de forma voluntária e alinhada ao interesse público, especialmente voltado para os sistemas deficitários e para as populações carentes.

A proposta autoriza e até estimula a privatização de empresas estaduais como a CAERN, numa evidente indução ao MONOPÓLIO PRIVADO, o que possivelmente direcionará a atuação privada para os 10% (dez por cento) de sistemas atrativos e relegará os outros 90% (noventa por cento) para o orçamento direto dos Municípios, com o risco de desequilíbrio das contas públicas municipais e desatendimento da população nos locais mais pobres e onde estão os atuais déficits sanitários do nosso Estado.

Senhor(a) Prefeito(a), o PL 3261/19 tem várias inconstitucionalidades e, da forma como está posto, promoverá a desestruturação completa do setor e a paralisação de investimentos pela judicialização e insegurança jurídica geradas.

Contamos com sua articulação junto aos deputados de sua base para que rejeitem o PL 3261/19 ou condicionem sua aprovação mediante os necessários ajustes para a preservação das atribuições constitucionais dos municípios e a permanência dos contratos de programa.

Atenciosamente,
ROBERTO SÉRGIO RIBEIRO LINHARES
Diretor-Presidente da CAERN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco disse:

    Cerro Corá passou a ter a cobrança da taxa de esgotamento de 70%, um absurdo pra uma cidade sem uma economia a altura, teve residência que veio 600 reais, outras 200,. Muitos vivem do bolsa familia. Pior, quase ninguem ainda ta usando, não houve uma preparação para a postulação sobre o funcionamento de tal beneficio que vai custar uma fortuna a população cerrocoraense.

Detran foca na prevenção ministrando palestra de direção defensiva na Caern

Foto: Divulgação

Os motoristas e motociclistas da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) vêm passando por um ciclo de palestras realizados pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) abordando os temas de Direção Defensiva e Pilotagem Consciente. Nesta semana foi a vez dos motoristas lotados na Regional da Caern na região do Trairi a receberam as informações dos técnicos do Detran.

A palestra ministrada pelo instrutor do Detran, Luiz Felipe, abordou o tema Direção Defensiva. O conteúdo focou em medidas práticas que devem ser utilizadas por motoristas e motociclistas cotidianamente para prevenção de acidentes no tráfego urbano.

Os procedimentos são empregados de modo a evitar imprevistos, apesar das ações incorretas de outros condutores e das condições adversas comumente encontradas nas vias de trânsito. Itens importantes como conhecimento da legislação, atenção na condução, previsão de crise, habilidade e decisão foram apontados e explicados pelo técnico do Detran.

No momento foi mostrado que medidas simples como averiguar a situação mecânica do veículo, conduzir de acordo com as situações presentes de luminosidade, tempo, estrada, trânsito e condições apresentadas pelo condutor são elementos primordiais que podem reduzir amplamente o risco do motorista se envolver em acidentes de trânsito.

Pela doutrina defensiva, a direção perfeita é aquela em que o condutor trafega sem ocasionar acidentes, sem cometer infrações de trânsito, não abusa do veículo e age com gentileza e respeito à vida. “O objetivo é preparar melhor o condutor de maneira que ele possa evitar causar ou ser vítima de acidentes de trânsito, como também aprimorar o conhecimento dele em relação a itens de segurança do veículo”, explicou o instrutor.

Estatística

De acordo com informações analisadas pelo setor de Estatística do Detran, no período de 2012 a 2016 veio ocorrendo no Rio Grande do Norte uma redução nos números de vítimas fatais relacionadas a acidentes de trânsito. Os dados mostram que de 2012 para 2013 a redução foi de 1,4%; de 2013 a 2014 o índice caiu 11,7%; de 2014 para 2015 a diminuição foi de 6,9%; e de 2015 a 2016 a queda foi de 0,5%.

Caern abre novo prazo para negociação de débitos

FOTO: CAERN/ASSECOM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern)  abriu a partir dessa segunda-feira (11), novo prazo para que os clientes possam renegociar seus débitos em atraso em condições especiais. A decisão da companhia em reeditar a resolução que trata do assunto se deu em razão da grande procura de clientes ocorrida nos meses de agosto e setembro passados, quando a campanha foi realizada. Foi realizado o parcelamento de quase R$ 14 milhões em dívidas.

O novo prazo vai até 31 de dezembro de 2019 e serão mantidas as mesmas condições anteriores. A Caern aproveita este período de fim de ano favorável para que as famílias reorganizem suas contas básicas, quando os trabalhadores contam com o saque imediato do FGTS e também, no mês de dezembro, com o pagamento do 13º salário. Os clientes poderão utilizar o dinheiro extra para ficar em dia com as contas de água e esgoto.

Para os pagamentos à vista, serão dispensados os juros e multa por atraso. Para os parcelamentos, dependendo do valor da entrada, será dispensado até 70% do valor de juros e multa. Em todos os casos, no entanto, será mantida a correção monetária.

Uma das principais vantagens na renegociação é a alternativa que o usuário passa a ter de negociar o débito com entrada mínima de 10% do valor total. O desconto de juros e multa só é aplicado sobre os débitos anteriores a março deste ano. O prazo máximo para parcelamentos é de 48 meses.

Também será possível ao usuário com dívida atrasada fazer outro parcelamento, mesmo que já esteja pagando parcelas de uma negociação anterior. Mas é importante destacar que, nesse caso, o valor da dívida a ser negociada é somado ao saldo devedor restante do parcelamento anterior e o total é parcelado em até 48 meses, com entrada de 20%.

“A intenção da companhia é diminuir a inadimplência em suas contas, incentivando os consumidores a ficarem em dia com os seus débitos, aproveitando agora o cenário favorável do pagamento do décimo terceiro”, comenta o superintendente Comercial da Caern, Giordano Filgueira. Segundo ele, o setor de saneamento no país, como um todo, trabalha com uma margem muito próxima de inadimplência, que gira entre 7 a 10% do faturamento líquido mensal.

Para fazer o acordo, o cliente pode procurar o escritório mais próximo de sua casa. As negociações não poderão ser feitas pela internet. Em todos os parcelamentos feitos, a parcela a ser paga não pode ser inferior a 50% do valor da fatura média do cliente.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joão gomes disse:

    e vão parar quando de cobrar por água não consumida na zona sul? há pessoas monitorando com Arduino e sensores de vazão e vão mandar a denúncia pro MP

  2. Hilton disse:

    Comm essa q está aí não tem conversa. Só converso quando for privatizada.

Caern indenizará casal que teve residência inundada por esgoto

Divulgação/Caern

Um casal do Município de Acari será indenizado com o valor de R$ 8 mil a ser pago pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), a título de danos morais, em decorrência da inundação da sua residência, fato que ocasionou danos aos moradores, tudo em função do “retorno do esgoto”, ocasionado pelo seu transbordamento.

O juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas considerou caracterizada a omissão da empresa ao não atuar a fim de evitar o evento danoso. Ele também condenou o Estado do Rio Grande do Norte ao pagamento de R$ 2.581,00 a título de indenização pelos danos materiais suportados pelos autores, utilizando como referência o orçamento anexado por eles.

Entenda caso aqui em notícia completa no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Magno Pegado disse:

    Enquanto isso, tramita há 09 anos na 4ª VFP o processo de indenização dos moradores do bairro de Lagoa Nova (nas imediações da Av. Cap. Mor Gouveia com a Av. São José), os quais, por diversas vezes, tiveram suas casas invadidas e inundadas pelas águas das chuvas ( como também de águas servidas provenientes dos esgotos) em função da inconclusão da obra de drenagem da Prefeitura Municipal de Natal acarretando, danos morais e financeiros com a perda de todos os seus móveis a cada inundação.

    • Diogo disse:

      Lagoa nova, belo e valioso bairro, menos para os sofridos que moram neste pequeno setor!

Caern suspende abastecimento em Macau, Guamaré e Pendências

FOTO: CAERN/ASSECOM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realiza uma parada no abastecimento da Adutora Macau/Guamaré, nesta quinta-feira (24) para realizar melhorias na adutora. No mesmo dia, também será realizada uma melhoria na estação de bombeamento da Alacanorte, localizada na cidade de Pendências.

A suspensão destes sistemas se dará a partir das 5h da manhã, com previsão de retomada do abastecimento no dia seguinte, sexta-feira (25) , às 18 horas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Expedito Junior disse:

    Uma pergunta: Como pode se suspender aquilo que não existe? É difícil de explicar mais a cidade mais rica do RN não tem abastecimento d'água.

Fiscalização da Caern detecta furto de água para venda em carro pipa no interior

FOTO: CAERN/ASSECOM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) intensificou desde a semana passada as ações de fiscalização sobre desvio e furto de água em municípios da região Agreste, constatando várias irregularidades. A ação foi motivada pelo alto número de reclamações de usuários de comunidades rurais que não estavam recebendo o produto, principalmente nas localidades de ponta de rede do sistema, embora não houvesse qualquer problema no fornecimento na região.

O trabalho começou pelas comunidades localizadas nos municípios da Unidade de Receita de Nova Cruz, que inclui, além da cidade sede, os municípios de Pedro Velho, Montanhas, Passa e Fica, Espírito Santo, Várzea, Santo Antônio, Lagoa D’Anta, Serra de São Bento e Jundiá.

Segundo o gerente da Regional Agreste, Francisco de Assis José dos Santos, usuários reclamavam que a água não estava chegando em seus imóveis. Como o sistema estava funcionando com plena capacidade, equipes foram designadas para checar o possível desvio de água. Em Passa e Fica, funcionários da Caern descobriram um “gato” que roubava água para abastecer carro pipa que vendia o produto no vizinho Estado da Paraíba.

Também foram encontrados vários desvios de água tratada para irrigação de plantações. Nesses casos, para não pagar a conta pelo consumo, os proprietários instalaram “gatos” no registro.

Em todas as fiscalizações que localizaram irregularidades, foram lavrados autos de infração e feitos boletins de ocorrência na polícia, que devem embasar outras providências que a companhia vai tomar na área jurídica.

Assis adiantou que o trabalho vai continuar em outras comunidades, de outros municípios. Além de ser crime, o desvio de água prejudica usuários que estão nas ponta de rede, porque o sistema é dimensionado para anteder a população considerando o uso regular.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Água, que água?
    O que a Caern vende é nitrato aquoso.
    Só serve para lavar carro e a calçada.
    Nem as plantas sobrevivem por muito tempo.
    "Água" da Caern é isso: bebeu, morreu.

  2. Jesus disse:

    Aquatraficante!

Óleo de fritura provoca “infarto” no sistema de esgotamento sanitário, alerta Caern

FOTO: CAERN/ADM

Um infarto ocorre quando uma ou mais artérias que levam oxigênio ao coração são obstruídas abruptamente por um coágulo de sangue formado em cima de uma placa de gordura, na parede interna da artéria. Algo parecido ocorre quando o óleo de cozinha é despejado na rede de esgotamento, pelo ralo. Isto porque o óleo, que não se dilui com a água, endurece, virando uma crosta na tubulação.

De quebra, “cola” o lixo sólido que estiver pelo caminho, como fio dental, cabelo e pedaços de alimentos. Resultado: o mau hábito corriqueiro ocasiona sérios transtornos ao sistema de esgotamento sanitário. A gordura sólida provoca entupimentos e, consequentemente, transbordamento ou retorno de água servida na rua ou dentro dos imóveis, um verdadeiro “infarto” no Sistema de Esgotamento Sanitário (SES).

CAIXA DE GORDURA

A falta de manutenção na caixa de gordura das residências também provoca o problema, pois a gordura produzida transborda para o sistema de esgoto. É indispensável o correto dimensionamento da caixa de gordura de acordo com a quantidade de gordura a ser recebida, assim como a sua periódica limpeza e manutenção. Nas residências a limpeza da caixa de gordura pode ser feita mensalmente, enquanto em restaurantes e hotéis, essa frequência pode ser menor, dependendo do porte e do acúmulo de gordura produzida pelo estabelecimento.

Quando estes estabelecimentos, considerados grandes consumidores, utilizam a rede de esgotos da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) para descartar o óleo usado, os estragos são ainda maiores, como já observado em regiões comerciais das cidades atendidas pela Caern. Há pouco mais de um ano, um grande extravasamento foi identificado na Avenida Hermes de Fonseca. Outra área de constantes ocorrências é Ponta Negra, que possui grande adensamento comercial no ramo alimentício.

CAMPANHA ORIENTA PONTOS DE DESCARTE DO ÓLEO

Mas para onde deve ser destinado o óleo usado? O ideal é recolher o óleo em garrafas pets (aquelas de refrigerante) para destinar para as associações que recolhem o óleo e destinam para processos de reciclagem. Para orientar a população sobre o descarte adequado do óleo na rede, o programa Esgotamento Legal da Caern realiza uma campanha durante todo o mês de outubro.

O “Esgotamento Legal” é coordenado pela Unidade de Gestão de Empreendimentos Sociais (UESO) está com uma ação educativa para orientar a população a não lançar óleo nas pias. Na Zona Norte, o evento acontecerá na terça-feira (08), às 15h, na Associação de Idosos Julieta Barros. O evento terá uma vasta programação educativa-cultural e aberto para toda a população. Os locais dos eventos também serão pontos de coletas de óleo usado.

 

UTILIDADE PÚBLICA: Caern lança nova agência virtual de atendimento ao cliente

Está no ar a nova Agência Virtual de atendimento da Caern. Uma plataforma moderna e intuitiva, que oferece ao cliente a possibilidade solicitar serviços e acessar a segunda via da conta de água de um jeito rápido e simples. Na nova página, os colaboradores podem informar falta d’água, solicitar o envio das faturas via e-mail e fazer alteração da data de vencimento da fatura, com apenas alguns cliques.

É possível ainda informar falta d’água, pedir religação de água, consultar pagamentos antigos e histórico de consumo, agendar atendimento numa das agências físicas da Caern e solicitar a emissão de contas em Braille. Em breve, os consumidores poderão também utilizar o cartão de crédito para as demandas comerciais.

Acesse aqui e confira a nova agência virtual da Caern.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Leonardo disse:

    RSRSRS a Caern com sua presença física já da canseira imagina agora…

Pilões volta a ter abastecimento pela Caern e governadora anuncia construção de adutoras

Foto: Demis Roussos

Havia sete anos ou mais, exatamente o período da seca, que a dona de casa aposentada Francisca Rita de Lima, 67, passava a maior dificuldade para cumprir as essenciais tarefas do lar, como fazer a comida, lavar louça e roupas. Hoje, ela e toda a população de Pilões, município situado no Alto Oeste potiguar,
comemora a volta do abastecimento regular realizado pela CAERN (Companhia de Água e Esgoto do RN). “Era um sufoco lavar tudo com bacias. Quando a água que a gente recebia acabava, era preciso comprar, e essa despesa pesava no orçamento”, disse. Cada pipa de mil litros era reposta em média a cada 15 dias, à base de muita economia, ao custo de R$ 20 a 25.

Nesta sexta-feira (06), a governadora Fátima Bezerra e o presidente da CAERN Roberto Linhares estiveram na cidade de Pilões para registrar oficialmente a volta do abastecimento de água ao município, após longo período de estiagem. Enquanto o abastecimento não havia sido regularizado, a população era abastecida por caminhões-pipas, em operações realizadas pelas Defesa Civil, estadual e municipal, e também através de ações do Exército Brasileiro.

Para a água finalmente chegar ao município, foi realizada uma ação integrada entre gestões municipais e estadual, para a qual foram investidos cerca de R$ 2 milhões para transpor a água da adutora mais próxima, situada no município de Marcelino Vieira. Na solenidade desta manhã, foi reforçado o anúncio do programa Águas do RN que, entre outras regiões a serem beneficiadas, vai universalizar o abastecimento de água para os 34 municípios do Alto Oeste, incluindo as cidades de São Miguel e Paraná, que ainda estão em colapso.

O programa contempla a construção de duas novas adutoras, que totalizarão 150 km de extensão, interligando as cidades de Apodi a Venha Ver. O investimento será de R$ 143 milhões de reais, viabilizado através de parcerias público privadas. “Nosso governo tem o compromisso com a defesa dos interesses da população. Nós viemos aqui para trazer vida e dignidade ao povo de Pilões, porque água é sinônimo de dignidade. Depois de anos de sofrimento, Pilões hoje está de parabéns”, discursou. Ela acrescentou que o investimento de pouco mais de R$ 2 milhões de reais não foi nenhum favor, mas se trata de um direito que a população tem. “O prefeito e a população estão de parabéns por pressionar o governo”, disse.

O professor Bernardino Francisco, da rede municipal de ensino, representou a comunidade e demonstrou sua gratidão por participar do evento e falar em nome do povo. “A gente agradece a transposição das águas para Pilões, a população está muito satisfeita”, declarou. O prefeito Sabino Neto relatou as inúmeras vezes, sem obter sucesso, em que foi à CAERN e à governadoria para solicitar a regularização do abastecimento, até que nesta gestão o pleito de sua comunidade foi atendido. “Eu tenho a liberdade de tratar o presidente da Caern, Roberto, como meu amigo, porque desde o primeiro contato que eu fiz ele me assegurou que iria resolver a falta de água do nosso município e hoje estamos aqui para registrar esse momento tão importante para todos nós”, afirmou.

Roberto Linhares ressaltou que não podia deixar de reconhecer o trabalho da companhia junto ao município de Pilões. “Tínhamos seis municípios em colapso e ainda temos duas cidades, que são Paraná e São Miguel. Mas, com a construção das novas adutoras, o programa Águas do RN vai possibilitar a universalização nos 34 municípios do Alto Oeste potiguar, que é a região mais castigada do Rio Grande do Norte”, explicou.

O ex-prefeito de Pilões, Chagas Oliveira, destacou que além da falta de água, o município também estava sem a presença governamental. “Aqui faltava também algum governante para vir trazer o olhar para nossa população e fazer algo para mudar a triste realidade que sofremos com a seca”, disparou.

A solenidade contou com a presença do senador Jean Paul Prates, do deputado estadual Raimundo Fernandes, do secretário de estado Aldemir Freire (Planejamento e Finanças), do presidente da Fapern, Gilton Sampaio, dos servidores da Defesa Civil Alexandre Ribeiro e Dalchen Viana (estadual) e Hélio Paiva Damasceno (municipal), do servidor da CAERN, Francisco Dias, do Escritório de Marcelino Vieira, e do servidor público estadual Freitas Júnior, que representou as lideranças políticas de Pilões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. helio servollo disse:

    gostaria de saber onde foi parar a agua da torneira da minha casa porque aqui ela não chegou

  2. helio servollo disse:

    se tem agua em pilões eu gotaria de saber onde esta porque na toneira da minha casa ainda não chegou á tão esperada agua

MP investiga pagamento de diárias de viagem irregulares na Caern

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da 46ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Natal, expediu nesta terça-feira (3) recomendação ao presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Estado do RN (Caern) em razão concessão irregular de diárias de viagem. No documento, o promotor de Justiça explica que foram feitas denúncias anônimas relatando que entre os anos de 2013 e 2014, o modelo de pagamento dessas diárias adotado pela empresa abria margem para manipulações dos dados informados.

Pelo que foi apurado pelo MPRN, as prestações de contas desses pagamentos não trazem nenhum documento que comprove o deslocamento do beneficiário da indenização, constando tão somente a indicação do período de viagem, nota de empenho e solicitação de adiantamento de valor. Verificaram-se, portanto, manipulações de informações como declaração de período de deslocamento superior ao efetivamente realizado, resultando no pagamento de diárias em valor além do devido; e pagamentos de diárias concedidas para serviços realizados aos sábados, o que, via de regra, não é comum.

O portal Justiça Potiguar detalha. Clique aqui e acesse matéria na íntegra.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Viagens irregulares?!
    Grande novidade…
    Na Caern não há regularidade nem no abastecimento d'água.

  2. Ana leticia disse:

    Omi não vão mexer nisso não, isso é vespeiro. A única coisa que não tem nesses órgão públicos , são diárias recebidas e não realizadas. Se mexer vai feder e muito. Kkkkkk

  3. Toni disse:

    TA VENDO E PRA ISSO QUE SERVE A CAERN EU TO FALANDO PRIVATIZA LOGO ESSA PORRAAAAA!!!!! E VEM MAIS POR AI PODE ESPERAR!!!!!!!!

Caern prorroga prazo para renegociação de débitos

Devido à grande procura nos pontos de atendimento ao cliente, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) decidiu prorrogar, por mais um mês, a campanha de negociação de débitos com condições especiais para o acerto de dívidas atrasadas. Até o dia 30 de setembro, em todo o Estado, ainda será possível aproveitar os descontos e prazos que estão sendo praticados como forma de incentivar a adimplência dos consumidores.

Os números de agosto foram significativos. Foram homologados 7.621 parcelamentos, representando um volume de R$ 7.369.727,00 em dívidas negociadas. Em relação a julho, o resultado equivale a um crescimento de 180%, visto que naquele mês foram fechados 4.230 acordos, no valor de R$ 3.109.236,00. O mês de agosto de 2019 teve mais do que o dobro de parcelamentos do mesmo mês de 2018, quando foram homologados 3.750 parcelamentos.

Para o mês de setembro, portanto, estão mantidas as condições mais favoráveis para o acerto de dívidas. Uma das principais vantagens nessa etapa promocional é a alternativa que o usuário passa a ter de negociar o débito com entrada mínima de 10% do valor total. Outra alteração é sobre o desconto oferecido para juros e multa, que via de regra só é concedido para pagamentos à vista. Durante o mês de agosto, esse desconto vai valer para todos os acordos, mesmo nos casos de parcelamento com a entrada de 10%.

O desconto de juros e multa só é aplicado sobre os débitos anteriores a março deste ano, e pode chegar a 70%, no caso em que o cliente der a entrada de 50% do valor total da dívida. O cliente que der 10% de entrada terá 30% de desconto nos juros e multa. O prazo máximo para parcelamentos também foi ampliado. Esse limite de prazo, que normalmente é de 36 meses, passa para 48 meses.

Também será possível ao usuário com dívida atrasada fazer outro parcelamento, mesmo que já esteja pagando parcelas de uma negociação anterior. Mas é importante destacar que, nesse caso, o valor da dívida a ser negociada é somada ao saldo devedor restante do parcelamento anterior e total é parcelado em até 48 meses, com entrada de 20%.

Para fazer o acordo, o cliente pode procurar o escritório mais próximo de sua casa. As negociações não poderão ser feitas pela internet. Em todos os parcelamentos feitos, a parcela a ser paga não pode ser inferior a 50% do valor da fatura média do cliente.

Secretária de administração do Estado diz que governo deverá vender 49% da Caern em 2020

Em entrevista nesta terça-feira(03), ao programa Meio-Dia, com o BG, a secretaria de administração do estado do Rio Grande do Norte, Virgínia Ferreira, disse que o Governo do Estado deverá vender 49% da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte(Caern) em 2020.

A entrevista completa poderá ser conferida nesta tarde no vídeo completo do programa  Meio-Dia RN, via Youtube, e neste blog.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chagas disse:

    Isso é uma farsa.

  2. Morais disse:

    Alguns serviços são vitais para a população. É o caso do setor de saneamento que não pode ser encarado como algo meramente comercial. Não se trata de gerar lucros pra atender às necessidades do mercado ou do Estado, cobrindo déficits de outros setores. O sistema deve ser gerido, muito bem gerido, para melhorar a qualidade do que é oferecido e se manter ao longo dos anos. Água é vida! Deve ser retirada da natureza e devolvida em condições satisfatórias. Não se trata de um bem que se espera comercializar e ter retorno imediato do capital investido. Em um país como o Brasil e um estado como o RN, de grandes desigualdades sociais, qual parcela da população tem condições de pagar por um serviço privado que aguarda desde já pelo retorno do capital investido? Haja gente pegando água de fontes poluídas pra sobreviver…por menos tempo!

  3. Tarcísio Eimar disse:

    CAERN só dá prejuízo, tem município q a empresa atende por obrigação mas q não é viável financeiramente. Quero ver quando privatizar tudo se os "donos" vão querer atender esses pobres municípios.

  4. Rosi Sampaio disse:

    Tem que vender é tudo! Empresa ineficiente, que só serve de cabide de emprego. Não dá lucro pq é mal gerida. Foi a primeira empresa que eu vi uma pessoa externa tirar licença de um funcionário. Um absurdo!

  5. Carlos disse:

    Kkkkkkk… quem comprará uma empresa , que a administração ficará com o governo? Onde os salário são sem noção? Que dá prejuízo a muitos anos… piada

  6. Deb&Loide disse:

    O primeiro lote será de 49%, depois venderá o restante.

  7. Dilma disse:

    CANALHAS, votei porquê prometeram que não entregariam a caern. Isso é uma fraude eleitoral.

  8. Zanoni disse:

    PT de esquerda só tem a anedota. Já decidiu pir isso no primeiro ano de mandato. Oh partido escroto.

  9. Luciana Morais Gama disse:

    Quem é o investidor doido de comprar 49% e o estado continuar “administrando”.

  10. PAULO disse:

    BG
    E quem é o trouxa que vai comprar 49% e ficar a mercê da pelegagem??

Detran leva palestras sobre pilotagem consciente aos motociclistas da Caern

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) concluiu um ciclo de palestras direcionado aos servidores da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) que utilizam a motocicleta no trabalho diário. As palestras abordaram o tema “Pilotagem Consciente” e tiveram o objetivo de preparar melhor o motociclista de maneira que ele possa evitar causar ou ser vítima de acidentes de trânsito, como também aprimorar o conhecimento dele em relação a itens básicos de segurança do veículo.

A ação educativa de conscientização do condutor coordenada e operacionalizada pelo Detran abrangeu os motociclistas da Caern que estão lotados na 3ª Regional do Mato Grande, sendo levadas palestras para os municípios de Macaíba, João Câmara e São Paulo do Potengi. A ação contemplou cerca de 90 profissionais que fazem uso cotidiano da motocicleta dentro do trabalho e no caminho de ida e volta para casa.

A iniciativa do Detran busca instruir e sensibilizar os motociclistas para a utilização de técnicas de dirigibilidade de maneira segura e preventiva, evitando com isso a ocorrência de acidentes. Nas instruções foram abordados conteúdos como direção defensiva, equipamentos de segurança, noções de mecânica e pilotagem preventiva.

O instrutor do Detran, Luiz Felipe, ressaltou que a lei de remissão de dívidas de motocicletas de até 150cc instituída pelo Governo do Estado também foi apresentada nas palestras no sentido de informar os motociclistas sobre o benefício. “Dois temas importante foram acrescentados nas palestras, sendo um deles a lei de remissão e o outro, necessidade de verificar sempre a situação do veículo no sistema do Detran antes de efetuar a compra”, concluiu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. gilson disse:

    "motoqueiro" e "consciente" são duas palavras que não podem estar numa mesma locução… kkkkkkkkkkkk

Caern promove condições especiais para nova fase de negociação de débitos

Durante todo o mês de agosto, clientes que têm débitos atrasados de água e esgoto terão uma nova oportunidade para negociar suas dívidas em condições muito especiais. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai abrir, a partir do dia 1º, um mês de incentivo à regularização de contas em atraso, com alternativas mais atraentes para o consumidor, em todo o Estado. As regras, no entanto, só são válidas até o dia 31 de agosto e abrangem todos os débitos anteriores do cliente.

Uma das principais mudanças é a alternativa que o usuário passar a ter de negociar o débito com entrada mínima de 10% do valor total – normalmente, essa entrada mínima é de 20%. Outra alteração é sobre o desconto oferecido para juros e multa, que via de regra só é concedido para pagamentos à vista. Durante o mês de agosto, esse desconto vai valer para todos os acordos, mesmo nos casos de parcelamento com a entrada de 10%.

O desconto de juros e multa só é aplicado sobre os débitos anteriores a março deste ano, e pode chegar a 70%, no caso em que o cliente der a entrada de 50% do valor total da dívida. O cliente que der 10% de entrada terá 30% de desconto nos juros e multa.

O superintendente comercial da Caern, Giordano Filgueira, explica que a resolução que trata das condições de negociação para o mês de agosto também ampliou o prazo máximo para parcelamentos. Esse limite de prazo, que normalmente é de 36 meses, passa para 48 meses.

Também será possível ao usuário com dívida atrasada fazer outro parcelamento, mesmo que já esteja pagando parcelas de uma negociação anterior. “Nesse caso”, diz Giordano, “o valor da dívida a ser negociada é somada ao saldo devedor restante do parcelamento anterior e total é parcelado em até 48 meses, com entrada de 20%”.

Para fazer o acordo, o cliente pode procurar o escritório mais próximo de sua casa. As negociações não poderão ser feitas pela internet. Em todos os parcelamentos feitos, a parcela a ser paga não pode ser inferior a 50% do valor da fatura média do cliente.